SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 25
FUTURISMO
Formas únicas da continuidade no
espaço, Umberto Boccioni
• Segundo Argan o Futurismo é o primeiro
movimento de vanguarda, isto é, um movimento
que investe no interesse ideológico da arte,
preparando com deliberação uma
transformação ampla, tanto no sentido social,
quanto cultural . Negam o passado e substituem
a pesquisa metódica pela experimentação e
pela ousadia.
FUTURISMO
Automóvel + velocidade + luz, Giacomo Balla, 1912, coleção particular
O primeiro manifesto foi publicado no Le
Fígaro de Paris, em 22/02/1909, e nele, o
poeta italiano Marinetti, dizendo que "o
esplendor do mundo enriqueceu-se com
uma nova beleza: a beleza da velocidade.
Um automóvel de carreira é mais belo
que a Vitória de Samotrácia". O segundo
manifesto, de 1910, resultou do encontro
do poeta com os pintores Carlo Carra,
Russolo, Severini, Boccioni e Giacomo
Balla.
Os futuristas saúdam a era
moderna, aderindo
entusiasticamente à máquina.
Para Balla, "é mais belo um ferro
elétrico que uma escultura".
Para os futuristas, os objetos
não se esgotam no contorno
aparente e seus aspectos se
interpenetram continuamente a
um só tempo, ou vários tempos
num só espaço. O grupo
pretendia fortalecer a sociedade
italiana através de uma
pregação patriótica que incluía a
aceitação e exaltação da
tecnologia.
FUTURISMO
Carrá, Russolo, Marinetti, Boccioni e Severini
Dinamismo e simultaneidade são
termos paradigmáticos da proposta
futurista. A ênfase na ação e na
pesquisa do movimento aparece tanto
no romance Mafarka, o Futurista, de
Marinetti, e no Manifesto Técnico da
Literatura Futurista (1912) quanto nas
artes visuais, por exemplo na escultura
Formas Únicas na Continuidade do
Espaço (1913), de Boccioni, e nas telas
Os Funerais do Anarquista Galli (1911),
de Carrà, e Dinamismo de um Cão na
Coleira (1912), de Balla. As inspirações
nas pesquisas de cor e nos efeitos de
luz do pós-impressionismo divisionista
assim como nas técnicas das
composições cubistas são evidentes,
ainda que o futurismo italiano sublinhe
na contramão do cubismo a carga
emotiva e a expressão de estados de
alma na arte (Estados de Alma nº 1. Os
Adeuses, 1911, de Boccioni).
FUTURISMO
A forte politização do movimento é
outro traço marcante e distintivo da
arte futurista. A base ideológica do
movimento é anticlerical - revelam
os manifestos políticos lançados em
1909, 1911, 1913 e 1918 - e, em
seguida, anti-socialista, pela defesa
da modernização da indústria e da
agricultura, do irredentismo e de
uma política exterior agressiva. As
afinidades com o fascismo,
entrevistas pelo nacionalismo e pela
exaltação do ímpeto e da ação, se
concretizam quando diversos
membros do grupo aderem ao
partido fascista. Em Futurismo e
Fascismo (1924), Marinetti reúne
discursos e relatos em que
apresenta o futurismo como parceiro
e precursor do fascismo.
Dinamismo de um cachorro na coleira, Giacomo Balla, 1912
Desenvolvimento de uma garrafa no espaço, Umberto Boccioni, 1913, MAC, São Paulo
Marinetti articulou a frustração de uma geração que se sentia
esmagada sob o peso da tradição da arte ocidental. Os futuristas
rejeitaram a arte e a cultura do passado.
O movimento de um carro, por exemplo, e a experiência da sua
aceleração, tinham mais significado para os futuristas que a sua
forma ou aparência quando parado. De igual modo, a multidão
era um força política mais significativa, na opinião dos futuristas,
que as instituições do governo.
Os futuristas usavam muitas cores
berrantes, mas nunca desenvolveram uma
teoria coerente sobre cor, que os pudesse
distinguir dos outros movimentos artísticos
da mesma época.
FUTURISMO
Velocidade Abstrata - O carro passou“, Giacomo Balla
A carga dos laceiros, Umberto Boccioni, 1911
A cidade que emerge, Umberto Boccioni, 1911
Edifício moumental, Sant´Elia, circa 1912
Estado de animo: os que partem, Umberto Boccioni, 1911
Estado de animo: os que ficam, Umberto Boccioni, 1911
Estado de animo: os adeuses, Umberto Boccioni, 1911
Hieróglifo dinâmico de Bal Tabarin, Gino Severini, 1912, MOMA
Retrato de Marinetti, Carlos Carrá,
Formas únicas da continuidade no
espaço, Umberto Boccioni, 1913 –
coleção particular, Milão
O Futurismo perde o seu ímpeto durante a primeira guerra mundial. Uma
segunda geração, menos subversiva, surgiu no início da década de 1920 e
susteve o movimento até à década de 1930.
Os movimentos relacionados com o Futurismo na Inglaterra e na Rússia
ficaram conhecidos como Vorticismo e Rayonismo.
Horizontal Volumes, Umberto Boccioni - 1912
Staatsgalerie Moderner Kunst, Munich
"Gatos: Percepção rayonista em rosa, preto e amarelo" (1913) de
Natalia Goncharova
Composição, Wyndhan Lewis, 1913
Retrato de Erza Pouns, Wyndhan Lewis,
História da Arte: Futurismo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Movimento dadaísta
Movimento dadaísta Movimento dadaísta
Movimento dadaísta
Mônica Abreu
 

