CAROLINE SABATINI LEITE<br />DANDARA SEVILHA<br />ISABELA PELISSARI<br />LETICIA VAZ<br />MARINA NAVARRO<br />RICARDO BORT...
VANGUARDAS DO SÉCULO XX<br />FUTURISMO<br />
ARTE MODERNA<br /> No século XX a arte passa por grandes mudanças:<br /><ul><li> A arte se concentra menos na realidade vi...
  Retrata a vida contemporânea e não mais eventos históricos;
 Liberta as formas da regras tradicionais;
  Livrou as cores da obrigação de representar com exatidão os objetos;
  Os artistas modernos desafiavam violentamente as convenções;
  Já não tinha interesse em retratar a natureza;
  Interesse pela abstração em que dominam a forma, as linhas e as cores;
Paris foi o grande centro dessa arte;
  Dura ate a Segunda Guerra Mundial. </li></li></ul><li>VANGUARDAS (1870 – 1950)<br /><ul><li>  Definição adotada por movi...
  Ruptura com o passado e o intuito de chocar a opinião pública;
  Surgimento do telégrafo, do rádio, da vacina anti-rábica, do raio-x, do submarino, do automóvel, da lâmpada elétrica, do...
Fauvismo (1898-1908)Impressionismo (1872), Pós-impressionismo (1885),Expressionismo (1905-1933), Futurismo (1909-1914), Cu...
FUTURISMO - CONTEXTO HISTÓRICO<br /><ul><li>  Em 1961 forma o novo estado italiano e o rei Vittorio Emmanuele II sobe ao t...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Futurismo

