SlideShare uma empresa Scribd logo

Apostila:Fibra de polipropileno

1 de 32
Baixar para ler offline
POLIPROPILENO
     ( PP )
Polipropileno

O polipropileno é um dos plásticos

 de maior venda e que mostra a
maior taxa de crescimento anual no
mundo, devido à suas excepcionais
 propriedades e versatilidade de
         aplicação e uso.
Polipropileno

     O polipropileno é um termoplástico
     semicristalino, produzido através da
    polimerização do monômero Propeno,
   usando um catalisador estereoespecífico
formando cadeias longas. As macromoléculas
  de polipropileno podem conter milhares de
       unidades monoméricas. O termo
 estereoespecífico do catalisador se refere à
   característica de controlar a posição do
 grupo metila na cadeia polimérica de forma
                   ordenada.
Como O Polipropileno É Feito?
    O polipropileno é feito pela formação
     de longas cadeias de monômero de
         propeno. O monômero base,
       propeno, é um gás à temperatura
        ambiente, mas quando é unido
      forma cadeias longas de moléculas
        chamadas de polímero, que é o
             polipropileno em si.
Como O Polipropileno É Feito?

    Este processo de unir os monômeros
     se chama polimerização, que ocorre
           em um reator operando
            normalmente sob altas
     temperaturas, altas pressões e com
       o uso de um sistema catalítico.
Como O Polipropileno É Feito?

   O polipropileno sai do reator na
   forma de pequenas partículas ou
      esferas. Elas vão para uma
 extrusora, onde são adicionados os
 aditivos e então granuladas. Esta é
     a forma que o polipropileno é
     entregue aos clientes, que o
 transformarão em artigos finais que
           vão ao mercado.
Anúncio

Recomendados

Treinamento Técnico em Polímeros - Módulo I
Treinamento Técnico em Polímeros - Módulo ITreinamento Técnico em Polímeros - Módulo I
Treinamento Técnico em Polímeros - Módulo ICENNE
 
Polímeros (Aplicações, propriedades e processos de fabricação)
Polímeros (Aplicações, propriedades e processos de fabricação)Polímeros (Aplicações, propriedades e processos de fabricação)
Polímeros (Aplicações, propriedades e processos de fabricação)Sílvio Júnior
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Os plásticos e a reciclagem
Os plásticos e a reciclagemOs plásticos e a reciclagem
Os plásticos e a reciclagemAna Duarte
 
Polímeros Sintéticos
Polímeros SintéticosPolímeros Sintéticos
Polímeros SintéticosJosé Karllos
 
Treinamento de processos operadores revisado
Treinamento de processos   operadores   revisadoTreinamento de processos   operadores   revisado
Treinamento de processos operadores revisadoMarcelo Bulhões
 
Polímeros - Classificações e Proriedades
Polímeros - Classificações e ProriedadesPolímeros - Classificações e Proriedades
Polímeros - Classificações e ProriedadesCarlos Alberto Alves
 
07 propriedades termicas
07 propriedades termicas07 propriedades termicas
07 propriedades termicasA X.S
 
Apresentação plastico
Apresentação plasticoApresentação plastico
Apresentação plasticoarceariane87
 
Polímeros (biodegradáveis, oxibiodegradáveis, biopolímeros e polímeros verdes)
Polímeros (biodegradáveis, oxibiodegradáveis, biopolímeros e polímeros verdes)Polímeros (biodegradáveis, oxibiodegradáveis, biopolímeros e polímeros verdes)
Polímeros (biodegradáveis, oxibiodegradáveis, biopolímeros e polímeros verdes)qsustentavel
 
Os fios têxteis e a tecnologia da fiação
Os fios têxteis e a tecnologia da fiaçãoOs fios têxteis e a tecnologia da fiação
Os fios têxteis e a tecnologia da fiaçãotcredu
 
Materiais cerâmicos
Materiais cerâmicosMateriais cerâmicos
Materiais cerâmicosLívio Bruno
 

Mais procurados (20)

Os plásticos e a reciclagem
Os plásticos e a reciclagemOs plásticos e a reciclagem
Os plásticos e a reciclagem
 
Polímeros e o plástico
Polímeros e o plásticoPolímeros e o plástico
Polímeros e o plástico
 