Mais procurados (20)

Slide De Cubismo
Slide De CubismoSlide De Cubismo
Slide De Cubismo
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Futurismo
Futurismo Futurismo
Futurismo
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Futurismoo
FuturismooFuturismoo
Futurismoo
 
Abstracionismo
AbstracionismoAbstracionismo
Abstracionismo
 
Pablo Picasso
Pablo PicassoPablo Picasso
Pablo Picasso
 
ABSTRACIONISMO
ABSTRACIONISMOABSTRACIONISMO
ABSTRACIONISMO
 
Futurismo artes
Futurismo artesFuturismo artes
Futurismo artes
 
Expressionismo
Expressionismo Expressionismo
Expressionismo
 
FUTURISMO
FUTURISMOFUTURISMO
FUTURISMO
 
Neoclassicismo - Arte Neoclássica
Neoclassicismo - Arte NeoclássicaNeoclassicismo - Arte Neoclássica
Neoclassicismo - Arte Neoclássica
 
Fauvismo
FauvismoFauvismo
Fauvismo
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 
Cubismo
Cubismo Cubismo
Cubismo
 
Movimento dadaísta
Movimento dadaísta Movimento dadaísta
Movimento dadaísta
 
Movimentos artísticos
Movimentos artísticosMovimentos artísticos
Movimentos artísticos
 
Expressionismo Abstrato
Expressionismo AbstratoExpressionismo Abstrato
Expressionismo Abstrato
 

Destaque

Aula 08 fauvismo-expressionismo_futurismo_cubismo
Aula 08 fauvismo-expressionismo_futurismo_cubismoAula 08 fauvismo-expressionismo_futurismo_cubismo
Aula 08 fauvismo-expressionismo_futurismo_cubismo
Marcio Duarte
 
Teatro futurista
Teatro futuristaTeatro futurista
Teatro futurista
tibirica3
 
Novas formas artísticas futurismo e abstraccionismo
Novas formas artísticas  futurismo e abstraccionismoNovas formas artísticas  futurismo e abstraccionismo
Novas formas artísticas futurismo e abstraccionismo
Joaquim Moreira
 
Artemoderna4 131002090047-phpapp02
Artemoderna4 131002090047-phpapp02Artemoderna4 131002090047-phpapp02
Artemoderna4 131002090047-phpapp02
jessicabatistamuniz
 
Trabalho de met. artes [trabalhando a arte em sala de aula]
Trabalho de met. artes [trabalhando a arte em sala de aula]Trabalho de met. artes [trabalhando a arte em sala de aula]
Trabalho de met. artes [trabalhando a arte em sala de aula]
Charlies Ponciano
 

Destaque (20)

Futurismo
Futurismo Futurismo
Futurismo
 
Futurismo, Terceiro Ano
Futurismo, Terceiro AnoFuturismo, Terceiro Ano
Futurismo, Terceiro Ano
 
Futurismo - Movimento de vanguarda.
Futurismo - Movimento de vanguarda.Futurismo - Movimento de vanguarda.
Futurismo - Movimento de vanguarda.
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Aula 08 fauvismo-expressionismo_futurismo_cubismo
Aula 08 fauvismo-expressionismo_futurismo_cubismoAula 08 fauvismo-expressionismo_futurismo_cubismo
Aula 08 fauvismo-expressionismo_futurismo_cubismo
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Teatro futurista
Teatro futuristaTeatro futurista
Teatro futurista
 
Novas formas artísticas futurismo e abstraccionismo
Novas formas artísticas  futurismo e abstraccionismoNovas formas artísticas  futurismo e abstraccionismo
Novas formas artísticas futurismo e abstraccionismo
 
