XXXIV REUNIÃO DO FÓRUM MINEIRO DE 
COMITÊS DE BACIAS HIDROGRÁFICAS 
AGB PEIXE VIVO COMO ENTIDADE 
EQUIPARADA À AGÊNCIA DE ...
AGB PEIXE VIVO 
 Criada em setembro de 2006: associação civil, direito 
privado, sem fins lucrativos 
 38 associados: empr...
DIRETORIA EXECUTIVA
AGB PEIXE VIVO - CLIENTES E PARCEIROS 
Comitês de 
Bacia 
Hidrográfica 
Órgãos Gestores 
de Recursos 
Hídricos 
(ANA, IGAM...
ESTRUTURA DA AGB PEIXE VIVO 
 Sede da AGB Peixe Vivo: Belo Horizonte/MG 
 03 regionais para atendimento ao CBHSF: Penedo/A...
ESTRUTURA DA AGB PEIXE VIVO 
 Elaboração de Manuais com Procedimentos 
Administrativos 
 Plano de Cargos e Salários 
 Plan...
COBRANÇA E ARRECADAÇÃO 
 Início efetivo da cobrança nas bacias nos rios das Velhas e 
São Francisco - 2o semestre de 2010 ...
ARRECADAÇÃO E APLICAÇÃO NA BACIA DO RIO DAS VELHAS 
ANO 
REPASSADO + 
RENDIMENTO 
FINANCEIRO 
(R$) 
DESEMBOLSO 
(R$) 
META...
*dados até 30/06/2014
ARRECADAÇÃO E APLICAÇÃO NA BACIA DO RIO SÃO FRANCISCO 
ANO 
REPASSADO + 
RENDIMENTO 
FINANCEIRO 
(R$) 
DESEMBOLSO 
(R$) 
M...
ARRECADAÇÃO E APLICAÇAO DOS 
RECURSOS DA COBRANÇA ARRECADADOS 
NAS BACIAS HIDROGRÁFICAS DOS RIOS DAS 
VELHAS E SÃO FRANCIS...
APLICAÇAO DOS RECURSOS DA COBRANÇA 
 Os recursos da cobrança são aplicados no custeio 
administrativo da agência (7,5%) e ...
PROJETOS EM EXECUÇÃO 
Projetos hidroambientais (SF e Velhas) 
Mobilização Social e Educação Ambiental (Velhas) 
 Plano de ...
PROJETOS PREVISTOS E EM CONTRATAÇÃO 
 20 Projetos hidroambientais (≈ 15 milhões reais) 
 Estudos de biomonitoramento na ba...
Projeto de recuperação hidroambiental da bacia do rio Jatobá Município: Buritizeiro-MG 
Fonte dos recursos: Cobrança pelo ...
Projeto de recuperação hidroambiental da bacia do ribeirão Canabrava Município: Pompéu - MG 
Fonte dos recursos: Cobrança ...
Projeto de recuperação de matas ciliares degradadas na bacia do rio 
Taquaraçu 
Municípios: Caeté, Nova União, Taquaraçu d...
Valorização das Nascentes Urbanas nas Bacias Hidrográficas dos Ribeirões 
Arrudas e Onça 
Municípios: Belo Horizonte, Cont...
Avaliações Anuais da ANA 
Ano 2010 - Nota Geral = 9,1 
Ano 2011 - Nota Geral = 6,5 
Ano 2012 - Nota Geral = 9,9 
Ano 2013 ...
Avaliações Anuais do IGAM 
Ano 2010 - Nota Geral = 9,64 
Ano 2011 - Nota Geral = 9,64 
Ano 2012 - Nota Geral = 10
SUSTENTABILIDADE FINANCEIRA DA ENTIDADE 
Custeio da Agência (7,5%)
CONSEQUÊNCIAS 
 equipe técnica insuficiente 
 redução da capacidade operacional no atendimento 
às demandas dos Comitês de...
DESAFIOS 
 Regulamentação do Contrato de Gestão (ANA/IGAM) 
Melhorar fluxo na emissão dos boletos e no repasse dos recurso...
OBRIGADA! 
www.agbpeixevivo.org.br 
agbpeixevivo@aaggbbppeeiixxeevviivvoo..oorrgg..bbrr 
(31) 3207 8500
Apresentação AGB Peixe Vivo - Reuniao FMCBH - 28-08-2014
Apresentação AGB Peixe Vivo - Reuniao FMCBH - 28-08-2014
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação AGB Peixe Vivo - Reuniao FMCBH - 28-08-2014

