SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 9
Forma - representação
• Na linguagem
visual, as
formas podem
estar nas
imagens, como
nos desenhos,
pinturas,
fotografias,
vídeos e filmes.
“Split” (“Divisão”), pintada em 1959, de Kenneth
Noland, pintor americano expressionista abstrato.
• Ou podem ser
construídas,
como as
esculturas, os
objetos, os
relevos e os
edifícios.
“Coluna – maquete” (1923), de Naum Gabo,
artista construtivista russo.
Formas figurativas
• Tanto as imagens das
formas quanto as formas
construídas podem ser
figurativas,
representações de
coisas conhecidas,
verdadeiras cópias da
realidade. Observe esta
tela de Jan Vermeer,
pintor holandês barroco.
Ela é quase uma
fotografia, e registra um
momento do dia-a-dia de
uma holandesa do
século XII. “A leiteira” (1659-1660), de Vermeer
Formas figurativas estilizadas
• As formas figurativas podem ser estilizadas, pois o
artista pode interpretar as coisas do mundo com seu
traço particular. Observe esta tela de Fernand Léger,
pintor francês cubista, onde as figuras humanas estão
geometrizadas.
"Mulheres em um
interior" (1921), de
Fernand Léger
Formas abstratas
• As formas também podem ser
abstratas. As formas abstratas
podem ser orgânicas,
geométricas, ornamentais ou
simbólicas.
• FORMAS ABSTRATAS
ORGÂNICAS
Formas orgânicas são formas
irregulares e assimétricas.
Observe esta obra de Barbara
Hepworth, escultora inglesa
moderna. Ela usava o espaço
vazio em suas obras.“Hieroglyph”, de Barbara
Hepworth
• FORMAS ABSTRATAS GEOMÉTRICAS
Formas geométricas são aquelas que correspondem às
figuras geométricas como os quadrados, retângulos,
triângulos. Observe este exemplo de arquitetura
contemporânea.
Finlândia
Hall, em
Helsinki,
Finlândia.
• FORMAS ABSTRATAS
ORNAMENTAIS
Formas ornamentais
são usadas como
padrões ou estampas de
tecido, por exemplo.
Observe este tapete:
Este tapete foi feito para a
mesquita-mausoléu em
Ardabil, Irã. O motivo central,
em forma de medalhão, é
típico dos tapetes das
mesquitas.
• FORMAS ABSTRATAS
SIMBÓLICAS
Outro tipo de formas são
as simbólicas. São formas
figurativas que perdem
seu significado original
porque o artista lhes deu
outro significado. Observe
esta instalação de
George Segal, escultor
americano
contemporâneo. Ele
utilizou elementos do
cotidiano para expressar
solidão.
Instalação “A cortina” (1974), de
George Segal

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Exercícios sobre o teatro grego
Exercícios sobre o teatro gregoExercícios sobre o teatro grego
Exercícios sobre o teatro grego
Silvana Chaves
 
O ponto e a linha aula 6º ano - 2013
O ponto e a linha   aula 6º ano - 2013O ponto e a linha   aula 6º ano - 2013
O ponto e a linha aula 6º ano - 2013
Michele Wilbert
 
Avaliação diagnóstica arte 6 e 7 anos 2013
Avaliação diagnóstica arte 6 e 7 anos 2013Avaliação diagnóstica arte 6 e 7 anos 2013
Avaliação diagnóstica arte 6 e 7 anos 2013
Fabiola Oliveira
 
Artes visuais-e-histc3b3ria-da-arte-ensino-mc3a9dio (2)
Artes visuais-e-histc3b3ria-da-arte-ensino-mc3a9dio (2)Artes visuais-e-histc3b3ria-da-arte-ensino-mc3a9dio (2)
Artes visuais-e-histc3b3ria-da-arte-ensino-mc3a9dio (2)
Elizandra Raquel Azeveo Velho
 
Pintura Corporal - Cultura indígena
Pintura Corporal - Cultura indígena Pintura Corporal - Cultura indígena
Pintura Corporal - Cultura indígena
Raquel Hemanuelly
 

Mais procurados (20)

Slide música – estilos e gêneros musicais diversos
Slide música – estilos e gêneros musicais diversosSlide música – estilos e gêneros musicais diversos
Slide música – estilos e gêneros musicais diversos
 