15.155 visualizações

Publicada em

Futurismo Apresentação

  • Seja o primeiro a comentar

Futurismo

  1. 1. CAROLINE SABATINI LEITE<br />DANDARA SEVILHA<br />ISABELA PELISSARI<br />LETICIA VAZ<br />MARINA NAVARRO<br />RICARDO BORTOLLO<br />Vespertino – 1° semestre<br />Prof. Adriana Martinez<br />Prof. Roberto Yokota<br />
  2. 2. VANGUARDAS DO SÉCULO XX<br />FUTURISMO<br />
  3. 3. ARTE MODERNA<br /> No século XX a arte passa por grandes mudanças:<br /><ul><li> A arte se concentra menos na realidade visual externa e mais na visão interna;
  4. 4. Retrata a vida contemporânea e não mais eventos históricos;
  5. 5. Liberta as formas da regras tradicionais;
  6. 6. Livrou as cores da obrigação de representar com exatidão os objetos;
  7. 7. Os artistas modernos desafiavam violentamente as convenções;
  8. 8. Já não tinha interesse em retratar a natureza;
  9. 9. Interesse pela abstração em que dominam a forma, as linhas e as cores;
  10. 10. Paris foi o grande centro dessa arte;
  11. 11. Dura ate a Segunda Guerra Mundial. </li></li></ul><li>VANGUARDAS (1870 – 1950)<br /><ul><li> Definição adotada por movimentos artísticos e políticos do fim do século XIX e início do século XX;
  12. 12. Ruptura com o passado e o intuito de chocar a opinião pública;
  13. 13. Surgimento do telégrafo, do rádio, da vacina anti-rábica, do raio-x, do submarino, do automóvel, da lâmpada elétrica, do telefone, do cinema,do avião...
  14. 14. Fauvismo (1898-1908)Impressionismo (1872), Pós-impressionismo (1885),Expressionismo (1905-1933), Futurismo (1909-1914), Cubismo (1907-1914), Construtivismo (1913), Suprematismo (1913), Dadaísmo (1916-1922), Neoplasticismo (1917), Surrealismo (1924).</li></li></ul><li>DUCHAMP, Marcel<br />PICASSO, Pablo, 1907<br />MONDRIAN, Piet<br />KUSH, Vladimir<br />MONET, Claude<br />BALLA, Giacomo<br />
  15. 15. FUTURISMO - CONTEXTO HISTÓRICO<br /><ul><li> Em 1961 forma o novo estado italiano e o rei Vittorio Emmanuele II sobe ao trono;
  16. 16.   O norte progrede enquanto o sul esta em crise;
  17. 17. Em 1970 sobe ao trono Umberto I;
  18. 18. Com a recessão global, pobreza e descontentamento, surge grupos políticos na cidade e no campo, que usam da violência a seu favor;
  19. 19.   Entre 1880 e 1890 havia muita corrupção tanto no âmbito político quanto no social, governado por Francesco Crispi;
  20. 20.   Na batalha de Adua em 1896, Crispi perde o governo para Giovanni Giolitti;
  21. 21. É adotada uma política moderna, que visa: crescimento econômico constante, consenso maior entre as classes e mais liberdade.</li></li></ul><li><ul><li> É formado grupos de anarquistas, sindicalistas e socialistas que desaprovam o governo, e reivindicavam um estado nacionalista, expansionista e corporativista;
  22. 22. Com essa ideologia dinâmica, intelectuais e jovens buscam idéias políticas e formas culturais para se expressarem. Essa linguagem vira marca registrada do futurismo;
  23. 23. Mudanças tecnológicas e culturais criam uma nova forma de pensar;
  24. 24.   No século XIX é assassinado Umberto I, e Emmanuele III toma posse;
  25. 25. A Italia ainda vive das glorias do passado, não tem nada de inovador;
  26. 26. Em 1909, FelippoTommaso Marinetti lança o “Manifesto Futurista” pelo jornal francês Le Figaro;</li></li></ul><li><ul><li> O manifesto pregava o amor pela tecnologia, o desprezo pela mulher, guerra e violencia;
  27. 27. Desprezavam qualquer vínculo com o passado, museus e bibliotecas;
  28. 28. A pintura foi a grande propulsora do futurismo, propagando-o para toda a Europa. Houve duas fases dentro do futurismo: na primeira é feito o “Manifesto dos pintores” - Carrá, Balla, Russoloe Boccionne fazem parte dessa fase;
  29. 29. Na segunda fase o movimento se envolve com facismo, e lança o “Manifesto da Aeropintura” - Balla, Prompolini e outros formam esse novo grupo;
  30. 30. Em 1930 o movimento perde seu rigor;
  31. 31. Em 1940 Marinetti se torna apologista do regime facista e o futurismo se torna uma propaganda vulgar. </li></li></ul><li>MANIFESTO TÉCNICO DA PINTURA FUTURISTA (Abril de 1910)<br />“ Tudo se movimenta, tudo corre, tudo gira rapidamente. Uma figura nunca é estacionária diante de nós, mas aparece e desaparece incessantemente... Queremos reentrar na vida. Que a ciência de hoje negue seu passado, isso corresponde às necessidades materiais do nosso tempo. Do mesmo modo, a arte, negando o seu passado, deve corresponder às necessidades intelectuais do nosso tempo.”<br />
  32. 32. “A Cidade se Levanta” BOCCIONI, Umberto (1910)<br />“Ritmo do Violinista”<br />BALLA, Giacomo (1912)<br />
  33. 33. O SEGUNDO FUTURISMO (década de 20)<br />GiacomoBallae Fortunato Depero;<br />Formas volumétricas.<br />“O Lenhador”<br /> DEPERO, Fortunato (1926)<br />
  34. 34. “O ciclista atravessa a cidade” DEPERO, Fortunato (1945)<br />“Números apaixonados” BALLA, Giacomo(1920)<br />
  35. 35. MANIFESTO DA AEROPINTURA (1929): BALLA, DEPERO, PRAMPOLINI, MARINETTI e BENEDETTA<br />“Combate aéreo a curta distância”<br /> CRALI,Tullio (1936-38)<br />
  36. 36. GIACOMO BALLA<br />GiacomoBalla, pintor italiano, nasceu em 1871 e morreu em 1958. <br />Começou sua carreira fazendo curso de desenho na Academia Albertina de Turim, sua cidade natal.<br />Em 1895 muda-se para Roma,e apresenta suas primeiras obras nas exposições da Sociedade dos Amadores e Cultores da Belas-Artes.<br />Balla vai para Paris, e tem contato com obras dos impressionistas e neo-impressionistas, anos mais tarde volta para Roma e conhece Marinetti, Boccioni e Severini.<br />
  37. 37. Em 1910 junta-se ao movimento Futurista. Na primeira fase, definiu um tipo de dinamismo que dava movimento físico na imagem pintada. <br />“Cão Atrelado”<br />BALLA,Giacomo (1912)<br />

×