SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 46
CLASSES
GRAMATICAIS
1
Existem 10 Classes
Gramaticais
Substantivo Pronomes
Adjetivo Verbo
Advérbio Conjunção
Artigo Numeral
Preposição Interjeição
19/11/11
2
SUBSTANTIVO
O substantivo pode ser:
A Amanda tem olhos lindos.
Eu descobri meu amor no azul do mar.
Quem descobriu que o ouro foi roubado?
ser “coisa”
pronome sentimento cor “coisa”
oração substantiva = “isso”
19/11/11 4
Identifique os 12 substantivos
19/11/11
O vermelho do Inter impressiona os
colorados. Tenho um amigo colorado que chora
muito quando o Inter perde. Ele não tem chorado
muito ultimamente. O esporte que deveria alegrar
as vezes nos traz tristezas, mas com o cantar o
belo hino do clube percebe-se que o amor é forte.
5
Identifique os 12 substantivos
6
O vermelho1 do Inter2 impressiona os
colorados3. Tenho um amigo4 colorado que chora muito
quando o Inter5 perde. Ele6 não tem chorado
muito ultimamente. O esporte7 que deveria alegrar as
vezes nos traz tristezas8, mas com o cantar9 o
belo hino10 do clube11 percebe-se que o amor é
19/11/11
forte .
ADJETIVO
19/11/11
Qualifica, modifica ou determina um substantivo
A Amanda tem olhos lindos.
Eu descobri meu amor no azul do mar.
A Mônika é como o sol que me ilumina.
6
ADJETIVO
19/11/11
oração adjetiva
O adjetivo pode ser:
A Amanda tem olhos lindos.
palavra
Eu descobri meu amor no azul do mar.
pronome locução adjetiva
A Mônika é como o sol que me ilumina.
7
Identifique os 5 adjetivos
19/11/11 8
O vermelho do Inter impressiona os
colorados. Tenho um amigo colorado que chora
muito quando o Inter perde. Ele não tem chorado
muito ultimamente. O esporte que deveria alegrar
as vezes nos traz tristezas, mas com o cantar o
belo hino do clube percebe-se que o amor é forte.
Identifique os 5 adjetivos
19/11/11 9
O vermelho do Inter impressiona os
colorados. Tenho um amigo colorado1 que chora
muito2 quando o Inter perde. Ele não tem chorado
muito ultimamente. O esporte que deveria alegrar3
as vezes nos traz tristezas, mas com o cantar o
belo4 hino do clube5 percebe-se que o amor é forte6.
ADVÉRBIO
19/11/11 11
Qualifica ou modifica um verbo, advérbio, adjetivo
A Daniele trabalha muito.
A Daniele trabalha muito bem.
A minha família é muito feliz.
Eu fiqueifeliz quando descobri o amor.
Advérbios e locuções adverbiais
Circunstâncias
expressas
Aqui, ali, acolá, lá, além, atrás, detrás, através, longe,
onde, perto, dentro, fora, junto, acima, abaixo, adiante,
defronte; por dentro, por fora, em cima, embaixo, por
cima, por baixo, por perto, à direita, à esquerda, ao lado,
etc.
Lugar
Hoje, ontem, anteontem, amanhã, sempre, nunca,
jamais, brevemente, outrora, então, aí, quando, tarde,
antes, depois, ora, já, logo; depois de amanhã, em
breve, à tarde, à noite, de manhã, de repente, de vez em
quando, hoje em dia, de madrugada, etc.
Tempo
Bem, mal, assim, depressa, devagar, rápido e quase
todos os advérbios formados pelo acréscimo do sufixo –
mente: lentamente, rapidamente, velozmente,
tranquilamente, facilmente, alegremente; de muito, de
pouco, de todo, etc.
Modo
Advérbios e locuções adverbiais Circunstâncias
expressas
Muito, pouco, bastante, meio, quase, mais, ainda,
assaz, bem, mal, apenas, tão, tanto, quanto, de
muito, de pouco, de todo, etc.
Intensidade
Sim, efetivamente, certamente, seguramente,
realmente; com certeza, sem dúvida, por certo, etc.
Afirmação
Não, absolutamente, nem, de modo algum, de jeito
nenhum, tampouco, etc.
Negação
Talvez, quiçá, acaso, porventura, por certo, quem
sabe, provavelmente, possivelmente,
eventualmente, quem sabe, etc.
Dúvida
Língua Portuguesa, 1º Ano do Ensino Médio
O advérbio e a construção de sentido no texto
Identifique os advérbios: 5
19/11/11 13
O vermelho do Inter impressiona os
colorados. Tenho um amigo colorado que chora
muito quando o Inter perde. Ele não tem chorado
muito ultimamente. O esporte que deveria alegrar
as vezes nos traz tristezas, mas com o cantar o
belo hino do clube percebe-se que o amor é forte.
Identifique os advérbios: 5
19/11/11 14
O vermelho do Inter impressiona os
colorados. Tenho um amigo colorado que chora
muito1 quando o Inter perde2. Ele não tem chorado
muito3 ultimamente4. O esporte que deveria alegrar
as vezes5 nos traz tristezas, mas com o cantar o
belo hino do clube percebe-se que o amor é forte.
ARTIGO
Qualifica ou determina um substantivo
Artigo definido
a, as, o, os
Artigo indefinido
um, uns, uma, umas
A Daniele trabalha no centro.
Combinação da preposição em + artigo o
Uma vida boa é a vida do turista.
Combinação da preposição de + artigo o
19/11/11 14
PREPOSIÇÃO
19/11/11
Prepara uma estrutura que completa ou assessora uma
determinada passagem do texto.
a, ante,após, até, com, contra, de, desde,
em, entre, para, perante, por,
sem, sobre, sob, trás
Única preposição que pode
estar ao lado da preposição a.
Na linguagem coloquial é
usado com valor de contra.
15
PRONOME
19/11/11 17
Pessoais Relativos
Demonstrativos Possessivos
Indefinidos Interrogativos
São estruturas que substituem ou determinam nomes.
Pronomes Pessoais São aqueles que substituem os
nomes e representam as pessoas do discurso:
1ª pessoa - a pessoa que fala - EU/NÓS
2ª pessoa - a pessoa com que se fala – TU//VÓS
3ª pessoa - a pessoa de quem se fala -
ELE/ELA/ELES/ELAS
Pronomes pessoais retos : são os que têm por
função principal representar o sujeito ou predicativo.
Pronomes pessoais oblíquos: são os que podem
exercer função de complemento.
Átonos: me, te, se, o, a, lhe, nos, vos, se, os, as, lhes.
Tônicos: mim, comigo, ti, contigo, si, ele, consigo, nós,
conosco, vós, convosco, si, eles, consigo.
Pronomes oblíquos
Associação de pronomes a verbos:
Os pronomes oblíquos o, a, os, as, quando associados a
verbos terminados em -r, -s, -z, assumem as formas lo, la,
los, las, caindo as consoantes.
Ex.: Carlos quer convencer seu amigo a fazer uma viagem.
Carlos quer convencê-lo a fazer uma viagem.
Quando associados a verbos terminados em ditongo
nasal (-am, -em, -ão, -õe), assumem as formas no, na, nos,
nas.
Ex.: Fizeram um relatório.
Fizeram-no.
Os pronomes oblíquos podem ser reflexivos e quando isso
ocorre se referem ao sujeito da oração.
Ex.: Maria olhou-se no espelho
Eu não consegui controlar-me diante do público.