Polímeros
PolímerosPolímeros
Polímeros
 
Polímeros Sintéticos
Polímeros SintéticosPolímeros Sintéticos
Polímeros Sintéticos
 
Materiais cerâmicos e aplicações
Materiais cerâmicos e aplicaçõesMateriais cerâmicos e aplicações
Materiais cerâmicos e aplicações
 
Polietileno
PolietilenoPolietileno
Polietileno
 
Treinamento de processos operadores revisado
Treinamento de processos   operadores   revisadoTreinamento de processos   operadores   revisado
Treinamento de processos operadores revisado
 
Polímeros - Classificações e Proriedades
Polímeros - Classificações e ProriedadesPolímeros - Classificações e Proriedades
Polímeros - Classificações e Proriedades
 
Cerâmicas
CerâmicasCerâmicas
Cerâmicas
 
07 propriedades termicas
07 propriedades termicas07 propriedades termicas
07 propriedades termicas
 
Apresentação plastico
Apresentação plasticoApresentação plastico
Apresentação plastico
 
Produção de cerâmica
Produção de cerâmicaProdução de cerâmica
Produção de cerâmica
 
Polímeros (biodegradáveis, oxibiodegradáveis, biopolímeros e polímeros verdes)
Polímeros (biodegradáveis, oxibiodegradáveis, biopolímeros e polímeros verdes)Polímeros (biodegradáveis, oxibiodegradáveis, biopolímeros e polímeros verdes)
Polímeros (biodegradáveis, oxibiodegradáveis, biopolímeros e polímeros verdes)
 
28651690 degradacao-aula-1
28651690 degradacao-aula-128651690 degradacao-aula-1
28651690 degradacao-aula-1
 
Os fios têxteis e a tecnologia da fiação
Os fios têxteis e a tecnologia da fiaçãoOs fios têxteis e a tecnologia da fiação
Os fios têxteis e a tecnologia da fiação
 
Polímeros
PolímerosPolímeros
Polímeros
 
Materiais cerâmicos
Materiais cerâmicosMateriais cerâmicos
Materiais cerâmicos
 
Termofixos
TermofixosTermofixos
Termofixos
 
Polímeros
PolímerosPolímeros
Polímeros
 
Polimeros
PolimerosPolimeros
Polimeros
 

Destaque

Braskem day apresentação polímeros - rui chammas
Braskem day   apresentação polímeros - rui chammasBraskem day   apresentação polímeros - rui chammas
Braskem day apresentação polímeros - rui chammasBraskem_RI
 
polietileno apresentação
polietileno apresentaçãopolietileno apresentação
polietileno apresentaçãowagner teixeira
 
Blendas PEBD com PP (Análise da Tm e Tc e suas Características) Fatec Zona Leste
Blendas PEBD com PP (Análise da Tm e Tc e suas Características) Fatec Zona LesteBlendas PEBD com PP (Análise da Tm e Tc e suas Características) Fatec Zona Leste
Blendas PEBD com PP (Análise da Tm e Tc e suas Características) Fatec Zona LesteDouglas N. Souza
 
Aditivos de compatibilidade e agentes de acoplamento
Aditivos de compatibilidade e agentes de acoplamentoAditivos de compatibilidade e agentes de acoplamento
Aditivos de compatibilidade e agentes de acoplamentoBorrachas
 
Marcos peluso emerson portuguese
Marcos peluso emerson portugueseMarcos peluso emerson portuguese
Marcos peluso emerson portugueseFieldComm Group
 
Alexandre lopes braskem portuguese
Alexandre lopes braskem portugueseAlexandre lopes braskem portuguese
Alexandre lopes braskem portugueseFieldComm Group
 
Brasken Apresentação 1T15 Português
Brasken Apresentação 1T15 PortuguêsBrasken Apresentação 1T15 Português
Brasken Apresentação 1T15 PortuguêsBraskem_RI
 
B integração segurança tosi
B integração segurança tosiB integração segurança tosi
B integração segurança tosiAdriano Ortiz
 
Apresentação Processos de Fabricação Mecânica
Apresentação Processos de Fabricação Mecânica Apresentação Processos de Fabricação Mecânica
Apresentação Processos de Fabricação Mecânica Victor Dias
 
