SlideShare uma empresa Scribd logo

Plano de ensino anual 2015 6º aos 8º anos

1 de 6
Baixar para ler offline
ESCOLA ESTADUAL “CINIRA CARVALHO” 1° E 2° GRAUS R045C3EE
Rua Augusto Vieira Silva, 440 – Santa Efigênia - LAVRAS – MG Tel.(fax): 3821-6242,
escola.217743@educacao.mg.gov.br
Francisco Júlio de Sousa CREF06 1096G/MG
I. IDENTIFICAÇÃO
FUNDAMENTAÇÃO
LEGAL
Regido pelo Decreto n. 69.450 (vigente de 1971 a 1996), LDB n. 9.394, de 20 de
dezembro de 1996, art. 26; Lei n. 10.328, de 12 de dezembro de 2001, e em 1º de
dezembro de 2003, pela Lei n. 10.793, art.3º, Parâmetros Curriculares Nacionais
(PCNs) (BRASIL, 1997, p. 27).
DISCIPLINA: Educação Física SÉRIES
CARGA HORÁRIA
EIXO TEMÁTICO: I,II,III e IV.
6º ao 8º anos EF2
TOTAL h/a
100
ANUAL
PROFESSOR: Francisco Júlio de Sousa TEÓRICA h/a
30
PRÁTICA h/a
70
ANO BIMESTRES CARGA HORÁRIA – Dias letivos
2015
Anual – 200 dias letivos
AT AP ATS AD TOTAL
20 70 7 3 100
1º BIMESTRE: 03/02 à 30/04 – 56 dias 2 24 2 1 28
2º BIMESTRE: 04/05 à 16/07 – 52 dias 2 22 2 1 26
3º BIMESTRE: 03/08 à 09/10 – 49 dias 2 22 2 1 25
4º BIMESTRE: 19/10 à 17/12 – 43 dias 2 17 1 21
AT: Atividades Teóricas; AP: Atividades Práticas; ATS: Atividades Teóricas Supervisionadas;
AD: Atividades à Distância.
DIAS DAS AULAS PRESENCIAIS
DIAS DA
SEMANA
Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Total
N.º DE AULAS
SEMESTRAIS
50 50 100
PRÉ-REQUISITOS
***************************************************************************************************************************
II. EMENTA
- Fornecer bases teóricas e práticas da Educação Física, de acordo com CBCs e PCN’s, como uma
educação compreendida para um processo de formação humana que valoriza não só o domínio de
conhecimentos, competências e habilidades, sejam intelectuais ou motoras, mas também a formação
estética, política e ética. Cooperar para ampliar a aptidão para olhar, perceber e compreender as coisas,
para se reconhecer na percepção do outro, construir sua própria identidade, distinguir as semelhanças e
diferenças entre si e outros sujeitos. Os CBCs não esgotam todos os conteúdos a serem abordados na
escola, mas expressam os aspectos fundamentais de cada disciplina, que não podem deixar de ser
ensinados e que o aluno não pode deixar de aprender. A importância dos CBCs justifica tomá-los como base
para a elaboração da avaliação anual do Programa de Avaliação da Educação Básica (PROEB), para o
Programa de Avaliação da Aprendizagem Escolar (PAAE) e para o estabelecimento de um plano de metas
para cada escola e a Educação física como parte integrante desse processo.
III. OBJETIVO GERAL
- Conhecer a Educação Física como uma área do conhecimento que trata das práticas corporais construídas
ao longo dos tempos, onde elas se apresentam na forma de esportes, ginástica, jogos, brincadeiras,
danças,movimentos expressivos, dentre outros. Oportunizando suas vivências, seus conceitos, sentidos e
significados.
IV. OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Estudar e problematizar os Conteúdos Básicos Comuns (CBCs) dentro de seus eixos;
- Eixo temático I – Esportes ( Atletismo, handebol, futsal, basquetebol, voleibol );
- Eixo temático II – Jogos e Brincadeiras;
- Eixo temático III - Ginástica;
- Eixo temático IV – Dança e Movimentos Expressivos;
PLANO DE ENSINO ANUAL – 2015
ESCOLA ESTADUAL “CINIRA CARVALHO” 1° E 2° GRAUS R045C3EE
Rua Augusto Vieira Silva, 440 – Santa Efigênia - LAVRAS – MG Tel.(fax): 3821-6242,
escola.217743@educacao.mg.gov.br
Francisco Júlio de Sousa CREF06 1096G/MG
V. COMPETÊNCIAS E HABILIDADES.
Desenvolver a Educação Física, de acordo com a proposta da UNESCO para a educação no século XXI,
que permitiu-nos redimensionar suas finalidades a partir de quatro pilares da educação: aprender a conhecer
e a perceber; aprender a conviver; aprender a viver; aprender a ser.
CONTEÚDOS CONCEITUAIS, PROCEDIMENTAIS, ATITUDINAIS
CONCEITUAIS
(Como se deve saber)
PROCEDIMENTAIS
(como se deve fazer)
ATITUDINAIS
(como se deve ser)
Oportunizar o aluno a adquirir
informações e fundamentos
básicos para a aprendizagem dos
porquês, da importância, dos
limites e possibilidades das
vivências corporais,conhecendo
os conceitos de corpo, organismo,
saúde, esporte,técnica, tática,
qualidade de vida e beleza.
Propiciar os fazeres/vivências das
diferentes práticas educativas:
jogar, fazer exercício físico,
dançar, ler, escrever, desenhar,
dentre outras. A realização de
ações e a reflexão sobre a
atividade, tendo em vista a
consciência da atuação e a
utilização deles em contextos
diferenciados.
Vivenciar situações de
aprendizagem de valores
(princípios ou ideias éticas),
atitudes (predisposições
relativamente estáveis para atuar
de determinada maneira) e
normas (padrões ou regras de
comportamento segundo
determinado grupo social).
VI. METODOLOGIA/ATIVIDADE DIDÁTICA
- Aulas expositivas; Aulas teóricas e práticas; apresentações; Desenvolvimento de atividades práticas.
VII. AVALIAÇÃO
- Avaliação contínua durante o ano letivo;
- Avaliações teóricas e práticas (individuais e grupos, através de torneios);
- Assiduidade durante as aulas;
- As avaliações serão distribuídas ao longo do ano letivo de acordo com a disciplina.
VIII. ESTRUTURA DE APOIO/RECURSOS DIDÁTICOS
- Multimídia; - Quadro Negro; - Aulas Expositivas; - Aulas Práticas – Demais recursos oferecidos pela
entidade. Serão usados o Ginásio poliesportivo coberto,quadra poliesportiva descoberta,quadra de peteca,
pátio coberto,sala de informática (computadores e Data show).
IX. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
PERÍODO EIXO TÓPICOS HABILIDADES BÁSICAS
Eixo
Temático I-
Esportes
(Atletismo,
handebol,
futsal e
futebol,
voleibol).
1. História 1.1. Conhecer a história de cada modalidade
esportiva.
2. Elementos técnicos
básicos
2.1. Identificar os elementos técnicos básicos de
cada modalidade.
2.2. Executar os elementos técnicos
básicos de cada modalidade.
2.3. Aplicar os elementos técnicos básicos de cada
modalidade em situações de jogo.
3. Táticas das
modalidades
esportivas
3.1. Conhecer as táticas de cada
modalidade.
3.2. Aplicar táticas em situações de jogo.
4. Regras 4.1. Conhecer os objetivos das regras de cada
modalidade.
4.2. Modificar as regras de acordo com as
necessidades do grupo, do material e do espaço.
4.3. Aplicar as regras em situações de jogo.
5. Riscos e benefícios 5.1. Conhecer os benefícios da prática de cada
ESCOLA ESTADUAL “CINIRA CARVALHO” 1° E 2° GRAUS R045C3EE
Rua Augusto Vieira Silva, 440 – Santa Efigênia - LAVRAS – MG Tel.(fax): 3821-6242,
escola.217743@educacao.mg.gov.br
Francisco Júlio de Sousa CREF06 1096G/MG
da prática esportiva modalidade esportiva.
5.2. Conhecer os riscos presentes em
cada modalidade esportiva.
6. Diferença entre o
esporte educacional,
de rendimento e de
participação
6.5. Identificar o lúdico na prática
esportiva.
7. Hidratação e
vestuário nas
práticas esportivas
7.2. Aplicar os conhecimentos sobre a
hidratação durante a atividade esportiva.
7.3. Compreender os benefícios do uso de vestuário
adequado para a prática esportiva.
7.4. Identificar o vestuário adequado para a prática
de cada modalidade esportiva.
8. A inclusão no
esporte
8.1. Compreender o esporte na
perspectiva de inclusão/exclusão dos
sujeitos
8.2. Reconhecer as possibilidades
corporais de pessoas portadoras de
necessidades especiais nas práticas
esportivas.
8.3. Compreender o esporte como espaço de
respeito às diferenças.
8.4. Compreender as influências
histórico-culturais na participação da
mulher no esporte.
9. A importância do
esporte no
desenvolvimento de
atitudes e valores
éticos e democráticos