Antes do infinitivo precedido de preposição, o pronome
usado deverá ser o reto, pois será sujeito do verbo no
infinitivo
Ex.:O professor trouxe o livro para mim.(pronome oblíquo,
pois é um complemento)
O professor trouxer o livro para eu ler.(pronome reto, pois é
sujeito)
Pronomes de tratamento São aqueles que substituem a
terceira pessoa gramatical. Alguns são usados em tratamento
cerimonioso e outros em situações de intimidade.
Conheça alguns:
você (v.) : tratamento familiar
senhor (Sr.), senhora (Srª.) : tratamento de respeito
senhorita (Srta.) : moças solteiras
Vossa Senhoria (V.Sª.) : para pessoa de cerimônia
Vossa Excelência (V.Exª.) : para altas autoridades
Vossa Reverendíssima (V. Revmª.) : para sacerdotes
Vossa Eminência (V.Emª.) : para cardeais
Vossa Santidade (V.S.) : para o Papa
Vossa Majestade (V.M.) : para reis e rainhas
Vossa Majestade Imperial (V.M.I.) : para imperadores
Vossa Alteza (V.A.) : para príncipes, princesas e duques
Pronomes Possessivos
São aqueles que indicam idéia de posse. Além de indicar a
coisa possuída, indicam a pessoa gramatical possuidora.
As principais palavras que podem funcionar como pronomes
possessivos:
Masculino:
Singular: meu, teu, seu, nosso, vosso, seu.
Plural: meus, teus, seus, nossos, vossos, seus.
Feminino:
Singular: minha tua, sua, nossa, vossa, sua.
Plural: minhas, tuas, suas, nossas, vossas, suas.
Atenção: Existem palavras que eventualmente funcionam
como pronomes possessivos. Ex.: Ele afagou-lhe (= seus)
- PRONOMES RELATIVOS -
19/11/11 23
QUE Uso mais geral
QUEM Indicado para pessoas
QUAL É o único que carrega o artigo do referente
ONDE Indicado apenas para lugar físico
CUJO Liga posse a possuidor
QUANDO Indicado para dar idéia de tempo
Sempre iniciam orações adjetivas.
•O pronome relativo QUEM sempre possui como
antecedente uma pessoa ou coisas personificadas, vem
sempre antecedido de preposição e possui o significado de
"O QUAL"
Ex.: "Aquela menina de quem lhe falei viajou para Paris."
Antecedente: menina
Pronome relativo antecedido de preposição: de quem
•Os pronomes relativos CUJO, CUJA sempre precedem
a um substantivo sem artigo e possuem o significado "DO
QUAL" "DA QUAL"
Ex.: "O livro cujo autor não me recordo."
•Os pronomes relativos QUANTO(s) e QUANTA(s)
aparecem geralmente precedidos dos pronomes indefinidos
tudo, tanto(s), tanta(s), todos, todas.
Ex.: "Você é tudo quanto queria na vida."
•O pronome relativo ONDE tem sempre como antecedente
palavra que indica lugar.
Ex.: "A casa onde moro é muito espaçosa."
•O pronome relativo QUE admite diversos tipos de
antecedentes: nome de uma coisa ou pessoa, o pronome
demonstrativo ou outro pronome.
Ex.: "Quero agora aquilo que ele me prometeu."
•Os pronomes relativos, na maioria das vezes, funcionam
como conectivos, permitindo-nos unir duas orações em um
só período.
Ex.:A mulher parece interessada. A mulher comprou o livro.
( A mulher que parece interessada comprou o livro.)
- PRONOMES DEMONSTRATIVOS -
19/11/11 26
proximidade 2 elementos tempo citação
este, esta,
isto
Se estiver
próximo
Perto do
falante
Presente Refere-se a
algo ainda
não citado
esse,
essa, isso
Perto do
ouvinte
Refere-se a
algo já
citado
aquele,
aquela,
aquilo
Se estiver
distante
Longe dos
dois
Passado
Pronomes Indefinidos
São pronomes que acompanham o substantivo, mas não
o determinam de forma precisa.
São eles: alguém, ninguém, tudo, nada, algo,
cada, outrem, mais, menos, demais, algum,
alguns, alguma, algumas, nenhum, nenhuns,
nenhuma, nenhumas, todo, todos, toda, todas,
muito, muitos, muita, muitas, bastante, bastantes,
pouco, poucos, pouca, poucas, certo, certos,
certa, certas, tanto, tantos, tanta, tantas, quanto,
quantos, quanta, quantas, um, uns, uma, umas,
qualquer, quaisquer além das locuções
pronominais indefinidas cada um, cada qual,
quem quer que, todo aquele que, tudo o mais...
Pronomes interrogativos
Os pronomes interrogativos levam o verbo à 3ª pessoa e
são usados em frases interrogativas diretas ou indiretas.
Não existem pronomes exclusivamente interrogativos e sim
que desempenham função de pronomes interrogativos,
como por exemplo: QUE, QUANTOS, QUEM, QUAL, etc.
Ex.: "Quantos livros teremos que comprar?"
"Ele perguntou quantos livros teriam que comprar."
"Qual foi o motivo do seu atraso?"
Curiosidades:
Uso de alguns pronomes indefinidos:
Algum
a)quando anteposto ao substantivo da idéia de afirmação
"Algum dinheiro terá sido deixado por ela."
b)quando posposto ao substantivo dá idéia de negação
"Dinheiro algum terá sido deixado por ela."
Obs.: O uso desse pronome indefinido antes ou depois do verbo
está ligado à intenção do enunciador.
Demais
Este pronome indefinido, muitas vezes, é confundido com o
advérbio "demais" ou com a locução adverbial "de mais".
Ex.:" Maria não criou nada de mais além de uma cópia do quadro
de outro artista." (locução adverbial)
"Maria esperou os demais." (pronome indefinido = os outros)
"Maria esperou demais." (advérbio de intensidade)
Continuação das Curiosidades:
Todo
É usado como pronome indefinido e também como advérbio,
no sentido de completamente, mas possuindo flexão de
gênero e número, o que é raro em um advérbio.
Ex.: "Percorri todo trajeto." (pronome indefinido)
"Por causa da chuva, a roupa estava toda molhada."
(advérbio)
Cada
Possui valor distributivo e significa todo, qualquer dentre certo
número de pessoas ou de coisas.
Ex.: "Cada homem tem a mulher que merece."
Este pronome indefinido não pode anteceder substantivo que
esteja em plural (cada férias), a não ser que o substantivo
venha antecedido de numeral (cada duas férias).
Pode, às vezes, ter valor intensificador : "Mário diz cada
coisa idiota!"
VERBO
Verbo são os termos da oração que exprimem
ação, estado ou fenômenos da natureza
dialogar, ser, estar, chover, etc.
19/11/11 23
CONJUNÇÃO
ADITIVAS e; nem;
também;não só
... mas também;
etc.
Ana estuda biologia e toma suco de
laranja
ADVERSATIVAS mas; porém;
contudo;
todavia;
entretanto; no
entanto; etc.
A equipe jogou bem, mas perdeu a
partida.
EXPLICATIVAS porque; pois; etc. Rui foi aprovado, porque estudou
muito.
CONCLUSIVAS portanto; por
isso; logo;
etc.
Rui estudou muito, portanto foi
aprovado com facilidade.
ALTERNATIVA ou ... ou; ora ... Ou Nei entrega as provas do crime, ou
19/11/11 24
