GERANDO RESULTADOS
COM VOCÊ
P
Emerson Alvarenga
Médico Veterinário
Coordenador de Gestão de Pessoas
Gestão de Pessoas e Equipes
Desafios em Gestão de Pessoas
• __________________________
• __________________________
• __________________________
• ___...
- Lado de fora da empresa...
- Lado de dentro da empresa...
As Pessoas são importantes?
Qual a importância das pessoas dentro do sucesso do seu negócio?
- O que seria das empresas sem as pessoas?
- Quanto tempo investimos nelas?
- Porque permanecem tão pouco tempo nas empres...
Empresas
A diferenciação das empresas está nos PROCESSOS.
A diferenciação dos processos está nas PESSOAS.
A diferenciação ...
Discurso x prática
- PESSOAS -
“Quanto mais se fala na importância, mais
elas se sentem descartáveis!”
Betania Tanure
O di...
Segundo a ONU, no ano de
2005 o Brasil tinha uma taxa
de urbanização de 84,2% e,
de acordo com algumas
projeções, até 2050...
Pesquisa com 2000 executivos brasileiros sobre os principais
problemas enfrentados na gestão das empresas
17% 15%
12% 11%
...
Sistema sem Paixão.
Paixão sem Sistema.
As organizações
empresariais fracassam
por um desses
motivos:
Necessidade de conhecimento
X
“É preciso rever a nossa
noção do uso do tempo.”
“Sermos bons sozinho é
diferente de sermos bons
em grupo”.
Por que tanta gente erra a resposta?
Como fazer diferente se a pessoa não conhece algo diferente?
Novos modelos…
Organização de
pessoas e atitudes
em direção a um
objetivo comun.
Empresas
Pessoas com atitude? Pessoas com comportamento?
Há diferença entre atitude e comportamento?
COMPORTAMENTO
- Cognitivo  intelectual / pensar
- Emocional  afetivo / sentir
- Comportamental  agir / ação
ATITUDE
Rel...
COMPORTAMENTO
É nossa ação, serviço ou tarefa que realizamos na prática.
• Aplicar um herbicida
• Ordenhar uma vaca
• Pree...
A Atitude tem 3 componentes:
- Intelectual (pensamentos certos ou errados)
- Emocional (sentimentos bons ou ruins)
- Compo...
COMUNICAÇÃO
comum + única + ação
Ação e única entre as pessoas
(verbal e não verbal).
“Comunicação é o que o outro
entende...
. O que falamos gera sentimentos!
As emoções interferem bastante na comunicação:
- Naquilo que falamos
- Naquilo que ouvim...
Quando é mais perigoso?
- Quando entendemos alguma coisa?
ou
- Quando não entendemos?
Ouvinte x Falante ?
Quem é o maior responsável pela
segurança e qualidade na comunicação?
Dica: só há uma pessoa.
- As pessoas são diferentes
- Os pensamentos
- Modelos Mentais
- Verificar se entendeu
- Verificar o que entendeu
- A qualidade na comunicação é muito mais uma questão de
responsabilidade do que de competência ou habilidade.
A B
B
B
B
B...
Liderança
Colocando em prática: modelos mentais, inteligência
emocional, comunicação e desenvolvimento interpessoal
HABILIDADES E COMPETÊNCIAS
PARA O MERCADO DO AGRONEGÓCIO
Procura-se
Pessimista
Vê Dificuldade na Oportunidade
Copo com a metade vazio
Otimista
Vê Oportunidade na Dificuldade
Copo com a metad...
Bibliografia:
AHLSTRAND, B., LAMPEL, J, MINTZBERG, H.; Safári de Estratégia: um roteiro pela selva do
planejamento estraté...
Bibliografia:
GOLEMAN, D.; Trabalhando com inteligência emocional. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001.
HUNTER, J. C.; O Monge ...
Proatividade x Reatividade
“A definição de insanidade consiste em fazer as
mesmas coisas, do mesmo jeito e esperar que os
resultados sejam diferentes...
(31) 3343 3800
www.rehagro.com.br
facebook.com/rehagro
Gestão de Pessoas e Equipes
Emerson Alvarenga
(31) 9963 6009
emerso...
Palestra Emerson Alvarenga
Palestra Emerson Alvarenga
Palestra Emerson Alvarenga
Palestra Emerson Alvarenga
Palestra Emerson Alvarenga
Palestra Emerson Alvarenga
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Palestra Emerson Alvarenga

525 visualizações

Publicada em

Teste

Publicada em: Meio ambiente
1 comentário
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
525
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
64
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
1
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • De que vamos conversar?
    De Pessoas, vamos falar de gente.
  • A cada dia ouvimos temas e debates sobre pessoas que trabalham nas empresas rurais. É crescente o numero de perguntas como: Quais os desafios da gestão de pessoas no agronegócio? Qual a importância das pessoas dentro do sucesso do nosso negócio? O que seria das empresas sem as pessoas? Quanto tempo é investido na capacitação das pessoas? Por que permanecem tão pouco tempo nas empresas? É fácil encontrarmos pessoas qualificadas?
    Comumente, em todas as regiões do Brasil, registramos relatos de queixas sobre mão de obra. Expressões no dia a dia do tipo:

  • Perguntas e comentários como estes merecem reflexões profundas sobre a maneira de conduzir a empresa. A evolução dos modelos de gestão dentro das fazendas, principalmente no que diz respeito aos recursos humanos, pode ser considerada um fator extremamente importante para um futuro promissor no agronegócio. Podemos afirmar que a relevância das pessoas para o sucesso do negócio é muito maior do que muitos possam imaginar e que a qualificação dessas pessoas deve ser o foco de todas as empresas / propriedades rurais que realmente almejam permanecer num mercado cada dia mais competitivo.
    Os processos e resultados dos diversos sistemas de produção são realizados por pessoas. Por mais tecnificada que seja a propriedade, sempre haverá uma pessoa na condução da atividade. São os recursos humanos, pessoas necessárias para fazer com que as coisas aconteçam. Elas são responsáveis por tarefas como alimentar os animais, manejar o gado, inseminar, plantar, colher, anotar, registrar, entre outras. As pessoas são fundamentais para a existência e sucesso da empresa. São elas que garantem a qualidade e excelência dos produtos e serviços. Então, as propriedades são constituídas de pessoas e dependem delas para atingir objetivos, superar metas e executar planos de ação. Por outro lado, as pessoas veem nas empresas o meio pelo qual podem alcançar vários objetivos pessoais e realizações.
    Outros questionamentos interessantes que podemos citar são o quanto pensamos em nossos comportamentos e atitudes com relação aos nossos colaboradores. Nós falamos quais são nossas expectativas em relação a eles? Nós perguntamos quais são suas expectativas em relação a nós e a fazenda?  Eles sabem o que poderemos atender ou não das expectativas deles?
    A necessidade de conhecimento que envolve aspectos do relacionamento humano é praticamente uma constante, independentemente do nível hierárquico na empresa. Assim, precisamos desenvolver e evoluir habilidades e competências para gestão de pessoas dentro do negócio. Então, entendemos que não somente os conceitos e conhecimentos técnicos são responsáveis para o sucesso do negócio e sustentabilidade. Precisamos é entender de gente.
  • A cada dia ouvimos temas e debates sobre pessoas que trabalham nas empresas rurais. É crescente o numero de perguntas como: Quais os desafios da gestão de pessoas no agronegócio? Qual a importância das pessoas dentro do sucesso do nosso negócio? O que seria das empresas sem as pessoas? Quanto tempo é investido na capacitação das pessoas? Por que permanecem tão pouco tempo nas empresas? É fácil encontrarmos pessoas qualificadas?
    Comumente, em todas as regiões do Brasil, registramos relatos de queixas sobre mão de obra. Expressões no dia a dia do tipo: “é difícil mexer com pessoas”, “mexer com roça até que é bom, o difícil são as pessoas”, “a única coisa que é ruim na minha fazenda é o povo”, “não tem gente querendo trabalhar” são comumente ouvidas. Estas reclamações devem nos fazer pensar o quanto precisamos urgentemente avaliar nossa maneira de lidar com pessoas, de melhorar nossa gestão dos recursos humanos na propriedade.
    Perguntas e comentários como estes merecem reflexões profundas sobre a maneira de conduzir a empresa. A evolução dos modelos de gestão dentro das fazendas, principalmente no que diz respeito aos recursos humanos, pode ser considerada um fator extremamente importante para um futuro promissor no agronegócio. Podemos afirmar que a relevância das pessoas para o sucesso do negócio é muito maior do que muitos possam imaginar e que a qualificação dessas pessoas deve ser o foco de todas as empresas / propriedades rurais que realmente almejam permanecer num mercado cada dia mais competitivo.
    Os processos e resultados dos diversos sistemas de produção são realizados por pessoas. Por mais tecnificada que seja a propriedade, sempre haverá uma pessoa na condução da atividade. São os recursos humanos, pessoas necessárias para fazer com que as coisas aconteçam. Elas são responsáveis por tarefas como alimentar os animais, manejar o gado, inseminar, plantar, colher, anotar, registrar, entre outras. As pessoas são fundamentais para a existência e sucesso da empresa. São elas que garantem a qualidade e excelência dos produtos e serviços. Então, as propriedades são constituídas de pessoas e dependem delas para atingir objetivos, superar metas e executar planos de ação. Por outro lado, as pessoas veem nas empresas o meio pelo qual podem alcançar vários objetivos pessoais e realizações.
    Outros questionamentos interessantes que podemos citar são o quanto pensamos em nossos comportamentos e atitudes com relação aos nossos colaboradores. Nós falamos quais são nossas expectativas em relação a eles? Nós perguntamos quais são suas expectativas em relação a nós e a fazenda?  Eles sabem o que poderemos atender ou não das expectativas deles?
    A necessidade de conhecimento que envolve aspectos do relacionamento humano é praticamente uma constante, independentemente do nível hierárquico na empresa. Assim, precisamos desenvolver e evoluir habilidades e competências para gestão de pessoas dentro do negócio. Então, entendemos que não somente os conceitos e conhecimentos técnicos são responsáveis para o sucesso do negócio e sustentabilidade. Precisamos é entender de gente.
  • A cada dia ouvimos temas e debates sobre pessoas que trabalham nas empresas rurais. É crescente o numero de perguntas como: Quais os desafios da gestão de pessoas no agronegócio? Qual a importância das pessoas dentro do sucesso do nosso negócio? O que seria das empresas sem as pessoas? Quanto tempo é investido na capacitação das pessoas? Por que permanecem tão pouco tempo nas empresas? É fácil encontrarmos pessoas qualificadas?
    Comumente, em todas as regiões do Brasil, registramos relatos de queixas sobre mão de obra. Expressões no dia a dia do tipo: “é difícil mexer com pessoas”, “mexer com roça até que é bom, o difícil são as pessoas”, “a única coisa que é ruim na minha fazenda é o povo”, “não tem gente querendo trabalhar” são comumente ouvidas. Estas reclamações devem nos fazer pensar o quanto precisamos urgentemente avaliar nossa maneira de lidar com pessoas, de melhorar nossa gestão dos recursos humanos na propriedade.
    Perguntas e comentários como estes merecem reflexões profundas sobre a maneira de conduzir a empresa. A evolução dos modelos de gestão dentro das fazendas, principalmente no que diz respeito aos recursos humanos, pode ser considerada um fator extremamente importante para um futuro promissor no agronegócio. Podemos afirmar que a relevância das pessoas para o sucesso do negócio é muito maior do que muitos possam imaginar e que a qualificação dessas pessoas deve ser o foco de todas as empresas / propriedades rurais que realmente almejam permanecer num mercado cada dia mais competitivo.
    Os processos e resultados dos diversos sistemas de produção são realizados por pessoas. Por mais tecnificada que seja a propriedade, sempre haverá uma pessoa na condução da atividade. São os recursos humanos, pessoas necessárias para fazer com que as coisas aconteçam. Elas são responsáveis por tarefas como alimentar os animais, manejar o gado, inseminar, plantar, colher, anotar, registrar, entre outras. As pessoas são fundamentais para a existência e sucesso da empresa. São elas que garantem a qualidade e excelência dos produtos e serviços. Então, as propriedades são constituídas de pessoas e dependem delas para atingir objetivos, superar metas e executar planos de ação. Por outro lado, as pessoas veem nas empresas o meio pelo qual podem alcançar vários objetivos pessoais e realizações.
    Outros questionamentos interessantes que podemos citar são o quanto pensamos em nossos comportamentos e atitudes com relação aos nossos colaboradores. Nós falamos quais são nossas expectativas em relação a eles? Nós perguntamos quais são suas expectativas em relação a nós e a fazenda?  Eles sabem o que poderemos atender ou não das expectativas deles?
    A necessidade de conhecimento que envolve aspectos do relacionamento humano é praticamente uma constante, independentemente do nível hierárquico na empresa. Assim, precisamos desenvolver e evoluir habilidades e competências para gestão de pessoas dentro do negócio. Então, entendemos que não somente os conceitos e conhecimentos técnicos são responsáveis para o sucesso do negócio e sustentabilidade. Precisamos é entender de gente.
  • Fornecedores – insumos => processos – produtos => mercado