Noções básicas sepro cascaes rev
Noções básicas sepro cascaes revNoções básicas sepro cascaes rev
Noções básicas sepro cascaes revFábio Aragão
 
Braskem day apresentação unidade de petroquímicos básicos - manoel carnaúba
Braskem day   apresentação unidade de petroquímicos básicos - manoel carnaúbaBraskem day   apresentação unidade de petroquímicos básicos - manoel carnaúba
Braskem day apresentação unidade de petroquímicos básicos - manoel carnaúbaBraskem_RI
 
Abm siderurgia para nao siderurgistas
Abm   siderurgia para nao siderurgistasAbm   siderurgia para nao siderurgistas
Abm siderurgia para nao siderurgistasFelipe Novais
 
Implementação Elementos de Gestão SSMA_2005
Implementação Elementos de Gestão SSMA_2005Implementação Elementos de Gestão SSMA_2005
Implementação Elementos de Gestão SSMA_2005Adauto Milanez
 
Dicionário textil
Dicionário textilDicionário textil
Dicionário textiltcredu
 
Palestra: O case Braskem - José Carlos Grubishch
Palestra: O case Braskem - José Carlos GrubishchPalestra: O case Braskem - José Carlos Grubishch
Palestra: O case Braskem - José Carlos GrubishchExpoGestão
 
Apresentação em PowerPoint: Braskem
Apresentação em PowerPoint: BraskemApresentação em PowerPoint: Braskem
Apresentação em PowerPoint: BraskemCasulo
 

Destaque (20)

Braskem day apresentação polímeros - rui chammas
Braskem day   apresentação polímeros - rui chammasBraskem day   apresentação polímeros - rui chammas
Braskem day apresentação polímeros - rui chammas
 
polietileno apresentação
polietileno apresentaçãopolietileno apresentação
polietileno apresentação
 
Blendas PEBD com PP (Análise da Tm e Tc e suas Características) Fatec Zona Leste
Blendas PEBD com PP (Análise da Tm e Tc e suas Características) Fatec Zona LesteBlendas PEBD com PP (Análise da Tm e Tc e suas Características) Fatec Zona Leste
Blendas PEBD com PP (Análise da Tm e Tc e suas Características) Fatec Zona Leste
 
Aditivos de compatibilidade e agentes de acoplamento
Aditivos de compatibilidade e agentes de acoplamentoAditivos de compatibilidade e agentes de acoplamento
Aditivos de compatibilidade e agentes de acoplamento
 
Polietileno
PolietilenoPolietileno
Polietileno
 
Trabalho Poliacetal
Trabalho PoliacetalTrabalho Poliacetal
Trabalho Poliacetal
 
Marcos peluso emerson portuguese
Marcos peluso emerson portugueseMarcos peluso emerson portuguese
Marcos peluso emerson portuguese
 
Alexandre lopes braskem portuguese
Alexandre lopes braskem portugueseAlexandre lopes braskem portuguese
Alexandre lopes braskem portuguese
 
Brasken Apresentação 1T15 Português
Brasken Apresentação 1T15 PortuguêsBrasken Apresentação 1T15 Português
Brasken Apresentação 1T15 Português
 
B integração segurança tosi
B integração segurança tosiB integração segurança tosi
B integração segurança tosi
 
Apresentação Processos de Fabricação Mecânica
Apresentação Processos de Fabricação Mecânica Apresentação Processos de Fabricação Mecânica
Apresentação Processos de Fabricação Mecânica
 
Noções básicas sepro cascaes rev
Noções básicas sepro cascaes revNoções básicas sepro cascaes rev
Noções básicas sepro cascaes rev
 
Pronae aula 14
Pronae aula 14Pronae aula 14
Pronae aula 14
 
Braskem day apresentação unidade de petroquímicos básicos - manoel carnaúba
Braskem day   apresentação unidade de petroquímicos básicos - manoel carnaúbaBraskem day   apresentação unidade de petroquímicos básicos - manoel carnaúba
Braskem day apresentação unidade de petroquímicos básicos - manoel carnaúba
 
Abm siderurgia para nao siderurgistas
Abm   siderurgia para nao siderurgistasAbm   siderurgia para nao siderurgistas
Abm siderurgia para nao siderurgistas
 
