SlideShare uma empresa Scribd logo
Avaliação e promoção de competências relacionadas com a Literacia de Informação recorrendo às TIC Fatima Kanitar [email_address]   Joanne B. Laranjeiro [email_address]   Maria João Loureiro [email_address]   Lúcia Pombo [email_address]
Problema Alunos do ensino superior apresentam falta de competências em Literacia de Informação. (Eisenberg, 2008; Matusiak, 2006; Rempel & Davidson, 2008; Weiler, 2005 )
Uso e desenvolvimento das TIC ferramentas Web 2.0: Alteração Pesquisar; Selecionar; Cariz académico. Tratar a informação em recursos digitais.
Competências relacionadas com a Literacia de Informação
Outros termos associados com a Literacia de Informação (Virkus, 2009) infoliteracy   Literacia de Informação   information competence   information literacy skills information competence skills information mastery
Conceitos para Literacia de Informação de alguns autores Literacia de Informação   Encontrar, avaliar e usar a informação disponível, assim como extrair dela o indispensável . (Eisenberg, 2008)  Avaliar fontes de informação, saber citá-las e incluí-las num trabalho académico. (Rempel & Davidson, 2008) Saber o que implica uma investigação avançada, definir os tópicos da pesquisa, utilizar as ferramentas das bibliotecas. (Head, 2007; Matusiak, 2006; Varghese, 2008; Weiler, 2005) Localizar, avaliar e usar de forma eficaz a literatura científica. (Timmers & Glas, 2010)
Conceito adotado para Literacia de Informação Utiliza-se o termo como as competências relacionadas com a Literacia de Informação: pesquisa, seleção e tratamento de informação científica, em recursos digitais. (Virkus, 2009) Combina diversos conjuntos de competências: Identificar, localizar, coletar, selecionar, armazenar, gravar, recuperar e processar informações de uma variedade de fontes e meios de comunicação. Desenvolver, de forma adequada, estratégias de pesquisa e de recuperação de informação. Ter o domínio de sistemas complexos de informação; Analisar, organizar, interpretar, avaliar, sintetizar e usar a informação.  (Virkus, 2003)
Internet: grande quantidade de informação e incerteza da qualidade A questão não é mais ter informação suficiente, é ter-se acesso a muita informação com vários formatos e diversos níveis de qualidade. (Virkus, 2009)
Na área da educação A informação digital para a pesquisa, ensino e aprendizagem; Bases de dados das bibliotecas universitárias. (American Library Association, 2000; Kimsey & Cameron, 2005) As competências de pesquisa, seleção e tratamento de informação em recursos digitais permitem que os estudantes possam “aprender a aprender” e “aprender a fazer”. (Furtado, 2009; Lecardelli & Prado, 2006) Vai ao encontro das propostas de Paulo Freire sobre a função da Literacia de Informação para o desenvolvimento da autonomia e autocapacitação, essenciais para o  empowerment  dos estudantes. (Patrão & Figueiredo, 2011)
Situações consideradas Os estudantes podem realizar uma pesquisa sem orientação ou acompanhamento de um profissional (bibliotecários ou docentes). Resultados irrelevantes e sobrecarga de informação. Aumento de frustração e ansiedade na realização das pesquisas. (Lampert, 2005) Formação por  workshops  pontuais de cariz genérico. Não é feito diagnóstico das competências dos estudantes relacionadas com a Literacia de Informação. Podem ou não remeter para as competências necessárias à investigação científica. (Davidson & McMillen, 2002)
Colaboração no ambiente académico Advoga-se uma colaboração estreita entre os técnicos das bibliotecas académicas, os docentes e os alunos de cursos de pós-graduação. (Eisenberg, 2008; Lambert, 2005)
Enquadramento Projeto em lançamento no Centro de Investigação Didática e Tecnologia na Formação de Formadores. Visa a criação de uma rede/comunidade de apoio à supervisão da investigação em Educação envolvendo docentes, investigadores e estudantes de pós-graduação. Uma das vertentes do projeto relaciona-se com a avaliação e desenvolvimento de competências de investigação científica transversais, como são as relacionadas com a Literacia de Informação. http://cms.ua.pt/RedeSIDEdu/
Objetivos / Questões de investigação Ter conhecimento das competências relacionadas com a Literacia de Informação de estudantes do Ensino Superior. Realizar uma avaliação diagnóstica (em número reduzido no país) tendo como referencial as competências que estes alunos deviam ter neste domínio. Determinar os perfis pessoais de Literacia de Informação. Fazer o levantamento de necessidades de formação dos estudantes do Ensino Superior (2º e 3º ciclo de Bolonha). Objetivos:
Objetivos / Questões de investigação Q1) Que competências relacionadas com a Literacia de Informação com recurso às TIC têm os estudantes do ensino superior? Q2) Como avaliar as competências relacionadas com a Literacia de Informação com recurso às TIC? Q3) Como promover o desenvolvimento de competências relacionadas com a Literacia de Informação, com recurso às TIC? Questões de investigação:
Opções metodológicas Recolha de dados em artigos publicados em encontros científicos e revistas da especialidade -  The Internet and Higher Education; Association of College and Research Libraries (ACRL). Os termos de pesquisa foram selecionados a partir das palavras das questões de investigação em inglês. Primeira fase: Segunda fase: Bases de dados:  ERIC (interface  ebsco );  ISI Web of Knowledge  e na biblioteca do conhecimento  online  (B-on).
Avaliação de competências em LI: exemplos de estudos Instrumentos de Recolha de Informação Objetivos de Investigação Conclusões Questionário de avaliação de utilização das TIC para pesquisa de informação. (análise estatística) (Higntte, et al., 2009) Avaliar os níveis de Literacia de Informação de estudantes universitários, correlacionar os resultados com variáveis de género e grupo étnico. Literacia de Informação  dos estudantes analisados é  mediana . Género  feminino e caucasianos  parecem possuir  mais competências  em Literacia de Informação. Questionário de avaliação das necessidades de formação em Literacia de Informação. (Head & Eisenberg, 2009) Determinar as necessidades de formação em Literacia de Informação e a frequência de utilização de recursos digitais (bases de dados, motores de pesquisa…), bem como de pedido de auxílio.  Estudantes  fazem pesquisa de informação frequentemente  e  recorrem a recursos das bibliotecas  mas  também a motores de pesquisa generalistas , o que acarreta  frustração e ansiedade . Grande parte  não recorre à ajuda de bibliotecários . ETS's iSkills – Instrumento de avaliação de Literacia de Informação em ambiente web. (Katz, 2007) Produzir um instrumento válido, fiável e autêntico de avaliação de competências em Literacia de Informação por recurso às TIC. Medir as competências de pesquisa, organização e comunicação de informação utilizando a tecnologia. Possuir conhecimentos tecnológicos não é sinónimo de possuir competências em Literacia de Informação  com recurso às TIC – estudos evidenciaram  dificuldades  dos estudantes. CSU Information Competence Assessment – projecto de avaliação em  Literacia de Informação. (Dunn, 2000) Avaliar e desenvolver competências de Literacia de Informação. Falta de critérios claros para avaliar competências em Literacia de Informação . O estudo permitiu adquirir conhecimentos e experiência para desenvolver medidas mais adequadas em avaliação de competências em Literacia de Informação. Instrumentos Objetivos de Investigação Conclusões Questionário  de avaliação de utilização das TIC para pesquisa de informação (análise estatística). (Higntte, et al., 2009) Avaliar os níveis de Literacia de Informação de estudantes universitários, correlacionar os resultados com variáveis de género e grupo étnico. Literacia de Informação  dos estudantes analisados é  mediana. Género  feminino e caucasianos  parecem possuir  mais competências  em Literacia de Informação.