Elementos linguagem visual
Elementos linguagem visual Elementos linguagem visual
Elementos linguagem visual
 
Revisão para o Enem 2018 / Do moderno ao contemporâneo
Revisão para o Enem 2018 / Do moderno ao contemporâneoRevisão para o Enem 2018 / Do moderno ao contemporâneo
Revisão para o Enem 2018 / Do moderno ao contemporâneo
 
A figura humana na arte
A figura humana na arteA figura humana na arte
A figura humana na arte
 
Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
 
Exercícios sobre o teatro grego
Exercícios sobre o teatro gregoExercícios sobre o teatro grego
Exercícios sobre o teatro grego
 
Arte Indígena Brasileira
Arte Indígena BrasileiraArte Indígena Brasileira
Arte Indígena Brasileira
 
XILOGRAVURA - Professora Laurizete Cação - Arte
XILOGRAVURA - Professora Laurizete Cação - ArteXILOGRAVURA - Professora Laurizete Cação - Arte
XILOGRAVURA - Professora Laurizete Cação - Arte
 
Elementos da linguagem visual.
Elementos da linguagem visual.Elementos da linguagem visual.
Elementos da linguagem visual.
 
Arte indígena
Arte indígenaArte indígena
Arte indígena
 
Arte 1 médio slide
Arte 1 médio slideArte 1 médio slide
Arte 1 médio slide
 
Questões simulado
Questões simuladoQuestões simulado
Questões simulado
 
O ponto e a linha aula 6º ano - 2013
O ponto e a linha   aula 6º ano - 2013O ponto e a linha   aula 6º ano - 2013
O ponto e a linha aula 6º ano - 2013
 
O ponto e o pontilhismo
O ponto e o pontilhismoO ponto e o pontilhismo
O ponto e o pontilhismo
 
DEFINIÇÕES DE ARTE
DEFINIÇÕES DE ARTEDEFINIÇÕES DE ARTE
DEFINIÇÕES DE ARTE
 
Avaliação bimestral de artes 1º bimestre 2015
Avaliação bimestral de artes 1º bimestre 2015Avaliação bimestral de artes 1º bimestre 2015
Avaliação bimestral de artes 1º bimestre 2015
 
Avaliação diagnóstica arte 6 e 7 anos 2013
Avaliação diagnóstica arte 6 e 7 anos 2013Avaliação diagnóstica arte 6 e 7 anos 2013
Avaliação diagnóstica arte 6 e 7 anos 2013
 
Artes visuais-e-histc3b3ria-da-arte-ensino-mc3a9dio (2)
Artes visuais-e-histc3b3ria-da-arte-ensino-mc3a9dio (2)Artes visuais-e-histc3b3ria-da-arte-ensino-mc3a9dio (2)
Artes visuais-e-histc3b3ria-da-arte-ensino-mc3a9dio (2)
 
Oq que e arte
Oq que e arteOq que e arte
Oq que e arte
 
Pintura Corporal - Cultura indígena
Pintura Corporal - Cultura indígena Pintura Corporal - Cultura indígena
Pintura Corporal - Cultura indígena
 

Destaque

Formas Orgánicas Alumnos
Formas Orgánicas AlumnosFormas Orgánicas Alumnos
Formas Orgánicas Alumnos
vmanabel
 
[cv - 2011.2] 10 - Plano negativo
[cv - 2011.2] 10 - Plano negativo[cv - 2011.2] 10 - Plano negativo
[cv - 2011.2] 10 - Plano negativo
Eduardo Novais
 
Arte com figuras geométricas hélide
Arte com figuras geométricas hélideArte com figuras geométricas hélide
Arte com figuras geométricas hélide
miranda_verinha
 
Arte e formas geométricas
Arte e formas geométricasArte e formas geométricas
Arte e formas geométricas
elomigues
 

Destaque (20)

Compreendendo o Mundo Linguagem Visual
Compreendendo o Mundo Linguagem VisualCompreendendo o Mundo Linguagem Visual
Compreendendo o Mundo Linguagem Visual
 
Ensino Médio- A Arte Contemporânea
Ensino Médio-  A  Arte ContemporâneaEnsino Médio-  A  Arte Contemporânea
Ensino Médio- A Arte Contemporânea
 
