As Transformações do Mundo Contemporâneo Do pós 2ª Guerra Mundial aos desafios do nosso tempo
AS TRANSFORMAÇÕES DO MUNDO CONTEMPORÂNEO MUNDO BIPOLAR MUNDO CAPITALISTA MUNDO   COMUNISTA Hegemonia dos  EUA Recuperação ...
O DINAMISMO ECONÓMICO DOS PAÍSES CAPITALISTAS EUA – 1ª POTÊNCIA CAPITALISTA DO MUNDO – p. 158 e 166 <ul><li>Sociedade de c...
O MUNDO COMUNISTA – Extensão da influência soviética <ul><li>Ideal igualitário: sociedade sem classes </li></ul><ul><li>Pr...
<ul><li>Afrontamento </li></ul><ul><li>Tensão </li></ul><ul><li>Desconfiança </li></ul><ul><li>Intervenção em conflitos lo...
FIM DA GUERRA FRIA E DO MODELO SOVIÉTICO – P.170-173
AFIRMAÇÃO DE NOVAS POTÊNCIAS <ul><li>1945-51: Administração do general MacArthur </li></ul><ul><li>1951: Democracia libera...
O DIÁLOGO NORTE-SUL E A DEFESA DA PAZ – P.176-177 <ul><li>Década de 70: início do  diálogo Norte-Sul  – encontros internac...
OS PÓLOS DO DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO
PERMENÊNCIA DE FOCOS DE TENSÃO EM REGIÕES PERIFÉRICAS
MUTAÇÕES SÓCIO-POLÍTICAS E NOVO MODELO ECONÓMICO
DIMENSÕES DA CIÊNCIA E DA CULTURA NO CONTEXTO DA GLOBALIZAÇÃO
PORTUGAL – INTEGRAÇÃO EUROPEIA E SUAS IMPLICAÇÕES
PORTUGAL – RELAÇÕES EXTERNAS
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

As transformações-do-mundo-contemporâneo

5.811 visualizações

Publicada em

2 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.811
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
96
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
246
Comentários
2
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

