SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
A HISTÓRIA E AS FASES DO CAPITALISMO: DO 
MERCANTILISMO AO NEOLIBERALISMO 
CAPITALISMO 
Origens, 
caracterísitcas 
Século XV 
Renascimento 
1. Mercantil 
2. Revoluções 
(industriais) 
Político: 
John Locke 
Econômico: 
A. Smith 
LIBERALISMO 3. Tecnológico 
WELFARE STATE John M. Keynes 
Estado de 
Bem-Estar Social – 
Europa 
New Deal 
EUA 
VELHA ORDEM 
MUNDIAL – 
BIPOLARIDADE NEOLIBERALISMO 
Friedrich W. 
Hayek 
No Brasil Collor de Mello FHC II Lula 
EUA EM GUERRA: 
Nova crise do 
capitalismo 
Unipolaridade 
militar 
Consenso de 
Washington 
Guerra contra o 
Iraque 
Multipolaridade 
Econômica: Europa 
China
Sistema Capitalista: V século de história 
Séc. XV-XVI 
Renascimento: 
Tecnologia: bússula 
e pólvora 
Navegações – 
“descobrimento de 
“novos” mundos 
Mercantilismo – troca 
de produtos 
Enriquecimento 
da classe burguesa 
Formação dos 
Estado Nacionais 
Do absolutismo 
ao liberalismo 
1689 – Revolução 
Gloriosa (Inglaterra) 
Século XVIII – 
Iluminismo (razão 
instrumental) 
1776 – Emancipação 
Política dos EUA 
1789 – Revolução 
Francesa 
Século XIX – Rev. 
Industrial (1850) 
Burguesia (DMP) x 
Proletariado (trabalhadores) 
Terra, indústria 
riqueza 
Força de trabalho
Capitalismo 
comercial 
Capitalismo 
industrial 
Capitalismo 
financeiro 
Séc. XV- Séc. XVIII Sé. XIX - 1914 1945 
Revolução 
Industrial 
Guerras 
Mundiais 
Expansão 
colonial 
Imperialismo 
Europeu 
Descolonização 
Colônia de exploração 
Colônias de povoamento 
Congresso de Berlim 
Partilha da África e da Ásia 
Neocolonialismo 
Neo imperialismo
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL 
Primeira Revolução 
Século XVIII 
Inglaterra 
Indústria têxtil 
Combustível (carvão) 
Máquina à vapor 
Segunda Revolução 
Séc. XIX 
Inglaterra, França, 
Alemanha, Itália, 
Bélgica, 
EUA e Japão 
Petróleo e Siderúrgica 
Fordismo e o taylorismo 
Terceira Revolução 
Pós – II Guerra Mundial 
Guerra-Fria 
(EUA X URSS) 
transnacionais 
Tecnologia de Ponta 
(eletrônica 
Aviação) 
Quarta Revolução 
1990-2003 
Unipolarismo 
Político-militar dos EUA 
Multipolarismo comercial: 
China, Europa… 
Globalização neoliberal 
Informática e genética 
Internet, especulação, 
Capitalismo de cassino
Séc. XVII LIBERALISMO CLÁSSICO 
Origens 
John Locke 
Teoria clássica de sustentação do sistema capitalista 
Inglaterra 
Livre associação 
Defesa dos 
Direitos Naturais: 
vida 
Propriedade 
Liberdade 
Conceito 
Teóricos Adam Smith 
Poder legal 
do Estado 
Livre-iniciativa 
Lei da oferta 
e da procura 
Livre-concorrência 
Estado mínimo 
Político Econômico 
Lucro 
Laissez-faire
VELHA ORDEM MUNDIAL – 1945-1989 – A era do ouro do capitalismo 
1945- 1970 
1929 – Quebra da bolsa 
de valores de NY 
Fim da II Guerra 
Mundial 
Crise do capitalismo 
liberal 
Capitalismo monopolista 
nacional – 1870 - 1945 
Velha Ordem 
Mundial 
State – teoria de 
EUA URSS 
Mundo Bipolar 
Welfare 
Origens: 1942 – Relatório 
BENVERIDGE - Inglaterra 
Keynes O Estado intervém 
CAPITALISTA SOCIALISTA 
Guerra-Fria 
Corrida 
armamentista 
New Deal - Roosevelt 
Exploração 
do 3ë Mundo 
Propaganda 
ideológica 
Estado 
planificador 
Estado 
interventor 
Militarismo 
na economia 
Economia - 
infra-estrutura: 
siderurgia, 
energia, transporte, 
comunicação.. 
Relações Sociais: 
saúde, educação, 
pleno emprego, 
CLT, previdência, 
auxílio funeral.. 
Programa de 
distribuição de renda 
Educação 
Seguro 
Nacional 
Saúde 
Modelo de produção: 
fordista
Modelo fordista de produção
VELHA ORDEM MUNDIAL – 1945-1989 
PERÍODO HISTÓRICO 1970 
Crise do Welfare State 
Crise do petróleo: 
1973, 75, 79 
Guerra do Vietnã 
Crise do capitalismo 
1989 
Queda do 
Muro de Berlim 
Fim do regime 
Socialista de Estado 
1980 
Neoliberalismo: 
Re-estruturação 
do capitalismo 
Teoria de Hayek – obra: 
O caminho da servidão 
Crítica teórica 
ao Estado Keynesiano 
