Innovators Dilemma

422 visualizações

Publicada em

Discussão sobre o livro Innovators Dilemma, de Clayton M. Christensen.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
422
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Innovators Dilemma

  1. 1. O que poderia levaruma empresa tãoinovadora aofracasso
  2. 2. Será que elatentou inovar demais?
  3. 3. Global BusinessBook Award para omelhor livro deNegócios em 1997Tradução em maisde 10 idiomasVenda em mais de25 países
  4. 4. Clayton M.ChristensenEconomia - UniversidadeBrigham Young (1975 )MBA e DBA HarvardBusiness School (1979 e1992)Professor de Administraçãode Empresas HarvardBusiness School
  5. 5. Parte I Por que grandesfirmas vão a falência?
  6. 6. As empresas, normalmente... Buscam Investem na Consultam margens mais melhoria de seus clientesaltas em grandes produtos atuais mercados estabelecidos Inovação Incremental Produtos melhores e mais lucrativos
  7. 7. Mas o desenvolvimento de produtos cada vez melhores gera umabusca interminável pela inovação no mesmo mercado
  8. 8. Desempenho requerido
  9. 9. E cria espaço para empresasemergentes em mercados inferiores Desempenho Desempenho requerido no topo do mercado Desempenho requerido na base do mercado Tempo
  10. 10. CASO DASESCAVADEIRAS
  11. 11. Empresas Estabelecidas Empresas Emergentes Escavadeira Mecânica Não Escavadeira Escavadeiraaceito nomercado Hidráulica Hidráulica Busca de Melhoria da novos escavadeira mercados mecânica Cliente no mercado emergente Cliente no Melhoria da mercado escavadeira estabelecido hidráulica
  12. 12. “Uma inovação disruptiva traz inicialmente um produto com desempenho inferior na avaliação do mercado, mastambém traz novos atributos que permitem que ele seja usado de uma maneira diferente dos que existiam antes”
  13. 13. E investir em inovações disruptivas nãoé racional... Mais simples e baratos e prometem menores margens $ Primeiramente comercializadas em mercados emergentes Consumidores mais rentáveis não se mostram interessados no produto
  14. 14. Princípios da Inovação Disruptiva 1 As empresas dependem de clientes e investidores para gerar recursos Os mercados menores não atendem à necessidade de crescimento de 2 grandes empresas 3 Mercados inexistentes não podem ser analisados 4 As capacidades da organização definem suas incapacidades O abastecimento de tecnologia cresce mais rápido do que a demanda 5 de mercado
  15. 15. É a competência administrativaque leva as melhores empresas adesprezar a ruptura inicialmente, pois, ouvindo os consumidores,elas tendem a priorizar apenas as inovações sustentadas, que levarão a produtos melhores e mais lucrativos
  16. 16. Como gerenciar ainovação disruptiva Parte II
  17. 17. O desempenho ultrapassa a demanda... Desempenho Excesso de qualidade/ desinteressev Desempenho demandado pelo consumidor médio Demanda não Tecnologia é boa o atendida suficiente – experiência adquire valor Tempo Alta tecnologia Commodity Mercado quer mais tecnologia e Conveniência, confiabilidade e melhor desempenho preços baixos Ponto de transição
  18. 18. ... e os critérios de decisão do consumidor mudamFase 1Funcionabilidade Fase 2 Confiabilidade Fase 3 Conveniência Fase 4 Preço
  19. 19. 3 estratégias possíveis...Foco em tecnologiassustentáveis e níveismais altos do mercado Acompanhar as mudanças de base de competiçãoAdaptar o mercado,criando demanda paraas melhorias
  20. 20. Algumas ConclusõesPropostas inovadoras disputam recursos comprojetos financeiramente mais atrativos A inovação disruptiva é desafio de marketing e não tecnológicoO atributo que enfraquece o produto no mercado principalpode ser de grande valor em mercados emergentes Produtos disruptivos tendem a ser mais simples, baratos e convenientes do que os estabelecidosPequenos entrantes são capazes de crescer em mercadosatravés de tecnologias não exploradas comercialmente porempresas estabelecidas
  21. 21. O Dilema
  22. 22. ...how executives can simultaneously do what is right for the near-term health of their established businesses, whilefocusing adequate resources onthe disruptive technologies that ultimately could lead to their downfall (?)
  23. 23. Investir em tecnologias de Focar no ruptura em mercados X mercado principal,emergentes mais mais lucrativo arriscados Desenvolver novas Foco em tecnologias e correr o risco X tecnologias sustentáveis de ser copiado
  24. 24. Outras questões para debate Se boas decisões podem levar ao fracasso, como empresas reconhecidas por promover inovação podem lidar com tecnologias disruptivas? Vale a pena continuar inovando e investindo em novas tecnologias quando essas, em última análise, podem ser a razão da queda da própria empresa? E como fazer isso sem deixar de lado o mercado principal? Que exemplos temos de empresas que lidam bem com a tecnologia de ruptura e de empresas que podem ser vítimas da inovação?
  25. 25. GRUPO 3Carlos Eduardo LopesDemetris TsatsosÉrika FerreiraMariana DavidRebecca Mattos

×