Avaliação de competências em LI: exemplos de estudos Instrumentos de Recolha de Informação Objetivos de Investigação Conclusões Questionário de avaliação de utilização das TIC para pesquisa de informação. (análise estatística) (Higntte, et al., 2009) Avaliar os níveis de Literacia de Informação de estudantes universitários, correlacionar os resultados com variáveis de género e grupo étnico. Literacia de Informação  dos estudantes analisados é  mediana . Género  feminino e caucasianos  parecem possuir  mais competências  em Literacia de Informação. Questionário de avaliação das necessidades de formação em Literacia de Informação. (Head & Eisenberg, 2009) Determinar as necessidades de formação em Literacia de Informação e a frequência de utilização de recursos digitais (bases de dados, motores de pesquisa…), bem como de pedido de auxílio.  Estudantes  fazem pesquisa de informação frequentemente  e  recorrem a recursos das bibliotecas  mas  também a motores de pesquisa generalistas , o que acarreta  frustração e ansiedade . Grande parte  não recorre à ajuda de bibliotecários . ETS's iSkills – Instrumento de avaliação de Literacia de Informação em ambiente web. (Katz, 2007) Produzir um instrumento válido, fiável e autêntico de avaliação de competências em Literacia de Informação por recurso às TIC. Medir as competências de pesquisa, organização e comunicação de informação utilizando a tecnologia. Possuir conhecimentos tecnológicos não é sinónimo de possuir competências em Literacia de Informação  com recurso às TIC – estudos evidenciaram  dificuldades  dos estudantes. CSU Information Competence Assessment – projecto de avaliação em  Literacia de Informação. (Dunn, 2000) Avaliar e desenvolver competências de Literacia de Informação. Falta de critérios claros para avaliar competências em Literacia de Informação . O estudo permitiu adquirir conhecimentos e experiência para desenvolver medidas mais adequadas em avaliação de competências em Literacia de Informação. Instrumentos Objetivos de Investigação Conclusões Questionário  de avaliação das necessidades de formação em Literacia de Informação. (Head & Eisenberg, 2009) Determinar as necessidades de formação em Literacia de Informação e a frequência de utilização de recursos digitais (bases de dados, motores de pesquisa…), bem como de pedido de auxílio.  Estudantes  fazem pesquisa de informação frequentemente  e  recorrem a recursos das bibliotecas  mas  também a motores de pesquisa generalistas , o que acarreta  frustração e ansiedade . Grande parte  não recorre à ajuda de bibliotecários .
Avaliação de competências em LI: exemplos de estudos Instrumentos de Recolha de Informação Objetivos de Investigação Conclusões Questionário de avaliação de utilização das TIC para pesquisa de informação. (análise estatística) (Higntte, et al., 2009) Avaliar os níveis de Literacia de Informação de estudantes universitários, correlacionar os resultados com variáveis de género e grupo étnico. Literacia de Informação  dos estudantes analisados é  mediana . Género  feminino e caucasianos  parecem possuir  mais competências  em Literacia de Informação. Questionário de avaliação das necessidades de formação em Literacia de Informação. (Head & Eisenberg, 2009) Determinar as necessidades de formação em Literacia de Informação e a frequência de utilização de recursos digitais (bases de dados, motores de pesquisa…), bem como de pedido de auxílio.  Estudantes  fazem pesquisa de informação frequentemente  e  recorrem a recursos das bibliotecas  mas  também a motores de pesquisa generalistas , o que acarreta  frustração e ansiedade . Grande parte  não recorre à ajuda de bibliotecários . ETS's iSkills – Instrumento de avaliação de Literacia de Informação em ambiente web. (Katz, 2007) Produzir um instrumento válido, fiável e autêntico de avaliação de competências em Literacia de Informação por recurso às TIC. Medir as competências de pesquisa, organização e comunicação de informação utilizando a tecnologia. Possuir conhecimentos tecnológicos não é sinónimo de possuir competências em Literacia de Informação  com recurso às TIC – estudos evidenciaram  dificuldades  dos estudantes. CSU Information Competence Assessment – projecto de avaliação em  Literacia de Informação. (Dunn, 2000) Avaliar e desenvolver competências de Literacia de Informação. Falta de critérios claros para avaliar competências em Literacia de Informação . O estudo permitiu adquirir conhecimentos e experiência para desenvolver medidas mais adequadas em avaliação de competências em Literacia de Informação. Instrumentos Objetivos de Investigação Conclusões ETS's iSkills –  Instrumento  de  avaliação  de Literacia de Informação em  ambiente web . (Katz, 2007) Produzir um instrumento válido, fiável e autêntico de avaliação de competências em Literacia de Informação por recurso às TIC. Medir as competências de pesquisa, organização e comunicação de informação utilizando a tecnologia. Possuir conhecimentos tecnológicos não é sinónimo de possuir competências em Literacia de Informação  com recurso às TIC – estudos evidenciaram  dificuldades  dos estudantes.
Avaliação de competências em LI: exemplos de estudos Instrumentos de Recolha de Informação Objetivos de Investigação Conclusões Questionário de avaliação de utilização das TIC para pesquisa de informação. (análise estatística) (Higntte, et al., 2009) Avaliar os níveis de Literacia de Informação de estudantes universitários, correlacionar os resultados com variáveis de género e grupo étnico. Literacia de Informação  dos estudantes analisados é  mediana . Género  feminino e caucasianos  parecem possuir  mais competências  em Literacia de Informação. Questionário de avaliação das necessidades de formação em Literacia de Informação. (Head & Eisenberg, 2009) Determinar as necessidades de formação em Literacia de Informação e a frequência de utilização de recursos digitais (bases de dados, motores de pesquisa…), bem como de pedido de auxílio.  Estudantes  fazem pesquisa de informação frequentemente  e  recorrem a recursos das bibliotecas  mas  também a motores de pesquisa generalistas , o que acarreta  frustração e ansiedade . Grande parte  não recorre à ajuda de bibliotecários . ETS's iSkills – Instrumento de avaliação de Literacia de Informação em ambiente web. (Katz, 2007) Produzir um instrumento válido, fiável e autêntico de avaliação de competências em Literacia de Informação por recurso às TIC. Medir as competências de pesquisa, organização e comunicação de informação utilizando a tecnologia. Possuir conhecimentos tecnológicos não é sinónimo de possuir competências em Literacia de Informação  com recurso às TIC – estudos evidenciaram  dificuldades  dos estudantes. CSU Information Competence Assessment – projecto de avaliação em  Literacia de Informação. (Dunn, 2000) Avaliar e desenvolver competências de Literacia de Informação. Falta de critérios claros para avaliar competências em Literacia de Informação . O estudo permitiu adquirir conhecimentos e experiência para desenvolver medidas mais adequadas em avaliação de competências em Literacia de Informação. Instrumentos Objetivos de Investigação Conclusões CSU Information Competence Assessment  –  projeto de avaliação  em  Literacia de Informação. (Dunn, 2000) Avaliar e desenvolver competências de Literacia de Informação. Falta de critérios claros para avaliar competências em Literacia de Informação . O estudo permitiu adquirir conhecimentos e experiência para desenvolver medidas mais adequadas em avaliação de competências em Literacia de Informação.
Avaliação de Estratégias de Desenvolvimento de Literacia de Informação: Exemplos de Estudos Técnicas de Recolha de Informação Objetivos de Investigação Conclusões Tutoriais recentes , disponibilizados por bibliotecas académicas na base de dados PRIMO (análise de conteúdo). (Shiao-Feng & Kuo, 2010) Promover o desenho e desenvolvimento de módulos de formação em Literacia de Informação capazes de superar as lacunas atuais. Esforços das bibliotecas académicas para cumprir os objetivos em Literacia de Informação  veiculados pela Association of College and Research Libraries –  ACR L. Questionários. (Lwehabura, 2008) Identificar e avaliar propostas de ensino da Literacia de Informação (conteúdos, métodos de difusão e sua eficácia), praticadas nas bibliotecas das Universidades em estudo.  Propor estratégias para melhorar ou promover cursos de Literacia de Informação que ajudem os estudantes a adquirir as competências em Literacia de Informação necessárias à investigação científica. Formas de instrução  são  ineficientes  devido a fatores como a sua  duração , existência de  recursos inadequados  e  ausência de políticas claras  de Literacia de Informação.  Literacia de Informação ainda não é reconhecida como uma atividade de aprendizagem importante  e, em  consequência,  não faz parte dos programas curriculares . As  atuais abordagens  para promover a Literacia de Informação são  ineficientes  na  promoção de  competências adequadas . Necessidade  de bibliotecários promover e reconhecer a Literacia de Informação . Discurso dos estudantes, anotações avaliativas, trabalhos realizados em sítios web, questionários (análise de conteúdo e análise estatística). (Buchanan, Luck, & Jones, 2002) Assegurar que estudantes de ensino a distância dominam as competências da Literacia de Informação. Desenvolver, ensinar e avaliar um curso online em Literacia de Informação, integrado no conteúdo dos cursos superiores. Avaliar competências em Literacia de Informação. A integração com sucesso de competências de Literacia de Informação em cursos online depende da relação entre bibliotecários e docentes,  um trabalho em parceria que assegurará que estudantes dominem  estas competências . A  inclusão  da Literacia de Informação  em cursos  online tornará os alunos mais cientes. Recolha de Informação Objetivos de Investigação Conclusões Questionários . (Lwehabura, 2008) Identificar e avaliar propostas de ensino da Literacia de Informação, praticadas nas bibliotecas das Universidades em estudo.  