Surrealismo Literatura
Surrealismo LiteraturaSurrealismo Literatura
Surrealismo Literatura
 
Vanguardas europeias 2016
Vanguardas europeias 2016Vanguardas europeias 2016
Vanguardas europeias 2016
 
Futurismo Arlane,Stephanie e Débora
Futurismo Arlane,Stephanie e DéboraFuturismo Arlane,Stephanie e Débora
Futurismo Arlane,Stephanie e Débora
 
Séries
Séries Séries
Séries
 
Arte xx
Arte xxArte xx
Arte xx
 
A arte como expressão expressionismo
A arte como expressão   expressionismoA arte como expressão   expressionismo
A arte como expressão expressionismo
 
Aula: Modernismo
Aula: ModernismoAula: Modernismo
Aula: Modernismo
 
Aula 6 Futurismo Purismo Orfismo Vorticismo
Aula 6   Futurismo Purismo Orfismo VorticismoAula 6   Futurismo Purismo Orfismo Vorticismo
Aula 6 Futurismo Purismo Orfismo Vorticismo
 
Expressionismo e surrealismo no brasil
Expressionismo e surrealismo no brasilExpressionismo e surrealismo no brasil
Expressionismo e surrealismo no brasil
 
Artemoderna4 131002090047-phpapp02
Artemoderna4 131002090047-phpapp02Artemoderna4 131002090047-phpapp02
Artemoderna4 131002090047-phpapp02
 
Trabalho de met. artes [trabalhando a arte em sala de aula]
Trabalho de met. artes [trabalhando a arte em sala de aula]Trabalho de met. artes [trabalhando a arte em sala de aula]
Trabalho de met. artes [trabalhando a arte em sala de aula]
 
A Geração de Orpheu
A Geração de OrpheuA Geração de Orpheu
A Geração de Orpheu
 

Semelhante a História da Arte: Futurismo

Futurismo aula
Futurismo aulaFuturismo aula
Futurismo aula
carlosbidu
 
Arte , Ambiente E Sustentabilidade
Arte , Ambiente E SustentabilidadeArte , Ambiente E Sustentabilidade
Arte , Ambiente E Sustentabilidade
paivanuno
 
Futurismo Italiano
Futurismo ItalianoFuturismo Italiano
Futurismo Italiano
Ellen_Assad
 
Vanguardas
VanguardasVanguardas
Vanguardas
ISJ
 
Vanguardas européias
Vanguardas européiasVanguardas européias
Vanguardas européias
ISJ
 

Semelhante a História da Arte: Futurismo (20)

Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Futurismo aula
Futurismo aulaFuturismo aula
Futurismo aula
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Arte , Ambiente E Sustentabilidade
Arte , Ambiente E SustentabilidadeArte , Ambiente E Sustentabilidade
Arte , Ambiente E Sustentabilidade
 
Futurismo para moda
Futurismo para modaFuturismo para moda
Futurismo para moda
 
Vanguardas Europeias - Futurismo- Ensino Médiopptx
Vanguardas Europeias - Futurismo- Ensino MédiopptxVanguardas Europeias - Futurismo- Ensino Médiopptx
Vanguardas Europeias - Futurismo- Ensino Médiopptx
 
Futurismo no Brasil, Literatura Brasileira
Futurismo no Brasil, Literatura BrasileiraFuturismo no Brasil, Literatura Brasileira
Futurismo no Brasil, Literatura Brasileira
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Hd 2016.1 aula 7_influências das vanguardas europeias - futurismo
Hd 2016.1 aula 7_influências das vanguardas europeias - futurismoHd 2016.1 aula 7_influências das vanguardas europeias - futurismo
Hd 2016.1 aula 7_influências das vanguardas europeias - futurismo
 
Futurismo Esboço Final 10/06/2015
Futurismo Esboço Final 10/06/2015Futurismo Esboço Final 10/06/2015
Futurismo Esboço Final 10/06/2015
 
Futurismo Italiano
Futurismo ItalianoFuturismo Italiano
Futurismo Italiano
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Vanguardas Europeias
Vanguardas EuropeiasVanguardas Europeias
Vanguardas Europeias
 
Vanguardas
VanguardasVanguardas
Vanguardas
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Vanguardas européias
Vanguardas européiasVanguardas européias
Vanguardas européias
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Pré- Modernismo: Vanguardas europeias
Pré- Modernismo: Vanguardas europeias Pré- Modernismo: Vanguardas europeias
Pré- Modernismo: Vanguardas europeias
 

Mais de Raphael Lanzillotte

Mais de Raphael Lanzillotte (20)