Caso Braskem
Caso BraskemCaso Braskem
Caso Braskem
 
Implementação Elementos de Gestão SSMA_2005
Implementação Elementos de Gestão SSMA_2005Implementação Elementos de Gestão SSMA_2005
Implementação Elementos de Gestão SSMA_2005
 
Dicionário textil
Dicionário textilDicionário textil
Dicionário textil
 
Palestra: O case Braskem - José Carlos Grubishch
Palestra: O case Braskem - José Carlos GrubishchPalestra: O case Braskem - José Carlos Grubishch
Palestra: O case Braskem - José Carlos Grubishch
 
Apresentação em PowerPoint: Braskem
Apresentação em PowerPoint: BraskemApresentação em PowerPoint: Braskem
Apresentação em PowerPoint: Braskem
 

Semelhante a Apostila:Fibra de polipropileno

PET - Saiba mais
PET - Saiba maisPET - Saiba mais
PET - Saiba maisCENNE
 
Polímeros - Compósitos Orgânicos
Polímeros - Compósitos OrgânicosPolímeros - Compósitos Orgânicos
Polímeros - Compósitos OrgânicosBruno Pinto
 
Relatorio ufcd 41 trabalho livre
Relatorio ufcd 41 trabalho livreRelatorio ufcd 41 trabalho livre
Relatorio ufcd 41 trabalho livreAndre Quendera
 
Ft 24 25 relatorio andre quendera pdf
Ft 24 25 relatorio andre quendera pdfFt 24 25 relatorio andre quendera pdf
Ft 24 25 relatorio andre quendera pdfAndre Quendera
 
Curso de Acrílicos
Curso de AcrílicosCurso de Acrílicos
Curso de AcrílicosCENNE
 
Aula Materiais não Metálicos.pptx
Aula Materiais não Metálicos.pptxAula Materiais não Metálicos.pptx
Aula Materiais não Metálicos.pptxMiguel Jose
 
Ppoint.quim.polimeros.adição.plásticos
Ppoint.quim.polimeros.adição.plásticosPpoint.quim.polimeros.adição.plásticos
Ppoint.quim.polimeros.adição.plásticosAlbano Novaes
 
Material auxiliar plástico ii
Material auxiliar plástico iiMaterial auxiliar plástico ii
Material auxiliar plástico iiprofNICODEMOS
 
Processo de Tingimento dos fios de Poliéster
Processo de Tingimento dos fios de PoliésterProcesso de Tingimento dos fios de Poliéster
Processo de Tingimento dos fios de PoliésterConstantinoMonteiroA
 
Abtb poliuretano para calcados franca lt quimicos
Abtb poliuretano para calcados franca lt quimicosAbtb poliuretano para calcados franca lt quimicos
Abtb poliuretano para calcados franca lt quimicosMSCarlos
 

Semelhante a Apostila:Fibra de polipropileno (20)

Aula7
Aula7Aula7
Aula7
 
PolíMeros - Prof Thaiza
PolíMeros - Prof ThaizaPolíMeros - Prof Thaiza
PolíMeros - Prof Thaiza
 
polióxido de metileno
polióxido de metilenopolióxido de metileno
polióxido de metileno
 
PET - Saiba mais
PET - Saiba maisPET - Saiba mais
PET - Saiba mais
 
Polímeros - Compósitos Orgânicos
Polímeros - Compósitos OrgânicosPolímeros - Compósitos Orgânicos
Polímeros - Compósitos Orgânicos
 
Fibras poliester[1]
Fibras poliester[1]Fibras poliester[1]
Fibras poliester[1]
 
Relatorio ufcd 41 trabalho livre
Relatorio ufcd 41 trabalho livreRelatorio ufcd 41 trabalho livre
Relatorio ufcd 41 trabalho livre
 
Polímeros
PolímerosPolímeros
Polímeros
 
Ft 24 25 relatorio andre quendera pdf
Ft 24 25 relatorio andre quendera pdfFt 24 25 relatorio andre quendera pdf
Ft 24 25 relatorio andre quendera pdf
 
Polímeros termoplasticas
Polímeros termoplasticasPolímeros termoplasticas
Polímeros termoplasticas
 
Curso de Acrílicos
Curso de AcrílicosCurso de Acrílicos
Curso de Acrílicos
 
Aula Materiais não Metálicos.pptx
Aula Materiais não Metálicos.pptxAula Materiais não Metálicos.pptx
Aula Materiais não Metálicos.pptx
 
