SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 31
OUN E GUERRA
FRIA
UM MUNDO DIVIDIDO
UM MUNDO DIVIDIDO
• Nos momentos finais da Segunda Guerra Mundial, ficou
evidente que algumas contradições do conflito não seriam
resolvidos facilmente. Dois grandes países, com
orientações políticas e ideológicas diferentes, uniram-se
para enfrentar um inimigo em comum o nazifascismo.
ESTADOS UNIDOS X UNIÃO SOVIÉTICA
UM MUNDO DIVIDIDO
• Quando a Vitória dos Aliados já podia ser vislumbrada, no
entanto as, duas grandes potências passaram a disputar
áreas de influência. Criou-se dessa maneira, um clima de
apreensão entre Estados Unidos e União Soviética.
Diante da iminência de uma catástrofe deu-se o nome de
Guerra Fria a todo esse estado de tensão que se criou.
UM MUNDO DIVIDIDO
UM MUNDO DIVIDIDO
UM MUNDO DIVIDIDO
• Antes de tratar diretamente da Guerra Fria, vamos
verificar quais foram as tentativas iniciais de estabelecer
um equilíbrio no cenário mundial, a partir da criação da
Organização das Nações Unidas (ONU).
ONU
• O fim da Segunda Guerra Mundial, motivou ações em
busca da paz entre os países. Assim, em 24 de Outubro
1945, foi criada oficialmente a Organização das Nações
Unidas (ONU) com a promulgação da Carta das Nações
Unidas que é uma espécie de Constituição da entidade.
Esse documento foi assinado por representantes de 51
países que entram no Brasil.
ONU
• Após a Primeira Guerra Mundial a preocupação
com a paz assume a forma de organização
internacional, então 63 países formaram a Liga das
Nações para mediar os conflitos no mundo. Porém
em 1945 houve a segunda Grande Guerra e o
fracasso da Liga.
ONU
• A ONU está sediada em Nova York, mas existem seis
regionais em outros países. Atualmente, é formado por
192 Estados Soberanos, e seus principais órgãos são:
Assembleia Geral, o Conselho de Segurança, o Conselho
Econômico Social, e o conselho de Tutela. o tribunal
internacional de justiça e o Secretariado.
GUERRA FRIA
• A definição para a expressão guerra fria é de um conflito
que aconteceu apenas no campo ideológico, não
ocorrendo um embate militar declarado e direto entre
Estados Unidos e URSS.
GUERRA FRIA
• Em março de 1946, Winston Churchill, em
pronunciamento nos Estados Unidos falou que uma
“cortina de ferro” caíria sobre a Europa Ocidental. Para
ele o domínio soviético na região era um retrocesso no
cenário europeu.
• Em março de 1947 o presidente dos Estados Unidos,
Harry Truman fez um discurso em que defendia medidas
que visavam deter o avanço do comunismo. (Doutrina
Truman).
GUERRA FRIA
● Plano Marshall
● A essa altura, a parte oriental da Europa se tornara
influência Soviética. Em pouco tempo partidos
comunistas locais alcançaram poder, mas se mantinham
sobre a tutela da União Soviética. Isso ocorreu na
Tchecoslováquia, na Polônia, Hungria, Bulgária, Romênia
e Albânia. A Iugoslávia ,entretanto, manteve o regime
socialista independente, pois na luta contra os nazistas
havia sido realizada pela Liga Comunista.
GUERRA FRIA
• O caso da Alemanha ilustra de maneira mais significativa
as tensões iniciais da Guerra Fria. O país foi dividido em
quatro zonas de ocupação: estadunidense, soviética,
inglesa e francesa. A capital, Berlim, também foi dividida
mas permanece dentro da zona soviética.
• Em 1948, porém, o Governo dos Estados Unidos, da
França e da Inglaterra decidiram unir-se a zonas de
ocupação o que motivou os soviéticos a bloquear o
acesso de Berlim no mês de julho até maio de 1949.
GUERRA FRIA
GUERRA FRIA
GUERRA FRIA
● Em relação á doutrina Truman e o plano Marshall, os
soviético tiveram sua contrapartida em 1947, foi criado
em Moscou o Kominform (Agência Comunista de
Informação) um organismo que reunia todos os partidos
comunistas do mundo, com objetivo de estimular novas
revoluções.
● Já em 1949, foi estabelecido o Comecon (Conselho de
Assistência Econômica Mútua).
GUERRA FRIA
• Nesta época, formaram-se dois blocos militares, cujo objetivo era
defender os interesses militares dos países membros:
• A OTAN - Organização do Tratado do Atlântico Norte (surgiu em
abril de 1949) era liderada pelos Estados Unidos e tinha suas
bases nos países membros, principalmente na Europa Ocidental.
• O Pacto de Varsóvia - era comandado pela União Soviética e
defendia militarmente os países socialistas.
CORRIDA ARMAMENTISTA
• Com a Guerra Fria, era evidente que havia uma corrida armamentista entre