Propor estratégias para melhorar ou promover cursos de Literacia de Informação que ajudem os estudantes a adquirir as competências em Literacia de Informação necessárias à investigação científica. Formas de instrução  são  ineficientes  devido a fatores como a sua  duração , existência de  recursos inadequados  e  ausência de políticas claras  de Literacia de Informação.  Literacia de Informação ainda não é reconhecida como uma atividade de aprendizagem importante  e, em  consequência,  não faz parte dos programas curriculares . As  atuais abordagens  para promover a Literacia de Informação são  ineficientes   na  promoção de  competências adequadas . Necessidade  de bibliotecários promover e reconhecer a Literacia de Informação .
Avaliação de Estratégias de Desenvolvimento de Literacia de Informação: Exemplos de Estudos Técnicas de Recolha de Informação Objetivos de Investigação Conclusões Tutoriais recentes , disponibilizados por bibliotecas académicas na base de dados PRIMO (análise de conteúdo). (Shiao-Feng & Kuo, 2010) Promover o desenho e desenvolvimento de módulos de formação em Literacia de Informação capazes de superar as lacunas atuais. Esforços das bibliotecas académicas para cumprir os objetivos em Literacia de Informação  veiculados pela Association of College and Research Libraries –  ACR L. Questionários. (Lwehabura, 2008) Identificar e avaliar propostas de ensino da Literacia de Informação (conteúdos, métodos de difusão e sua eficácia), praticadas nas bibliotecas das Universidades em estudo.  Propor estratégias para melhorar ou promover cursos de Literacia de Informação que ajudem os estudantes a adquirir as competências em Literacia de Informação necessárias à investigação científica. Formas de instrução  são  ineficientes  devido a fatores como a sua  duração , existência de  recursos inadequados  e  ausência de políticas claras  de Literacia de Informação.  Literacia de Informação ainda não é reconhecida como uma atividade de aprendizagem importante  e, em  consequência,  não faz parte dos programas curriculares . As  atuais abordagens  para promover a Literacia de Informação são  ineficientes  na  promoção de  competências adequadas . Necessidade  de bibliotecários promover e reconhecer a Literacia de Informação . Discurso dos estudantes, anotações avaliativas, trabalhos realizados em sítios web, questionários (análise de conteúdo e análise estatística). (Buchanan, Luck, & Jones, 2002) Assegurar que estudantes de ensino a distância dominam as competências da Literacia de Informação. Desenvolver, ensinar e avaliar um curso online em Literacia de Informação, integrado no conteúdo dos cursos superiores. Avaliar competências em Literacia de Informação. A integração com sucesso de competências de Literacia de Informação em cursos online depende da relação entre bibliotecários e docentes,  um trabalho em parceria que assegurará que estudantes dominem  estas competências . A  inclusão  da Literacia de Informação  em cursos  online tornará os alunos mais cientes. Recolha de Informação Objetivos de Investigação Conclusões Discurso  dos estudantes,  anotações  avaliativas,  trabalhos  realizados em sítios web,  questionários (análise de conteúdo e análise estatística). (Buchanan, Luck, & Jones, 2002) Assegurar que estudantes de ensino a distância dominam as competências da Literacia de Informação. Desenvolver, ensinar e avaliar um curso online em Literacia de Informação, integrado no conteúdo dos cursos superiores. Avaliar competências em Literacia de Informação. A integração com sucesso de competências de Literacia de Informação em cursos online depende da relação entre bibliotecários e docentes,  um trabalho em parceria que assegurará que estudantes dominem  estas competências. A  inclusão  da Literacia de Informação  em cursos  online tornará os alunos mais cientes.
Respostas às questões de investigação – Q1 E Q3 Muitos dos alunos  do Ensino Superior  não apresentam  competências  relacionadas com a Literacia de Informação necessárias ao desenvolvimento de investigação científica fundamentada.  (Head & Eisenberg, 2009; Nicholas et. al., 2007) Possuem  competências de utilização das TIC , estas  não são suficientes  para  pesquisar ,  selecionar  e  tratar  a literatura da especialidade recolhida com recurso às TIC, de forma eficaz. (Katz, 2007) Q1) Que competências relacionadas com a Literacia de Informação com recurso às TIC têm os estudantes do ensino superior?
Respostas às questões de investigação – Q1 E Q3 Q3) Como promover o desenvolvimento de competências relacionadas com a Literacia de Informação, com recurso às TIC? O  conhecimento das necessidades de formação  dos estudantes do Ensino Superior na pesquisa, seleção e tratamento de informação em recursos digitais  permite a realização de orientações para o desenvolvimento destas competências. (Head & Eisenberg, 2009; Nicholas et. al., 2007) O  desenvolvimento destas competências  deve ser  incluído no currículo  dos cursos de 2º e 3º ciclo de Bolonha. (Eisenberg,2008), Rempel & Davidson,2008;Teruel & Garcia,2007) Promoção de uma  colaboração contínua  entre bibliotecários, docentes e estudantes para o  desenvolvimento de forma transversal de competências relacionadas com a Literacia de Informação . (Lampert,2005; Projeto “Redes de I&D em Educação)
Proposta de referencial de avaliação de competências de Literacia de Informação Desenvolvimento do referencial: Adaptação dos trabalhos desenvolvidos por  Timmers & Glas (2010)  e por  Lopes & Pinto (2010) , visto estes artigos se focarem especificamente no desenvolvimento de  instrumentos de avaliação . Os  critérios e indicadores  advêm das indicações relativas às competências relacionadas com a Literacia de Informação que os estudantes do Ensino Superior deviam ter.
Proposta de referencial de avaliação de competências de Literacia de Informação
Proposta de referencial de avaliação de competências de Literacia de Informação
Proposta de referencial de avaliação de competências de Literacia de Informação
Respostas às questões de investigação – Q2 Falta de critérios e indicadores  para avaliar  as competências relacionadas com a Literacia de Informação. (Dunn, 2000) Questionários  têm sido explorados como  instrumentos de avaliação . (Head & Eisenberg, 2009; Higntte, et al., 2009) Os estudos consultados  têm  utilizado  abordagens quantitativas de análise dos resultados  relativos à avaliação das competências em estudo, explorando  menos metodologias qualitativas  (de observação das competências em uso e explorando registos automáticos de utilização das TIC na pesquisa de informação científica). (Head & Eisenberg, 2009; Nicholas et. al., 2007) Os estudos se têm direcionado  mais para a pesquisa  de informação do que como esta é selecionada e sistematizada. (Head & Eisenberg, 2009; Nicholas et. al., 2007) Q2) Como avaliar as competências relacionadas com a Literacia de Informação com recurso às TIC?
Considerações Finais Falta de referencial de avaliação  para avaliar  as competências relacionadas com a Literacia de Informação. Desenvolvimento  do referencial de avaliação com os devidos critérios e indicadores,  com a primeira validação feita pelos profissionais da biblioteca da UA e a seguir pelo centro de ensino superior/ supervisores de educação.  O  suporte teórico  para o desenvolvimento de instrumentos que visem avaliar as competências relacionadas com a Literacia de Informação em recursos digitais, nomeadamente através do uso das TIC e, em particular, das ferramentas da Web 2.0.  Pretende-se  criar um questionário e instrumentos dinâmicos , para o conhecimento das  necessidades de formação dos estudantes  e  recomendar estratégias e recursos  para o desenvolvimento das competências em estudo. A  orientação destas competências  já é  feita em programas curriculares  sem a avaliação dos alunos.
FIM Obrigada pela atenção!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação Dissertação
Apresentação DissertaçãoApresentação Dissertação
Apresentação Dissertação
Regina Fazioli
 
