SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 29
Baixar para ler offline
A arte como instrumento de
Educação e Cultura
Semana do Normalista
E. E. Altivo Leopoldino de Souza
Espera Feliz, Outubro de 2013
Apresentação:
Fabíola Garcia de Oliveira
Arte-Educadora
•Licenciatura Plena em Educação Artística, em 2004, pelo UBM -
Centro Universitário de Barra Mansa / RJ.
•Pós-Graduada em Ensino de Arte, Estética Moderna e
Contemporânea, em 2007, pelo UBM – Centro Universitário de
Barra Mansa / RJ.
•Professora de Arte
•Analista Educacional PIP CBC – SRE Carangola
Abertura através do vídeo:
O que é Cultura?
Já parou para pensar em todos os costumes que estão
ao seu redor a todo o momento?
Pensou em porque foram estes costumes que se
fundamentaram e não outros?
Refletiu como você os tomou para si, na maioria das
vezes, automaticamente?
Como uma tradição pode ser aceita por uma sociedade
e pode ser abominada por outra?
O conjunto desses costumes humanos, de uma
determinada sociedade, é denominado
CULTURA
Cultura é toda a roupa que você está vestindo neste momento
(ou não!)...
toda a comida que você consome...
a música que você escuta...
o livro que você lê...
o conselho que você dá aos seus amigos e familiares, o
emprego que você escolheu, o seu objeto de estudo, etc...
A cultura chega ao ponto de determinar até mesmo o projeto de
vida e empregos de algumas pessoas, sem levar em consideração a
predisposição do indivíduo.
Tem dúvidas?
Pergunte a geração mais nova de uma família que teve cinco
gerações de médicos, se eles sofrem alguma pressão para
estudarem medicina.
Nesta família a cultura e os costumes já estão enraizados em uma
cultura de formar os seus membros em médicos, o que pode ser
muito perigoso, pois pode não considerar se o individuo quer ou
não se formar em medicina.
Funcionamos em nossa sociedade do mesmo modo. Ao
passar das gerações criamos e enraizamos nossos costumes
de como viver passando-os de geração em geração. Cada
sociedade o faz deste modo e determinar os porquês destes
costumes terem sido os escolhidos é objeto de estudo de
vários pesquisadores no mundo.
O multiculturalismo, que são várias esferas culturais
convivendo no mesmo espaço, deve ser amplamente
discutido de forma respeitosa e inteligente, pois nem
sempre a cultura de um povo é um hábito saudável que
deve ser incentivado.
Existe um fenômeno que ameaça cada vez mais o
multiculturalismo. A globalização tem suas muitas
vantagens, mas, ao aproximar tanto as culturas, através,
principalmente, da internet, ocorre uma tendência
conhecida“uniculturalismo” mundial.
De repente todos os jovens do mundo ouvem a mesma
música, vestem a mesma roupa, cortam o cabelo do
mesmo jeito, acessam o mesmo site na internet, e o
conceito de beleza é o mesmo aqui e no Japão.
Apesar dessa “proximidade” de povos distantes não existe
uma abertura destes jovens para um diálogo cultural.
Os formatos em que os diálogos culturais podem aparecer
são diversos. Concertos, painéis, exposições, teatro,
shows, cinema, dança, esculturas, fotografia, arquitetura,
gastronomia, filosofia, literatura, economia, filosofia,
teologia e outros são onde mais claramente são refletidos
a cultura de um povo.
Apenas o diálogo entre culturas pode manter viva e inteligente a
nossa cultura, pois é através dele que nos conscientizamos de
nossas preferências e os porquês de outras sociedades terem feito
outras escolhas, mesmo que não sejam nem um pouco parecida
com as nossas.
Com ele podemos acrescentar o que a outra cultura tem de melhor
à nossa, nos livrar de nossos vícios culturais e melhorar a nossa
qualidade de vida.
Devemos sempre pensar nisso, e refletir para quando alguém tomar
uma atitude, ou tiver um hábito, que não entendemos o porquê,
sejamos respeitosos ao ponto de no mínimo tentarmos entender os
motivos que proporcionaram a escolha desta atitude ou costume.
Afinal a melhor cultura é a cultura da sabedoria e do respeito.