Nexo, conetivo ou articulador (elementos que ligam orações)
Nexos COORDENADOS
19/11/11 25
CONSECUTIVA tão ... que; etc. Ele é tão inteligente que surpreendeu a
todos.
COMPARATIVA mais ... que;
menos ... que;
tanto ...
quanto; etc.
João é mais inteligente que o irmão.
PROPORCIONAL à medida que; etc. O jogo foi ficando nervoso à medida
que se aproximava do final.
TEMPORAL quando; mal;
só; enquanto;
etc.
Ana descobrirá tudo quando chegar
em casa.
FINAL para; a fim de;
com a
finalidade; etc.
Tu irás à praia para descansar?
Nexos SUBORDINADOS
INTEGRANTE que; se Eu sei que minha equipe venceu.
Perguntamos se Rui estava em casa.
CAUSAL porque; já
que; que;
etc.
Estudas que serás recompensado.
CONCESSIVA embora; apesar
de; ainda que;
etc.
Ela foi à festa apesar de estar muito
triste.
CONFORMATIVA conforme;
consoante;
etc.
Fizemos o trabalho conforme o
professor determinou.
CONDICIONAL se; caso;
desde que;
etc.
Compraremos a casa se sair o
financiamento.
19/11/11
26
continuação
Nexos SUBORDINADOS
NUMERAL
19/11/11 27
Ordinal
Primeiro, segundo, terceiro, quarto, etc.
Cardinal
Um, dois, três, quatro, cinco, etc.
de alegria ah! oba! opa!
de espanto chi! ah! ué!
de invocação alô! ó! ô! psiu!
de dor ui! ai!
19/11/11 28
INTERJEIÇÃO
São expressões que denotam sentimentos.
Alguns exemplos:
Vamos testar se aprendemos...
19/11/11 37
1. Retire da frase o que se pede entre parênteses e, com a palavra ou
palavras retiradas, forme frases.
a)Não somos donos da verdade. (advérbio)
b)Pô, pelo menos um veterano perde a bola e reconhece sua falha!
(conjunção)
c)Vamos ver se bate com a minha. (pronome)
d)E a terceira corrente, qual é? (numeral)
e) Como vocês, nós também temos nosso ponto de vista, muitas vezes
divergente do seu e eu cheguei a uma conclusão. (adjetivo)
f)Há três correntes neste mundo redondo. (verbo - numeral - adjetivo)
g)Tome nota, primeira corrente a dos conservadores. (três substantivos)
h)É de todos aqueles que usam viseira. (pronome indefinido - pronome
demonstrativo
- pronome relativo)
i)Isso também é preconceito. (pronome demonstrativo)
j) Outras vezes acontece como aconteceu com minha panela de pressão.
(pronome indefinido - preposição)
Vamos testar se aprendemos...
19/11/11 38
2. Complete as frases de acordo com o indicado.
a)Até mesmo o rei (verbo errar, pretérito imperfeito do
indicativo)
b)Ela reconheceu falha. (pronome possessivo)
c) Nem preciso abrir boca. (artigo definido)
d)Meus amigos pensam mim. (preposição)
e)Ouvi os conselhos da vovó, não concordei.
(conjunção)
f) sou jovem. (pronome pessoal do caso reto, 1ª pessoa do singular)
g) conselhos não devem ser desprezados. (adjetivo)
h)Nem se emendam na vida. (pronome indefinido)
i) _ ! Isso é caretice. (interjeição)
3. Forme frases, colocando as palavras na
ordem pedida, conforme as classes
gramaticais.
19/11/11 39
a) pensativa, ficou, ela (pronome - verbo - adjetivo)
b)conversa, gente, a, depois (advérbio - artigo -
substantivo - verbo)
c)coragem, de, conscientemente, aquário, sair, tenho,
do? (verbo - substantivo - preposição - verbo -
advérbio - preposição + artigo - substantivo)
 4) Sublinhe os substantivos que aparecem nas
orações abaixo e em seguida forme frases.
a) As pessoas estavam muito contentes na festa.
b) Todas as crianças parecem satisfeitas com o
lanche.
c) A bicicleta de Paulo está com o pneu furado.
d) O garoto não entrou no teatro, porque esqueceu
os bilhetes.
e) O cachorro quase me mordeu.
5) Sublinhe os adjetivos presentes nas
frases a seguir:
A) O sapo verde deu um pulo engraçado.
B) No meu pequeno jardim florescem
violetas perfumadas.
C) A viagem a Ouro Preto foi instrutiva.
D) Quantos meninos eu vi, com roupas
rasgadas e sapatos gastos!
E) Os belos e cantadores bem-te-vis
acordam-me pela manhã.
6) Classifique o pronome destacado nas frases abaixo:
A) Este animal não vai participar da exposição.
__________________________________________
B) Vários atletas já chegaram.
_______________________________________________________
C) Quantos ainda não votaram?
______________________________________________________
D)Há poucos erros na redação.
______________________________________________________
E) Ela sempre gostou de ler.
______________________________________________________
F) Nosso povo está despertando.
______________________________________________________
7) Complete com a preposição adequada:
A) Saí __________ meus pais.
B) Estamos __________ luz há alguns minutos.
C) Minha família morou __________ Pernambuco
vários anos.
D) Minha mãe gostava __________ conversar
__________ arte.
E) __________ o juiz, ele não abriu a boca.
F) Estarei __________ Curitiba na próxima quinta-feira.
G) Deteve-se um instante ___________ observar o
movimento ___________ pedestres.
8) Identifique e classifique os advérbios conforme o modelo.
Luiza e Marcos viajaram bastante pelo mundo.
bastante: advérbio de intensidade
A) Não engoli coisa nenhuma.
_____________________________________________________________________
B) Convoquei imediatamente a família.
_____________________________________________________________________
C) Os pais de Amanda gostavam muito de viajar.
_____________________________________________________________________
D) A velhinha passava rapidamente pela fronteira.
_____________________________________________________________________
E) Os meninos hospedaram-se aqui.
_____________________________________________________________________
09)Grife as conjunções:
A) Saiu cedo, mas não voltou ainda.
B) Estava estudando, quando você me
telefonou.
C) Você reage ou será dominado pela doença.
D) Não compareceu à reunião nem justificou a
falta.
E) Não se afobe, pois dispomos de bastante
tempo.
F) Ele falava e eu ficava ouvindo.
G) Compre um jipe ou um caminhão.
H) Esperei-o até tarde, porém ele não veio.
Sublinhe a interjeição, relacionando-a às emoções do quadro abaixo:
alegria – aborrecimento – saudação – advertência – admiração
A) Nossa! Como ela samba! ____________________________
B) Cuidado! Trecho sem acostamento! _______________________
C) Olá! Como passou a noite? ______________________________
D) Oba, as férias estão aí! ________________________________
E) Xi! Esse cara aqui de novo.
_______________________________________________________

