A Nova Aliança

14.260 visualizações

Publicada em

Aula ministrada pelo aluno Carlos Alberto (Betinho), como prova da matéria Didática Cristã - Junho/2009

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
14.260
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5.646
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
240
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Nova Aliança

  1. 1. Aula de Carlos Alberto de Omena Cavalcante 09 de junho de 2009
  2. 2. Alguma vez você se perguntou porque é que após 2000 anos a Nova Aliança ainda é nova?
  3. 3. Conceito: Aliança  Ação ou efeito de aliar (-se); pacto; união. (Dicioário Luft)  Acordo bilateral de obrigação mútua entre as partes. No AT, DEUS celebrou uma aliança com Israel. Foi exclusivamente o Senhor, porém, quem estabeleceu as condições do acordo. Em troca da lealdade e da obediência dos israelitas, ele prometeu que os protegeria, os amaria e lhes concederia a sua presença. A segunda ou Nova aliança (Hb 8:7-13) trouxe salvação ao povo de DEUS mediante o derramamento do sangue de JESUS. (Dicionário Ebenezer)
  4. 4. O compromisso da aliança significa:  Forte compromisso, lealdade até a morte. Isso ocorria nos tempos bíblicos e em algumas culturas até hoje.  Morte à vida independente.  Os parceiros de aliança dão suas vidas um pelo outro.  A vida individual já não é mais prioridade, a vida compartilhada passa a ser a prioridade.
  5. 5. Alguns componentes de uma aliança. Promessas:  Expressam um compromisso mútuo.  São uma garantia de fidelidade no cumprimento da aliança.  Indicam o que eles farão.
  6. 6. Alguns componentes de uma aliança. Termos:  Indicam as condições sob as quais o acordo será cumprido.  Indicam a duração da aliança.  Podem ser ou não acompanhados de um juramento.
  7. 7. Tipos de aliança.  Alianças entre os homens.  Aliança Militar;  Aliança Comercial;  Aliança Política;  Aliança Matrimonial ( Casamento );  Aliança de Amizade.
  8. 8. Tipos de aliança.  Aliança entre Deus e o homem  Revelam a perfeita vontade de Deus e o Seu propósito para o homem.  Refletem o amor, a graça e a misericórdia de Deus.  Revela um Deus que faz e mantém aliança. ○ Deus capacita o homem a cumprir a aliança. ○ Deus é fiel ainda que o homem não seja.
  9. 9. Alianças Bíblicas 1. Pacto de Obras ( Antes da Queda ) Hoekema escreveu: “Embora não devamos, portanto, ler os primeiros capítulos de Gênesis como uma descrição de um “pacto de obras” entre Deus e Adão antes da queda, devemos, todavia, sustentar as verdades doutrinárias que estão por detrás do conceito do pacto das obras. Devemos, por exemplo, insistir que Adão foi, de fato, o cabeça e representante da raça humana que descendeu dele; que a ele foi dada uma “ordem probatória” para testar sua obediência; que sua desobediência àquela ordem trouxe o pecado, morte e condenação ao mundo”. “E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar.” ( Gn 3.15 )
  10. 10. Alianças Bíblicas 2. Aliança da Redenção (Depois da Queda) 2.1 – No Velho Testamento Este pacto no tempo da Lei não foi administrado como no tempo do evangelho. Sob a Lei foi administrado por promessas, profecias, sacrifícios, pela circuncisão, pelo cordeiro pascal e outros tipos e ordenanças dadas ao povo judeu, prefigurando, tudo, Cristo que havia de vir.
  11. 11. Alianças Bíblicas 2. Aliança da Redenção ( Depois da Queda ) 2.1.1 – Aliança do Começo “Coabitou o homem com Eva, sua mulher. Esta concebeu e deu à luz a Caim; então, disse: Adquiri um varão com o auxílio do Senhor.”(Gn 4.1). 2.1.2 – Aliança da Preservação “Contigo, porém, estabelecerei a minha aliança; entrarás na arca, tu e teus filhos, e tua mulher, e as mulheres de teus filhos.” ( Gn 6.18 ) “Estabeleço a minha aliança convosco: não será mais destruída toda carne por águas de dilúvio, nem mais haverá dilúvio para destruir a terra.” ( Gn 9.11 )
  12. 12. Alianças Bíblicas 2. Aliança da Redenção ( Depois da Queda ) 2.1.3 – Aliança da Promessa  “Ora, disse o SENHOR a Abrão: Sai da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai e vai para a terra que te mostrarei; de ti farei uma grande nação, e te abençoarei, e te engrandecerei o nome. Sê tu uma bênção!” ( Gn 12.1,2 )  “E estabelecerei a minha aliança entre mim e ti e a tua descendência depois de ti em suas gerações, por aliança perpétua, para te ser a ti por Deus, e à tua descendência depois de ti.” ( Gn 17.7 )