Projeto "O mundo mágico virtual: é bom ou não?" Monike Braz e Suzane Peixoto
Projeto "O mundo mágico virtual: é bom ou não?" Monike Braz e Suzane PeixotoProjeto "O mundo mágico virtual: é bom ou não?" Monike Braz e Suzane Peixoto
Projeto "O mundo mágico virtual: é bom ou não?" Monike Braz e Suzane Peixoto
monikebraz
 

Mais procurados (14)

Novas tecnologias na pesquisa histórica, busca de
Novas tecnologias na pesquisa histórica, busca deNovas tecnologias na pesquisa histórica, busca de
Novas tecnologias na pesquisa histórica, busca de
 
Planificação por literacia por ciclos
Planificação por literacia por ciclosPlanificação por literacia por ciclos
Planificação por literacia por ciclos
 
Infográficos na educação e no ensino de línguas
Infográficos na educação e no ensino de línguasInfográficos na educação e no ensino de línguas
Infográficos na educação e no ensino de línguas
 
Joana peixoto internet e conhecimento - workshop ensino médio e mídias agos...
Joana peixoto   internet e conhecimento - workshop ensino médio e mídias agos...Joana peixoto   internet e conhecimento - workshop ensino médio e mídias agos...
Joana peixoto internet e conhecimento - workshop ensino médio e mídias agos...
 
"A contribuição da pós-graduação strictu sensu no contexto sociocognitivo do ...
"A contribuição da pós-graduação strictu sensu no contexto sociocognitivo do ..."A contribuição da pós-graduação strictu sensu no contexto sociocognitivo do ...
"A contribuição da pós-graduação strictu sensu no contexto sociocognitivo do ...
 
Estudo de Usuários - Conceitos e Aplicações
Estudo de Usuários - Conceitos e AplicaçõesEstudo de Usuários - Conceitos e Aplicações
Estudo de Usuários - Conceitos e Aplicações
 
Apresentação Dissertação
Apresentação DissertaçãoApresentação Dissertação
Apresentação Dissertação
 
Fontes de informação online
Fontes de informação onlineFontes de informação online
Fontes de informação online
 
Pre escolar - Projeto das literacias
Pre escolar - Projeto das literacias Pre escolar - Projeto das literacias
Pre escolar - Projeto das literacias
 
2º ciclo projeto das literacias
2º ciclo projeto das literacias2º ciclo projeto das literacias
2º ciclo projeto das literacias
 
Literacia da informação
Literacia da informaçãoLiteracia da informação
Literacia da informação
 
Papel do Bibliotecário
Papel do BibliotecárioPapel do Bibliotecário
Papel do Bibliotecário
 
Projeto "O mundo mágico virtual: é bom ou não?" Monike Braz e Suzane Peixoto
Projeto "O mundo mágico virtual: é bom ou não?" Monike Braz e Suzane PeixotoProjeto "O mundo mágico virtual: é bom ou não?" Monike Braz e Suzane Peixoto
Projeto "O mundo mágico virtual: é bom ou não?" Monike Braz e Suzane Peixoto
 
1º ciclo - Projeto das literacias
1º ciclo - Projeto das literacias1º ciclo - Projeto das literacias
1º ciclo - Projeto das literacias
 

Semelhante a Avaliação e promoção de competências relacionadas com a Literacia de Informação recorrendo às TIC

à procura do contexto
à procura do contextoà procura do contexto
à procura do contexto
Diana Silva
 
Apresentação defesa da tese em Universidade_Aveiro
Apresentação defesa da tese em Universidade_AveiroApresentação defesa da tese em Universidade_Aveiro
Apresentação defesa da tese em Universidade_Aveiro
Fatima Kanitar
 
Apresentação de projeto Estudo de Usuário
Apresentação de projeto Estudo de UsuárioApresentação de projeto Estudo de Usuário
Apresentação de projeto Estudo de Usuário
Rogerio Almeida
 
Merli daiana freddi
Merli daiana freddiMerli daiana freddi
Merli daiana freddi
equipetics
 
Arquitetura da Informação (LUCIRENE)
Arquitetura da Informação (LUCIRENE)Arquitetura da Informação (LUCIRENE)
Arquitetura da Informação (LUCIRENE)
Lucirene Lanzi
 
Apresentação Arquitetura da Informaçao (Parte Lucirene)
Apresentação Arquitetura da Informaçao (Parte Lucirene)Apresentação Arquitetura da Informaçao (Parte Lucirene)
Apresentação Arquitetura da Informaçao (Parte Lucirene)
Daiane
 
TCCE_TICAE_EaD_2018_CHIMAINSKI_DANIELA.pdf
TCCE_TICAE_EaD_2018_CHIMAINSKI_DANIELA.pdfTCCE_TICAE_EaD_2018_CHIMAINSKI_DANIELA.pdf
TCCE_TICAE_EaD_2018_CHIMAINSKI_DANIELA.pdf
DrikaSato
 