367 visualizações

Publicada em

Apresentação AGB Peixe Vivo - Reuniao FMCBH - 28-08-2014

Publicada em: Meio ambiente
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
367
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
55
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação AGB Peixe Vivo - Reuniao FMCBH - 28-08-2014

  1. 1. XXXIV REUNIÃO DO FÓRUM MINEIRO DE COMITÊS DE BACIAS HIDROGRÁFICAS AGB PEIXE VIVO COMO ENTIDADE EQUIPARADA À AGÊNCIA DE BACIA Célia Fróes Diretora Geral Belo Horizonte, 28 de agosto de 2014
  2. 2. AGB PEIXE VIVO Criada em setembro de 2006: associação civil, direito privado, sem fins lucrativos 38 associados: empresas ee ssoocciieeddaaddee cciivviill Funções de agência de bacia dos CBH Velhas, CBHSF e CBH Pará
  3. 3. DIRETORIA EXECUTIVA
  4. 4. AGB PEIXE VIVO - CLIENTES E PARCEIROS Comitês de Bacia Hidrográfica Órgãos Gestores de Recursos Hídricos (ANA, IGAM, INEMA, etc.) Conselho de Administração da AGB Peixe Vivo
  5. 5. ESTRUTURA DA AGB PEIXE VIVO Sede da AGB Peixe Vivo: Belo Horizonte/MG 03 regionais para atendimento ao CBHSF: Penedo/AL Bom Jesus da Lapa/BA, Petrolina/PE Equipe de 18 pessoas
  6. 6. ESTRUTURA DA AGB PEIXE VIVO Elaboração de Manuais com Procedimentos Administrativos Plano de Cargos e Salários Planejamento Estratégico Sistêmico Gestão de Custos
  7. 7. COBRANÇA E ARRECADAÇÃO Início efetivo da cobrança nas bacias nos rios das Velhas e São Francisco - 2o semestre de 2010 Arrecadação prevista CBH Rio das Velhas ≈ R$ 10 mmiillhhõõeess//aannoo Arrecadação prevista CBH São Francisco ≈ R$ 20 milhões/ano
  8. 8. ARRECADAÇÃO E APLICAÇÃO NA BACIA DO RIO DAS VELHAS ANO REPASSADO + RENDIMENTO FINANCEIRO (R$) DESEMBOLSO (R$) META DESEMBOLSO ANUAL % DESEMBOLSO ANUAL (%) 2010 7.197.096,85 106.554,21 5 1,45 2011 8.847.616,68 944.469,29 13 10,66 2012 7.804.378.45 33..113377..226655,,1166 1155 4400,,2200 2013 9.863.447,86 5.976.526,48 25 69,64 2014* 5.478.523,74 3.124.918,60 40 57.06 TOTAL (acumulado) 39.191.063,38 13.290.733,74 25 (acumulado) 33,91 (desembolso acumulado) *dados até 30/06/2014
  9. 9. *dados até 30/06/2014
  10. 10. ARRECADAÇÃO E APLICAÇÃO NA BACIA DO RIO SÃO FRANCISCO ANO REPASSADO + RENDIMENTO FINANCEIRO (R$) DESEMBOLSO (R$) META DESEMBOLSO ANUAL % DESEMBOLSO ANUAL (%) 2010 2.384.267,00 392.187,00 10 16 2011 29.538.056,00 3.620.845,00 20 12 2012 22.320.282,00 8.060.331,00 10 36 2013 23.908.792,57 16.230.763,83 20 57 2014* 20.106.027,63 7.744.562,41 35 39 TOTAL (acumulado) 98.257.425,05 36.048.700,37 20 (acumulado) 37 (desembolso acumulado) *dados até 30/06/2014
  11. 11. ARRECADAÇÃO E APLICAÇAO DOS RECURSOS DA COBRANÇA ARRECADADOS NAS BACIAS HIDROGRÁFICAS DOS RIOS DAS VELHAS E SÃO FRANCISCO PERIODO REPASSADO + RENDIMENTO FINANCEIRO (R$) DESEMBOLSADO (R$) % DESEMBOLSO 2010 a 2013 111.863.936 38.468.952 34 2010 a 2014* 141.000.000 60.000.000 43 * Valores previstos
  12. 12. APLICAÇAO DOS RECURSOS DA COBRANÇA Os recursos da cobrança são aplicados no custeio administrativo da agência (7,5%) e em investimento na bacia (92,5%) A aplicação em investimentos é realizada de acordo com o Plano de Aplicação Plurianual, aprovado pelo Comitê de Bacia
  13. 13. PROJETOS EM EXECUÇÃO Projetos hidroambientais (SF e Velhas) Mobilização Social e Educação Ambiental (Velhas) Plano de Comunicação (SF e Velhas) Planos Municipais de Saneamento Básico ((SSFF ee VVeellhhaass)) Atualização dos Planos de Recursos Hídricos (SF e Velhas) Programa do FPI (SF) Fortalecimento Institucional dos CBHs 35 milhões de reais
