SlideShare uma empresa Scribd logo

10 2 obtencao_materia_heterotroficos

1 de 7
Baixar para ler offline
Escola E.B. 2,3 / S. Dr. Hernâni Cidade
Biologia e Geologia – 10º Ano
1- 29 pontos – Permuta de matéria entre as células e o meio
1.1- 4 + 5 = 9 pontos Ultra-estrutura da membrana celular Resposta curta
1.2- 5 pontos Ultra-estrutura da membrana celular Resposta curta
1.3- 5 x 3 = 15 pontos Ultra-estrutura da membrana celular Estabelecimento correspondência
2- 20 pontos – Diversidade de processos de transporte
2.1- 4 x 3 = 12 pontos Transporte não mediado e mediado Estabelecimento correspondência
2.2- 8 pontos Transporte não mediado e mediado Estabelecimento correspondência
3- 25 pontos – Diversidade de processos de transporte
3.1- 5 x 5 = 25 pontos Transporte não mediado e mediado Escolha múltipla
4- 24 pontos – Diversidade de processos de transporte
4.1- 3 x 2 = 6 pontos Transporte não mediado e mediado Legendar
4.2- 3 x 3 = 9 pontos Transporte não mediado e mediado Resposta curta
4.3- 3 x 3 = 9 pontos Transporte não mediado e mediado Resposta aberta
5- 32 pontos – Endocitose e exocitose / Ingestão, digestão e absorção / Digestão intracelular
5.1- 8 x 2 = 16 pontos Vários Estabelecimento correspondência
5.2 - 4 x 2 = 8 pontos Vários Estabelecimento correspondência
5.3- 4 x 2 = 8 pontos Vários Estabelecimento correspondência
6- 15 pontos – Digestão extracelular
6.1- 3 x 3 = 9 pontos Digestão extracelular Resposta curta
6.2- 6 pontos Digestão extracelular Escolha múltipla
7- 55 pontos – Digestão extracelular
7.1- 8 x 2 = 16 pontos Digestão extracelular Estabelecimento correspondência
7.2- 3 + 3 = 6 pontos Digestão extracelular Resposta aberta
7.3- 6 x 3 = 18 pontos Digestão extracelular Estabelecimento correspondência
7.4- 5 x 3 = 15 pontos Digestão extracelular Estabelecimento correspondência
TOTAL = 200 pontos – 2 folhas / 4 páginas (cada cor corresponde a uma página)
MATRIZ DO TESTE DE AVALIAÇÃO
Obtenção de matéria pelos seres heterotróficos
Escola E.B. 2,3 / S. Dr. Hernâni Cidade
Biologia – Obtenção de matéria pelos heterotróficos
TESTE DE AVALIAÇÃO - Folha de respostas
Nome ____________________________________ nº ____ Teste nº ____ 30/01/06
Pontos: _____ / Classificação:_______________ - ____ valores Professor:
1.1- (4 + 5 = 9 pontos)
A B
1.2- (5 pontos)
1.3- (5 x 3 = 15 pontos)
A B C D E
2.1- (4 x 3 = 12 pontos)
A B C D
2.2- (8 pontos)
A
3.1- (5 x 5 = 25 pontos)
3.1.1 3.1.2 3.1.3 3.1.4 3.1.5
4.1- ( 3 x 2 = 6)
1 2 3
4.2- (3 x 3 = 9)
I II III
4.3- (3 x 3 =9)
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
5.1- (8 x 2 = 16 pontos)
A B C D E
F G H
5.2- (4 x 2 = 8 pontos)
A B C D
5.3- (4 x 2 = 8 pontos)
A B C D
6.1- (3 x 3 = 9 pontos)
A B C
6.2- (6 pontos)
7.1- (8 x 2 = 16 pontos)
A B C D E
F G H
7.2- (3 + 3 = 6 pontos)
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
7.3- ( 6 x 3 = 18)
A B C D E F
7.4- (5 x 3 = 15)
A B C D E
Escola E.B. 2,3 / S. Dr. Hernâni Cidade
Biologia – Obtenção de matéria pelos heterotróficos
TESTE DE AVALIAÇÃO - Folha de respostas
Nome ____________________________________ nº ____ Teste nº ____ 30/01/06
Pontos: _____ / Classificação:_______________ - ____ valores Professor:
1.1- (4 + 5 = 9 pontos)
A Gorter e Grendel B Singer e Nicholson
1.2- (5 pontos)
Modelo de mosaico fluido
1.3- (5 x 3 = 15 pontos)
A 2 B 1 C 4 D 5 E 3
2.1- (4 x 3 = 12 pontos)
A F B V C V D V
2.2- (8 pontos)
C
3.1- (5 x 5 = 25 pontos)
3.1.1 A 3.1.2 B 3.1.3 A 3.1.4 C 3.1.5 B
4.1- ( 3 x 2 = 6)
1 Fosfolípidos 2 Proteínas intrínsecas 3 Proteínas extrínsecas
4.2- (3 x 3 = 9)
I Difusão simples II Difusão facilitada III Transporte activo
4.3- (3 x 3 =9)
A favor do gradiente de concentração, não mediado e sem dispêndio de energia.
5.1- (8 x 2 = 16 pontos)
A 3 B 5 C 2 D 8 E 4
F 1 G 6 H 7 H -
5.2- (4 x 2 = 8 pontos)
A y B w C z D x
5.3- (4 x 2 = 8 pontos)
A II B I C III D IV
6.1- (3 x 3 = 9 pontos)
A Enzimas B Proteínas C Glicose
6.2- (6 pontos)
B
7.1- (8 x 2 = 16 pontos)
A 3,7 B 5 C 2 D 8 E 4
F 6 G 1
7.2- (3 + 3 = 6 pontos)
Aumentar a superfície intestinal interna, facilitando a absorção.
7.3- ( 6 x 3 = 18)
A 6 B 4 C 4 D 2 E 2 F 2
7.4- (5 x 3 = 15)
A I B II C II D I E II
Escola E.B. 2,3 / S. Dr. Hernâni Cidade
Biologia e Geologia – 10º Ano – Obtenção de matéria pelos seres heterotróficos
TESTE DE AVALIAÇÃO
1- A figura representa dois dos modelos
propostos sobre a estrutura da
membrana.
1.1- Indica os autores dos modelos A e
B.
1.2- Denomina o modelo B.
1.3- Estabelece a correspondência estre
as letras (A a E) da chave seguinte e os
números da figura B
CHAVE:
A- Fosfolípido
B- Proteína intrínseca
C- Proteína extrínseca
D- Glicoproteína
E- Glicolípido
2- A tabela evidencia as concentrações de alguns iões nos vacúolos de duas algas e na
água em que essas algas vivem (mM= milimole – unidade química de concentração).
Alga (Nitella)
Concentração (mM)
Alga (Halicystis)
Concentração (mM)
Vacúolo Água do meio Vacúolo Água do meio
Sódio 54 30 257 488
Potássio 113 0,65 337 12
Cloro 206 35 546 523
2.1- Estabelece a correspondência entre as letras das afirmações seguintes e os
valores lógicos V (verdadeiro) ou F (falso).
A- A única das algas que pode ser encontrada na barragem da Vigia é a Halicystis.
B- O processo responsável pela manutenção dos iões em concentrações diferentes no
interior e no exterior das algas é o transporte activo.
C- Quando se matam as células dessas algas, as concentrações dos iões nos meios
intra e extracelular tendem para a isotonia.
D- Se as células forem privadas de oxigénio, ou se forem tratadas com um inibidor da
síntese de ATP, elas não acumulam iões contra o gradiente de concentração.
2.2- Transcreve a letra da chave que classifica as afirmações 1, 2, 3 e 4 seguintes.
4
5
Iões
CHAVE:
A- Somente 1 e 2
são verdadeiras
B- Somente 1 e 3
são verdadeiras
C- Somente 1 e 4
são verdadeiras
D- Somente 2 e 3
são verdadeiras
E- Somente 2 e 4
são verdadeiras
1- O transporte activo e o transporte facilitado fazem-se com
interferência de um transportador, havendo dispêndio de energia pela
célula apenas no primeiro.
2- Tanto no transporte activo como no transporte facilitado a passagem
dá-se a favor do gradiente de concentração, com dispêndio de energia
apenas no primeiro.
3- Tanto o transporte activo como o transporte facilitado ocasionam
gasto de ATP e exigem interferência de transportador.
4- O Transporte facilitado efectua-se a favor do gradiente de
concentração e com interferência de um transportador, enquanto que o
transporte activo se efectua contra o gradiente e com utilização de ATP.
3- A figura traduz as variações do volume
vacuolar de uma célula de uma planta
durante 40 minutos. No início da
experiência, o meio em que a célula
estava mergulhada era isotónico
relativamente ao conteúdo vacuolar. Esse
meio foi substituído pela solução A e,
posteriormente, pela solução B.
3.1- Nas questões 3.1.1 a 3.1.5,
transcreve a letra correspondente à opção
correcta.
3.1.1- O processo de transporte posto em evidência com esta experiência foi:
A- a osmose;
B- a difusão simples;
C- a difusão facilitada;
D- o transporte activo.
3.1.2- A célula foi colocada nas soluções A e B ao fim de, respectivamente,:
A- 5 e 15 minutos;
B- 5 e 20 minutos;
C- 5 e 30 minutos;
D- 15 e 30 minutos.
3.1.3- A soluções A e B são, relativamente ao conteúdo vacuolar, :
A- hipertónica e hipotónica, respectivamente;
B- hipotónica e hipertónica, respectivamente;
C- ambas hipotónicas;
D- ambas isotónicas.
3.1.4- O(s) período(s) de tempo em que as concentrações dos meios intracelular e
extracelular foram idênticas foi(foram) dos:
A- 0 aos 5 minutos;
B- 15 aos 20 minutos e dos 30 aos 40 minutos;
C- 0 aos 5 minutos, dos 15 aos 20 minutos e dos 30 aos 40 minutos;
D- 5 aos 15 minutos e dos 20 aos 30 minutos.
3.1.5- As velocidades de variação (aumento ou diminuição) do volume vacuolar, após
a célula ser colocada nas duas soluções, indicam-nos que:
A- a diferença de concentrações entre as soluções e o conteúdo vacuolar, no
momento de adição destas, era maior em relação à solução A;
B- a diferença de concentrações entre as soluções e o conteúdo vacuolar, no
momento de adição destas, era maior em relação à solução B;
C- a diferença de concentrações entre as soluções e o conteúdo vacuolar, no
momento de adição destas, era idêntica para ambas as soluções;
D- não existiam diferenças de concentração entre as soluções e o conteúdo
vacuolar, no momento de adição destas, dado serem ambas isotónicas.
4- A figura esquematiza processos (I, II e III)
de transporte de substâncias através da
membrana plasmática.
4.1- Legenda os números 1, 2 e 3 da figura.
4.2- Identifica os processos I, II e III.
4.3- Caracteriza o processo I.
5- O esquema representa alguns processos que ocorrem em protistas heterotróficos,
como as amibas.
1 2 6
o o o 4
oo o o o 5 x
o o o o o 3 I ººº º
o o o o o º º º º º
o o oo o o º w º II
o o o o o o . .
o o o o o . . . . . … 7
o o o o o o … . . . º ..
oo o o o . III …º º . . . º º º º º º º
o o o o . .. º . … º z IV
o o o o 8 . .. y .. .
o
5.1 - Estabelece a correspondência entre as letras (A a H) e as estruturas celulares (1
a 8) da figura.
A- Lisossoma B- Vesícula fagocítica C- Complexo de Golgi
D- Ribossoma E- Vacúolo digestivo F- Retículo endoplasmático rugoso
G- Membrana celular H- Vesícula secretora
5.2- Estabelece a correspondência entre as letras (A a D) e as substâncias (w, x, y e
z) da figura.
A- Produtos da digestão B- Enzimas digestivas
C- Resíduos da digestão D- Alimento
5.3- Estabelece a correspondência entre as letras (A a D) e os processos (I, II, III e
IV) da figura.
A- Ingestão B- Digestão C- Absorção D- Secreção
6- A figura representa o processo de
nutrição de um cogumelo.
6.1- Faz corresponder a respectiva
designação às letras A, B e C.
6.2- Transcreve a letra correspondente à
afirmação incorrecta, relativamente ao
cogumelo:
A- Heterotrofismo por absorção
B- Heterotrofismo por ingestão
C- Digestão extracorporal
D- Digestão extracelular