  13. 13. Alianças Bíblicas 2. Aliança da Redenção ( Depois da Queda ) 2.1.4 – Aliança da Lei ou Sináitica Na aliança do Sinai, Deus disse ao povo: “Agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, então, sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos; porque toda a terra é minha;”. 2.1.5 – Aliança do Reino “Quando teus dias se cumprirem e descansares com teus pais, então, farei levantar depois de ti o teu descendente, que procederá de ti, e estabelecerei o seu reino. Este edificará uma casa ao meu nome, e eu estabelecerei para sempre o trono do seu reino. Eu lhe serei por pai, e ele me será por filho; se vier a transgredir, castigá-lo-ei com varas de homens e com açoites de filhos de homens. Mas a minha misericórdia se não apartará dele, como a retirei de Saul, a quem tirei de diante de ti. Porém a tua casa e o teu reino serão firmados para sempre diante de ti; teu trono será estabelecido para sempre.” ( 2 Sm 7.12,16 )
  14. 14. Alianças Bíblicas 3. Aliança da Graça 3.1 – No Novo Testamento Sob o evangelho, quando foi manifestado Cristo, a substância, as ordenanças pelas quais este pacto é dispensado são a pregação da palavra e a administração dos sacramentos do batismo e da ceia do Senhor.
  15. 15. Alianças Bíblicas 3. Aliança da Graça 3.1.1 – A Nova Aliança – Aliança da Consumação “porque isto é o meu sangue, o sangue da {nova} aliança, derramado em favor de muitos, para remissão de pecados.” ( Mt 26.28 ) o O próprio conceito de aliança no Novo Testamento é inteiramente diferente. A palavra Grega para designar aliança é diatheke. Esta significa uma vontade ou testamento. ( Hb 9.16,17 )
  16. 16. Alianças Bíblicas O Caráter Desta Aliança Assumida por Cristo  Para os Pecadores: Aliança da Graça  Para Cristo: Aliança da Obras o Palmer Robertson nos fornece uma boa definição: “Pacto (ou aliança) é um vínculo de sangue soberanamente administrado. Quando Deus entra em relação de aliança com os homens, de maneira soberana Ele institui um vínculo de vida e morte. A aliança é um vínculo de sangue, ou um vínculo de vida e morte, soberanamente administrado”. Como Robertson continua, em sua essência, “um pacto ou uma aliança é o que une pessoas”.
  17. 17. Alianças Bíblicas Diferença Entre às Primeira e Segunda Alianças  Primeira Aliança: Sangue de Cabras e Touros  Segunda Aliança: Sangue de Jesus Cristo (O Sacrifício Perfeito) “então, acrescentou: Eis aqui estou para fazer, ó Deus, a tua vontade. Remove o primeiro para estabelecer o segundo. Nessa vontade é que temos sido santificados, mediante a oferta do corpo de Jesus Cristo, uma vez por todas. Ora, todo sacerdote se apresenta, dia após dia, a exercer o serviço sagrado e a oferecer muitas vezes os mesmos sacrifícios, que nunca jamais podem remover pecados; Jesus, porém, tendo oferecido, para sempre, um único sacrifício pelos pecados, assentou-se à destra de Deus, aguardando, daí em diante, até que os seus inimigos sejam postos por estrado dos seus pés. Porque, com uma única oferta, aperfeiçoou para sempre quantos estão sendo santificados.” ( Hb 10.9,14 )
  18. 18. Alianças Bíblicas Diferença Entre às Primeira e Segunda Alianças  Primeira Aliança: Só era aplicada aos Judeus.  Segunda Aliança: É aplicada não só aos Judeus, mas também aos gentios. “nem por serem descendentes de Abraão são todos seus filhos” segundo o espírito; ”...nem todos os de Israel são, de fato, israelitas” (Rm 9.6,7)
  19. 19. Alianças Bíblicas Um Trabalho Terminado Perfeito  Nova Aliança:  Baseia-se no sacrifício de Jesus;  O homem e Deus não se encontram em termos iguais;  A obra de Cristo é totalmente aceitável para Deus; “Quando, porém, vier o que é perfeito, então, o que é em parte será aniquilado.” ( 1 Co 13.10 ).  Ele é o mediador da nova aliança entre Deus e os homens. “Por isso mesmo, ele é o Mediador da nova aliança, a fim de que, intervindo a morte para remissão das transgressões que havia sob a primeira aliança, recebam a promessa da eterna herança aqueles que têm sido chamados.” (Hebreus 9:15).
  20. 20. Alianças Bíblicas Comparação da Aliança da Graça com a Aliança das Obras  Pontos de semelhança:  O autor;  As partes contratantes;  A forma externa;  O conteúdo da promessa;  O objetivo Geral.  Pontos de Diferença:  Representação de Deus;  Representação do Homem;  Obediência;  O caminho da vida;  Conhecimento da aliança.
  21. 21. Alianças Bíblicas Características da Aliança da Graça  É aliança caracterizada pela graça;  É aliança trinitária;  É aliança eterna e, portanto, inviolável;  É aliança particular, não universal;  É essencialmente a mesma em ambas as dispensações, embora com mudanças na forma da sua administração.
  22. 22. “O povo que andava em trevas viu grande luz, e aos que viviam na região da sombra da morte, resplandeceu-lhes a luz... ...Porque tu quebraste o julgo que pesava sobre eles, a vara que lhes feria os ombros e o cetro do seu opressor... ...Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.” (Is 9:2,4 e 6)

×