Divisão celular mitose e meiose

30.199 visualizações

Publicada em

  • Ótima apresentação, bem didática, de fácil compreensão mesmo para leigos!
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui

Divisão celular mitose e meiose

  1. 1. CICLO CELULARCICLO CELULARCICLO CELULARCICLO CELULAR
  2. 2. 2 O ciclo celular Dividido em: - Intérfase - Divisão Celular 1. Mitose (Equacional) 2. Meiose ( Reducional)
  3. 3. INTÉRFASE É composta por três fases: • G1: intensa atividade metabólica (síntese de proteínas, enzimas, RNA e também de organelas celulares). • S: replicação de DNA. A cromatina passa a ser constituída por duas cromátides, unidos por um centrômero. • G2: Nesta fase dá-se a síntese de biomoléculas necessárias à mitose e crescimento celular e duplicação dos centríolos.
  4. 4. INTÉRFASE
  5. 5. INTÉRFASE
  6. 6. MITOSE As células somáticas passam durante a sua vida, por duas fases. A intérfase, e a fase de divisão, ou mitose, na qual a célula cessa funções e se divide.
  7. 7. IMPORTÂNCIA BIOLÓGICA DA MITOSE. • Crescimento; • Renovação e regeneração de células e tecidos; • Reprodução assexuada.
  8. 8. Fase mitótica Mitose – divisão do núcleo •Prófase •Metáfase •Anáfase •Telófase Citocinese – divisão do citoplasma PRO META A ANA TELEFONAR
  9. 9. Mitose PrófasePrófasePrófasePrófase - Espiralização da cromatina, individualização dos cromossomos - Afastamento dos centríolos para os pólos – formação do fuso acromático (mitótico) -Desaparecimento do nucléolo e da carioteca (início da ruptura da membrana nuclear) - Os cromossomos já formados se movem e se unem a uma fibra do fuso pelo seu centrômero. Fig.2 - Células em profase
  10. 10. Início da prófase
  11. 11. Fim da prófase
  12. 12. PrófasePrófasePrófasePrófase Fig.3 - Formação do fuso acromático
  13. 13. MetáfaseMetáfaseMetáfaseMetáfase -Cromossomos dispostos no plano equatorial da célula – placa equatorial; -Cromossomos atingem o máximo de condensação. Fig.5 - Células em metáfase Mitose
  14. 14. METÁFASE É uma fase rápida em que todos os cromossomos se situam na placa equatorial da célula.
  15. 15. Fig.6 – Formação da placa equatorial
  16. 16. AnáfaseAnáfaseAnáfaseAnáfase -Divisão dos centrômeros -Afastamento das cromátides-irmãs para os pólos. -Aumento da distância entre os pólos da célula Fig.7 - Células em anáfase Mitose
  17. 17. ANÁFASE Na anáfase as cromátides se separam e se deslocam até os centríolos. As fibras do fuso vão desaparecendo. O material hereditário, as cadeias de DNA, se dividem de forma idêntica em duas partes.
  18. 18. Início da Anáfase
  19. 19. Fim da Anáfase
  20. 20. AnáfaseAnáfaseAnáfaseAnáfase Fig.8 – Ascensão polar
  21. 21. TelófaseTelófaseTelófaseTelófase -Cromossomos atingem os pólos; -Desaparecimento do fuso mitótico; -Reorganização da membrana nuclear; -Descondensação dos cromossomos; -Reaparecimento do nucléolo. Fig.9 – Células em telófase Mitose
  22. 22. Início da Telófase
  23. 23. Fim da Telófase
  24. 24. Fig.10 – Células em citocinese CitocineseCitocineseCitocineseCitocinese Mitose
  25. 25. Início da Citocinese
  26. 26. Início da Citocinese
  27. 27. CitocineseCitocineseCitocineseCitocinese Fig.11 – Células em citocinese
  28. 28. CitocineseCitocineseCitocineseCitocinese A- citocinese em células animais (Centrípeta); B- citocinese em células vegetais(Centrífuga) ASTRAL(COM ÁSTER) – CÊNTRICA(COM CENTRÍOLO) ANASTRAL(SEM ÁSTER) –ACÊNTRICA (SEM CENTRÍOLO)
  29. 29. MITOSE COM SUPER EFEITOS ESPECIAIS!!
  30. 30. MITOSEMITOSEMITOSEMITOSE
  31. 31. Variação da quantidade de DNA no decurso do ciclo celular Gráfico 1 –variação da quantidade de DNA durante o ciclo celular
  32. 32. Meiose • Importância Redução do número de cromossomos. • Finalidades Produção de gametas em animais Produção de esporos nas plantas
  33. 33. Duplicação do DNA Div 1: Separação dos cromossomos homólogos. Div 2: Separação das cromátides irmãs.
  34. 34. Meiose 1 • Importância Separação dos cromossomos homólogos • Dividido em: Prófase 1 Metáfase 1 Anáfase 1 Telófase 1
  35. 35. Prófase 1 • Fase mais longa. • Muito importante – crossing over • Condensação dos cromossomos • Desaparecimento da carioteca • Desaparecimento do nucléolo • Migração dos centríolos para os polos da célula.
  36. 36. PRÓFASE I • Leptóteno- Os cromossomos condensam-se e tornam-se visíveis. • Zigóteno- Os cromossomos homólogos juntam-se aos pares. • Paquíteno- Os cromossomos tornam-se mais curtos e espessos, formando tétrades.(conjunto de quatro cromátides homólogas-duas cromátides irmãs de cada cromossomo homólogo.) CROSSING OVER • Diplóteno- Os cromossomos homólogos iniciam a separação, podem ser evidenciados as trocas de pedaços entre os cromossomos QUIASMA. • Diacinese- Os cromossomos migram para o equador da célula.
  37. 37. LINDA ZEBRA PASTANDO DURANTE O DIA
  38. 38. Crossing over • Importância: Aumento da variabilidade genética. • Troca de sequências de DNA entre cromossomos homólogos. • Também chamado de recombinação ou permutação gênica.
  39. 39. Quiasma Cromossomos Homólogos
  40. 40. Metáfase 1 • Pareamento dos cromossomos homólogos na placa equatorial da célula.
  41. 41. Anáfase 1 • Migração dos cromossomos homólogos para os pólos da célula.
  42. 42. Telófase 1 • Descondensação dos cromossomos • Reaparecimento do nucléolo e carioteca • Desaparecimento das fibras do fuso
  43. 43. Meiose 2 • Importância: Separação das cromátides irmãs • Dividido em: Prófase 2 Metáfase 2 Anáfase 2 Telófase 2
  44. 44. Prófase 2 • Duplicação e migração dos centríolos para os pólos opostos da célula. • Desaparecimento da carioteca e nucléolos • Condensação dos cromossomos.
  45. 45. Metáfase 2 • Cromossomos localizados na placa equatorial da célula. • Fibras do fuso ligadas aos centrômeros • Separação das cromátides irmãs
  46. 46. Anáfase 2 • Migração das cromátides irmãs para os pólos opostos da célula.
  47. 47. Telófase 2 • Reaparecimento da carioteca e nucléolo • Descondensação dos cromossomos • Citocinese – divisão citoplasmática

×