Recomendados

Biologia 11 diferenciação celular
Biologia 11   diferenciação celularBiologia 11   diferenciação celular
Biologia 11 diferenciação celularNuno Correia
 
Ciclos de vida - exercícios
Ciclos de vida - exercíciosCiclos de vida - exercícios
Ciclos de vida - exercíciosAna Castro
 
Exercícios biologia geologia
Exercícios biologia geologiaExercícios biologia geologia
Exercícios biologia geologiaJoana Maria
 
Biologia 10º Unidade inicial e Obtenção de matéria exercicios com solucoes
Biologia 10º Unidade inicial e Obtenção de matéria exercicios com solucoesBiologia 10º Unidade inicial e Obtenção de matéria exercicios com solucoes
Biologia 10º Unidade inicial e Obtenção de matéria exercicios com solucoesFernando Bação
 
Biologia 11 ciclos de vida
Biologia 11   ciclos de vidaBiologia 11   ciclos de vida
Biologia 11 ciclos de vidaNuno Correia
 
Exercícios dna e síntese proteínas
Exercícios dna e síntese proteínasExercícios dna e síntese proteínas
Exercícios dna e síntese proteínasIsabel Lopes
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Teste avaliação Biologia Geologia 11º cc
Teste avaliação Biologia Geologia 11º ccTeste avaliação Biologia Geologia 11º cc
Teste avaliação Biologia Geologia 11º ccJosé Luís Alves
 
Testes Intermédios 10ºano
Testes Intermédios 10ºanoTestes Intermédios 10ºano
Testes Intermédios 10ºanosandranascimento
 
Teste BG - Síntese Proteica
Teste BG - Síntese ProteicaTeste BG - Síntese Proteica
Teste BG - Síntese ProteicaJosé Luís Alves
 