Fotografia perspectiva forçada - 4 bim - alternaivo
Fotografia perspectiva forçada - 4 bim - alternaivoFotografia perspectiva forçada - 4 bim - alternaivo
Fotografia perspectiva forçada - 4 bim - alternaivo
 
Fotografia - light painting
Fotografia - light paintingFotografia - light painting
Fotografia - light painting
 
Fotografia brinquedos - 4bim - alternativo
Fotografia brinquedos - 4bim - alternativoFotografia brinquedos - 4bim - alternativo
Fotografia brinquedos - 4bim - alternativo
 
Neoconcretismo - Athos Bulcão
Neoconcretismo - Athos BulcãoNeoconcretismo - Athos Bulcão
Neoconcretismo - Athos Bulcão
 
Arte - Resumo 1º bimestre - 2015
Arte - Resumo 1º bimestre - 2015Arte - Resumo 1º bimestre - 2015
Arte - Resumo 1º bimestre - 2015
 
Fotografia perspectiva forçada - trabalho final 4 bim
Fotografia perspectiva forçada - trabalho final 4 bimFotografia perspectiva forçada - trabalho final 4 bim
Fotografia perspectiva forçada - trabalho final 4 bim
 
Fotografia brinquedos - trabalho final 4 bim
Fotografia brinquedos - trabalho final 4 bimFotografia brinquedos - trabalho final 4 bim
Fotografia brinquedos - trabalho final 4 bim
 
Revisão - Minimalismo e Neoconcretismo
Revisão - Minimalismo e NeoconcretismoRevisão - Minimalismo e Neoconcretismo
Revisão - Minimalismo e Neoconcretismo
 
Correntes estilísticas básicas na arte material teórico
Correntes estilísticas básicas na arte material teóricoCorrentes estilísticas básicas na arte material teórico
Correntes estilísticas básicas na arte material teórico
 
Correntes estilísticas básicas na arte
Correntes estilísticas básicas na arteCorrentes estilísticas básicas na arte
Correntes estilísticas básicas na arte
 
História da Arte: O suporte da arte ao longo dos séculos
História da Arte: O suporte da arte ao longo dos séculosHistória da Arte: O suporte da arte ao longo dos séculos
História da Arte: O suporte da arte ao longo dos séculos
 
História da Arte: Semana de 22
História da Arte: Semana de 22História da Arte: Semana de 22
História da Arte: Semana de 22
 
História da Arte: Expressionismo abstrato
História da Arte: Expressionismo abstratoHistória da Arte: Expressionismo abstrato
História da Arte: Expressionismo abstrato
 
História da Arte: Barroco e Rococó europeu e brasileiro
História da Arte: Barroco e Rococó europeu e brasileiroHistória da Arte: Barroco e Rococó europeu e brasileiro
História da Arte: Barroco e Rococó europeu e brasileiro
 
História da Arte: A evolução da pintura
História da Arte: A evolução da pinturaHistória da Arte: A evolução da pintura
História da Arte: A evolução da pintura
 
História da Arte: Guernica - Picasso
 História da Arte: Guernica - Picasso História da Arte: Guernica - Picasso
História da Arte: Guernica - Picasso
 
Elementos da Linguagem Visual - Forma
Elementos da Linguagem Visual - FormaElementos da Linguagem Visual - Forma
Elementos da Linguagem Visual - Forma
 
Vanguardas(2) 9º ano
Vanguardas(2) 9º anoVanguardas(2) 9º ano
Vanguardas(2) 9º ano
 
Vanguardas(2)
Vanguardas(2)Vanguardas(2)
Vanguardas(2)
 
História da Arte: Poesia visual
História da Arte: Poesia visualHistória da Arte: Poesia visual
História da Arte: Poesia visual
 

Último

O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 

Último (20)

bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
 

História da Arte: Futurismo

  • 1. FUTURISMO Formas únicas da continuidade no espaço, Umberto Boccioni
  • 2. • Segundo Argan o Futurismo é o primeiro movimento de vanguarda, isto é, um movimento que investe no interesse ideológico da arte, preparando com deliberação uma transformação ampla, tanto no sentido social, quanto cultural . Negam o passado e substituem a pesquisa metódica pela experimentação e pela ousadia. FUTURISMO
  • 3. Automóvel + velocidade + luz, Giacomo Balla, 1912, coleção particular
  • 4. O primeiro manifesto foi publicado no Le Fígaro de Paris, em 22/02/1909, e nele, o poeta italiano Marinetti, dizendo que "o esplendor do mundo enriqueceu-se com uma nova beleza: a beleza da velocidade. Um automóvel de carreira é mais belo que a Vitória de Samotrácia". O segundo manifesto, de 1910, resultou do encontro do poeta com os pintores Carlo Carra, Russolo, Severini, Boccioni e Giacomo Balla.
  • 5. Os futuristas saúdam a era moderna, aderindo entusiasticamente à máquina. Para Balla, "é mais belo um ferro elétrico que uma escultura". Para os futuristas, os objetos não se esgotam no contorno aparente e seus aspectos se interpenetram continuamente a um só tempo, ou vários tempos num só espaço. O grupo pretendia fortalecer a sociedade italiana através de uma pregação patriótica que incluía a aceitação e exaltação da tecnologia. FUTURISMO
  • 6. Carrá, Russolo, Marinetti, Boccioni e Severini
  • 7. Dinamismo e simultaneidade são termos paradigmáticos da proposta futurista. A ênfase na ação e na pesquisa do movimento aparece tanto no romance Mafarka, o Futurista, de Marinetti, e no Manifesto Técnico da Literatura Futurista (1912) quanto nas artes visuais, por exemplo na escultura Formas Únicas na Continuidade do Espaço (1913), de Boccioni, e nas telas Os Funerais do Anarquista Galli (1911), de Carrà, e Dinamismo de um Cão na Coleira (1912), de Balla. As inspirações nas pesquisas de cor e nos efeitos de luz do pós-impressionismo divisionista assim como nas técnicas das composições cubistas são evidentes, ainda que o futurismo italiano sublinhe na contramão do cubismo a carga emotiva e a expressão de estados de alma na arte (Estados de Alma nº 1. Os Adeuses, 1911, de Boccioni). FUTURISMO
  • 8. A forte politização do movimento é outro traço marcante e distintivo da arte futurista. A base ideológica do movimento é anticlerical - revelam os manifestos políticos lançados em 1909, 1911, 1913 e 1918 - e, em seguida, anti-socialista, pela defesa da modernização da indústria e da agricultura, do irredentismo e de uma política exterior agressiva. As afinidades com o fascismo, entrevistas pelo nacionalismo e pela exaltação do ímpeto e da ação, se concretizam quando diversos membros do grupo aderem ao partido fascista. Em Futurismo e Fascismo (1924), Marinetti reúne discursos e relatos em que apresenta o futurismo como parceiro e precursor do fascismo.
  • 9. Dinamismo de um cachorro na coleira, Giacomo Balla, 1912
  • 10. Desenvolvimento de uma garrafa no espaço, Umberto Boccioni, 1913, MAC, São Paulo
  • 11. Marinetti articulou a frustração de uma geração que se sentia esmagada sob o peso da tradição da arte ocidental. Os futuristas rejeitaram a arte e a cultura do passado. O movimento de um carro, por exemplo, e a experiência da sua aceleração, tinham mais significado para os futuristas que a sua forma ou aparência quando parado. De igual modo, a multidão era um força política mais significativa, na opinião dos futuristas, que as instituições do governo. Os futuristas usavam muitas cores berrantes, mas nunca desenvolveram uma teoria coerente sobre cor, que os pudesse distinguir dos outros movimentos artísticos da mesma época. FUTURISMO
  • 12. Velocidade Abstrata - O carro passou“, Giacomo Balla
  • 13. A carga dos laceiros, Umberto Boccioni, 1911
  • 14. A cidade que emerge, Umberto Boccioni, 1911
  • 16. Estado de animo: os que partem, Umberto Boccioni, 1911
  • 17. Estado de animo: os que ficam, Umberto Boccioni, 1911
  • 18. Estado de animo: os adeuses, Umberto Boccioni, 1911
  • 19. Hieróglifo dinâmico de Bal Tabarin, Gino Severini, 1912, MOMA
  • 20. Retrato de Marinetti, Carlos Carrá,
  • 21. Formas únicas da continuidade no espaço, Umberto Boccioni, 1913 – coleção particular, Milão
  • 22. O Futurismo perde o seu ímpeto durante a primeira guerra mundial. Uma segunda geração, menos subversiva, surgiu no início da década de 1920 e susteve o movimento até à década de 1930. Os movimentos relacionados com o Futurismo na Inglaterra e na Rússia ficaram conhecidos como Vorticismo e Rayonismo. Horizontal Volumes, Umberto Boccioni - 1912 Staatsgalerie Moderner Kunst, Munich
  • 23. "Gatos: Percepção rayonista em rosa, preto e amarelo" (1913) de Natalia Goncharova
  • 24. Composição, Wyndhan Lewis, 1913 Retrato de Erza Pouns, Wyndhan Lewis,