A IMPORTÂNCIA DA LEITURA NA ESCOLA

463 visualizações

Publicada em

A APRESENTAÇÃO EM SLIDES SOBRE A IMPORTÂNCIA DA LEITURA NA ESCOLA.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
463
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A IMPORTÂNCIA DA LEITURA NA ESCOLA

  1. 1. 1
  2. 2. O presente trabalho específica o conceito de leitura sob a visão de diversos autores; com novas perspectivas acerca do mundo utilizando a tecnologia como recurso de leitura.O interesse pela pesquisa surgiu nas observações feitas em sala de aula durante o período de estágio supervisionado, na Escola Estadual Professor Ruy de Alencar. O objetivo deste trabalho é demonstrar aos alunos o interesse pela leitura dentro e fora do ambiente escolar. Enfim, a prática da leitura, da interpretação e produção textual depende do incentivo dos professores família e escola. 2
  3. 3. Analisar a leitura no cotidiano escolar dos alunos do segundo ano do Ensino Médio da Escola Estadual Professor Ruy de Alencar. 3
  4. 4. Discutir sobre a importância da leitura na escola. Analisar os discursos dos professores de Língua portuguesa e dos alunos da Escola Estadual Professor Ruy Alencar. 4
  5. 5. Quais as causas que interferem na aprendizagem da leitura e interpretação de textos dos alunos do 2º ano do Ensino Médio da Escola Estadual Professor Ruy Alencar? 5
  6. 6. Falta de material didático adequado para análise. Ausência de prática de leitura. Desinteresse em praticar a leitura. 6
  7. 7. A leitura amplia e integra os conhecimentos, desonerando a memória, abrindo cada vez mais os horizontes do saber, enriquecendo vocabulário e a facilidade da comunicação, disciplinando a mente e alargando a consciência pelo contato com formas e ângulos diferentes sobre os quais os mesmos problemas podem ser considerados. Quem lê constrói sua própria ciência; quem não lê memoriza elementos de um todo que não se atingiu [...]. É preciso ler, ler muito, ler bem. (RUIZ 2006, p. 35). Primeiro, a leitura deixaria de ser considerada como uma atividade exclusiva da aula ou do professor de português, como tem parecido a alguns; segundo, as leituras de textos de outras disciplinas adquiririam esse teor de ‘fonte de informação’, matéria- prima para futuras interações em que o conhecimento especializado de algum tema fosse solicitado. (ANTUNES 2009, p. 194).   7
  8. 8. Fez-se a pesquisa de campo na Escola Estadual Profº Ruy Alencar situada no bairro Nova Cidade, com base em questionários para coleta de dados. Esse instrumento foi utilizado para que fosse possível registrar os acontecimentos que circulam no dia a dia da sala de aula. O tipo de método utilizado nessa pesquisa foram o da observação direta participativa, questionário fechado, numa abordagem quantitativa e pesquisa bibliográfica. Na pesquisa prática, foi elaborada uma entrevista, para investigar se os alunos gostavam de ler, quais os tipos de leituras que mais apreciam. Nesse processo de investigação, elaboraram-se os questionários a serem respondidos pelo professor e alunos. Entrevistaram-se 32 de alunos do sexo masculino e feminino e 01 professor da Escola Estadual Profº Ruy Alencar. A maioria dos alunos que a escola recebe, são do próprio bairro onde está localizada. São adolescentes que ainda não trabalham, apenas estudam. Mas, muitos deles não demonstram interesse por seus estudos, principalmente por leitura. 8
  9. 9. Diante de todas as respostas dos alunos 47% citaram que lê jornal (de preferência o jornal de 0,25 centavos, pelo fato que o mesmo traz como informação: violência, empregos, futebol e fofocas de artistas). 31% dos alunos descreveram que sua leitura diária está incluso entre livros de romances, contos, etc. 22% dos alunos ainda responderam que o tipo de leitura que fazem regularmente é: revistas de fofocas, mensagens eletrônicas, que fazem parte do seu cotidiano. Qual tipo de Leitura você faz regularmente fora da sala de aula? Jornal Revistas Livros 9
  10. 10. A leitura é um elemento importante no processo educacional e no cotidiano do indivíduo, tornando-se condição plena para a participação no mundo da cultura. Através dela pode-se entrelaçar significados, entrar em outros mundos, adquirindo uma oportunidade de transformar relações. Acrescenta-se ainda que, a leitura feita pelos alunos em sala de aula tem se tornado sem importância e monótono. É necessário que a ideia de leitura seja tomada como instrumento de conhecimento, de escrita, mostrando a necessidade de ligação entre texto e a história, a linguagem e escrita. Portanto, é importante contribuir para a construção do conhecimento do aluno em Língua Portuguesa, que é a base principal para o estudo de outras disciplinas. 10
  11. 11. ANTUNES, Irandé. Língua, Texto e ensino: outra escola possível. – São Paulo: Parábola Editorial, 2009. CAVALCANTI, Mônica. Ler e compreender...eis a questão. Revista Construir Notícias. Nº. 38 – ANO 07. 2008 KLEIMAN, Ângela. Abordagens da leitura. Scripta, Belo Horizonte, vol.7, nº 14. 2004. LAJOLO, M.; ZILBERMAN, R. A formação da leitura no Brasil. 3.ed. São Paulo: Ática, 1999. MAROTE, João Teodoro. Didática da língua portuguesa. 11.ed. São Paulo, Ática, 2002. RUIZ, João Álvaro. Metodologia cientifica: guia para eficiência nos estudos. 6.ed. São Paulo: Atlas, 2006. 11

×