9.2. Reconhecer o potencial do esporte no
desenvolvimento de atitudes e valores democráticos
(solidariedade,respeito,autonomia,confiança,
liderança).
9.3. Adotar atitudes éticas em qualquer situação de
prática esportiva.
I - História
II - Fundamentos
básicos
III - Estratégias de jogo
IV - Riscos e benefícios
V - Regras: significados
VI - Eventos:
olimpíadas,
campeonatos, passeios
ciclísticos, caminhadas
e maratonas
VII - Práticas esportivas
vivenciadas na
comunidade e em
outras culturas
Obs.: 2 aulas
complementares para
cada série.
• Conhecer a história de cada modalidade esportiva.
• Identificar os fundamentos básicos de cada
modalidade esportiva.
• Vivenciar os fundamentos básicos de cada
modalidade.
• Aplicar os fundamentos básicos de cada
modalidade em situações de jogo.
• Conhecer as estratégias básicas de jogo de cada
modalidade.
• Conhecer os riscos e benefícios da prática de cada
modalidade esportiva.
• Conhecer as regras de cada modalidade.
• Aplicar as regras em situações de jogo.
• Identificar os objetivos dos eventos esportivos.
• Identificar as diferentes formas de organização de
eventos esportivos.
• Identificar as práticas esportivas presentes em sua
comunidade.
Eixo
Temático II-
Jogos e
Brincadeira
s
10. O brincar na vida
dos sujeitos
10.1. Compreender a importância das
brincadeiras na vida dos sujeitos.
10.2. Diferenciar jogos e brincadeiras de cada tema.
10.3. Conhecer a origem dos jogos e
brincadeiras.
10.4. Vivenciar jogos e brincadeiras de cada tema.
10.5. Identificar os jogos e brincadeiras da comunidade
local.
10.6. Identificar as implicações dos jogos eletrônicos e
ESCOLA ESTADUAL “CINIRA CARVALHO” 1° E 2° GRAUS R045C3EE
Rua Augusto Vieira Silva, 440 – Santa Efigênia - LAVRAS – MG Tel.(fax): 3821-6242,
escola.217743@educacao.mg.gov.br
Francisco Júlio de Sousa CREF06 1096G/MG
computadorizados na vida dos sujeitos.
11. (Re) construção de
jogos e brincadeiras
11.1. (Re) construir jogos e brincadeiras.
11.2. (Re) criar espaços para a vivência de jogos.
11.3. (Re) criar materiais para a vivência de jogos e
brincadeiras.
12. Origem e história da
capoeira
12.1. Conhecer a origem e a história da capoeira.
12.2. Diferenciar a capoeira angola da capoeira regional.
13. Elementos básicos
da capoeira
13.1. Identificar os elementos básicos da capoeira.
13.2. Vivenciar os elementos básicos da capoeira.
Eixo
Temático
III-
Ginástica
14. Origem e história da
Ginástica
14.1. Conhecer a história dos
temas estudados.
15. Características da
Ginástica
15.1. Conhecer características de
cada modalidade de ginástica.
15.2. Vivenciar elementos
ginásticos de cada modalidade.
16. A Ginástica como
promotora de saúde, lazer
e qualidade de vida
16.1. Compreender os benefícios
dos exercícios físicos na promoção
da saúde e qualidade de vida;
16.2. Conhecer os riscos da atividade física mal orientada
na adolescência.
16.3. Compreender a ginástica como possibilidade para
vivência no lazer.
16.4. Compreender a relação entre exercício físico,
crescimento e postura.
6.5. Compreender as causas da dor e da fadiga muscular
no organismo durante e depois da prática da ginástica.
17. Alimentação e
atividade física
17.1. Compreender a relação entre a alimentação e
a prática de atividade física.
17.2. Compreender a importância da atividade física
na prevenção e no tratamento da obesidade.
VIII – Jogos e
brincadeiras aquáticas
IX– Jogos de outras
culturas
X - Tipos e
características
XI - Práticas corporais
da cultura oriental:
caratê, muay thai, kung
fu, aikido, tae kwon do,
tai chi chuan, ioga,
dentre outras.
Obs.: 4 aulas
complementares para
cada série.
• Vivenciar jogos e brincadeiras no meio líquido.
• Conhecer jogos e brincadeiras de outras culturas.
• Diferenciar as características das modalidades.
• Vivenciar exercícios das diferentes modalidades.
• Identificar práticas corporais de outras culturas.
• Conhecer as características das práticas corporais
de outras culturas.
• Compreender o processo de esportivização das
práticas corporais.
Eixo
Temático IV
– Dança e
movimento
s
expressivo
s
18. Elementos
constitutivos da dança:
formas, espaço, tempo
18.1. Vivenciar os elementos constitutivos da
dança.
18.2. Identificar os elementos constitutivos da
dança.
19. O corpo na dança e
nos movimentos
expressivos
19.1. Vivenciar o movimento em diferentes ritmos.
19.2. Articular o gesto com sons e ritmos produzidos pelo
próprio corpo, por diferentes objetos e instrumentos
musicais.
19.3. Expressar sentimentos e ideias
utilizando as múltiplas linguagens do corpo.
19.4. Conhecer as possibilidades do corpo na dança:
impulsionar, dobrar, flexionar, contrair, elevar, alongar,
relaxar, dentre outras.
19.5. Reconhecer as possibilidades corporais de pessoas
portadoras de necessidades especiais na dança e nos
movimentos expressivos.
ESCOLA ESTADUAL “CINIRA CARVALHO” 1° E 2° GRAUS R045C3EE
Rua Augusto Vieira Silva, 440 – Santa Efigênia - LAVRAS – MG Tel.(fax): 3821-6242,
escola.217743@educacao.mg.gov.br
Francisco Júlio de Sousa CREF06 1096G/MG
20. Criação e
improvisação
20.1. Vivenciar processos de criação e improvisação.
20.2. Compor pequenas coreografias a partir de temas,
materiais ou músicas.
21. A diversidade cultural
nas danças brasileiras
21.1. Reconhecer a pluralidade das manifestações
culturais na dança em nosso país.
21.2. Vivenciar diferentes manifestações culturais da
dança.
22. Dança e mídia 22.1. Identificar estereótipos na dança.
22.2. Identificar a influência da mídia nas formas de
dançar.
23. Dança como meio
de desenvolvimento de
valores e atitudes
23.1. Compreender a dança como meio de
desenvolvimento de valores e atitudes (afetividade,
confiança, criatividade, sensibilidade, respeito às
diferenças, inclusão).
24. Dança e relações de
gênero
24.1. Identificar a dança como possibilidade de superação
de preconceitos.
24.2. Compreender as relações sociais entre homens e
mulheres na dança.
XII - Características de
cada modalidade de
dança
XIII - A dança nos
eventos escolares:
festivais.
Obs.: 2 aulas
complementares para
cada série.
• Identificar as características das danças e dos
movimentos expressivos.
• Vivenciar a dança em eventos escolares.
X. BIBLIOGRAFIA BÁSICA
Costill D. L. , Jack H. Wilmore. Fisiologia do Esporte e do Exercício. Editora Manole.2001.
Eckert, Helen M. Desenvolvimento Motor. Editora Manole Ltda. 1993.
Educação Física: Seu Manual de Saúde - São Paulo:DCL,2012.Vários autores.
Fox Edward L., Richard W. Bowers,Foss Merle L.. Bases Fisiológicas da Educação Física e dos
Desportos.4ª Ed.1991.
Kit esportes (DVDs), Inteligência Editorial.
MacArdlle W. D., Frank I. Katch, Víctor L. Kactch.Fisiologia do Exercício,Energia,Nutrição e Desempenho
Humano.1991.
Manual de Educação Física.Esporte e recreação por idades.Equipe Editorial.Vários autores.2012.
Schimolinsky, Gerhardt. Atletismo.Editora Estampa,Lisboa.1982.
http://crv.educacao.mg.gov.br/proposta curricular - CBC/fundamental 6º ao 9º ano/educação física
www.yutube.com/vídeos.
ESCOLA ESTADUAL “CINIRA CARVALHO” 1° E 2° GRAUS R045C3EE
Rua Augusto Vieira Silva, 440 – Santa Efigênia - LAVRAS – MG Tel.(fax): 3821-6242,
escola.217743@educacao.mg.gov.br
Francisco Júlio de Sousa CREF06 1096G/MG
XI. BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR
Greco, Pablo J.Benda,Rodolfo N..Iniciação Esportiva Universal.Editora UFMG.2007.
J. Weineck. Biologia do Esporte.Ed. Manole.1991.
Scholich, Manfred. Circuit Training for all Sports.Ed. Sport Books Publisher.Toronto.2003.
Lavras MG, 20 de fevereiro de 2015.
Francisco Júlio de Sousa
PROFESSOR (A)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