A importância da cultura na formação do cidadão
Ter acesso à cultura é primordial para o crescimento do
ser humano. Por isso, quanto mais a Escola abrir espaço
para que os alunos e a comunidade tenham acesso a arte,
música e demais manifestações artísticas, maior será o
resultado positivo no desenvolvimento pleno dos
envolvidos.
A arte é uma das maneiras mais eficazes para a
manifestação de novas tendências e até mesmo para criar
conceitos e inserir novas maneiras de abrir a percepção do
ser, em relação ao mundo, a vida, ao amor e também as
relações humanas.
O mundo da cultura é amplo e ilimitado. Através dele é
possível chegar a lugares inimagináveis e alcançar objetivos
abstratos. Sonhar é um ato necessário para o ser, porém, para
sonhar é preciso inspiração, criatividade e claro, motivação.
Nesse contexto, motivar é um importante papel da Escola.
A motivação nasce através do contato com as formas de
expressões artísticas. Podendo ser o cinema, os livros, uma
exposição temática, fotografias, música, etc.
Aquilo que nós vivemos e o que estamos vivendo, faz parte do
processo de construção da nossa história, ou seja, é a nossa
cultura.
Portanto estudar História, Arte, Sociologia, Filosofia, Língua
Portuguesa e Literatura é de certa forma conhecer a nossa
cultura e também a de outros povos.
Podemos afirmar que somente através da Educação
podemos construir novas posturas e novos saberes.
Atualmente e felizmente temos vivenciado nas Escolas a presença de
atividades culturais como saraus, recitais, danças, apresentações
teatrais, músicas, etc. E através destas atividades já sentimos
mudanças de comportamento, novas aprendizagens e um novo
olhar dos alunos para o mundo.
Nas oficinas de Hip Hop os alunos despontam como seres
humanos mais sensíveis, menos agressivos, mais presentes na
escola e uma reconhecível melhoria na aprendizagem
cognitiva.
Através das aulas de Karatê alunos mais disciplinados, mais
tolerantes.
A Arte e Cultura se tornam em mais um dos instrumentos que
temos para oferecer a nossas crianças e adolescentes, na
busca da formação de uma geração de jovens mais sensíveis,
mais generosos e tolerantes.
Toda Escola deve investir e apostar na Cultura, pois colherá os
frutos de uma educação do olhar, da sensibilidade e do
desenvolvimento pleno do cidadão.
Não estamos falando de festividades, de eventos. Mas de
ações reais e simples de inserção e valorização do nosso
patrimônio cultural material e imaterial no dia-a-dia da sala
de aula.
•Ações educativas dentro das escolas.
•Ações voltadas para crianças e adolescentes que vivem em
situação de risco.
•De descoberta de novos talentos e promoção dos talentos
que já temos.
Cultura é inclusão, é uma porta de entrada para que
tenhamos uma sociedade mais justa e mais humana.
Lembrando que tanto a Escola como nós Professores
devemos ter como missão a construção, expansão e o
fortalecimento das estruturas da sociedade voltadas para a
criação, produção e difusão cultural e artística dos nossos
alunos.
A construção do conhecimento cognitivo passa por todos os
processos de acesso a Arte e Cultura. Todo aprendizado artístico e
cultural tem o “poder” de estabelecer relações com outros saberes, e
é nessa relação e associação, que ocorrerá o aprendizado e formação
plena, crítica e social dos nossos alunos.
Quando o aluno vê significado no conteúdo e consegue fazer as
conexões a fatos históricos, políticos, sociais, e etc, a aprendizagem
se torna algo natural e satisfatória.
O incentivo na área artística e cultural faz com que o ser
humano possa transitar no mundo das ideias e expandir
habilidades subjetivas.
Essa é a transformação através da Arte.
“A arte existe porque a vida não basta”.
Ferreira Gullar
Parabenizo aos futuros colegas de trabalho pela
Semana do Normalista!
Agradeço a Escola Estadual Altivo Leopoldino de Souza
pelo convite e confiança!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

