SlideShare uma empresa Scribd logo
1°S 
Respiração Celular 
Prof. Ionara e Juliana 1
01 - (UDESC SC) 
Assinale a alternativa correta quanto à respiração celular. 
a) Uma das etapas da respiração celular aeróbia é a glicólise, ocorre na 
matriz mitocondrial e produz Acetil-CoA. 
b) A respiração celular aeróbia é um mecanismo de quebra de glicose na 
presença de oxigênio, produzindo gás carbônico, água e energia. 
c) O Ciclo de Krebs é uma das etapas da respiração celular, ocorre no 
citoplasma da célula e produz duas moléculas de ácido pirúvico. 
d) A etapa final da respiração celular é a glicólise, ocorre na membrana 
interna da mitocôndria e produz três moléculas de NAD.2H, uma 
molécula de FAD.2H e uma molécula de ATP. 
e) A cadeia respiratória é a etapa final da respiração celular, ocorre no 
citoplasma da célula, produzindo glicose e oxigênio. 
Prof. Ionara e Juliana 2
01 - (UDESC SC) 
Assinale a alternativa correta quanto à respiração celular. 
a) Uma das etapas da respiração celular aeróbia é a glicólise, ocorre na 
matriz mitocondrial e produz Acetil-CoA. 
b) A respiração celular aeróbia é um mecanismo de quebra de glicose na 
presença de oxigênio, produzindo gás carbônico, água e energia. 
c) O Ciclo de Krebs é uma das etapas da respiração celular, ocorre no 
citoplasma da célula e produz duas moléculas de ácido pirúvico. 
d) A etapa final da respiração celular é a glicólise, ocorre na membrana 
interna da mitocôndria e produz três moléculas de NAD.2H, uma 
molécula de FAD.2H e uma molécula de ATP. 
e) A cadeia respiratória é a etapa final da respiração celular, ocorre no 
citoplasma da célula, produzindo glicose e oxigênio. 
Prof. Ionara e Juliana 3
02 - (ACAFE SC) 
Sobre o processo de obtenção de energia pelos seres vivos é 
correto afirmar, exceto: 
a) A respiração anaeróbica é o processo de extração de energia 
de compostos orgânicos sem a utilização do O2 como aceptor 
final de elétrons. 
b) A respiração aeróbica compreende três fases, que ocorrem 
no interior das mitocôndrias: glicólise, ciclo de Krebs e cadeia 
respiratória. 
c) A quebra da glicose através da fermentação produz 2 ATPs 
como saldo energético. 
d) Ao contrário da fermentação alcoólica, a fermentação lática 
não produz CO2. 
Prof. Ionara e Juliana 4
02 - (ACAFE SC) 
Sobre o processo de obtenção de energia pelos seres vivos é 
correto afirmar, exceto: 
a) A respiração anaeróbica é o processo de extração de energia de 
compostos orgânicos sem a utilização do O2 como aceptor final de 
elétrons. 
b) A respiração aeróbica compreende três fases, que ocorrem no 
interior das mitocôndrias: glicólise, ciclo de Krebs e cadeia 
respiratória. 
c) A quebra da glicose através da fermentação produz 2 ATPs como 
saldo energético. 
d) Ao contrário da fermentação alcoólica, a fermentação lática não 
produz CO2. 
Prof. Ionara e Juliana 5
03 - (UCS RS) 
A glicose é a principal fonte de energia utilizada pelas células. 
O caminho realizado pela glicose, desde a sua entrada nas células até a 
produção de ATP, envolve uma série de reações químicas, que geram 
diferentes intermediários e diferentes produtos. 
Considere a seguinte rota metabólica. 
Os números I, II e III podem representar, respectivamente, os processos, 
a) Glicólise, Ciclo de Krebs e Fosforilação Oxidativa. 
b) Glicogênese, Ciclo de Calvin e Fotofosforilação. 
c) Glicólise, Ciclo de Pentoses e Ciclo de Krebs. 
d) Ciclo de Krebs, Ciclo de Calvin e Fosforilação Oxidativa. 
e) Glicogênese, Ciclo de Krebs e Fotofosforilação. 
Prof. Ionara e Juliana 6
03 - (UCS RS) 
A glicose é a principal fonte de energia utilizada pelas células. 
O caminho realizado pela glicose, desde a sua entrada nas células até a 
produção de ATP, envolve uma série de reações químicas, que geram 
diferentes intermediários e diferentes produtos. 
Considere a seguinte rota metabólica. 
Os números I, II e III podem representar, respectivamente, os processos, 
a) Glicólise, Ciclo de Krebs e Fosforilação Oxidativa. 
b) Glicogênese, Ciclo de Calvin e Fotofosforilação. 
c) Glicólise, Ciclo de Pentoses e Ciclo de Krebs. 
d) Ciclo de Krebs, Ciclo de Calvin e Fosforilação Oxidativa. 
e) Glicogênese, Ciclo de Krebs e Fotofosforilação. 
Prof. Ionara e Juliana 7
04 - (UCS RS) 
Todos os seres vivos necessitam obter energia por 
processos metabólicos. Os mais comuns são a respiração 
celular e a fermentação. Que etapa metabólica ocorre 
nesses dois processos? 
a) Ciclo de Krebs 
b) Redução de acetil-CoA 
c) Transformação do ácido pirúvico em ácido láctico 
d) Glicólise 
e) Cadeia respiratória 
Prof. Ionara e Juliana 8
04 - (UCS RS) 
Todos os seres vivos necessitam obter energia por processos 
metabólicos. Os mais comuns são a respiração celular e a 
fermentação. Que etapa metabólica ocorre nesses dois 
processos? 
a) Ciclo de Krebs 
b) Redução de acetil-CoA 
c) Transformação do ácido pirúvico em ácido láctico 
d) Glicólise 
e) Cadeia respiratória 
Prof. Ionara e Juliana 9
05 - (UEL PR) 
Analise o esquema da respiração celular em eucariotos, a seguir: 
(Adaptado de: LOPES, Sônia. Bio 1, São Paulo: Ed. Saraiva, 1992, p.98) 
Com base nas informações contidas no esquema e nos conhecimentos sobre respiração celular, considere as 
afirmativas a seguir: 
I. A glicose é totalmente degradada durante a etapa A que ocorre na matriz mitocondrial. 
II. A etapa B ocorre no hialoplasma da célula e produz menor quantidade de ATP que a etapa A. 
III. A etapa C ocorre nas cristas mitocondriais e produz maior quantidade de ATP que a etapa B. 
IV. O processo anaeróbico que ocorre no hialoplasma corresponde à etapa A. 
Assinale a alternativa correta. 
a) Somente as afirmativas I e II são corretas. 
b) Somente as afirmativas I e III são corretas. 
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. 
d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. 
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas 
Prof. Ionara e Juliana 10
05 - (UEL PR) 
Analise o esquema da respiração celular em eucariotos, a seguir: 
(Adaptado de: LOPES, Sônia. Bio 1, São Paulo: Ed. Saraiva, 1992, p.98) 
Com base nas informações contidas no esquema e nos conhecimentos sobre respiração celular, considere as 
afirmativas a seguir: 
I. A glicose é totalmente degradada durante a etapa A que ocorre na matriz mitocondrial. 
II. A etapa B ocorre no hialoplasma da célula e produz menor quantidade de ATP que a etapa A. 
III. A etapa C ocorre nas cristas mitocondriais e produz maior quantidade de ATP que a etapa B. 
IV. O processo anaeróbico que ocorre no hialoplasma corresponde à etapa A. 
Assinale a alternativa correta. 
a) Somente as afirmativas I e II são corretas. 
b) Somente as afirmativas I e III são corretas. 
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. 
d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. 
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas 
Prof. Ionara e Juliana 11
06 - (UNIOESTE PR) 
Com relação aos processos de respiração e fermentação nos 
organismos vivos, pode-se afirmar que 
a) através de ambos os processos ocorre produção de glicose. 
b) em ambos os processos ocorre formação de ácido pirúvico. 
c) na respiração anaeróbica não ocorre produção de ATP. 
d) a respiração aeróbica produz menos ATP do que a fermentação. 
e) na respiração aeróbica não ocorre produção de ATP. 
Prof. Ionara e Juliana 12
06 - (UNIOESTE PR) 
Com relação aos processos de respiração e fermentação nos 
organismos vivos, pode-se afirmar que 
a) através de ambos os processos ocorre produção de glicose. 
b) em ambos os processos ocorre formação de ácido pirúvico. 
c) na respiração anaeróbica não ocorre produção de ATP. 
d) a respiração aeróbica produz menos ATP do que a fermentação. 
e) na respiração aeróbica não ocorre produção de ATP. 
Prof. Ionara e Juliana 13
07 - (UDESC SC) 
A glicólise é um processo que compreende dez reações químicas, 
cada uma delas com a participação de uma enzima específica. 
Assinale a alternativa correta em relação à glicólise anaeróbica. 
a) É o processo responsável pela quebra da glicose, transformando-a 
em piruvato ou ácido pirúvico. 
b) É realizada apenas em células animais e procariontes 
heterotróficos. 
c) Promove a quebra da glicose no interior da mitocôndria. 
d) Libera energia na forma de 38 ATPs. 
e) Transforma ácido lático em ácido pirúvico. 
Prof. Ionara e Juliana 14
07 - (UDESC SC) 
A glicólise é um processo que compreende dez reações químicas, 
cada uma delas com a participação de uma enzima específica. 
Assinale a alternativa correta em relação à glicólise anaeróbica. 
a) É o processo responsável pela quebra da glicose, transformando-a 
em piruvato ou ácido pirúvico. 
b) É realizada apenas em células animais e procariontes 
heterotróficos. 
c) Promove a quebra da glicose no interior da mitocôndria. 
d) Libera energia na forma de 38 ATPs. 
e) Transforma ácido lático em ácido pirúvico. 
Prof. Ionara e Juliana 15
08 - (UNIOESTE PR) 
Com relação aos processos de produção e consumo de energia, 
assinale a alternativa correta. 
a) Na falta de glicose, a célula pode utilizar lipídios e até mesmo 
proteínas no processo de respiração celular. 
b) O oxigênio liberado na fotossíntese é proveniente da molécula 
de CO2 produzida no interior da mitocôndria. 
c) Na respiração celular, a cadeia respiratória ocorre no 
hialoplasma e resulta em duas moléculas de ácido pirúvico. 
d) A fermentação é um processo que necessita oxigênio para 
realizar a quebra da molécula de glicose para liberação de energia. 
e) No processo de fotossíntese, as reações da fase fotoquímica 
ocorrem no estroma dos cloroplastos, e resultam na produção de 
glicídios. Prof. Ionara e Juliana 16
08 - (UNIOESTE PR) 
Com relação aos processos de produção e consumo de energia, 
assinale a alternativa correta. 
a) Na falta de glicose, a célula pode utilizar lipídios e até mesmo 
proteínas no processo de respiração celular. 
b) O oxigênio liberado na fotossíntese é proveniente da molécula 
de CO2 produzida no interior da mitocôndria. 
c) Na respiração celular, a cadeia respiratória ocorre no 
hialoplasma e resulta em duas moléculas de ácido pirúvico. 
d) A fermentação é um processo que necessita oxigênio para 
realizar a quebra da molécula de glicose para liberação de energia. 
e) No processo de fotossíntese, as reações da fase fotoquímica 
ocorrem no estroma dos cloroplastos, e resultam na produção de 
glicídios. Prof. Ionara e Juliana 17
09 - (UDESC SC) 
Assinale a alternativa correta, em relação ao saldo final 
(rendimento líquido), na produção de ATPs pela Via da 
Glicólise, Ciclo de Krebs e Cadeia Respiratória, 
respectivamente. 
a) 2, 2, 26 
b) 2, 4, 32 
c) 4, 8, 24 
d) 2, 8, 26 
e) 4, 4, 30 
Prof. Ionara e Juliana 18
09 - (UDESC SC) 
Assinale a alternativa correta, em relação ao saldo final 
(rendimento líquido), na produção de ATPs pela Via da 
Glicólise, Ciclo de Krebs e Cadeia Respiratória, 
respectivamente. 
a) 2, 2, 26 
b) 2, 4, 32 
c) 4, 8, 24 
d) 2, 8, 26 
e) 4, 4, 30 
Prof. Ionara e Juliana 19
10 - (FFFCMPA RS) 
Os novos carros bicombustíveis do tipo flex, que usam álcool e/ou gasolina, assim como a 
tecnologia de produção de álcool, têm ocupado lugar de destaque entre as alternativas 
para substituir os combustíveis derivados de petróleo. A biotecnologia aliada às questões 
econômicas e éticas quanto ao uso correto dos recursos do planeta, no entanto, necessita 
das informações mais básicas para avançar nesse campo. Alguns conhecimentos 
fundamentais sobre essa área de desenvolvimento são: 
I. O álcool é extraído do açúcar proveniente da cana-de-açúcar. 
II. A cana de açúcar é uma planta dicotiledônia. 
III. A fermentação alcoólica ocorre em condições aeróbias. 
IV. Leveduras são organismos que realizam a fermentação. 
Quais estão corretas? 
a) apenas I e II. 
b) apenas I e III. 
c) apenas I e IV. 
d) apenas II e III. 
e) apenas II e IV. 
Prof. Ionara e Juliana 20
10 - (FFFCMPA RS) 
Os novos carros bicombustíveis do tipo flex, que usam álcool e/ou gasolina, assim como a 
tecnologia de produção de álcool, têm ocupado lugar de destaque entre as alternativas 
para substituir os combustíveis derivados de petróleo. A biotecnologia aliada às questões 
econômicas e éticas quanto ao uso correto dos recursos do planeta, no entanto, necessita 
das informações mais básicas para avançar nesse campo. Alguns conhecimentos 
fundamentais sobre essa área de desenvolvimento são: 
I. O álcool é extraído do açúcar proveniente da cana-de-açúcar. 
II. A cana de açúcar é uma planta dicotiledônia. 
III. A fermentação alcoólica ocorre em condições aeróbias. 
IV. Leveduras são organismos que realizam a fermentação. 
Quais estão corretas? 
a) apenas I e II. 
b) apenas I e III. 
c) apenas I e IV. 
d) apenas II e III. 
e) apenas II e IV. 
Prof. Ionara e Juliana 21
11 - (UFRGS) 
Assinale com V (verdadeiro) ou F (falso) as afirmações que seguem, referentes à 
respiração celular. 
( ) A respiração celular é constituída por três rotas: a oxidação do piruvato, o ciclo do ácido 
cítrico e o ciclo das pentose 
( ) Nas transferências de íons hidrogênio ao longo da cadeia respiratória, há liberação de 
elétrons que vão sendo captados por transportadores intermediários como os citocromos 
( ) No ciclo do ácido cítrico, ocorre uma maior produção de ATP do que durante a fase de 
glicólise 
( ) Nos eucariontes, a fase de glicólise ocorre no interior das mitocôndrias e na ausência de 
oxigênio 
A sequência correta de preenchimento dos parêntese, de cima para baixo, é 
a) FFFV 
b) FVFV 
c) VVVF 
d) VFVV 
e) FVVF Prof. Ionara e Juliana 22
11 - (UFRGS) 
Assinale com V (verdadeiro) ou F (falso) as afirmações que seguem, referentes à 
respiração celular. 
( ) A respiração celular é constituída por três rotas: a oxidação do piruvato, o ciclo do ácido 
cítrico e o ciclo das pentose 
( ) Nas transferências de íons hidrogênio ao longo da cadeia respiratória, há liberação de 
elétrons que vão sendo captados por transportadores intermediários como os citocromos 
( ) No ciclo do ácido cítrico, ocorre uma maior produção de ATP do que durante a fase de 
glicólise 
( ) Nos eucariontes, a fase de glicólise ocorre no interior das mitocôndrias e na ausência de 
oxigênio 
A sequência correta de preenchimento dos parêntese, de cima para baixo, é 
a) FFFV 
b) FVFV 
c) VVVF 
d) VFVV 
e) FVVF Prof. Ionara e Juliana 23
12 - (UFSC) 
“A ingestão em quantidades elevadas de aspirina (5 a 10 gramas, no caso de crianças) 
pode acarretar o bloqueio da respiração celular, um quadro de intoxicação fatal”. 
(Texto extraído do Jornal Universitário da UFSC, publicado em julho de 2001, p. 12). 
Sobre o processo de respiração celular, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S). 
01. Parte dele acontece no hialoplasma, quando ocorre a quebra da molécula de 
glicose. 
02. Durante a glicólise, uma molécula de 6 carbonos é quebrada em duas moléculas de 
3 carbonos, produzindo energia sob a forma de ATP. 
04. Esse processo é menos eficiente na obtenção de ATP do que a respiração 
anaeróbica, já que esta independe da presença de oxigênio e de glicose. 
08. Uma organela fundamental para a sua ocorrência é o centríolo, que permite a 
entrada da glicose na célula. 
16. Ao seu final, são produzidas moléculas de gás carbônico, água e ATP. 
32. Algumas etapas desse processo ocorrem dentro das mitocôndrias. 
Prof. Ionara e Juliana 24
12 - (UFSC) 
“A ingestão em quantidades elevadas de aspirina (5 a 10 gramas, no caso de crianças) 
pode acarretar o bloqueio da respiração celular, um quadro de intoxicação fatal”. 
(Texto extraído do Jornal Universitário da UFSC, publicado em julho de 2001, p. 12). 
Sobre o processo de respiração celular, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S). 
01. Parte dele acontece no hialoplasma, quando ocorre a quebra da molécula de 
glicose. 
02. Durante a glicólise, uma molécula de 6 carbonos é quebrada em duas moléculas de 
3 carbonos, produzindo energia sob a forma de ATP. 
04. Esse processo é menos eficiente na obtenção de ATP do que a respiração 
anaeróbica, já que esta independe da presença de oxigênio e de glicose. 
08. Uma organela fundamental para a sua ocorrência é o centríolo, que permite a 
entrada da glicose na célula. 
16. Ao seu final, são produzidas moléculas de gás carbônico, água e ATP. 
32. Algumas etapas desse processo ocorrem dentro das mitocôndrias. 
Soma = 51 
Prof. Ionara e Juliana 25
13 - (PUC RS) 
Considere o esquema que ilustra a utilização de diferentes substratos para a obtenção de energia. 
O esquema acima permite concluir que um animal pode obter energia a partir dos seguintes substratos: 
I. Proteínas 
II. carboidratos 
III. lipídios 
IV. ácidos nucléicos 
Todos os itens corretos estão na alternativa: 
a) I e II 
b) I, II e III 
c) I e III 
d) II, III e IV 
e) II e IV 
Prof. Ionara e Juliana 26
13 - (PUC RS) 
Considere o esquema que ilustra a utilização de diferentes substratos para a obtenção de energia. 
O esquema acima permite concluir que um animal pode obter energia a partir dos seguintes substratos: 
I. Proteínas 
II. carboidratos 
III. lipídios 
IV. ácidos nucléicos 
Todos os itens corretos estão na alternativa: 
a) I e II 
b) I, II e III 
c) I e III 
d) II, III e IV 
e) II e IV 
Prof. Ionara e Juliana 27
14 - (PUC RS) 
Nos processos químicos que têm lugar na respiração aeróbia, 
há produção de íons hidrogênio que, se acumulados, podem 
levar a célula a uma acidose, o que seria extremamente 
perigoso. 
Para evitar esse evento, é que intervém ativamente 
a) o dióxido de carbono. 
b) o oxigênio. 
c) a glicose. 
d) o ácido pirúvico. 
e) o monóxido de carbono. 
Prof. Ionara e Juliana 28
14 - (PUC RS) 
Nos processos químicos que têm lugar na respiração aeróbia, há 
produção de íons hidrogênio que, se acumulados, podem levar a 
célula a uma acidose, o que seria extremamente perigoso. 
Para evitar esse evento, é que intervém ativamente 
a) o dióxido de carbono. 
b) o oxigênio. 
c) a glicose. 
d) o ácido pirúvico. 
e) o monóxido de carbono. 
Prof. Ionara e Juliana 29
15 - (PUC SP) 
Em uma célula vegetal, o gás carbônico liberado a partir de reações que 
ocorrem em uma organela (I) é utilizado em reações que ocorrem em outra 
organela (II). 
No trecho acima, a organela indicada por I é 
a) a mitocôndria e o gás carbônico liberado é utilizado na organela II para a 
realização da respiração celular. 
b) a mitocôndria e o gás carbônico liberado é utilizado na organela II para a 
realização da fotossíntese. 
c) o cloroplasto e o gás carbônico liberado é utilizado na organela II para a 
realização da respiração celular. 
d) o cloroplasto e o gás carbônico liberado é utilizado na organela II para a 
realização da fotossíntese. 
e) o cloroplasto e a indicada por II, a mitocôndria, onde ocorrem, 
respectivamente, a respiração celular e a fotossíntese. 
Prof. Ionara e Juliana 30
15 - (PUC SP) 
Em uma célula vegetal, o gás carbônico liberado a partir de reações que 
ocorrem em uma organela (I) é utilizado em reações que ocorrem em outra 
organela (II). 
No trecho acima, a organela indicada por I é 
a) a mitocôndria e o gás carbônico liberado é utilizado na organela II para a 
realização da respiração celular. 
b) a mitocôndria e o gás carbônico liberado é utilizado na organela II para a 
realização da fotossíntese. 
c) o cloroplasto e o gás carbônico liberado é utilizado na organela II para a 
realização da respiração celular. 
d) o cloroplasto e o gás carbônico liberado é utilizado na organela II para a 
realização da fotossíntese. 