os dois blocos, pois um buscava se antecipar ao outro em seu potencial
destrutivo.
• Um dos momentos de maiores tensões ocorreu em 1962, quando o governo
estadunidense constatou que os soviéticos estavam instalando bases de
mísseis em Cuba, a cerca de 150 Km da Flórida, diante dessa situação
presidente John Kennedy anunciou o bloqueio naval a Cuba.
• O temor é que os soviéticos tentar sem furar o bloqueio, que geraria um
confronto entre os dois países. No entanto a versão mais aceita para o que
aconteceu diz que o líder soviético na ocasião Nikita khruschev decidiu
negociar com Kennedy a retirada dos mísseis de Cuba desde que os
Estados Unidos não invadissem a ilha.
CORRIDA ARMAMENTISTA
• Episódio de 1926 ficou conhecido como Crise dos Mísseis e
representou o auge da Guerra Fria. A partir de então, a
pressão mundial com relação à corrida armamentista levou a
um novo acordo entre Estados Unidos e União Soviética, como
o Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares de 1964,
que contou também com a Grã-Bretanha.
A CONQUISTA DO ESPAÇO
• EUA e URSS travaram uma disputa muito grande no que se refere aos
avanços espaciais. Ambos corriam para tentar atingir objetivos
significativos nesta área. Isso ocorria, pois havia uma certa disputa entre
as potências, com o objetivo de mostrar para o mundo qual era o
sistema mais avançado. No ano de 1957, a URSS lança o foguete
Sputnik com um cão dentro, o primeiro ser vivo a ir para o espaço. Doze
anos depois, em 1969, o mundo todo pôde acompanhar pela televisão a
chegada do homem a lua, com a missão espacial norte-americana.
GUERRA DA COREIA
GUERRA DA COREIA
GUERRA DO VIETNÃ
GUERRA DO VIETNÃ
INFLUÊNCIAS E POSICIONAMENTOS
• Na Europa Ocidental, os Estados Unidos tiveram fortes aliados, como
a Inglaterra, que após a Segunda Guerra havia implementado o
chamado Estado de bem-estar social. Com as políticas de bem-
estar social, populares em vários países capitalistas de primeiro
mundo, surgiram críticos que resultaram na divulgação do
neoliberalismo (ano 1980).
• A França busca autonomia em relação aos Estados Unidos prova
disso que o início do Governo da chamada quinta República francesa
em 1958.
INFLUÊNCIAS E POSICIONAMENTOS
• No lado socialista, houve tentativas de garantir mais autonomia
frente ao governo da União Soviética, principalmente após a
morte de Stalin em 1953. Três anos depois, em 1956, a
Polônia e a Hungria iniciaram reformas políticas. No caso
Húngaro, houve maior liberdade de imprensa e permissão,
para existirem outros partidos políticos.
• No entanto, as forças russas não aceitaram as mudanças e
invadiram a capital da Hungria, Budapeste. Cerca de 20 mil
pessoas morreram, em confronto com Exército e outros
milhares se tornaram prisioneiros.
O PODER DAS IMAGENS NA GUERRA FRIA
ANOS 1960, A DÉCADA DA CONTESTAÇÃO
• No início da década de 1960, os Estados Unidos passaram por muitas
transformações. Ficaram famosas imagens da luta contra o racismo e a
exigência sobre o fim da Guerra do Vietnã. No primeiro caso,o grande
destaque foi o líder negro Martin Luther King Jr., que exigia mudanças nas
leis de vários estados que ainda mantinham práticas de segregação.
ANOS 1960, A DÉCADA DA CONTESTAÇÃO
• No segundo caso, reivindicação pelo fim da Guerra do Vietnã. teve
intensa participação da parte da Juventude os Estados Unidos, cujos
hábitos mudaram radicalmente na década de 1960.
• Uma das expressões demais
simbólicas do período foi o
movimento hippie. Sua palavra de
ordem era o pacifismo, onde seu
lema era “paz e amor”.
ANOS 1960, A DÉCADA DA CONTESTAÇÃO
• Os movimentos feministas também ganharam grande força na década
de 1960, em oposição à sociedade machista e à posição submissão q
que as mulheres eram relegadas.
• Esses movimentos ocorriam em vários países, cada um alimentando
mudanças no outro.
• O ápice dessas mudanças, entretanto, ocorreu em 1968. Estudantes
universitários de Paris entraram em greve promoveram várias
manifestações. O movimento em Paris é sintomático do que
aconteceu em vários lugares, inclusive no Brasil, onde o regime
autoritário havia sido implantado.
ANOS 1960, A DÉCADA DA CONTESTAÇÃO
No mesmo ano como demonstração das tentativas de mudanças no bloco
socialista foi a vez, da Tchecoslováquia promover certa abertura política que
ficou conhecida como Primavera de Praga.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
eiprofessor
 
