Apresentação demandas

7.325 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre 2 tipos de demanda no marketing: demanda declinante e demanda negativa.

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.325
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
72
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação demandas

  1. 1. ESTUDOS DE MERCADO 1 MÁRCIO LAMBERT E ISABELLE MALUF FÁBIO LOPES DE CARVALHO PAULO HENRIQUE DINIZ SILVADEMANDA
  2. 2. Demanda declinante Existe uma demanda declinante quando a procura pelo produto ouserviço começa a diminuir consideravelmente. O profissional de mar-keting deverá investigar as causas da insatisfação dos consumidorescom este bem e buscar reestimular a demanda através de alterações decaracterísticas do produto ou criando uma nova estratégia de comunica-ção mais eficiente ou ainda procurando atingir novos mercados que aindanão conhecem o produto e apresenta demanda latente ou inexistente.Como exemplo podemos citar a diminuição do número de frequentado-res das igrejas,ou das salas de cinema dos centros das cidades maiores.(KOTLER, KELLER: 2005 apud GARBOGGINI: 2011)Caso enfocado: criação de uma rede não-tradicional de restaurantesa fim de estimular um mercado formado por indivíduos muito religiosos.
  3. 3. CASO 1: “McDonald’s vegetariano”Empresa: McDonald’sProduto(s): Lanches vegetarianos do tipo fast-foodPaís: ÍndiaCategoria: AlimentosAno: 2012
  4. 4. Descrição: A rede de fast-food chegou à Índia em 1996 e, em um primeiromomento, oferecia sanduíches de carne de cordeiro como substitu-ição aos tradicionais lanches feitos com carne de vaca, já que o ani-mal é considerado sagrado no país. Como o produto não fez sucessodevido à sua consistência, o McDonald’s lançou, no mercado indiano,diversos lanches vegetarianos, que, hoje representam metade docardápio e das vendas da rede.
  5. 5. Estratégia de Marketing: Revitalização da demanda. O McDonald’s sofria com umaperda de demanda constante por causa da baixa receptividade dohambúrguer de cordeiro. A partir de um estudo de marketing,verificou-se que a criação de uma série de produtos vegetarianos - eaté de restaurantes vegetarian-only - podia revitalizar a marcadiante do público indiano, a exemplo do que os concorrentes Sub-way, Domino’s e KFC vinham fazendo.
  6. 6. Demanda Negativa (Negative Demand): Esse estado de demanda é definido como aquele em queos consumidores têm sentimentos negativos em relação aoproduto ou serviço a ser adquirido (KOTLER; KELLER, 2005).Ou que mesmo sabendo da utilidade dos mesmos é relutante emaceitá-los. Conforme observam Giraldi, Gil e Campomar (2009; p. 6): “na primeira traduçãodo termo para o português, negative demand foi traduzido literalmente parademanda negativa, no entanto sabe-se que não existe uma demanda queseja negativa (não se pode demandar menos 20 televisores, por exem-plo), assim decidiu-se rever a tradução para demanda não desejada [...]”.Casos enfocados: 3 diferentes campanhas publicitárias européiasenfatizando a necessidade do uso de preservativos como forma de preven-ção contra o vírus HIV.
  7. 7. CASO 2: “Sans preservant, c’est avec le sida que vous fait l’amour”(“Sem preservativos, é com a AIDS que você está fazendo amor”) Empresa: AIDES Produto(s): pôsteres, anúncios em mídia impressa e internet País: França Categoria: Saúde pública e higiene Ano: 2004 Ficha técnica do projeto: Agência: TBWAPARIS, Boulogne-Billancourt Diretor Criativo: Erik Vervroegen Copywriter: Guillaume Chifflot Diretor de Arte: Cedric Moutaud Fotógrafo: Dimitri Daniloff