6º ano diferenciação figurativo e abstrato
6º ano diferenciação figurativo e abstrato6º ano diferenciação figurativo e abstrato
6º ano diferenciação figurativo e abstrato
 
Elementos visuais I
Elementos visuais IElementos visuais I
Elementos visuais I
 
Simulado 6º ano arte
Simulado 6º ano arteSimulado 6º ano arte
Simulado 6º ano arte
 
Arte Africana
Arte Africana Arte Africana
Arte Africana
 
Arte
ArteArte
Arte
 
DEFINIÇÕES DE ARTE
DEFINIÇÕES DE ARTEDEFINIÇÕES DE ARTE
DEFINIÇÕES DE ARTE
 
Avaliação 9 ano grafite
Avaliação 9 ano grafiteAvaliação 9 ano grafite
Avaliação 9 ano grafite
 
Prova de arte 9ano 3b pronta
Prova de arte 9ano 3b prontaProva de arte 9ano 3b pronta
Prova de arte 9ano 3b pronta
 
Banco de Projetos Culturais
Banco de Projetos CulturaisBanco de Projetos Culturais
Banco de Projetos Culturais
 
Aula 3 arte - 3º ano
Aula 3   arte - 3º anoAula 3   arte - 3º ano
Aula 3 arte - 3º ano
 
Linha do Tempo - História da Arte
Linha do Tempo - História da ArteLinha do Tempo - História da Arte
Linha do Tempo - História da Arte
 
Elementos da linguagem visual.
Elementos da linguagem visual.Elementos da linguagem visual.
Elementos da linguagem visual.
 
Releitura de obras de arte
Releitura de obras de arteReleitura de obras de arte
Releitura de obras de arte
 
CONCEITO DE ARTE
CONCEITO DE ARTE CONCEITO DE ARTE
CONCEITO DE ARTE
 
Elementos visuais
Elementos visuaisElementos visuais
Elementos visuais
 
Avaliação para o 7º ano
Avaliação para o 7º anoAvaliação para o 7º ano
Avaliação para o 7º ano
 
Entenda a arte (atividades)
Entenda a arte (atividades)Entenda a arte (atividades)
Entenda a arte (atividades)
 
linguagem pictórica: elementos visuais
linguagem pictórica: elementos visuaislinguagem pictórica: elementos visuais
linguagem pictórica: elementos visuais
 
ARTE AFRICANA 7º ANO (1).pdf
ARTE AFRICANA 7º ANO (1).pdfARTE AFRICANA 7º ANO (1).pdf
ARTE AFRICANA 7º ANO (1).pdf
 
Plano de Aula de Artes.docx
Plano de Aula de Artes.docxPlano de Aula de Artes.docx
Plano de Aula de Artes.docx
 

Destaque

Festival de Música e Artes de woodstock
Festival de Música e Artes de woodstockFestival de Música e Artes de woodstock
Festival de Música e Artes de woodstockFabiola Oliveira
 
Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013
Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013
Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013Fabiola Oliveira
 
Projeto eja cultural sre carangola
Projeto eja cultural   sre carangolaProjeto eja cultural   sre carangola
Projeto eja cultural sre carangolaFabiola Oliveira
 
Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013
Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013
Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013Fabiola Oliveira
 
Avaliação diagnóstica arte 6 e 7 anos 2013
Avaliação diagnóstica arte 6 e 7 anos 2013Avaliação diagnóstica arte 6 e 7 anos 2013
Avaliação diagnóstica arte 6 e 7 anos 2013Fabiola Oliveira
 
7º ano avaliação de arte 1º bimestre
7º ano avaliação de arte 1º bimestre7º ano avaliação de arte 1º bimestre
7º ano avaliação de arte 1º bimestreFabiola Oliveira
 
Avaliação diagnóstica arte 9 ano 2013
Avaliação diagnóstica arte 9 ano 2013Avaliação diagnóstica arte 9 ano 2013
Avaliação diagnóstica arte 9 ano 2013Fabiola Oliveira
 
Leitura de imagens em todas as disciplinas
Leitura de imagens em todas as disciplinasLeitura de imagens em todas as disciplinas
Leitura de imagens em todas as disciplinasFabiola Oliveira
 
6º ano avaliação de arte 1º bimestre
6º ano avaliação de arte 1º bimestre6º ano avaliação de arte 1º bimestre
6º ano avaliação de arte 1º bimestreFabiola Oliveira
 
9º ano avaliação de arte 1º bimestre
9º ano avaliação de arte 1º bimestre9º ano avaliação de arte 1º bimestre
9º ano avaliação de arte 1º bimestreFabiola Oliveira
 
Correção av. diag. ¨6 ano
Correção av. diag. ¨6 anoCorreção av. diag. ¨6 ano
Correção av. diag. ¨6 anoFabiola Oliveira
 
Dinâmica o que fazer diferente em 2014
Dinâmica o que fazer diferente em 2014Dinâmica o que fazer diferente em 2014
Dinâmica o que fazer diferente em 2014Fabiola Oliveira
 
