Dicas	
  para	
  escolher	
  as	
  suas	
  botas	
  de	
  segurança	
  
	...
Dependendo	
  do	
  risco	
  da	
  sua	
  atividade,	
  o	
  modelo	
  das	
  suas	
  botas	
  de	
  segurança	
  pode	
  ...
térmicos	
  são	
  outra	
  componente	
  dos	
  riscos	
  físicos	
  e	
  comportam	
  o	
  calor,	
  as	
  chamas	
  ou	...
• Sola	
  
Deve	
  apresentar	
  boas	
  propriedades	
  físico-­‐mecânicas,	
  boa	
  flexibilidade,	
  boa	
  capacidade...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Dicas para escolher as suas botas de segurança

202 visualizações

Publicada em

As botas de segurança são parte integrante de qualquer equipamento de proteção individual na maior parte das atividade profissionais. As botas de segurança são fabricadas nos mais variados materiais e para as mais diversas modalidades laborais. Assim, temos, por exemplo, botas de segurança para eletricistas, botas de segurança para mecânicos, botas de segurança para usar em estaleiros de construção, etc. Poder-se-á dizer que a cada profissão, as suas botas de segurança.

Neste post, falaremos de vários tipos de riscos para os quais as botas de segurança estão adaptadas.

Saiba como escolher as suas botas de segurança neste artigo do Blog Mais-Seguranca.pt

Publicada em: Saúde
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
202
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dicas para escolher as suas botas de segurança