10 plano-de-aula-ginastica
10 plano-de-aula-ginastica10 plano-de-aula-ginastica
10 plano-de-aula-ginasticaelaine gomes
 
Corrida de orientação na escola
Corrida de orientação na escolaCorrida de orientação na escola
Corrida de orientação na escolaevandrolhp
 
Esportes de aventura e radicais 2º A
Esportes de aventura e radicais 2º AEsportes de aventura e radicais 2º A
Esportes de aventura e radicais 2º AAbmael Rocha Junior
 
Apresentação da Disciplina Educação Física
Apresentação da Disciplina Educação FísicaApresentação da Disciplina Educação Física
Apresentação da Disciplina Educação FísicaJunior Oliveira
 
Avaliação de educação fisica 9 ano
Avaliação de educação fisica 9 anoAvaliação de educação fisica 9 ano
Avaliação de educação fisica 9 anoEldi Cardoso
 
As dimensões conceitual, procedimental e atitudinal na educação física
As dimensões conceitual, procedimental e atitudinal na educação físicaAs dimensões conceitual, procedimental e atitudinal na educação física
As dimensões conceitual, procedimental e atitudinal na educação físicaEdu Física
 
Capacidades físicas
Capacidades físicas Capacidades físicas
Capacidades físicas Luciana Lima
 
Ginástica Artística
Ginástica ArtísticaGinástica Artística
Ginástica Artísticawaldeck
 