Ppoint.quim.polimeros.adição.plásticos
Ppoint.quim.polimeros.adição.plásticosPpoint.quim.polimeros.adição.plásticos
Ppoint.quim.polimeros.adição.plásticos
 
Material auxiliar plástico ii
Material auxiliar plástico iiMaterial auxiliar plástico ii
Material auxiliar plástico ii
 
Polimeros
PolimerosPolimeros
Polimeros
 
Miguez suarez
Miguez suarezMiguez suarez
Miguez suarez
 
Processo de Tingimento dos fios de Poliéster
Processo de Tingimento dos fios de PoliésterProcesso de Tingimento dos fios de Poliéster
Processo de Tingimento dos fios de Poliéster
 
Abtb poliuretano para calcados franca lt quimicos
Abtb poliuretano para calcados franca lt quimicosAbtb poliuretano para calcados franca lt quimicos
Abtb poliuretano para calcados franca lt quimicos
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Polimeros
PolimerosPolimeros
Polimeros
 

Mais de José Carlos de Castro

Mais de José Carlos de Castro (8)

Materiais e Processos Têxteis-Parte 2
Materiais e Processos Têxteis-Parte 2Materiais e Processos Têxteis-Parte 2
Materiais e Processos Têxteis-Parte 2
 
Materiais e Processos Têxteis
Materiais e Processos TêxteisMateriais e Processos Têxteis
Materiais e Processos Têxteis
 
Tecnologia Textil-basica
Tecnologia Textil-basicaTecnologia Textil-basica
Tecnologia Textil-basica
 
Technical Fabrics
Technical FabricsTechnical Fabrics
Technical Fabrics
 
Apostila de Ciências das Fibras-Professora Maria Adelina-FATEC Americana
Apostila de Ciências das Fibras-Professora Maria Adelina-FATEC AmericanaApostila de Ciências das Fibras-Professora Maria Adelina-FATEC Americana
Apostila de Ciências das Fibras-Professora Maria Adelina-FATEC Americana
 
Fundamentos de Controle de Qualidade em Fiação
Fundamentos de Controle de Qualidade em FiaçãoFundamentos de Controle de Qualidade em Fiação
Fundamentos de Controle de Qualidade em Fiação
 
94874356 raffia-tape-line-process
94874356 raffia-tape-line-process94874356 raffia-tape-line-process
94874356 raffia-tape-line-process
 
The Carpet Primer
The Carpet PrimerThe Carpet Primer
The Carpet Primer
 

Último

Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...
Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...
Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...AaAssessoriadll
 
Edital Caixa 2024 - nível médio - DOU.pdf
Edital Caixa 2024 - nível médio - DOU.pdfEdital Caixa 2024 - nível médio - DOU.pdf
Edital Caixa 2024 - nível médio - DOU.pdfPortal NE10
 
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024assedlsam
 
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024dlp391622
 
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...leitev350
 
Treinamento para Curso de CIPA 2024.pdf .pdf
Treinamento para Curso de CIPA 2024.pdf .pdfTreinamento para Curso de CIPA 2024.pdf .pdf
Treinamento para Curso de CIPA 2024.pdf .pdfJeffersonMacedo22
 
Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...
Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...
Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...AaAssessoriadll
 
Vamos explorar como os princípios burocráticos podem ser aplicados e percebid...
Vamos explorar como os princípios burocráticos podem ser aplicados e percebid...Vamos explorar como os princípios burocráticos podem ser aplicados e percebid...
Vamos explorar como os princípios burocráticos podem ser aplicados e percebid...Unicesumar
 
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...sdl192405
 
Como base teórica para a realização desta atividade, além dos conteúdos estud...
Como base teórica para a realização desta atividade, além dos conteúdos estud...Como base teórica para a realização desta atividade, além dos conteúdos estud...
Como base teórica para a realização desta atividade, além dos conteúdos estud...AaAssessoriadll
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...AaAssessoriadll
 
Desvendando os Segredos do Empreendedorismo e Liderança_ Um Guia Prático para...
Desvendando os Segredos do Empreendedorismo e Liderança_ Um Guia Prático para...Desvendando os Segredos do Empreendedorismo e Liderança_ Um Guia Prático para...
Desvendando os Segredos do Empreendedorismo e Liderança_ Um Guia Prático para...jeffrj2001
 