GUERRA FRIA - Matéria de Apoio Curricular de História - 3º A, B, C e D
GUERRA FRIA - Matéria de Apoio Curricular de História - 3º A, B, C e DGUERRA FRIA - Matéria de Apoio Curricular de História - 3º A, B, C e D
GUERRA FRIA - Matéria de Apoio Curricular de História - 3º A, B, C e D
Alan
 
A República Velha (1889-1930)
A República Velha (1889-1930)A República Velha (1889-1930)
A República Velha (1889-1930)
Isaquel Silva
 
A Guerra Fria (ppt)
A Guerra Fria (ppt)A Guerra Fria (ppt)
A Guerra Fria (ppt)
Janayna Lira
 

Mais procurados (20)

1° ano aula slide - feudalismo
1° ano   aula slide - feudalismo1° ano   aula slide - feudalismo
1° ano aula slide - feudalismo
 
A Revolução Inglesa
A Revolução InglesaA Revolução Inglesa
A Revolução Inglesa
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
AFEGANISTÃO: Guerras e Conflitos
AFEGANISTÃO: Guerras e ConflitosAFEGANISTÃO: Guerras e Conflitos
AFEGANISTÃO: Guerras e Conflitos
 
Guerra fria
Guerra fria  Guerra fria
Guerra fria
 
GUERRA FRIA - Matéria de Apoio Curricular de História - 3º A, B, C e D
GUERRA FRIA - Matéria de Apoio Curricular de História - 3º A, B, C e DGUERRA FRIA - Matéria de Apoio Curricular de História - 3º A, B, C e D
GUERRA FRIA - Matéria de Apoio Curricular de História - 3º A, B, C e D
 
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjUGuerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
 
Império Turco-Otomano
Império Turco-OtomanoImpério Turco-Otomano
Império Turco-Otomano
 
A República Velha (1889-1930)
A República Velha (1889-1930)A República Velha (1889-1930)
A República Velha (1889-1930)
 
Revolucao russa
Revolucao russaRevolucao russa
Revolucao russa
 
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
 
Nova República
Nova RepúblicaNova República
Nova República
 
A Guerra Fria (ppt)
A Guerra Fria (ppt)A Guerra Fria (ppt)
A Guerra Fria (ppt)
 
50 - 2ª guerra mundial
50 -  2ª guerra mundial50 -  2ª guerra mundial
50 - 2ª guerra mundial
 
Período entre guerras - crise de 1929 - nazifascismo
Período entre guerras - crise de 1929 - nazifascismoPeríodo entre guerras - crise de 1929 - nazifascismo
Período entre guerras - crise de 1929 - nazifascismo
 