Jogos e brincadeiras para aquecimento e volta a calma
Jogos e brincadeiras para aquecimento e volta a calmaJogos e brincadeiras para aquecimento e volta a calma
Jogos e brincadeiras para aquecimento e volta a calmaPatrick Alexsandro
 
Educação Física Escolar: Desafios e Perspectivas
Educação Física Escolar: Desafios e PerspectivasEducação Física Escolar: Desafios e Perspectivas
Educação Física Escolar: Desafios e PerspectivasAlliance Fitness
 
Conteúdos das aulas de educação física
Conteúdos das aulas de educação físicaConteúdos das aulas de educação física
Conteúdos das aulas de educação físicaFRANCISCO MAGNO CARNEIRO
 

Mais procurados (20)

Projeto de xadrez
Projeto de xadrezProjeto de xadrez
Projeto de xadrez
 
Jogos paralimpicos
Jogos paralimpicosJogos paralimpicos
Jogos paralimpicos
 
10 plano-de-aula-ginastica
10 plano-de-aula-ginastica10 plano-de-aula-ginastica
10 plano-de-aula-ginastica
 
Corrida de orientação na escola
Corrida de orientação na escolaCorrida de orientação na escola
Corrida de orientação na escola
 
jogos de oposição.pdf
jogos de oposição.pdfjogos de oposição.pdf
jogos de oposição.pdf
 
Jogos e brincadeiras
Jogos e brincadeirasJogos e brincadeiras
Jogos e brincadeiras
 
Educaçaõ Física
Educaçaõ FísicaEducaçaõ Física
Educaçaõ Física
 
Esportes de aventura e radicais 2º A
Esportes de aventura e radicais 2º AEsportes de aventura e radicais 2º A
Esportes de aventura e radicais 2º A
 
Jogos e brincadeiras
Jogos e brincadeirasJogos e brincadeiras
Jogos e brincadeiras
 
Apresentação da Disciplina Educação Física
Apresentação da Disciplina Educação FísicaApresentação da Disciplina Educação Física
Apresentação da Disciplina Educação Física
 
Lutas
LutasLutas
Lutas
 
Avaliação de educação fisica 9 ano
Avaliação de educação fisica 9 anoAvaliação de educação fisica 9 ano
Avaliação de educação fisica 9 ano
 
PLANO DE AULA
PLANO DE AULA PLANO DE AULA
PLANO DE AULA
 
As dimensões conceitual, procedimental e atitudinal na educação física
As dimensões conceitual, procedimental e atitudinal na educação físicaAs dimensões conceitual, procedimental e atitudinal na educação física
As dimensões conceitual, procedimental e atitudinal na educação física
 
Capacidades físicas
Capacidades físicas Capacidades físicas
Capacidades físicas
 
Ginástica Artística
Ginástica ArtísticaGinástica Artística
Ginástica Artística
 
Jogos e brincadeiras para aquecimento e volta a calma
Jogos e brincadeiras para aquecimento e volta a calmaJogos e brincadeiras para aquecimento e volta a calma
Jogos e brincadeiras para aquecimento e volta a calma
 
Educação Física Escolar: Desafios e Perspectivas
Educação Física Escolar: Desafios e PerspectivasEducação Física Escolar: Desafios e Perspectivas
Educação Física Escolar: Desafios e Perspectivas
 
Projeto interclasses
Projeto interclassesProjeto interclasses
Projeto interclasses
 
Conteúdos das aulas de educação física
Conteúdos das aulas de educação físicaConteúdos das aulas de educação física
Conteúdos das aulas de educação física
 

Semelhante a Plano de ensino anual 2015 6º aos 8º anos

Planejamento educação fisica cbc e descritores 2013
Planejamento educação fisica cbc e descritores 2013Planejamento educação fisica cbc e descritores 2013
Planejamento educação fisica cbc e descritores 2013Atividades Diversas Cláudia
 
Currículo mínimo Educação Física
Currículo mínimo Educação FísicaCurrículo mínimo Educação Física
Currículo mínimo Educação FísicaEliel Junior
 
9º anos a, b, c fátima-ef-2ºsemestre
9º anos a, b, c fátima-ef-2ºsemestre9º anos a, b, c fátima-ef-2ºsemestre
9º anos a, b, c fátima-ef-2ºsemestreFatima Moraes
 
Apresentação dos 14 professores + 5 educação especial trofeu jacintho franc...
Apresentação dos 14 professores + 5 educação especial   trofeu jacintho franc...Apresentação dos 14 professores + 5 educação especial   trofeu jacintho franc...
Apresentação dos 14 professores + 5 educação especial trofeu jacintho franc...Rosa Paollucci
 
Plano de ensino modelo exc-antigo
Plano de ensino  modelo exc-antigoPlano de ensino  modelo exc-antigo
Plano de ensino modelo exc-antigoFrancisco de Sousa
 
Educação Física na Escola e a Questão da Organização Curricular
Educação Física na Escola e a Questão da Organização CurricularEducação Física na Escola e a Questão da Organização Curricular
Educação Física na Escola e a Questão da Organização CurricularAlliance Fitness
 
Educação Física na BNCC.pptx
Educação Física na BNCC.pptxEducação Física na BNCC.pptx
Educação Física na BNCC.pptxMakchwell Coimbra
 
Nossas aulas de Educação Física na Escola
Nossas aulas de Educação Física na EscolaNossas aulas de Educação Física na Escola
Nossas aulas de Educação Física na EscolaJuciane Teixeira
 
7º anos a, b fátima-ef-2ºsemestre
7º anos a, b fátima-ef-2ºsemestre7º anos a, b fátima-ef-2ºsemestre
7º anos a, b fátima-ef-2ºsemestreFatima Moraes
 
Conteúdo módulo futebol_e_megaeventos
Conteúdo módulo futebol_e_megaeventosConteúdo módulo futebol_e_megaeventos
Conteúdo módulo futebol_e_megaeventosKarlla Costa
 
PLANEJAMENTO ANUAL 1º e 2 º ANO EDUCANDÁRIO.doc
PLANEJAMENTO ANUAL 1º  e 2 º ANO EDUCANDÁRIO.docPLANEJAMENTO ANUAL 1º  e 2 º ANO EDUCANDÁRIO.doc
PLANEJAMENTO ANUAL 1º e 2 º ANO EDUCANDÁRIO.docEdinhoLopes1
 