Destruir os sindicatos 
Tecnicismo 
– Toyotismo - desemprego 
Corte dos gastos sociais 
Implementação: 
- Chile 73 
- Inglaterra 79 
- EUA 1980 
1990-2001: 
Hegemonia dos EUA 
Unipolarismo militar 
Blocos econômicos Multilateralismo econômico 
NAFTA União Européia Mercosul Tigres asiáticos
NEOLIBERALISMO 
1989 
Consenso de 
Washington 
1990 1992 
Nova re-estruturação 
do capitalismo 
Rigoroso esforço 
de equilíbrio fiscal 
Programa de reformas 
administrativas, 
previdenciárias e fiscais 
Desonerar 
fiscalmente o capital 
Corte violento 
no gasto público 
Flexibilização 
das relações de trabalho 
Abertura de mercado 
Desmonte radical 
do modelo anterior 
(Estado interventor 
Neoliberalismo 
no Brasil 
Collor de Mello o 
“Salvador da Pátria” 
Surpreendente 
reforma do Estado 
Reforma Constitucional 
Desregulamentação 
econômica 
Negociações 
com o FMI 
Planificação econômica 
– controle da inflação
FHC -1995-1998 
1992-94 
Impeachment 
Collor 
Voltado para a 
política interna 
Assume o vice-presidente 
Itamar Franco 
Lema do PSDB: Somente internacionalizando 
Nacionalismo FHC – ministro das 
relações internacionais 
Ministro da Fazenda 
Plano real: estabilização 
Monetária (07-94) 
Câmbio artificial 
Defasagem da 
balança comercial 
Aumento do consumo: 
Loja de 1,99 
o Brasil é que seremos nacionais 
Contenção da inflação 
Aumento da 
dívida externa 
Propaganda: 
galinha, iogurte, dentadura 
FHC - Vitória nas 
eleições 1994 
Continuidade das 
reformas neoliberais 
Abertura de Mercado 
Privatizações 
Abuso das Medidas Provisórias 
FHC promulgou 5299 MP
FHC 1998 – 2002 
Re-eleição de FHC 
Desvalorização do 
real 15/01/1999 
Terceirização 
Ajuste fiscal- Equilíbrio 
nas contas públicas 
– cortes no orçamento 
Privatizações: 
continuidade… 
Crescimento econômico 
pífio – 2,2% média 
Flexibilização dos 
contratos de trabalho 
Aumento dos juros 
Desemprego 
Abertura comercial 
Desregulamentação 
da economia: liberdade 
ao capital 
2 minutos é uma 
aplicação de longo 
prazo para os 
investidores 
O capital não 
têm pátria, 
mas têm moradia
PT 1980: 
origens, 
doutrinas, programas 
Trabalhadores, 
metalúrgicos, funcionários 
públicos, intelectuais 
Luta contra a burguesia, 
o capital, o mercado 
Favorável à Reforma Agrária 
Luta pelos direitos 
dos trabalhadores 
Sonho da revolução/ruptura 
Ruptura com as instituições 
internacionais: FMI. 
Lula fundador 
e figura carismática 
do partido 
De líder metalúrgico 
– parlamentar - Presidente 
Participação nas eleições 
de 1989, 1994, 1998 até 
a vitória em 2002 
Mudança no discurso: 
da esquerda para 
o centro/direita? 
Aliança com setores 
tradicionais da política: 
PMDB, PTB, PL 
Aliança com a mídia 
conservadora nacional 
Eleições 2002: 
Lula candidato 
Assustou o mercado 
Especulação 
financeira 
Queda da bolsa 
de valores 
Risco Brasil 
foi às nuvens 
Lula compromete-se 
Com o FMI; cumprirá 
os contratos 
Lula “ligth”, 
lulinha “paz e amor”
Vitória esmagadora 
nas eleições 
61,27% dos votos = 
52.793.364 
Continuidade do modelo 
político econômico 
anterior 
Cumprimento 
dos contratos 
Lula Paz e amor 
veio para ficar 
Pagamento em dia 
das dívidas: 
10 bilhões por mês 
Autonomia do 
Banco Central 
Manutenção da taxa 
de juros em 26,5% 
GOVERNO LULA 
2003-2006 
Reforma Agrária 
e Reforma da Educação 
– não estão sendo 
implementadas 
Aumento do desemprego: 
5 maiores regiões metropolitanas 
do país 474 novos 
desempregados (2,6 milhões) 
Lula está devendo 
mais 1,04 milhões 
de empregos 
Reformas compensatórias: 
desvirtuar as 
reformas estruturais 
“silêncio e apagamento” 
dos Movimentos sociais 
Tensões com os “radicais” 
Corte no orçamento 4,25% 
do PIB - 25 bilhões foram retidos 
dos gastos orçamentários do 
governo p e redirecionados para 
pagar juros 
Reforma do Estado 
a toque de caixa 
– sem discussão com 
a sociedade civil