O mundo bipolar
O mundo bipolarO mundo bipolar
O mundo bipolar
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 

Semelhante a Onu e guerra fria- 9° ano Cap.7

O início da guerra fria até corrida armamentista
O início da guerra fria até corrida armamentistaO início da guerra fria até corrida armamentista
O início da guerra fria até corrida armamentista
Nelia Salles Nantes
 
Resumo a guerra fria
Resumo   a guerra friaResumo   a guerra fria
Resumo a guerra fria
historiando
 

Semelhante a Onu e guerra fria- 9° ano Cap.7 (20)

História 9º ano slide Guerra Fria
História   9º ano slide Guerra FriaHistória   9º ano slide Guerra Fria
História 9º ano slide Guerra Fria
 
A Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptx
A Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptxA Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptx
A Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptx
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
A guerra fria prof rodrigo
A guerra fria  prof rodrigoA guerra fria  prof rodrigo
A guerra fria prof rodrigo
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
Módulo 8 unidade 1.2 guerra fria
Módulo 8 unidade 1.2 guerra friaMódulo 8 unidade 1.2 guerra fria
Módulo 8 unidade 1.2 guerra fria
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Capitulo 09 Guerra Fria
Capitulo 09  Guerra FriaCapitulo 09  Guerra Fria
Capitulo 09 Guerra Fria
 
A guerra fria 1945 a 1989 - 2016
A guerra fria   1945 a 1989 - 2016A guerra fria   1945 a 1989 - 2016
A guerra fria 1945 a 1989 - 2016
 
Guerra fria
Guerra fria Guerra fria
Guerra fria
 
Guerra Fria (1945-1989)
Guerra Fria (1945-1989)Guerra Fria (1945-1989)
Guerra Fria (1945-1989)
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Sintese power point
Sintese power pointSintese power point
Sintese power point
 
A guerra fria
A guerra friaA guerra fria
A guerra fria
 
Guerra fria prof. josédna. wr.
Guerra fria prof. josédna. wr.Guerra fria prof. josédna. wr.
Guerra fria prof. josédna. wr.
 
O início da guerra fria até corrida armamentista
O início da guerra fria até corrida armamentistaO início da guerra fria até corrida armamentista
O início da guerra fria até corrida armamentista
 
Guerra fria - O mundo bipolar
Guerra fria - O mundo bipolar Guerra fria - O mundo bipolar
Guerra fria - O mundo bipolar
 
O mundo após 1945
O mundo após 1945O mundo após 1945
O mundo após 1945
 
Resumo a guerra fria
Resumo   a guerra friaResumo   a guerra fria
Resumo a guerra fria
 
CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA GUERRA FRIA
CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA GUERRA FRIACAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA GUERRA FRIA
CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA GUERRA FRIA
 

Último

1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
LindinhaSilva1
 

Último (20)

