Fonética e fonologia

1.566 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.566
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
54
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fonética e fonologia

  1. 1. NOÇÕES DE FONÉTICA E FONOLOGIA Profª Renata S. M. HarataniProfª Renata S. M. Haratani
  2. 2. Fonética e Fonologia  Fonética e Fonologia são disciplinas da Linguística que estudam os sons da fala e como eles são produzidos.
  3. 3. Fonética e Fonologia  A Fonética estuda os sons da fala.  A Fonologia estuda a função desses sons dentro de uma determinada língua.
  4. 4.  O conjunto de órgãos e estruturas que produzem os sons de nossa fala é chamado de aparelho fonador .
  5. 5. Número de fonemas e número de letras Letra É o sinal gráfico da escrita. Exemplos: pipoca – tem 6 letras hoje – tem 4 letras Fonema É o som da fala. Exemplos: pipoca – tem 6 fonemas Hoje – tem 3 fonemas
  6. 6. Número de fonemas e número de letras  Chuva – tem 5 letras e 4 fonemas, já que o “ch” tem um único som.  Hipopótamo – tem 10 letras e 9 fonemas, já que o “h” não tem som.  Galinha – tem 7 letras e 6 fonemas, já que o “nh” tem um único som.  Pássaro – tem 7 letras e 6 fonemas, já que o “ss” só tem um único som.  Nascimento – 10 letras e 8 fonemas, já que não se pronuncia o “s” e o “en” tem um único som.  Exceção – 7 letras e 6 fonemas, já que não tem som o “x”.
  7. 7. SONS DA FALA  Os sons da fala podem ser classificados de acordo com seu vozeamento e sua nasalidade. Veja o quadro abaixo:
  8. 8. Som e fonema  Fonemas são os sons da fala que são capazes de estabelecer uma diferenciação de significado entre dois vocábulos.  Um exemplo de fonema é o som /c/ e o som /p/ nas palavras CÃO e PÃO.  Esses sons são fonemas porque diferenciam dois vocábulos de uma língua.
  9. 9. Número de sílabas  As palavras podem ser classificadas de acordo com o número de sílabas que apresentam.  Palavras de uma sílaba só são chamadas de monossílabas.  Palavras de duas sílabas são dissílabas.  Palavras de três sílabas são trissílabas.  Palavras de quatro ou mais sílabas são polissílabas.
  10. 10. Encontros vocálicos O encontro entre vogais em uma sílaba é chamado de encontro vocálico. No Português, existem três tipos de encontros vocálicos:  os ditongos;  o tritongos;  e os hiatos.
  11. 11. Ditongos  Ditongos crescentes  Ocorre um ditongo crescente toda vez que, em uma sílaba, temos o encontro de semivogal e vogal, necessariamente nessa ordem. São exemplos de ditongo crescente as palavras “sérIE”, “colégIO”, “ágUA”.
  12. 12. Ditongos  Ditongos decrescentes  É o contrário do ditongo crescente, é quando temos o encontro de vogal e semivogal, necessariamente nessa ordem. São exemplos de ditongos crescentes as palavras “pAU”, “cAI”, “dEU”, “vIU”.
  13. 13. Ditongos nasais e orais  Do mesmo modo com que as vogais podem ser orais ou nasais, os ditongos também podem ser orais ou nasais.  Um exemplo de ditongo nasal é a palavra “pÃO”  Um exemplo de ditongo oral é a palavra “pAI”.
  14. 14. Tritongos  Um tritongo é o encontro entre uma semivogal, uma vogal e outra semivogal, necessariamente nessa ordem. Os tritongos também podem ser classificados em orais ou nasais.  Um exemplo de tritongo oral é a palavra “ParagUAI”  Um de tritongo nasal é a palavra “sagUÃO”.
  15. 15. Hiatos  Um hiato é o encontro entre duas vogais. Com o hiato é diferente: as vogais que se encontram sempre vão estar em sílabas diferentes.  Um exemplo clássico de hiato é a palavra “pAÍs”.
  16. 16. Dígrafos  É importante ressaltar que não se deve confundir consoantes e vogais (que são fonemas, ou seja, sons da fala) com letras (que são representações de fonemas).  Note que em palavras como caRRo, paSSar, Chave, maLHo e galiNHa não há encontro consonantal, pois os conjuntos de letras RR, SS, CH, LH e NH representam uma só consoante.
  17. 17. Dígrafos  A esses grupos de letras que representam uma só consoante, dá-se o nome de dígrafos. Dígrafos, portanto, são representações, feitas por mais de uma letra, de uma única consoante.  Incluem-se também entre os dígrafos as com- binações de letras QU e GU antes de E e I, e, em alguns casos, SC, SÇ e XC.
  18. 18. Errata: NH : ma - ri - nho

×