e) o cloroplasto e a indicada por II, a mitocôndria, onde ocorrem, 
respectivamente, a respiração celular e a fotossíntese. 
Prof. Ionara e Juliana 31
16 - (UERJ) 
Laudos confirmam que todas as mortes na Kiss ocorreram pela inalação da 
fumaça 
Necropsia das 234 vítimas daquela noite revela que todas as mortes 
ocorreram devido à inalação de gás cianídrico e de monóxido de carbono 
gerados pela queima do revestimento acústico da boate. 
Adaptado de ultimosegundo.ig.com.br, 5/03/20 3. 
Os dois agentes químicos citados no texto, quando absorvidos, provocam o 
mesmo resultado: paralisação dos músculos e asfixia, culminando na morte 
do indivíduo. 
Com base nessas informações, pode-se afirmar que tanto o gás cianídrico 
quanto o monóxido de carbono interferem no processo denominado: 
a) síntese de DNA 
b) transporte de íons 
c) eliminação de excretas 
d) metabolismo energético Prof. Ionara e Juliana 32
16 - (UERJ) 
Laudos confirmam que todas as mortes na Kiss ocorreram pela inalação da 
fumaça 
Necropsia das 234 vítimas daquela noite revela que todas as mortes 
ocorreram devido à inalação de gás cianídrico e de monóxido de carbono 
gerados pela queima do revestimento acústico da boate. 
Adaptado de ultimosegundo.ig.com.br, 5/03/20 3. 
Os dois agentes químicos citados no texto, quando absorvidos, provocam o 
mesmo resultado: paralisação dos músculos e asfixia, culminando na morte 
do indivíduo. 
Com base nessas informações, pode-se afirmar que tanto o gás cianídrico 
quanto o monóxido de carbono interferem no processo denominado: 
a) síntese de DNA 
b) transporte de íons 
c) eliminação de excretas 
d) metabolismo energético Prof. Ionara e Juliana 33
17 - (FGV) 
A produção de adenosina trifosfato (ATP) nas células eucarióticas 
animais acontece, essencialmente, nas cristas mitocondriais, em 
função de uma cadeia de proteínas transportadoras de elétrons, a 
cadeia respiratória. 
O número de moléculas de ATP produzidas nas mitocôndrias é 
diretamente proporcional ao número de moléculas de 
a) glicose e gás oxigênio que atravessam as membranas 
mitocondriais. 
b) gás oxigênio consumido no ciclo de Krebs, etapa anterior à 
cadeia respiratória. 
c) glicose oxidada no citoplasma celular, na etapa da glicólise. 
d) gás carbônico produzido na cadeia transportadora de elétrons. 
e) água produzida a partir Pdroof. Icoonanras eu Jmuliaona de gás oxigênio. 34
17 - (FGV) 
A produção de adenosina trifosfato (ATP) nas células eucarióticas 
animais acontece, essencialmente, nas cristas mitocondriais, em 
função de uma cadeia de proteínas transportadoras de elétrons, a 
cadeia respiratória. 
O número de moléculas de ATP produzidas nas mitocôndrias é 
diretamente proporcional ao número de moléculas de 
a) glicose e gás oxigênio que atravessam as membranas 
mitocondriais. 
b) gás oxigênio consumido no ciclo de Krebs, etapa anterior à 
cadeia respiratória. 
c) glicose oxidada no citoplasma celular, na etapa da glicólise. 
d) gás carbônico produzido na cadeia transportadora de elétrons. 
e) água produzida a partir Pdroof. Icoonanras eu Jmuliaona de gás oxigênio. 35
18 - (FGV) 
O cianeto é uma toxina que atua bloqueando a última das três 
etapas do processo respiratório aeróbico, impedindo, portanto, a 
produção de ATP, molécula responsável pelo abastecimento 
energético de nosso organismo. 
O bloqueio dessa etapa da respiração aeróbica pelo cianeto 
impede também a 
a) síntese de gás carbônico a partir da quebra da glicose. 
b) produção de moléculas transportadoras de elétrons. 
c) oxidação da glicose e consequente liberação de energia. 
d) formação de água a partir do gás oxigênio. 
e) quebra da glicose em moléculas de piruvato. 
Prof. Ionara e Juliana 36
18 - (FGV) 
O cianeto é uma toxina que atua bloqueando a última das três 
etapas do processo respiratório aeróbico, impedindo, portanto, a 
produção de ATP, molécula responsável pelo abastecimento 
energético de nosso organismo. 
O bloqueio dessa etapa da respiração aeróbica pelo cianeto 
impede também a 
a) síntese de gás carbônico a partir da quebra da glicose. 
b) produção de moléculas transportadoras de elétrons. 
c) oxidação da glicose e consequente liberação de energia. 
d) formação de água a partir do gás oxigênio. 
e) quebra da glicose em moléculas de piruvato. 
Prof. Ionara e Juliana 37
19 - (FUVEST SP) 
A lei 7678 de 1988 define que “vinho é a bebida obtida pela fermentação alcoólica do 
mosto simples de uva sã, fresca e madura”. Na produção de vinho, são utilizadas 
leveduras anaeróbicas facultativas. Os pequenos produtores adicionam essas 
leveduras ao mosto (uvas esmagadas, suco e cascas) com os tanques abertos, para 
que elas se reproduzam mais rapidamente. Posteriormente, os tanques são 
hermeticamente fechados. Nessas condições, pode-se afirmar, corretamente, que 
a) o vinho se forma somente após o fechamento dos tanques, pois, na fase anterior, os 
produtos da ação das leveduras são a água e o gás carbônico. 
b) o vinho começa a ser formado já com os tanques abertos, pois o produto da ação 
das leveduras, nessa fase, é utilizado depois como substrato para a fermentação. 
c) a fermentação ocorre principalmente durante a reprodução das leveduras, pois 
esses organismos necessitam de grande aporte de energia para sua multiplicação. 
d) a fermentação só é possível se, antes, houver um processo de respiração aeróbica 
que forneça energia para as etapas posteriores, que são anaeróbicas. 
e) o vinho se forma somente quando os tanques voltam a ser abertos, após a 
fermentação se completar, para que as leveduras realizem respiração aeróbica. 
Prof. Ionara e Juliana 38
19 - (FUVEST SP) 
A lei 7678 de 1988 define que “vinho é a bebida obtida pela fermentação alcoólica do 
mosto simples de uva sã, fresca e madura”. Na produção de vinho, são utilizadas 
leveduras anaeróbicas facultativas. Os pequenos produtores adicionam essas 
leveduras ao mosto (uvas esmagadas, suco e cascas) com os tanques abertos, para 
que elas se reproduzam mais rapidamente. Posteriormente, os tanques são 
hermeticamente fechados. Nessas condições, pode-se afirmar, corretamente, que 
a) o vinho se forma somente após o fechamento dos tanques, pois, na fase anterior, os 
produtos da ação das leveduras são a água e o gás carbônico. 
b) o vinho começa a ser formado já com os tanques abertos, pois o produto da ação 
das leveduras, nessa fase, é utilizado depois como substrato para a fermentação. 
c) a fermentação ocorre principalmente durante a reprodução das leveduras, pois 
esses organismos necessitam de grande aporte de energia para sua multiplicação. 
d) a fermentação só é possível se, antes, houver um processo de respiração aeróbica 
que forneça energia para as etapas posteriores, que são anaeróbicas. 
e) o vinho se forma somente quando os tanques voltam a ser abertos, após a 
fermentação se completar, para que as leveduras realizem respiração aeróbica. 
Prof. Ionara e Juliana 39
20 - (FATEC SP) 
Os esquemas, a seguir, evidenciam três maneiras diferentes através das quais a glicose 
pode ser utilizada como fonte de energia necessária à manutenção da vida. 
Assinale a alternativa correta sobre esses esquemas. 
a) Os esquemas 1 e 3 ocorrem em ambientes totalmente anaeróbios para a produção 
de pães e bolos. 
b) O esquema 1 exibe a fermentação alcoólica realizada nas mitocôndrias de 
leveduras com consumo de oxigênio. 
c) O esquema 2 revela um processo aeróbio realizado nas mitocôndrias de 
lactobacilos e de células musculares humanas. 
d) O esquema 3 demonstra um processo aeróbio em que o gás oxigênio atua como 
agente oxidante de moléculas orgânicas. 
e) Os esquemas 1, 2 e 3 evidenciam Prof. processos Ionara e Juliana aeróbios de obtenção de energia que 
40 
ocorrem em plantas e animais em geral.
20 - (FATEC SP) 
Os esquemas, a seguir, evidenciam três maneiras diferentes através das quais a glicose 
pode ser utilizada como fonte de energia necessária à manutenção da vida. 
Assinale a alternativa correta sobre esses esquemas. 
a) Os esquemas 1 e 3 ocorrem em ambientes totalmente anaeróbios para a produção 
de pães e bolos. 
b) O esquema 1 exibe a fermentação alcoólica realizada nas mitocôndrias de 
leveduras com consumo de oxigênio. 
c) O esquema 2 revela um processo aeróbio realizado nas mitocôndrias de 
lactobacilos e de células musculares humanas. 
d) O esquema 3 demonstra um processo aeróbio em que o gás oxigênio atua como 
agente oxidante de moléculas orgânicas. 
e) Os esquemas 1, 2 e 3 evidenciam Prof. processos Ionara e Juliana aeróbios de obtenção de energia que 
41 
ocorrem em plantas e animais em geral.
21 - (PUC SP) 
Considere os esquemas simplificados de duas vias metabólicas indicados por I e II: 
correto afirmar que 
a) I é apresentado exclusivamente por certas bactérias e II exclusivamente 
por certos fungos, pois estes organismos são todos anaeróbicos. 
b) I e II são apresentados exclusivamente por procariontes, pois estes 
organismos são todos anaeróbicos. 
c) em I e II há liberação de gás carbônico e os dois processos apresentam o 
mesmo rendimento energético. 
d) I é apresentado por células do tecido muscular esquelético humano 
quando o nível de oxigênio é insatisfatório para manter a produção de ATP 
necessária. 
e) I é um processo utilizado na fabricação de pães e II, um processo utilizado 
na indústria alimentícia para a produção de alimentos como iogurtes e 
queijos. 
Prof. Ionara e Juliana 42
21 - (PUC SP) 
Considere os esquemas simplificados de duas vias metabólicas indicados por I e II: 
correto afirmar que 
a) I é apresentado exclusivamente por certas bactérias e II exclusivamente 
por certos fungos, pois estes organismos são todos anaeróbicos. 
b) I e II são apresentados exclusivamente por procariontes, pois estes 
organismos são todos anaeróbicos. 
c) em I e II há liberação de gás carbônico e os dois processos apresentam o 
mesmo rendimento energético. 
d) I é apresentado por células do tecido muscular esquelético humano 
quando o nível de oxigênio é insatisfatório para manter a produção de ATP 
necessária. 
e) I é um processo utilizado na fabricação de pães e II, um processo utilizado 
na indústria alimentícia para a produção de alimentos como iogurtes e 
queijos. 
Prof. Ionara e Juliana 43
22 - (FMABC SP) 
O fungo Saccharomyces cerevisae, conhecido por levedura, é unicelular e apresenta mitocôndrias em seu 
citoplasma. Já a alga verde Ulva lactuca, conhecida por alface-do-mar, é multicelular e tem mitocôndrias e 
cloroplastos. 
Os esquemas abaixo resumem etapas metabólicas realizadas pelos seres vivos: 
Analisando esse esquema, um estudante fez três afirmações: 
I. Na ausência de oxigênio, a levedura realiza o processo A, no qual há liberação de gás carbônico. 
II. A levedura e a alface-do-mar são capazes de realizar o processo B. 
III. O processo C é realizado apenas pela alfacedo- mar. 
Assinale: 
a) se apenas uma das afirmações for correta. 
b) se apenas as afirmações I e II forem corretas. 
c) se apenas as afirmações I e III forem corretas. 
d) se apenas as afirmações II e III forem corretas. 
e) se as três Prof. Ionara e Juliana afirmações forem corretas. 44
22 - (FMABC SP) 
O fungo Saccharomyces cerevisae, conhecido por levedura, é unicelular e apresenta mitocôndrias em seu 
citoplasma. Já a alga verde Ulva lactuca, conhecida por alface-do-mar, é multicelular e tem mitocôndrias e 
cloroplastos. 
Os esquemas abaixo resumem etapas metabólicas realizadas pelos seres vivos: 
Analisando esse esquema, um estudante fez três afirmações: 
I. Na ausência de oxigênio, a levedura realiza o processo A, no qual há liberação de gás carbônico. 
II. A levedura e a alface-do-mar são capazes de realizar o processo B. 
III. O processo C é realizado apenas pela alfacedo- mar. 
Assinale: 
a) se apenas uma das afirmações for correta. 
b) se apenas as afirmações I e II forem corretas. 
c) se apenas as afirmações I e III forem corretas. 
d) se apenas as afirmações II e III forem corretas. 
e) se as três Prof. Ionara e Juliana afirmações forem corretas. 45
23 - (FUVEST SP) 
A cana-de-açúcar é importante matéria-prima para a produção de etanol. A energia 
contida na molécula de etanol e liberada na sua combustão foi 
a) captada da luz solar pela cana-de-açúcar, armazenada na molécula de glicose 
produzida por fungos no processo de fermentação e, posteriormente, transferida para 
a molécula de etanol. 
b) obtida por meio do processo de fermentação realizado pela cana-de-açúcar e, 
posteriormente, incorporada à molécula de etanol na cadeia respiratória de fungos. 
c) captada da luz solar pela cana-de-açúcar, por meio do processo de fotossíntese, e 
armazenada na molécula de clorofila, que foi fermentada por fungos. 
d) obtida na forma de ATP no processo de respiração celular da cana-de-açúcar e 
armazenada na molécula de glicose, que foi, posteriormente, fermentada por fungos. 
e) captada da luz solar por meio do processo de fotossíntese realizado pela cana-de-açúcar 
e armazenada na molécula de glicose, que foi, posteriormente, fermentada por 
fungos. 
Prof. Ionara e Juliana 46
23 - (FUVEST SP) 
A cana-de-açúcar é importante matéria-prima para a produção de etanol. A energia 
contida na molécula de etanol e liberada na sua combustão foi 
a) captada da luz solar pela cana-de-açúcar, armazenada na molécula de glicose 
produzida por fungos no processo de fermentação e, posteriormente, transferida para 
a molécula de etanol. 
b) obtida por meio do processo de fermentação realizado pela cana-de-açúcar e, 
posteriormente, incorporada à molécula de etanol na cadeia respiratória de fungos. 
c) captada da luz solar pela cana-de-açúcar, por meio do processo de fotossíntese, e 
armazenada na molécula de clorofila, que foi fermentada por fungos. 
d) obtida na forma de ATP no processo de respiração celular da cana-de-açúcar e 
armazenada na molécula de glicose, que foi, posteriormente, fermentada por fungos. 
e) captada da luz solar por meio do processo de fotossíntese realizado pela cana-de-açúcar 
e armazenada na molécula de glicose, que foi, posteriormente, fermentada por 
fungos. 
Prof. Ionara e Juliana 47
24 - (PUC RJ) 
Observe a equação abaixo apresentada: 
6 CO2 + 6 H2O  C6H12O6 + 6O2 
É uma equação geral relativa à: 
a) fotossíntese, onde a água serve como doador de elétrons. 
b) fotossíntese, onde a água serve como aceptor de elétrons. 
c) quimiossíntese, onde o CO2 serve como doador de elétrons. 
d) respiração aeróbica, onde o O2 serve como aceptor de 
elétrons. 
e) respiração anaeróbica, onde o CO2 serve como doador de 
elétrons 
Prof. Ionara e Juliana 48
24 - (PUC RJ) 
Observe a equação abaixo apresentada: 
6 CO2 + 6 H2O  C6H12O6 + 6O2 
É uma equação geral relativa à: 
a) fotossíntese, onde a água serve como doador de elétrons. 
b) fotossíntese, onde a água serve como aceptor de elétrons. 
c) quimiossíntese, onde o CO2 serve como doador de elétrons. 
d) respiração aeróbica, onde o O2 serve como aceptor de 
elétrons. 
e) respiração anaeróbica, onde o CO2 serve como doador de 
elétrons 
Prof. Ionara e Juliana 49
25 - (UFRRJ) 
No mês de julho de 2007, ocorreram, na cidade do Rio de Janeiro, os XV Jogos 
Pan-americanos. Durante as competições, o que se viu foram momentos de 
superação, quando os atletas levavam o corpo à exaustão, muitas vezes numa 
luta contra o tempo, em busca de uma medalha. 
http://www.nikok.com/wp-content/uploads/2007/05/atletismo.gif. 
acesso em 11/09/2007. 
Após um exercício físico prolongado, se fizermos um exame de sangue no 
atleta, verificaremos o acúmulo Prof. de Ionara ácido e Juliana lático em seu sangue. Explique 50 
por 
que isto acontece.
Durante um exercício muito intenso, o gás oxigênio pode 
não ser suficiente para suprir as necessidades respiratórias 
das fibras musculares. Neste caso, elas passam a produzir 
ATP, por meio da fermentação lática, que, embora menos 
eficiente que a respiração aeróbica, garante o suprimento de 
energia para a contração muscular. 
Durante a fermentação lática, ocorre a oxidação parcial da 
molécula de glicose, produzindo ácido lático como um dos 
produtos finais 
Prof. Ionara e Juliana 51
26 - (UFU MG) 
O esquema a seguir representa etapas do consumo de glicose. 
Analise o que representam os números 1, 2, 3, 4 e 5 no esquema acima e 
marque a alternativa correta. 
a) 1 - gás carbônico; 2 - álcool etílico; 3 - glicólise; 4 - ciclo de Krebs; 5 - gás 
carbônico. 
b) 1 - ciclo de Krebs; 2 - álcool etílico; 3 - gás carbônico; 4 - glicólise; 5 - ATP. 
c) 1 - glicólise; 2 - gás carbônico; 3 - álcool etílico; 4 - ciclo de Krebs; 5 - gás 
carbônico. 
d) 1 - álcool etílico; 2 - ciclo de Krebs; 3 - glicólise; 4 - gás carbônico; 5 - ATP. 
Prof. Ionara e Juliana 52
26 - (UFU MG) 
O esquema a seguir representa etapas do consumo de glicose. 
Analise o que representam os números 1, 2, 3, 4 e 5 no esquema acima e 
marque a alternativa correta. 
a) 1 - gás carbônico; 2 - álcool etílico; 3 - glicólise; 4 - ciclo de Krebs; 5 - gás 
carbônico. 
b) 1 - ciclo de Krebs; 2 - álcool etílico; 3 - gás carbônico; 4 - glicólise; 5 - ATP. 
c) 1 - glicólise; 2 - gás carbônico; 3 - álcool etílico; 4 - ciclo de Krebs; 5 - gás 
carbônico. 
d) 1 - álcool etílico; 2 - ciclo de Krebs; 3 - glicólise; 4 - gás carbônico; 5 - ATP. 
Prof. Ionara e Juliana 53
27 - (PUC RJ) 
A produção de álcool combustível a partir do açúcar da 
cana está diretamente relacionada à qual dos processos 
metabólicos de microrganismos abaixo relacionados? 
a) Respiração. 
b) Fermentação. 
c) Digestão. 
d) Fixação de N2. 
e) Quimiossíntese. 
Prof. Ionara e Juliana 54
27 - (PUC RJ) 
A produção de álcool combustível a partir do açúcar da cana está 
diretamente relacionada à qual dos processos metabólicos de 
microrganismos abaixo relacionados? 
a) Respiração. 
b) Fermentação. 
c) Digestão. 
d) Fixação de N2. 
e) Quimiossíntese. 
Prof. Ionara e Juliana 55
28 - (UNIVAS MG) 
A cerveja, a nobre bebida de mais de um milhão de brasileiros, diga-se de passagem, deve ser 
consumida com moderação. Ela é produzida a partir de dois cereais, o lúpulo (que dá o 
gosto amargo) e a cevada. O amido está contido na semente da cevada. Ela é colocada 
para germinar, e por ação das enzimas da planta em germinação o amido decompõe-se 
em maltose. Esta maltose, mais o lúpulo colocados em um reservatório junto com o 
fermento produzido pelo lêvedo, realizam a fermentação. Temos aí a cerveja, que no 
gosto tupiniquim é servida “estupidamente gelada”. 
(O caminho da vida, Frota Pessoa) 
Em relação à fermentação assinale a alternativa INCORRETA. 
a) Graças à respiração anaeróbia ou fermentação, muitos microorganismos conseguem viver 
sem oxigênio. 
b) O lêvedo promove a respiração anaeróbia, produzindo álcool como subproduto. 
c) No caso da cerveja a maltose deve ser quebrada em duas moléculas de glicose para ocorrer a 
fermentação. 
d) Assim como a fermentação láctica, a fermentação alcoólica não libera dióxido de carbono. 
e) Quando o açúcar do leite é quebrado anaerobicamente, tem-se a fermentação láctica 
responsável pela formação de coalhada, queijos, iogurtes. 
Prof. Ionara e Juliana 56
28 - (UNIVAS MG) 
A cerveja, a nobre bebida de mais de um milhão de brasileiros, diga-se de passagem, deve ser 
consumida com moderação. Ela é produzida a partir de dois cereais, o lúpulo (que dá o 
gosto amargo) e a cevada. O amido está contido na semente da cevada. Ela é colocada 
para germinar, e por ação das enzimas da planta em germinação o amido decompõe-se 
em maltose. Esta maltose, mais o lúpulo colocados em um reservatório junto com o 