Aula gestalt 01
Aula gestalt 01Aula gestalt 01
Aula gestalt 01
 
Formas Orgánicas Alumnos
Formas Orgánicas AlumnosFormas Orgánicas Alumnos
Formas Orgánicas Alumnos
 
Botero
BoteroBotero
Botero
 
[cv - 2011.2] 10 - Plano negativo
[cv - 2011.2] 10 - Plano negativo[cv - 2011.2] 10 - Plano negativo
[cv - 2011.2] 10 - Plano negativo
 
Daniel - Produto Intro Design ComDig 2008
Daniel - Produto Intro Design ComDig 2008Daniel - Produto Intro Design ComDig 2008
Daniel - Produto Intro Design ComDig 2008
 
Arte com figuras geométricas hélide
Arte com figuras geométricas hélideArte com figuras geométricas hélide
Arte com figuras geométricas hélide
 
Design gráfico - Parte I
Design gráfico - Parte IDesign gráfico - Parte I
Design gráfico - Parte I
 
VILLA-BOAS - O que é [e o que nunca foi] design gráfico
VILLA-BOAS - O que é [e o que nunca foi] design gráficoVILLA-BOAS - O que é [e o que nunca foi] design gráfico
VILLA-BOAS - O que é [e o que nunca foi] design gráfico
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Plano de aula
 
Elementos Formais Da Pintura
Elementos Formais Da PinturaElementos Formais Da Pintura
Elementos Formais Da Pintura
 
Aula lingvisual ied_02ok
Aula lingvisual ied_02okAula lingvisual ied_02ok
Aula lingvisual ied_02ok
 
A geometria das artes
A geometria das artesA geometria das artes
A geometria das artes
 
Design/ Design Gráfico
Design/ Design GráficoDesign/ Design Gráfico
Design/ Design Gráfico
 
Aula 1 - Introdução à disciplina Design de Produto
Aula 1 - Introdução à disciplina Design de Produto Aula 1 - Introdução à disciplina Design de Produto
Aula 1 - Introdução à disciplina Design de Produto
 
Análise formal de obras
Análise formal de obrasAnálise formal de obras
Análise formal de obras
 
Design Gráfico - Introdução
Design Gráfico - IntroduçãoDesign Gráfico - Introdução
Design Gráfico - Introdução
 
Arte e formas geométricas
Arte e formas geométricasArte e formas geométricas
Arte e formas geométricas
 
Geometria E Arte
Geometria E ArteGeometria E Arte
Geometria E Arte
 

Semelhante a Elementos da Linguagem Visual - Forma

Um pouco de arte parte 1
Um pouco de arte parte 1Um pouco de arte parte 1
Um pouco de arte parte 1
renatamruiz
 
História da arte II: Realismo
História da arte II: RealismoHistória da arte II: Realismo
História da arte II: Realismo
Paula Poiet
 
Vanguardas europeias slides
Vanguardas europeias slidesVanguardas europeias slides
Vanguardas europeias slides
Eline Lima
 
Pintura e escultura neoclássica
Pintura e escultura neoclássicaPintura e escultura neoclássica
Pintura e escultura neoclássica
Ana Barreiros
 

Semelhante a Elementos da Linguagem Visual - Forma (20)

2c15 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 2012
2c15 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 20122c15 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 2012
2c15 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 2012
 
Um pouco de arte parte 1
Um pouco de arte parte 1Um pouco de arte parte 1
Um pouco de arte parte 1
 
Expressionismo - Uma Linguagem Modernista
Expressionismo - Uma Linguagem ModernistaExpressionismo - Uma Linguagem Modernista
Expressionismo - Uma Linguagem Modernista
 
História da arte II: Realismo
História da arte II: RealismoHistória da arte II: Realismo
História da arte II: Realismo
 
História da Arte - Impressionismo
História da Arte - ImpressionismoHistória da Arte - Impressionismo
História da Arte - Impressionismo
 
HISTÓRIA DA ARTE - Século XIX na Europa - Impressionismo e Pontilhismo
HISTÓRIA DA ARTE - Século XIX na Europa - Impressionismo e PontilhismoHISTÓRIA DA ARTE - Século XIX na Europa - Impressionismo e Pontilhismo
HISTÓRIA DA ARTE - Século XIX na Europa - Impressionismo e Pontilhismo
 