Sequencia didatica caricatura arte 9º ano
Sequencia didatica caricatura   arte 9º anoSequencia didatica caricatura   arte 9º ano
Sequencia didatica caricatura arte 9º anoFabiola Oliveira
 
Avaliação de Arte 2º Ensino Médio
Avaliação de Arte 2º Ensino MédioAvaliação de Arte 2º Ensino Médio
Avaliação de Arte 2º Ensino MédioMarcia Oliveira
 
Avaliação de global de artes 6º e 7º ano setembro
Avaliação de global de artes 6º e 7º ano setembroAvaliação de global de artes 6º e 7º ano setembro
Avaliação de global de artes 6º e 7º ano setembroMoesio Alves
 
Desfile das escolas de samba 2014
Desfile das escolas de samba 2014Desfile das escolas de samba 2014
Desfile das escolas de samba 2014Fabiola Oliveira
 
Linguagem virtual e linguagem padrão
Linguagem virtual e linguagem padrãoLinguagem virtual e linguagem padrão
Linguagem virtual e linguagem padrãoFabiola Oliveira
 
Ensino de arte outubro 2013
Ensino de arte   outubro 2013Ensino de arte   outubro 2013
Ensino de arte outubro 2013Fabiola Oliveira
 

Destaque (20)

Festival de Música e Artes de woodstock
Festival de Música e Artes de woodstockFestival de Música e Artes de woodstock
Festival de Música e Artes de woodstock
 
Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013
Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013
Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013
 
Projeto amigo oculto
Projeto amigo ocultoProjeto amigo oculto
Projeto amigo oculto
 
Projeto eja cultural sre carangola
Projeto eja cultural   sre carangolaProjeto eja cultural   sre carangola
Projeto eja cultural sre carangola
 
Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013
Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013
Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013
 
Avaliação diagnóstica arte 6 e 7 anos 2013
Avaliação diagnóstica arte 6 e 7 anos 2013Avaliação diagnóstica arte 6 e 7 anos 2013
Avaliação diagnóstica arte 6 e 7 anos 2013
 
7º ano avaliação de arte 1º bimestre
7º ano avaliação de arte 1º bimestre7º ano avaliação de arte 1º bimestre
7º ano avaliação de arte 1º bimestre
 
Avaliação diagnóstica arte 9 ano 2013
Avaliação diagnóstica arte 9 ano 2013Avaliação diagnóstica arte 9 ano 2013
Avaliação diagnóstica arte 9 ano 2013
 
Leitura de imagens em todas as disciplinas
Leitura de imagens em todas as disciplinasLeitura de imagens em todas as disciplinas
Leitura de imagens em todas as disciplinas
 
6º ano avaliação de arte 1º bimestre
6º ano avaliação de arte 1º bimestre6º ano avaliação de arte 1º bimestre
6º ano avaliação de arte 1º bimestre
 
9º ano avaliação de arte 1º bimestre
9º ano avaliação de arte 1º bimestre9º ano avaliação de arte 1º bimestre
9º ano avaliação de arte 1º bimestre
 
Correção av. diag. ¨6 ano
Correção av. diag. ¨6 anoCorreção av. diag. ¨6 ano
Correção av. diag. ¨6 ano
 
Dinâmica o que fazer diferente em 2014
Dinâmica o que fazer diferente em 2014Dinâmica o que fazer diferente em 2014
Dinâmica o que fazer diferente em 2014
 
Sequencia didatica caricatura arte 9º ano
Sequencia didatica caricatura   arte 9º anoSequencia didatica caricatura   arte 9º ano
Sequencia didatica caricatura arte 9º ano
 
Avaliação de Arte 2º Ensino Médio
Avaliação de Arte 2º Ensino MédioAvaliação de Arte 2º Ensino Médio
Avaliação de Arte 2º Ensino Médio
 
Avaliação de global de artes 6º e 7º ano setembro
Avaliação de global de artes 6º e 7º ano setembroAvaliação de global de artes 6º e 7º ano setembro
Avaliação de global de artes 6º e 7º ano setembro
 
Desfile das escolas de samba 2014
Desfile das escolas de samba 2014Desfile das escolas de samba 2014
Desfile das escolas de samba 2014
 
Linguagem virtual e linguagem padrão
Linguagem virtual e linguagem padrãoLinguagem virtual e linguagem padrão
Linguagem virtual e linguagem padrão
 