fermento produzido pelo lêvedo, realizam a fermentação. Temos aí a cerveja, que no 
gosto tupiniquim é servida “estupidamente gelada”. 
(O caminho da vida, Frota Pessoa) 
Em relação à fermentação assinale a alternativa INCORRETA. 
a) Graças à respiração anaeróbia ou fermentação, muitos microorganismos conseguem viver 
sem oxigênio. 
b) O lêvedo promove a respiração anaeróbia, produzindo álcool como subproduto. 
c) No caso da cerveja a maltose deve ser quebrada em duas moléculas de glicose para ocorrer a 
fermentação. 
d) Assim como a fermentação láctica, a fermentação alcoólica não libera dióxido de carbono. 
e) Quando o açúcar do leite é quebrado anaerobicamente, tem-se a fermentação láctica 
responsável pela formação de coalhada, queijos, iogurtes. 
Prof. Ionara e Juliana 57
29 - (FEI SP) 
Uma receita de pão caseiro tem, como ingredientes, farinha de trigo, leite, ovos, 
manteiga, sal, açúcar e fermento. Esses ingredientes bem misturados e sovados formam 
uma massa, que é deixada para “descansar”. 
Uma bolinha dessa massa é colocada num copo com água e afunda. Depois de algum 
tempo, a bolinha sobe até a superfície, indicando que a massa está pronta para assar. 
Aponte a alternativa que indica por que a bolinha de massa sobe até a superfície. 
a) a bolinha de massa torna-se mais densa que a água devido à liberação de gás 
carbônico no processo de fermentação. 
b) a bolinha de massa torna-se menos densa que a água devido à liberação de gás 
carbônico no processo de fermentação. 
c) a bolinha de massa sobe à superfície, devido a produção de nitrogênio gasoso pelo 
processo de fermentação. 
d) a bolinha de massa torna-se menos densa que a água devido a liberação de oxigênio 
no processo de respiração. 
e) a bolinha de massa torna-se mais densa que a água devido a liberação de oxigênio no 
processo de respiração. 
Prof. Ionara e Juliana 58
29 - (FEI SP) 
Uma receita de pão caseiro tem, como ingredientes, farinha de trigo, leite, ovos, 
manteiga, sal, açúcar e fermento. Esses ingredientes bem misturados e sovados formam 
uma massa, que é deixada para “descansar”. 
Uma bolinha dessa massa é colocada num copo com água e afunda. Depois de algum 
tempo, a bolinha sobe até a superfície, indicando que a massa está pronta para assar. 
Aponte a alternativa que indica por que a bolinha de massa sobe até a superfície. 
a) a bolinha de massa torna-se mais densa que a água devido à liberação de gás 
carbônico no processo de fermentação. 
b) a bolinha de massa torna-se menos densa que a água devido à liberação de gás 
carbônico no processo de fermentação. 
c) a bolinha de massa sobe à superfície, devido a produção de nitrogênio gasoso pelo 
processo de fermentação. 
d) a bolinha de massa torna-se menos densa que a água devido a liberação de oxigênio 
no processo de respiração. 
e) a bolinha de massa torna-se mais densa que a água devido a liberação de oxigênio no 
processo de respiração. 
Prof. Ionara e Juliana 59
30 - (UNIMONTES MG) 
A mitocôndria é considerada como o centro de produção 
energética da célula, em que ocorrem as principais etapas de 
degradação dos alimentos para a produção de energia. 
Assinale a alternativa que contém uma etapa que NÃO ocorre 
na mitocôndria. 
a) Descarboxilação oxidativa. 
b) Ciclo de Krebs. 
c) Glicólise. 
d) Fosforilação oxidativa. 
Prof. Ionara e Juliana 60
30 - (UNIMONTES MG) 
A mitocôndria é considerada como o centro de produção 
energética da célula, em que ocorrem as principais etapas de 
degradação dos alimentos para a produção de energia. 
Assinale a alternativa que contém uma etapa que NÃO ocorre 
na mitocôndria. 
a) Descarboxilação oxidativa. 
b) Ciclo de Krebs. 
c) Glicólise. 
d) Fosforilação oxidativa. 
Prof. Ionara e Juliana 61
31 - (PUC SP) 
(Folha de S. Paulo) 
Na tira de quadrinhos, a situação apresentada relaciona-se com 
um processo realizado no músculo. Trata-se de fermentação 
a) alcoólica, que ocorre no interior da mitocôndria. 
b) alcoólica, que ocorre fora da mitocôndria. 
c) lática, que ocorre no interior da mitocôndria. 
d) lática, que ocorre fora da mitocôndria. 
Prof. Ionara e Juliana 62 
e) acética, que ocorre no interior da mitocôndria.
31 - (PUC SP) 
(Folha de S. Paulo) 
Na tira de quadrinhos, a situação apresentada relaciona-se com 
um processo realizado no músculo. Trata-se de fermentação 
a) alcoólica, que ocorre no interior da mitocôndria. 
b) alcoólica, que ocorre fora da mitocôndria. 
c) lática, que ocorre no interior da mitocôndria. 
d) lática, que ocorre fora da mitocôndria. 
Prof. Ionara e Juliana 63 
e) acética, que ocorre no interior da mitocôndria.
32 - (FMTM MG) 
No processo de nitrificação ocorrem várias reações químicas que estão simplificadas a 
seguir. 
As seqüências I e II são realizadas por bactérias diferentes mas que têm em comum 
o fato de serem 
a) fotossintetizantes, ocupando o nível trófico dos produtores. 
b) saprofágicas, ocupando o nível trófico dos decompositores. 
c) saprofágicas, ocupando o nível trófico dos consumidores. 
d) quimiossintetizantes, ocupando o nível trófico dos produtores. 
e) quimiossintetizantes, ocupando oPr onfí. vIoenl atrraó ef i Jcuoli adnoas consumidores. 64
32 - (FMTM MG) 
No processo de nitrificação ocorrem várias reações químicas que estão simplificadas a 
seguir. 
As seqüências I e II são realizadas por bactérias diferentes mas que têm em comum 
o fato de serem 
a) fotossintetizantes, ocupando o nível trófico dos produtores. 
b) saprofágicas, ocupando o nível trófico dos decompositores. 
c) saprofágicas, ocupando o nível trófico dos consumidores. 
d) quimiossintetizantes, ocupando o nível trófico dos produtores. 
e) quimiossintetizantes, ocupando oPr onfí. vIoenl atrraó ef i Jcuoli adnoas consumidores. 65
33 - (EFEI MG) 
Os seres vivos conseguem energia para suas vidas por diferentes mecanismos. Associe cada 
conceito com a definição mais adequada e assinale a alternativa correta: 
1. Respiração aeróbia 
2. Respiração anaeróbia 
3. Fermentação 
4. Fotossíntese. 
( ) Conjunto de reações que liberam energia pela degradação de um composto orgânico, sem 
participação do oxigênio, onde o aceptor final de elétrons é um composto orgânico, com baixo 
rendimento energético. 
( ) Processo de obtenção de energia em que o aceptor final de elétrons é um composto 
oxidado, como nitrato ou sulfato. 
( ) Mecanismo de obtenção de energia de moléculas orgânicas na presença de oxigênio. 
( ) Processo energético onde o carbono na forma oxidada é convertido para a forma reduzida, 
rica em energia. 
a) 3-2-1-4. 
b) 2-1-3-4. 
c) 3-2-4-1. 
d) 2-1-4-3. 
Prof. Ionara e Juliana 66
33 - (EFEI MG) 
Os seres vivos conseguem energia para suas vidas por diferentes mecanismos. Associe cada 
conceito com a definição mais adequada e assinale a alternativa correta: 
1. Respiração aeróbia 
2. Respiração anaeróbia 
3. Fermentação 
4. Fotossíntese. 
( ) Conjunto de reações que liberam energia pela degradação de um composto orgânico, sem 
participação do oxigênio, onde o aceptor final de elétrons é um composto orgânico, com baixo 
rendimento energético. 
( ) Processo de obtenção de energia em que o aceptor final de elétrons é um composto 
oxidado, como nitrato ou sulfato. 
( ) Mecanismo de obtenção de energia de moléculas orgânicas na presença de oxigênio. 
( ) Processo energético onde o carbono na forma oxidada é convertido para a forma reduzida, 
rica em energia. 
a) 3-2-1-4. 
b) 2-1-3-4. 
c) 3-2-4-1. 
d) 2-1-4-3. 
Prof. Ionara e Juliana 67
34 - (UNIFICADO RJ) 
A superfamília dos afídeos, que inclui os pulgões, apresenta características no 
mínimo desconcertantes. Além da suspeição de captar DNA de outros seres, os 
pulgões são capazes de realizar partenogênese. Agora, essa insólita superfamília 
figura também na galeria dos seres autotróficos. Em outras palavras, são capazes de 
realizar a elaboração de nutrientes, de maneira muito similar à das plantas. 
Disponível em: <http://hypescience.com/e-descoberta- -superfamilia-de-insetos-que- 
realiza-fotossintese/>. Acesso em: 3 out. 2012. Adaptado. 
Sabendo-se que os pulgões são seres autotróficos, isso significa que, diferentes de 
seres heterotróficos, são capazes de realizar um processo bioquímico a mais. Tal 
processo bioquímico nas plantas, ocorre numa determinada subestrutura de uma 
organela. 
Esse processo bioquímico e a sublocalização na organela são, respectivamente, a 
a) respiração e as cristas dos cloroplastos 
b) respiração e o estroma dos cloroplastos 
c) fotossíntese e o estroma das mitocôndrias 
d) fotossíntese e os tilacoides dos cloroplastos 
Prof. Ionara e Juliana 68 
e) fotossíntese e a membrana externa das mitocôndrias
34 - (UNIFICADO RJ) 
A superfamília dos afídeos, que inclui os pulgões, apresenta características no 
mínimo desconcertantes. Além da suspeição de captar DNA de outros seres, os 
pulgões são capazes de realizar partenogênese. Agora, essa insólita superfamília 
figura também na galeria dos seres autotróficos. Em outras palavras, são capazes de 
realizar a elaboração de nutrientes, de maneira muito similar à das plantas. 
Disponível em: <http://hypescience.com/e-descoberta- -superfamilia-de-insetos-que- 
realiza-fotossintese/>. Acesso em: 3 out. 2012. Adaptado. 
Sabendo-se que os pulgões são seres autotróficos, isso significa que, diferentes de 
seres heterotróficos, são capazes de realizar um processo bioquímico a mais. Tal 
processo bioquímico nas plantas, ocorre numa determinada subestrutura de uma 
organela. 
Esse processo bioquímico e a sublocalização na organela são, respectivamente, a 
a) respiração e as cristas dos cloroplastos 
b) respiração e o estroma dos cloroplastos 
c) fotossíntese e o estroma das mitocôndrias 
d) fotossíntese e os tilacoides dos cloroplastos 
Prof. Ionara e Juliana 69 
e) fotossíntese e a membrana externa das mitocôndrias
35 - (PUC RJ) 
A fotossíntese é um processo complexo que ocorre em duas fases: fase luminosa e 
Ciclo de Calvin. 
Sobre as duas etapas da fotossíntese, foram feitas as seguintes afirmativas: 
I. Na fase luminosa, ocorre a conversão da energia solar em energia química. 
II. Na fase luminosa, ocorre liberação de oxigênio, produção de NADPH e consumo 
de ATP. 
III. No Ciclo de Calvin, o CO2 atmosférico é incorporado em moléculas orgânicas do 
cloroplasto. 
IV. O Ciclo de Calvin necessita indiretamente da luz, pois a produção de açúcar 
depende do ATP e NADPH produzidos na fase luminosa. 
Estão corretas: 
a) Somente I, II e III. 
b) Somente II, III e IV. 
c) Somente I, III e IV. 
d) Somente I, II e IV. 
e) Todas as afirmativas. 
Prof. Ionara e Juliana 70
35 - (PUC RJ) 
A fotossíntese é um processo complexo que ocorre em duas fases: fase luminosa e 
Ciclo de Calvin. 
Sobre as duas etapas da fotossíntese, foram feitas as seguintes afirmativas: 
I. Na fase luminosa, ocorre a conversão da energia solar em energia química. 
II. Na fase luminosa, ocorre liberação de oxigênio, produção de NADPH e consumo 
de ATP. 
III. No Ciclo de Calvin, o CO2 atmosférico é incorporado em moléculas orgânicas do 
cloroplasto. 
IV. O Ciclo de Calvin necessita indiretamente da luz, pois a produção de açúcar 
depende do ATP e NADPH produzidos na fase luminosa. 
Estão corretas: 
a) Somente I, II e III. 
b) Somente II, III e IV. 
c) Somente I, III e IV. 
d) Somente I, II e IV. 
e) Todas as afirmativas. 
Prof. Ionara e Juliana 71
36 - (UFOP MG) 
Com relação à fotossíntese, assinale a afirmativa correta. 
a) A produção de carboidrato ocorrerá independentemente da 
etapa fotoquímica da fotossíntese, se os cloroplastos forem 
providos com um suprimento constante de ATP e água. 
b) Ao se adicionar H218O a uma suspensão de cloroplastos 
capazes de fazer fotossíntese, a marcação irá aparecer no 
oxigênio, quando a suspensão for exposta à luz. 
c) Na fase de escuro, a energia solar captada pela clorofila é 
utilizada para sintetizar ATP, a partir de ADP e Pi (fosfato 
inorgânico). 
d) A membrana tilacóide é a sede das reações do escuro, 
enquanto no estroma ocorrem as reações de luz da 
fotossíntese. 
Prof. Ionara e Juliana 72
36 - (UFOP MG) 
Com relação à fotossíntese, assinale a afirmativa correta. 
a) A produção de carboidrato ocorrerá independentemente da 
etapa fotoquímica da fotossíntese, se os cloroplastos forem 
providos com um suprimento constante de ATP e água. 
b) Ao se adicionar H218O a uma suspensão de cloroplastos 
capazes de fazer fotossíntese, a marcação irá aparecer no 
oxigênio, quando a suspensão for exposta à luz. 
c) Na fase de escuro, a energia solar captada pela clorofila é 
utilizada para sintetizar ATP, a partir de ADP e Pi (fosfato 
inorgânico). 
d) A membrana tilacóide é a sede das reações do escuro, 
enquanto no estroma ocorrem as reações de luz da 
fotossíntese. 
Prof. Ionara e Juliana 73
37 - (UNESP SP) 
Leia o texto. 
Desenvolver novas rotas de produção de combustíveis renováveis como o hidrogênio, tendo 
como matérias-primas apenas a água e a luz solar, é a meta que tem sido perseguida nos 
últimos anos pelo professor Stenbjörn Styring e sua equipe na Universidade de Uppsala, na 
Suécia. Segundo ele, a fotossíntese artificial não é uma mera imitação da natural. “O 
objetivo é utilizar os mesmos princípios-chave e não apenas copiar as enzimas naturais para 
a geração de hidrogênio a partir da luz do sol. Utilizamos apenas as mesmas idéias da 
natureza”, explicou. “Esses princípios-chave, que são muito difíceis de serem replicados, se 
resumem em retirar os elétrons da água após a absorção da luz solar. Em vez da clorofila, 
utilizamos, por exemplo, complexos de rutênio. Ligamos as moléculas de rutênio, que 
absorvem a luz, com os sistemas de manganês que conseguem tirar os elétrons da água”, 
disse. 
(Agência FAPESP, 19.02.2009) 
Os aspectos da fotossíntese artificial destacados no texto são comparáveis, na fotossíntese 
natural, respectivamente, à 
a) fotólise da água e ao ciclo de Calvin, durante os quais ocorre incorporação de fósforo, 
formando ATP. 
b) b) fotólise da água e ao ciclo de Calvin, com a participação do CO2 na formação de 
carboidratos. 
c) c) fotofosforilação e ao ciclo de Calvin, que ocorrem nos tilacoides do cloroplasto. 
d) d) fotofosforilação e à fotólise da água, que ocorrem nos tilacoides do cloroplasto. 
e) e) fotofosforilação e à fotólise da água, que ocorrem no estroma do cloroplasto. 
Prof. Ionara e Juliana 74
37 - (UNESP SP) 
Leia o texto. 
Desenvolver novas rotas de produção de combustíveis renováveis como o hidrogênio, tendo 
como matérias-primas apenas a água e a luz solar, é a meta que tem sido perseguida nos 
últimos anos pelo professor Stenbjörn Styring e sua equipe na Universidade de Uppsala, na 
Suécia. Segundo ele, a fotossíntese artificial não é uma mera imitação da natural. “O 
objetivo é utilizar os mesmos princípios-chave e não apenas copiar as enzimas naturais para 
a geração de hidrogênio a partir da luz do sol. Utilizamos apenas as mesmas idéias da 
natureza”, explicou. “Esses princípios-chave, que são muito difíceis de serem replicados, se 
resumem em retirar os elétrons da água após a absorção da luz solar. Em vez da clorofila, 
utilizamos, por exemplo, complexos de rutênio. Ligamos as moléculas de rutênio, que 
absorvem a luz, com os sistemas de manganês que conseguem tirar os elétrons da água”, 
disse. 
(Agência FAPESP, 19.02.2009) 
Os aspectos da fotossíntese artificial destacados no texto são comparáveis, na fotossíntese 
natural, respectivamente, à 
a) fotólise da água e ao ciclo de Calvin, durante os quais ocorre incorporação de fósforo, 
formando ATP. 
b) b) fotólise da água e ao ciclo de Calvin, com a participação do CO2 na formação de 
carboidratos. 
c) c) fotofosforilação e ao ciclo de Calvin, que ocorrem nos tilacoides do cloroplasto. 
d) d) fotofosforilação e à fotólise da água, que ocorrem nos tilacoides do cloroplasto. 
e) e) fotofosforilação e à fotólise da água, que ocorrem no estroma do cloroplasto. 
Prof. Ionara e Juliana 75
38 - (UFU MG) 
A fotossíntese é um processo de uso de energia luminosa pelas plantas 
para produzir os compostos ricos em energia, visando manter seu 
metabolismo. Sobre esse processo, é correto afirmar que: 
a) as reações de escuro envolvem a fixação de carbono num ciclo 
químico complexo, chamado de ciclo de Calvin, que ocorre no citosol, 
mediado por enzimas produzidas pelo núcleo da célula. 
b) os estômatos são responsáveis pelo controle do processo 
fotossintético, retendo em suas células−guarda as enzimas necessárias 
para as reações de claro. 
c) os diferentes tipos de clorofila são os únicos pigmentos associados à 
absorção de luz no processo fotossintético. 
d) a etapa fotoquímica ou reações de claro ocorrem nos tilacóides dos 
cloroplastos, liberando oxigênio resultante da fotólise da água e 
produzindo NADPH e ATP. Prof. Ionara e Juliana 76
38 - (UFU MG) 
A fotossíntese é um processo de uso de energia luminosa pelas plantas 
para produzir os compostos ricos em energia, visando manter seu 
metabolismo. Sobre esse processo, é correto afirmar que: 
a) as reações de escuro envolvem a fixação de carbono num ciclo 
químico complexo, chamado de ciclo de Calvin, que ocorre no citosol, 
mediado por enzimas produzidas pelo núcleo da célula. 
b) os estômatos são responsáveis pelo controle do processo 
fotossintético, retendo em suas células−guarda as enzimas necessárias 
para as reações de claro. 
c) os diferentes tipos de clorofila são os únicos pigmentos associados à 
absorção de luz no processo fotossintético. 
d) a etapa fotoquímica ou reações de claro ocorrem nos tilacóides dos 
cloroplastos, liberando oxigênio resultante da fotólise da água e 
produzindo NADPH e ATP. Prof. Ionara e Juliana 77
39 - (FMJ SP) 
Observe a lista de eventos que ocorrem durante a fotossíntese e a figura que 
representa uma parte de um cloroplasto. 
I. liberação de O2 
II. redução do CO2 
III. fotofosforilação: ADP ATP 
IV. produção de (CH2O)n 
V. redução do NADP NADPH2 
(S. Linhares e F. Gewanndsznajder, Biologia Hoje, Ática, 1992) 
A seta indica a estrutura na qual ocorrem apenas os eventos 
a) I, III e V. 
b) II, III e IV. 
c) I, II e III. 
d) I, II e V. 
e) III, IV e V. 
Prof. Ionara e Juliana 78
39 - (FMJ SP) 
Observe a lista de eventos que ocorrem durante a fotossíntese e a figura que 
representa uma parte de um cloroplasto. 
I. liberação de O2 
II. redução do CO2 
III. fotofosforilação: ADP ATP 
IV. produção de (CH2O)n 
V. redução do NADP NADPH2 
(S. Linhares e F. Gewanndsznajder, Biologia Hoje, Ática, 1992) 
A seta indica a estrutura na qual ocorrem apenas os eventos 
a) I, III e V. 
b) II, III e IV. 
c) I, II e III. 
d) I, II e V. 
e) III, IV e V. 
Prof. Ionara e Juliana 79
40 - (UERJ) 
No esquema abaixo, estão representadas as duas etapas finais do 
processo fermentativo em células musculares quando submetidas a 
condições de baixa disponibilidade de oxigênio. 
Considere agora o processo fermentativo do fungo 
Saccharomyces cerevisiae, ou levedo de cerveja. 
Neste processo, no lugar do lactato, a substância final formada 
será: 
a) etanol 
b) glicose 
c) glicerol 
d) sacarose Prof. Ionara e Juliana 80
40 - (UERJ) 
No esquema abaixo, estão representadas as duas etapas finais do 
processo fermentativo em células musculares quando submetidas a 
condições de baixa disponibilidade de oxigênio. 
Considere agora o processo fermentativo do fungo 
Saccharomyces cerevisiae, ou levedo de cerveja. 
Neste processo, no lugar do lactato, a substância final formada 
será: 
a) etanol 
b) glicose 
c) glicerol 
d) sacarose Prof. Ionara e Juliana 81