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...assedlmoi
 
Você sabe qual a importância da Gestão de Pessoas para as empresas? A gestão ...
Você sabe qual a importância da Gestão de Pessoas para as empresas? A gestão ...Você sabe qual a importância da Gestão de Pessoas para as empresas? A gestão ...
Você sabe qual a importância da Gestão de Pessoas para as empresas? A gestão ...AaAssessoriadll
 
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...Unicesumar
 
A atividade tem como tema a “IMPLANTAÇÃO DA ETAPA DE PLANEJAMENTO DE UM SISTE...
A atividade tem como tema a “IMPLANTAÇÃO DA ETAPA DE PLANEJAMENTO DE UM SISTE...A atividade tem como tema a “IMPLANTAÇÃO DA ETAPA DE PLANEJAMENTO DE UM SISTE...
A atividade tem como tema a “IMPLANTAÇÃO DA ETAPA DE PLANEJAMENTO DE UM SISTE...AaAssessoriadll
 
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024dlp391622
 
COMPLIANCE NO SETOR PÚBLICO: BENEFÍCIOS PARA A SOCIEDADE A Administração Públ...
COMPLIANCE NO SETOR PÚBLICO: BENEFÍCIOS PARA A SOCIEDADE A Administração Públ...COMPLIANCE NO SETOR PÚBLICO: BENEFÍCIOS PARA A SOCIEDADE A Administração Públ...
COMPLIANCE NO SETOR PÚBLICO: BENEFÍCIOS PARA A SOCIEDADE A Administração Públ...AaAssessoriadll
 
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51 2024
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51 2024MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51 2024
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51 2024Unicesumar
 
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024taynaradl79
 

Último (20)

Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...
Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...
Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...
 
Edital Caixa 2024 - nível médio - DOU.pdf
Edital Caixa 2024 - nível médio - DOU.pdfEdital Caixa 2024 - nível médio - DOU.pdf
Edital Caixa 2024 - nível médio - DOU.pdf
 
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
MAPA - ENF - FUNDAMENTOS BÁSICOS DA PRÁTICA ASSISTENCIAL - 51/2024
 
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
 
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
No âmbito do Direito, a interpretação das normas é essencial para sua aplicaç...
 
Treinamento para Curso de CIPA 2024.pdf .pdf
Treinamento para Curso de CIPA 2024.pdf .pdfTreinamento para Curso de CIPA 2024.pdf .pdf
Treinamento para Curso de CIPA 2024.pdf .pdf
 
Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...
Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...
Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...
 
Vamos explorar como os princípios burocráticos podem ser aplicados e percebid...
Vamos explorar como os princípios burocráticos podem ser aplicados e percebid...Vamos explorar como os princípios burocráticos podem ser aplicados e percebid...
Vamos explorar como os princípios burocráticos podem ser aplicados e percebid...
 
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
 
Como base teórica para a realização desta atividade, além dos conteúdos estud...
Como base teórica para a realização desta atividade, além dos conteúdos estud...Como base teórica para a realização desta atividade, além dos conteúdos estud...
Como base teórica para a realização desta atividade, além dos conteúdos estud...
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
Desvendando os Segredos do Empreendedorismo e Liderança_ Um Guia Prático para...
Desvendando os Segredos do Empreendedorismo e Liderança_ Um Guia Prático para...Desvendando os Segredos do Empreendedorismo e Liderança_ Um Guia Prático para...
Desvendando os Segredos do Empreendedorismo e Liderança_ Um Guia Prático para...
 
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
 
Você sabe qual a importância da Gestão de Pessoas para as empresas? A gestão ...
Você sabe qual a importância da Gestão de Pessoas para as empresas? A gestão ...Você sabe qual a importância da Gestão de Pessoas para as empresas? A gestão ...
Você sabe qual a importância da Gestão de Pessoas para as empresas? A gestão ...
 
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
A Organização Racional do Trabalho (ORT), proposta por Frederick Taylor no in...
 
