Treinamento de epi novo reparado mecnil

8.283 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
8 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Conheça os produtos da Zanel Luvas - Equipamentos de Proteção Individual

    http://www.zanel.com.br
    https://www.facebook.com/Zanelluvas
    https://plus.google.com/+ZanelLuvas/posts
    https://twitter.com/zanel_epis

    Bocaina SP - CEP 17.240-000 - Rua Heraclito lacerda 663 - Fone 14 3666 2046
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.283
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
677
Comentários
1
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Treinamento de epi novo reparado mecnil

  1. 1. Equipamentos de proteção coletiva e individual 1
  2. 2. Equipamentos de proteção coletiva e individual Para prevenir os acidentes e as doenças decorrentes do trabalho, a ciência e as tecnologias colocam à nossa disposição uma série de medidas e equipamentos de proteção coletiva e individual. As medidas e os equipamentos de proteção coletiva visam, além de proteger muitos trabalhadores ao mesmo tempo, à otimização dos ambientes de trabalho, destacando-se por serem mais rentáveis e duráveis para a empresa. 2
  3. 3. EPC – Equipamento de Proteção Coletiva Limpeza e organização dos locais de trabalho. Sistema de exaustão colocado em um ambiente de trabalho onde há poluição, produtos químicos entre outros. 3
  4. 4. EPC – Equipamento de Proteção Coletiva Colocação de aterramento elétrico nas máquinas e equipamentos. 4
  5. 5. EPC – Equipamento de Proteção Coletiva Proteção nas escadas através de corrimão, rodapé e pastilha antiderrapante. 5
  6. 6. EPC – Equipamento de Proteção Coletiva Isolamento ou afastamento de máquina muito ruidosa. 6
  7. 7. EPC – Equipamento de Proteção Coletiva Limpeza ou substituição de filtros e tubulações de arcondicionado. 7
  8. 8. EPC – Equipamento de Proteção Coletiva Isolamento de áreas internas ou externas com sinalização vertical e horizontal. 8
  9. 9. EPC – Equipamento de Proteção Coletiva Instalação de pára-raios Iluminação adequada 9
  10. 10. EPC – Equipamento de Proteção Coletiva Instalação de avisos, alarmes e sensores nas máquinas, nos equipamentos e elevadores. 10
  11. 11. EPC – Equipamento de Proteção Coletiva Cone/ Haste de Sinalização Finalidade Sinalização de áreas de trabalho e obras em vias públicas ou rodovias e orientação de trânsito de veículos e de pedestres. 11
  12. 12. EPC – Equipamento de Proteção Coletiva Fita/ Faixa para isolamento Finalidade Utilizada para delimitação e isolamento de áreas de trabalho. 12
  13. 13. EPC – Equipamento de Proteção Coletiva Placa de Sinalização Finalidade Utilizada para identificar piso molhado 13
  14. 14. EPC – Equipamento de Proteção Coletiva Equipamento de Proteção Coletiva – EPC é todo dispositivo, sistema, ou meio, fixo ou móvel de abrangência coletiva, destinado a preservar a integridade física e a saúde dos trabalhadores usuários e terceiros. 14
  15. 15. Equipamentos de Proteção Individual EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL Considera-se Equipamento de Proteção Individual - EPI, todo dispositivo ou produto, de uso individual utilizado pelo trabalhador, destinado à proteção de riscos suscetíveis de ameaçar a segurança e a saúde no trabalho. 15
  16. 16. Equipamentos de Proteção Individual Cabe ao empregador quanto ao EPI: : a) adquirir o adequado ao risco de cada atividade; b) exigir seu uso; c) fornecer ao trabalhador somente o aprovado pelo órgão nacional competente em matéria de segurança e saúde no trabalho; 16
