Daniel cap. 04 – parte 02
A revelação de Deus para alcançar o Homem
Vimos na parte um que o rei Nabucodonozor converteuse ...
Em primeiro lugar: vejamos como Deus é paciente (04:29).
Ele não derrama Seu juízo antes de chamar o Homem ao
arrependimen...
Em segundo lugar: Vejamos mais claramente o que a
dureza do coração do Homem produz. O rei estava feliz e
calmo passeando ...
A prosperidade não é uma garantia contra dias de
adversidade. Babilônia era a cidade mais rica e poderosa
do mundo. Suas f...
Em terceiro lugar: quando o Homem não escuta a voz de
Deus ouve a trombeta do juízo! Deus havia aberto uma
porta para o ar...
Quando Deus age o homem natural nãom pode suportar.
O rei ficou louco. Vivia como um animal feroz no campo.
Por que isso? ...
Em quarto lugar: Como Deus operou no coração do rei
soberbo e arrogante? Não foi exaltando-o mas o
humilhando. É assim que...
Por último: Outras lições preciosas sobre a conversão do
rei da Babilônia.

A) NUNCA DEVEMOS DESISTIR DA CONVERSÃO DE
ALGU...
Creia na conversão do ateu, do cínico, do
viciado, da prostituta, do blasfemo, do
feiticeiro, do idólatra, do acomodado, d...
B) A razão pela qual muitos ainda não se converteram é
porque ainda não foi suficientemente quebrantado. O
grande persegui...
C) Quem reluta em se prostrar e a aceitar Cristo como
Senhor será quebrantado queira ou não, porque se não o
for perecerá ...
Próxima semana – Leia em casa Daniel 05
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Livro de Daniel.

164 visualizações

Publicada em

Livro de Daniel. Capítulo IV
Parte II

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
164
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Livro de Daniel.