Raizes do design editorial
Raizes do design editorialRaizes do design editorial
Raizes do design editorial
 
HISTÓRIA DA ARTE - REVISÃO 02
HISTÓRIA DA ARTE - REVISÃO 02HISTÓRIA DA ARTE - REVISÃO 02
HISTÓRIA DA ARTE - REVISÃO 02
 
Um pouco de arte - parte I
Um pouco de arte - parte IUm pouco de arte - parte I
Um pouco de arte - parte I
 
10 realismo 2020
10 realismo 202010 realismo 2020
10 realismo 2020
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
 
Impressionismo e Expressionismo - 3ª A - 2011
Impressionismo e Expressionismo - 3ª A - 2011Impressionismo e Expressionismo - 3ª A - 2011
Impressionismo e Expressionismo - 3ª A - 2011
 
Pós modernismo
Pós modernismoPós modernismo
Pós modernismo
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
 
pós-impressionismo.pptx
pós-impressionismo.pptxpós-impressionismo.pptx
pós-impressionismo.pptx
 
Fauvismo !
Fauvismo ! Fauvismo !
Fauvismo !
 
Vanguardas europeias slides
Vanguardas europeias slidesVanguardas europeias slides
Vanguardas europeias slides
 
Vanguardaseuropeiasslides 130727130748-phpapp02
Vanguardaseuropeiasslides 130727130748-phpapp02Vanguardaseuropeiasslides 130727130748-phpapp02
Vanguardaseuropeiasslides 130727130748-phpapp02
 
Pintura e escultura neoclássica
Pintura e escultura neoclássicaPintura e escultura neoclássica
Pintura e escultura neoclássica
 
Edvard Munch - "O grito"
Edvard Munch - "O grito"Edvard Munch - "O grito"
Edvard Munch - "O grito"
 

Mais de Raphael Lanzillotte

Mais de Raphael Lanzillotte (20)

Fotografia perspectiva forçada - 4 bim - alternaivo
Fotografia perspectiva forçada - 4 bim - alternaivoFotografia perspectiva forçada - 4 bim - alternaivo
Fotografia perspectiva forçada - 4 bim - alternaivo
 
Fotografia - light painting
Fotografia - light paintingFotografia - light painting
Fotografia - light painting
 
Fotografia brinquedos - 4bim - alternativo
Fotografia brinquedos - 4bim - alternativoFotografia brinquedos - 4bim - alternativo
Fotografia brinquedos - 4bim - alternativo
 
Neoconcretismo - Athos Bulcão
Neoconcretismo - Athos BulcãoNeoconcretismo - Athos Bulcão
Neoconcretismo - Athos Bulcão
 
Arte - Resumo 1º bimestre - 2015
Arte - Resumo 1º bimestre - 2015Arte - Resumo 1º bimestre - 2015
Arte - Resumo 1º bimestre - 2015
 
Fotografia perspectiva forçada - trabalho final 4 bim
Fotografia perspectiva forçada - trabalho final 4 bimFotografia perspectiva forçada - trabalho final 4 bim
Fotografia perspectiva forçada - trabalho final 4 bim
 
Fotografia brinquedos - trabalho final 4 bim
Fotografia brinquedos - trabalho final 4 bimFotografia brinquedos - trabalho final 4 bim
Fotografia brinquedos - trabalho final 4 bim
 
Revisão - Minimalismo e Neoconcretismo
Revisão - Minimalismo e NeoconcretismoRevisão - Minimalismo e Neoconcretismo
Revisão - Minimalismo e Neoconcretismo
 
Correntes estilísticas básicas na arte material teórico
Correntes estilísticas básicas na arte material teóricoCorrentes estilísticas básicas na arte material teórico
Correntes estilísticas básicas na arte material teórico
 
Correntes estilísticas básicas na arte
Correntes estilísticas básicas na arteCorrentes estilísticas básicas na arte
Correntes estilísticas básicas na arte
 
História da Arte: O suporte da arte ao longo dos séculos
História da Arte: O suporte da arte ao longo dos séculosHistória da Arte: O suporte da arte ao longo dos séculos
História da Arte: O suporte da arte ao longo dos séculos
 