Ensino de arte outubro 2013
Ensino de arte   outubro 2013Ensino de arte   outubro 2013
Ensino de arte outubro 2013
 
Carta do proeb 40 copias
Carta do proeb  40 copiasCarta do proeb  40 copias
Carta do proeb 40 copias
 

Semelhante a A arte como instrumento de educação e cultura

A diversidade cultural e o ensino inter 3° per
A diversidade cultural e o ensino  inter 3° perA diversidade cultural e o ensino  inter 3° per
A diversidade cultural e o ensino inter 3° perClaudia Martins
 
Kelly ppt liberdade de expressao e diversidade cultural
Kelly ppt liberdade de expressao e diversidade culturalKelly ppt liberdade de expressao e diversidade cultural
Kelly ppt liberdade de expressao e diversidade culturalKelly Castro
 
PROJETO EDUCAÇÃO: DIVERSIDADE CULTURAL
PROJETO EDUCAÇÃO: DIVERSIDADE CULTURALPROJETO EDUCAÇÃO: DIVERSIDADE CULTURAL
PROJETO EDUCAÇÃO: DIVERSIDADE CULTURALAline Martendal
 
Bicastiradentes pluralidadeculturalii etnias
Bicastiradentes pluralidadeculturalii etniasBicastiradentes pluralidadeculturalii etnias
Bicastiradentes pluralidadeculturalii etniastemastransversais
 
Apostila iniciciacao musical
Apostila iniciciacao musicalApostila iniciciacao musical
Apostila iniciciacao musicalElvis Live
 
Coromandel pluraridade cultural g7
Coromandel pluraridade cultural g7Coromandel pluraridade cultural g7
Coromandel pluraridade cultural g7temastransversais
 
Manifestacoes ludicas de lazer e a escola
Manifestacoes ludicas de lazer e a escolaManifestacoes ludicas de lazer e a escola
Manifestacoes ludicas de lazer e a escolaRobson Godeguezi
 
Manifestacoes ludicas de lazer e a escola
Manifestacoes ludicas de lazer e a escolaManifestacoes ludicas de lazer e a escola
Manifestacoes ludicas de lazer e a escolaRobson Godeguezi
 
Apostila iniciação musical
Apostila iniciação musical Apostila iniciação musical
Apostila iniciação musical Nando Costa
 
Apostilha iniciciacao musical
Apostilha iniciciacao musicalApostilha iniciciacao musical
Apostilha iniciciacao musicalAlecitizen
 
Apostilha iniciciacao musical
Apostilha iniciciacao musicalApostilha iniciciacao musical
Apostilha iniciciacao musicalJorge Nobre
 
3 cultura-111110095859-phpapp01
3 cultura-111110095859-phpapp013 cultura-111110095859-phpapp01
3 cultura-111110095859-phpapp01Joelson Nascimento
 
Cultura - Psicologia
Cultura - PsicologiaCultura - Psicologia
Cultura - PsicologiaAna Felizardo
 

Semelhante a A arte como instrumento de educação e cultura (20)

Cultura - Sociologia
Cultura - SociologiaCultura - Sociologia
Cultura - Sociologia
 
A diversidade cultural e o ensino inter 3° per
A diversidade cultural e o ensino  inter 3° perA diversidade cultural e o ensino  inter 3° per
A diversidade cultural e o ensino inter 3° per
 
DIVERSIDADE.pdf
DIVERSIDADE.pdfDIVERSIDADE.pdf
DIVERSIDADE.pdf
 
Cartilha de Causos
Cartilha de CausosCartilha de Causos
Cartilha de Causos
 
Kelly ppt liberdade de expressao e diversidade cultural
Kelly ppt liberdade de expressao e diversidade culturalKelly ppt liberdade de expressao e diversidade cultural
Kelly ppt liberdade de expressao e diversidade cultural
 
Tcc percussão ambiental
Tcc percussão ambientalTcc percussão ambiental
Tcc percussão ambiental
 
PROJETO EDUCAÇÃO: DIVERSIDADE CULTURAL
PROJETO EDUCAÇÃO: DIVERSIDADE CULTURALPROJETO EDUCAÇÃO: DIVERSIDADE CULTURAL
PROJETO EDUCAÇÃO: DIVERSIDADE CULTURAL
 