Educação Física - 5º ano.pdf
Educação Física - 5º ano.pdfEducação Física - 5º ano.pdf
Educação Física - 5º ano.pdfgabrieldalalana
 
Educação física abril 2013
Educação física abril 2013Educação física abril 2013
Educação física abril 2013Mônica Fragoso
 

Semelhante a Plano de ensino anual 2015 6º aos 8º anos (20)

Planejamento educação fisica cbc e descritores 2013
Planejamento educação fisica cbc e descritores 2013Planejamento educação fisica cbc e descritores 2013
Planejamento educação fisica cbc e descritores 2013
 
Modulo 01 pedagogia do esporte
Modulo 01 pedagogia do esporteModulo 01 pedagogia do esporte
Modulo 01 pedagogia do esporte
 
Plano+de+estudos+2011(1)
Plano+de+estudos+2011(1)Plano+de+estudos+2011(1)
Plano+de+estudos+2011(1)
 
Orientação conceito
Orientação conceitoOrientação conceito
Orientação conceito
 
Currículo mínimo Educação Física
Currículo mínimo Educação FísicaCurrículo mínimo Educação Física
Currículo mínimo Educação Física
 
9º anos a, b, c fátima-ef-2ºsemestre
9º anos a, b, c fátima-ef-2ºsemestre9º anos a, b, c fátima-ef-2ºsemestre
9º anos a, b, c fátima-ef-2ºsemestre
 
Tópicos da ed. física
Tópicos da ed. físicaTópicos da ed. física
Tópicos da ed. física
 
Apresentação dos 14 professores + 5 educação especial trofeu jacintho franc...
Apresentação dos 14 professores + 5 educação especial   trofeu jacintho franc...Apresentação dos 14 professores + 5 educação especial   trofeu jacintho franc...
Apresentação dos 14 professores + 5 educação especial trofeu jacintho franc...
 
Plano de ensino modelo exc-antigo
Plano de ensino  modelo exc-antigoPlano de ensino  modelo exc-antigo
Plano de ensino modelo exc-antigo
 
Educação Física na Escola e a Questão da Organização Curricular
Educação Física na Escola e a Questão da Organização CurricularEducação Física na Escola e a Questão da Organização Curricular
Educação Física na Escola e a Questão da Organização Curricular
 
Modulo 04 manifestacoes jogos
Modulo 04   manifestacoes jogosModulo 04   manifestacoes jogos
Modulo 04 manifestacoes jogos
 
Educação Física na BNCC.pptx
Educação Física na BNCC.pptxEducação Física na BNCC.pptx
Educação Física na BNCC.pptx
 
Nossas aulas de Educação Física na Escola
Nossas aulas de Educação Física na EscolaNossas aulas de Educação Física na Escola
Nossas aulas de Educação Física na Escola
 
Oswaldo ferraz
Oswaldo ferrazOswaldo ferraz
Oswaldo ferraz
 
7º anos a, b fátima-ef-2ºsemestre
7º anos a, b fátima-ef-2ºsemestre7º anos a, b fátima-ef-2ºsemestre
7º anos a, b fátima-ef-2ºsemestre
 
Conteúdo módulo futebol_e_megaeventos
Conteúdo módulo futebol_e_megaeventosConteúdo módulo futebol_e_megaeventos
Conteúdo módulo futebol_e_megaeventos
 
PLANEJAMENTO ANUAL 1º e 2 º ANO EDUCANDÁRIO.doc
PLANEJAMENTO ANUAL 1º  e 2 º ANO EDUCANDÁRIO.docPLANEJAMENTO ANUAL 1º  e 2 º ANO EDUCANDÁRIO.doc
PLANEJAMENTO ANUAL 1º e 2 º ANO EDUCANDÁRIO.doc
 
Sociologia do esporte
Sociologia do esporteSociologia do esporte
Sociologia do esporte
 
Educação Física - 5º ano.pdf
Educação Física - 5º ano.pdfEducação Física - 5º ano.pdf
Educação Física - 5º ano.pdf
 
Educação física abril 2013
Educação física abril 2013Educação física abril 2013
Educação física abril 2013
 

Mais de Francisco de Sousa

corredores-de-distãncia-fatores-que-afetam-corrida-em-saunders2004.pdf
corredores-de-distãncia-fatores-que-afetam-corrida-em-saunders2004.pdfcorredores-de-distãncia-fatores-que-afetam-corrida-em-saunders2004.pdf
corredores-de-distãncia-fatores-que-afetam-corrida-em-saunders2004.pdfFrancisco de Sousa
 
Cargas baixas e altas-adaptações-ao-trein0-de-força-schoenfeld2017.pdf
Cargas baixas e altas-adaptações-ao-trein0-de-força-schoenfeld2017.pdfCargas baixas e altas-adaptações-ao-trein0-de-força-schoenfeld2017.pdf
Cargas baixas e altas-adaptações-ao-trein0-de-força-schoenfeld2017.pdfFrancisco de Sousa
 
Adesão e Aderência a Musculação.pdf
Adesão e Aderência a Musculação.pdfAdesão e Aderência a Musculação.pdf
Adesão e Aderência a Musculação.pdfFrancisco de Sousa
 
ACSM-protocolos de força para idosos.pdf
ACSM-protocolos de força para idosos.pdfACSM-protocolos de força para idosos.pdf
ACSM-protocolos de força para idosos.pdfFrancisco de Sousa
 
Diabetes e-exercício-guia-colberg2016
Diabetes e-exercício-guia-colberg2016Diabetes e-exercício-guia-colberg2016
Diabetes e-exercício-guia-colberg2016Francisco de Sousa
 
800m wuyke-training-800-meter-runners
800m wuyke-training-800-meter-runners800m wuyke-training-800-meter-runners
800m wuyke-training-800-meter-runnersFrancisco de Sousa
 
Atletas de endurance efeito agudo na força e potência
Atletas de endurance  efeito agudo na força e potênciaAtletas de endurance  efeito agudo na força e potência
Atletas de endurance efeito agudo na força e potênciaFrancisco de Sousa
 
Foster monitrando o treinamento
Foster monitrando o treinamentoFoster monitrando o treinamento
Foster monitrando o treinamentoFrancisco de Sousa
 
Fatores metabólicos na fadiga
Fatores metabólicos na fadigaFatores metabólicos na fadiga
Fatores metabólicos na fadigaFrancisco de Sousa
 

Mais de Francisco de Sousa (12)