A atividade tem como tema a “IMPLANTAÇÃO DA ETAPA DE PLANEJAMENTO DE UM SISTE...
A atividade tem como tema a “IMPLANTAÇÃO DA ETAPA DE PLANEJAMENTO DE UM SISTE...A atividade tem como tema a “IMPLANTAÇÃO DA ETAPA DE PLANEJAMENTO DE UM SISTE...
A atividade tem como tema a “IMPLANTAÇÃO DA ETAPA DE PLANEJAMENTO DE UM SISTE...
 
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
 
COMPLIANCE NO SETOR PÚBLICO: BENEFÍCIOS PARA A SOCIEDADE A Administração Públ...
COMPLIANCE NO SETOR PÚBLICO: BENEFÍCIOS PARA A SOCIEDADE A Administração Públ...COMPLIANCE NO SETOR PÚBLICO: BENEFÍCIOS PARA A SOCIEDADE A Administração Públ...
COMPLIANCE NO SETOR PÚBLICO: BENEFÍCIOS PARA A SOCIEDADE A Administração Públ...
 
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51 2024
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51 2024MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51 2024
MAPA - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51 2024
 
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
ATIVIDADE 1 - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
 

Apostila:Fibra de polipropileno

  • 1. POLIPROPILENO ( PP )
  • 2. Polipropileno O polipropileno é um dos plásticos  de maior venda e que mostra a maior taxa de crescimento anual no mundo, devido à suas excepcionais propriedades e versatilidade de aplicação e uso.
  • 3. Polipropileno  O polipropileno é um termoplástico semicristalino, produzido através da polimerização do monômero Propeno, usando um catalisador estereoespecífico formando cadeias longas. As macromoléculas de polipropileno podem conter milhares de unidades monoméricas. O termo estereoespecífico do catalisador se refere à característica de controlar a posição do grupo metila na cadeia polimérica de forma ordenada.
  • 4. Como O Polipropileno É Feito?  O polipropileno é feito pela formação de longas cadeias de monômero de propeno. O monômero base, propeno, é um gás à temperatura ambiente, mas quando é unido forma cadeias longas de moléculas chamadas de polímero, que é o polipropileno em si.
  • 5. Como O Polipropileno É Feito?  Este processo de unir os monômeros se chama polimerização, que ocorre em um reator operando normalmente sob altas temperaturas, altas pressões e com o uso de um sistema catalítico.
  • 6. Como O Polipropileno É Feito?  O polipropileno sai do reator na forma de pequenas partículas ou esferas. Elas vão para uma extrusora, onde são adicionados os aditivos e então granuladas. Esta é a forma que o polipropileno é entregue aos clientes, que o transformarão em artigos finais que vão ao mercado.
  • 8. Estrutura Do Polímero H CH3 C C H H n
  • 9. Como O Polipropileno É Usado?  Devido às suas características no estado fundido, o polipropileno pode ser moldado pelos mais diferentes processos de transformação de plásticos, dentre os quais podem ser destacados:
  • 10. Como O Polipropileno É Usado?  Moldagem por injeção;  Moldagem por sopro;  Extrusão.
  • 11. Extrusão  Por este processo podem ser obtidos inúmeros artigos contínuos, que incluem tubos, chapas, ráfia, etc. As ráfias são produzidas pelo corte e posterior estiramento de uma chapa, que são então usadas em teares para a produção de tecidos, sacaria, etc.
  • 12. Extrusora  A extrusora é uma máquina que, como princípio geral, possuí uma entrada de material chamada de funil de alimentação, vindo em seguida um corpo formado por um cilindro, dentro do qual gira um parafuso sem fim e uma cabeça que serve de suporte para a matriz de extrusão.
  • 13. Extrusora O polipropileno é usado neste processo de transformação para fabricação de filmes e chapas.
  • 14. Extrusora O filme de polipropileno extrusado pode ser empregado diretamente para embalagens em geral, mas também é muito empregado na confecção de fios descontínuos ou contínuos, que serão utilizados para confecção de tecidos em polipropileno, empregado em tapetes e revestimento de móveis.