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrial
joana71
 
Aula liberalismo
Aula liberalismoAula liberalismo
Aula liberalismo
Over Lane
 
Revolução industrial slide
Revolução industrial slideRevolução industrial slide
Revolução industrial slide
Hary Duarte
 
As revoluções industriais
As revoluções industriaisAs revoluções industriais
As revoluções industriais
vdailce
 
Historia Iluminismo 8ano
Historia Iluminismo 8anoHistoria Iluminismo 8ano
Historia Iluminismo 8ano
Leonardo Caputo
 

Mais procurados (20)

Movimentos sociais
Movimentos sociaisMovimentos sociais
Movimentos sociais
 
Capitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evoluçãoCapitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evolução
 
Liberalismo, neoliberalismo e globalização
Liberalismo, neoliberalismo e globalizaçãoLiberalismo, neoliberalismo e globalização
Liberalismo, neoliberalismo e globalização
 
Os modos de produção
Os modos de produçãoOs modos de produção
Os modos de produção
 
Aula Sobre Capitalismo
Aula Sobre CapitalismoAula Sobre Capitalismo
Aula Sobre Capitalismo
 
Movimentos sociais
Movimentos sociaisMovimentos sociais
Movimentos sociais
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrial
 
Aula liberalismo
Aula liberalismoAula liberalismo
Aula liberalismo
 
3º ano - Revolução Russa 1917
3º ano - Revolução Russa 19173º ano - Revolução Russa 1917
3º ano - Revolução Russa 1917
 
Revolução industrial slide
Revolução industrial slideRevolução industrial slide
Revolução industrial slide
 
Urbanização brasileira
Urbanização brasileiraUrbanização brasileira
Urbanização brasileira
 
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
REVOLUÇÃO INDUSTRIALREVOLUÇÃO INDUSTRIAL
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
 
As revoluções industriais
As revoluções industriaisAs revoluções industriais
As revoluções industriais
 
Ditadura militar
Ditadura militarDitadura militar
Ditadura militar
 
Taylorismo, Fordismo e Toyotismo
Taylorismo, Fordismo e Toyotismo Taylorismo, Fordismo e Toyotismo
Taylorismo, Fordismo e Toyotismo
 
