• REVITALIZAÇÃO DE QUATRO
MICROBACIAS INSERIDAS NA BACIAMICROBACIAS INSERIDAS NA BACIA
HIDROGRÁFICA DO VELHAS E NA
APA DAS...
• Objetivo Geral:
• Aumentar a quantidade e a qualidade da água
de quatro microbacias de cabeceira,de quatro microbacias d...
Objetivos Específicos:
• 1 – Elaborar mapa perceptivo das microbacias com os proprietários rurais e com a
comunidade do en...
Área de Abrangência / Localização:
• quatro microbacias inseridas no território do
SCBH Nascentes, bacia do Rio das Velhas...
Microbacia do Córrego Jequeti
• a microbacia do Córrego do Jequeti é a que se
encontra mais a montante e possui uma área
d...
Microbacia do Córrego Afogador
• A microbacia do Córrego Afogador possui uma área de
aproximadamente 174 ha, duas nascente...
Microbacia do Córrego Andaime
• A microbacia do Córrego do Andaime está localizada a margem
esquerda do Rio das Velhas, on...
Figura 1 e 2 – Detalhe do impacto e pisoteio de gado sofrido pela
drenagem do Córrego Jequeti.
Objetivos Específicos:
• 1 – Elaborar mapa perceptivo das microbacias com os proprietários rurais e com a
comunidade do en...
Figura 5 e 6 – Detalhe do uso do solo praticado na microbacia do Córrego
Andaime, na comunidade de Maciel.
OBRIGADO!
Ronald de Carvalho Guerra (Roninho).
CO-OPERAR Soluções Ambientais.
AQUA - Associação Quadrilátero das Aguas.
Te...
Apresentação AQUA
Apresentação AQUA
Apresentação AQUA
Apresentação AQUA
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação AQUA

831 visualizações

Publicada em

Apresentação AQUA

Publicada em: Meio ambiente
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
831
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
112
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação AQUA