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódicaAula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódica
Augusto Sérgio Costa Souza
 
II. 3 Os ácidos nucléicos
II. 3 Os ácidos nucléicosII. 3 Os ácidos nucléicos
II. 3 Os ácidos nucléicos
Rebeca Vale
 
Lista de exercícios de revisão energia e máquinas simples 9° ano dudunegão
Lista de exercícios de revisão   energia e máquinas simples 9° ano  dudunegãoLista de exercícios de revisão   energia e máquinas simples 9° ano  dudunegão
Lista de exercícios de revisão energia e máquinas simples 9° ano dudunegão
Eduardo Oliveira
 
Aula respiração celular
Aula respiração celularAula respiração celular
Aula respiração celular
Tércio De Santana
 
Composição química dos seres vivos
Composição química dos seres vivosComposição química dos seres vivos
Composição química dos seres vivos
Eldon Clayton
 
Eletricidade
EletricidadeEletricidade
Eletricidade
Sandra Peixoto
 
Prova de biologia diagnóstico 2º ano
Prova de biologia diagnóstico 2º anoProva de biologia diagnóstico 2º ano
Prova de biologia diagnóstico 2º ano
Atividades Diversas Cláudia
 
Química distribuição eletronica
Química   distribuição eletronicaQuímica   distribuição eletronica
Química distribuição eletronica
Rubao1E
 
compostos orgânicos e inorgânicos
compostos orgânicos e inorgânicoscompostos orgânicos e inorgânicos
compostos orgânicos e inorgânicos
Ronaldo Assis
 
1. introdução a química
1. introdução a química1. introdução a química
1. introdução a química
Rebeca Vale
 
Física energia
Física   energiaFísica   energia
Física energia
Joshwan Aragão Almeida
 
Evolução biológica
Evolução biológicaEvolução biológica
Evolução biológica
César Milani
 
ÁGUA E SAIS MINERAIS
ÁGUA E SAIS MINERAISÁGUA E SAIS MINERAIS
ÁGUA E SAIS MINERAIS
isabelalexandrapinto
 
Organização do corpo humano
Organização do corpo humanoOrganização do corpo humano
Organização do corpo humano
Eliando Oliveira
 
PB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabarito
PB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabaritoPB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabarito
PB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabarito
Grazi Grazi
 
Introduçao ao estudo da química
Introduçao ao estudo da químicaIntroduçao ao estudo da química
Introduçao ao estudo da química
V
 
Lista de exercícios introdução à química orgânica
Lista de exercícios   introdução à química orgânicaLista de exercícios   introdução à química orgânica
Lista de exercícios introdução à química orgânica
Profª Alda Ernestina
 
Aula elementos químicos
Aula elementos químicosAula elementos químicos
Aula elementos químicos
kaliandra Lisboa
 
Respiração celular e fermentação
Respiração celular e fermentaçãoRespiração celular e fermentação
Respiração celular e fermentação
Professora Raquel
 
Ácidos Nucléicos (DNA e RNA)
Ácidos Nucléicos (DNA e RNA)Ácidos Nucléicos (DNA e RNA)
Ácidos Nucléicos (DNA e RNA)
Gabriel Resende
 

Mais procurados (20)

Aula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódicaAula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódica
 
II. 3 Os ácidos nucléicos
II. 3 Os ácidos nucléicosII. 3 Os ácidos nucléicos
II. 3 Os ácidos nucléicos
 
Lista de exercícios de revisão energia e máquinas simples 9° ano dudunegão
Lista de exercícios de revisão   energia e máquinas simples 9° ano  dudunegãoLista de exercícios de revisão   energia e máquinas simples 9° ano  dudunegão
Lista de exercícios de revisão energia e máquinas simples 9° ano dudunegão
 
Aula respiração celular
Aula respiração celularAula respiração celular
Aula respiração celular
 
Composição química dos seres vivos
Composição química dos seres vivosComposição química dos seres vivos
Composição química dos seres vivos
 
Eletricidade
EletricidadeEletricidade
Eletricidade
 
Prova de biologia diagnóstico 2º ano
Prova de biologia diagnóstico 2º anoProva de biologia diagnóstico 2º ano
Prova de biologia diagnóstico 2º ano
 
Química distribuição eletronica
Química   distribuição eletronicaQuímica   distribuição eletronica
Química distribuição eletronica
 
compostos orgânicos e inorgânicos
compostos orgânicos e inorgânicoscompostos orgânicos e inorgânicos
compostos orgânicos e inorgânicos
 
1. introdução a química
1. introdução a química1. introdução a química
1. introdução a química
 
Física energia
Física   energiaFísica   energia
Física energia
 
Evolução biológica
Evolução biológicaEvolução biológica
Evolução biológica
 
ÁGUA E SAIS MINERAIS
ÁGUA E SAIS MINERAISÁGUA E SAIS MINERAIS
ÁGUA E SAIS MINERAIS
 
Organização do corpo humano
Organização do corpo humanoOrganização do corpo humano
Organização do corpo humano
 
PB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabarito
PB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabaritoPB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabarito
PB 8º ano 2º BIMESTRE ciencias gabarito
 
Introduçao ao estudo da química
Introduçao ao estudo da químicaIntroduçao ao estudo da química
Introduçao ao estudo da química
 
Lista de exercícios introdução à química orgânica
Lista de exercícios   introdução à química orgânicaLista de exercícios   introdução à química orgânica
Lista de exercícios introdução à química orgânica
 
Aula elementos químicos
Aula elementos químicosAula elementos químicos
Aula elementos químicos
 
Respiração celular e fermentação
Respiração celular e fermentaçãoRespiração celular e fermentação
Respiração celular e fermentação
 
Ácidos Nucléicos (DNA e RNA)
Ácidos Nucléicos (DNA e RNA)Ácidos Nucléicos (DNA e RNA)
Ácidos Nucléicos (DNA e RNA)
 

Semelhante a para 1S- Exercicios respiração celular

2o ano lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese
2o ano   lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese2o ano   lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese
2o ano lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese
Alex Garcia
 
1o ano lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese
1o ano   lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese1o ano   lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese
1o ano lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese
Ionara Urrutia Moura
 
Anexo correiomensagem 531371_anexocorreiomensagem-528226-processos-bioenerget...
Anexo correiomensagem 531371_anexocorreiomensagem-528226-processos-bioenerget...Anexo correiomensagem 531371_anexocorreiomensagem-528226-processos-bioenerget...
Anexo correiomensagem 531371_anexocorreiomensagem-528226-processos-bioenerget...
Ericlene Farias
 
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabaritoBiologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
Ionara Urrutia Moura
 
Respiração celular
Respiração celularRespiração celular
Respiração celular
Tércio Câmara Cordeiro
 
]
]]
1o ano lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese
1o ano   lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese1o ano   lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese
1o ano lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese
CotucaAmbiental
 
Transformação e utilização da energia
Transformação e utilização da energiaTransformação e utilização da energia
Transformação e utilização da energia
spondias
 
2ª e 3ª etapas da Respiração Celular
2ª e 3ª etapas da Respiração Celular2ª e 3ª etapas da Respiração Celular
2ª e 3ª etapas da Respiração Celular
Adriana Quevedo
 
Aula sobre fotossíntese
Aula sobre fotossínteseAula sobre fotossíntese
Aula sobre fotossíntese
rosangela Aguiar
 
Lista de exercícios 3
Lista de exercícios   3Lista de exercícios   3
Lista de exercícios 3
137jackson
 
Biologia 10 respiração celular
Biologia 10   respiração celularBiologia 10   respiração celular
Biologia 10 respiração celular
Nuno Correia
 
Ciclo de Krebs,fosforilação oxidativa e cadeia de transporte de eletrons!!
Ciclo de Krebs,fosforilação oxidativa e cadeia de transporte de eletrons!!Ciclo de Krebs,fosforilação oxidativa e cadeia de transporte de eletrons!!
Ciclo de Krebs,fosforilação oxidativa e cadeia de transporte de eletrons!!
Míria Alves Cirqueira
 
Metabolismo celular
Metabolismo celularMetabolismo celular
Metabolismo celular
URCA
 
Módulo a3.3 obtenção de energia
Módulo a3.3   obtenção de energiaMódulo a3.3   obtenção de energia
Módulo a3.3 obtenção de energia
Leonor Vaz Pereira
 
Mod.a3.3. processos de produção de energia
Mod.a3.3. processos de produção de energiaMod.a3.3. processos de produção de energia
Mod.a3.3. processos de produção de energia
Leonor Vaz Pereira
 
Bioenergetica
BioenergeticaBioenergetica
Bioenergetica
BIOGERALDO
 
Respiração celular
Respiração celularRespiração celular
Respiracao
RespiracaoRespiracao
Respiracao
Rita Pereira
 
Respiração celular de vegetais
Respiração celular de vegetaisRespiração celular de vegetais
Respiração celular de vegetais
Leandro Araujo
 

Semelhante a para 1S- Exercicios respiração celular (20)

2o ano lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese
2o ano   lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese2o ano   lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese
2o ano lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese
 
1o ano lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese
1o ano   lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese1o ano   lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese
1o ano lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese
 
Anexo correiomensagem 531371_anexocorreiomensagem-528226-processos-bioenerget...
Anexo correiomensagem 531371_anexocorreiomensagem-528226-processos-bioenerget...Anexo correiomensagem 531371_anexocorreiomensagem-528226-processos-bioenerget...
Anexo correiomensagem 531371_anexocorreiomensagem-528226-processos-bioenerget...
 