Exercícios tipo exame sismologia metodos estrutura
Exercícios tipo exame sismologia metodos estruturaExercícios tipo exame sismologia metodos estrutura
Exercícios tipo exame sismologia metodos estruturaAndreia Carvalho
 
Teste Biologia e Geologia 11º ano
Teste Biologia e Geologia 11º anoTeste Biologia e Geologia 11º ano
Teste Biologia e Geologia 11º anoJosé Luís Alves
 
Bg 11 reprodução assexuada (exercícios)
Bg 11   reprodução assexuada (exercícios)Bg 11   reprodução assexuada (exercícios)
Bg 11 reprodução assexuada (exercícios)Nuno Correia
 
(4) evolução biológica e sistemas dos seres vivos
(4) evolução biológica e sistemas dos seres vivos(4) evolução biológica e sistemas dos seres vivos
(4) evolução biológica e sistemas dos seres vivosHugo Martins
 
Biologia 11 preparação para exame 1
Biologia 11   preparação para exame 1Biologia 11   preparação para exame 1
Biologia 11 preparação para exame 1Nuno Correia
 
02_Teste_11.1.docx
02_Teste_11.1.docx02_Teste_11.1.docx
02_Teste_11.1.docxBiaPestana
 
TESTES INTERMÉDIOS 11ºANO
TESTES INTERMÉDIOS 11ºANOTESTES INTERMÉDIOS 11ºANO
TESTES INTERMÉDIOS 11ºANOsandranascimento
 
Teste de Biologia (2º Teste) - Biologia 11 (correcção)
Teste de Biologia (2º Teste) - Biologia 11 (correcção)Teste de Biologia (2º Teste) - Biologia 11 (correcção)
Teste de Biologia (2º Teste) - Biologia 11 (correcção)Isaura Mourão
 
Teste de Biologia e Geologia 10º (1º Teste 2º Período)
Teste de Biologia e Geologia 10º (1º Teste 2º Período)Teste de Biologia e Geologia 10º (1º Teste 2º Período)
Teste de Biologia e Geologia 10º (1º Teste 2º Período)Isaura Mourão
 
Teste de Biologia (3º Teste) - Global - correcção
Teste de Biologia (3º Teste) - Global - correcçãoTeste de Biologia (3º Teste) - Global - correcção
Teste de Biologia (3º Teste) - Global - correcçãoIsaura Mourão
 

Mais procurados (20)

bolores 11 ano
bolores 11 anobolores 11 ano
bolores 11 ano
 
Teste avaliação Biologia Geologia 11º cc
Teste avaliação Biologia Geologia 11º ccTeste avaliação Biologia Geologia 11º cc
Teste avaliação Biologia Geologia 11º cc
 
Testes Intermédios 10ºano
Testes Intermédios 10ºanoTestes Intermédios 10ºano
Testes Intermédios 10ºano
 
Exercicios de exame bio11
Exercicios de exame bio11Exercicios de exame bio11
Exercicios de exame bio11
 
1_BG11_T3a_21_CC.pdf
1_BG11_T3a_21_CC.pdf1_BG11_T3a_21_CC.pdf
1_BG11_T3a_21_CC.pdf
 
Teste BG - Síntese Proteica
Teste BG - Síntese ProteicaTeste BG - Síntese Proteica
Teste BG - Síntese Proteica
 
Exercícios tipo exame sismologia metodos estrutura
Exercícios tipo exame sismologia metodos estruturaExercícios tipo exame sismologia metodos estrutura
Exercícios tipo exame sismologia metodos estrutura
 
Ciclos de vida - exercicios
Ciclos de vida - exerciciosCiclos de vida - exercicios
Ciclos de vida - exercicios
 
Teste Biologia e Geologia 11º ano
Teste Biologia e Geologia 11º anoTeste Biologia e Geologia 11º ano
Teste Biologia e Geologia 11º ano
 
BG11_T4a_2022.pdf
BG11_T4a_2022.pdfBG11_T4a_2022.pdf
BG11_T4a_2022.pdf
 
Bg 11 reprodução assexuada (exercícios)
Bg 11   reprodução assexuada (exercícios)Bg 11   reprodução assexuada (exercícios)
Bg 11 reprodução assexuada (exercícios)
 
(4) evolução biológica e sistemas dos seres vivos
(4) evolução biológica e sistemas dos seres vivos(4) evolução biológica e sistemas dos seres vivos
(4) evolução biológica e sistemas dos seres vivos
 
Biologia 11 preparação para exame 1
Biologia 11   preparação para exame 1Biologia 11   preparação para exame 1
Biologia 11 preparação para exame 1
 
ciclos de vida - exercicios
ciclos de vida - exerciciosciclos de vida - exercicios
ciclos de vida - exercicios
 
02_Teste_11.1.docx
02_Teste_11.1.docx02_Teste_11.1.docx
02_Teste_11.1.docx
 
TESTES INTERMÉDIOS 11ºANO
TESTES INTERMÉDIOS 11ºANOTESTES INTERMÉDIOS 11ºANO
TESTES INTERMÉDIOS 11ºANO
 
Teste de Biologia (2º Teste) - Biologia 11 (correcção)
Teste de Biologia (2º Teste) - Biologia 11 (correcção)Teste de Biologia (2º Teste) - Biologia 11 (correcção)
Teste de Biologia (2º Teste) - Biologia 11 (correcção)
 
Teste de Biologia e Geologia 10º (1º Teste 2º Período)
Teste de Biologia e Geologia 10º (1º Teste 2º Período)Teste de Biologia e Geologia 10º (1º Teste 2º Período)
Teste de Biologia e Geologia 10º (1º Teste 2º Período)
 
T1 bg11 21_22_v1.docx
T1 bg11 21_22_v1.docxT1 bg11 21_22_v1.docx
T1 bg11 21_22_v1.docx
 
Teste de Biologia (3º Teste) - Global - correcção
Teste de Biologia (3º Teste) - Global - correcçãoTeste de Biologia (3º Teste) - Global - correcção
Teste de Biologia (3º Teste) - Global - correcção
 

Destaque

EXERCÍCIOS DE BIOLOGIA 10º
EXERCÍCIOS DE BIOLOGIA 10ºEXERCÍCIOS DE BIOLOGIA 10º
EXERCÍCIOS DE BIOLOGIA 10ºsandranascimento
 
Kit pedagógico- Governação comunitária de florestas
Kit pedagógico- Governação comunitária de florestasKit pedagógico- Governação comunitária de florestas
Kit pedagógico- Governação comunitária de florestasJoão Soares
 
B8 - Ingestão, digestão e absorção
B8 - Ingestão, digestão e absorçãoB8 - Ingestão, digestão e absorção
B8 - Ingestão, digestão e absorçãoIsaura Mourão
 
Biologia geologia 11
Biologia geologia 11Biologia geologia 11
Biologia geologia 11João Soares
 
Módulo 2 - biologia- obtenção de matéria
Módulo 2 - biologia-  obtenção de matériaMódulo 2 - biologia-  obtenção de matéria
Módulo 2 - biologia- obtenção de matériaRaquel Rodrigues
 
(5) biologia e geologia 10º ano - obtenção de matéria
(5) biologia e geologia   10º ano - obtenção de matéria(5) biologia e geologia   10º ano - obtenção de matéria
(5) biologia e geologia 10º ano - obtenção de matériaHugo Martins
 