As transformações-do-mundo-contemporâneo

  1. 1. As Transformações do Mundo Contemporâneo Do pós 2ª Guerra Mundial aos desafios do nosso tempo
  2. 2. AS TRANSFORMAÇÕES DO MUNDO CONTEMPORÂNEO MUNDO BIPOLAR MUNDO CAPITALISTA MUNDO COMUNISTA Hegemonia dos EUA Recuperação do Japão Criação da CEE e Expansão da União Europeia Unidade <ul><li>URSS </li></ul><ul><li>Democracias populares </li></ul>Diversidade <ul><li>Jugoslávia (Tito) </li></ul><ul><li>China (Mao Tsé-Tung) </li></ul><ul><li>Cuba (Fidel Castro) </li></ul>Economia de Mercado Economia Planificada Sociedade de Consumo e de bem-estar Após o Estalinismo <ul><li>Alargamento do sector terciário </li></ul><ul><li>Problemas da juventude </li></ul><ul><li>Contestação das minorias (imigrantes, negros) </li></ul><ul><li>Emancipação da mulher </li></ul><ul><li>- Nikita Kruschev (1956-1964) </li></ul><ul><li>Leonid Brejnev (1964-1982) </li></ul><ul><li>Mikhail Gorbachev (1985-1991) </li></ul><ul><ul><li>Perestroika </li></ul></ul><ul><ul><li>Glasnost </li></ul></ul>HEGEMONIA MUNDIAL DOS EUA DESAGREGAÇÃO DO MUNDO SOCIALISTA MUNDO UNIPOLAR Novos países P.158-169 P.170-173 P. 166-168
  3. 3. O DINAMISMO ECONÓMICO DOS PAÍSES CAPITALISTAS EUA – 1ª POTÊNCIA CAPITALISTA DO MUNDO – p. 158 e 166 <ul><li>Sociedade de classes </li></ul><ul><li>Intervenção social do Estado </li></ul><ul><li>Estado-Providência </li></ul><ul><li>(políticas de protecção e segurnça social) </li></ul><ul><li>- Consumismo </li></ul><ul><li>Economia de mercado </li></ul><ul><li>Reforço do sector público e do intervencio- </li></ul><ul><li>nismo estatal </li></ul><ul><li>Crescimento do sector terciário </li></ul><ul><li>Evolução: </li></ul><ul><ul><li>Até 1973: crescimento intenso </li></ul></ul><ul><ul><li>(“Trinta Gloriosos”) </li></ul></ul><ul><ul><li>Após 1973: crescimento mais lento e intercalado (novo ciclo económico) </li></ul></ul><ul><li>Interna </li></ul><ul><li>Multipartidarismo </li></ul><ul><li>Democracia Liberal </li></ul><ul><li>Democracia-Cristã </li></ul><ul><li>Social-Democracia </li></ul><ul><li>Externa </li></ul><ul><li>Liderança dos EUA </li></ul><ul><li>OTAN (NATO) e outras alianças militares. </li></ul>SOCIEDADE ECONOMIA POLÍTICA
  4. 4. O MUNDO COMUNISTA – Extensão da influência soviética <ul><li>Ideal igualitário: sociedade sem classes </li></ul><ul><li>Preponderância social do alto funcionalismo </li></ul><ul><li>Baixo índice de consumo </li></ul><ul><li>Economia estatizada / planificada </li></ul><ul><li>Industrialização – prioridade à indústria pesada </li></ul><ul><li>Atrofia do sector terciário </li></ul><ul><li>Evolução: </li></ul><ul><ul><li>Até à década de 60: crescimento intenso </li></ul></ul><ul><ul><li>Décadas de 70 e 80: deterioração irreversível do sistema económico </li></ul></ul><ul><li>Interna </li></ul><ul><li>Monopartidarismo </li></ul><ul><li>Democracia Popular </li></ul><ul><li>Externa </li></ul><ul><li>Hegemonia soviética; “soberania limitada” na Europa de Leste </li></ul><ul><li>Pacto de Varsóvia e outros acordos político-militares </li></ul>SOCIEDADE ECONOMIA POLÍTICA
  5. 5. <ul><li>Afrontamento </li></ul><ul><li>Tensão </li></ul><ul><li>Desconfiança </li></ul><ul><li>Intervenção em conflitos localizados </li></ul><ul><li>Corrida ao armamento e </li></ul><ul><li>Corrida espacial </li></ul>BLOCO CAPITALISTA / AMERICANO BLOCO COMUNISTA / SOVIÉTICO 1947 GUERRA FRIA 1985
  6. 6. FIM DA GUERRA FRIA E DO MODELO SOVIÉTICO – P.170-173
  7. 7. AFIRMAÇÃO DE NOVAS POTÊNCIAS <ul><li>1945-51: Administração do general MacArthur </li></ul><ul><li>1951: Democracia liberal </li></ul><ul><li>Anos 50-60: “milagre japonês” : apoio americano; mão-de-obra abundante; forte cooperação entre o Estado e as grandes empresas </li></ul><ul><li>Actualmente: 2ª maior economia mundial </li></ul><ul><li>1947-49: Projecto de uma Europa Unida (Jean Monnet e Robert Schumann) </li></ul><ul><li>1944: união aduaneira dos 3 países do Benelux </li></ul><ul><li>1949: fundação do Conselho da Europa </li></ul><ul><li>1951: fundação da CECA (Tratado de Paris) </li></ul><ul><li>1957: fundação da CEE (Tratado de Roma) </li></ul><ul><li>1992: U.E. (alargamento e funcionamento– ver p. 164 , manual) </li></ul><ul><li>Maoísmo: forma particular de marxismo aplicada por Mao Tsé-Tung (liderança revolucionária dos camponeses) </li></ul><ul><li>1958: “Grande salto em frente”: programa de remodelação e fomento económico (fracasso e abandono em 1960) </li></ul><ul><li>1966: “Revolução Cultural” </li></ul><ul><li>1971: Entrada na ONU </li></ul><ul><li>1955: Conferência de Bandung (Indonésia) </li></ul><ul><li>Países reunidos: Índia, Indonésia, Birmânia (actual Myanmar), Ceilão (actual Sri Lanka) e Paquistão. </li></ul><ul><li>Condenação do colonialismo, rejeição da política de blocos, apelo à resolução pacífica dos diferendos internacionais. </li></ul><ul><li>Via política alternativa à bipolarização mundial - P. 174 </li></ul>Emergência de um Terceiro Mundo “não-alinhado” Rejeição do modelo soviético pela CHINA Estreitamento dos laços europeus - CEE Crescimento económico do JAPÃO
  8. 8. O DIÁLOGO NORTE-SUL E A DEFESA DA PAZ – P.176-177 <ul><li>Década de 70: início do diálogo Norte-Sul – encontros internacionais com o objectivo de diminuir o fosso económico entre vários países. </li></ul><ul><li>O Movimento dos Não-alinhados reclama a abertura aos mercados do Norte e à participação nas instituições monetárias e financeiras mundiais (FMI, Banco Mundial) </li></ul><ul><li>1975: Convenção de Lomé – entre a Comunidade Europeia e a ACP (vários Estados de África, Caraíbas e Pacífico), que estabelece medidas de ajuda ao desenvolvimento dos países mais carenciados e acordos de livre circulação de mercadorias (acordos internacionais deste tipo continuaram na década de 80) </li></ul><ul><li>Fins do século XX: fim da Guerra Fria, desgregação do “bloco de Leste”, política de desarmamento crescente preocupação com os Direitos Humanos e com a manutenção da paz (ONU, UE e outras organizações não-governementais). </li></ul>P. 176-178
  9. 9. OS PÓLOS DO DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO
  10. 10. PERMENÊNCIA DE FOCOS DE TENSÃO EM REGIÕES PERIFÉRICAS
  11. 11. MUTAÇÕES SÓCIO-POLÍTICAS E NOVO MODELO ECONÓMICO
  12. 12. DIMENSÕES DA CIÊNCIA E DA CULTURA NO CONTEXTO DA GLOBALIZAÇÃO
  13. 13. PORTUGAL – INTEGRAÇÃO EUROPEIA E SUAS IMPLICAÇÕES
  14. 14. PORTUGAL – RELAÇÕES EXTERNAS

×