Met. inv. ii_ie_2011-12_a_distancia-1
Met. inv. ii_ie_2011-12_a_distancia-1Met. inv. ii_ie_2011-12_a_distancia-1
Met. inv. ii_ie_2011-12_a_distancia-1
QuitriaSilva2
 
A relevância das Tecnologias da Informação e da Comunicação para os estudos e...
A relevância das Tecnologias da Informação e da Comunicação para os estudos e...A relevância das Tecnologias da Informação e da Comunicação para os estudos e...
A relevância das Tecnologias da Informação e da Comunicação para os estudos e...
Adriana Sales Zardini
 

Semelhante a Avaliação e promoção de competências relacionadas com a Literacia de Informação recorrendo às TIC (20)

Apresentacao projeto
Apresentacao projeto Apresentacao projeto
Apresentacao projeto
 
à procura do contexto
à procura do contextoà procura do contexto
à procura do contexto
 
Apresentação defesa da tese em Universidade_Aveiro
Apresentação defesa da tese em Universidade_AveiroApresentação defesa da tese em Universidade_Aveiro
Apresentação defesa da tese em Universidade_Aveiro
 
Ctdi diana
Ctdi dianaCtdi diana
Ctdi diana
 
CTDI_Vila_Conde
CTDI_Vila_CondeCTDI_Vila_Conde
CTDI_Vila_Conde
 
Competência informacional conheceresaber
Competência informacional conheceresaberCompetência informacional conheceresaber
Competência informacional conheceresaber
 
Introducao a Competencia Informacional CRB-8 SENAC 2009
Introducao a Competencia Informacional CRB-8 SENAC 2009Introducao a Competencia Informacional CRB-8 SENAC 2009
Introducao a Competencia Informacional CRB-8 SENAC 2009
 
Apresentação de projeto Estudo de Usuário
Apresentação de projeto Estudo de UsuárioApresentação de projeto Estudo de Usuário
Apresentação de projeto Estudo de Usuário
 
Merli daiana freddi
Merli daiana freddiMerli daiana freddi
Merli daiana freddi
 
Literacia digital
Literacia digitalLiteracia digital
Literacia digital
 
Arquitetura da informação para blogs
Arquitetura da informação para blogsArquitetura da informação para blogs
Arquitetura da informação para blogs
 
Arquitetura da Informação (LUCIRENE)
Arquitetura da Informação (LUCIRENE)Arquitetura da Informação (LUCIRENE)
Arquitetura da Informação (LUCIRENE)
 
Apresentação Arquitetura da Informaçao (Parte Lucirene)
Apresentação Arquitetura da Informaçao (Parte Lucirene)Apresentação Arquitetura da Informaçao (Parte Lucirene)
Apresentação Arquitetura da Informaçao (Parte Lucirene)
 
O comportamento do usuário final na recuperação temática da informação: um es...
O comportamento do usuário final na recuperação temática da informação: um es...O comportamento do usuário final na recuperação temática da informação: um es...
O comportamento do usuário final na recuperação temática da informação: um es...
 
Biblioteca Escolar e a Competência em informação 2011
Biblioteca Escolar e a Competência em informação 2011Biblioteca Escolar e a Competência em informação 2011
Biblioteca Escolar e a Competência em informação 2011
 
TCCE_TICAE_EaD_2018_CHIMAINSKI_DANIELA.pdf
TCCE_TICAE_EaD_2018_CHIMAINSKI_DANIELA.pdfTCCE_TICAE_EaD_2018_CHIMAINSKI_DANIELA.pdf
TCCE_TICAE_EaD_2018_CHIMAINSKI_DANIELA.pdf
 
Os novos serviços de apoio à pesquisa em Bibliotecas Universitárias
Os novos serviços de apoio à pesquisa em Bibliotecas UniversitáriasOs novos serviços de apoio à pesquisa em Bibliotecas Universitárias
Os novos serviços de apoio à pesquisa em Bibliotecas Universitárias
 
Met. inv. ii_ie_2011-12_a_distancia-1
Met. inv. ii_ie_2011-12_a_distancia-1Met. inv. ii_ie_2011-12_a_distancia-1
Met. inv. ii_ie_2011-12_a_distancia-1
 
A relevância das Tecnologias da Informação e da Comunicação para os estudos e...
A relevância das Tecnologias da Informação e da Comunicação para os estudos e...A relevância das Tecnologias da Informação e da Comunicação para os estudos e...
A relevância das Tecnologias da Informação e da Comunicação para os estudos e...
 
Análise de Tutoriais e Sites educacionais em competência em informação
Análise de Tutoriais e Sites educacionais em competência em informaçãoAnálise de Tutoriais e Sites educacionais em competência em informação
Análise de Tutoriais e Sites educacionais em competência em informação
 

Último

5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
edjailmax
 
CONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docx
CONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docxCONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docx
CONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docx
EduardaMedeiros18
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
rarakey779
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
carlaOliveira438
 

Último (20)

"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 
O carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
O carteiro chegou - Janet & Allan AhlbergO carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
O carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
 
CONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docx
CONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docxCONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docx
CONTO-3º-4º-E-5ºANO-A-PRINCESA-E-A-ERVILHA[1] (1).docx
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/AcumuladorRecurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 

Avaliação e promoção de competências relacionadas com a Literacia de Informação recorrendo às TIC