Cultura
CulturaCultura
Cultura
 
Bicastiradentes pluralidadeculturalii etnias
Bicastiradentes pluralidadeculturalii etniasBicastiradentes pluralidadeculturalii etnias
Bicastiradentes pluralidadeculturalii etnias
 
Apostila iniciciacao musical
Apostila iniciciacao musicalApostila iniciciacao musical
Apostila iniciciacao musical
 
Coromandel pluraridade cultural g7
Coromandel pluraridade cultural g7Coromandel pluraridade cultural g7
Coromandel pluraridade cultural g7
 
1 slide modulo 3
1 slide  modulo 31 slide  modulo 3
1 slide modulo 3
 
Questões
QuestõesQuestões
Questões
 
Manifestacoes ludicas de lazer e a escola
Manifestacoes ludicas de lazer e a escolaManifestacoes ludicas de lazer e a escola
Manifestacoes ludicas de lazer e a escola
 
Manifestacoes ludicas de lazer e a escola
Manifestacoes ludicas de lazer e a escolaManifestacoes ludicas de lazer e a escola
Manifestacoes ludicas de lazer e a escola
 
Apostila iniciação musical
Apostila iniciação musical Apostila iniciação musical
Apostila iniciação musical
 
Apostilha iniciciacao musical
Apostilha iniciciacao musicalApostilha iniciciacao musical
Apostilha iniciciacao musical
 
Apostilha iniciciacao musical
Apostilha iniciciacao musicalApostilha iniciciacao musical
Apostilha iniciciacao musical
 
3 cultura-111110095859-phpapp01
3 cultura-111110095859-phpapp013 cultura-111110095859-phpapp01
3 cultura-111110095859-phpapp01
 
Cultura - Psicologia
Cultura - PsicologiaCultura - Psicologia
Cultura - Psicologia
 

Mais de Fabiola Oliveira

Dinâmica de apresentação professor e alunos
Dinâmica de apresentação   professor e alunosDinâmica de apresentação   professor e alunos
Dinâmica de apresentação professor e alunosFabiola Oliveira
 
Projeto 4 operações educação física
Projeto 4 operações   educação físicaProjeto 4 operações   educação física
Projeto 4 operações educação físicaFabiola Oliveira
 
Sequencia didática sobre texto publicitário interface de arte com língua po...
Sequencia didática sobre texto publicitário   interface de arte com língua po...Sequencia didática sobre texto publicitário   interface de arte com língua po...
Sequencia didática sobre texto publicitário interface de arte com língua po...Fabiola Oliveira
 
O que uma escritora holandesa falou do brasil
O que uma escritora holandesa falou do brasilO que uma escritora holandesa falou do brasil
O que uma escritora holandesa falou do brasilFabiola Oliveira
 
Projeto combate a dengue escola nascimento leal
Projeto combate a dengue   escola nascimento lealProjeto combate a dengue   escola nascimento leal
Projeto combate a dengue escola nascimento lealFabiola Oliveira
 
Atividade epitafio momento 2
Atividade epitafio momento 2Atividade epitafio momento 2
Atividade epitafio momento 2Fabiola Oliveira
 
Atividade releitura dos símbolos nacionais
Atividade releitura dos símbolos nacionaisAtividade releitura dos símbolos nacionais
Atividade releitura dos símbolos nacionaisFabiola Oliveira
 

Mais de Fabiola Oliveira (11)

Dinâmica de apresentação professor e alunos
Dinâmica de apresentação   professor e alunosDinâmica de apresentação   professor e alunos
Dinâmica de apresentação professor e alunos
 
Projeto 4 operações educação física
Projeto 4 operações   educação físicaProjeto 4 operações   educação física
Projeto 4 operações educação física
 
Sequencia didática sobre texto publicitário interface de arte com língua po...
Sequencia didática sobre texto publicitário   interface de arte com língua po...Sequencia didática sobre texto publicitário   interface de arte com língua po...
Sequencia didática sobre texto publicitário interface de arte com língua po...
 