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Colocação pronominal
Colocação pronominalColocação pronominal
Colocação pronominalCrisBiagio
 
Figuras de linguagem resumo
Figuras de linguagem resumoFiguras de linguagem resumo
Figuras de linguagem resumoElaine Blogger
 
COESÃO E COERÊNCIA - 8 ANO - VR.pdf
COESÃO E COERÊNCIA - 8 ANO - VR.pdfCOESÃO E COERÊNCIA - 8 ANO - VR.pdf
COESÃO E COERÊNCIA - 8 ANO - VR.pdfJosVeniciusRamosdaSi
 
Regência nominal e verbal
Regência nominal e verbalRegência nominal e verbal
Regência nominal e verbalSadrak Silva
 
Português - Termos Essenciais da Oração - Sujeito e Predicado - CentroApoio.c...
Português - Termos Essenciais da Oração - Sujeito e Predicado - CentroApoio.c...Português - Termos Essenciais da Oração - Sujeito e Predicado - CentroApoio.c...
Português - Termos Essenciais da Oração - Sujeito e Predicado - CentroApoio.c...Vídeo Aulas Apoio
 
Figuras de construção
Figuras de construçãoFiguras de construção
Figuras de construçãoRita Cunha
 
Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.Keu Oliveira
 
Concordância verbal simples e composto - ppt
Concordância verbal   simples e composto - pptConcordância verbal   simples e composto - ppt
Concordância verbal simples e composto - pptVilmar Vilaça
 
Verbos classificacao
Verbos classificacaoVerbos classificacao
Verbos classificacaowhybells
 
Estrutura e formação das palavras
Estrutura e formação das palavrasEstrutura e formação das palavras
Estrutura e formação das palavrasKeu Oliveira
 
Funções do pronome relativo
Funções do pronome relativoFunções do pronome relativo
Funções do pronome relativoespacoaberto
 

Mais procurados (20)

Orações subordinadas substantivas
Orações subordinadas substantivasOrações subordinadas substantivas
Orações subordinadas substantivas
 
Colocação pronominal
Colocação pronominalColocação pronominal
Colocação pronominal
 
Figuras de linguagem resumo
Figuras de linguagem resumoFiguras de linguagem resumo
Figuras de linguagem resumo
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
 
COESÃO E COERÊNCIA - 8 ANO - VR.pdf
COESÃO E COERÊNCIA - 8 ANO - VR.pdfCOESÃO E COERÊNCIA - 8 ANO - VR.pdf
COESÃO E COERÊNCIA - 8 ANO - VR.pdf
 
Adjunto Adnominal
Adjunto AdnominalAdjunto Adnominal
Adjunto Adnominal
 
Regência nominal e verbal
Regência nominal e verbalRegência nominal e verbal
Regência nominal e verbal
 
Português - Termos Essenciais da Oração - Sujeito e Predicado - CentroApoio.c...
Português - Termos Essenciais da Oração - Sujeito e Predicado - CentroApoio.c...Português - Termos Essenciais da Oração - Sujeito e Predicado - CentroApoio.c...
Português - Termos Essenciais da Oração - Sujeito e Predicado - CentroApoio.c...
 
Adjunto adverbial
Adjunto adverbialAdjunto adverbial
Adjunto adverbial
 
Figuras de construção
Figuras de construçãoFiguras de construção
Figuras de construção
 
Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.
 