  17. 17. Equipamentos de Proteção Individual Cabe ao empregador quanto ao EPI : d) orientar e treinar o trabalhador sobre o uso adequado, guarda e conservação; e) substituir imediatamente, quando danificado ou extraviado; f)responsabilizar-se pela higienização e manutenção periódica; e,
  18. 18. Equipamentos de Proteção Individual g) comunicar ao MTE qualquer irregularidade observada. h) registrar o seu fornecimento ao trabalhador, podendo ser adotados livros, fichas ou sistema eletrônico.
  19. 19. Equipamentos de Proteção Individual Cabe ao empregado quanto ao EPI: a) usar, utilizando-o apenas para a finalidade a que se destina; b) responsabilizar-se pela guarda e conservação; c) comunicar ao empregador qualquer alteração que o torne impróprio para uso; e, d) cumprir as determinações do empregador sobre o uso adequado. 19
  20. 20. Equipamentos de Proteção Individual Não basta conhecer os riscos das atividades; Use sempre os EPIs para (proteção das mãos, tronco, cabeça, pés, ouvido e face e olhos). 20
  21. 21. Equipamentos de Proteção Individual PROTEÇÃO DO TRONCO Avental de Raspa Finalidade Proteção do usuário contra agentes abrasivos e escoriantes. 21
  22. 22. Equipamentos de Proteção Individual PROTEÇÃO DA CABEÇA Capacete de proteção Finalidade Utilizado para proteção da cabeça do empregado contra agentes (trabalho a céu aberto) e trabalho em local confinado, impactos provenientes de queda ou projeção de objetos, queimaduras, choque elétrico e irradiação solar. . 22
  23. 23. Equipamentos de Proteção Individual PROTEÇÃO DA CABEÇA Touca Soldador Finalidade Confeccionada em brim leve, para proteção contra respingos de solda. Cobre a cabeça, testa e nuca com abertura frontal para face.. 23
  24. 24. Equipamentos de Proteção Individual PROTEÇÃO DOS OLHOS E FACE Óculos de segurança para proteção (lente incolor/ lente escura) Finalidade Utilizado para proteção dos olhos contra impactos mecânicos, particular volante e raios ultravioletas. 24
  25. 25. Equipamentos de Proteção Individual PROTEÇÃO DOS OLHOS E FACE Óculos de Solda Maçariqueiro Com lente Cinza Finalidade Proteção dos olhos contra impactos de partículas volantes multidirecionais e radiações provenientes de operações de solda e corte com maçarico . 25
  26. 26. Equipamentos de Proteção Individual PROTEÇÃO DOS OLHOS E FACE Máscara de solda Finalidade Protege contra respingos e fagulhas produzidas pela soldagem. 26
  27. 27. Equipamentos de Proteção Individual PROTEÇÃO DOS OLHOS E FACE Escudo para Soldador Finalidade Proteção da face do usuário contra impactos de partículas volantes multidirecionais. 27
  28. 28. Equipamentos de Proteção Individual PROTEÇÃO AUDITIVA Protetor auditivo tipo concha Finalidade Utilizado para proteção dos ouvidos nas atividades e nos locais que apresentem ruídos excessivos. Protetor auditivo tipo plug Finalidade Utilizado para proteção dos ouvidos nas atividades e nos locais que apresentem ruídos excessivos. 28
  29. 29. Equipamentos de Proteção Individual PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA Respirador purificador de ar (descartável) Finalidade Utilizado para proteção respiratória em atividade e locais que apresentem tal necessidade. Evitar a inalação de vapores orgânicos, névoas ou finas partículas tóxicas através das vias respiratória. 29
  30. 30. Equipamentos de Proteção Individual PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA Máscara com filtro para vapores orgânicos Finalidade Usada no manuseio de tintas, solventes, vernizes ou vapores derivados do petróleo 30
  31. 31. Equipamentos de Proteção Individual PROTEÇÃO DOS MEMBROS SUPERIORES De acordo com a NR 06, a Norma Regulamentadora de Equipamento de Proteção Individual, as luvas devem proteger as mãos contra os seguintes tipos de agentes: abrasivos e escoriantes; cortantes e perfurantes; choques elétricos; térmicos; biológicos; químicos; vibrações; umidade proveniente de operações com uso de água; radiações ionizantes. 31