  14. 14. PROJETOS PREVISTOS E EM CONTRATAÇÃO 20 Projetos hidroambientais (≈ 15 milhões reais) Estudos de biomonitoramento na bacia do Velhas(≈ 2 milhões reais) Capacitação para elaboração de Planos Municipais ddee SSaanneeaammeennttoo Básico - Velhas (≈ 500 mil reais) projeto de mídia e mobilização social (≈ 1,5 milhão de reais) 20 milhões de reais
  15. 15. Projeto de recuperação hidroambiental da bacia do rio Jatobá Município: Buritizeiro-MG Fonte dos recursos: Cobrança pelo uso da água na Bacia Hidrográfica da Bacia do Rio São Francisco – CG nº 014/ANA/2010 Principais ações: - Cercamento de nascentes - Terraceamento de áreas degradadas - Adequação de estradas rurais (estradas ecológicas) - Construção de paliçadas de madeira para contenção de voçorocas - Construção de bacias de captação de águas pluviais (barraginhas) -Mobilização social e educação ambiental
  16. 16. Projeto de recuperação hidroambiental da bacia do ribeirão Canabrava Município: Pompéu - MG Fonte dos recursos: Cobrança pelo uso da água na Bacia Hidrográfica da Bacia do Rio São Francisco – CG nº 014/ANA/2010 Principais ações: - Cercamento de nascentes - Terraceamento de áreas degradadas - Adequação de estradas rurais (estradas ecológicas) - Construção de bacias de captação de águas pluviais (barraginhas) -Mobilização social e educação ambiental
  17. 17. Projeto de recuperação de matas ciliares degradadas na bacia do rio Taquaraçu Municípios: Caeté, Nova União, Taquaraçu de Minas - MG Fonte dos recursos: Cobrança pelo uso da água na Bacia Hidrográfica da Bacia do Rio das Velhas – CG nº 002/IGAM/2012 Principais ações: - Plantio e manutenção de espécies florestais nativas - Cercamento de nascentes - Construção de paliçadas para contenção de voçorocas -Mobilização social e educação ambiental
  18. 18. Valorização das Nascentes Urbanas nas Bacias Hidrográficas dos Ribeirões Arrudas e Onça Municípios: Belo Horizonte, Contagem e Sabará Fonte dos recursos: Cobrança pelo uso da água na Bacia Hidrográfica da Bacia do Rio das Velhas – CG nº 003/IGAM/2009 Principais ações: - Cadastramento de nascentes em propriedades públicas e privadas - Identificação de impactos ambientais em nascentes urbanas - Educação ambiental junto aos proprietários - Adesão de cuidadores das nascentes urbanas
  19. 19. Avaliações Anuais da ANA Ano 2010 - Nota Geral = 9,1 Ano 2011 - Nota Geral = 6,5 Ano 2012 - Nota Geral = 9,9 Ano 2013 - Nota Geral = 9,9
  20. 20. Avaliações Anuais do IGAM Ano 2010 - Nota Geral = 9,64 Ano 2011 - Nota Geral = 9,64 Ano 2012 - Nota Geral = 10
  21. 21. SUSTENTABILIDADE FINANCEIRA DA ENTIDADE Custeio da Agência (7,5%)
  22. 22. CONSEQUÊNCIAS equipe técnica insuficiente redução da capacidade operacional no atendimento às demandas dos Comitês de Bacias problemas de relacionamento com os Comitês redução da execução financeira dos recursos da cobrança problemas para cumprimento das obrigações e metas previstas nos Contratos de Gestão - CG possibilidade de denúncias dos CG e dissolução da entidade equiparada
  23. 23. DESAFIOS Regulamentação do Contrato de Gestão (ANA/IGAM) Melhorar fluxo na emissão dos boletos e no repasse dos recursos da cobrança (IGAM) Aprimorar as providências quanto aos devedores (ANA/IGAM) Dificuldades na prestação de contas anuais na modalidade do Contrato de Gestão Mais apoio dos órgãos gestores, especialmente, na operacionalização dos recursos da cobrança Definição dos papeis de cada um, para melhoria do relacionamento entre Entidades, Comitês e Órgão Gestores Avaliar o modelo atual de gestão
  24. 24. OBRIGADA! www.agbpeixevivo.org.br agbpeixevivo@aaggbbppeeiixxeevviivvoo..oorrgg..bbrr (31) 3207 8500

×