  • 1. Avaliação e promoção de competências relacionadas com a Literacia de Informação recorrendo às TIC Fatima Kanitar [email_address] Joanne B. Laranjeiro [email_address] Maria João Loureiro [email_address] Lúcia Pombo [email_address]
  • 2. Problema Alunos do ensino superior apresentam falta de competências em Literacia de Informação. (Eisenberg, 2008; Matusiak, 2006; Rempel & Davidson, 2008; Weiler, 2005 )
  • 3. Uso e desenvolvimento das TIC ferramentas Web 2.0: Alteração Pesquisar; Selecionar; Cariz académico. Tratar a informação em recursos digitais.
  • 4. Competências relacionadas com a Literacia de Informação
  • 5. Outros termos associados com a Literacia de Informação (Virkus, 2009) infoliteracy Literacia de Informação information competence information literacy skills information competence skills information mastery
  • 6. Conceitos para Literacia de Informação de alguns autores Literacia de Informação Encontrar, avaliar e usar a informação disponível, assim como extrair dela o indispensável . (Eisenberg, 2008) Avaliar fontes de informação, saber citá-las e incluí-las num trabalho académico. (Rempel & Davidson, 2008) Saber o que implica uma investigação avançada, definir os tópicos da pesquisa, utilizar as ferramentas das bibliotecas. (Head, 2007; Matusiak, 2006; Varghese, 2008; Weiler, 2005) Localizar, avaliar e usar de forma eficaz a literatura científica. (Timmers & Glas, 2010)
  • 7. Conceito adotado para Literacia de Informação Utiliza-se o termo como as competências relacionadas com a Literacia de Informação: pesquisa, seleção e tratamento de informação científica, em recursos digitais. (Virkus, 2009) Combina diversos conjuntos de competências: Identificar, localizar, coletar, selecionar, armazenar, gravar, recuperar e processar informações de uma variedade de fontes e meios de comunicação. Desenvolver, de forma adequada, estratégias de pesquisa e de recuperação de informação. Ter o domínio de sistemas complexos de informação; Analisar, organizar, interpretar, avaliar, sintetizar e usar a informação. (Virkus, 2003)
  • 8. Internet: grande quantidade de informação e incerteza da qualidade A questão não é mais ter informação suficiente, é ter-se acesso a muita informação com vários formatos e diversos níveis de qualidade. (Virkus, 2009)
  • 9. Na área da educação A informação digital para a pesquisa, ensino e aprendizagem; Bases de dados das bibliotecas universitárias. (American Library Association, 2000; Kimsey & Cameron, 2005) As competências de pesquisa, seleção e tratamento de informação em recursos digitais permitem que os estudantes possam “aprender a aprender” e “aprender a fazer”. (Furtado, 2009; Lecardelli & Prado, 2006) Vai ao encontro das propostas de Paulo Freire sobre a função da Literacia de Informação para o desenvolvimento da autonomia e autocapacitação, essenciais para o empowerment dos estudantes. (Patrão & Figueiredo, 2011)
  • 10. Situações consideradas Os estudantes podem realizar uma pesquisa sem orientação ou acompanhamento de um profissional (bibliotecários ou docentes). Resultados irrelevantes e sobrecarga de informação. Aumento de frustração e ansiedade na realização das pesquisas. (Lampert, 2005) Formação por workshops pontuais de cariz genérico. Não é feito diagnóstico das competências dos estudantes relacionadas com a Literacia de Informação. Podem ou não remeter para as competências necessárias à investigação científica. (Davidson & McMillen, 2002)
  • 11. Colaboração no ambiente académico Advoga-se uma colaboração estreita entre os técnicos das bibliotecas académicas, os docentes e os alunos de cursos de pós-graduação. (Eisenberg, 2008; Lambert, 2005)
  • 12. Enquadramento Projeto em lançamento no Centro de Investigação Didática e Tecnologia na Formação de Formadores. Visa a criação de uma rede/comunidade de apoio à supervisão da investigação em Educação envolvendo docentes, investigadores e estudantes de pós-graduação. Uma das vertentes do projeto relaciona-se com a avaliação e desenvolvimento de competências de investigação científica transversais, como são as relacionadas com a Literacia de Informação. http://cms.ua.pt/RedeSIDEdu/
  • 13. Objetivos / Questões de investigação Ter conhecimento das competências relacionadas com a Literacia de Informação de estudantes do Ensino Superior. Realizar uma avaliação diagnóstica (em número reduzido no país) tendo como referencial as competências que estes alunos deviam ter neste domínio. Determinar os perfis pessoais de Literacia de Informação. Fazer o levantamento de necessidades de formação dos estudantes do Ensino Superior (2º e 3º ciclo de Bolonha). Objetivos:
  • 14. Objetivos / Questões de investigação Q1) Que competências relacionadas com a Literacia de Informação com recurso às TIC têm os estudantes do ensino superior? Q2) Como avaliar as competências relacionadas com a Literacia de Informação com recurso às TIC? Q3) Como promover o desenvolvimento de competências relacionadas com a Literacia de Informação, com recurso às TIC? Questões de investigação:
  • 15. Opções metodológicas Recolha de dados em artigos publicados em encontros científicos e revistas da especialidade - The Internet and Higher Education; Association of College and Research Libraries (ACRL). Os termos de pesquisa foram selecionados a partir das palavras das questões de investigação em inglês. Primeira fase: Segunda fase: Bases de dados: ERIC (interface ebsco ); ISI Web of Knowledge e na biblioteca do conhecimento online (B-on).
  • 16. Avaliação de competências em LI: exemplos de estudos Instrumentos de Recolha de Informação Objetivos de Investigação Conclusões Questionário de avaliação de utilização das TIC para pesquisa de informação. (análise estatística) (Higntte, et al., 2009) Avaliar os níveis de Literacia de Informação de estudantes universitários, correlacionar os resultados com variáveis de género e grupo étnico. Literacia de Informação dos estudantes analisados é mediana . Género feminino e caucasianos parecem possuir mais competências em Literacia de Informação. Questionário de avaliação das necessidades de formação em Literacia de Informação. (Head & Eisenberg, 2009) Determinar as necessidades de formação em Literacia de Informação e a frequência de utilização de recursos digitais (bases de dados, motores de pesquisa…), bem como de pedido de auxílio. Estudantes fazem pesquisa de informação frequentemente e recorrem a recursos das bibliotecas mas também a motores de pesquisa generalistas , o que acarreta frustração e ansiedade . Grande parte não recorre à ajuda de bibliotecários . ETS's iSkills – Instrumento de avaliação de Literacia de Informação em ambiente web. (Katz, 2007) Produzir um instrumento válido, fiável e autêntico de avaliação de competências em Literacia de Informação por recurso às TIC. Medir as competências de pesquisa, organização e comunicação de informação utilizando a tecnologia. Possuir conhecimentos tecnológicos não é sinónimo de possuir competências em Literacia de Informação com recurso às TIC – estudos evidenciaram dificuldades dos estudantes. CSU Information Competence Assessment – projecto de avaliação em Literacia de Informação. (Dunn, 2000) Avaliar e desenvolver competências de Literacia de Informação. Falta de critérios claros para avaliar competências em Literacia de Informação . O estudo permitiu adquirir conhecimentos e experiência para desenvolver medidas mais adequadas em avaliação de competências em Literacia de Informação. Instrumentos Objetivos de Investigação Conclusões Questionário de avaliação de utilização das TIC para pesquisa de informação (análise estatística). (Higntte, et al., 2009) Avaliar os níveis de Literacia de Informação de estudantes universitários, correlacionar os resultados com variáveis de género e grupo étnico. Literacia de Informação dos estudantes analisados é mediana. Género feminino e caucasianos parecem possuir mais competências em Literacia de Informação.