Séc xix o mundo em transformação - socialismo - liberalismo
Séc xix   o mundo em transformação - socialismo - liberalismoSéc xix   o mundo em transformação - socialismo - liberalismo
Séc xix o mundo em transformação - socialismo - liberalismo
 
Historia Iluminismo 8ano
Historia Iluminismo 8anoHistoria Iluminismo 8ano
Historia Iluminismo 8ano
 
Culturas jovens
Culturas jovensCulturas jovens
Culturas jovens
 
O neoliberalismo
O neoliberalismoO neoliberalismo
O neoliberalismo
 

Destaque

Mercantilismo reforma - teóricos absolutistas
Mercantilismo   reforma - teóricos absolutistasMercantilismo   reforma - teóricos absolutistas
Mercantilismo reforma - teóricos absolutistas
Auxiliadora
 
Capitalismo global jeffry a. frieden
Capitalismo global   jeffry a. friedenCapitalismo global   jeffry a. frieden
Capitalismo global jeffry a. frieden
fernelio
 
Ativ. regionalização do mundo
Ativ.   regionalização do mundoAtiv.   regionalização do mundo
Ativ. regionalização do mundo
Roseny90
 
éTica protestante e espirito do capitalismo
éTica protestante e espirito do capitalismoéTica protestante e espirito do capitalismo
éTica protestante e espirito do capitalismo
mssguimaraes
 
Es
EsEs
Es
fi94
 
10 hans morgenthau
10  hans morgenthau10  hans morgenthau
10 hans morgenthau
Rafael Pons
 

Destaque (20)

Capitalismo
CapitalismoCapitalismo
Capitalismo
 
Capitalismo e a crise na europa
Capitalismo e a crise na europaCapitalismo e a crise na europa
Capitalismo e a crise na europa
 
A Formação do Capitalismo Global e a Economia Política do Império Americano
A Formação do Capitalismo Global e a Economia Política do Império AmericanoA Formação do Capitalismo Global e a Economia Política do Império Americano
A Formação do Capitalismo Global e a Economia Política do Império Americano
 
Mercantilismo reforma - teóricos absolutistas
Mercantilismo   reforma - teóricos absolutistasMercantilismo   reforma - teóricos absolutistas
Mercantilismo reforma - teóricos absolutistas
 
TRABALHO DE NEOLIBERALISMO
TRABALHO DE NEOLIBERALISMOTRABALHO DE NEOLIBERALISMO
TRABALHO DE NEOLIBERALISMO
 
Capitalismo global jeffry a. frieden
Capitalismo global   jeffry a. friedenCapitalismo global   jeffry a. frieden
Capitalismo global jeffry a. frieden
 
Ativ. regionalização do mundo
Ativ.   regionalização do mundoAtiv.   regionalização do mundo
Ativ. regionalização do mundo
 
éTica protestante e espirito do capitalismo
éTica protestante e espirito do capitalismoéTica protestante e espirito do capitalismo
éTica protestante e espirito do capitalismo
 
pre-capitalismo
pre-capitalismopre-capitalismo
pre-capitalismo
 
Os desafios da administração no sistema capitalista
Os desafios da administração no sistema capitalistaOs desafios da administração no sistema capitalista
Os desafios da administração no sistema capitalista
 
Es
EsEs
Es
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
Regionalização Mundial por Desenvolvimento (IDH)
Regionalização Mundial por Desenvolvimento (IDH)Regionalização Mundial por Desenvolvimento (IDH)
Regionalização Mundial por Desenvolvimento (IDH)
 
10 hans morgenthau
10  hans morgenthau10  hans morgenthau
10 hans morgenthau
 
Capitalismo
CapitalismoCapitalismo
Capitalismo
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Comércio mundial
Comércio  mundialComércio  mundial
Comércio mundial
 
Capitalismo terceirao13_parte1
Capitalismo terceirao13_parte1Capitalismo terceirao13_parte1
Capitalismo terceirao13_parte1
 
LIVRO CAPITALISMO PARA PRINCIPIANTES -
LIVRO CAPITALISMO PARA PRINCIPIANTES -  LIVRO CAPITALISMO PARA PRINCIPIANTES -
LIVRO CAPITALISMO PARA PRINCIPIANTES -
 