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabaritoBiologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
 
Respiração celular
Respiração celularRespiração celular
Respiração celular
 
]
]]
]
 
1o ano lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese
1o ano   lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese1o ano   lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese
1o ano lista exercícios fotossínstese e quimiossíntese
 
Transformação e utilização da energia
Transformação e utilização da energiaTransformação e utilização da energia
Transformação e utilização da energia
 
2ª e 3ª etapas da Respiração Celular
2ª e 3ª etapas da Respiração Celular2ª e 3ª etapas da Respiração Celular
2ª e 3ª etapas da Respiração Celular
 
Aula sobre fotossíntese
Aula sobre fotossínteseAula sobre fotossíntese
Aula sobre fotossíntese
 
Lista de exercícios 3
Lista de exercícios   3Lista de exercícios   3
Lista de exercícios 3
 
Biologia 10 respiração celular
Biologia 10   respiração celularBiologia 10   respiração celular
Biologia 10 respiração celular
 
Ciclo de Krebs,fosforilação oxidativa e cadeia de transporte de eletrons!!
Ciclo de Krebs,fosforilação oxidativa e cadeia de transporte de eletrons!!Ciclo de Krebs,fosforilação oxidativa e cadeia de transporte de eletrons!!
Ciclo de Krebs,fosforilação oxidativa e cadeia de transporte de eletrons!!
 
Metabolismo celular
Metabolismo celularMetabolismo celular
Metabolismo celular
 
Módulo a3.3 obtenção de energia
Módulo a3.3   obtenção de energiaMódulo a3.3   obtenção de energia
Módulo a3.3 obtenção de energia
 
Mod.a3.3. processos de produção de energia
Mod.a3.3. processos de produção de energiaMod.a3.3. processos de produção de energia
Mod.a3.3. processos de produção de energia
 
Bioenergetica
BioenergeticaBioenergetica
Bioenergetica
 
Respiração celular
Respiração celularRespiração celular
Respiração celular
 
Respiracao
RespiracaoRespiracao
Respiracao
 
Respiração celular de vegetais
Respiração celular de vegetaisRespiração celular de vegetais
Respiração celular de vegetais
 

Mais de Ionara Urrutia Moura

Recuperação final 2015 todas as séries e turmas professora ionara
Recuperação final 2015 todas as séries e turmas  professora ionaraRecuperação final 2015 todas as séries e turmas  professora ionara
Recuperação final 2015 todas as séries e turmas professora ionara
Ionara Urrutia Moura
 
notas 3°S
  notas 3°S  notas 3°S
2S_Fisio comparada circulação nov2015
2S_Fisio comparada circulação nov20152S_Fisio comparada circulação nov2015
2S_Fisio comparada circulação nov2015
Ionara Urrutia Moura
 
1S envoltórios celulares e transportes nov 2015
1S  envoltórios celulares e  transportes nov 20151S  envoltórios celulares e  transportes nov 2015
1S envoltórios celulares e transportes nov 2015
Ionara Urrutia Moura
 
Exercicios biologia reino_animal_sistema_digestivo
Exercicios biologia reino_animal_sistema_digestivoExercicios biologia reino_animal_sistema_digestivo
Exercicios biologia reino_animal_sistema_digestivo
Ionara Urrutia Moura
 
1 s respiração_out_ 2015
1 s respiração_out_ 20151 s respiração_out_ 2015
1 s respiração_out_ 2015
Ionara Urrutia Moura
 
Biologia exercicios fisiologia_hormonios_vegetais (1)
Biologia exercicios fisiologia_hormonios_vegetais (1)Biologia exercicios fisiologia_hormonios_vegetais (1)
Biologia exercicios fisiologia_hormonios_vegetais (1)
Ionara Urrutia Moura
 
Biologia embriologia tipos_de_ovos_segmentacao
Biologia embriologia tipos_de_ovos_segmentacaoBiologia embriologia tipos_de_ovos_segmentacao
Biologia embriologia tipos_de_ovos_segmentacao
Ionara Urrutia Moura
 
Exercicios reino animal_zoologia_invertebrados_comgabarito
Exercicios reino animal_zoologia_invertebrados_comgabaritoExercicios reino animal_zoologia_invertebrados_comgabarito
Exercicios reino animal_zoologia_invertebrados_comgabarito
Ionara Urrutia Moura
 
Lista embriologia 30 questões
Lista embriologia   30 questõesLista embriologia   30 questões
Lista embriologia 30 questões
Ionara Urrutia Moura
 
Exercicios zoologia 182 questoes_por area
Exercicios zoologia 182 questoes_por areaExercicios zoologia 182 questoes_por area
Exercicios zoologia 182 questoes_por area
Ionara Urrutia Moura
 
Fisiologia digestão out2015
Fisiologia  digestão out2015Fisiologia  digestão out2015
Fisiologia digestão out2015
Ionara Urrutia Moura
 
2 s reino metazoa embrio 2015 para postar
2 s  reino metazoa  embrio 2015 para postar2 s  reino metazoa  embrio 2015 para postar
2 s reino metazoa embrio 2015 para postar
Ionara Urrutia Moura
 
Orientação trabalho 4_bim _1s
Orientação   trabalho 4_bim _1sOrientação   trabalho 4_bim _1s
Orientação trabalho 4_bim _1s
Ionara Urrutia Moura
 
1S fotossíntese outubro 2015
1S fotossíntese outubro 20151S fotossíntese outubro 2015
1S fotossíntese outubro 2015
Ionara Urrutia Moura
 
Hormônios vegetais e movimentos vegetais final
Hormônios vegetais e  movimentos vegetais finalHormônios vegetais e  movimentos vegetais final
Hormônios vegetais e movimentos vegetais final
Ionara Urrutia Moura
 
Orientação trab. 2 s 4 bim 2015
Orientação trab. 2 s  4 bim 2015Orientação trab. 2 s  4 bim 2015
Orientação trab. 2 s 4 bim 2015
Ionara Urrutia Moura
 
2S Fisiologia vegetal
2S Fisiologia vegetal          2S Fisiologia vegetal
2S Fisiologia vegetal
Ionara Urrutia Moura
 
Exercicios fotossintese primeiro ano
Exercicios fotossintese primeiro anoExercicios fotossintese primeiro ano
Exercicios fotossintese primeiro ano
Ionara Urrutia Moura
 
1S - 4° bim Exercícios
1S - 4° bim Exercícios 1S - 4° bim Exercícios
1S - 4° bim Exercícios
Ionara Urrutia Moura
 

Mais de Ionara Urrutia Moura (20)

Recuperação final 2015 todas as séries e turmas professora ionara
Recuperação final 2015 todas as séries e turmas  professora ionaraRecuperação final 2015 todas as séries e turmas  professora ionara
Recuperação final 2015 todas as séries e turmas professora ionara
 
notas 3°S
  notas 3°S  notas 3°S
notas 3°S
 
2S_Fisio comparada circulação nov2015
2S_Fisio comparada circulação nov20152S_Fisio comparada circulação nov2015
2S_Fisio comparada circulação nov2015
 
1S envoltórios celulares e transportes nov 2015
1S  envoltórios celulares e  transportes nov 20151S  envoltórios celulares e  transportes nov 2015
1S envoltórios celulares e transportes nov 2015
 
Exercicios biologia reino_animal_sistema_digestivo
Exercicios biologia reino_animal_sistema_digestivoExercicios biologia reino_animal_sistema_digestivo
Exercicios biologia reino_animal_sistema_digestivo
 
1 s respiração_out_ 2015
1 s respiração_out_ 20151 s respiração_out_ 2015
1 s respiração_out_ 2015
 
Biologia exercicios fisiologia_hormonios_vegetais (1)
Biologia exercicios fisiologia_hormonios_vegetais (1)Biologia exercicios fisiologia_hormonios_vegetais (1)
Biologia exercicios fisiologia_hormonios_vegetais (1)
 
Biologia embriologia tipos_de_ovos_segmentacao
Biologia embriologia tipos_de_ovos_segmentacaoBiologia embriologia tipos_de_ovos_segmentacao
Biologia embriologia tipos_de_ovos_segmentacao
 
Exercicios reino animal_zoologia_invertebrados_comgabarito
Exercicios reino animal_zoologia_invertebrados_comgabaritoExercicios reino animal_zoologia_invertebrados_comgabarito
Exercicios reino animal_zoologia_invertebrados_comgabarito
 
Lista embriologia 30 questões
Lista embriologia   30 questõesLista embriologia   30 questões
Lista embriologia 30 questões
 
Exercicios zoologia 182 questoes_por area
Exercicios zoologia 182 questoes_por areaExercicios zoologia 182 questoes_por area
Exercicios zoologia 182 questoes_por area
 
Fisiologia digestão out2015
Fisiologia  digestão out2015Fisiologia  digestão out2015
Fisiologia digestão out2015
 
2 s reino metazoa embrio 2015 para postar
2 s  reino metazoa  embrio 2015 para postar2 s  reino metazoa  embrio 2015 para postar
2 s reino metazoa embrio 2015 para postar
 
Orientação trabalho 4_bim _1s
Orientação   trabalho 4_bim _1sOrientação   trabalho 4_bim _1s
Orientação trabalho 4_bim _1s
 
1S fotossíntese outubro 2015
1S fotossíntese outubro 20151S fotossíntese outubro 2015
1S fotossíntese outubro 2015
 
Hormônios vegetais e movimentos vegetais final
Hormônios vegetais e  movimentos vegetais finalHormônios vegetais e  movimentos vegetais final
Hormônios vegetais e movimentos vegetais final
 
Orientação trab. 2 s 4 bim 2015
Orientação trab. 2 s  4 bim 2015Orientação trab. 2 s  4 bim 2015
Orientação trab. 2 s 4 bim 2015
 
2S Fisiologia vegetal
2S Fisiologia vegetal          2S Fisiologia vegetal
2S Fisiologia vegetal
 
Exercicios fotossintese primeiro ano
Exercicios fotossintese primeiro anoExercicios fotossintese primeiro ano
Exercicios fotossintese primeiro ano
 
1S - 4° bim Exercícios
1S - 4° bim Exercícios 1S - 4° bim Exercícios
1S - 4° bim Exercícios
 

Último

Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Yan Kayk da Cruz Ferreira
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
mozalgebrista
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
Vanessa F. Rezende
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 