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º) soluções
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º) soluçõesTeste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º) soluções
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º) soluçõesIsaura Mourão
 
Teste de Geologia (1º Período 2º Teste) Soluções
Teste de Geologia (1º Período 2º Teste) SoluçõesTeste de Geologia (1º Período 2º Teste) Soluções
Teste de Geologia (1º Período 2º Teste) SoluçõesIsaura Mourão
 
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)Isaura Mourão
 
Prueba de ciencias naturales clasificacion de animales
Prueba  de ciencias naturales clasificacion de animalesPrueba  de ciencias naturales clasificacion de animales
Prueba de ciencias naturales clasificacion de animalesPaula Reyes
 
Examen ciencias Cèlulas, Reinos Seres Vivos quinto
Examen ciencias Cèlulas, Reinos Seres Vivos quintoExamen ciencias Cèlulas, Reinos Seres Vivos quinto
Examen ciencias Cèlulas, Reinos Seres Vivos quintoLedy Aristizabal
 
Evaluacion # 1 La Celula
Evaluacion # 1   La CelulaEvaluacion # 1   La Celula
Evaluacion # 1 La CelulaCarlos Aguiar
 
2015 Upload Campaigns Calendar - SlideShare
2015 Upload Campaigns Calendar - SlideShare2015 Upload Campaigns Calendar - SlideShare
2015 Upload Campaigns Calendar - SlideShareSlideShare
 
What to Upload to SlideShare
What to Upload to SlideShareWhat to Upload to SlideShare
What to Upload to SlideShareSlideShare
 

Destaque (20)

EXERCÍCIOS DE BIOLOGIA 10º
EXERCÍCIOS DE BIOLOGIA 10ºEXERCÍCIOS DE BIOLOGIA 10º
EXERCÍCIOS DE BIOLOGIA 10º
 
Kit pedagógico- Governação comunitária de florestas
Kit pedagógico- Governação comunitária de florestasKit pedagógico- Governação comunitária de florestas
Kit pedagógico- Governação comunitária de florestas
 
B8 - Ingestão, digestão e absorção
B8 - Ingestão, digestão e absorçãoB8 - Ingestão, digestão e absorção
B8 - Ingestão, digestão e absorção
 
Biologia geologia 11
Biologia geologia 11Biologia geologia 11
Biologia geologia 11
 
Ficha de Trabalho 5
Ficha de Trabalho 5Ficha de Trabalho 5
Ficha de Trabalho 5
 
Módulo 2 - biologia- obtenção de matéria
Módulo 2 - biologia-  obtenção de matériaMódulo 2 - biologia-  obtenção de matéria
Módulo 2 - biologia- obtenção de matéria
 
(5) biologia e geologia 10º ano - obtenção de matéria
(5) biologia e geologia   10º ano - obtenção de matéria(5) biologia e geologia   10º ano - obtenção de matéria
(5) biologia e geologia 10º ano - obtenção de matéria
 
Ficha de Trabalho 2
Ficha de Trabalho 2Ficha de Trabalho 2
Ficha de Trabalho 2
 
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º) soluções
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º) soluçõesTeste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º) soluções
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º) soluções
 
Teste de Geologia (1º Período 2º Teste) Soluções
Teste de Geologia (1º Período 2º Teste) SoluçõesTeste de Geologia (1º Período 2º Teste) Soluções
Teste de Geologia (1º Período 2º Teste) Soluções
 
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º)
 
Prueba de ciencias naturales clasificacion de animales
Prueba  de ciencias naturales clasificacion de animalesPrueba  de ciencias naturales clasificacion de animales
Prueba de ciencias naturales clasificacion de animales
 
Actividades sobre estructura celular1
Actividades sobre estructura celular1Actividades sobre estructura celular1
Actividades sobre estructura celular1
 
2°prueba de ciencias naturales
2°prueba de ciencias naturales2°prueba de ciencias naturales
2°prueba de ciencias naturales
 
Examen ciencias Cèlulas, Reinos Seres Vivos quinto
Examen ciencias Cèlulas, Reinos Seres Vivos quintoExamen ciencias Cèlulas, Reinos Seres Vivos quinto
Examen ciencias Cèlulas, Reinos Seres Vivos quinto
 
Evaluacion # 1 La Celula
Evaluacion # 1   La CelulaEvaluacion # 1   La Celula
Evaluacion # 1 La Celula
 
Guía 1
Guía 1Guía 1
Guía 1
 
Build Features, Not Apps
Build Features, Not AppsBuild Features, Not Apps
Build Features, Not Apps
 
2015 Upload Campaigns Calendar - SlideShare
2015 Upload Campaigns Calendar - SlideShare2015 Upload Campaigns Calendar - SlideShare
2015 Upload Campaigns Calendar - SlideShare
 
What to Upload to SlideShare
What to Upload to SlideShareWhat to Upload to SlideShare
What to Upload to SlideShare
 

Semelhante a 10 2 obtencao_materia_heterotroficos

10 1 diversidade_biosfera
10 1 diversidade_biosfera10 1 diversidade_biosfera
10 1 diversidade_biosferaJoão Soares
 
Exercícios de exame 2012-2013
Exercícios de exame 2012-2013Exercícios de exame 2012-2013
Exercícios de exame 2012-2013Cecilia Ferreira
 
Vest 2002 etapa_2_biologia_ab
Vest 2002 etapa_2_biologia_abVest 2002 etapa_2_biologia_ab
Vest 2002 etapa_2_biologia_abcavip
 
Vest 2002 etapa_2_biologia_ab
Vest 2002 etapa_2_biologia_abVest 2002 etapa_2_biologia_ab
Vest 2002 etapa_2_biologia_abcavip
 
Trabalho de biologia 1o ano eemar (citologia)
Trabalho de biologia 1o ano eemar (citologia)Trabalho de biologia 1o ano eemar (citologia)
Trabalho de biologia 1o ano eemar (citologia)macicb
 
Questao rev1
Questao rev1Questao rev1
Questao rev1letyap
 
AULÃO DE EXATAS_04_11_2022.pptx
AULÃO DE EXATAS_04_11_2022.pptxAULÃO DE EXATAS_04_11_2022.pptx
AULÃO DE EXATAS_04_11_2022.pptxFabioFarias29
 
Prova especifica biologia_-2014
Prova especifica biologia_-2014Prova especifica biologia_-2014
Prova especifica biologia_-2014Teresa Cardoso
 
Plano semanal 4 e 5
Plano semanal 4 e 5Plano semanal 4 e 5
Plano semanal 4 e 5wil
 
Plano semanal 4 e 5
Plano semanal 4 e 5Plano semanal 4 e 5
Plano semanal 4 e 5wil
 
VIII plano de aula
VIII plano de aulaVIII plano de aula
VIII plano de aulaEloá Bastos
 
2° simulado 2014 / Curso Popular / Uepa Salvaterra
2° simulado 2014 / Curso Popular / Uepa Salvaterra2° simulado 2014 / Curso Popular / Uepa Salvaterra
2° simulado 2014 / Curso Popular / Uepa SalvaterraWender Gomes
 
1º dia ciências da natureza e suas tecnologias
1º dia   ciências da natureza e suas tecnologias1º dia   ciências da natureza e suas tecnologias
1º dia ciências da natureza e suas tecnologiasWender Gomes
 