História da Arte: Semana de 22
História da Arte: Semana de 22História da Arte: Semana de 22
História da Arte: Semana de 22
 
História da Arte: Expressionismo abstrato
História da Arte: Expressionismo abstratoHistória da Arte: Expressionismo abstrato
História da Arte: Expressionismo abstrato
 
História da Arte: Barroco e Rococó europeu e brasileiro
História da Arte: Barroco e Rococó europeu e brasileiroHistória da Arte: Barroco e Rococó europeu e brasileiro
História da Arte: Barroco e Rococó europeu e brasileiro
 
História da Arte: A evolução da pintura
História da Arte: A evolução da pinturaHistória da Arte: A evolução da pintura
História da Arte: A evolução da pintura
 
História da Arte: Guernica - Picasso
 História da Arte: Guernica - Picasso História da Arte: Guernica - Picasso
História da Arte: Guernica - Picasso
 
Vanguardas(2) 9º ano
Vanguardas(2) 9º anoVanguardas(2) 9º ano
Vanguardas(2) 9º ano
 
Vanguardas(2)
Vanguardas(2)Vanguardas(2)
Vanguardas(2)
 
História da Arte: Poesia visual
História da Arte: Poesia visualHistória da Arte: Poesia visual
História da Arte: Poesia visual
 
História da Arte: Pintura mural
História da Arte: Pintura muralHistória da Arte: Pintura mural
História da Arte: Pintura mural
 

Último

atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
WelitaDiaz1
 

Último (20)

Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Questões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de PlatãoQuestões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de Platão
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................
 
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Teatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioTeatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundario
 
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºanoCATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 

Elementos da Linguagem Visual - Forma

  • 1.
  • 2. Forma - representação • Na linguagem visual, as formas podem estar nas imagens, como nos desenhos, pinturas, fotografias, vídeos e filmes. “Split” (“Divisão”), pintada em 1959, de Kenneth Noland, pintor americano expressionista abstrato.
  • 3. • Ou podem ser construídas, como as esculturas, os objetos, os relevos e os edifícios. “Coluna – maquete” (1923), de Naum Gabo, artista construtivista russo.
  • 4. Formas figurativas • Tanto as imagens das formas quanto as formas construídas podem ser figurativas, representações de coisas conhecidas, verdadeiras cópias da realidade. Observe esta tela de Jan Vermeer, pintor holandês barroco. Ela é quase uma fotografia, e registra um momento do dia-a-dia de uma holandesa do século XII. “A leiteira” (1659-1660), de Vermeer
  • 5. Formas figurativas estilizadas • As formas figurativas podem ser estilizadas, pois o artista pode interpretar as coisas do mundo com seu traço particular. Observe esta tela de Fernand Léger, pintor francês cubista, onde as figuras humanas estão geometrizadas. "Mulheres em um interior" (1921), de Fernand Léger
  • 6. Formas abstratas • As formas também podem ser abstratas. As formas abstratas podem ser orgânicas, geométricas, ornamentais ou simbólicas. • FORMAS ABSTRATAS ORGÂNICAS Formas orgânicas são formas irregulares e assimétricas. Observe esta obra de Barbara Hepworth, escultora inglesa moderna. Ela usava o espaço vazio em suas obras.“Hieroglyph”, de Barbara Hepworth
  • 7. • FORMAS ABSTRATAS GEOMÉTRICAS Formas geométricas são aquelas que correspondem às figuras geométricas como os quadrados, retângulos, triângulos. Observe este exemplo de arquitetura contemporânea. Finlândia Hall, em Helsinki, Finlândia.
  • 8. • FORMAS ABSTRATAS ORNAMENTAIS Formas ornamentais são usadas como padrões ou estampas de tecido, por exemplo. Observe este tapete: Este tapete foi feito para a mesquita-mausoléu em Ardabil, Irã. O motivo central, em forma de medalhão, é típico dos tapetes das mesquitas.
  • 9. • FORMAS ABSTRATAS SIMBÓLICAS Outro tipo de formas são as simbólicas. São formas figurativas que perdem seu significado original porque o artista lhes deu outro significado. Observe esta instalação de George Segal, escultor americano contemporâneo. Ele utilizou elementos do cotidiano para expressar solidão. Instalação “A cortina” (1974), de George Segal