Basquete_4º bimestre.pptx
Basquete_4º bimestre.pptxBasquete_4º bimestre.pptx
Basquete_4º bimestre.pptx
 
corredores-de-distãncia-fatores-que-afetam-corrida-em-saunders2004.pdf
corredores-de-distãncia-fatores-que-afetam-corrida-em-saunders2004.pdfcorredores-de-distãncia-fatores-que-afetam-corrida-em-saunders2004.pdf
corredores-de-distãncia-fatores-que-afetam-corrida-em-saunders2004.pdf
 
Cargas baixas e altas-adaptações-ao-trein0-de-força-schoenfeld2017.pdf
Cargas baixas e altas-adaptações-ao-trein0-de-força-schoenfeld2017.pdfCargas baixas e altas-adaptações-ao-trein0-de-força-schoenfeld2017.pdf
Cargas baixas e altas-adaptações-ao-trein0-de-força-schoenfeld2017.pdf
 
Adesão e Aderência a Musculação.pdf
Adesão e Aderência a Musculação.pdfAdesão e Aderência a Musculação.pdf
Adesão e Aderência a Musculação.pdf
 
ACSM-protocolos de força para idosos.pdf
ACSM-protocolos de força para idosos.pdfACSM-protocolos de força para idosos.pdf
ACSM-protocolos de força para idosos.pdf
 
Diabetes e-exercício-guia-colberg2016
Diabetes e-exercício-guia-colberg2016Diabetes e-exercício-guia-colberg2016
Diabetes e-exercício-guia-colberg2016
 
Força e hipertensão
Força e hipertensãoForça e hipertensão
Força e hipertensão
 
800m wuyke-training-800-meter-runners
800m wuyke-training-800-meter-runners800m wuyke-training-800-meter-runners
800m wuyke-training-800-meter-runners
 
Periodização sga selye
Periodização sga selye Periodização sga selye
Periodização sga selye
 
Atletas de endurance efeito agudo na força e potência
Atletas de endurance  efeito agudo na força e potênciaAtletas de endurance  efeito agudo na força e potência
Atletas de endurance efeito agudo na força e potência
 
Foster monitrando o treinamento
Foster monitrando o treinamentoFoster monitrando o treinamento
Foster monitrando o treinamento
 
Fatores metabólicos na fadiga
Fatores metabólicos na fadigaFatores metabólicos na fadiga
Fatores metabólicos na fadiga
 