Critérios c do tt de bg 11º-1 2 p-2013
Critérios c do tt de bg 11º-1 2 p-2013Critérios c do tt de bg 11º-1 2 p-2013
Critérios c do tt de bg 11º-1 2 p-2013Cecilia Ferreira
 

Semelhante a 10 2 obtencao_materia_heterotroficos (20)

10 1 diversidade_biosfera
10 1 diversidade_biosfera10 1 diversidade_biosfera
10 1 diversidade_biosfera
 
Exercícios de exame 2012-2013
Exercícios de exame 2012-2013Exercícios de exame 2012-2013
Exercícios de exame 2012-2013
 
Vest 2002 etapa_2_biologia_ab
Vest 2002 etapa_2_biologia_abVest 2002 etapa_2_biologia_ab
Vest 2002 etapa_2_biologia_ab
 
Vest 2002 etapa_2_biologia_ab
Vest 2002 etapa_2_biologia_abVest 2002 etapa_2_biologia_ab
Vest 2002 etapa_2_biologia_ab
 
Trabalho de biologia 1o ano eemar (citologia)
Trabalho de biologia 1o ano eemar (citologia)Trabalho de biologia 1o ano eemar (citologia)
Trabalho de biologia 1o ano eemar (citologia)
 
Questao rev1
Questao rev1Questao rev1
Questao rev1
 
AULÃO DE EXATAS_04_11_2022.pptx
AULÃO DE EXATAS_04_11_2022.pptxAULÃO DE EXATAS_04_11_2022.pptx
AULÃO DE EXATAS_04_11_2022.pptx
 
Plano vi
Plano viPlano vi
Plano vi
 
Prova especifica biologia_-2014
Prova especifica biologia_-2014Prova especifica biologia_-2014
Prova especifica biologia_-2014
 
Plano de aula 10
Plano de aula 10Plano de aula 10
Plano de aula 10
 
Plano semanal 4 e 5
Plano semanal 4 e 5Plano semanal 4 e 5
Plano semanal 4 e 5
 
Plano semanal 4 e 5
Plano semanal 4 e 5Plano semanal 4 e 5
Plano semanal 4 e 5
 
11 BG Dez 09
11 BG Dez 0911 BG Dez 09
11 BG Dez 09
 
Caderno questoes 5o_ano
Caderno questoes 5o_anoCaderno questoes 5o_ano
Caderno questoes 5o_ano
 
rq10_teste1_out2023.docx
rq10_teste1_out2023.docxrq10_teste1_out2023.docx
rq10_teste1_out2023.docx
 
Avaliação diagnóstica 8º ano
Avaliação diagnóstica   8º anoAvaliação diagnóstica   8º ano
Avaliação diagnóstica 8º ano
 
VIII plano de aula
VIII plano de aulaVIII plano de aula
VIII plano de aula
 
2° simulado 2014 / Curso Popular / Uepa Salvaterra
2° simulado 2014 / Curso Popular / Uepa Salvaterra2° simulado 2014 / Curso Popular / Uepa Salvaterra
2° simulado 2014 / Curso Popular / Uepa Salvaterra
 
1º dia ciências da natureza e suas tecnologias
1º dia   ciências da natureza e suas tecnologias1º dia   ciências da natureza e suas tecnologias
1º dia ciências da natureza e suas tecnologias
 
Critérios c do tt de bg 11º-1 2 p-2013
Critérios c do tt de bg 11º-1 2 p-2013Critérios c do tt de bg 11º-1 2 p-2013
Critérios c do tt de bg 11º-1 2 p-2013
 

Mais de João Soares

Vista do Ethos Mundial - Um consenso mínimo entre os humanos.pdf
Vista do Ethos Mundial - Um consenso mínimo entre os humanos.pdfVista do Ethos Mundial - Um consenso mínimo entre os humanos.pdf
Vista do Ethos Mundial - Um consenso mínimo entre os humanos.pdfJoão Soares
 
Bulletin of the Atomic Scientisits 2024-Doomsday-Clock-Statement
Bulletin of the Atomic Scientisits 2024-Doomsday-Clock-StatementBulletin of the Atomic Scientisits 2024-Doomsday-Clock-Statement
Bulletin of the Atomic Scientisits 2024-Doomsday-Clock-StatementJoão Soares
 
The Man in The High Castle Philip K. Dick
The Man in The High Castle Philip K. DickThe Man in The High Castle Philip K. Dick
The Man in The High Castle Philip K. DickJoão Soares
 
o homem do castelo alto - philip k. dick
o homem do castelo alto - philip k. dicko homem do castelo alto - philip k. dick
o homem do castelo alto - philip k. dickJoão Soares
 
Falsas catástrofes invisíveis e ameaças de destruição
Falsas catástrofes invisíveis e ameaças de destruiçãoFalsas catástrofes invisíveis e ameaças de destruição
Falsas catástrofes invisíveis e ameaças de destruiçãoJoão Soares
 
Cronologia das organizações de direita (1973-1976)
Cronologia das organizações de direita (1973-1976)Cronologia das organizações de direita (1973-1976)
Cronologia das organizações de direita (1973-1976)João Soares
 
Introdução ao pensamento feminista negro
Introdução ao pensamento feminista negroIntrodução ao pensamento feminista negro
Introdução ao pensamento feminista negroJoão Soares
 
Queer Palestine and the Empire of Critique
Queer Palestine and the Empire of CritiqueQueer Palestine and the Empire of Critique
Queer Palestine and the Empire of CritiqueJoão Soares
 
Livro - Modernidade liquida por Zygmunt Bauman
Livro - Modernidade liquida por Zygmunt BaumanLivro - Modernidade liquida por Zygmunt Bauman
Livro - Modernidade liquida por Zygmunt BaumanJoão Soares
 
Um Manifesto Anarquista - Louisa Sarah Bevington
Um Manifesto Anarquista - Louisa Sarah BevingtonUm Manifesto Anarquista - Louisa Sarah Bevington
Um Manifesto Anarquista - Louisa Sarah BevingtonJoão Soares
 
Inquérito aos Hábitos de Leitura dos Estudantes do 1.º Ciclo do Ensino Superi...
Inquérito aos Hábitos de Leitura dos Estudantes do 1.º Ciclo do Ensino Superi...Inquérito aos Hábitos de Leitura dos Estudantes do 1.º Ciclo do Ensino Superi...
Inquérito aos Hábitos de Leitura dos Estudantes do 1.º Ciclo do Ensino Superi...João Soares
 
Tese Doutoramento sobre a "cunha" em Portugal - João Ribeiro
Tese  Doutoramento sobre a "cunha" em Portugal - João RibeiroTese  Doutoramento sobre a "cunha" em Portugal - João Ribeiro
Tese Doutoramento sobre a "cunha" em Portugal - João RibeiroJoão Soares
 
Liberdade Religiosa no Mundo Relatório 2023
Liberdade Religiosa no Mundo Relatório 2023Liberdade Religiosa no Mundo Relatório 2023
Liberdade Religiosa no Mundo Relatório 2023João Soares
 