O que uma escritora holandesa falou do brasil
O que uma escritora holandesa falou do brasilO que uma escritora holandesa falou do brasil
O que uma escritora holandesa falou do brasil
 
A culpa não é minha
A culpa não é minhaA culpa não é minha
A culpa não é minha
 
Interdisciplinaridade
InterdisciplinaridadeInterdisciplinaridade
Interdisciplinaridade
 
Projeto combate a dengue escola nascimento leal
Projeto combate a dengue   escola nascimento lealProjeto combate a dengue   escola nascimento leal
Projeto combate a dengue escola nascimento leal
 
Proposta releitura viva
Proposta releitura vivaProposta releitura viva
Proposta releitura viva
 
Atividade epitafio momento 2
Atividade epitafio momento 2Atividade epitafio momento 2
Atividade epitafio momento 2
 
Releitura cenica
Releitura cenicaReleitura cenica
Releitura cenica
 
Atividade releitura dos símbolos nacionais
Atividade releitura dos símbolos nacionaisAtividade releitura dos símbolos nacionais
Atividade releitura dos símbolos nacionais
 

A arte como instrumento de educação e cultura

  • 1. A arte como instrumento de Educação e Cultura Semana do Normalista E. E. Altivo Leopoldino de Souza Espera Feliz, Outubro de 2013
  • 2. Apresentação: Fabíola Garcia de Oliveira Arte-Educadora •Licenciatura Plena em Educação Artística, em 2004, pelo UBM - Centro Universitário de Barra Mansa / RJ. •Pós-Graduada em Ensino de Arte, Estética Moderna e Contemporânea, em 2007, pelo UBM – Centro Universitário de Barra Mansa / RJ. •Professora de Arte •Analista Educacional PIP CBC – SRE Carangola
  • 3. Abertura através do vídeo: O que é Cultura?
  • 4. Já parou para pensar em todos os costumes que estão ao seu redor a todo o momento? Pensou em porque foram estes costumes que se fundamentaram e não outros? Refletiu como você os tomou para si, na maioria das vezes, automaticamente? Como uma tradição pode ser aceita por uma sociedade e pode ser abominada por outra?
  • 5. O conjunto desses costumes humanos, de uma determinada sociedade, é denominado CULTURA
  • 6. Cultura é toda a roupa que você está vestindo neste momento (ou não!)...
  • 7. toda a comida que você consome...
  • 8. a música que você escuta...
  • 9. o livro que você lê...
  • 10. o conselho que você dá aos seus amigos e familiares, o emprego que você escolheu, o seu objeto de estudo, etc...
  • 11. A cultura chega ao ponto de determinar até mesmo o projeto de vida e empregos de algumas pessoas, sem levar em consideração a predisposição do indivíduo. Tem dúvidas? Pergunte a geração mais nova de uma família que teve cinco gerações de médicos, se eles sofrem alguma pressão para estudarem medicina. Nesta família a cultura e os costumes já estão enraizados em uma cultura de formar os seus membros em médicos, o que pode ser muito perigoso, pois pode não considerar se o individuo quer ou não se formar em medicina.
  • 12. Funcionamos em nossa sociedade do mesmo modo. Ao passar das gerações criamos e enraizamos nossos costumes de como viver passando-os de geração em geração. Cada sociedade o faz deste modo e determinar os porquês destes costumes terem sido os escolhidos é objeto de estudo de vários pesquisadores no mundo.
  • 13. O multiculturalismo, que são várias esferas culturais convivendo no mesmo espaço, deve ser amplamente discutido de forma respeitosa e inteligente, pois nem sempre a cultura de um povo é um hábito saudável que deve ser incentivado.
  • 14. Existe um fenômeno que ameaça cada vez mais o multiculturalismo. A globalização tem suas muitas vantagens, mas, ao aproximar tanto as culturas, através, principalmente, da internet, ocorre uma tendência conhecida“uniculturalismo” mundial.
  • 15. De repente todos os jovens do mundo ouvem a mesma música, vestem a mesma roupa, cortam o cabelo do mesmo jeito, acessam o mesmo site na internet, e o conceito de beleza é o mesmo aqui e no Japão. Apesar dessa “proximidade” de povos distantes não existe uma abertura destes jovens para um diálogo cultural. Os formatos em que os diálogos culturais podem aparecer são diversos. Concertos, painéis, exposições, teatro, shows, cinema, dança, esculturas, fotografia, arquitetura, gastronomia, filosofia, literatura, economia, filosofia, teologia e outros são onde mais claramente são refletidos a cultura de um povo.
