Polietileno

5.688 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.688
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
59
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
105
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Polietileno

  1. 1. TRABALHO SOBRE OPOLIETILENO Bruna Lopes nº: 10 Roberta Bertolli nº: 18
  2. 2. ESTRUTURAO polietileno é quimicamente o polímero mais simples. É representado pela cadeia:(CH2-CH2)n. Devido à sua alta produção mundial, é também o mais barato, sendo umdos tipos de plástico mais comum. É quimicamente inerte. Obtém-se pela polimerizaçãodo etileno, de que deriva seu nome.Polimerização: Simplificadamente, uma reação de polimerização pode ser equacionadada seguinte forma:Monômeros:....+ A + A + A + A + .... → Polímero:...-(A-A-A-A)-
  3. 3. A abreviatura do polietileno geralmente usada é PE. Os polietilenos podem ser classificados em:PEBD : Polietileno de Baixa Densidade;  Atóxico  Flexível  Leve  Transparente  Inerte (ao conteúdo)  Impermeável  Pouca estabilidade dimensional, mas com processamento fácil  Baixo custo.  PEAD : Polietileno de Alta Densidade.  Resistente a altas temperaturas;  Alta resistência à tensão; compressão; tração;  Baixa densidade em comparação com metais e outros materiais;  Impermeável;  Inerte (ao conteúdo), baixa reatividade;  Atóxico  Pouca estabilidade dimensional  A diferença entre o PEBD e o PEAD é que este tem um baixo nível de ramificações, com alta densidade e altas forças inter-moleculares. A produção de um bom PEAD depende da seleção do catalisador
  4. 4. ONDE É ENCONTRADOPEBD:  Bolsas de todo tipo: supermercados, boutiques, panificação, congelados, industriais, etc.;  Embalagem automática de alimentos e produtos industriais: leite, água, plásticos, etc.;  Stretch film;  Garrafas térmicas e outros produtos térmicos;  Frascos: cosméticos, medicamentos e alimentos;  Mangueiras para água;PEAD:  Frascos para: detergentes, shampoo, etc;  Bolsas para supermercados;  Caixotes para peixes, refrigerantes, cervejas;  Frascos para pintura, sorvetes, azeites;  Tambores;  Tubulação para gás, telefonia, água potável, lâminas de drenagem e uso sanitário;  Também é usado para recobrir lagoas, canais, fossas de neutralização, contra-tanques, tanques de água, lagoas artificiais, etc..
  5. 5. APLICAÇÕES Agricultura e Construção Civil:Os tubos e conduites são empregados largamente na construção dentro das instalações elétricas e materiais de acabamento elétrico. Sua flexibilidade é a principal característica. É muito importante para este emprego, pois permite pequenas curvas sem o auxílio de peças adicionais, como no caso do PVC. Em contrapartida possuem baixa resistência mecânica. Na agricultura os filmes, lonas pretas, são muito usados para proteger a safra e para realizar canais de irrigação. É possível fabricar lonas com uma grande largura sem emendas, o que a faz ideal para este fim. Confecção: O filme extrusado na largura padrão de 1,40 mt. em várias cores e com diferentes tipos de estampas é muito usado na confecção de vários acessórios do lar, como uma cortina para box, uma toalha de mesa, uma capa de máquina, um avental plástico e muitos outros. Encontramos também como forro de bolsas, malas, sófas e acessórios de moda. Embalagens: Sacos de lixo de várias cores, sendo o mais comum na cor preta, representa um grande mercado para o polietileno, e aí temos, em função da sua fabricação, dois tipos diferentes de embalagens.
  6. 6. CONSUMO MUNDIAL O polietileno é largamente utilizado no processo de fabricação de garrafas, copos e recepientes. A principal utilização deste processo se encontra na fabricação de garrafas e recepientes plásticos, que é o principal mercado do sopro. é muito utilizado também no processo de fabricação de recepientes de armazenagem líquida dada as suas características e, para objetos em geral.A injeção por exemplo Grande parte do polietileno extrusado toma a forma de filmes e películas, levando-se em conta que seu peso específico é bem menor que o PVC e o PS, obtem-se um produto leve e com grande maleabilidade. As chapas apresenta-se como um produto muito leve e com pouca resistência mecânica, mas que é aumentada modificando-se a estrutura da mesma
  7. 7. CONCLUSÃO A busca por soluções que levem a um plástico descartável ideal vem mobilizando cientistas e ambientalistas há algum tempo. As pesquisas apontam na substituição dos plásticos convencionais por plásticos biodegradáveis e fotodegradáveis, uma vez que segmentos de mercado que apresentam uma grande conscientização da população pela preservação do meio ambiente, se disponibilizam a pagar a mais por um produto não poluidor, resultando daí ganhos ambientais, econômicos e sociais.
  8. 8. FIM

×