  1. 1. Daniel cap. 04 – parte 02 A revelação de Deus para alcançar o Homem Vimos na parte um que o rei Nabucodonozor converteuse ao Senhor. Ele foi um imperador que conheceu o Deus Vivo! Depois de passar por uma enorme humilhação o rei ficou convencido que o Deus de Israel é o Único Senhor! Vários pontos merecem destaque neste trecho do livro de Daniel.
  2. 2. Em primeiro lugar: vejamos como Deus é paciente (04:29). Ele não derrama Seu juízo antes de chamar o Homem ao arrependimento. Deus deu doze meses para o rei se arrepender. Deus também tem falado nos dias de hoje. Ele não quer que você pereça. Ele tem lhe dado inúmeras oportunidades. Deus quer lhe dar mais uma chance, cada dia é um dia em Sua Graça. Deus vem lhe dando muitas chances, mas lembre-se, se todas as chances são desperdiçadas então um dia Seu juízo será derramado. O problema é quem sempre este juízo Santo tem os mesmos resultados como na vida de Nabucodonozor, pois, há pessoas que mesmo debaixo da ira Divina não se arrependem – Saul é um exemplo disso.
  3. 3. Em segundo lugar: Vejamos mais claramente o que a dureza do coração do Homem produz. O rei estava feliz e calmo passeando em seu palácio. Se ele pudesse perceber o perigo que corria... com certeza dobraria seus joelhos em adoração e arrependimento. Gritaria por socorro! Nunca se esqueça: o inferno está de portas abertas para devorar aqueles que não se humilham diante de Deus. Satanás quer levar a humanidade à perdição. Assim acontece em nossos dias. O rei estava cheio de orgulho – vs. 30. Tudo girava em torno de si mesmo. A soberba sempre precede a ruína – Prov. 16:18. A falta de humildade torna o Homem cego, tolo e endurecido.
  4. 4. A prosperidade não é uma garantia contra dias de adversidade. Babilônia era a cidade mais rica e poderosa do mundo. Suas fortificações tinham muros com 25 metros de altura. Tinha 25 portões com a imagem do deus Marduque em um templo com quase 23 toneladas de ouro puríssimo. Lá estavam os Jardins suspensos da Babilônia, uma das sete maravilhas do mundo antigo. Estes jardins foram construídos para a esposa do rei. Ele era um homem de poder e enorme prestígio. Mas para Deus estas coisas são como pó, um grão de areia, nada. Tudo veio a desmoronar diante dos olhos de todos os moradores da temível cidade. Corações duros produzem destruição e morte.
  5. 5. Em terceiro lugar: quando o Homem não escuta a voz de Deus ouve a trombeta do juízo! Deus havia aberto uma porta para o arrependimento, mas o rei a recusou várias vezes. Então Deus o empurrou para o corredor do juízo. Deus o humilhou sobremaneira. O orgulho aborrece tremendamente o coração de Deus. Deus resiste aos soberbos – Tiago 04:06. Ao orgulhoso cabe repentina e inavisada destruição. Ele chega de uma hora para outra, sem avisos, e nesta hora: “terrível coisa é cair nas mãos do Deus Vivo!”. O cálice da ira de Deus se enche devagar, mas pobre daquele que sente o derramar deste cálice.
  6. 6. Quando Deus age o homem natural nãom pode suportar. O rei ficou louco. Vivia como um animal feroz no campo. Por que isso? Porque chega uma hora que Deus diz: BASTA! Deus leva o soberbo ou o rebelde ao fundo do poço. Deus golpeou o orgulho e a soberba de Nabucodonozor para levá-lo à conversão. Precisou comer capim como um animal para saber que Deus é Senhor! Ninguém podia ajudar o rei porque quando Deus age que intentará contra o braço forte do Senhor? Salmo 76:07 e Malaquias 03:02. O Deus que fere é também o Deus que cura. É melhor ficar louco e comer capim e ser salvo que ir para o inferno por toda a eternidade.
  7. 7. Em quarto lugar: Como Deus operou no coração do rei soberbo e arrogante? Não foi exaltando-o mas o humilhando. É assim que Deus faz. Primeiro o Homem precisa ser confrontado com seu pecado e saber que está perdido. Depois precisa se arrepender e colocar a boca no pó. No céu só entrarão pessoas quebrantadas. Nabucodonozor aplaudia sobre própria glória e dizia: preciso só de mim mesmo, não preciso do Deus de Israel. Então Deus o humilhou terrivelmente. Jogou-o no pó da terra. Onde estava aquele rei imponente e de nariz empinado? Roçando o mesmo nariz na terra e no pó. Deus faz isso até hoje!
  8. 8. Por último: Outras lições preciosas sobre a conversão do rei da Babilônia. A) NUNCA DEVEMOS DESISTIR DA CONVERSÃO DE ALGUÉM. Aquele que arruinou Jerusalém com seu exército, que esmagou a cidade colocando fogo no templo, que blasfemou roubando os objetos sagrados, que rejeitou acintosamente a Graça de Deus, converteu-se. Se aquele que mandou queimar vivo os amigos de Daniel e depois seus feiticeiros, que perseguiu os servos do Deus Vivo, que construiu uma estátua de si mesmo como um deus se converteu, podemos crer que não há conversão impossível para Deus!
  9. 9. Creia na conversão do ateu, do cínico, do viciado, da prostituta, do blasfemo, do feiticeiro, do idólatra, do acomodado, do homossexual, do assassino, do político, do vizinho, do patrão, dos filhos, do cônjuge... CREIA! EVANGELIZE! ORE! CLAME! TESTEMUNHE! O Senhor que salva está no trono e quando Ele age, nem os loucos ou arrogantes fugirão Dele!
  10. 10. B) A razão pela qual muitos ainda não se converteram é porque ainda não foi suficientemente quebrantado. O grande perseguidor da Igreja – Saulo de Tarso – só se converteu quando Jesus o jogou no chão e ele cego, volta-se para Jesus quebrantado. Jesus não veio chamar justos, mas pecadores. Não veio curar os que se julgam sãos, mas os doentes. Por isso, se uma pessoa que você ora há anos ainda não se converteu peça para que Deus apresse o dia do quebrantamento sobre aquela vida. Vai doer, mas, vai salvar a alma de quem você ama. Que adianta ganhar o mundo e perder sua alma? Marcos 08:36.
  11. 11. C) Quem reluta em se prostrar e a aceitar Cristo como Senhor será quebrantado queira ou não, porque se não o for perecerá para sempre. Deus pode quebrantar alguém sem que haja cura – Prov. 29:01. Se Deus está falando com você agora que desculpas você tem? Deus chamou de louco aquele que confia do dinheiro e não se prepara para o dia de sua morte. Erga os olhos enquanto há tempo. Ore para que Deus faça uma obra na vida de quem você quer ver na Glória eterna contigo. É melhor ser moído por Deus do que perecer para sempre. O rei precisou ser despedaçado em seu orgulho e vaidade para saber que Deus é o Único e Soberano. Deus não desiste de ninguém.
  12. 12. Próxima semana – Leia em casa Daniel 05

×