  • 16. Apenas o diálogo entre culturas pode manter viva e inteligente a nossa cultura, pois é através dele que nos conscientizamos de nossas preferências e os porquês de outras sociedades terem feito outras escolhas, mesmo que não sejam nem um pouco parecida com as nossas. Com ele podemos acrescentar o que a outra cultura tem de melhor à nossa, nos livrar de nossos vícios culturais e melhorar a nossa qualidade de vida. Devemos sempre pensar nisso, e refletir para quando alguém tomar uma atitude, ou tiver um hábito, que não entendemos o porquê, sejamos respeitosos ao ponto de no mínimo tentarmos entender os motivos que proporcionaram a escolha desta atitude ou costume. Afinal a melhor cultura é a cultura da sabedoria e do respeito.
  • 17. A importância da cultura na formação do cidadão Ter acesso à cultura é primordial para o crescimento do ser humano. Por isso, quanto mais a Escola abrir espaço para que os alunos e a comunidade tenham acesso a arte, música e demais manifestações artísticas, maior será o resultado positivo no desenvolvimento pleno dos envolvidos. A arte é uma das maneiras mais eficazes para a manifestação de novas tendências e até mesmo para criar conceitos e inserir novas maneiras de abrir a percepção do ser, em relação ao mundo, a vida, ao amor e também as relações humanas.
  • 18. O mundo da cultura é amplo e ilimitado. Através dele é possível chegar a lugares inimagináveis e alcançar objetivos abstratos. Sonhar é um ato necessário para o ser, porém, para sonhar é preciso inspiração, criatividade e claro, motivação. Nesse contexto, motivar é um importante papel da Escola.
  • 19. A motivação nasce através do contato com as formas de expressões artísticas. Podendo ser o cinema, os livros, uma exposição temática, fotografias, música, etc. Aquilo que nós vivemos e o que estamos vivendo, faz parte do processo de construção da nossa história, ou seja, é a nossa cultura. Portanto estudar História, Arte, Sociologia, Filosofia, Língua Portuguesa e Literatura é de certa forma conhecer a nossa cultura e também a de outros povos. Podemos afirmar que somente através da Educação podemos construir novas posturas e novos saberes.
  • 20. Atualmente e felizmente temos vivenciado nas Escolas a presença de atividades culturais como saraus, recitais, danças, apresentações teatrais, músicas, etc. E através destas atividades já sentimos mudanças de comportamento, novas aprendizagens e um novo olhar dos alunos para o mundo.
  • 21. Nas oficinas de Hip Hop os alunos despontam como seres humanos mais sensíveis, menos agressivos, mais presentes na escola e uma reconhecível melhoria na aprendizagem cognitiva.
  • 22. Através das aulas de Karatê alunos mais disciplinados, mais tolerantes.
  • 23. A Arte e Cultura se tornam em mais um dos instrumentos que temos para oferecer a nossas crianças e adolescentes, na busca da formação de uma geração de jovens mais sensíveis, mais generosos e tolerantes. Toda Escola deve investir e apostar na Cultura, pois colherá os frutos de uma educação do olhar, da sensibilidade e do desenvolvimento pleno do cidadão.
  • 24. Não estamos falando de festividades, de eventos. Mas de ações reais e simples de inserção e valorização do nosso patrimônio cultural material e imaterial no dia-a-dia da sala de aula. •Ações educativas dentro das escolas. •Ações voltadas para crianças e adolescentes que vivem em situação de risco. •De descoberta de novos talentos e promoção dos talentos que já temos. Cultura é inclusão, é uma porta de entrada para que tenhamos uma sociedade mais justa e mais humana.
  • 25. Lembrando que tanto a Escola como nós Professores devemos ter como missão a construção, expansão e o fortalecimento das estruturas da sociedade voltadas para a criação, produção e difusão cultural e artística dos nossos alunos.
  • 26. A construção do conhecimento cognitivo passa por todos os processos de acesso a Arte e Cultura. Todo aprendizado artístico e cultural tem o “poder” de estabelecer relações com outros saberes, e é nessa relação e associação, que ocorrerá o aprendizado e formação plena, crítica e social dos nossos alunos. Quando o aluno vê significado no conteúdo e consegue fazer as conexões a fatos históricos, políticos, sociais, e etc, a aprendizagem se torna algo natural e satisfatória.
  • 27. O incentivo na área artística e cultural faz com que o ser humano possa transitar no mundo das ideias e expandir habilidades subjetivas. Essa é a transformação através da Arte.
  • 28. “A arte existe porque a vida não basta”. Ferreira Gullar
  • 29. Parabenizo aos futuros colegas de trabalho pela Semana do Normalista! Agradeço a Escola Estadual Altivo Leopoldino de Souza pelo convite e confiança!