Relatório Estado das Aves em Portugal_2022
Relatório Estado das Aves em Portugal_2022Relatório Estado das Aves em Portugal_2022
Relatório Estado das Aves em Portugal_2022João Soares
 
GRECO - Relatório da 5.ª ronda de avaliação
GRECO - Relatório da 5.ª ronda de avaliaçãoGRECO - Relatório da 5.ª ronda de avaliação
GRECO - Relatório da 5.ª ronda de avaliaçãoJoão Soares
 
A Teoria e a Prática de Projetos Biofílicos em Espaços Exteriores e Urbanos -...
A Teoria e a Prática de Projetos Biofílicos em Espaços Exteriores e Urbanos -...A Teoria e a Prática de Projetos Biofílicos em Espaços Exteriores e Urbanos -...
A Teoria e a Prática de Projetos Biofílicos em Espaços Exteriores e Urbanos -...João Soares
 
Inequality inc- Full Report OXFAM-2024 (
Inequality inc- Full Report OXFAM-2024 (Inequality inc- Full Report OXFAM-2024 (
Inequality inc- Full Report OXFAM-2024 (João Soares
 
A Problemática dos Transgenicos_Licao-sintese
A Problemática dos Transgenicos_Licao-sinteseA Problemática dos Transgenicos_Licao-sintese
A Problemática dos Transgenicos_Licao-sinteseJoão Soares
 
Tese Mestrado de Tiago Bonacho_Transgénicos e Bioética
Tese Mestrado de Tiago Bonacho_Transgénicos e BioéticaTese Mestrado de Tiago Bonacho_Transgénicos e Bioética
Tese Mestrado de Tiago Bonacho_Transgénicos e BioéticaJoão Soares
 
Global assessment report on biodiversity and ecosystem services of IPBES GLOB...
Global assessment report on biodiversity and ecosystem services of IPBES GLOB...Global assessment report on biodiversity and ecosystem services of IPBES GLOB...
Global assessment report on biodiversity and ecosystem services of IPBES GLOB...João Soares
 

Mais de João Soares (20)

Vista do Ethos Mundial - Um consenso mínimo entre os humanos.pdf
Vista do Ethos Mundial - Um consenso mínimo entre os humanos.pdfVista do Ethos Mundial - Um consenso mínimo entre os humanos.pdf
Vista do Ethos Mundial - Um consenso mínimo entre os humanos.pdf
 
Bulletin of the Atomic Scientisits 2024-Doomsday-Clock-Statement
Bulletin of the Atomic Scientisits 2024-Doomsday-Clock-StatementBulletin of the Atomic Scientisits 2024-Doomsday-Clock-Statement
Bulletin of the Atomic Scientisits 2024-Doomsday-Clock-Statement
 
The Man in The High Castle Philip K. Dick
The Man in The High Castle Philip K. DickThe Man in The High Castle Philip K. Dick
The Man in The High Castle Philip K. Dick
 
o homem do castelo alto - philip k. dick
o homem do castelo alto - philip k. dicko homem do castelo alto - philip k. dick
o homem do castelo alto - philip k. dick
 
Falsas catástrofes invisíveis e ameaças de destruição
Falsas catástrofes invisíveis e ameaças de destruiçãoFalsas catástrofes invisíveis e ameaças de destruição
Falsas catástrofes invisíveis e ameaças de destruição
 
Cronologia das organizações de direita (1973-1976)
Cronologia das organizações de direita (1973-1976)Cronologia das organizações de direita (1973-1976)
Cronologia das organizações de direita (1973-1976)
 
Introdução ao pensamento feminista negro
Introdução ao pensamento feminista negroIntrodução ao pensamento feminista negro
Introdução ao pensamento feminista negro
 
Queer Palestine and the Empire of Critique
Queer Palestine and the Empire of CritiqueQueer Palestine and the Empire of Critique
Queer Palestine and the Empire of Critique
 
Livro - Modernidade liquida por Zygmunt Bauman
Livro - Modernidade liquida por Zygmunt BaumanLivro - Modernidade liquida por Zygmunt Bauman
Livro - Modernidade liquida por Zygmunt Bauman
 
Um Manifesto Anarquista - Louisa Sarah Bevington
Um Manifesto Anarquista - Louisa Sarah BevingtonUm Manifesto Anarquista - Louisa Sarah Bevington
Um Manifesto Anarquista - Louisa Sarah Bevington
 
Inquérito aos Hábitos de Leitura dos Estudantes do 1.º Ciclo do Ensino Superi...
Inquérito aos Hábitos de Leitura dos Estudantes do 1.º Ciclo do Ensino Superi...Inquérito aos Hábitos de Leitura dos Estudantes do 1.º Ciclo do Ensino Superi...
Inquérito aos Hábitos de Leitura dos Estudantes do 1.º Ciclo do Ensino Superi...
 
Tese Doutoramento sobre a "cunha" em Portugal - João Ribeiro
Tese  Doutoramento sobre a "cunha" em Portugal - João RibeiroTese  Doutoramento sobre a "cunha" em Portugal - João Ribeiro
Tese Doutoramento sobre a "cunha" em Portugal - João Ribeiro
 
Liberdade Religiosa no Mundo Relatório 2023
Liberdade Religiosa no Mundo Relatório 2023Liberdade Religiosa no Mundo Relatório 2023
Liberdade Religiosa no Mundo Relatório 2023
 
Relatório Estado das Aves em Portugal_2022
Relatório Estado das Aves em Portugal_2022Relatório Estado das Aves em Portugal_2022
Relatório Estado das Aves em Portugal_2022
 
GRECO - Relatório da 5.ª ronda de avaliação
GRECO - Relatório da 5.ª ronda de avaliaçãoGRECO - Relatório da 5.ª ronda de avaliação
GRECO - Relatório da 5.ª ronda de avaliação
 
A Teoria e a Prática de Projetos Biofílicos em Espaços Exteriores e Urbanos -...
A Teoria e a Prática de Projetos Biofílicos em Espaços Exteriores e Urbanos -...A Teoria e a Prática de Projetos Biofílicos em Espaços Exteriores e Urbanos -...
A Teoria e a Prática de Projetos Biofílicos em Espaços Exteriores e Urbanos -...
 
Inequality inc- Full Report OXFAM-2024 (
Inequality inc- Full Report OXFAM-2024 (Inequality inc- Full Report OXFAM-2024 (
Inequality inc- Full Report OXFAM-2024 (
 
A Problemática dos Transgenicos_Licao-sintese
A Problemática dos Transgenicos_Licao-sinteseA Problemática dos Transgenicos_Licao-sintese
A Problemática dos Transgenicos_Licao-sintese
 
Tese Mestrado de Tiago Bonacho_Transgénicos e Bioética
Tese Mestrado de Tiago Bonacho_Transgénicos e BioéticaTese Mestrado de Tiago Bonacho_Transgénicos e Bioética
Tese Mestrado de Tiago Bonacho_Transgénicos e Bioética
 
Global assessment report on biodiversity and ecosystem services of IPBES GLOB...
Global assessment report on biodiversity and ecosystem services of IPBES GLOB...Global assessment report on biodiversity and ecosystem services of IPBES GLOB...
Global assessment report on biodiversity and ecosystem services of IPBES GLOB...
 