  8. 8. CASO 3: “Blow Job Poster: Zwischen Leben und tod liegen nur 0,003 mm latex.” (“Vida ou morte depende de apenas 3mm de látex”)Empresa: Michael Stich FoundationProduto(s): Posteres, bus door, anúncios em jornais, revistas e internet.País: AlemanhaCategoria: Saúde públicaAno: 2007Ficha técnica do projeto: Agência: Jung von Matt/Alster Fotógrafo: Oliver Lassen
  9. 9. CASO 4: “AIDS is a mass murderer” “AIDS é um genocida”Empresa: Regenbogen e.V.Produto(s): Posteres e comercial veiculado em tv e internet, além de um site dedicado á campanha.País: AlemanhaCategoria: Saúde públicaAno: 2009Ficha técnica do projeto: Agência: das comitee Diretor criativo: Dirk Silz Fotografia: Uwe Düttmann. Comercial produzido pela agência: Doppelgänger-Film Diretor: Ivo Weigert. Video Clip do rapper Big Danny produzido por: das comitee Diretora: Janette Wölwer.
  10. 10. Estratégia de Marketing: Converter a demanda. Convencer o público de que o produto/serviço é necessário/útil. Tal estratégia é chamada de Marketingde Conversão ou conversional. No caso específico das campanhas mostradas, é utilizada a táti-ca conhecida como “shockvertising” ou shock advertising (pro-paganda de choque), que é uma tática de marketing que utiliza con-teúdo provocativo, chocante (e em alguns casos - de acordo com ainterpretação pessoal/cultural - ofensivos), de modo a atingir e re-ter uma maior atenção por parte do público, através do sentimentoque provocam (mesmo que tais sentimentos não sejam agradáveis).
  11. 11. REFERÊNCIASADS OF THE WORLD. World AIDS Day 2009: Mass murderer. Disponível em <http://adsoftheworld.com/media/tv/world_aids_day_2009_mass_murderer>. Acessoem: 27 out. 2012.BERKOLZ, R.; HANKE, M.; DELLEMAN, H. AIDS Prevention – Michael Stich Stiftung (Germany). Universidad de Las Palmas de Gran Canaria. III International Congresson Teaching Cases Related to Public and Nonprofit Marketing. Gran Canaria: Espanha. 10p. 2011.COLORIBUS. “SCORPION” Print Ad for Aids Awareness. Disponível em: <http://www.coloribus.com/adsarchive/prints/aids-awareness-scorpion-6608055/>. Acessoem: 27 out.2012.GIRALDI, J. de M. E.; GIL, C.; CAMPOMAR, M. C. Dimensões de Avaliação de Qualidade de Serviços comDemanda não Desejada. Revista Gestão.Org, n.7, p. 409/427,set/dez 2009.KOTLER, Phillip; KELLER, K. L. Administração de marketing: a bíblia do marketing. 12ªed. São Paulo: Prentice Hall, 2005.MACLEOD, Duncan. AIDS Scorpion and Spider. The Inspiration Room. Disponível em: <http://theinspirationroom.com/daily/2007/sleeping-with-aids/>. Acesso em:27 out. 2012.MICHAEL STICH FOUNDATION. ‘Young People and HIV’: prevention campaign press kit. Disponível em: < http://www.michael-stich-stiftung.org/fileadmin/user_up-load/presse-downloads/presse-engl/Press%20kit_young%20people%20and%20HIV.pdf>. Acesso em: 27 out. 2012.MUKHERJEE, Writankar; BAILAY, Rasul. McDonald’s India ready to open first vegetarian-only outlet in Vaishno Devi. The Economic Times. Disponível em: <http://articles.economictimes.indiatimes.com/2012-09-04/news/33582020_1_restaurant-chain-vikram-bakshi-mcdonald-s-india>. Acesso em: 27 out. 2012.NASAJON, Cláudio. Num país onde a vaca é sagrada, a saída é oferecer lanches vegetarianos. Gestão Empresarial com Cláudio Nasajon. Disponível em: <http://www.claudionasajon.com.br/index.php/category/marketing/inovacao/>. Acesso em: 27 out. 2012.NGUYÊN, Duc C. World AIDS Day 2009: Mass Murderer. Daily Motion. Disponível em: <http://www.dailymotion.com/video/xadsq9_world-aids-day-2009-mass-murderer_creation>. Acesso em: 27 out. 2012.SYMS, Shawn. German AIDS Campaign Uses Hitler in Misguided Effort. RH Reality Check. Disponível em: <http://www.rhrealitycheck.org/blog/2009/09/29/german-antiaids-campaign-employs-hitler-misguided-effort>. Acesso em: 27 out. 2012.YOANN. 8 most shocking AIDS campaigns. Humanityy. Disponível em: <http://blog.humanityy.com/lv/node/40>. Acesso em: 27 out. 2012.

×