1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 

Onu e guerra fria- 9° ano Cap.7

  • 1. OUN E GUERRA FRIA UM MUNDO DIVIDIDO
  • 2. UM MUNDO DIVIDIDO • Nos momentos finais da Segunda Guerra Mundial, ficou evidente que algumas contradições do conflito não seriam resolvidos facilmente. Dois grandes países, com orientações políticas e ideológicas diferentes, uniram-se para enfrentar um inimigo em comum o nazifascismo. ESTADOS UNIDOS X UNIÃO SOVIÉTICA
  • 3. UM MUNDO DIVIDIDO • Quando a Vitória dos Aliados já podia ser vislumbrada, no entanto as, duas grandes potências passaram a disputar áreas de influência. Criou-se dessa maneira, um clima de apreensão entre Estados Unidos e União Soviética. Diante da iminência de uma catástrofe deu-se o nome de Guerra Fria a todo esse estado de tensão que se criou.
  • 6. UM MUNDO DIVIDIDO • Antes de tratar diretamente da Guerra Fria, vamos verificar quais foram as tentativas iniciais de estabelecer um equilíbrio no cenário mundial, a partir da criação da Organização das Nações Unidas (ONU).
  • 7. ONU • O fim da Segunda Guerra Mundial, motivou ações em busca da paz entre os países. Assim, em 24 de Outubro 1945, foi criada oficialmente a Organização das Nações Unidas (ONU) com a promulgação da Carta das Nações Unidas que é uma espécie de Constituição da entidade. Esse documento foi assinado por representantes de 51 países que entram no Brasil.
  • 8. ONU • Após a Primeira Guerra Mundial a preocupação com a paz assume a forma de organização internacional, então 63 países formaram a Liga das Nações para mediar os conflitos no mundo. Porém em 1945 houve a segunda Grande Guerra e o fracasso da Liga.
  • 9. ONU • A ONU está sediada em Nova York, mas existem seis regionais em outros países. Atualmente, é formado por 192 Estados Soberanos, e seus principais órgãos são: Assembleia Geral, o Conselho de Segurança, o Conselho Econômico Social, e o conselho de Tutela. o tribunal internacional de justiça e o Secretariado.
  • 10. GUERRA FRIA • A definição para a expressão guerra fria é de um conflito que aconteceu apenas no campo ideológico, não ocorrendo um embate militar declarado e direto entre Estados Unidos e URSS.
  • 11. GUERRA FRIA • Em março de 1946, Winston Churchill, em pronunciamento nos Estados Unidos falou que uma “cortina de ferro” caíria sobre a Europa Ocidental. Para ele o domínio soviético na região era um retrocesso no cenário europeu. • Em março de 1947 o presidente dos Estados Unidos, Harry Truman fez um discurso em que defendia medidas que visavam deter o avanço do comunismo. (Doutrina Truman).
  • 12. GUERRA FRIA ● Plano Marshall ● A essa altura, a parte oriental da Europa se tornara influência Soviética. Em pouco tempo partidos comunistas locais alcançaram poder, mas se mantinham sobre a tutela da União Soviética. Isso ocorreu na Tchecoslováquia, na Polônia, Hungria, Bulgária, Romênia e Albânia. A Iugoslávia ,entretanto, manteve o regime socialista independente, pois na luta contra os nazistas havia sido realizada pela Liga Comunista.
  • 13. GUERRA FRIA • O caso da Alemanha ilustra de maneira mais significativa as tensões iniciais da Guerra Fria. O país foi dividido em quatro zonas de ocupação: estadunidense, soviética, inglesa e francesa. A capital, Berlim, também foi dividida mas permanece dentro da zona soviética. • Em 1948, porém, o Governo dos Estados Unidos, da França e da Inglaterra decidiram unir-se a zonas de ocupação o que motivou os soviéticos a bloquear o acesso de Berlim no mês de julho até maio de 1949.
  • 16. GUERRA FRIA ● Em relação á doutrina Truman e o plano Marshall, os soviético tiveram sua contrapartida em 1947, foi criado em Moscou o Kominform (Agência Comunista de Informação) um organismo que reunia todos os partidos comunistas do mundo, com objetivo de estimular novas revoluções. ● Já em 1949, foi estabelecido o Comecon (Conselho de Assistência Econômica Mútua).
  • 17. GUERRA FRIA • Nesta época, formaram-se dois blocos militares, cujo objetivo era defender os interesses militares dos países membros: • A OTAN - Organização do Tratado do Atlântico Norte (surgiu em abril de 1949) era liderada pelos Estados Unidos e tinha suas bases nos países membros, principalmente na Europa Ocidental. • O Pacto de Varsóvia - era comandado pela União Soviética e defendia militarmente os países socialistas.