Classes de palavras
Classes de palavrasClasses de palavras
Classes de palavras
 
Substantivo 6
Substantivo 6Substantivo 6
Substantivo 6
 
Concordância verbal simples e composto - ppt
Concordância verbal   simples e composto - pptConcordância verbal   simples e composto - ppt
Concordância verbal simples e composto - ppt
 
Tipos de predicado
Tipos de predicadoTipos de predicado
Tipos de predicado
 
Verbos classificacao
Verbos classificacaoVerbos classificacao
Verbos classificacao
 
Sujeito. Predicado
Sujeito. PredicadoSujeito. Predicado
Sujeito. Predicado
 
Estrutura e formação das palavras
Estrutura e formação das palavrasEstrutura e formação das palavras
Estrutura e formação das palavras
 
Funções do pronome relativo
Funções do pronome relativoFunções do pronome relativo
Funções do pronome relativo
 
Orações subordinadas
Orações subordinadasOrações subordinadas
Orações subordinadas
 

Semelhante a classes-gramaticais-111118200509-phpapp01.pptx

Conteúdo gramatical AS CLASSES GRAMATICAIS SLIDE SILVANA.pptx
Conteúdo gramatical AS CLASSES GRAMATICAIS SLIDE SILVANA.pptxConteúdo gramatical AS CLASSES GRAMATICAIS SLIDE SILVANA.pptx
Conteúdo gramatical AS CLASSES GRAMATICAIS SLIDE SILVANA.pptxssuser3646a1
 
classes-gramaticais-111118200509-phpapp01.pdf
classes-gramaticais-111118200509-phpapp01.pdfclasses-gramaticais-111118200509-phpapp01.pdf
classes-gramaticais-111118200509-phpapp01.pdfSil Queiroz
 
Classes Gramaticais
Classes GramaticaisClasses Gramaticais
Classes Gramaticaisguest7174ad
 
Colocação pronominal e pronomes.ppt
Colocação pronominal e pronomes.pptColocação pronominal e pronomes.ppt
Colocação pronominal e pronomes.pptSecretariaMundeEduca
 
Slide port.
Slide   port.Slide   port.
Slide port.cepmaio
 
Slide port.
Slide   port.Slide   port.
Slide port.cepmaio
 
Slide port.
Slide   port.Slide   port.
Slide port.cepmaio
 
Gramática de inglês técnico
Gramática de inglês técnicoGramática de inglês técnico
Gramática de inglês técnicorccombos
 
Concordância com verbos de particular interesse verbo ser
Concordância com verbos de particular interesse  verbo serConcordância com verbos de particular interesse  verbo ser
Concordância com verbos de particular interesse verbo serMarcos Venícius
 

Semelhante a classes-gramaticais-111118200509-phpapp01.pptx (20)

Classes gramaticais
Classes gramaticaisClasses gramaticais
Classes gramaticais
 
Conteúdo gramatical AS CLASSES GRAMATICAIS SLIDE SILVANA.pptx
Conteúdo gramatical AS CLASSES GRAMATICAIS SLIDE SILVANA.pptxConteúdo gramatical AS CLASSES GRAMATICAIS SLIDE SILVANA.pptx
Conteúdo gramatical AS CLASSES GRAMATICAIS SLIDE SILVANA.pptx
 
classes-gramaticais-111118200509-phpapp01.pdf
classes-gramaticais-111118200509-phpapp01.pdfclasses-gramaticais-111118200509-phpapp01.pdf
classes-gramaticais-111118200509-phpapp01.pdf
 
Classes gramaticais
Classes gramaticaisClasses gramaticais
Classes gramaticais
 
Classes gramaticais
Classes gramaticaisClasses gramaticais
Classes gramaticais
 
Classes Gramaticais
Classes GramaticaisClasses Gramaticais
Classes Gramaticais
 
Classes Gramaticais
Classes GramaticaisClasses Gramaticais
Classes Gramaticais
 
Classe gramatical 2014
Classe gramatical 2014Classe gramatical 2014
Classe gramatical 2014
 
Pronome.pdf
Pronome.pdfPronome.pdf
Pronome.pdf
 
Colocação pronominal e pronomes.ppt
Colocação pronominal e pronomes.pptColocação pronominal e pronomes.ppt
Colocação pronominal e pronomes.ppt
 
Colocação Pronominal
Colocação PronominalColocação Pronominal
Colocação Pronominal
 
Slide port.
Slide   port.Slide   port.
Slide port.
 
Slide port.
Slide   port.Slide   port.
Slide port.
 
Slide port.
Slide   port.Slide   port.
Slide port.
 
COLOCAÇÃO PRONOMINAL.pptx
COLOCAÇÃO PRONOMINAL.pptxCOLOCAÇÃO PRONOMINAL.pptx
COLOCAÇÃO PRONOMINAL.pptx
 
Gramática de inglês técnico
Gramática de inglês técnicoGramática de inglês técnico
Gramática de inglês técnico
 
Concordância (tudo)
Concordância (tudo)Concordância (tudo)
Concordância (tudo)
 
Classe dos determinantes
Classe dos determinantesClasse dos determinantes
Classe dos determinantes
 
Classes-de-palavras.pptx
Classes-de-palavras.pptxClasses-de-palavras.pptx
Classes-de-palavras.pptx
 
Concordância com verbos de particular interesse verbo ser
Concordância com verbos de particular interesse  verbo serConcordância com verbos de particular interesse  verbo ser
Concordância com verbos de particular interesse verbo ser
 

Último

As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 

Último (20)