  • 17. Avaliação de competências em LI: exemplos de estudos Instrumentos de Recolha de Informação Objetivos de Investigação Conclusões Questionário de avaliação de utilização das TIC para pesquisa de informação. (análise estatística) (Higntte, et al., 2009) Avaliar os níveis de Literacia de Informação de estudantes universitários, correlacionar os resultados com variáveis de género e grupo étnico. Literacia de Informação dos estudantes analisados é mediana . Género feminino e caucasianos parecem possuir mais competências em Literacia de Informação. Questionário de avaliação das necessidades de formação em Literacia de Informação. (Head & Eisenberg, 2009) Determinar as necessidades de formação em Literacia de Informação e a frequência de utilização de recursos digitais (bases de dados, motores de pesquisa…), bem como de pedido de auxílio. Estudantes fazem pesquisa de informação frequentemente e recorrem a recursos das bibliotecas mas também a motores de pesquisa generalistas , o que acarreta frustração e ansiedade . Grande parte não recorre à ajuda de bibliotecários . ETS's iSkills – Instrumento de avaliação de Literacia de Informação em ambiente web. (Katz, 2007) Produzir um instrumento válido, fiável e autêntico de avaliação de competências em Literacia de Informação por recurso às TIC. Medir as competências de pesquisa, organização e comunicação de informação utilizando a tecnologia. Possuir conhecimentos tecnológicos não é sinónimo de possuir competências em Literacia de Informação com recurso às TIC – estudos evidenciaram dificuldades dos estudantes. CSU Information Competence Assessment – projecto de avaliação em Literacia de Informação. (Dunn, 2000) Avaliar e desenvolver competências de Literacia de Informação. Falta de critérios claros para avaliar competências em Literacia de Informação . O estudo permitiu adquirir conhecimentos e experiência para desenvolver medidas mais adequadas em avaliação de competências em Literacia de Informação. Instrumentos Objetivos de Investigação Conclusões Questionário de avaliação das necessidades de formação em Literacia de Informação. (Head & Eisenberg, 2009) Determinar as necessidades de formação em Literacia de Informação e a frequência de utilização de recursos digitais (bases de dados, motores de pesquisa…), bem como de pedido de auxílio. Estudantes fazem pesquisa de informação frequentemente e recorrem a recursos das bibliotecas mas também a motores de pesquisa generalistas , o que acarreta frustração e ansiedade . Grande parte não recorre à ajuda de bibliotecários .
  • 18. Avaliação de competências em LI: exemplos de estudos Instrumentos de Recolha de Informação Objetivos de Investigação Conclusões Questionário de avaliação de utilização das TIC para pesquisa de informação. (análise estatística) (Higntte, et al., 2009) Avaliar os níveis de Literacia de Informação de estudantes universitários, correlacionar os resultados com variáveis de género e grupo étnico. Literacia de Informação dos estudantes analisados é mediana . Género feminino e caucasianos parecem possuir mais competências em Literacia de Informação. Questionário de avaliação das necessidades de formação em Literacia de Informação. (Head & Eisenberg, 2009) Determinar as necessidades de formação em Literacia de Informação e a frequência de utilização de recursos digitais (bases de dados, motores de pesquisa…), bem como de pedido de auxílio. Estudantes fazem pesquisa de informação frequentemente e recorrem a recursos das bibliotecas mas também a motores de pesquisa generalistas , o que acarreta frustração e ansiedade . Grande parte não recorre à ajuda de bibliotecários . ETS's iSkills – Instrumento de avaliação de Literacia de Informação em ambiente web. (Katz, 2007) Produzir um instrumento válido, fiável e autêntico de avaliação de competências em Literacia de Informação por recurso às TIC. Medir as competências de pesquisa, organização e comunicação de informação utilizando a tecnologia. Possuir conhecimentos tecnológicos não é sinónimo de possuir competências em Literacia de Informação com recurso às TIC – estudos evidenciaram dificuldades dos estudantes. CSU Information Competence Assessment – projecto de avaliação em Literacia de Informação. (Dunn, 2000) Avaliar e desenvolver competências de Literacia de Informação. Falta de critérios claros para avaliar competências em Literacia de Informação . O estudo permitiu adquirir conhecimentos e experiência para desenvolver medidas mais adequadas em avaliação de competências em Literacia de Informação. Instrumentos Objetivos de Investigação Conclusões ETS's iSkills – Instrumento de avaliação de Literacia de Informação em ambiente web . (Katz, 2007) Produzir um instrumento válido, fiável e autêntico de avaliação de competências em Literacia de Informação por recurso às TIC. Medir as competências de pesquisa, organização e comunicação de informação utilizando a tecnologia. Possuir conhecimentos tecnológicos não é sinónimo de possuir competências em Literacia de Informação com recurso às TIC – estudos evidenciaram dificuldades dos estudantes.
  • 19. Avaliação de competências em LI: exemplos de estudos Instrumentos de Recolha de Informação Objetivos de Investigação Conclusões Questionário de avaliação de utilização das TIC para pesquisa de informação. (análise estatística) (Higntte, et al., 2009) Avaliar os níveis de Literacia de Informação de estudantes universitários, correlacionar os resultados com variáveis de género e grupo étnico. Literacia de Informação dos estudantes analisados é mediana . Género feminino e caucasianos parecem possuir mais competências em Literacia de Informação. Questionário de avaliação das necessidades de formação em Literacia de Informação. (Head & Eisenberg, 2009) Determinar as necessidades de formação em Literacia de Informação e a frequência de utilização de recursos digitais (bases de dados, motores de pesquisa…), bem como de pedido de auxílio. Estudantes fazem pesquisa de informação frequentemente e recorrem a recursos das bibliotecas mas também a motores de pesquisa generalistas , o que acarreta frustração e ansiedade . Grande parte não recorre à ajuda de bibliotecários . ETS's iSkills – Instrumento de avaliação de Literacia de Informação em ambiente web. (Katz, 2007) Produzir um instrumento válido, fiável e autêntico de avaliação de competências em Literacia de Informação por recurso às TIC. Medir as competências de pesquisa, organização e comunicação de informação utilizando a tecnologia. Possuir conhecimentos tecnológicos não é sinónimo de possuir competências em Literacia de Informação com recurso às TIC – estudos evidenciaram dificuldades dos estudantes. CSU Information Competence Assessment – projecto de avaliação em Literacia de Informação. (Dunn, 2000) Avaliar e desenvolver competências de Literacia de Informação. Falta de critérios claros para avaliar competências em Literacia de Informação . O estudo permitiu adquirir conhecimentos e experiência para desenvolver medidas mais adequadas em avaliação de competências em Literacia de Informação. Instrumentos Objetivos de Investigação Conclusões CSU Information Competence Assessment – projeto de avaliação em Literacia de Informação. (Dunn, 2000) Avaliar e desenvolver competências de Literacia de Informação. Falta de critérios claros para avaliar competências em Literacia de Informação . O estudo permitiu adquirir conhecimentos e experiência para desenvolver medidas mais adequadas em avaliação de competências em Literacia de Informação.
  • 20. Avaliação de Estratégias de Desenvolvimento de Literacia de Informação: Exemplos de Estudos Técnicas de Recolha de Informação Objetivos de Investigação Conclusões Tutoriais recentes , disponibilizados por bibliotecas académicas na base de dados PRIMO (análise de conteúdo). (Shiao-Feng & Kuo, 2010) Promover o desenho e desenvolvimento de módulos de formação em Literacia de Informação capazes de superar as lacunas atuais. Esforços das bibliotecas académicas para cumprir os objetivos em Literacia de Informação veiculados pela Association of College and Research Libraries – ACR L. Questionários. (Lwehabura, 2008) Identificar e avaliar propostas de ensino da Literacia de Informação (conteúdos, métodos de difusão e sua eficácia), praticadas nas bibliotecas das Universidades em estudo. Propor estratégias para melhorar ou promover cursos de Literacia de Informação que ajudem os estudantes a adquirir as competências em Literacia de Informação necessárias à investigação científica. Formas de instrução são ineficientes devido a fatores como a sua duração , existência de recursos inadequados e ausência de políticas claras de Literacia de Informação. Literacia de Informação ainda não é reconhecida como uma atividade de aprendizagem importante e, em consequência, não faz parte dos programas curriculares . As atuais abordagens para promover a Literacia de Informação são ineficientes na promoção de competências adequadas . Necessidade de bibliotecários promover e reconhecer a Literacia de Informação . Discurso dos estudantes, anotações avaliativas, trabalhos realizados em sítios web, questionários (análise de conteúdo e análise estatística). (Buchanan, Luck, & Jones, 2002) Assegurar que estudantes de ensino a