  1. 1.                         Dicas  para  escolher  as  suas  botas  de  segurança       http://www.mais-seguranca.pt/blog/material-de-seguranca/botas-de-seguranca/   As  botas  de  segurança  são  parte  integrante  de  qualquer  equipamento  de  proteção  individual  na   maior  parte  das  atividade  profissionais.  As  botas  de  segurança  são  fabricadas  nos  mais  variados   materiais   e   para   as   mais   diversas   modalidades   laborais.   Assim,   temos,   por   exemplo,   botas   de   segurança  para  eletricistas,  botas  de  segurança  para  mecânicos,  botas  de  segurança  para  usar  em   estaleiros  de  construção,  etc.  Poder-­‐se-­‐á  dizer  que  a  cada  profissão,  as  suas  botas  de  segurança.     Neste   post,   falaremos   de   vários   tipos   de   riscos   para   os   quais   as   botas   de   segurança   estão   adaptadas.   Saiba  como  escolher  as  suas  botas  de  segurança     Sensibilize  sempre  os  trabalhadores  da  sua  empresa   Se  é  detentor  de  uma  empresa,  por  pequena  que  seja,  não  se  esqueça  de  fornecer  a  cada  um  dos   seus  trabalhadores  ou  colaboradores  o  seu  equipamento  individual  de  proteção.  Este  pode  ser   constituído  pelas  mais  variadas  peças,  desde  coletes  a  óculos  de  proteção  e  botas  de  segurança.   Visite  o  nosso  Blog  em:     http://www.mais-­‐seguranca.pt/blog/  
  2. 2. Dependendo  do  risco  da  sua  atividade,  o  modelo  das  suas  botas  de  segurança  pode  variar,  quer   na  forma  quer  nos  materiais  ou  até  mesmo  no  design.   Para  atividades  onde  o  risco  de  quedas  de  objetos  pesados  é  real,  usam-­‐se  modelos  de  botas  de   segurança  mais  reforçados.  Se  o  risco  se  concentrar  no  piso  e  no  perigo  constituído  por  materiais   escorregadios  ou  oleosos,  o  modelo  será  anti-­‐derrapante.   Sensibilize  sempre  os  seus  trabalhadores  ou  colaboradores  para  o  uso  das  botas  de  segurança.  Em   algumas  atividades,  o  uso  de  botas   de   segurança   é  obrigatório.  Nesse  caso,  verifique  se  o  seu   pessoal   não   se   esqueceu   de   as   usar.   Noutras   atividades,   mesmo   que   não   seja   obrigatório,   o   regulamento  da  empresa  pode  determinar  o  uso  obrigatório  de  botas  de  segurança.   De  qualquer  dos  modos,  se  os  seus  trabalhadores  estiverem  sensibilizados  para  a  utilidade  do  uso   de   equipamento   de   proteção   individual,   acarretarão   com   agrado   a   norma   do   uso   de   botas   de   segurança  na  empresa.     Modelos  de  botas  de  segurança   As  botas  de  segurança  constituem  equipamento  enquadrados  pela  Diretiva  89/686/CEE  enquanto   equipamento  de  proteção  individual.  Por  conseguinte,  as  tipologias  das  botas  de  segurança  são   normalmente  concebidas  e  fabricadas  de  forma  a  satisfazer  um  dado  conjunto  de  especificações,   de  acordo  com  a  categoria  em  que  se  enquadram.   A  utilização  das  botas  de  segurança  visa  assegurar  uma  proteção  contra  um  conjunto  de  riscos.   Estes  encontram-­‐se  sistematizados  do  seguinte  modo:     • Riscos  físicos   Os  riscos  físicos  comportam,  por  sua  vez,  riscos  mecânicos.  Nestes,  tornam-­‐se  susceptíveis  quedas,   escorregamentos,   golpes,   compressões,   perfurações,   cortes,   abrasões   ou   entorses.   Os   riscos  
  3. 3. térmicos  são  outra  componente  dos  riscos  físicos  e  comportam  o  calor,  as  chamas  ou  o  frio.  Além   destes,   existem   ainda   os   riscos   elétricos   e   os   riscos   por   radiações.   Os   riscos   associados   ao   uso   inadequado  de  botas  de  segurança,  nestes  casos,  são  a  electrocussão,  a  acumulação  de  energia   electroestática,  a  exposição  a  radiações  ionizantes  e  a  radiações  térmicas.   • Riscos  químicos   Neste   tipo   de   risco,   os   metais   pesados   e   certos   líquidos   constituem   um   risco   para   a   saúde,   atendendo  a  que  podem  provocar  alergias,  irritações  ou  até  mesmo  doenças  crónicas.   • Riscos  biológicos   Os   riscos   associados   a   esta   categoria   são   a   presença   de   fungos   e   bactérias,   com   o   desenvolvimento   de   germes,   o   aparecimento   de   fungos   e   bactérias   devidas   ao   suor   e   a   acumulação  de  humidade.   Aspectos  a  considerar  na  seleção  de  botas  de  segurança   Após   a   análise   dos   riscos   enumerados,   o   fabricante   identifica   quais   os   riscos   que   as   botas   de   segurança   pretendem   suprir,   selecionando   a   categoria   de   risco   em   que   devem   ser   integradas.   Neste  sentido,  alguns  aspetos  são  tidos  em  conta,  tais  como:   • Corte   Devem  utilizar-­‐se  materiais  como  o  couro  ou  outros  materiais  sintéticos  respiráveis.  Alguns   couros  podem  apresentar  acabamentos  com  repelência  à  água  e  à  sujidade,  como  o  caso   do  couros  hidrofugados.   • Forro   Devem  utilizar-­‐se  materiais  respiráveis,  que  possam  contribuir  para  manter  o  pé  fresco.   Devem  ser  macios  e  sem  costuras.   • Testeira   Apresenta  a  forma  dos  pés  e  é  suficientemente  profunda  de  modo  a  prevenir  a  fricção  e   permitir   aos   dedos   afastarem-­‐se.   É   um   aspecto   importante   no   caso   das   biqueiras   de   proteção.   • Palmilha   É  amovível  para  permitir  eventual  substituição.   • Calcanheira   Deve   ajustar-­‐se   confortavelmente   ao   pé,   impedido   que   o   calcanhar   escorregue,   proporcionando  estabilidade  no  contato  com  o  solo.   • Tacão   Deve   apresentar   uma   base   de   apoio   larga   e   segura,   devendo   ainda   contribuir   para   proporcionar  estabilidade  ao  pé.  
  4. 4. • Sola   Deve  apresentar  boas  propriedades  físico-­‐mecânicas,  boa  flexibilidade,  boa  capacidade  de   absorção  de  impactos.  Os  melhores  materiais  são  a  borracha,  TPU,  PU  e  PVC.   • Aperto     Devem  apresentar  sistema  de  aperto  simples,  como  cordões,  velcro  ou  fivelas  de  modo  a   permitir  um  ajuste  adequado  ao  pé.     No  momento  de  escolher  as  botas  de  segurança  da  sua  equipa,  não  deixe  de  ter  em  conta  estes   aspectos  que  aqui  enumeramos.  Visite  a  nossa  loja  onde  encontrará  estes  e  muitos  outros  artigos   para  equipamentos  de  proteção  individual.  Leia  ainda  o  nosso  post  “Por  que  é  tão  importante  usar   sempre  calçado  de  segurança  homologado”   Palavras-­‐chave:  botas  de  segurança   Palavras-­‐chave  secundárias:  riscos  físicos,  riscos  térmicos,  riscos  elétricos,  radiações,      

×