As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 

classes-gramaticais-111118200509-phpapp01.pptx

  • 2. Existem 10 Classes Gramaticais Substantivo Pronomes Adjetivo Verbo Advérbio Conjunção Artigo Numeral Preposição Interjeição 19/11/11 2
  • 3. SUBSTANTIVO O substantivo pode ser: A Amanda tem olhos lindos. Eu descobri meu amor no azul do mar. Quem descobriu que o ouro foi roubado? ser “coisa” pronome sentimento cor “coisa” oração substantiva = “isso” 19/11/11 4
  • 4. Identifique os 12 substantivos 19/11/11 O vermelho do Inter impressiona os colorados. Tenho um amigo colorado que chora muito quando o Inter perde. Ele não tem chorado muito ultimamente. O esporte que deveria alegrar as vezes nos traz tristezas, mas com o cantar o belo hino do clube percebe-se que o amor é forte. 5
  • 5. Identifique os 12 substantivos 6 O vermelho1 do Inter2 impressiona os colorados3. Tenho um amigo4 colorado que chora muito quando o Inter5 perde. Ele6 não tem chorado muito ultimamente. O esporte7 que deveria alegrar as vezes nos traz tristezas8, mas com o cantar9 o belo hino10 do clube11 percebe-se que o amor é 19/11/11 forte .
  • 6. ADJETIVO 19/11/11 Qualifica, modifica ou determina um substantivo A Amanda tem olhos lindos. Eu descobri meu amor no azul do mar. A Mônika é como o sol que me ilumina. 6
  • 7. ADJETIVO 19/11/11 oração adjetiva O adjetivo pode ser: A Amanda tem olhos lindos. palavra Eu descobri meu amor no azul do mar. pronome locução adjetiva A Mônika é como o sol que me ilumina. 7
  • 8. Identifique os 5 adjetivos 19/11/11 8 O vermelho do Inter impressiona os colorados. Tenho um amigo colorado que chora muito quando o Inter perde. Ele não tem chorado muito ultimamente. O esporte que deveria alegrar as vezes nos traz tristezas, mas com o cantar o belo hino do clube percebe-se que o amor é forte.
  • 9. Identifique os 5 adjetivos 19/11/11 9 O vermelho do Inter impressiona os colorados. Tenho um amigo colorado1 que chora muito2 quando o Inter perde. Ele não tem chorado muito ultimamente. O esporte que deveria alegrar3 as vezes nos traz tristezas, mas com o cantar o belo4 hino do clube5 percebe-se que o amor é forte6.
  • 10. ADVÉRBIO 19/11/11 11 Qualifica ou modifica um verbo, advérbio, adjetivo A Daniele trabalha muito. A Daniele trabalha muito bem. A minha família é muito feliz. Eu fiqueifeliz quando descobri o amor.
  • 11. Advérbios e locuções adverbiais Circunstâncias expressas Aqui, ali, acolá, lá, além, atrás, detrás, através, longe, onde, perto, dentro, fora, junto, acima, abaixo, adiante, defronte; por dentro, por fora, em cima, embaixo, por cima, por baixo, por perto, à direita, à esquerda, ao lado, etc. Lugar Hoje, ontem, anteontem, amanhã, sempre, nunca, jamais, brevemente, outrora, então, aí, quando, tarde, antes, depois, ora, já, logo; depois de amanhã, em breve, à tarde, à noite, de manhã, de repente, de vez em quando, hoje em dia, de madrugada, etc. Tempo Bem, mal, assim, depressa, devagar, rápido e quase todos os advérbios formados pelo acréscimo do sufixo – mente: lentamente, rapidamente, velozmente, tranquilamente, facilmente, alegremente; de muito, de pouco, de todo, etc. Modo
  • 12. Advérbios e locuções adverbiais Circunstâncias expressas Muito, pouco, bastante, meio, quase, mais, ainda, assaz, bem, mal, apenas, tão, tanto, quanto, de muito, de pouco, de todo, etc. Intensidade Sim, efetivamente, certamente, seguramente, realmente; com certeza, sem dúvida, por certo, etc. Afirmação Não, absolutamente, nem, de modo algum, de jeito nenhum, tampouco, etc. Negação Talvez, quiçá, acaso, porventura, por certo, quem sabe, provavelmente, possivelmente, eventualmente, quem sabe, etc. Dúvida Língua Portuguesa, 1º Ano do Ensino Médio O advérbio e a construção de sentido no texto
  • 13. Identifique os advérbios: 5 19/11/11 13 O vermelho do Inter impressiona os colorados. Tenho um amigo colorado que chora muito quando o Inter perde. Ele não tem chorado muito ultimamente. O esporte que deveria alegrar as vezes nos traz tristezas, mas com o cantar o belo hino do clube percebe-se que o amor é forte.
  • 14. Identifique os advérbios: 5 19/11/11 14 O vermelho do Inter impressiona os colorados. Tenho um amigo colorado que chora muito1 quando o Inter perde2. Ele não tem chorado muito3 ultimamente4. O esporte que deveria alegrar as vezes5 nos traz tristezas, mas com o cantar o belo hino do clube percebe-se que o amor é forte.
  • 15. ARTIGO Qualifica ou determina um substantivo Artigo definido a, as, o, os Artigo indefinido um, uns, uma, umas A Daniele trabalha no centro. Combinação da preposição em + artigo o Uma vida boa é a vida do turista. Combinação da preposição de + artigo o 19/11/11 14
  • 16. PREPOSIÇÃO 19/11/11 Prepara uma estrutura que completa ou assessora uma determinada passagem do texto. a, ante,após, até, com, contra, de, desde, em, entre, para, perante, por, sem, sobre, sob, trás Única preposição que pode estar ao lado da preposição a. Na linguagem coloquial é usado com valor de contra. 15
  • 17. PRONOME 19/11/11 17 Pessoais Relativos Demonstrativos Possessivos Indefinidos Interrogativos São estruturas que substituem ou determinam nomes.
  • 18. Pronomes Pessoais São aqueles que substituem os nomes e representam as pessoas do discurso: 1ª pessoa - a pessoa que fala - EU/NÓS 2ª pessoa - a pessoa com que se fala – TU//VÓS 3ª pessoa - a pessoa de quem se fala - ELE/ELA/ELES/ELAS Pronomes pessoais retos : são os que têm por função principal representar o sujeito ou predicativo. Pronomes pessoais oblíquos: são os que podem exercer função de complemento. Átonos: me, te, se, o, a, lhe, nos, vos, se, os, as, lhes. Tônicos: mim, comigo, ti, contigo, si, ele, consigo, nós, conosco, vós, convosco, si, eles, consigo.
  • 19. Pronomes oblíquos Associação de pronomes a verbos: Os pronomes oblíquos o, a, os, as, quando associados a verbos terminados em -r, -s, -z, assumem as formas lo, la, los, las, caindo as consoantes. Ex.: Carlos quer convencer seu amigo a fazer uma viagem. Carlos quer convencê-lo a fazer uma viagem. Quando associados a verbos terminados em ditongo nasal (-am, -em, -ão, -õe), assumem as formas no, na, nos, nas. Ex.: Fizeram um relatório. Fizeram-no.