ABSOLUTISMO E MERCANTILISMO
ABSOLUTISMO E MERCANTILISMOABSOLUTISMO E MERCANTILISMO
ABSOLUTISMO E MERCANTILISMO
 

Semelhante a A historia e as fases do capitalismo do mercantilismo ao neoliberalismo

Transf mundocontemp
Transf mundocontempTransf mundocontemp
Transf mundocontemp
Teresa Maia
 
RevoluçãO Industrial Teorias Sociais E RevoluçãO Francesa
RevoluçãO Industrial Teorias Sociais E RevoluçãO FrancesaRevoluçãO Industrial Teorias Sociais E RevoluçãO Francesa
RevoluçãO Industrial Teorias Sociais E RevoluçãO Francesa
secretaria estadual de educação
 
Iluminismo, Revolução Industrial e Revolução Francesa
Iluminismo, Revolução Industrial e Revolução FrancesaIluminismo, Revolução Industrial e Revolução Francesa
Iluminismo, Revolução Industrial e Revolução Francesa
Carlos Glufke
 
Ilumijsdifixicvhuxchvucx
IlumijsdifixicvhuxchvucxIlumijsdifixicvhuxchvucx
Ilumijsdifixicvhuxchvucx
joaotavares
 
As transformações-do-mundo-contemporâneo
As transformações-do-mundo-contemporâneoAs transformações-do-mundo-contemporâneo
As transformações-do-mundo-contemporâneo
anjovago
 
Capitalismo e socialismo_
Capitalismo e socialismo_Capitalismo e socialismo_
Capitalismo e socialismo_
Lucas pk'
 
01 capitalismo%20e%20 socialismo%20
01 capitalismo%20e%20 socialismo%2001 capitalismo%20e%20 socialismo%20
01 capitalismo%20e%20 socialismo%20
AVP90
 
01 capitalismo%20e%20 socialismo%20
01 capitalismo%20e%20 socialismo%2001 capitalismo%20e%20 socialismo%20
01 capitalismo%20e%20 socialismo%20
AVP90
 
Nova ordem mundial-Neoliberalismo-Globalização-IDH
Nova ordem mundial-Neoliberalismo-Globalização-IDHNova ordem mundial-Neoliberalismo-Globalização-IDH
Nova ordem mundial-Neoliberalismo-Globalização-IDH
Vitor Pereira Rodrigues
 

Semelhante a A historia e as fases do capitalismo do mercantilismo ao neoliberalismo (20)

Atualidades
AtualidadesAtualidades
Atualidades
 
Transf mundocontemp
Transf mundocontempTransf mundocontemp
Transf mundocontemp
 
RevoluçãO Industrial Teorias Sociais E RevoluçãO Francesa
RevoluçãO Industrial Teorias Sociais E RevoluçãO FrancesaRevoluçãO Industrial Teorias Sociais E RevoluçãO Francesa
RevoluçãO Industrial Teorias Sociais E RevoluçãO Francesa
 
Iluminismo, Revolução Industrial e Revolução Francesa
Iluminismo, Revolução Industrial e Revolução FrancesaIluminismo, Revolução Industrial e Revolução Francesa
Iluminismo, Revolução Industrial e Revolução Francesa
 
Ilumijsdifixicvhuxchvucx
IlumijsdifixicvhuxchvucxIlumijsdifixicvhuxchvucx
Ilumijsdifixicvhuxchvucx
 
As transformações-do-mundo-contemporâneo
As transformações-do-mundo-contemporâneoAs transformações-do-mundo-contemporâneo
As transformações-do-mundo-contemporâneo
 
Unidade 2 oitavo ano
Unidade 2   oitavo anoUnidade 2   oitavo ano
Unidade 2 oitavo ano
 
Socialismo - Social Democracia - Keynisianismo - 2ano - Ensino Médio - Ciên...
Socialismo -  Social Democracia - Keynisianismo -  2ano - Ensino Médio - Ciên...Socialismo -  Social Democracia - Keynisianismo -  2ano - Ensino Médio - Ciên...
Socialismo - Social Democracia - Keynisianismo - 2ano - Ensino Médio - Ciên...
 