distância dominam as competências da Literacia de Informação. Desenvolver, ensinar e avaliar um curso online em Literacia de Informação, integrado no conteúdo dos cursos superiores. Avaliar competências em Literacia de Informação. A integração com sucesso de competências de Literacia de Informação em cursos online depende da relação entre bibliotecários e docentes, um trabalho em parceria que assegurará que estudantes dominem estas competências . A inclusão da Literacia de Informação em cursos online tornará os alunos mais cientes. Recolha de Informação Objetivos de Investigação Conclusões Questionários . (Lwehabura, 2008) Identificar e avaliar propostas de ensino da Literacia de Informação, praticadas nas bibliotecas das Universidades em estudo. Propor estratégias para melhorar ou promover cursos de Literacia de Informação que ajudem os estudantes a adquirir as competências em Literacia de Informação necessárias à investigação científica. Formas de instrução são ineficientes devido a fatores como a sua duração , existência de recursos inadequados e ausência de políticas claras de Literacia de Informação. Literacia de Informação ainda não é reconhecida como uma atividade de aprendizagem importante e, em consequência, não faz parte dos programas curriculares . As atuais abordagens para promover a Literacia de Informação são ineficientes na promoção de competências adequadas . Necessidade de bibliotecários promover e reconhecer a Literacia de Informação .
  • 21. Avaliação de Estratégias de Desenvolvimento de Literacia de Informação: Exemplos de Estudos Técnicas de Recolha de Informação Objetivos de Investigação Conclusões Tutoriais recentes , disponibilizados por bibliotecas académicas na base de dados PRIMO (análise de conteúdo). (Shiao-Feng & Kuo, 2010) Promover o desenho e desenvolvimento de módulos de formação em Literacia de Informação capazes de superar as lacunas atuais. Esforços das bibliotecas académicas para cumprir os objetivos em Literacia de Informação veiculados pela Association of College and Research Libraries – ACR L. Questionários. (Lwehabura, 2008) Identificar e avaliar propostas de ensino da Literacia de Informação (conteúdos, métodos de difusão e sua eficácia), praticadas nas bibliotecas das Universidades em estudo. Propor estratégias para melhorar ou promover cursos de Literacia de Informação que ajudem os estudantes a adquirir as competências em Literacia de Informação necessárias à investigação científica. Formas de instrução são ineficientes devido a fatores como a sua duração , existência de recursos inadequados e ausência de políticas claras de Literacia de Informação. Literacia de Informação ainda não é reconhecida como uma atividade de aprendizagem importante e, em consequência, não faz parte dos programas curriculares . As atuais abordagens para promover a Literacia de Informação são ineficientes na promoção de competências adequadas . Necessidade de bibliotecários promover e reconhecer a Literacia de Informação . Discurso dos estudantes, anotações avaliativas, trabalhos realizados em sítios web, questionários (análise de conteúdo e análise estatística). (Buchanan, Luck, & Jones, 2002) Assegurar que estudantes de ensino a distância dominam as competências da Literacia de Informação. Desenvolver, ensinar e avaliar um curso online em Literacia de Informação, integrado no conteúdo dos cursos superiores. Avaliar competências em Literacia de Informação. A integração com sucesso de competências de Literacia de Informação em cursos online depende da relação entre bibliotecários e docentes, um trabalho em parceria que assegurará que estudantes dominem estas competências . A inclusão da Literacia de Informação em cursos online tornará os alunos mais cientes. Recolha de Informação Objetivos de Investigação Conclusões Discurso dos estudantes, anotações avaliativas, trabalhos realizados em sítios web, questionários (análise de conteúdo e análise estatística). (Buchanan, Luck, & Jones, 2002) Assegurar que estudantes de ensino a distância dominam as competências da Literacia de Informação. Desenvolver, ensinar e avaliar um curso online em Literacia de Informação, integrado no conteúdo dos cursos superiores. Avaliar competências em Literacia de Informação. A integração com sucesso de competências de Literacia de Informação em cursos online depende da relação entre bibliotecários e docentes, um trabalho em parceria que assegurará que estudantes dominem estas competências. A inclusão da Literacia de Informação em cursos online tornará os alunos mais cientes.
  • 22. Respostas às questões de investigação – Q1 E Q3 Muitos dos alunos do Ensino Superior não apresentam competências relacionadas com a Literacia de Informação necessárias ao desenvolvimento de investigação científica fundamentada. (Head & Eisenberg, 2009; Nicholas et. al., 2007) Possuem competências de utilização das TIC , estas não são suficientes para pesquisar , selecionar e tratar a literatura da especialidade recolhida com recurso às TIC, de forma eficaz. (Katz, 2007) Q1) Que competências relacionadas com a Literacia de Informação com recurso às TIC têm os estudantes do ensino superior?
  • 23. Respostas às questões de investigação – Q1 E Q3 Q3) Como promover o desenvolvimento de competências relacionadas com a Literacia de Informação, com recurso às TIC? O conhecimento das necessidades de formação dos estudantes do Ensino Superior na pesquisa, seleção e tratamento de informação em recursos digitais permite a realização de orientações para o desenvolvimento destas competências. (Head & Eisenberg, 2009; Nicholas et. al., 2007) O desenvolvimento destas competências deve ser incluído no currículo dos cursos de 2º e 3º ciclo de Bolonha. (Eisenberg,2008), Rempel & Davidson,2008;Teruel & Garcia,2007) Promoção de uma colaboração contínua entre bibliotecários, docentes e estudantes para o desenvolvimento de forma transversal de competências relacionadas com a Literacia de Informação . (Lampert,2005; Projeto “Redes de I&D em Educação)
  • 24. Proposta de referencial de avaliação de competências de Literacia de Informação Desenvolvimento do referencial: Adaptação dos trabalhos desenvolvidos por Timmers & Glas (2010) e por Lopes & Pinto (2010) , visto estes artigos se focarem especificamente no desenvolvimento de instrumentos de avaliação . Os critérios e indicadores advêm das indicações relativas às competências relacionadas com a Literacia de Informação que os estudantes do Ensino Superior deviam ter.
  • 25. Proposta de referencial de avaliação de competências de Literacia de Informação
  • 26. Proposta de referencial de avaliação de competências de Literacia de Informação
  • 27. Proposta de referencial de avaliação de competências de Literacia de Informação
  • 28. Respostas às questões de investigação – Q2 Falta de critérios e indicadores para avaliar as competências relacionadas com a Literacia de Informação. (Dunn, 2000) Questionários têm sido explorados como instrumentos de avaliação . (Head & Eisenberg, 2009; Higntte, et al., 2009) Os estudos consultados têm utilizado abordagens quantitativas de análise dos resultados relativos à avaliação das competências em estudo, explorando menos metodologias qualitativas (de observação das competências em uso e explorando registos automáticos de utilização das TIC na pesquisa de informação científica). (Head & Eisenberg, 2009; Nicholas et. al., 2007) Os estudos se têm direcionado mais para a pesquisa de informação do que como esta é selecionada e sistematizada. (Head & Eisenberg, 2009; Nicholas et. al., 2007) Q2) Como avaliar as competências relacionadas com a Literacia de Informação com recurso às TIC?
  • 29. Considerações Finais Falta de referencial de avaliação para avaliar as competências relacionadas com a Literacia de Informação. Desenvolvimento do referencial de avaliação com os devidos critérios e indicadores, com a primeira validação feita pelos profissionais da biblioteca da UA e a seguir pelo centro de ensino superior/ supervisores de educação. O suporte teórico para o desenvolvimento de instrumentos que visem avaliar as competências relacionadas com a Literacia de Informação em recursos digitais, nomeadamente através do uso das TIC e, em particular, das ferramentas da Web 2.0. Pretende-se criar um questionário e instrumentos dinâmicos , para o conhecimento das necessidades de formação dos estudantes e recomendar estratégias e recursos para o desenvolvimento das competências em estudo. A orientação destas competências já é feita em programas curriculares sem a avaliação dos alunos.
  • 30. FIM Obrigada pela atenção!