Guerra fria

3.128 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Guerra fria

  1. 1. Guerra Fria Um mundo bipolar Trabalho realizado por: Filipe Lima 12ºI nº16
  2. 2. Índice <ul><li>Introdução; </li></ul><ul><li>Antecedentes; </li></ul><ul><li>Bloco Ocidental; </li></ul><ul><li>Bloco Comunista; </li></ul><ul><li>O Conflito. </li></ul>
  3. 3. Introdução <ul><li>A Guerra Fria foi um clima de tensão que se fez sentir entre as duas maiores potências mundiais: E.U.A e U.R.S.S. </li></ul><ul><li>Este período da História Mundial foi marcado por conflitos como a Guerra das Coreia e a Guerra dos Mísseis em que ambas as potências mediam forças. </li></ul>
  4. 4. Antecedentes <ul><li>Com o final da Segunda Guerra Mundial, surgiram diversas alterações internacionais. O mundo tornou-se num lugar bipolar devido ao aparecimento de duas grandes potências: E.U.A e U.R.S.S. </li></ul><ul><li>Com o fim da Guerra em 1945, foram organizadas conferências (como a de Ialta em Fevereiro e Potsdam em Julho) para que fossem estabelecidas medidas que estabelecessem a paz. </li></ul>
  5. 5. Antecedentes - Decisões das Conferências <ul><li>Na Conferência de Ialta, as potências aliadas (E.U.A, Inglaterra, França e U.R.S.S) concordaram cooperar entre si para que não existissem novos conflitos. As fronteiras da Polónia foram definidas. A Alemanha foi dividida em quatro áreas de ocupação distribuídas pelos aliados vencedores e encarregue de pagar indemnizações pelos danos causados pelo conflito. </li></ul>
  6. 6. Antecedentes - Decisões das Conferências <ul><li>Ficou também decidido que ajudariam os países de Leste a criarem os seus novos governos com base na vontade das populações. </li></ul><ul><li>Em Potsdam, foram reforçadas algumas medidas que ficaram estabelecidas em Ialta. A Áustria foi desnazificada. Além disso, foi criado o Tribunal de Nuremberga para julgar os crimes nazis. </li></ul>
  7. 7. Antecedentes - Decisões das Conferências: A ONU <ul><li>Ficou também decidida a criação da ONU, isto é, Organização das Nações Unidas. Esta tinha como principal objectivo a manutenção da paz no mundo, tentando superar os erros da Sociedade das Nações criada no fim da Primeira Guerra Mundial. Defendia também os direitos do Homem e a justiça. </li></ul><ul><li>Em 1948, foi aprovada a Declaração Universal dos Direitos do Homem que respeitava os direitos inalienáveis e fundamentais (vida, liberdade, autodeterminação dos povos). </li></ul>
  8. 8. Antecedentes - Decisões das Conferências: A ONU <ul><li>Tem seis órgãos básicos de funcionamento: </li></ul><ul><li>Assembleia Geral: funciona como um Parlamento Mundial; </li></ul><ul><li>Conselho de Segurança: é responsável pela manutenção da paz; </li></ul><ul><li>Secretariado-Geral: funciona como mediador nas questões mais delicadas representando a ONU e todos os povos do Mundo; </li></ul><ul><li>Conselho Económico e Social: promove a cooperação entre as nações; </li></ul><ul><li>Tribunal da Justiça: órgão máximo de justiça internacional; </li></ul><ul><li>Conselho da Tutela: administra os territórios que se encontravam sob a responsabilidade da Sociedade das Nações. </li></ul>
  9. 11. Antecedentes <ul><li>Após a Alemanha ser vencida, os ocidentais voltaram a recear a expansão do comunismo pelo resto do mundo. </li></ul><ul><li>A Rússia ganhara destaque tornando-se na segunda maior potência mundial e ocupando um lugar privilegiado junto dos povos de Leste, uma vez que, o Exército Vermelho fora quem os libertara da ocupação nazi. </li></ul>
  10. 12. Antecedentes <ul><li>Em 1946, um ano após o fim da II Guerra Mundial, Churchill acusou a União Soviética de criar uma “cortina de ferro”. Isto sucedeu-se porque os países de Leste haviam já adoptado o comunismo e este ganhava força. Assim, o mundo encontrava-se dividido em dois blocos perfeitamente antagónicos e esta “cortina” impedia a circulação da informação. </li></ul>
  11. 14. O Bloco Ocidental <ul><li>Este bloco era liderado pelos E.U.A que, como principal potência, se dedicaram à contenção da expansão do comunismo pelo mundo. </li></ul>