  32. 32. PROTEÇÃO DOS MEMBROS SUPERIORES Mãos: Por que é tão importante termos cuidados com elas? 32
  33. 33. PROTEÇÃO DOS MEMBROS SUPERIORES É preciso que o trabalhador tenha consciência quanto aos riscos que estão presentes nas suas atividades. 33
  34. 34. PROTEÇÃO DOS MEMBROS SUPERIORES Para trabalho de solda são usadas geralmente luvas de raspa de couro, para nos proteger dos respingos incandescentes e da agressividade do calor. 34
  35. 35. PROTEÇÃO DOS MEMBROS SUPERIORES A lesão nas mãos ocorre mais nas seguintes situações:  Situação de bater contra;  Situação de torção;  Situação de corte/desbaste;  Movimentação de carga. 35
  36. 36. PROTEÇÃO DOS MEMBROS SUPERIORES 36
  37. 37. PROTEÇÃO DOS MEMBROS SUPERIORES 37
  38. 38. PROTEÇÃO DOS MEMBROS SUPERIORES Quando da utilização de marreta/martelo. 38
  39. 39. PROTEÇÃO DOS MEMBROS SUPERIORES Luva verde Luvas em PVC Luvas alta tensão Luva Malha de Aço Luvas de latex Luva nitrílica Luvas raspa Luvas vaqueta
  40. 40. PROTEÇÃO DOS MEMBROS SUPERIORES Suas mãos são preciosas, são suas Ferramentas Naturais, com elas você segura, empurra, etc. As mãos são os olhos dos cegos e voz dos mudos Você só tem duas, elas são importantes para o seu sustento e o de sua família. 40
  41. 41. PROTEÇÃO DOS MEMBROS SUPERIORES Elas são frágeis e estão expostas a riscos diáriamente, arestas cortantes, facas, etc...,são inimigos de mãos desatentas. Não existem mãos de reserva, elas nunca serão encontradas no almoxarifado para reposição. Nada as substitui completamente. 41
  42. 42. PROTEÇÃO DOS MEMBROS SUPERIORES A mão é a região do corpo mais lesionada por acidentes. Qualquer ferimento, limita as suas mãos. Portanto, a segurança de suas mãos, está em suas MÃOS 42
  43. 43. PROTEÇÃO DOS MEMBROS SUPERIORES Proteja-se Para evitar acidentes, multiplique sua atenção, subtraia os riscos , some com o Equipamento de Proteção Individual, e o resultado será segurança total. 43
  44. 44. PROTEÇÃO DOS MEMBROS SUPERIORES Proteja-se Ao manipular materiais, identifique se é agressivo e faça uso de luva de segurança adequada. 44
  45. 45. PROTEÇÃO DOS MEMBROS SUPERIORES Luva de raspa Finalidade Utilizada para proteção das mãos e braços do empregado contra agentes abrasivos e escoriantes. 45
  46. 46. PROTEÇÃO DOS MEMBROS SUPERIORES Luva de vaqueta Finalidade Utilizada para proteção das mãos e braços do empregado contra agentes abrasivos e escoriantes. 46
  47. 47. PROTEÇÃO DOS MEMBROS SUPERIORES Luva Nitrílica e Latex Finalidade Equipamento utilizado em atividades em que houver contato com produtos químicos e biológicos para proteção das mãos e punhos. 47
  48. 48. PROTEÇÃO DOS MEMBROS SUPERIORES Mangote de Raspa Finalidade Indicado para maior segurança contra agentes abrasivos e escoriantes. 48
  49. 49. PROTEÇÃO DOS MEMBROS INFERIORES Calçado de Segurança (Preto) Finalidade Proteção dos pés do usuário contra riscos de natureza leve e contra risco elétrico. 49
  50. 50. ATENÇÃO!! Use os EPI’s, adequados para a função, apenas para a finalidade a que se destinam e mantenha-os sob sua guarda e conservação; Não improvise extensões elétricas e nem conserte equipamentos defeituosos. Chame o eletricista! Mantenha o equipamento de solda ou corte à quente afastado e/ou protegido por anteparo, e sinalizado para proteger os trabalhadores das proximidades.
  51. 51. Trabalhe em segurança para recomeçar as atividades dia após dia sem nenhuma lesão. 51
  52. 52. Agradeço a todos!! YTHIA KARLA 53

×