Nova ordem mundial
Nova ordem mundialNova ordem mundial
Nova ordem mundial
 
Capitalismo e socialismo_
Capitalismo e socialismo_Capitalismo e socialismo_
Capitalismo e socialismo_
 
Capitalismo e Socialismo - Geografia
Capitalismo e Socialismo - GeografiaCapitalismo e Socialismo - Geografia
Capitalismo e Socialismo - Geografia
 
01 capitalismo%20e%20 socialismo%20
01 capitalismo%20e%20 socialismo%2001 capitalismo%20e%20 socialismo%20
01 capitalismo%20e%20 socialismo%20
 
01 capitalismo%20e%20 socialismo%20
01 capitalismo%20e%20 socialismo%2001 capitalismo%20e%20 socialismo%20
01 capitalismo%20e%20 socialismo%20
 
Aula 1 enviar_alunos
Aula 1 enviar_alunosAula 1 enviar_alunos
Aula 1 enviar_alunos
 
Nova ordem mundial-Neoliberalismo-Globalização-IDH
Nova ordem mundial-Neoliberalismo-Globalização-IDHNova ordem mundial-Neoliberalismo-Globalização-IDH
Nova ordem mundial-Neoliberalismo-Globalização-IDH
 
O fracasso do neoliberalismo no mundo
O fracasso do neoliberalismo no mundoO fracasso do neoliberalismo no mundo
O fracasso do neoliberalismo no mundo
 
Ordem mundial
Ordem mundialOrdem mundial
Ordem mundial
 
Guerra fria II
Guerra fria IIGuerra fria II
Guerra fria II
 
Desenvolvimento do Capitalismo e a Ordem internacional
Desenvolvimento do Capitalismo e a Ordem internacionalDesenvolvimento do Capitalismo e a Ordem internacional
Desenvolvimento do Capitalismo e a Ordem internacional
 
Fases do Capitalismo.pdf
Fases do Capitalismo.pdfFases do Capitalismo.pdf
Fases do Capitalismo.pdf
 

Mais de N C

Diretrizes. educação em direitos humanos
Diretrizes. educação em direitos humanosDiretrizes. educação em direitos humanos
Diretrizes. educação em direitos humanos
N C
 
Direitos humanos
Direitos humanosDireitos humanos
Direitos humanos
N C
 
introducao ao direito
introducao ao direitointroducao ao direito
introducao ao direito
N C
 
Transporte publico em belém -Unama -turma: 3ssn1
Transporte publico em belém -Unama -turma: 3ssn1Transporte publico em belém -Unama -turma: 3ssn1
Transporte publico em belém -Unama -turma: 3ssn1
N C
 
jusnaturalismo e contraltualismo-unama
 jusnaturalismo e contraltualismo-unama jusnaturalismo e contraltualismo-unama
jusnaturalismo e contraltualismo-unama
N C
 
Análise institucional
Análise institucionalAnálise institucional
Análise institucional
N C
 

Mais de N C (7)

metodologia academica
 metodologia academica metodologia academica
metodologia academica
 
Diretrizes. educação em direitos humanos
Diretrizes. educação em direitos humanosDiretrizes. educação em direitos humanos
Diretrizes. educação em direitos humanos
 
Direitos humanos
Direitos humanosDireitos humanos
Direitos humanos
 
introducao ao direito
introducao ao direitointroducao ao direito
introducao ao direito
 
Transporte publico em belém -Unama -turma: 3ssn1
Transporte publico em belém -Unama -turma: 3ssn1Transporte publico em belém -Unama -turma: 3ssn1
Transporte publico em belém -Unama -turma: 3ssn1
 
jusnaturalismo e contraltualismo-unama
 jusnaturalismo e contraltualismo-unama jusnaturalismo e contraltualismo-unama
jusnaturalismo e contraltualismo-unama
 
Análise institucional
Análise institucionalAnálise institucional
Análise institucional
 

