Livro de Daniel - Cap. 05

2.124 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.124
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Livro de Daniel - Cap. 05

  1. 1. Daniel cap. 05 “HÁ UMA LINHA INVISÍVEL QUE SEPARA A PACIÊNCIA DE DEUS E SUA IRA”. Os que persistem em andar no caminho errado cruzam esta linha invisível. Chega um dia que Deus diz: BASTA! O rei Nabucodonozor precisou ficar louco para se converter. Foi salvo porque se humilhou diante de Deus. Mas o rei Belsazar, apesar das advertências que recebeu, continuou no caminho da desobediência e morreu sem chance de se arrepender. Deus oferece ao homem muitas oportunidades para arrepender-se. Mas se o homem continua no pecado ele certamente perecerá.
  2. 2. O capítulo 5 de Daniel nos fala de outro rei. Belsazar viu as obras de Deus, mas as desprezou. Ele era de uma família real. Seu pai Nabucodonozor converteu-se, mas o filho não! Ele presenciou tudo o que Deus fez na história de seu pai, desde a glória até a loucura, depois sua conversão. Belsazar sabia o que era conversão, ele viu seu pai arrependido e transformado, mas, mesmo assim, não se curvou diante da Glória de Deus. Pelo contrário, o filho do rei foi além dos abusos que o pai havia cometido, e endureceu seu coração. Seu coração estava fechado para Deus. Viver no pecado é loucura. Belsazar viveu no pecado e não deu a mínima atenção para o Deus Vivo. Impiedade produz perversão, nunca se esqueça disso! Vários fatores chamam nossa atenção nesta passagem. Vamos ver quais são estes fatores:
  3. 3. Em 1º lugar: Enquanto o rei festejava e profanava os objetos do templo de Jerusalém, outro rei chamado Dario marchava com um poderoso exército em direção à Babilônia para tomá-la. Dario desviou o curso do Rio Eufrates para que seu exército passasse com maior rapidez a fim de tomar de surpresa os babilônicos. O império de Belsazar estava caindo em uma terrível armadilha e o rei se banqueteando em meio à imoralidade e glutonaria. Em 2º lugar: Belsazar estava festejando no dia de sua ruína. Ele e toda a Babilônia estavam à beira do abismo, mas, não se aperceberam disso. Muitos entre nós continuam não percebendo o perigo que correm. Estão à beira da morte, mas, continuam anestesiadas em seus pecados.
  4. 4. Em 3º lugar: O rei lidera seus nobres em uma festa de loucuras, embriaguez, sensualidade e glutonaria. Foi outro erro que Belsazar cometeu. Bebedeira é um espetáculo de horrores que leva as pessoas à consequências desastrosas. O caminho da embriaguez é um caminho de destruição completa. A estrada da embriaguez é um caminho de vergonha, derrota e morte. Em 4º lugar: O rei profanou os objetos sagrados do templo. Além da embriaguez o rei profanou coisas sagradas. Foi outro passo em direção à ruína. Profanar aquilo que Deus santifica é um ato de loucura! O rei escarneceu e ofendeu o Deus vivo. Exaltou o profano e escarneceu o sagrado. Aquilo que Deus consagra, não seja tolo o homem de escarnecer!
  5. 5. Em 5º lugar: o rei promove uma festa idólatra utilizando o sagrado de Deus. Além de profanar as coisas de Deus, o rei usa os vasos do templo para brindar suas divindades pagãs. A idolatria é ofensa a Deus. A idolatria é uma expressão de profunda cegueira espiritual, ela provoca a ira de Deus. Nunca se esqueça: Deus transforma os prazeres do pecado em perturbação. Por isso, algo extraordinário aconteceu...
  6. 6. O som da festa desapareceu... Todos ficaram mudos! O barulho das taças cessou. Deus visitou Belsazar. A festa imediatamente acaba. O desespero toma conta de todos. O rei que não parava de rir e blasfemar ficou pálido... mudo... Seu semblante era de alguém aterrorizado. Deus havia dito um grande: BASTA! Dedos escreveram acusações contra Belsazar - Deus escreveu sua sentença. O poder do rei agora não podia ajudá-lo. Ele busca explicação pois não podia entender as coisas espirituais. Lembre- se: Deus sempre confronta os pecadores e usa Seus servos fiéis para isso! Daniel é este servo. Daniel era um homem insubornável! Ele nunca buscou os favores dos poderosos. Por isso Deus o usou para mostrar toda a Sua indignação contra aquele povo.
  7. 7. Deus usou Daniel para lembrar quatro coisas ao rei extravagante e insubordinado: 1) Belsazar não reconheceu que o Deus de Israel era o Deus Vivo. 02) Belsazar deixou de se humilhar diante de Deus, pois estava cego pelo poder e pela luxúria. 03) Belsazar fez mau uso do conhecimento que recebera. O rei pereceu por falta de luz, mas sua cegueira não era involuntária, mas, resultado de uma vida de pura arrogância. 04) Belsazar afrontou a Deus em cujas Mãos está toda a vida e toda a História da Humanidade. Deu louvores e honra a deuses pagãos. Idolatria é uma afronta escandalosa contra o Senhor Todo Poderoso! As paredes do palácio real se transformaram em uma lápide diante dos olhos de todos! O rei estava à beira de ser deposto e seu reino destruído!
  8. 8. Deus pesa na balança todo orgulho e soberba. Deus pesa nossas vidas até hoje. Nada será esquecido. Ele registra todos os convites para vir a Cristo que foram rejeitados. Anota cada desprezo a Sua ordem de arrependimento. Deus tem cada ação do homem gravada no céu. Deus registra tudo. Esta é uma lei imutável de Deus - Hebreus 10:07 e Apc. 05:01 e 20:12. Belsazar jogou fora todas as oportunidades que Deus havia lhe dado. Ai daqueles que deixam passar estas oportunidades! Naquela mesma noite Dario invadiu a cidade mais poderosa da Terra e Belsazar morreu à fio de espada. O reino que havia durado pouco mais de setenta anos boa parte do mundo conhecido, caiu em apenas uma noite por causa da impiedade e do orgulho dos homens.
  9. 9. Não sabemos quando Deus dirá a alguém: “Mais um pecado e este será o último!”. Contudo, a escrita na parede se aplica também a você. A ordem de Deus foi dada: “Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-O enquanto está perto. Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos; volte-se ao Senhor que se compadecerá dele, e para o nosso Deus, porque é generoso em perdoar” – Isaias 55:06-07. Deus mais cedo ou mais tarde fará uma chamada final. Quando o fez Belsazar estava bêbado, por isso, sua ruína chegou enfim. Lembre-se: a paciência de Deus se transforma em juízo. Em Nome de Jesus - nunca brinque com isso!

×