Transporte de membrana

2.062 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.062
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.268
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
32
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Transporte de membrana

  1. 1. Transportes de Membrana Transporte Passivo Transporte Ativo Livro 1 Página 168 a 171
  2. 2. Transportes de Membrana Transporte Passivo  Não há gasto de energia pela célula. Ocorre naturalmente, a favor de um gradiente de concentração, obedecendo às leis físicas de tendência ao equilíbrio entre duas soluções. Tipos:  Difusão  Osmose Transporte Ativo  Há gasto de energia pela célula, porque o transporte ocorre contra um gradiente de concentração. Tipos:  Bomba de Na+ e K+  Endocitoses (fagocitose e pinocitose) e Exocitose
  3. 3. Transportes de Membrana Entendendo um pouco o comportamento das soluções: SOLUÇÃO = SOLVENTE + SOLUTO O citoplasma é uma solução aquosa. As moléculas dissolvidas no citoplasma são os solutos e a água é o solvente. CITOPLASMA: solução aquosa; MOLÉCULAS: solutos (sais, íons etc...); ÁGUA: solvente.
  4. 4. Transportes de Membrana Solução mais concentrada: MAIOR concentração de SOLUTO Solução menos concentrada: MENOR concentração de SOLUTO Comparando soluções:  Uma solução é HIPOTÔNICA em relação à outra, quando apresenta MENOR concentração de soluto (e maior de solvente). Uma solução é HIPERTÔNICA em relação à outra, quando apresentar MAIOR concentração de soluto (e menor de solvente).  Uma solução é ISOTÔNICA em relação à outra, quando apresentar concentração IGUAL de soluto.
  5. 5. Transportes de Membrana
  6. 6. Transporte Passivo DDiiffuussããoo SSiimmpplleess TTrraannssppoorrttee ppaassssiivvoo ddee SSOOLLUUTTOO;; OOccoorrrree aa ffaavvoorr ddoo ggrraaddiieennttee ddee ccoonncceennttrraaççããoo;; Não é necessário a utilização de energia Transporte de íons e moléculas pequenas Pode ocorrer através da bicamada lipídica (substância lipossolúvel) ou por canais aquosos formados por proteínas (substâncias hidrossolúveis).
  7. 7. Transporte Passivo- DIFUSÃO SIMPLES
  8. 8. Transporte Passivo- DIFUSÃO SIMPLES Proteínas canais (Porinas)  poros hidrofílicos, canais iônicos que atravessam a bicamada lipídica e atuam como comportas, por onde passa grande quantidade quando aberto. Transporte íons a favor do gradiente de concentração (maior concentração p/ menor concentração. São específicas para cada íon ou grupo de íons.
  9. 9. Transporte Passivo Difusão Facilitada  Algumas substâncias, como a glicose, galactose e alguns aminoácidos têm tamanho maior, o que impede a sua passagem através dos poros. São, ainda, substâncias não solúveis em lipídios (ou seja, hidrofílicas), o que também impede a sua difusão pela matriz lipídica da membrana. No entanto, estas substâncias passam através da matriz, por transporte passivo, contando, para isto, com o trabalho de proteínas carregadoras (proteínas transportadoras - PERMEASES).
  10. 10. DIFUSÃO FACILITADA
  11. 11. Transporte Passivo OOssmmoossee - É um fenômeno de difusão em presença de uma membrana semipermeável. Nele, duas soluções de concentrações diferentes estão separadas por uma membrana que é permeável ao solvente e praticamente insolúvel ao soluto. Há, então, passagem do solvente de onde está em maior quantidade (solução hipotônica) para onde está em menor quantidade (solução hipertônica).
  12. 12. Transporte Passivo - OSMOSE
  13. 13. Transporte Passivo OOssmmoossee  Transporte passivo de SOLVENTE de uma região menos concentrada (Hipotônica) para uma região mais concentrada (Hipertônica)
  14. 14. Osmose em Células Animais
  15. 15. Osmose em Células Vegetais A célula vegetal é vulnerável aos ambientes hipertônicos. A saída da água contida no seu vacúolo, provoca uma diminuição do volume celular e, consequentemente, o afastamento da membrana plasmática relativamente à parece celular. Este fenômeno é chamado de plasmólise. PlasmólisPlasmólisee DDeeppllaassmmóólliissee Célula Túrgida Desligamento da parede celular Hipotônico Hipertônico
  16. 16. Transporte Ativo • É a passagem de SOLUTO de uma região de menor concentração para uma região de maior concentração (contra o gradiente). Logo, ocorre com gasto de energia.  Bomba de Na+ e K+  Endocitoses (fagocitose e pinocitose)  Exocitose
  17. 17. Transporte Ativo • Bomba de NA+ e K+  Este tipo de transporte se dá, quando os íons sódio (Na+) e o potássio (K+), tem que atravessar a membrana contra um gradiente de concentração. Estes íons possuem concentrações diferentes dentro e fora da célula: •Na maioria das células dos organismos superiores a concentração do sódio (Na+) é bem mais baixa dentro da célula do que fora desta. •O potássio (K+), apresenta situação inversa, a sua concentração é mais alta dentro da célula do que fora desta. Diferenças nas concentrações deste íons: Fundamental para o metabolismo celular!! Potássio (K+) : essencial na formação de proteínas que participam da respiração celular. Para compensar o excesso de K+, a célula elimina íons Na+, mantendo assim o equilíbrio osmótico.
  18. 18. Transporte Ativo (Bomba de Na+ e K+ ) “A manutenção das diferenças entre as concentrações interna e externa destes íons exige que a célula gaste energia. Proteínas de membrana agem como “bombas” de íons, capturando íons Na+ no citoplasma e transportando-os para fora da célula. Na face externa da membrana, essas proteínas capturam íons K+ do meio e os transportam para o citoplasma. Esse bombeamento contínuo compensa a incessante passagem desses íons, através da membrana, por difusão simples. O bombeamento ativo destes íons consome energia da célula e, por isso, é denominado transporte ativo.”  OBSERVAR A ANIMAÇÃO
  19. 19. Transporte Ativo Endocitose: englobamento de partículas pela célula, por meio de invaginações da membrana plasmática. 1) Fagocitose  É o nome dado ao processo pelo qual a célula, graças à formação de pseudópodos, engloba, no seu citoplasma, partículas sólidas. Nos mamíferos, a fagocitose é feita por células especializadas na defesa do organismo, como os macrófagos.
  20. 20. Fagocitose
  21. 21. Fagocitose
  22. 22. Transporte Ativo 2) Pinocitose  É o nome dado ao processo pelo qual a célula, graças à delgadas expansões do citoplasma, engloba moléculas dispersas em gotículas de líquido. Formam-se assim vacúolos contendo líquido. Muitas células exibem esse fenômeno, como os macrófagos e as dos capilares sanguineos.
  23. 23. Pinocitose
  24. 24. Fagocitose e Pinocitose
  25. 25. Animação – Fagocitose e Pinocitose Partículas sólidas Partículas líquidas
  26. 26. Animação

×