A historia e as fases do capitalismo do mercantilismo ao neoliberalismo

  • 1. A HISTÓRIA E AS FASES DO CAPITALISMO: DO MERCANTILISMO AO NEOLIBERALISMO CAPITALISMO Origens, caracterísitcas Século XV Renascimento 1. Mercantil 2. Revoluções (industriais) Político: John Locke Econômico: A. Smith LIBERALISMO 3. Tecnológico WELFARE STATE John M. Keynes Estado de Bem-Estar Social – Europa New Deal EUA VELHA ORDEM MUNDIAL – BIPOLARIDADE NEOLIBERALISMO Friedrich W. Hayek No Brasil Collor de Mello FHC II Lula EUA EM GUERRA: Nova crise do capitalismo Unipolaridade militar Consenso de Washington Guerra contra o Iraque Multipolaridade Econômica: Europa China
  • 2. Sistema Capitalista: V século de história Séc. XV-XVI Renascimento: Tecnologia: bússula e pólvora Navegações – “descobrimento de “novos” mundos Mercantilismo – troca de produtos Enriquecimento da classe burguesa Formação dos Estado Nacionais Do absolutismo ao liberalismo 1689 – Revolução Gloriosa (Inglaterra) Século XVIII – Iluminismo (razão instrumental) 1776 – Emancipação Política dos EUA 1789 – Revolução Francesa Século XIX – Rev. Industrial (1850) Burguesia (DMP) x Proletariado (trabalhadores) Terra, indústria riqueza Força de trabalho
  • 3. Capitalismo comercial Capitalismo industrial Capitalismo financeiro Séc. XV- Séc. XVIII Sé. XIX - 1914 1945 Revolução Industrial Guerras Mundiais Expansão colonial Imperialismo Europeu Descolonização Colônia de exploração Colônias de povoamento Congresso de Berlim Partilha da África e da Ásia Neocolonialismo Neo imperialismo
  • 4. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL Primeira Revolução Século XVIII Inglaterra Indústria têxtil Combustível (carvão) Máquina à vapor Segunda Revolução Séc. XIX Inglaterra, França, Alemanha, Itália, Bélgica, EUA e Japão Petróleo e Siderúrgica Fordismo e o taylorismo Terceira Revolução Pós – II Guerra Mundial Guerra-Fria (EUA X URSS) transnacionais Tecnologia de Ponta (eletrônica Aviação) Quarta Revolução 1990-2003 Unipolarismo Político-militar dos EUA Multipolarismo comercial: China, Europa… Globalização neoliberal Informática e genética Internet, especulação, Capitalismo de cassino
  • 5. Séc. XVII LIBERALISMO CLÁSSICO Origens John Locke Teoria clássica de sustentação do sistema capitalista Inglaterra Livre associação Defesa dos Direitos Naturais: vida Propriedade Liberdade Conceito Teóricos Adam Smith Poder legal do Estado Livre-iniciativa Lei da oferta e da procura Livre-concorrência Estado mínimo Político Econômico Lucro Laissez-faire
  • 6. VELHA ORDEM MUNDIAL – 1945-1989 – A era do ouro do capitalismo 1945- 1970 1929 – Quebra da bolsa de valores de NY Fim da II Guerra Mundial Crise do capitalismo liberal Capitalismo monopolista nacional – 1870 - 1945 Velha Ordem Mundial State – teoria de EUA URSS Mundo Bipolar Welfare Origens: 1942 – Relatório BENVERIDGE - Inglaterra Keynes O Estado intervém CAPITALISTA SOCIALISTA Guerra-Fria Corrida armamentista New Deal - Roosevelt Exploração do 3ë Mundo Propaganda ideológica Estado planificador Estado interventor Militarismo na economia Economia - infra-estrutura: siderurgia, energia, transporte, comunicação.. Relações Sociais: saúde, educação, pleno emprego, CLT, previdência, auxílio funeral.. Programa de distribuição de renda Educação Seguro Nacional Saúde Modelo de produção: fordista
  • 7. Modelo fordista de produção
  • 8. VELHA ORDEM MUNDIAL – 1945-1989 PERÍODO HISTÓRICO 1970 Crise do Welfare State Crise do petróleo: 1973, 75, 79 Guerra do Vietnã Crise do capitalismo 1989 Queda do Muro de Berlim Fim do regime Socialista de Estado 1980 Neoliberalismo: Re-estruturação do capitalismo Teoria de Hayek – obra: O caminho da servidão Crítica teórica ao Estado Keynesiano Destruir os sindicatos Tecnicismo – Toyotismo - desemprego Corte dos gastos sociais Implementação: - Chile 73 - Inglaterra 79 - EUA 1980 1990-2001: Hegemonia dos EUA Unipolarismo militar Blocos econômicos Multilateralismo econômico NAFTA União Européia Mercosul Tigres asiáticos