  • 16. Fios De Polipropileno  O fio de polipropileno é muito utilizado em objeto confeccionado que deva ter uma boa resistência mecânica e seja imune ao efeito da água, por este motivo o encontramos em vários tipos de sacarias de grãos, sacolas, forros de móveis e mantas para estabilização e reforço de solo, feitos normalmente com o fio contínuo.
  • 17. Polipropileno Como Manta De Sustentação
  • 18. Fios De Polipropileno  Já o fio descontínuo é muito usado na fabricação de utilidades domésticas e industriais, como vários tipos de escovas e vassouras. Encontra-se em diversas cores e espessuras de fios que permitem aplicar-lhes desde em uma simples escova de roupa com uma textura macia, até em um vassourão de rua que resiste muito bem a este uso, graças a sua resistência à abrasão, garantindo um produto com longa vida de uso.
  • 20. Características Físicas Propriedades Peso Molecular 80.000 - 500.000 Densidade 0,90 - 0,91 Ìndice de Fluidez a 190ºC (ASTM D 1238a) 0,50 - 45 Ìndice de Refração 1,49 Temperatura de Transição Vítrea (Tg) º C 4 - 12 Temperatura de Fusão (Tm) º C 165 - 175 Temperatura de Amolecimento º C 150 Tensão de Ruptura N/mm2 (BS.2782, Pt.3) 30 - 35 Elongação % (BS.2782, Pt.3) 50 - 600 Resistência ao Impacto ( Izod ) J 1 - 10 Dureza ( Shore ) escala D 71 - 75 Constante Dielétrica 2,0 - 2,15
  • 21. Polipropileno Principais Propriedades E Vantagens Propriedades Vantagens Baixo peso específico Alta Tenacidade (o menor entre todas as fibras) Excelente resistência à abrasão Facilidade de pigmentação em massa Baixa absorção de umidade Aditivação Agradável ao tato, atóxico e Excelente resistência química antialérgico, permite a resistência a detergentes e utilização em artigos infantis e agentes de limpeza do lar resistência ao suor, mofo e não libera gases tóxicos intempéries quando queimado
  • 22. Principais Aplicações  Industria automobilística:- pára-choques, painéis, partes do motor, pá de ventiladores, revestimentos internos.  Industria alimentícia: - embalagens.  Utensílios domésticos, carpetes, brinquedos, sacarias,redes de pesca, corda de uso naval, tubo de carga de caneta esferográficas, tubos para construção civil, material hospitalar,etc...
  • 23. PRINCIPAIS APLICAÇÕES Filamentos Contínuos Lisos (CF) Ou Texturizados (BCF) Malharia e tecelagem Aplicações industriais Tapetes e carpetes Cordas trançadas tipo tufting cordões para tecidos decoração decoração fios de costura estofamentos cintos de segurança toalhas de mesa redes de pesca meias artigos esportivos
  • 25. Características Técnicas Dos Fios De Polipropileno Fio CF (liso) Fio BCF (Texturizado) Titulagem 350 a 3.750 Titulagem 500 a 4.000 denier denier Tenacidade 2g a 3g por denier Tenacidade 4g a 6g por denier Geometria Trilobal, delta, redonda Geometria delta, redonda
  • 26. Comparação Entre Fibras De Polipropileno E Outras Fibras Química E Naturais Absorção Ponto Peso Tenacidade de de específico g / dtex Umidade Fusão g / cm % (oC) Polipropileno 0,90 – 0,91 3,5 – 7,0 * 0,01 165 – 170 Poliamida 6,6 e 6 1,15 – 1,17 4,5 – 7,0 4–5 265 Poliéster 1,38 4,0 – 6,0 0,4 – 1,0 264 Viscose 1,51 – 1,52 1,5 – 3,5 12 – 13 180 – 250 ** Acetato 1,32 – 1,33 1,3 – 1,5 6 250 Acrílico 1,12 – 1,19 2,1 – 3,0 2,5 270 – 290 *** Lã 1,32 0,8 – 1,7 16 – 18 -.- Algodão 1,54 3,5 – 5,0 8,5 -.- * Em novos equipamentos com polímeros específicos, e possível até 9 g / dtex. ** A fibra viscose não funde, mas decompõe-se na temperatura. *** O acrílico carboniza-se na temperatura indicada.
  • 29. Indústria De Beneficiamento De Polipropileno
  • 30. Máquinas De Processo De Polipropileno - Fiação
  • 31. Máquina De Processo De Polipropileno - Fiação
  • 32. Bibliografia  www.polibrasil.com.br.  www.tapeteslourdes.com.br.  Diversos outros sites na obtenção de fotos.