  12. 15. O Bloco Ocidental <ul><li>Defensor da liberdade; </li></ul><ul><li>Modelo económico capitalista, defensor da livre iniciativa; </li></ul><ul><li>Criação do Plano Marshall de ajuda económica à Europa em 1947; </li></ul><ul><li>Criação de espaços económicos alargados como a CEE; </li></ul><ul><li>Criação de organismos para que o novo sistema assente no dólar funcionasse: FMI, GATT e BIRD; </li></ul><ul><li>Criação da NATO em 1949, como uma organização meramente defensiva; </li></ul><ul><li>Registou grande prosperidade económica durante “Os Trinta Gloriosos” que tiveram lugar entre 1945 e 1973; </li></ul><ul><li>Surge a sociedade de consumo; </li></ul>
  13. 17. Bloco Comunista <ul><li>Era liderado pela U.R.S.S. Estaline pretendia que o socialismo se expandisse para o resto do mundo, fazendo com que a Rússia ganhasse uma posição internacional mais elevada, sobrepondo-se aos E.U.A. </li></ul>
  14. 18. Bloco Comunista <ul><li>Seguia o modelo comunista de Estaline; </li></ul><ul><li>Expandiu-se para os países de Leste, para a China, para Cuba e para a Coreia do Norte; </li></ul><ul><li>A economia era nacionalizada e planificada; </li></ul><ul><li>A sociedade não tinha classes e a maioria da população vivia na miséria; </li></ul><ul><li>1947 – criação do Kominform (coordenava a acção dos diversos partidos comunistas); </li></ul><ul><li>1949 – criação do COMECON; </li></ul><ul><li>Criou o Pacto de Varsóvia em 1955, como resposta directa à NATO; </li></ul>
  15. 20. O Conflito <ul><li>A Guerra Fria teve várias fases. </li></ul><ul><li>Guerra Fria (1945-1955): foi o período em que existiu maior tensão e maior animosidade; </li></ul><ul><li>Coexistência Pacífica (1955-1963): período em que os ânimos acalmam e Kruchtchev visita os Estados Unidos; </li></ul><ul><li>Desanuviamento (1963-1974): período marcado pelos avanços nucleares e pela corrida ao armamento; </li></ul><ul><li>Guerra Fresca (1974-1985): período em que a tensão começou a diminuir até deixar de existir conflito. </li></ul>
  16. 22. O Conflito <ul><li>Durante o período da Guerra Fria, as duas potências confrontaram-se diversas vezes gerando uma “guerra de nervos”, que fazia com que uma Terceira Guerra Mundial pudesse estar iminente. </li></ul><ul><li>Ambas as potências tentavam alargar a sua área de influência, procurando superar a outra, utilizando uma propaganda feroz que visava moldar a opinião das populações. </li></ul>
  17. 23. O Conflito <ul><li>De 24 de Junho de 1948 a 11 de Maio de 1949, Estaline desencadeou o Bloqueio de Berlim. Impediu o acesso à cidade que se encontrava dividida em quatro zonas de ocupação. </li></ul><ul><li>Um ano após o Bloqueio de Berlim, começou a Guerra da Coreia (1950). A Coreia do Norte, comunista, invadiu a Coreia do Sul. Ambas contaram com o apoio das potências que se confrontaram abertamente. </li></ul>
  18. 24. O Conflito <ul><li>Em 1961, foi erguido o Muro de Berlim. Este tornou-se o maior símbolo da Guerra Fria, mostrando a divisão do mundo em duas partes perfeitamente distintas. </li></ul><ul><li>Um ano mais tarde, deu-se uma das maiores crises do conflito: a crise dos mísseis de Cuba. Cuba posicionara-se ao lado do bloco comunista em 1959 e permitiu que fossem colocados no seu território mísseis que estavam directamente apontados aos E.U.A. </li></ul>
  19. 25. O Conflito <ul><li>As potências procuraram armamento como precaução a uma eventual guerra. Os E.U.A sentiam-se em superioridade uma vez que possuíam o segredo da bomba atómica. No entanto, em 1949, os russos conseguem também criá-la. Isto deu início a um enorme investimento tecnológico que fez com que fossem produzidas novas armas como as bombas de hidrogénio. </li></ul><ul><li>Ambas as potências sabiam que a sua evolução tecnológica condicionaria a sua superioridade. Como tal, ambas iniciaram a corrida espacial que culminou com a chegada de Armstrong à Lua em 1968. </li></ul>
  20. 26. O Conflito <ul><li>A Guerra Fria acabou quando novas potências começaram a afirmar-se no contexto mundial, apagando progressivamente a superioridade dos E.U.A e da U.R.S.S. O Japão, a China e a Europa ganharam grande destaque na economia mundial, fazendo com que a tensão desaparecesse. </li></ul><ul><li>Em 1985, deu-se a queda do Muro de Berlim que marcou o fim do conflito. </li></ul>

×