  1. 1. • REVITALIZAÇÃO DE QUATRO MICROBACIAS INSERIDAS NA BACIAMICROBACIAS INSERIDAS NA BACIA HIDROGRÁFICA DO VELHAS E NA APA DAS ANDORINHAS – SIGA ESTE EXEMPLO
  2. 2. • Objetivo Geral: • Aumentar a quantidade e a qualidade da água de quatro microbacias de cabeceira,de quatro microbacias de cabeceira, pertencentes à bacia hidrográfica do Rio das Velhas, inseridas na Área de Proteção Ambiental Estadual da Cachoeira das Andorinhas.
  3. 3. Objetivos Específicos: • 1 – Elaborar mapa perceptivo das microbacias com os proprietários rurais e com a comunidade do entorno de forma a mapear problemas, necessidades e melhorias; (diagnóstico) • 2 – Instalar 35 biodigestores e/ou fossas sépticas para os moradores da comunidade de Maciel; • 3 – Georreferenciar e cadastrar 15 nascentes; • 4 – Recuperar 12 nascentes;• 4 – Recuperar 12 nascentes; • 5 – Construir 30 bacias de contenção; • 6 – Inserir os proprietários da microbacia no programa Bolsa Verde; • 7 – Monitorar mensalmente a vazão e a qualidade da água em 10 pontos específicos; • 8 – Cercar 34.618m ao longo das margens dos cursos de água; • 9 – Revegetar 105 hectares com mata ciliar nas margens dos cursos de água; • 10 – Realizar 10 aulas para capacitar os proprietários rurais e promover a divulgação do projeto; • 11 – Divulgar o projeto através da instalação de placas de identificação do projeto em cada microbacia e utilização da mídia local como jornais, TV e Rádio.
  4. 4. Área de Abrangência / Localização: • quatro microbacias inseridas no território do SCBH Nascentes, bacia do Rio das Velhas, localizadas no distrito de São Bartolomeu, na APA das Andorinhas, em Ouro Preto.das Andorinhas, em Ouro Preto. • três são contíguas como é o caso das microbacias do Córrego Jequeti, do Córrego Afogador e uma terceira denominada de Córrego São Bartolomeu; a quarta é a microbacia do Córrego Andaime.
  5. 5. Microbacia do Córrego Jequeti • a microbacia do Córrego do Jequeti é a que se encontra mais a montante e possui uma área de aproximadamente 250 hectares, na qual surgem 05 nascentes e 03 estão bemsurgem 05 nascentes e 03 estão bem conservadas. A sua drenagem principal possui 3.176 metros de comprimento. Cerca de 17,6% de sua área total, está desmatada. E existem apenas quatro propriedades localizadas na microbacia.
  6. 6. Microbacia do Córrego Afogador • A microbacia do Córrego Afogador possui uma área de aproximadamente 174 ha, duas nascentes, um afluente com 1.064m, e o curso d’água principal mede 2.769m de comprimento. • A microbacia vizinha possui uma área de aproximadamente 150 ha, duas nascentes, dois afluentes sendo que o mais150 ha, duas nascentes, dois afluentes sendo que o mais longo possui 1.509m e o mais curto com 1.007m. • A área das duas microbacias acima mencionadas perfaz um total de cerca de 324 hectares, dos quais 67,7% são ocupados com vegetação rasteira, utilizadas principalmente para pasto. • Os terrenos inseridos nas microbacias abaixo ilustradas pertencem a sete proprietários rurais.
  7. 7. Microbacia do Córrego Andaime • A microbacia do Córrego do Andaime está localizada a margem esquerda do Rio das Velhas, onde se localiza a comunidade de Maciel. O trecho proposto para estudo possui uma área de aproximadamente 176 ha. O córrego principal possui cerca de 2.948 m de comprimento. • Existem no local seis nascentes, das quais apenas uma se encontra preservada.preservada. • Os terrenos que pertencem ao trecho da microbacia pertencem a sete proprietários rurais distintos e a diversos lotes. • Cerca de 50% da área total está desmatada, além de que muitas das casas estão localizadas na planície de inundação do córrego do Andaime, ou seja, a menos de 30 metros da drenagem principal, portanto em área de preservação permanente.
  8. 8. Figura 1 e 2 – Detalhe do impacto e pisoteio de gado sofrido pela drenagem do Córrego Jequeti.
  9. 9. Objetivos Específicos: • 1 – Elaborar mapa perceptivo das microbacias com os proprietários rurais e com a comunidade do entorno de forma a mapear problemas, necessidades e melhorias; (diagnóstico) • 2 – Instalar 35 biodigestores e/ou fossas sépticas para os moradores da comunidade de Maciel; • 3 – Georreferenciar e cadastrar 15 nascentes; • 4 – Recuperar 12 nascentes;• 4 – Recuperar 12 nascentes; • 5 – Construir 30 bacias de contenção; • 6 – Inserir os proprietários da microbacia no programa Bolsa Verde; • 7 – Monitorar mensalmente a vazão e a qualidade da água em 10 pontos específicos; • 8 – Cercar 34.618m ao longo das margens dos cursos de água; • 9 – Revegetar 105 hectares com mata ciliar nas margens dos cursos de água; • 10 – Realizar 10 aulas para capacitar os proprietários rurais e promover a divulgação do projeto; • 11 – Divulgar o projeto através da instalação de placas de identificação do projeto em cada microbacia e utilização da mídia local como jornais, TV e Rádio.
  10. 10. Figura 5 e 6 – Detalhe do uso do solo praticado na microbacia do Córrego Andaime, na comunidade de Maciel.
  11. 11. OBRIGADO! Ronald de Carvalho Guerra (Roninho). CO-OPERAR Soluções Ambientais. AQUA - Associação Quadrilátero das Aguas. Tel: 31 8803 29 09 e 31 3551 09 29.

×