10 2 obtencao_materia_heterotroficos

  • 1. Escola E.B. 2,3 / S. Dr. Hernâni Cidade Biologia e Geologia – 10º Ano 1- 29 pontos – Permuta de matéria entre as células e o meio 1.1- 4 + 5 = 9 pontos Ultra-estrutura da membrana celular Resposta curta 1.2- 5 pontos Ultra-estrutura da membrana celular Resposta curta 1.3- 5 x 3 = 15 pontos Ultra-estrutura da membrana celular Estabelecimento correspondência 2- 20 pontos – Diversidade de processos de transporte 2.1- 4 x 3 = 12 pontos Transporte não mediado e mediado Estabelecimento correspondência 2.2- 8 pontos Transporte não mediado e mediado Estabelecimento correspondência 3- 25 pontos – Diversidade de processos de transporte 3.1- 5 x 5 = 25 pontos Transporte não mediado e mediado Escolha múltipla 4- 24 pontos – Diversidade de processos de transporte 4.1- 3 x 2 = 6 pontos Transporte não mediado e mediado Legendar 4.2- 3 x 3 = 9 pontos Transporte não mediado e mediado Resposta curta 4.3- 3 x 3 = 9 pontos Transporte não mediado e mediado Resposta aberta 5- 32 pontos – Endocitose e exocitose / Ingestão, digestão e absorção / Digestão intracelular 5.1- 8 x 2 = 16 pontos Vários Estabelecimento correspondência 5.2 - 4 x 2 = 8 pontos Vários Estabelecimento correspondência 5.3- 4 x 2 = 8 pontos Vários Estabelecimento correspondência 6- 15 pontos – Digestão extracelular 6.1- 3 x 3 = 9 pontos Digestão extracelular Resposta curta 6.2- 6 pontos Digestão extracelular Escolha múltipla 7- 55 pontos – Digestão extracelular 7.1- 8 x 2 = 16 pontos Digestão extracelular Estabelecimento correspondência 7.2- 3 + 3 = 6 pontos Digestão extracelular Resposta aberta 7.3- 6 x 3 = 18 pontos Digestão extracelular Estabelecimento correspondência 7.4- 5 x 3 = 15 pontos Digestão extracelular Estabelecimento correspondência TOTAL = 200 pontos – 2 folhas / 4 páginas (cada cor corresponde a uma página) MATRIZ DO TESTE DE AVALIAÇÃO Obtenção de matéria pelos seres heterotróficos
  • 2. Escola E.B. 2,3 / S. Dr. Hernâni Cidade Biologia – Obtenção de matéria pelos heterotróficos TESTE DE AVALIAÇÃO - Folha de respostas Nome ____________________________________ nº ____ Teste nº ____ 30/01/06 Pontos: _____ / Classificação:_______________ - ____ valores Professor: 1.1- (4 + 5 = 9 pontos) A B 1.2- (5 pontos) 1.3- (5 x 3 = 15 pontos) A B C D E 2.1- (4 x 3 = 12 pontos) A B C D 2.2- (8 pontos) A 3.1- (5 x 5 = 25 pontos) 3.1.1 3.1.2 3.1.3 3.1.4 3.1.5 4.1- ( 3 x 2 = 6) 1 2 3 4.2- (3 x 3 = 9) I II III 4.3- (3 x 3 =9) _______________________________________________________________________ _______________________________________________________________________ 5.1- (8 x 2 = 16 pontos) A B C D E F G H 5.2- (4 x 2 = 8 pontos) A B C D 5.3- (4 x 2 = 8 pontos) A B C D 6.1- (3 x 3 = 9 pontos) A B C 6.2- (6 pontos) 7.1- (8 x 2 = 16 pontos) A B C D E F G H 7.2- (3 + 3 = 6 pontos) _______________________________________________________________________ _______________________________________________________________________ 7.3- ( 6 x 3 = 18) A B C D E F 7.4- (5 x 3 = 15) A B C D E
  • 3. Escola E.B. 2,3 / S. Dr. Hernâni Cidade Biologia – Obtenção de matéria pelos heterotróficos TESTE DE AVALIAÇÃO - Folha de respostas Nome ____________________________________ nº ____ Teste nº ____ 30/01/06 Pontos: _____ / Classificação:_______________ - ____ valores Professor: 1.1- (4 + 5 = 9 pontos) A Gorter e Grendel B Singer e Nicholson 1.2- (5 pontos) Modelo de mosaico fluido 1.3- (5 x 3 = 15 pontos) A 2 B 1 C 4 D 5 E 3 2.1- (4 x 3 = 12 pontos) A F B V C V D V 2.2- (8 pontos) C 3.1- (5 x 5 = 25 pontos) 3.1.1 A 3.1.2 B 3.1.3 A 3.1.4 C 3.1.5 B 4.1- ( 3 x 2 = 6) 1 Fosfolípidos 2 Proteínas intrínsecas 3 Proteínas extrínsecas 4.2- (3 x 3 = 9) I Difusão simples II Difusão facilitada III Transporte activo 4.3- (3 x 3 =9) A favor do gradiente de concentração, não mediado e sem dispêndio de energia. 5.1- (8 x 2 = 16 pontos) A 3 B 5 C 2 D 8 E 4 F 1 G 6 H 7 H - 5.2- (4 x 2 = 8 pontos) A y B w C z D x 5.3- (4 x 2 = 8 pontos) A II B I C III D IV 6.1- (3 x 3 = 9 pontos) A Enzimas B Proteínas C Glicose 6.2- (6 pontos) B 7.1- (8 x 2 = 16 pontos) A 3,7 B 5 C 2 D 8 E 4 F 6 G 1 7.2- (3 + 3 = 6 pontos) Aumentar a superfície intestinal interna, facilitando a absorção. 7.3- ( 6 x 3 = 18) A 6 B 4 C 4 D 2 E 2 F 2 7.4- (5 x 3 = 15) A I B II C II D I E II
  • 4. Escola E.B. 2,3 / S. Dr. Hernâni Cidade Biologia e Geologia – 10º Ano – Obtenção de matéria pelos seres heterotróficos TESTE DE AVALIAÇÃO 1- A figura representa dois dos modelos propostos sobre a estrutura da membrana. 1.1- Indica os autores dos modelos A e B. 1.2- Denomina o modelo B. 1.3- Estabelece a correspondência estre as letras (A a E) da chave seguinte e os números da figura B CHAVE: A- Fosfolípido B- Proteína intrínseca C- Proteína extrínseca D- Glicoproteína E- Glicolípido 2- A tabela evidencia as concentrações de alguns iões nos vacúolos de duas algas e na água em que essas algas vivem (mM= milimole – unidade química de concentração). Alga (Nitella) Concentração (mM) Alga (Halicystis) Concentração (mM) Vacúolo Água do meio Vacúolo Água do meio Sódio 54 30 257 488 Potássio 113 0,65 337 12 Cloro 206 35 546 523 2.1- Estabelece a correspondência entre as letras das afirmações seguintes e os valores lógicos V (verdadeiro) ou F (falso). A- A única das algas que pode ser encontrada na barragem da Vigia é a Halicystis. B- O processo responsável pela manutenção dos iões em concentrações diferentes no interior e no exterior das algas é o transporte activo. C- Quando se matam as células dessas algas, as concentrações dos iões nos meios intra e extracelular tendem para a isotonia. D- Se as células forem privadas de oxigénio, ou se forem tratadas com um inibidor da síntese de ATP, elas não acumulam iões contra o gradiente de concentração. 2.2- Transcreve a letra da chave que classifica as afirmações 1, 2, 3 e 4 seguintes. 4 5 Iões CHAVE: A- Somente 1 e 2 são verdadeiras B- Somente 1 e 3 são verdadeiras C- Somente 1 e 4 são verdadeiras D- Somente 2 e 3 são verdadeiras E- Somente 2 e 4 são verdadeiras 1- O transporte activo e o transporte facilitado fazem-se com interferência de um transportador, havendo dispêndio de energia pela célula apenas no primeiro. 2- Tanto no transporte activo como no transporte facilitado a passagem dá-se a favor do gradiente de concentração, com dispêndio de energia apenas no primeiro. 3- Tanto o transporte activo como o transporte facilitado ocasionam gasto de ATP e exigem interferência de transportador. 4- O Transporte facilitado efectua-se a favor do gradiente de concentração e com interferência de um transportador, enquanto que o transporte activo se efectua contra o gradiente e com utilização de ATP.