para 1S- Exercicios respiração celular

  • 1. 1°S Respiração Celular Prof. Ionara e Juliana 1
  • 2. 01 - (UDESC SC) Assinale a alternativa correta quanto à respiração celular. a) Uma das etapas da respiração celular aeróbia é a glicólise, ocorre na matriz mitocondrial e produz Acetil-CoA. b) A respiração celular aeróbia é um mecanismo de quebra de glicose na presença de oxigênio, produzindo gás carbônico, água e energia. c) O Ciclo de Krebs é uma das etapas da respiração celular, ocorre no citoplasma da célula e produz duas moléculas de ácido pirúvico. d) A etapa final da respiração celular é a glicólise, ocorre na membrana interna da mitocôndria e produz três moléculas de NAD.2H, uma molécula de FAD.2H e uma molécula de ATP. e) A cadeia respiratória é a etapa final da respiração celular, ocorre no citoplasma da célula, produzindo glicose e oxigênio. Prof. Ionara e Juliana 2
  • 3. 01 - (UDESC SC) Assinale a alternativa correta quanto à respiração celular. a) Uma das etapas da respiração celular aeróbia é a glicólise, ocorre na matriz mitocondrial e produz Acetil-CoA. b) A respiração celular aeróbia é um mecanismo de quebra de glicose na presença de oxigênio, produzindo gás carbônico, água e energia. c) O Ciclo de Krebs é uma das etapas da respiração celular, ocorre no citoplasma da célula e produz duas moléculas de ácido pirúvico. d) A etapa final da respiração celular é a glicólise, ocorre na membrana interna da mitocôndria e produz três moléculas de NAD.2H, uma molécula de FAD.2H e uma molécula de ATP. e) A cadeia respiratória é a etapa final da respiração celular, ocorre no citoplasma da célula, produzindo glicose e oxigênio. Prof. Ionara e Juliana 3
  • 4. 02 - (ACAFE SC) Sobre o processo de obtenção de energia pelos seres vivos é correto afirmar, exceto: a) A respiração anaeróbica é o processo de extração de energia de compostos orgânicos sem a utilização do O2 como aceptor final de elétrons. b) A respiração aeróbica compreende três fases, que ocorrem no interior das mitocôndrias: glicólise, ciclo de Krebs e cadeia respiratória. c) A quebra da glicose através da fermentação produz 2 ATPs como saldo energético. d) Ao contrário da fermentação alcoólica, a fermentação lática não produz CO2. Prof. Ionara e Juliana 4
  • 5. 02 - (ACAFE SC) Sobre o processo de obtenção de energia pelos seres vivos é correto afirmar, exceto: a) A respiração anaeróbica é o processo de extração de energia de compostos orgânicos sem a utilização do O2 como aceptor final de elétrons. b) A respiração aeróbica compreende três fases, que ocorrem no interior das mitocôndrias: glicólise, ciclo de Krebs e cadeia respiratória. c) A quebra da glicose através da fermentação produz 2 ATPs como saldo energético. d) Ao contrário da fermentação alcoólica, a fermentação lática não produz CO2. Prof. Ionara e Juliana 5
  • 6. 03 - (UCS RS) A glicose é a principal fonte de energia utilizada pelas células. O caminho realizado pela glicose, desde a sua entrada nas células até a produção de ATP, envolve uma série de reações químicas, que geram diferentes intermediários e diferentes produtos. Considere a seguinte rota metabólica. Os números I, II e III podem representar, respectivamente, os processos, a) Glicólise, Ciclo de Krebs e Fosforilação Oxidativa. b) Glicogênese, Ciclo de Calvin e Fotofosforilação. c) Glicólise, Ciclo de Pentoses e Ciclo de Krebs. d) Ciclo de Krebs, Ciclo de Calvin e Fosforilação Oxidativa. e) Glicogênese, Ciclo de Krebs e Fotofosforilação. Prof. Ionara e Juliana 6
  • 7. 03 - (UCS RS) A glicose é a principal fonte de energia utilizada pelas células. O caminho realizado pela glicose, desde a sua entrada nas células até a produção de ATP, envolve uma série de reações químicas, que geram diferentes intermediários e diferentes produtos. Considere a seguinte rota metabólica. Os números I, II e III podem representar, respectivamente, os processos, a) Glicólise, Ciclo de Krebs e Fosforilação Oxidativa. b) Glicogênese, Ciclo de Calvin e Fotofosforilação. c) Glicólise, Ciclo de Pentoses e Ciclo de Krebs. d) Ciclo de Krebs, Ciclo de Calvin e Fosforilação Oxidativa. e) Glicogênese, Ciclo de Krebs e Fotofosforilação. Prof. Ionara e Juliana 7
  • 8. 04 - (UCS RS) Todos os seres vivos necessitam obter energia por processos metabólicos. Os mais comuns são a respiração celular e a fermentação. Que etapa metabólica ocorre nesses dois processos? a) Ciclo de Krebs b) Redução de acetil-CoA c) Transformação do ácido pirúvico em ácido láctico d) Glicólise e) Cadeia respiratória Prof. Ionara e Juliana 8
  • 9. 04 - (UCS RS) Todos os seres vivos necessitam obter energia por processos metabólicos. Os mais comuns são a respiração celular e a fermentação. Que etapa metabólica ocorre nesses dois processos? a) Ciclo de Krebs b) Redução de acetil-CoA c) Transformação do ácido pirúvico em ácido láctico d) Glicólise e) Cadeia respiratória Prof. Ionara e Juliana 9
  • 10. 05 - (UEL PR) Analise o esquema da respiração celular em eucariotos, a seguir: (Adaptado de: LOPES, Sônia. Bio 1, São Paulo: Ed. Saraiva, 1992, p.98) Com base nas informações contidas no esquema e nos conhecimentos sobre respiração celular, considere as afirmativas a seguir: I. A glicose é totalmente degradada durante a etapa A que ocorre na matriz mitocondrial. II. A etapa B ocorre no hialoplasma da célula e produz menor quantidade de ATP que a etapa A. III. A etapa C ocorre nas cristas mitocondriais e produz maior quantidade de ATP que a etapa B. IV. O processo anaeróbico que ocorre no hialoplasma corresponde à etapa A. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. b) Somente as afirmativas I e III são corretas. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas Prof. Ionara e Juliana 10
  • 11. 05 - (UEL PR) Analise o esquema da respiração celular em eucariotos, a seguir: (Adaptado de: LOPES, Sônia. Bio 1, São Paulo: Ed. Saraiva, 1992, p.98) Com base nas informações contidas no esquema e nos conhecimentos sobre respiração celular, considere as afirmativas a seguir: I. A glicose é totalmente degradada durante a etapa A que ocorre na matriz mitocondrial. II. A etapa B ocorre no hialoplasma da célula e produz menor quantidade de ATP que a etapa A. III. A etapa C ocorre nas cristas mitocondriais e produz maior quantidade de ATP que a etapa B. IV. O processo anaeróbico que ocorre no hialoplasma corresponde à etapa A. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. b) Somente as afirmativas I e III são corretas. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas Prof. Ionara e Juliana 11
  • 12. 06 - (UNIOESTE PR) Com relação aos processos de respiração e fermentação nos organismos vivos, pode-se afirmar que a) através de ambos os processos ocorre produção de glicose. b) em ambos os processos ocorre formação de ácido pirúvico. c) na respiração anaeróbica não ocorre produção de ATP. d) a respiração aeróbica produz menos ATP do que a fermentação. e) na respiração aeróbica não ocorre produção de ATP. Prof. Ionara e Juliana 12
  • 13. 06 - (UNIOESTE PR) Com relação aos processos de respiração e fermentação nos organismos vivos, pode-se afirmar que a) através de ambos os processos ocorre produção de glicose. b) em ambos os processos ocorre formação de ácido pirúvico. c) na respiração anaeróbica não ocorre produção de ATP. d) a respiração aeróbica produz menos ATP do que a fermentação. e) na respiração aeróbica não ocorre produção de ATP. Prof. Ionara e Juliana 13
  • 14. 07 - (UDESC SC) A glicólise é um processo que compreende dez reações químicas, cada uma delas com a participação de uma enzima específica. Assinale a alternativa correta em relação à glicólise anaeróbica. a) É o processo responsável pela quebra da glicose, transformando-a em piruvato ou ácido pirúvico. b) É realizada apenas em células animais e procariontes heterotróficos. c) Promove a quebra da glicose no interior da mitocôndria. d) Libera energia na forma de 38 ATPs. e) Transforma ácido lático em ácido pirúvico. Prof. Ionara e Juliana 14
  • 15. 07 - (UDESC SC) A glicólise é um processo que compreende dez reações químicas, cada uma delas com a participação de uma enzima específica. Assinale a alternativa correta em relação à glicólise anaeróbica. a) É o processo responsável pela quebra da glicose, transformando-a em piruvato ou ácido pirúvico. b) É realizada apenas em células animais e procariontes heterotróficos. c) Promove a quebra da glicose no interior da mitocôndria. d) Libera energia na forma de 38 ATPs. e) Transforma ácido lático em ácido pirúvico. Prof. Ionara e Juliana 15
  • 16. 08 - (UNIOESTE PR) Com relação aos processos de produção e consumo de energia, assinale a alternativa correta. a) Na falta de glicose, a célula pode utilizar lipídios e até mesmo proteínas no processo de respiração celular. b) O oxigênio liberado na fotossíntese é proveniente da molécula de CO2 produzida no interior da mitocôndria. c) Na respiração celular, a cadeia respiratória ocorre no hialoplasma e resulta em duas moléculas de ácido pirúvico. d) A fermentação é um processo que necessita oxigênio para realizar a quebra da molécula de glicose para liberação de energia. e) No processo de fotossíntese, as reações da fase fotoquímica ocorrem no estroma dos cloroplastos, e resultam na produção de glicídios. Prof. Ionara e Juliana 16
  • 17. 08 - (UNIOESTE PR) Com relação aos processos de produção e consumo de energia, assinale a alternativa correta. a) Na falta de glicose, a célula pode utilizar lipídios e até mesmo proteínas no processo de respiração celular. b) O oxigênio liberado na fotossíntese é proveniente da molécula de CO2 produzida no interior da mitocôndria. c) Na respiração celular, a cadeia respiratória ocorre no hialoplasma e resulta em duas moléculas de ácido pirúvico. d) A fermentação é um processo que necessita oxigênio para realizar a quebra da molécula de glicose para liberação de energia. e) No processo de fotossíntese, as reações da fase fotoquímica ocorrem no estroma dos cloroplastos, e resultam na produção de glicídios. Prof. Ionara e Juliana 17
  • 18. 09 - (UDESC SC) Assinale a alternativa correta, em relação ao saldo final (rendimento líquido), na produção de ATPs pela Via da Glicólise, Ciclo de Krebs e Cadeia Respiratória, respectivamente. a) 2, 2, 26 b) 2, 4, 32 c) 4, 8, 24 d) 2, 8, 26 e) 4, 4, 30 Prof. Ionara e Juliana 18
  • 19. 09 - (UDESC SC) Assinale a alternativa correta, em relação ao saldo final (rendimento líquido), na produção de ATPs pela Via da Glicólise, Ciclo de Krebs e Cadeia Respiratória, respectivamente. a) 2, 2, 26 b) 2, 4, 32 c) 4, 8, 24 d) 2, 8, 26 e) 4, 4, 30 Prof. Ionara e Juliana 19
  • 20. 10 - (FFFCMPA RS) Os novos carros bicombustíveis do tipo flex, que usam álcool e/ou gasolina, assim como a tecnologia de produção de álcool, têm ocupado lugar de destaque entre as alternativas para substituir os combustíveis derivados de petróleo. A biotecnologia aliada às questões econômicas e éticas quanto ao uso correto dos recursos do planeta, no entanto, necessita das informações mais básicas para avançar nesse campo. Alguns conhecimentos fundamentais sobre essa área de desenvolvimento são: I. O álcool é extraído do açúcar proveniente da cana-de-açúcar. II. A cana de açúcar é uma planta dicotiledônia. III. A fermentação alcoólica ocorre em condições aeróbias. IV. Leveduras são organismos que realizam a fermentação. Quais estão corretas? a) apenas I e II. b) apenas I e III. c) apenas I e IV. d) apenas II e III. e) apenas II e IV. Prof. Ionara e Juliana 20
  • 21. 10 - (FFFCMPA RS) Os novos carros bicombustíveis do tipo flex, que usam álcool e/ou gasolina, assim como a tecnologia de produção de álcool, têm ocupado lugar de destaque entre as alternativas para substituir os combustíveis derivados de petróleo. A biotecnologia aliada às questões econômicas e éticas quanto ao uso correto dos recursos do planeta, no entanto, necessita das informações mais básicas para avançar nesse campo. Alguns conhecimentos fundamentais sobre essa área de desenvolvimento são: I. O álcool é extraído do açúcar proveniente da cana-de-açúcar. II. A cana de açúcar é uma planta dicotiledônia. III. A fermentação alcoólica ocorre em condições aeróbias. IV. Leveduras são organismos que realizam a fermentação. Quais estão corretas? a) apenas I e II. b) apenas I e III. c) apenas I e IV. d) apenas II e III. e) apenas II e IV. Prof. Ionara e Juliana 21
  • 22. 11 - (UFRGS) Assinale com V (verdadeiro) ou F (falso) as afirmações que seguem, referentes à respiração celular. ( ) A respiração celular é constituída por três rotas: a oxidação do piruvato, o ciclo do ácido cítrico e o ciclo das pentose ( ) Nas transferências de íons hidrogênio ao longo da cadeia respiratória, há liberação de elétrons que vão sendo captados por transportadores intermediários como os citocromos ( ) No ciclo do ácido cítrico, ocorre uma maior produção de ATP do que durante a fase de glicólise ( ) Nos eucariontes, a fase de glicólise ocorre no interior das mitocôndrias e na ausência de oxigênio A sequência correta de preenchimento dos parêntese, de cima para baixo, é a) FFFV b) FVFV c) VVVF d) VFVV e) FVVF Prof. Ionara e Juliana 22
  • 23. 11 - (UFRGS) Assinale com V (verdadeiro) ou F (falso) as afirmações que seguem, referentes à respiração celular. ( ) A respiração celular é constituída por três rotas: a oxidação do piruvato, o ciclo do ácido cítrico e o ciclo das pentose ( ) Nas transferências de íons hidrogênio ao longo da cadeia respiratória, há liberação de elétrons que vão sendo captados por transportadores intermediários como os citocromos ( ) No ciclo do ácido cítrico, ocorre uma maior produção de ATP do que durante a fase de glicólise ( ) Nos eucariontes, a fase de glicólise ocorre no interior das mitocôndrias e na ausência de oxigênio A sequência correta de preenchimento dos parêntese, de cima para baixo, é a) FFFV b) FVFV c) VVVF d) VFVV e) FVVF Prof. Ionara e Juliana 23
  • 24. 12 - (UFSC) “A ingestão em quantidades elevadas de aspirina (5 a 10 gramas, no caso de crianças) pode acarretar o bloqueio da respiração celular, um quadro de intoxicação fatal”. (Texto extraído do Jornal Universitário da UFSC, publicado em julho de 2001, p. 12). Sobre o processo de respiração celular, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S). 01. Parte dele acontece no hialoplasma, quando ocorre a quebra da molécula de glicose. 02. Durante a glicólise, uma molécula de 6 carbonos é quebrada em duas moléculas de 3 carbonos, produzindo energia sob a forma de ATP. 04. Esse processo é menos eficiente na obtenção de ATP do que a respiração anaeróbica, já que esta independe da presença de oxigênio e de glicose. 08. Uma organela fundamental para a sua ocorrência é o centríolo, que permite a entrada da glicose na célula. 16. Ao seu final, são produzidas moléculas de gás carbônico, água e ATP. 32. Algumas etapas desse processo ocorrem dentro das mitocôndrias. Prof. Ionara e Juliana 24
  • 25. 12 - (UFSC) “A ingestão em quantidades elevadas de aspirina (5 a 10 gramas, no caso de crianças) pode acarretar o bloqueio da respiração celular, um quadro de intoxicação fatal”. (Texto extraído do Jornal Universitário da UFSC, publicado em julho de 2001, p. 12). Sobre o processo de respiração celular, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S). 01. Parte dele acontece no hialoplasma, quando ocorre a quebra da molécula de glicose. 02. Durante a glicólise, uma molécula de 6 carbonos é quebrada em duas moléculas de 3 carbonos, produzindo energia sob a forma de ATP. 04. Esse processo é menos eficiente na obtenção de ATP do que a respiração anaeróbica, já que esta independe da presença de oxigênio e de glicose. 08. Uma organela fundamental para a sua ocorrência é o centríolo, que permite a entrada da glicose na célula. 16. Ao seu final, são produzidas moléculas de gás carbônico, água e ATP. 32. Algumas etapas desse processo ocorrem dentro das mitocôndrias. Soma = 51 Prof. Ionara e Juliana 25
  • 26. 13 - (PUC RS) Considere o esquema que ilustra a utilização de diferentes substratos para a obtenção de energia. O esquema acima permite concluir que um animal pode obter energia a partir dos seguintes substratos: I. Proteínas II. carboidratos III. lipídios IV. ácidos nucléicos Todos os itens corretos estão na alternativa: a) I e II b) I, II e III c) I e III d) II, III e IV e) II e IV Prof. Ionara e Juliana 26
  • 27. 13 - (PUC RS) Considere o esquema que ilustra a utilização de diferentes substratos para a obtenção de energia. O esquema acima permite concluir que um animal pode obter energia a partir dos seguintes substratos: I. Proteínas II. carboidratos III. lipídios IV. ácidos nucléicos Todos os itens corretos estão na alternativa: a) I e II b) I, II e III c) I e III d) II, III e IV e) II e IV Prof. Ionara e Juliana 27
  • 28. 14 - (PUC RS) Nos processos químicos que têm lugar na respiração aeróbia, há produção de íons hidrogênio que, se acumulados, podem levar a célula a uma acidose, o que seria extremamente perigoso. Para evitar esse evento, é que intervém ativamente a) o dióxido de carbono. b) o oxigênio. c) a glicose. d) o ácido pirúvico. e) o monóxido de carbono. Prof. Ionara e Juliana 28
  • 29. 14 - (PUC RS) Nos processos químicos que têm lugar na respiração aeróbia, há produção de íons hidrogênio que, se acumulados, podem levar a célula a uma acidose, o que seria extremamente perigoso. Para evitar esse evento, é que intervém ativamente a) o dióxido de carbono. b) o oxigênio. c) a glicose. d) o ácido pirúvico. e) o monóxido de carbono. Prof. Ionara e Juliana 29
  • 30. 15 - (PUC SP) Em uma célula vegetal, o gás carbônico liberado a partir de reações que ocorrem em uma organela (I) é utilizado em reações que ocorrem em outra organela (II). No trecho acima, a organela indicada por I é a) a mitocôndria e o gás carbônico liberado é utilizado na organela II para a realização da respiração celular. b) a mitocôndria e o gás carbônico liberado é utilizado na organela II para a realização da fotossíntese. c) o cloroplasto e o gás carbônico liberado é utilizado na organela II para a realização da respiração celular. d) o cloroplasto e o gás carbônico liberado é utilizado na organela II para a realização da fotossíntese. e) o cloroplasto e a indicada por II, a mitocôndria, onde ocorrem, respectivamente, a respiração celular e a fotossíntese. Prof. Ionara e Juliana 30
  • 31. 15 - (PUC SP) Em uma célula vegetal, o gás carbônico liberado a partir de reações que ocorrem em uma organela (I) é utilizado em reações que ocorrem em outra organela (II). No trecho acima, a organela indicada por I é a) a mitocôndria e o gás carbônico liberado é utilizado na organela II para a realização da respiração celular. b) a mitocôndria e o gás carbônico liberado é utilizado na organela II para a realização da fotossíntese. c) o cloroplasto e o gás carbônico liberado é utilizado na organela II para a realização da respiração celular. d) o cloroplasto e o gás carbônico liberado é utilizado na organela II para a realização da fotossíntese. e) o cloroplasto e a indicada por II, a mitocôndria, onde ocorrem, respectivamente, a respiração celular e a fotossíntese. Prof. Ionara e Juliana 31