Plano de ensino anual 2015 6º aos 8º anos

  • 1. ESCOLA ESTADUAL “CINIRA CARVALHO” 1° E 2° GRAUS R045C3EE Rua Augusto Vieira Silva, 440 – Santa Efigênia - LAVRAS – MG Tel.(fax): 3821-6242, escola.217743@educacao.mg.gov.br Francisco Júlio de Sousa CREF06 1096G/MG I. IDENTIFICAÇÃO FUNDAMENTAÇÃO LEGAL Regido pelo Decreto n. 69.450 (vigente de 1971 a 1996), LDB n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996, art. 26; Lei n. 10.328, de 12 de dezembro de 2001, e em 1º de dezembro de 2003, pela Lei n. 10.793, art.3º, Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) (BRASIL, 1997, p. 27). DISCIPLINA: Educação Física SÉRIES CARGA HORÁRIA EIXO TEMÁTICO: I,II,III e IV. 6º ao 8º anos EF2 TOTAL h/a 100 ANUAL PROFESSOR: Francisco Júlio de Sousa TEÓRICA h/a 30 PRÁTICA h/a 70 ANO BIMESTRES CARGA HORÁRIA – Dias letivos 2015 Anual – 200 dias letivos AT AP ATS AD TOTAL 20 70 7 3 100 1º BIMESTRE: 03/02 à 30/04 – 56 dias 2 24 2 1 28 2º BIMESTRE: 04/05 à 16/07 – 52 dias 2 22 2 1 26 3º BIMESTRE: 03/08 à 09/10 – 49 dias 2 22 2 1 25 4º BIMESTRE: 19/10 à 17/12 – 43 dias 2 17 1 21 AT: Atividades Teóricas; AP: Atividades Práticas; ATS: Atividades Teóricas Supervisionadas; AD: Atividades à Distância. DIAS DAS AULAS PRESENCIAIS DIAS DA SEMANA Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Total N.º DE AULAS SEMESTRAIS 50 50 100 PRÉ-REQUISITOS *************************************************************************************************************************** II. EMENTA - Fornecer bases teóricas e práticas da Educação Física, de acordo com CBCs e PCN’s, como uma educação compreendida para um processo de formação humana que valoriza não só o domínio de conhecimentos, competências e habilidades, sejam intelectuais ou motoras, mas também a formação estética, política e ética. Cooperar para ampliar a aptidão para olhar, perceber e compreender as coisas, para se reconhecer na percepção do outro, construir sua própria identidade, distinguir as semelhanças e diferenças entre si e outros sujeitos. Os CBCs não esgotam todos os conteúdos a serem abordados na escola, mas expressam os aspectos fundamentais de cada disciplina, que não podem deixar de ser ensinados e que o aluno não pode deixar de aprender. A importância dos CBCs justifica tomá-los como base para a elaboração da avaliação anual do Programa de Avaliação da Educação Básica (PROEB), para o Programa de Avaliação da Aprendizagem Escolar (PAAE) e para o estabelecimento de um plano de metas para cada escola e a Educação física como parte integrante desse processo. III. OBJETIVO GERAL - Conhecer a Educação Física como uma área do conhecimento que trata das práticas corporais construídas ao longo dos tempos, onde elas se apresentam na forma de esportes, ginástica, jogos, brincadeiras, danças,movimentos expressivos, dentre outros. Oportunizando suas vivências, seus conceitos, sentidos e significados. IV. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Estudar e problematizar os Conteúdos Básicos Comuns (CBCs) dentro de seus eixos; - Eixo temático I – Esportes ( Atletismo, handebol, futsal, basquetebol, voleibol ); - Eixo temático II – Jogos e Brincadeiras; - Eixo temático III - Ginástica; - Eixo temático IV – Dança e Movimentos Expressivos; PLANO DE ENSINO ANUAL – 2015
  • 2. ESCOLA ESTADUAL “CINIRA CARVALHO” 1° E 2° GRAUS R045C3EE Rua Augusto Vieira Silva, 440 – Santa Efigênia - LAVRAS – MG Tel.(fax): 3821-6242, escola.217743@educacao.mg.gov.br Francisco Júlio de Sousa CREF06 1096G/MG V. COMPETÊNCIAS E HABILIDADES. Desenvolver a Educação Física, de acordo com a proposta da UNESCO para a educação no século XXI, que permitiu-nos redimensionar suas finalidades a partir de quatro pilares da educação: aprender a conhecer e a perceber; aprender a conviver; aprender a viver; aprender a ser. CONTEÚDOS CONCEITUAIS, PROCEDIMENTAIS, ATITUDINAIS CONCEITUAIS (Como se deve saber) PROCEDIMENTAIS (como se deve fazer) ATITUDINAIS (como se deve ser) Oportunizar o aluno a adquirir informações e fundamentos básicos para a aprendizagem dos porquês, da importância, dos limites e possibilidades das vivências corporais,conhecendo os conceitos de corpo, organismo, saúde, esporte,técnica, tática, qualidade de vida e beleza. Propiciar os fazeres/vivências das diferentes práticas educativas: jogar, fazer exercício físico, dançar, ler, escrever, desenhar, dentre outras. A realização de ações e a reflexão sobre a atividade, tendo em vista a consciência da atuação e a utilização deles em contextos diferenciados. Vivenciar situações de aprendizagem de valores (princípios ou ideias éticas), atitudes (predisposições relativamente estáveis para atuar de determinada maneira) e normas (padrões ou regras de comportamento segundo determinado grupo social). VI. METODOLOGIA/ATIVIDADE DIDÁTICA - Aulas expositivas; Aulas teóricas e práticas; apresentações; Desenvolvimento de atividades práticas. VII. AVALIAÇÃO - Avaliação contínua durante o ano letivo; - Avaliações teóricas e práticas (individuais e grupos, através de torneios); - Assiduidade durante as aulas; - As avaliações serão distribuídas ao longo do ano letivo de acordo com a disciplina. VIII. ESTRUTURA DE APOIO/RECURSOS DIDÁTICOS - Multimídia; - Quadro Negro; - Aulas Expositivas; - Aulas Práticas – Demais recursos oferecidos pela entidade. Serão usados o Ginásio poliesportivo coberto,quadra poliesportiva descoberta,quadra de peteca, pátio coberto,sala de informática (computadores e Data show). IX. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PERÍODO EIXO TÓPICOS HABILIDADES BÁSICAS Eixo Temático I- Esportes (Atletismo, handebol, futsal e futebol, voleibol). 1. História 1.1. Conhecer a história de cada modalidade esportiva. 2. Elementos técnicos básicos 2.1. Identificar os elementos técnicos básicos de cada modalidade. 2.2. Executar os elementos técnicos básicos de cada modalidade. 2.3. Aplicar os elementos técnicos básicos de cada modalidade em situações de jogo. 3. Táticas das modalidades esportivas 3.1. Conhecer as táticas de cada modalidade. 3.2. Aplicar táticas em situações de jogo. 4. Regras 4.1. Conhecer os objetivos das regras de cada modalidade. 4.2. Modificar as regras de acordo com as necessidades do grupo, do material e do espaço. 4.3. Aplicar as regras em situações de jogo. 5. Riscos e benefícios 5.1. Conhecer os benefícios da prática de cada
  • 3. ESCOLA ESTADUAL “CINIRA CARVALHO” 1° E 2° GRAUS R045C3EE Rua Augusto Vieira Silva, 440 – Santa Efigênia - LAVRAS – MG Tel.(fax): 3821-6242, escola.217743@educacao.mg.gov.br Francisco Júlio de Sousa CREF06 1096G/MG da prática esportiva modalidade esportiva. 5.2. Conhecer os riscos presentes em cada modalidade esportiva. 6. Diferença entre o esporte educacional, de rendimento e de participação 6.5. Identificar o lúdico na prática esportiva. 7. Hidratação e vestuário nas práticas esportivas 7.2. Aplicar os conhecimentos sobre a hidratação durante a atividade esportiva. 7.3. Compreender os benefícios do uso de vestuário adequado para a prática esportiva. 7.4. Identificar o vestuário adequado para a prática de cada modalidade esportiva. 8. A inclusão no esporte 8.1. Compreender o esporte na perspectiva de inclusão/exclusão dos sujeitos 8.2. Reconhecer as possibilidades corporais de pessoas portadoras de necessidades especiais nas práticas esportivas. 8.3. Compreender o esporte como espaço de respeito às diferenças. 8.4. Compreender as influências histórico-culturais na participação da mulher no esporte. 