  • 20. Os pronomes oblíquos podem ser reflexivos e quando isso ocorre se referem ao sujeito da oração. Ex.: Maria olhou-se no espelho Eu não consegui controlar-me diante do público. Antes do infinitivo precedido de preposição, o pronome usado deverá ser o reto, pois será sujeito do verbo no infinitivo Ex.:O professor trouxe o livro para mim.(pronome oblíquo, pois é um complemento) O professor trouxer o livro para eu ler.(pronome reto, pois é sujeito)
  • 21. Pronomes de tratamento São aqueles que substituem a terceira pessoa gramatical. Alguns são usados em tratamento cerimonioso e outros em situações de intimidade. Conheça alguns: você (v.) : tratamento familiar senhor (Sr.), senhora (Srª.) : tratamento de respeito senhorita (Srta.) : moças solteiras Vossa Senhoria (V.Sª.) : para pessoa de cerimônia Vossa Excelência (V.Exª.) : para altas autoridades Vossa Reverendíssima (V. Revmª.) : para sacerdotes Vossa Eminência (V.Emª.) : para cardeais Vossa Santidade (V.S.) : para o Papa Vossa Majestade (V.M.) : para reis e rainhas Vossa Majestade Imperial (V.M.I.) : para imperadores Vossa Alteza (V.A.) : para príncipes, princesas e duques
  • 22. Pronomes Possessivos São aqueles que indicam idéia de posse. Além de indicar a coisa possuída, indicam a pessoa gramatical possuidora. As principais palavras que podem funcionar como pronomes possessivos: Masculino: Singular: meu, teu, seu, nosso, vosso, seu. Plural: meus, teus, seus, nossos, vossos, seus. Feminino: Singular: minha tua, sua, nossa, vossa, sua. Plural: minhas, tuas, suas, nossas, vossas, suas. Atenção: Existem palavras que eventualmente funcionam como pronomes possessivos. Ex.: Ele afagou-lhe (= seus)
  • 23. - PRONOMES RELATIVOS - 19/11/11 23 QUE Uso mais geral QUEM Indicado para pessoas QUAL É o único que carrega o artigo do referente ONDE Indicado apenas para lugar físico CUJO Liga posse a possuidor QUANDO Indicado para dar idéia de tempo Sempre iniciam orações adjetivas.
  • 24. •O pronome relativo QUEM sempre possui como antecedente uma pessoa ou coisas personificadas, vem sempre antecedido de preposição e possui o significado de "O QUAL" Ex.: "Aquela menina de quem lhe falei viajou para Paris." Antecedente: menina Pronome relativo antecedido de preposição: de quem •Os pronomes relativos CUJO, CUJA sempre precedem a um substantivo sem artigo e possuem o significado "DO QUAL" "DA QUAL" Ex.: "O livro cujo autor não me recordo." •Os pronomes relativos QUANTO(s) e QUANTA(s) aparecem geralmente precedidos dos pronomes indefinidos tudo, tanto(s), tanta(s), todos, todas. Ex.: "Você é tudo quanto queria na vida."
  • 25. •O pronome relativo ONDE tem sempre como antecedente palavra que indica lugar. Ex.: "A casa onde moro é muito espaçosa." •O pronome relativo QUE admite diversos tipos de antecedentes: nome de uma coisa ou pessoa, o pronome demonstrativo ou outro pronome. Ex.: "Quero agora aquilo que ele me prometeu." •Os pronomes relativos, na maioria das vezes, funcionam como conectivos, permitindo-nos unir duas orações em um só período. Ex.:A mulher parece interessada. A mulher comprou o livro. ( A mulher que parece interessada comprou o livro.)
  • 26. - PRONOMES DEMONSTRATIVOS - 19/11/11 26 proximidade 2 elementos tempo citação este, esta, isto Se estiver próximo Perto do falante Presente Refere-se a algo ainda não citado esse, essa, isso Perto do ouvinte Refere-se a algo já citado aquele, aquela, aquilo Se estiver distante Longe dos dois Passado
  • 27. Pronomes Indefinidos São pronomes que acompanham o substantivo, mas não o determinam de forma precisa. São eles: alguém, ninguém, tudo, nada, algo, cada, outrem, mais, menos, demais, algum, alguns, alguma, algumas, nenhum, nenhuns, nenhuma, nenhumas, todo, todos, toda, todas, muito, muitos, muita, muitas, bastante, bastantes, pouco, poucos, pouca, poucas, certo, certos, certa, certas, tanto, tantos, tanta, tantas, quanto, quantos, quanta, quantas, um, uns, uma, umas, qualquer, quaisquer além das locuções pronominais indefinidas cada um, cada qual, quem quer que, todo aquele que, tudo o mais...
  • 28. Pronomes interrogativos Os pronomes interrogativos levam o verbo à 3ª pessoa e são usados em frases interrogativas diretas ou indiretas. Não existem pronomes exclusivamente interrogativos e sim que desempenham função de pronomes interrogativos, como por exemplo: QUE, QUANTOS, QUEM, QUAL, etc. Ex.: "Quantos livros teremos que comprar?" "Ele perguntou quantos livros teriam que comprar." "Qual foi o motivo do seu atraso?"
  • 29. Curiosidades: Uso de alguns pronomes indefinidos: Algum a)quando anteposto ao substantivo da idéia de afirmação "Algum dinheiro terá sido deixado por ela." b)quando posposto ao substantivo dá idéia de negação "Dinheiro algum terá sido deixado por ela." Obs.: O uso desse pronome indefinido antes ou depois do verbo está ligado à intenção do enunciador. Demais Este pronome indefinido, muitas vezes, é confundido com o advérbio "demais" ou com a locução adverbial "de mais". Ex.:" Maria não criou nada de mais além de uma cópia do quadro de outro artista." (locução adverbial) "Maria esperou os demais." (pronome indefinido = os outros) "Maria esperou demais." (advérbio de intensidade)
  • 30. Continuação das Curiosidades: Todo É usado como pronome indefinido e também como advérbio, no sentido de completamente, mas possuindo flexão de gênero e número, o que é raro em um advérbio. Ex.: "Percorri todo trajeto." (pronome indefinido) "Por causa da chuva, a roupa estava toda molhada." (advérbio) Cada Possui valor distributivo e significa todo, qualquer dentre certo número de pessoas ou de coisas. Ex.: "Cada homem tem a mulher que merece." Este pronome indefinido não pode anteceder substantivo que esteja em plural (cada férias), a não ser que o substantivo venha antecedido de numeral (cada duas férias). Pode, às vezes, ter valor intensificador : "Mário diz cada coisa idiota!"
  • 31. VERBO Verbo são os termos da oração que exprimem ação, estado ou fenômenos da natureza dialogar, ser, estar, chover, etc. 19/11/11 23
  • 32. CONJUNÇÃO ADITIVAS e; nem; também;não só ... mas também; etc. Ana estuda biologia e toma suco de laranja ADVERSATIVAS mas; porém; contudo; todavia; entretanto; no entanto; etc. A equipe jogou bem, mas perdeu a partida. EXPLICATIVAS porque; pois; etc. Rui foi aprovado, porque estudou muito. CONCLUSIVAS portanto; por isso; logo; etc. Rui estudou muito, portanto foi aprovado com facilidade. ALTERNATIVA ou ... ou; ora ... Ou Nei entrega as provas do crime, ou 19/11/11 24 Nexo, conetivo ou articulador (elementos que ligam orações) Nexos COORDENADOS