  • 32. 16 - (UERJ) Laudos confirmam que todas as mortes na Kiss ocorreram pela inalação da fumaça Necropsia das 234 vítimas daquela noite revela que todas as mortes ocorreram devido à inalação de gás cianídrico e de monóxido de carbono gerados pela queima do revestimento acústico da boate. Adaptado de ultimosegundo.ig.com.br, 5/03/20 3. Os dois agentes químicos citados no texto, quando absorvidos, provocam o mesmo resultado: paralisação dos músculos e asfixia, culminando na morte do indivíduo. Com base nessas informações, pode-se afirmar que tanto o gás cianídrico quanto o monóxido de carbono interferem no processo denominado: a) síntese de DNA b) transporte de íons c) eliminação de excretas d) metabolismo energético Prof. Ionara e Juliana 32
  • 33. 16 - (UERJ) Laudos confirmam que todas as mortes na Kiss ocorreram pela inalação da fumaça Necropsia das 234 vítimas daquela noite revela que todas as mortes ocorreram devido à inalação de gás cianídrico e de monóxido de carbono gerados pela queima do revestimento acústico da boate. Adaptado de ultimosegundo.ig.com.br, 5/03/20 3. Os dois agentes químicos citados no texto, quando absorvidos, provocam o mesmo resultado: paralisação dos músculos e asfixia, culminando na morte do indivíduo. Com base nessas informações, pode-se afirmar que tanto o gás cianídrico quanto o monóxido de carbono interferem no processo denominado: a) síntese de DNA b) transporte de íons c) eliminação de excretas d) metabolismo energético Prof. Ionara e Juliana 33
  • 34. 17 - (FGV) A produção de adenosina trifosfato (ATP) nas células eucarióticas animais acontece, essencialmente, nas cristas mitocondriais, em função de uma cadeia de proteínas transportadoras de elétrons, a cadeia respiratória. O número de moléculas de ATP produzidas nas mitocôndrias é diretamente proporcional ao número de moléculas de a) glicose e gás oxigênio que atravessam as membranas mitocondriais. b) gás oxigênio consumido no ciclo de Krebs, etapa anterior à cadeia respiratória. c) glicose oxidada no citoplasma celular, na etapa da glicólise. d) gás carbônico produzido na cadeia transportadora de elétrons. e) água produzida a partir Pdroof. Icoonanras eu Jmuliaona de gás oxigênio. 34
  • 35. 17 - (FGV) A produção de adenosina trifosfato (ATP) nas células eucarióticas animais acontece, essencialmente, nas cristas mitocondriais, em função de uma cadeia de proteínas transportadoras de elétrons, a cadeia respiratória. O número de moléculas de ATP produzidas nas mitocôndrias é diretamente proporcional ao número de moléculas de a) glicose e gás oxigênio que atravessam as membranas mitocondriais. b) gás oxigênio consumido no ciclo de Krebs, etapa anterior à cadeia respiratória. c) glicose oxidada no citoplasma celular, na etapa da glicólise. d) gás carbônico produzido na cadeia transportadora de elétrons. e) água produzida a partir Pdroof. Icoonanras eu Jmuliaona de gás oxigênio. 35
  • 36. 18 - (FGV) O cianeto é uma toxina que atua bloqueando a última das três etapas do processo respiratório aeróbico, impedindo, portanto, a produção de ATP, molécula responsável pelo abastecimento energético de nosso organismo. O bloqueio dessa etapa da respiração aeróbica pelo cianeto impede também a a) síntese de gás carbônico a partir da quebra da glicose. b) produção de moléculas transportadoras de elétrons. c) oxidação da glicose e consequente liberação de energia. d) formação de água a partir do gás oxigênio. e) quebra da glicose em moléculas de piruvato. Prof. Ionara e Juliana 36
  • 37. 18 - (FGV) O cianeto é uma toxina que atua bloqueando a última das três etapas do processo respiratório aeróbico, impedindo, portanto, a produção de ATP, molécula responsável pelo abastecimento energético de nosso organismo. O bloqueio dessa etapa da respiração aeróbica pelo cianeto impede também a a) síntese de gás carbônico a partir da quebra da glicose. b) produção de moléculas transportadoras de elétrons. c) oxidação da glicose e consequente liberação de energia. d) formação de água a partir do gás oxigênio. e) quebra da glicose em moléculas de piruvato. Prof. Ionara e Juliana 37
  • 38. 19 - (FUVEST SP) A lei 7678 de 1988 define que “vinho é a bebida obtida pela fermentação alcoólica do mosto simples de uva sã, fresca e madura”. Na produção de vinho, são utilizadas leveduras anaeróbicas facultativas. Os pequenos produtores adicionam essas leveduras ao mosto (uvas esmagadas, suco e cascas) com os tanques abertos, para que elas se reproduzam mais rapidamente. Posteriormente, os tanques são hermeticamente fechados. Nessas condições, pode-se afirmar, corretamente, que a) o vinho se forma somente após o fechamento dos tanques, pois, na fase anterior, os produtos da ação das leveduras são a água e o gás carbônico. b) o vinho começa a ser formado já com os tanques abertos, pois o produto da ação das leveduras, nessa fase, é utilizado depois como substrato para a fermentação. c) a fermentação ocorre principalmente durante a reprodução das leveduras, pois esses organismos necessitam de grande aporte de energia para sua multiplicação. d) a fermentação só é possível se, antes, houver um processo de respiração aeróbica que forneça energia para as etapas posteriores, que são anaeróbicas. e) o vinho se forma somente quando os tanques voltam a ser abertos, após a fermentação se completar, para que as leveduras realizem respiração aeróbica. Prof. Ionara e Juliana 38
  • 39. 19 - (FUVEST SP) A lei 7678 de 1988 define que “vinho é a bebida obtida pela fermentação alcoólica do mosto simples de uva sã, fresca e madura”. Na produção de vinho, são utilizadas leveduras anaeróbicas facultativas. Os pequenos produtores adicionam essas leveduras ao mosto (uvas esmagadas, suco e cascas) com os tanques abertos, para que elas se reproduzam mais rapidamente. Posteriormente, os tanques são hermeticamente fechados. Nessas condições, pode-se afirmar, corretamente, que a) o vinho se forma somente após o fechamento dos tanques, pois, na fase anterior, os produtos da ação das leveduras são a água e o gás carbônico. b) o vinho começa a ser formado já com os tanques abertos, pois o produto da ação das leveduras, nessa fase, é utilizado depois como substrato para a fermentação. c) a fermentação ocorre principalmente durante a reprodução das leveduras, pois esses organismos necessitam de grande aporte de energia para sua multiplicação. d) a fermentação só é possível se, antes, houver um processo de respiração aeróbica que forneça energia para as etapas posteriores, que são anaeróbicas. e) o vinho se forma somente quando os tanques voltam a ser abertos, após a fermentação se completar, para que as leveduras realizem respiração aeróbica. Prof. Ionara e Juliana 39
  • 40. 20 - (FATEC SP) Os esquemas, a seguir, evidenciam três maneiras diferentes através das quais a glicose pode ser utilizada como fonte de energia necessária à manutenção da vida. Assinale a alternativa correta sobre esses esquemas. a) Os esquemas 1 e 3 ocorrem em ambientes totalmente anaeróbios para a produção de pães e bolos. b) O esquema 1 exibe a fermentação alcoólica realizada nas mitocôndrias de leveduras com consumo de oxigênio. c) O esquema 2 revela um processo aeróbio realizado nas mitocôndrias de lactobacilos e de células musculares humanas. d) O esquema 3 demonstra um processo aeróbio em que o gás oxigênio atua como agente oxidante de moléculas orgânicas. e) Os esquemas 1, 2 e 3 evidenciam Prof. processos Ionara e Juliana aeróbios de obtenção de energia que 40 ocorrem em plantas e animais em geral.
  • 41. 20 - (FATEC SP) Os esquemas, a seguir, evidenciam três maneiras diferentes através das quais a glicose pode ser utilizada como fonte de energia necessária à manutenção da vida. Assinale a alternativa correta sobre esses esquemas. a) Os esquemas 1 e 3 ocorrem em ambientes totalmente anaeróbios para a produção de pães e bolos. b) O esquema 1 exibe a fermentação alcoólica realizada nas mitocôndrias de leveduras com consumo de oxigênio. c) O esquema 2 revela um processo aeróbio realizado nas mitocôndrias de lactobacilos e de células musculares humanas. d) O esquema 3 demonstra um processo aeróbio em que o gás oxigênio atua como agente oxidante de moléculas orgânicas. e) Os esquemas 1, 2 e 3 evidenciam Prof. processos Ionara e Juliana aeróbios de obtenção de energia que 41 ocorrem em plantas e animais em geral.
  • 42. 21 - (PUC SP) Considere os esquemas simplificados de duas vias metabólicas indicados por I e II: correto afirmar que a) I é apresentado exclusivamente por certas bactérias e II exclusivamente por certos fungos, pois estes organismos são todos anaeróbicos. b) I e II são apresentados exclusivamente por procariontes, pois estes organismos são todos anaeróbicos. c) em I e II há liberação de gás carbônico e os dois processos apresentam o mesmo rendimento energético. d) I é apresentado por células do tecido muscular esquelético humano quando o nível de oxigênio é insatisfatório para manter a produção de ATP necessária. e) I é um processo utilizado na fabricação de pães e II, um processo utilizado na indústria alimentícia para a produção de alimentos como iogurtes e queijos. Prof. Ionara e Juliana 42
  • 43. 21 - (PUC SP) Considere os esquemas simplificados de duas vias metabólicas indicados por I e II: correto afirmar que a) I é apresentado exclusivamente por certas bactérias e II exclusivamente por certos fungos, pois estes organismos são todos anaeróbicos. b) I e II são apresentados exclusivamente por procariontes, pois estes organismos são todos anaeróbicos. c) em I e II há liberação de gás carbônico e os dois processos apresentam o mesmo rendimento energético. d) I é apresentado por células do tecido muscular esquelético humano quando o nível de oxigênio é insatisfatório para manter a produção de ATP necessária. e) I é um processo utilizado na fabricação de pães e II, um processo utilizado na indústria alimentícia para a produção de alimentos como iogurtes e queijos. Prof. Ionara e Juliana 43
  • 44. 22 - (FMABC SP) O fungo Saccharomyces cerevisae, conhecido por levedura, é unicelular e apresenta mitocôndrias em seu citoplasma. Já a alga verde Ulva lactuca, conhecida por alface-do-mar, é multicelular e tem mitocôndrias e cloroplastos. Os esquemas abaixo resumem etapas metabólicas realizadas pelos seres vivos: Analisando esse esquema, um estudante fez três afirmações: I. Na ausência de oxigênio, a levedura realiza o processo A, no qual há liberação de gás carbônico. II. A levedura e a alface-do-mar são capazes de realizar o processo B. III. O processo C é realizado apenas pela alfacedo- mar. Assinale: a) se apenas uma das afirmações for correta. b) se apenas as afirmações I e II forem corretas. c) se apenas as afirmações I e III forem corretas. d) se apenas as afirmações II e III forem corretas. e) se as três Prof. Ionara e Juliana afirmações forem corretas. 44
  • 45. 22 - (FMABC SP) O fungo Saccharomyces cerevisae, conhecido por levedura, é unicelular e apresenta mitocôndrias em seu citoplasma. Já a alga verde Ulva lactuca, conhecida por alface-do-mar, é multicelular e tem mitocôndrias e cloroplastos. Os esquemas abaixo resumem etapas metabólicas realizadas pelos seres vivos: Analisando esse esquema, um estudante fez três afirmações: I. Na ausência de oxigênio, a levedura realiza o processo A, no qual há liberação de gás carbônico. II. A levedura e a alface-do-mar são capazes de realizar o processo B. III. O processo C é realizado apenas pela alfacedo- mar. Assinale: a) se apenas uma das afirmações for correta. b) se apenas as afirmações I e II forem corretas. c) se apenas as afirmações I e III forem corretas. d) se apenas as afirmações II e III forem corretas. e) se as três Prof. Ionara e Juliana afirmações forem corretas. 45
  • 46. 23 - (FUVEST SP) A cana-de-açúcar é importante matéria-prima para a produção de etanol. A energia contida na molécula de etanol e liberada na sua combustão foi a) captada da luz solar pela cana-de-açúcar, armazenada na molécula de glicose produzida por fungos no processo de fermentação e, posteriormente, transferida para a molécula de etanol. b) obtida por meio do processo de fermentação realizado pela cana-de-açúcar e, posteriormente, incorporada à molécula de etanol na cadeia respiratória de fungos. c) captada da luz solar pela cana-de-açúcar, por meio do processo de fotossíntese, e armazenada na molécula de clorofila, que foi fermentada por fungos. d) obtida na forma de ATP no processo de respiração celular da cana-de-açúcar e armazenada na molécula de glicose, que foi, posteriormente, fermentada por fungos. e) captada da luz solar por meio do processo de fotossíntese realizado pela cana-de-açúcar e armazenada na molécula de glicose, que foi, posteriormente, fermentada por fungos. Prof. Ionara e Juliana 46
  • 47. 23 - (FUVEST SP) A cana-de-açúcar é importante matéria-prima para a produção de etanol. A energia contida na molécula de etanol e liberada na sua combustão foi a) captada da luz solar pela cana-de-açúcar, armazenada na molécula de glicose produzida por fungos no processo de fermentação e, posteriormente, transferida para a molécula de etanol. b) obtida por meio do processo de fermentação realizado pela cana-de-açúcar e, posteriormente, incorporada à molécula de etanol na cadeia respiratória de fungos. c) captada da luz solar pela cana-de-açúcar, por meio do processo de fotossíntese, e armazenada na molécula de clorofila, que foi fermentada por fungos. d) obtida na forma de ATP no processo de respiração celular da cana-de-açúcar e armazenada na molécula de glicose, que foi, posteriormente, fermentada por fungos. e) captada da luz solar por meio do processo de fotossíntese realizado pela cana-de-açúcar e armazenada na molécula de glicose, que foi, posteriormente, fermentada por fungos. Prof. Ionara e Juliana 47
  • 48. 24 - (PUC RJ) Observe a equação abaixo apresentada: 6 CO2 + 6 H2O  C6H12O6 + 6O2 É uma equação geral relativa à: a) fotossíntese, onde a água serve como doador de elétrons. b) fotossíntese, onde a água serve como aceptor de elétrons. c) quimiossíntese, onde o CO2 serve como doador de elétrons. d) respiração aeróbica, onde o O2 serve como aceptor de elétrons. e) respiração anaeróbica, onde o CO2 serve como doador de elétrons Prof. Ionara e Juliana 48
  • 49. 24 - (PUC RJ) Observe a equação abaixo apresentada: 6 CO2 + 6 H2O  C6H12O6 + 6O2 É uma equação geral relativa à: a) fotossíntese, onde a água serve como doador de elétrons. b) fotossíntese, onde a água serve como aceptor de elétrons. c) quimiossíntese, onde o CO2 serve como doador de elétrons. d) respiração aeróbica, onde o O2 serve como aceptor de elétrons. e) respiração anaeróbica, onde o CO2 serve como doador de elétrons Prof. Ionara e Juliana 49
  • 50. 25 - (UFRRJ) No mês de julho de 2007, ocorreram, na cidade do Rio de Janeiro, os XV Jogos Pan-americanos. Durante as competições, o que se viu foram momentos de superação, quando os atletas levavam o corpo à exaustão, muitas vezes numa luta contra o tempo, em busca de uma medalha. http://www.nikok.com/wp-content/uploads/2007/05/atletismo.gif. acesso em 11/09/2007. Após um exercício físico prolongado, se fizermos um exame de sangue no atleta, verificaremos o acúmulo Prof. de Ionara ácido e Juliana lático em seu sangue. Explique 50 por que isto acontece.
  • 51. Durante um exercício muito intenso, o gás oxigênio pode não ser suficiente para suprir as necessidades respiratórias das fibras musculares. Neste caso, elas passam a produzir ATP, por meio da fermentação lática, que, embora menos eficiente que a respiração aeróbica, garante o suprimento de energia para a contração muscular. Durante a fermentação lática, ocorre a oxidação parcial da molécula de glicose, produzindo ácido lático como um dos produtos finais Prof. Ionara e Juliana 51
  • 52. 26 - (UFU MG) O esquema a seguir representa etapas do consumo de glicose. Analise o que representam os números 1, 2, 3, 4 e 5 no esquema acima e marque a alternativa correta. a) 1 - gás carbônico; 2 - álcool etílico; 3 - glicólise; 4 - ciclo de Krebs; 5 - gás carbônico. b) 1 - ciclo de Krebs; 2 - álcool etílico; 3 - gás carbônico; 4 - glicólise; 5 - ATP. c) 1 - glicólise; 2 - gás carbônico; 3 - álcool etílico; 4 - ciclo de Krebs; 5 - gás carbônico. d) 1 - álcool etílico; 2 - ciclo de Krebs; 3 - glicólise; 4 - gás carbônico; 5 - ATP. Prof. Ionara e Juliana 52
  • 53. 26 - (UFU MG) O esquema a seguir representa etapas do consumo de glicose. Analise o que representam os números 1, 2, 3, 4 e 5 no esquema acima e marque a alternativa correta. a) 1 - gás carbônico; 2 - álcool etílico; 3 - glicólise; 4 - ciclo de Krebs; 5 - gás carbônico. b) 1 - ciclo de Krebs; 2 - álcool etílico; 3 - gás carbônico; 4 - glicólise; 5 - ATP. c) 1 - glicólise; 2 - gás carbônico; 3 - álcool etílico; 4 - ciclo de Krebs; 5 - gás carbônico. d) 1 - álcool etílico; 2 - ciclo de Krebs; 3 - glicólise; 4 - gás carbônico; 5 - ATP. Prof. Ionara e Juliana 53
  • 54. 27 - (PUC RJ) A produção de álcool combustível a partir do açúcar da cana está diretamente relacionada à qual dos processos metabólicos de microrganismos abaixo relacionados? a) Respiração. b) Fermentação. c) Digestão. d) Fixação de N2. e) Quimiossíntese. Prof. Ionara e Juliana 54
  • 55. 27 - (PUC RJ) A produção de álcool combustível a partir do açúcar da cana está diretamente relacionada à qual dos processos metabólicos de microrganismos abaixo relacionados? a) Respiração. b) Fermentação. c) Digestão. d) Fixação de N2. e) Quimiossíntese. Prof. Ionara e Juliana 55
  • 56. 28 - (UNIVAS MG) A cerveja, a nobre bebida de mais de um milhão de brasileiros, diga-se de passagem, deve ser consumida com moderação. Ela é produzida a partir de dois cereais, o lúpulo (que dá o gosto amargo) e a cevada. O amido está contido na semente da cevada. Ela é colocada para germinar, e por ação das enzimas da planta em germinação o amido decompõe-se em maltose. Esta maltose, mais o lúpulo colocados em um reservatório junto com o fermento produzido pelo lêvedo, realizam a fermentação. Temos aí a cerveja, que no gosto tupiniquim é servida “estupidamente gelada”. (O caminho da vida, Frota Pessoa) Em relação à fermentação assinale a alternativa INCORRETA. a) Graças à respiração anaeróbia ou fermentação, muitos microorganismos conseguem viver sem oxigênio. b) O lêvedo promove a respiração anaeróbia, produzindo álcool como subproduto. c) No caso da cerveja a maltose deve ser quebrada em duas moléculas de glicose para ocorrer a fermentação. d) Assim como a fermentação láctica, a fermentação alcoólica não libera dióxido de carbono. e) Quando o açúcar do leite é quebrado anaerobicamente, tem-se a fermentação láctica responsável pela formação de coalhada, queijos, iogurtes. Prof. Ionara e Juliana 56
