Acentuação tônica

3.896 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.896
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
718
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Acentuação tônica

  1. 1. AcentuaçãoUlisses Infante – Gramática aplicadaaos textos
  2. 2. Advertência Esta apresentação, com circulação interna epara fins exclusivamente didáticos, foielaborada a partir de seleção de trechos dasfontes citadas na bibliografia, a quem cabemtodos os créditos pelas informações aquiveiculadas.
  3. 3. Definição Acentuação é o estudo da intensidade comque são pronunciadas as sílabas em nossalíngua. Em português, há sílabas cuja emissão éfeita com intensidade - as sílabas tônicas -ao lado de sílabas produzidas fracamente,com certa debilidade vocal - as sílabasátonas.
  4. 4. Definição Sílabas tônicas – emissão feita comintensidade. Sílabas átonas – emissão feita semintensidade Acentuação tônica é o nome da parte daacentuação que investiga a posição dessassílabas nas palavras.
  5. 5. Definição Os estudos da acentuação tônica fornecemsubsídios para a ortografia. Dessa forma, oconhecimento obtido pela pesquisa da língua faladaoferece a orientação necessária para o uso desinais gráficos - os acentos gráficos ou notaçõesléxicas - que, na língua escrita, procuramapresentar a posição das sílabas tônicas e outrosdetalhes, como timbre e nasalização das vogais,por exemplo.
  6. 6. Definição O estudo das regras para o uso apropriado dossinais gráficos é a acentuação gráfica. Portanto: A acentuação tônica estuda a intensidade dapronúncia das sílabas nas palavras. A acentuação gráfica estuda regras para o usodos sinais que auxiliam a pronúncia da tonicidadedas sílabas.
  7. 7. Acentuação tônica A acentuação tônica investiga intensidade com quepronunciamos as sílabas das palavras de nossalíngua. Observe as seguintes palavras: Branco Amor Preto Conheço Também Maltratar
  8. 8. Acentuação tônica Nessas palavras, a sílaba destacada épronunciada com intensidade maior do queas demais. Essa sílaba é por isso chamada sílabatônica, enquanto as demais são sílabasátonas. As palavras destacadas mostram que aposição da sílaba tônica não é sempre amesma.
  9. 9. Acentuação tônica BRAN – CO Sílaba átonaSílaba tônica
  10. 10. Acentuação tônica TAM – BÉM Sílaba tônicaSílaba átona
  11. 11. Acentuação tônica Em branco, preto e conheço, a sílaba tônica é apenúltima; em amor, também e maltratar é aúltima. Em nossa língua, a posição da sílaba tônica,contada a partir da última sílaba da palavra emdireção à primeira, origina três padrões diferentesde vocábulos: Oxítonos Paroxítonos Proparoxítonos
  12. 12. Acentuação tônica Oxítonas São as palavras cuja sílabatônica é a última: também ali ficar pior enfeitiçar colecionar procurar cansei escrever dizer você razão maltratar coração
  13. 13. Acentuação tônica Paroxítonas São as palavras cuja sílabatônica é a penúltima: retrato branco preto conheço passos dessa estrada nada segredos pedras caminho sozinho tanto posso contra
  14. 14. Acentuação tônica Proparoxítonas São palavras cujasílaba tônica é aantepenúltima: lágrima xícara úmido amássemos cantávamos friíssimo Alcântara Antártida tímido máquina sólido
  15. 15. Acentuação tônica A classificação em oxítonos, paroxítonos eproparoxítonos só se aplica a palavras comduas ou mais sílabas. Os vocábulos com duas sílabas sãochamados dissílabos; com três sílabas,trissílabos; com mais de três sílabas,polissílabos. Vocábulos com apenas uma sílaba sãochamados monossílabos.
  16. 16. Acentuação tônica Monossílabos Para os monossílabos, a classificação é diferente: monossílabos tônicos - pronunciadosintensamente monossílabos átonos - pronunciados fracamente. Quando isolado, todo monossílabo se torna tônico.Por isso, pra diferenciar os tônicos dos átonos evice-versa, é necessário pronunciá-los numasequência de palavras.
  17. 17. Acentuação tônica Observe o exemplo: Sei que não vai dar em nada. Seus segredos sei de cor. Em negrito, destacaram-se os monossílabostônicos. Em azul, os monossílabos átonos.
  18. 18. Prosódia A língua culta fixa a posição da sílaba tônicadas palavras. Há casos em que ocorre disparidade entre apronúncia considerada correta e aquela deemprego maior no cotidiano. É comum,por exemplo, ouvirmos a formaoxítona latex, embora a pronúnciarecomedada seja paroxítona (látex).
  19. 19. Prosódia Essa troca da posição da sílaba tônicaconstitui uma silabada. A parte da Fonologia que estuda e fixa aposição correta das sílabas tônicas nosvocábulos é a prosódia. Há vários exemplos de palavras que sãosujeitas à silabada, causando confusãomesmo entre falantes do português culto.
  20. 20. Prosódia oxítonas cateter condor mister Nobel recém refém ruim sutil ureter
  21. 21. Prosódia paroxítonas avaro austero aziago azimute caracteres cartomancia ciclope circuito filantropo gratuito ibero impudico juniores látex misantropo pegada pudico quiromancia recorde rubrica seniores têxtil
  22. 22. Prosódia proparoxítonas aerólito aeródromo álibi aríete arquétipo azáfama êxodo ínterim lêvedo ômega protótipo zênite
  23. 23. Prosódia Vocábulo de dupla prosódia sóror / soror xérox / xerox zângão / zangão
  24. 24. Prosódia Nas canções populares e eruditas, é comumos compositores alterarem a prosódia dealgumas palavras em função da métrica oudo ritmo da melodia, que querem destacar. Podemos citar dois exemplos evidentes namúsica popular brasileira: A canção “Se...”, de Djavan; A canção “O condor”, de OswaldoMontenegro.
  25. 25. Bibliografia ACADEMIA Brasileira de Letras. Vocabulárioortográfico da língua portuguesa. 5. ed. SãoPaulo: Global, 2009. INFANTE, Ulisses. Gramática aplicada aostextos. 3. ed. São Paulo: Scipione, 1996. INSTITUTO Houaiss. Escrevendo pela novaortografia: como usar as regras do novo acordoortográfico da língua portuguesa. Coordenação deJosé Carlos de Azeredo. 2. ed. São Paulo:Publifolha, 2008.

×