  • 18. CORRIDA ARMAMENTISTA • Com a Guerra Fria, era evidente que havia uma corrida armamentista entre os dois blocos, pois um buscava se antecipar ao outro em seu potencial destrutivo. • Um dos momentos de maiores tensões ocorreu em 1962, quando o governo estadunidense constatou que os soviéticos estavam instalando bases de mísseis em Cuba, a cerca de 150 Km da Flórida, diante dessa situação presidente John Kennedy anunciou o bloqueio naval a Cuba. • O temor é que os soviéticos tentar sem furar o bloqueio, que geraria um confronto entre os dois países. No entanto a versão mais aceita para o que aconteceu diz que o líder soviético na ocasião Nikita khruschev decidiu negociar com Kennedy a retirada dos mísseis de Cuba desde que os Estados Unidos não invadissem a ilha.
  • 19. CORRIDA ARMAMENTISTA • Episódio de 1926 ficou conhecido como Crise dos Mísseis e representou o auge da Guerra Fria. A partir de então, a pressão mundial com relação à corrida armamentista levou a um novo acordo entre Estados Unidos e União Soviética, como o Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares de 1964, que contou também com a Grã-Bretanha.
  • 20. A CONQUISTA DO ESPAÇO • EUA e URSS travaram uma disputa muito grande no que se refere aos avanços espaciais. Ambos corriam para tentar atingir objetivos significativos nesta área. Isso ocorria, pois havia uma certa disputa entre as potências, com o objetivo de mostrar para o mundo qual era o sistema mais avançado. No ano de 1957, a URSS lança o foguete Sputnik com um cão dentro, o primeiro ser vivo a ir para o espaço. Doze anos depois, em 1969, o mundo todo pôde acompanhar pela televisão a chegada do homem a lua, com a missão espacial norte-americana.
  • 25. INFLUÊNCIAS E POSICIONAMENTOS • Na Europa Ocidental, os Estados Unidos tiveram fortes aliados, como a Inglaterra, que após a Segunda Guerra havia implementado o chamado Estado de bem-estar social. Com as políticas de bem- estar social, populares em vários países capitalistas de primeiro mundo, surgiram críticos que resultaram na divulgação do neoliberalismo (ano 1980). • A França busca autonomia em relação aos Estados Unidos prova disso que o início do Governo da chamada quinta República francesa em 1958.
  • 26. INFLUÊNCIAS E POSICIONAMENTOS • No lado socialista, houve tentativas de garantir mais autonomia frente ao governo da União Soviética, principalmente após a morte de Stalin em 1953. Três anos depois, em 1956, a Polônia e a Hungria iniciaram reformas políticas. No caso Húngaro, houve maior liberdade de imprensa e permissão, para existirem outros partidos políticos. • No entanto, as forças russas não aceitaram as mudanças e invadiram a capital da Hungria, Budapeste. Cerca de 20 mil pessoas morreram, em confronto com Exército e outros milhares se tornaram prisioneiros.
  • 27. O PODER DAS IMAGENS NA GUERRA FRIA
  • 28. ANOS 1960, A DÉCADA DA CONTESTAÇÃO • No início da década de 1960, os Estados Unidos passaram por muitas transformações. Ficaram famosas imagens da luta contra o racismo e a exigência sobre o fim da Guerra do Vietnã. No primeiro caso,o grande destaque foi o líder negro Martin Luther King Jr., que exigia mudanças nas leis de vários estados que ainda mantinham práticas de segregação.
  • 29. ANOS 1960, A DÉCADA DA CONTESTAÇÃO • No segundo caso, reivindicação pelo fim da Guerra do Vietnã. teve intensa participação da parte da Juventude os Estados Unidos, cujos hábitos mudaram radicalmente na década de 1960. • Uma das expressões demais simbólicas do período foi o movimento hippie. Sua palavra de ordem era o pacifismo, onde seu lema era “paz e amor”.
  • 30. ANOS 1960, A DÉCADA DA CONTESTAÇÃO • Os movimentos feministas também ganharam grande força na década de 1960, em oposição à sociedade machista e à posição submissão q que as mulheres eram relegadas. • Esses movimentos ocorriam em vários países, cada um alimentando mudanças no outro. • O ápice dessas mudanças, entretanto, ocorreu em 1968. Estudantes universitários de Paris entraram em greve promoveram várias manifestações. O movimento em Paris é sintomático do que aconteceu em vários lugares, inclusive no Brasil, onde o regime autoritário havia sido implantado.
  • 31. ANOS 1960, A DÉCADA DA CONTESTAÇÃO No mesmo ano como demonstração das tentativas de mudanças no bloco socialista foi a vez, da Tchecoslováquia promover certa abertura política que ficou conhecida como Primavera de Praga.