  • 33. 19/11/11 25 CONSECUTIVA tão ... que; etc. Ele é tão inteligente que surpreendeu a todos. COMPARATIVA mais ... que; menos ... que; tanto ... quanto; etc. João é mais inteligente que o irmão. PROPORCIONAL à medida que; etc. O jogo foi ficando nervoso à medida que se aproximava do final. TEMPORAL quando; mal; só; enquanto; etc. Ana descobrirá tudo quando chegar em casa. FINAL para; a fim de; com a finalidade; etc. Tu irás à praia para descansar? Nexos SUBORDINADOS
  • 34. INTEGRANTE que; se Eu sei que minha equipe venceu. Perguntamos se Rui estava em casa. CAUSAL porque; já que; que; etc. Estudas que serás recompensado. CONCESSIVA embora; apesar de; ainda que; etc. Ela foi à festa apesar de estar muito triste. CONFORMATIVA conforme; consoante; etc. Fizemos o trabalho conforme o professor determinou. CONDICIONAL se; caso; desde que; etc. Compraremos a casa se sair o financiamento. 19/11/11 26 continuação Nexos SUBORDINADOS
  • 35. NUMERAL 19/11/11 27 Ordinal Primeiro, segundo, terceiro, quarto, etc. Cardinal Um, dois, três, quatro, cinco, etc.
  • 36. de alegria ah! oba! opa! de espanto chi! ah! ué! de invocação alô! ó! ô! psiu! de dor ui! ai! 19/11/11 28 INTERJEIÇÃO São expressões que denotam sentimentos. Alguns exemplos:
  • 37. Vamos testar se aprendemos... 19/11/11 37 1. Retire da frase o que se pede entre parênteses e, com a palavra ou palavras retiradas, forme frases. a)Não somos donos da verdade. (advérbio) b)Pô, pelo menos um veterano perde a bola e reconhece sua falha! (conjunção) c)Vamos ver se bate com a minha. (pronome) d)E a terceira corrente, qual é? (numeral) e) Como vocês, nós também temos nosso ponto de vista, muitas vezes divergente do seu e eu cheguei a uma conclusão. (adjetivo) f)Há três correntes neste mundo redondo. (verbo - numeral - adjetivo) g)Tome nota, primeira corrente a dos conservadores. (três substantivos) h)É de todos aqueles que usam viseira. (pronome indefinido - pronome demonstrativo - pronome relativo) i)Isso também é preconceito. (pronome demonstrativo) j) Outras vezes acontece como aconteceu com minha panela de pressão. (pronome indefinido - preposição)
  • 38. Vamos testar se aprendemos... 19/11/11 38 2. Complete as frases de acordo com o indicado. a)Até mesmo o rei (verbo errar, pretérito imperfeito do indicativo) b)Ela reconheceu falha. (pronome possessivo) c) Nem preciso abrir boca. (artigo definido) d)Meus amigos pensam mim. (preposição) e)Ouvi os conselhos da vovó, não concordei. (conjunção) f) sou jovem. (pronome pessoal do caso reto, 1ª pessoa do singular) g) conselhos não devem ser desprezados. (adjetivo) h)Nem se emendam na vida. (pronome indefinido) i) _ ! Isso é caretice. (interjeição)
  • 39. 3. Forme frases, colocando as palavras na ordem pedida, conforme as classes gramaticais. 19/11/11 39 a) pensativa, ficou, ela (pronome - verbo - adjetivo) b)conversa, gente, a, depois (advérbio - artigo - substantivo - verbo) c)coragem, de, conscientemente, aquário, sair, tenho, do? (verbo - substantivo - preposição - verbo - advérbio - preposição + artigo - substantivo)
  • 40.  4) Sublinhe os substantivos que aparecem nas orações abaixo e em seguida forme frases. a) As pessoas estavam muito contentes na festa. b) Todas as crianças parecem satisfeitas com o lanche. c) A bicicleta de Paulo está com o pneu furado. d) O garoto não entrou no teatro, porque esqueceu os bilhetes. e) O cachorro quase me mordeu.
  • 41. 5) Sublinhe os adjetivos presentes nas frases a seguir: A) O sapo verde deu um pulo engraçado. B) No meu pequeno jardim florescem violetas perfumadas. C) A viagem a Ouro Preto foi instrutiva. D) Quantos meninos eu vi, com roupas rasgadas e sapatos gastos! E) Os belos e cantadores bem-te-vis acordam-me pela manhã.
  • 42. 6) Classifique o pronome destacado nas frases abaixo: A) Este animal não vai participar da exposição. __________________________________________ B) Vários atletas já chegaram. _______________________________________________________ C) Quantos ainda não votaram? ______________________________________________________ D)Há poucos erros na redação. ______________________________________________________ E) Ela sempre gostou de ler. ______________________________________________________ F) Nosso povo está despertando. ______________________________________________________
  • 43. 7) Complete com a preposição adequada: A) Saí __________ meus pais. B) Estamos __________ luz há alguns minutos. C) Minha família morou __________ Pernambuco vários anos. D) Minha mãe gostava __________ conversar __________ arte. E) __________ o juiz, ele não abriu a boca. F) Estarei __________ Curitiba na próxima quinta-feira. G) Deteve-se um instante ___________ observar o movimento ___________ pedestres.
  • 44. 8) Identifique e classifique os advérbios conforme o modelo. Luiza e Marcos viajaram bastante pelo mundo. bastante: advérbio de intensidade A) Não engoli coisa nenhuma. _____________________________________________________________________ B) Convoquei imediatamente a família. _____________________________________________________________________ C) Os pais de Amanda gostavam muito de viajar. _____________________________________________________________________ D) A velhinha passava rapidamente pela fronteira. _____________________________________________________________________ E) Os meninos hospedaram-se aqui. _____________________________________________________________________
  • 45. 09)Grife as conjunções: A) Saiu cedo, mas não voltou ainda. B) Estava estudando, quando você me telefonou. C) Você reage ou será dominado pela doença. D) Não compareceu à reunião nem justificou a falta. E) Não se afobe, pois dispomos de bastante tempo. F) Ele falava e eu ficava ouvindo. G) Compre um jipe ou um caminhão. H) Esperei-o até tarde, porém ele não veio.
  • 46. Sublinhe a interjeição, relacionando-a às emoções do quadro abaixo: alegria – aborrecimento – saudação – advertência – admiração A) Nossa! Como ela samba! ____________________________ B) Cuidado! Trecho sem acostamento! _______________________ C) Olá! Como passou a noite? ______________________________ D) Oba, as férias estão aí! ________________________________ E) Xi! Esse cara aqui de novo. _______________________________________________________