9. A importância do esporte no desenvolvimento de atitudes e valores éticos e democráticos 9.2. Reconhecer o potencial do esporte no desenvolvimento de atitudes e valores democráticos (solidariedade,respeito,autonomia,confiança, liderança). 9.3. Adotar atitudes éticas em qualquer situação de prática esportiva. I - História II - Fundamentos básicos III - Estratégias de jogo IV - Riscos e benefícios V - Regras: significados VI - Eventos: olimpíadas, campeonatos, passeios ciclísticos, caminhadas e maratonas VII - Práticas esportivas vivenciadas na comunidade e em outras culturas Obs.: 2 aulas complementares para cada série. • Conhecer a história de cada modalidade esportiva. • Identificar os fundamentos básicos de cada modalidade esportiva. • Vivenciar os fundamentos básicos de cada modalidade. • Aplicar os fundamentos básicos de cada modalidade em situações de jogo. • Conhecer as estratégias básicas de jogo de cada modalidade. • Conhecer os riscos e benefícios da prática de cada modalidade esportiva. • Conhecer as regras de cada modalidade. • Aplicar as regras em situações de jogo. • Identificar os objetivos dos eventos esportivos. • Identificar as diferentes formas de organização de eventos esportivos. • Identificar as práticas esportivas presentes em sua comunidade. Eixo Temático II- Jogos e Brincadeira s 10. O brincar na vida dos sujeitos 10.1. Compreender a importância das brincadeiras na vida dos sujeitos. 10.2. Diferenciar jogos e brincadeiras de cada tema. 10.3. Conhecer a origem dos jogos e brincadeiras. 10.4. Vivenciar jogos e brincadeiras de cada tema. 10.5. Identificar os jogos e brincadeiras da comunidade local. 10.6. Identificar as implicações dos jogos eletrônicos e
  • 4. ESCOLA ESTADUAL “CINIRA CARVALHO” 1° E 2° GRAUS R045C3EE Rua Augusto Vieira Silva, 440 – Santa Efigênia - LAVRAS – MG Tel.(fax): 3821-6242, escola.217743@educacao.mg.gov.br Francisco Júlio de Sousa CREF06 1096G/MG computadorizados na vida dos sujeitos. 11. (Re) construção de jogos e brincadeiras 11.1. (Re) construir jogos e brincadeiras. 11.2. (Re) criar espaços para a vivência de jogos. 11.3. (Re) criar materiais para a vivência de jogos e brincadeiras. 12. Origem e história da capoeira 12.1. Conhecer a origem e a história da capoeira. 12.2. Diferenciar a capoeira angola da capoeira regional. 13. Elementos básicos da capoeira 13.1. Identificar os elementos básicos da capoeira. 13.2. Vivenciar os elementos básicos da capoeira. Eixo Temático III- Ginástica 14. Origem e história da Ginástica 14.1. Conhecer a história dos temas estudados. 15. Características da Ginástica 15.1. Conhecer características de cada modalidade de ginástica. 15.2. Vivenciar elementos ginásticos de cada modalidade. 16. A Ginástica como promotora de saúde, lazer e qualidade de vida 16.1. Compreender os benefícios dos exercícios físicos na promoção da saúde e qualidade de vida; 16.2. Conhecer os riscos da atividade física mal orientada na adolescência. 16.3. Compreender a ginástica como possibilidade para vivência no lazer. 16.4. Compreender a relação entre exercício físico, crescimento e postura. 6.5. Compreender as causas da dor e da fadiga muscular no organismo durante e depois da prática da ginástica. 17. Alimentação e atividade física 17.1. Compreender a relação entre a alimentação e a prática de atividade física. 17.2. Compreender a importância da atividade física na prevenção e no tratamento da obesidade. VIII – Jogos e brincadeiras aquáticas IX– Jogos de outras culturas X - Tipos e características XI - Práticas corporais da cultura oriental: caratê, muay thai, kung fu, aikido, tae kwon do, tai chi chuan, ioga, dentre outras. Obs.: 4 aulas complementares para cada série. • Vivenciar jogos e brincadeiras no meio líquido. • Conhecer jogos e brincadeiras de outras culturas. • Diferenciar as características das modalidades. • Vivenciar exercícios das diferentes modalidades. • Identificar práticas corporais de outras culturas. • Conhecer as características das práticas corporais de outras culturas. • Compreender o processo de esportivização das práticas corporais. Eixo Temático IV – Dança e movimento s expressivo s 18. Elementos constitutivos da dança: formas, espaço, tempo 18.1. Vivenciar os elementos constitutivos da dança. 18.2. Identificar os elementos constitutivos da dança. 19. O corpo na dança e nos movimentos expressivos 19.1. Vivenciar o movimento em diferentes ritmos. 19.2. Articular o gesto com sons e ritmos produzidos pelo próprio corpo, por diferentes objetos e instrumentos musicais. 19.3. Expressar sentimentos e ideias utilizando as múltiplas linguagens do corpo. 19.4. Conhecer as possibilidades do corpo na dança: impulsionar, dobrar, flexionar, contrair, elevar, alongar, relaxar, dentre outras. 19.5. Reconhecer as possibilidades corporais de pessoas portadoras de necessidades especiais na dança e nos movimentos expressivos.
  • 5. ESCOLA ESTADUAL “CINIRA CARVALHO” 1° E 2° GRAUS R045C3EE Rua Augusto Vieira Silva, 440 – Santa Efigênia - LAVRAS – MG Tel.(fax): 3821-6242, escola.217743@educacao.mg.gov.br Francisco Júlio de Sousa CREF06 1096G/MG 20. Criação e improvisação 20.1. Vivenciar processos de criação e improvisação. 20.2. Compor pequenas coreografias a partir de temas, materiais ou músicas. 21. A diversidade cultural nas danças brasileiras 21.1. Reconhecer a pluralidade das manifestações culturais na dança em nosso país. 21.2. Vivenciar diferentes manifestações culturais da dança. 22. Dança e mídia 22.1. Identificar estereótipos na dança. 22.2. Identificar a influência da mídia nas formas de dançar. 23. Dança como meio de desenvolvimento de valores e atitudes 23.1. Compreender a dança como meio de desenvolvimento de valores e atitudes (afetividade, confiança, criatividade, sensibilidade, respeito às diferenças, inclusão). 24. Dança e relações de gênero 24.1. Identificar a dança como possibilidade de superação de preconceitos. 24.2. Compreender as relações sociais entre homens e mulheres na dança. XII - Características de cada modalidade de dança XIII - A dança nos eventos escolares: festivais. Obs.: 2 aulas complementares para cada série. • Identificar as características das danças e dos movimentos expressivos. • Vivenciar a dança em eventos escolares. X. BIBLIOGRAFIA BÁSICA Costill D. L. , Jack H. Wilmore. Fisiologia do Esporte e do Exercício. Editora Manole.2001. Eckert, Helen M. Desenvolvimento Motor. Editora Manole Ltda. 1993. Educação Física: Seu Manual de Saúde - São Paulo:DCL,2012.Vários autores. Fox Edward L., Richard W. Bowers,Foss Merle L.. Bases Fisiológicas da Educação Física e dos Desportos.4ª Ed.1991. Kit esportes (DVDs), Inteligência Editorial. MacArdlle W. D., Frank I. Katch, Víctor L. Kactch.Fisiologia do Exercício,Energia,Nutrição e Desempenho Humano.1991. Manual de Educação Física.Esporte e recreação por idades.Equipe Editorial.Vários autores.2012. Schimolinsky, Gerhardt. Atletismo.Editora Estampa,Lisboa.1982. http://crv.educacao.mg.gov.br/proposta curricular - CBC/fundamental 6º ao 9º ano/educação física www.yutube.com/vídeos.
  • 6. ESCOLA ESTADUAL “CINIRA CARVALHO” 1° E 2° GRAUS R045C3EE Rua Augusto Vieira Silva, 440 – Santa Efigênia - LAVRAS – MG Tel.(fax): 3821-6242, escola.217743@educacao.mg.gov.br Francisco Júlio de Sousa CREF06 1096G/MG XI. BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR Greco, Pablo J.Benda,Rodolfo N..Iniciação Esportiva Universal.Editora UFMG.2007. J. Weineck. Biologia do Esporte.Ed. Manole.1991. Scholich, Manfred. Circuit Training for all Sports.Ed. Sport Books Publisher.Toronto.2003. Lavras MG, 20 de fevereiro de 2015. Francisco Júlio de Sousa PROFESSOR (A)