  • 9. NEOLIBERALISMO 1989 Consenso de Washington 1990 1992 Nova re-estruturação do capitalismo Rigoroso esforço de equilíbrio fiscal Programa de reformas administrativas, previdenciárias e fiscais Desonerar fiscalmente o capital Corte violento no gasto público Flexibilização das relações de trabalho Abertura de mercado Desmonte radical do modelo anterior (Estado interventor Neoliberalismo no Brasil Collor de Mello o “Salvador da Pátria” Surpreendente reforma do Estado Reforma Constitucional Desregulamentação econômica Negociações com o FMI Planificação econômica – controle da inflação
  • 10. FHC -1995-1998 1992-94 Impeachment Collor Voltado para a política interna Assume o vice-presidente Itamar Franco Lema do PSDB: Somente internacionalizando Nacionalismo FHC – ministro das relações internacionais Ministro da Fazenda Plano real: estabilização Monetária (07-94) Câmbio artificial Defasagem da balança comercial Aumento do consumo: Loja de 1,99 o Brasil é que seremos nacionais Contenção da inflação Aumento da dívida externa Propaganda: galinha, iogurte, dentadura FHC - Vitória nas eleições 1994 Continuidade das reformas neoliberais Abertura de Mercado Privatizações Abuso das Medidas Provisórias FHC promulgou 5299 MP
  • 11. FHC 1998 – 2002 Re-eleição de FHC Desvalorização do real 15/01/1999 Terceirização Ajuste fiscal- Equilíbrio nas contas públicas – cortes no orçamento Privatizações: continuidade… Crescimento econômico pífio – 2,2% média Flexibilização dos contratos de trabalho Aumento dos juros Desemprego Abertura comercial Desregulamentação da economia: liberdade ao capital 2 minutos é uma aplicação de longo prazo para os investidores O capital não têm pátria, mas têm moradia
  • 12. PT 1980: origens, doutrinas, programas Trabalhadores, metalúrgicos, funcionários públicos, intelectuais Luta contra a burguesia, o capital, o mercado Favorável à Reforma Agrária Luta pelos direitos dos trabalhadores Sonho da revolução/ruptura Ruptura com as instituições internacionais: FMI. Lula fundador e figura carismática do partido De líder metalúrgico – parlamentar - Presidente Participação nas eleições de 1989, 1994, 1998 até a vitória em 2002 Mudança no discurso: da esquerda para o centro/direita? Aliança com setores tradicionais da política: PMDB, PTB, PL Aliança com a mídia conservadora nacional Eleições 2002: Lula candidato Assustou o mercado Especulação financeira Queda da bolsa de valores Risco Brasil foi às nuvens Lula compromete-se Com o FMI; cumprirá os contratos Lula “ligth”, lulinha “paz e amor”
  • 13. Vitória esmagadora nas eleições 61,27% dos votos = 52.793.364 Continuidade do modelo político econômico anterior Cumprimento dos contratos Lula Paz e amor veio para ficar Pagamento em dia das dívidas: 10 bilhões por mês Autonomia do Banco Central Manutenção da taxa de juros em 26,5% GOVERNO LULA 2003-2006 Reforma Agrária e Reforma da Educação – não estão sendo implementadas Aumento do desemprego: 5 maiores regiões metropolitanas do país 474 novos desempregados (2,6 milhões) Lula está devendo mais 1,04 milhões de empregos Reformas compensatórias: desvirtuar as reformas estruturais “silêncio e apagamento” dos Movimentos sociais Tensões com os “radicais” Corte no orçamento 4,25% do PIB - 25 bilhões foram retidos dos gastos orçamentários do governo p e redirecionados para pagar juros Reforma do Estado a toque de caixa – sem discussão com a sociedade civil