  • 57. 28 - (UNIVAS MG) A cerveja, a nobre bebida de mais de um milhão de brasileiros, diga-se de passagem, deve ser consumida com moderação. Ela é produzida a partir de dois cereais, o lúpulo (que dá o gosto amargo) e a cevada. O amido está contido na semente da cevada. Ela é colocada para germinar, e por ação das enzimas da planta em germinação o amido decompõe-se em maltose. Esta maltose, mais o lúpulo colocados em um reservatório junto com o fermento produzido pelo lêvedo, realizam a fermentação. Temos aí a cerveja, que no gosto tupiniquim é servida “estupidamente gelada”. (O caminho da vida, Frota Pessoa) Em relação à fermentação assinale a alternativa INCORRETA. a) Graças à respiração anaeróbia ou fermentação, muitos microorganismos conseguem viver sem oxigênio. b) O lêvedo promove a respiração anaeróbia, produzindo álcool como subproduto. c) No caso da cerveja a maltose deve ser quebrada em duas moléculas de glicose para ocorrer a fermentação. d) Assim como a fermentação láctica, a fermentação alcoólica não libera dióxido de carbono. e) Quando o açúcar do leite é quebrado anaerobicamente, tem-se a fermentação láctica responsável pela formação de coalhada, queijos, iogurtes. Prof. Ionara e Juliana 57
  • 58. 29 - (FEI SP) Uma receita de pão caseiro tem, como ingredientes, farinha de trigo, leite, ovos, manteiga, sal, açúcar e fermento. Esses ingredientes bem misturados e sovados formam uma massa, que é deixada para “descansar”. Uma bolinha dessa massa é colocada num copo com água e afunda. Depois de algum tempo, a bolinha sobe até a superfície, indicando que a massa está pronta para assar. Aponte a alternativa que indica por que a bolinha de massa sobe até a superfície. a) a bolinha de massa torna-se mais densa que a água devido à liberação de gás carbônico no processo de fermentação. b) a bolinha de massa torna-se menos densa que a água devido à liberação de gás carbônico no processo de fermentação. c) a bolinha de massa sobe à superfície, devido a produção de nitrogênio gasoso pelo processo de fermentação. d) a bolinha de massa torna-se menos densa que a água devido a liberação de oxigênio no processo de respiração. e) a bolinha de massa torna-se mais densa que a água devido a liberação de oxigênio no processo de respiração. Prof. Ionara e Juliana 58
  • 59. 29 - (FEI SP) Uma receita de pão caseiro tem, como ingredientes, farinha de trigo, leite, ovos, manteiga, sal, açúcar e fermento. Esses ingredientes bem misturados e sovados formam uma massa, que é deixada para “descansar”. Uma bolinha dessa massa é colocada num copo com água e afunda. Depois de algum tempo, a bolinha sobe até a superfície, indicando que a massa está pronta para assar. Aponte a alternativa que indica por que a bolinha de massa sobe até a superfície. a) a bolinha de massa torna-se mais densa que a água devido à liberação de gás carbônico no processo de fermentação. b) a bolinha de massa torna-se menos densa que a água devido à liberação de gás carbônico no processo de fermentação. c) a bolinha de massa sobe à superfície, devido a produção de nitrogênio gasoso pelo processo de fermentação. d) a bolinha de massa torna-se menos densa que a água devido a liberação de oxigênio no processo de respiração. e) a bolinha de massa torna-se mais densa que a água devido a liberação de oxigênio no processo de respiração. Prof. Ionara e Juliana 59
  • 60. 30 - (UNIMONTES MG) A mitocôndria é considerada como o centro de produção energética da célula, em que ocorrem as principais etapas de degradação dos alimentos para a produção de energia. Assinale a alternativa que contém uma etapa que NÃO ocorre na mitocôndria. a) Descarboxilação oxidativa. b) Ciclo de Krebs. c) Glicólise. d) Fosforilação oxidativa. Prof. Ionara e Juliana 60
  • 61. 30 - (UNIMONTES MG) A mitocôndria é considerada como o centro de produção energética da célula, em que ocorrem as principais etapas de degradação dos alimentos para a produção de energia. Assinale a alternativa que contém uma etapa que NÃO ocorre na mitocôndria. a) Descarboxilação oxidativa. b) Ciclo de Krebs. c) Glicólise. d) Fosforilação oxidativa. Prof. Ionara e Juliana 61
  • 62. 31 - (PUC SP) (Folha de S. Paulo) Na tira de quadrinhos, a situação apresentada relaciona-se com um processo realizado no músculo. Trata-se de fermentação a) alcoólica, que ocorre no interior da mitocôndria. b) alcoólica, que ocorre fora da mitocôndria. c) lática, que ocorre no interior da mitocôndria. d) lática, que ocorre fora da mitocôndria. Prof. Ionara e Juliana 62 e) acética, que ocorre no interior da mitocôndria.
  • 63. 31 - (PUC SP) (Folha de S. Paulo) Na tira de quadrinhos, a situação apresentada relaciona-se com um processo realizado no músculo. Trata-se de fermentação a) alcoólica, que ocorre no interior da mitocôndria. b) alcoólica, que ocorre fora da mitocôndria. c) lática, que ocorre no interior da mitocôndria. d) lática, que ocorre fora da mitocôndria. Prof. Ionara e Juliana 63 e) acética, que ocorre no interior da mitocôndria.
  • 64. 32 - (FMTM MG) No processo de nitrificação ocorrem várias reações químicas que estão simplificadas a seguir. As seqüências I e II são realizadas por bactérias diferentes mas que têm em comum o fato de serem a) fotossintetizantes, ocupando o nível trófico dos produtores. b) saprofágicas, ocupando o nível trófico dos decompositores. c) saprofágicas, ocupando o nível trófico dos consumidores. d) quimiossintetizantes, ocupando o nível trófico dos produtores. e) quimiossintetizantes, ocupando oPr onfí. vIoenl atrraó ef i Jcuoli adnoas consumidores. 64
  • 65. 32 - (FMTM MG) No processo de nitrificação ocorrem várias reações químicas que estão simplificadas a seguir. As seqüências I e II são realizadas por bactérias diferentes mas que têm em comum o fato de serem a) fotossintetizantes, ocupando o nível trófico dos produtores. b) saprofágicas, ocupando o nível trófico dos decompositores. c) saprofágicas, ocupando o nível trófico dos consumidores. d) quimiossintetizantes, ocupando o nível trófico dos produtores. e) quimiossintetizantes, ocupando oPr onfí. vIoenl atrraó ef i Jcuoli adnoas consumidores. 65
  • 66. 33 - (EFEI MG) Os seres vivos conseguem energia para suas vidas por diferentes mecanismos. Associe cada conceito com a definição mais adequada e assinale a alternativa correta: 1. Respiração aeróbia 2. Respiração anaeróbia 3. Fermentação 4. Fotossíntese. ( ) Conjunto de reações que liberam energia pela degradação de um composto orgânico, sem participação do oxigênio, onde o aceptor final de elétrons é um composto orgânico, com baixo rendimento energético. ( ) Processo de obtenção de energia em que o aceptor final de elétrons é um composto oxidado, como nitrato ou sulfato. ( ) Mecanismo de obtenção de energia de moléculas orgânicas na presença de oxigênio. ( ) Processo energético onde o carbono na forma oxidada é convertido para a forma reduzida, rica em energia. a) 3-2-1-4. b) 2-1-3-4. c) 3-2-4-1. d) 2-1-4-3. Prof. Ionara e Juliana 66
  • 67. 33 - (EFEI MG) Os seres vivos conseguem energia para suas vidas por diferentes mecanismos. Associe cada conceito com a definição mais adequada e assinale a alternativa correta: 1. Respiração aeróbia 2. Respiração anaeróbia 3. Fermentação 4. Fotossíntese. ( ) Conjunto de reações que liberam energia pela degradação de um composto orgânico, sem participação do oxigênio, onde o aceptor final de elétrons é um composto orgânico, com baixo rendimento energético. ( ) Processo de obtenção de energia em que o aceptor final de elétrons é um composto oxidado, como nitrato ou sulfato. ( ) Mecanismo de obtenção de energia de moléculas orgânicas na presença de oxigênio. ( ) Processo energético onde o carbono na forma oxidada é convertido para a forma reduzida, rica em energia. a) 3-2-1-4. b) 2-1-3-4. c) 3-2-4-1. d) 2-1-4-3. Prof. Ionara e Juliana 67
  • 68. 34 - (UNIFICADO RJ) A superfamília dos afídeos, que inclui os pulgões, apresenta características no mínimo desconcertantes. Além da suspeição de captar DNA de outros seres, os pulgões são capazes de realizar partenogênese. Agora, essa insólita superfamília figura também na galeria dos seres autotróficos. Em outras palavras, são capazes de realizar a elaboração de nutrientes, de maneira muito similar à das plantas. Disponível em: <http://hypescience.com/e-descoberta- -superfamilia-de-insetos-que- realiza-fotossintese/>. Acesso em: 3 out. 2012. Adaptado. Sabendo-se que os pulgões são seres autotróficos, isso significa que, diferentes de seres heterotróficos, são capazes de realizar um processo bioquímico a mais. Tal processo bioquímico nas plantas, ocorre numa determinada subestrutura de uma organela. Esse processo bioquímico e a sublocalização na organela são, respectivamente, a a) respiração e as cristas dos cloroplastos b) respiração e o estroma dos cloroplastos c) fotossíntese e o estroma das mitocôndrias d) fotossíntese e os tilacoides dos cloroplastos Prof. Ionara e Juliana 68 e) fotossíntese e a membrana externa das mitocôndrias
  • 69. 34 - (UNIFICADO RJ) A superfamília dos afídeos, que inclui os pulgões, apresenta características no mínimo desconcertantes. Além da suspeição de captar DNA de outros seres, os pulgões são capazes de realizar partenogênese. Agora, essa insólita superfamília figura também na galeria dos seres autotróficos. Em outras palavras, são capazes de realizar a elaboração de nutrientes, de maneira muito similar à das plantas. Disponível em: <http://hypescience.com/e-descoberta- -superfamilia-de-insetos-que- realiza-fotossintese/>. Acesso em: 3 out. 2012. Adaptado. Sabendo-se que os pulgões são seres autotróficos, isso significa que, diferentes de seres heterotróficos, são capazes de realizar um processo bioquímico a mais. Tal processo bioquímico nas plantas, ocorre numa determinada subestrutura de uma organela. Esse processo bioquímico e a sublocalização na organela são, respectivamente, a a) respiração e as cristas dos cloroplastos b) respiração e o estroma dos cloroplastos c) fotossíntese e o estroma das mitocôndrias d) fotossíntese e os tilacoides dos cloroplastos Prof. Ionara e Juliana 69 e) fotossíntese e a membrana externa das mitocôndrias
  • 70. 35 - (PUC RJ) A fotossíntese é um processo complexo que ocorre em duas fases: fase luminosa e Ciclo de Calvin. Sobre as duas etapas da fotossíntese, foram feitas as seguintes afirmativas: I. Na fase luminosa, ocorre a conversão da energia solar em energia química. II. Na fase luminosa, ocorre liberação de oxigênio, produção de NADPH e consumo de ATP. III. No Ciclo de Calvin, o CO2 atmosférico é incorporado em moléculas orgânicas do cloroplasto. IV. O Ciclo de Calvin necessita indiretamente da luz, pois a produção de açúcar depende do ATP e NADPH produzidos na fase luminosa. Estão corretas: a) Somente I, II e III. b) Somente II, III e IV. c) Somente I, III e IV. d) Somente I, II e IV. e) Todas as afirmativas. Prof. Ionara e Juliana 70
  • 71. 35 - (PUC RJ) A fotossíntese é um processo complexo que ocorre em duas fases: fase luminosa e Ciclo de Calvin. Sobre as duas etapas da fotossíntese, foram feitas as seguintes afirmativas: I. Na fase luminosa, ocorre a conversão da energia solar em energia química. II. Na fase luminosa, ocorre liberação de oxigênio, produção de NADPH e consumo de ATP. III. No Ciclo de Calvin, o CO2 atmosférico é incorporado em moléculas orgânicas do cloroplasto. IV. O Ciclo de Calvin necessita indiretamente da luz, pois a produção de açúcar depende do ATP e NADPH produzidos na fase luminosa. Estão corretas: a) Somente I, II e III. b) Somente II, III e IV. c) Somente I, III e IV. d) Somente I, II e IV. e) Todas as afirmativas. Prof. Ionara e Juliana 71
  • 72. 36 - (UFOP MG) Com relação à fotossíntese, assinale a afirmativa correta. a) A produção de carboidrato ocorrerá independentemente da etapa fotoquímica da fotossíntese, se os cloroplastos forem providos com um suprimento constante de ATP e água. b) Ao se adicionar H218O a uma suspensão de cloroplastos capazes de fazer fotossíntese, a marcação irá aparecer no oxigênio, quando a suspensão for exposta à luz. c) Na fase de escuro, a energia solar captada pela clorofila é utilizada para sintetizar ATP, a partir de ADP e Pi (fosfato inorgânico). d) A membrana tilacóide é a sede das reações do escuro, enquanto no estroma ocorrem as reações de luz da fotossíntese. Prof. Ionara e Juliana 72
  • 73. 36 - (UFOP MG) Com relação à fotossíntese, assinale a afirmativa correta. a) A produção de carboidrato ocorrerá independentemente da etapa fotoquímica da fotossíntese, se os cloroplastos forem providos com um suprimento constante de ATP e água. b) Ao se adicionar H218O a uma suspensão de cloroplastos capazes de fazer fotossíntese, a marcação irá aparecer no oxigênio, quando a suspensão for exposta à luz. c) Na fase de escuro, a energia solar captada pela clorofila é utilizada para sintetizar ATP, a partir de ADP e Pi (fosfato inorgânico). d) A membrana tilacóide é a sede das reações do escuro, enquanto no estroma ocorrem as reações de luz da fotossíntese. Prof. Ionara e Juliana 73
  • 74. 37 - (UNESP SP) Leia o texto. Desenvolver novas rotas de produção de combustíveis renováveis como o hidrogênio, tendo como matérias-primas apenas a água e a luz solar, é a meta que tem sido perseguida nos últimos anos pelo professor Stenbjörn Styring e sua equipe na Universidade de Uppsala, na Suécia. Segundo ele, a fotossíntese artificial não é uma mera imitação da natural. “O objetivo é utilizar os mesmos princípios-chave e não apenas copiar as enzimas naturais para a geração de hidrogênio a partir da luz do sol. Utilizamos apenas as mesmas idéias da natureza”, explicou. “Esses princípios-chave, que são muito difíceis de serem replicados, se resumem em retirar os elétrons da água após a absorção da luz solar. Em vez da clorofila, utilizamos, por exemplo, complexos de rutênio. Ligamos as moléculas de rutênio, que absorvem a luz, com os sistemas de manganês que conseguem tirar os elétrons da água”, disse. (Agência FAPESP, 19.02.2009) Os aspectos da fotossíntese artificial destacados no texto são comparáveis, na fotossíntese natural, respectivamente, à a) fotólise da água e ao ciclo de Calvin, durante os quais ocorre incorporação de fósforo, formando ATP. b) b) fotólise da água e ao ciclo de Calvin, com a participação do CO2 na formação de carboidratos. c) c) fotofosforilação e ao ciclo de Calvin, que ocorrem nos tilacoides do cloroplasto. d) d) fotofosforilação e à fotólise da água, que ocorrem nos tilacoides do cloroplasto. e) e) fotofosforilação e à fotólise da água, que ocorrem no estroma do cloroplasto. Prof. Ionara e Juliana 74
  • 75. 37 - (UNESP SP) Leia o texto. Desenvolver novas rotas de produção de combustíveis renováveis como o hidrogênio, tendo como matérias-primas apenas a água e a luz solar, é a meta que tem sido perseguida nos últimos anos pelo professor Stenbjörn Styring e sua equipe na Universidade de Uppsala, na Suécia. Segundo ele, a fotossíntese artificial não é uma mera imitação da natural. “O objetivo é utilizar os mesmos princípios-chave e não apenas copiar as enzimas naturais para a geração de hidrogênio a partir da luz do sol. Utilizamos apenas as mesmas idéias da natureza”, explicou. “Esses princípios-chave, que são muito difíceis de serem replicados, se resumem em retirar os elétrons da água após a absorção da luz solar. Em vez da clorofila, utilizamos, por exemplo, complexos de rutênio. Ligamos as moléculas de rutênio, que absorvem a luz, com os sistemas de manganês que conseguem tirar os elétrons da água”, disse. (Agência FAPESP, 19.02.2009) Os aspectos da fotossíntese artificial destacados no texto são comparáveis, na fotossíntese natural, respectivamente, à a) fotólise da água e ao ciclo de Calvin, durante os quais ocorre incorporação de fósforo, formando ATP. b) b) fotólise da água e ao ciclo de Calvin, com a participação do CO2 na formação de carboidratos. c) c) fotofosforilação e ao ciclo de Calvin, que ocorrem nos tilacoides do cloroplasto. d) d) fotofosforilação e à fotólise da água, que ocorrem nos tilacoides do cloroplasto. e) e) fotofosforilação e à fotólise da água, que ocorrem no estroma do cloroplasto. Prof. Ionara e Juliana 75
  • 76. 38 - (UFU MG) A fotossíntese é um processo de uso de energia luminosa pelas plantas para produzir os compostos ricos em energia, visando manter seu metabolismo. Sobre esse processo, é correto afirmar que: a) as reações de escuro envolvem a fixação de carbono num ciclo químico complexo, chamado de ciclo de Calvin, que ocorre no citosol, mediado por enzimas produzidas pelo núcleo da célula. b) os estômatos são responsáveis pelo controle do processo fotossintético, retendo em suas células−guarda as enzimas necessárias para as reações de claro. c) os diferentes tipos de clorofila são os únicos pigmentos associados à absorção de luz no processo fotossintético. d) a etapa fotoquímica ou reações de claro ocorrem nos tilacóides dos cloroplastos, liberando oxigênio resultante da fotólise da água e produzindo NADPH e ATP. Prof. Ionara e Juliana 76
  • 77. 38 - (UFU MG) A fotossíntese é um processo de uso de energia luminosa pelas plantas para produzir os compostos ricos em energia, visando manter seu metabolismo. Sobre esse processo, é correto afirmar que: a) as reações de escuro envolvem a fixação de carbono num ciclo químico complexo, chamado de ciclo de Calvin, que ocorre no citosol, mediado por enzimas produzidas pelo núcleo da célula. b) os estômatos são responsáveis pelo controle do processo fotossintético, retendo em suas células−guarda as enzimas necessárias para as reações de claro. c) os diferentes tipos de clorofila são os únicos pigmentos associados à absorção de luz no processo fotossintético. d) a etapa fotoquímica ou reações de claro ocorrem nos tilacóides dos cloroplastos, liberando oxigênio resultante da fotólise da água e produzindo NADPH e ATP. Prof. Ionara e Juliana 77
  • 78. 39 - (FMJ SP) Observe a lista de eventos que ocorrem durante a fotossíntese e a figura que representa uma parte de um cloroplasto. I. liberação de O2 II. redução do CO2 III. fotofosforilação: ADP ATP IV. produção de (CH2O)n V. redução do NADP NADPH2 (S. Linhares e F. Gewanndsznajder, Biologia Hoje, Ática, 1992) A seta indica a estrutura na qual ocorrem apenas os eventos a) I, III e V. b) II, III e IV. c) I, II e III. d) I, II e V. e) III, IV e V. Prof. Ionara e Juliana 78
  • 79. 39 - (FMJ SP) Observe a lista de eventos que ocorrem durante a fotossíntese e a figura que representa uma parte de um cloroplasto. I. liberação de O2 II. redução do CO2 III. fotofosforilação: ADP ATP IV. produção de (CH2O)n V. redução do NADP NADPH2 (S. Linhares e F. Gewanndsznajder, Biologia Hoje, Ática, 1992) A seta indica a estrutura na qual ocorrem apenas os eventos a) I, III e V. b) II, III e IV. c) I, II e III. d) I, II e V. e) III, IV e V. Prof. Ionara e Juliana 79
  • 80. 40 - (UERJ) No esquema abaixo, estão representadas as duas etapas finais do processo fermentativo em células musculares quando submetidas a condições de baixa disponibilidade de oxigênio. Considere agora o processo fermentativo do fungo Saccharomyces cerevisiae, ou levedo de cerveja. Neste processo, no lugar do lactato, a substância final formada será: a) etanol b) glicose c) glicerol d) sacarose Prof. Ionara e Juliana 80
  • 81. 40 - (UERJ) No esquema abaixo, estão representadas as duas etapas finais do processo fermentativo em células musculares quando submetidas a condições de baixa disponibilidade de oxigênio. Considere agora o processo fermentativo do fungo Saccharomyces cerevisiae, ou levedo de cerveja. Neste processo, no lugar do lactato, a substância final formada será: a) etanol b) glicose c) glicerol d) sacarose Prof. Ionara e Juliana 81