  • 5. 3- A figura traduz as variações do volume vacuolar de uma célula de uma planta durante 40 minutos. No início da experiência, o meio em que a célula estava mergulhada era isotónico relativamente ao conteúdo vacuolar. Esse meio foi substituído pela solução A e, posteriormente, pela solução B. 3.1- Nas questões 3.1.1 a 3.1.5, transcreve a letra correspondente à opção correcta. 3.1.1- O processo de transporte posto em evidência com esta experiência foi: A- a osmose; B- a difusão simples; C- a difusão facilitada; D- o transporte activo. 3.1.2- A célula foi colocada nas soluções A e B ao fim de, respectivamente,: A- 5 e 15 minutos; B- 5 e 20 minutos; C- 5 e 30 minutos; D- 15 e 30 minutos. 3.1.3- A soluções A e B são, relativamente ao conteúdo vacuolar, : A- hipertónica e hipotónica, respectivamente; B- hipotónica e hipertónica, respectivamente; C- ambas hipotónicas; D- ambas isotónicas. 3.1.4- O(s) período(s) de tempo em que as concentrações dos meios intracelular e extracelular foram idênticas foi(foram) dos: A- 0 aos 5 minutos; B- 15 aos 20 minutos e dos 30 aos 40 minutos; C- 0 aos 5 minutos, dos 15 aos 20 minutos e dos 30 aos 40 minutos; D- 5 aos 15 minutos e dos 20 aos 30 minutos. 3.1.5- As velocidades de variação (aumento ou diminuição) do volume vacuolar, após a célula ser colocada nas duas soluções, indicam-nos que: A- a diferença de concentrações entre as soluções e o conteúdo vacuolar, no momento de adição destas, era maior em relação à solução A; B- a diferença de concentrações entre as soluções e o conteúdo vacuolar, no momento de adição destas, era maior em relação à solução B; C- a diferença de concentrações entre as soluções e o conteúdo vacuolar, no momento de adição destas, era idêntica para ambas as soluções; D- não existiam diferenças de concentração entre as soluções e o conteúdo vacuolar, no momento de adição destas, dado serem ambas isotónicas. 4- A figura esquematiza processos (I, II e III) de transporte de substâncias através da membrana plasmática. 4.1- Legenda os números 1, 2 e 3 da figura. 4.2- Identifica os processos I, II e III. 4.3- Caracteriza o processo I.
  • 6. 5- O esquema representa alguns processos que ocorrem em protistas heterotróficos, como as amibas. 1 2 6 o o o 4 oo o o o 5 x o o o o o 3 I ººº º o o o o o º º º º º o o oo o o º w º II o o o o o o . . o o o o o . . . . . … 7 o o o o o o … . . . º .. oo o o o . III …º º . . . º º º º º º º o o o o . .. º . … º z IV o o o o 8 . .. y .. . o 5.1 - Estabelece a correspondência entre as letras (A a H) e as estruturas celulares (1 a 8) da figura. A- Lisossoma B- Vesícula fagocítica C- Complexo de Golgi D- Ribossoma E- Vacúolo digestivo F- Retículo endoplasmático rugoso G- Membrana celular H- Vesícula secretora 5.2- Estabelece a correspondência entre as letras (A a D) e as substâncias (w, x, y e z) da figura. A- Produtos da digestão B- Enzimas digestivas C- Resíduos da digestão D- Alimento 5.3- Estabelece a correspondência entre as letras (A a D) e os processos (I, II, III e IV) da figura. A- Ingestão B- Digestão C- Absorção D- Secreção 6- A figura representa o processo de nutrição de um cogumelo. 6.1- Faz corresponder a respectiva designação às letras A, B e C. 6.2- Transcreve a letra correspondente à afirmação incorrecta, relativamente ao cogumelo: A- Heterotrofismo por absorção B- Heterotrofismo por ingestão C- Digestão extracorporal D- Digestão extracelular
  • 7. 7- A figura representa uma planária e uma minhoca, mostrando os respectivos tubos digestivos, bem como um corte transversal do tubo digestivo da minhoca. 7.1- Estabelece a correspondência entre as letras (A a G) e as estruturas (1 a 8) da figura. A- Intestino B- Papo C- Cavidade gastrovascular D- Tiflosole E- Moela F- Esófago G- Faringe H- Intestino 7.2- Refere a função e as vantagens da tiflosole. 7.3- Estabelece a correspondência entre cada uma das letras (A a F) dos seres vivos da coluna I e um dos números (1 a 7) das afirmações da coluna II. Coluna I Coluna II 1- Digestão extracorporal A- Amiba 2- Digestão intracorporal e extracelular, em tubo digestivo completo B- Hidra 3- Digestão intracorporal e extracelular em tubo digestivo incompleto C- Planária D- Minhoca 4- Digestão intracorporal: inicialmente extracelular (em cavidade gastrovascular) e posteriormente intracelular E- Galinha F- Homem 5- Digestão intracorporal: inicialmente intracelular (em cavidade gastrovascular) e posteriormente extracelular 6- Digestão intracorporal e intracelular. 7- Digestão extracorporal e intracelular 7.4- Estabelece a correspondência entre cada uma das letras relativas às afirmações seguintes e um dos números (I ou II) da chave. CHAVE: I- Vantagem de um ser vivo com digestão extracelular relativamente a outro com digestão intracelular. II- Vantagem de um ser vivo com tubo digestivo completo relativamente a outro com tubo digestivo incompleto. Afirmações: A- Pode ingerir quantidades significativas de alimento em cada refeição, que é armazenado e vai sendo lentamente digerido. B- Os alimentos deslocam-se num único sentido, o que permite uma digestão e uma absorção sequenciais ao longo do tubo, sendo o aproveitamento muito mais eficaz. C- A digestão pode ocorrer em vários órgãos, que permitem tratamentos mecânicos e enzimáticos diferentes. D- Não necessita de estar sempre a captar alimento. E- Os resíduos não digeridos acumulam-se durante algum tempo, sendo depois expulsos através do ânus, nunca se misturando com o alimento. 78