    - Sua empresa é tão boa quanto são seus funcionários.
    - Seus funcionários são tão bons quanto o seu gerenciamento.

    - É necessário contratar pessoas com mente e coração.
  • O que nos espera?
  • Sistema com Paixão
  • Será que todos tem sempre o mesmo tempo? Quando vocês acharem que a aula está rápida demais, por favor, me falem. E quando vocês acharem que está devagar demais, cuidado: reveja o uso do tempo.

    Precisamos rever o uso do tempo. Para quem acha que estamos perdendo tempo, é preciso rever o uso do tempo.

    Pessoa eficiente X pessoa eficaz
    Rufião: quando vaca está no cio, sobe na vaca, mas não consegue copular. Ele tem o raciocínio certo, mas não faz da forma certa: é eficiente
    Touro: quando vaca está no cio, sobe na vaca e consegue copular. Ele é eficaz: pensa certo e faz da forma certa.
    Efetivo: gera resultado.
    Mas sempre o que é mais rápido é mais certo? Nem sempre. E nem sempre o mais rápido é efetivo.
  • Fazenda possuia gado de corte, liquidou o rebanho e começou a trabalhar com gado de leite. Estava acostumado a usar ferrão com as vacas de corte, e continuou fazendo assim. Mas as vacas ficam estressadas, relutam em entrar na ordenha, atrapalha a descida do leite e etc…
  • Por que tanta gente erra a resposta deste exercício?

    Foto: modelo de pré e pós dipping que a pessoa tinha.
  • Fazenda gado de corte estava acostumado a usar ferrão com as vacas de corte, e continuou fazendo assim. Mas as vacas ficam estressadas.

    Por que tanta gente erra a resposta?
  • “Uma liçao: Alvaro e o caso do gerente”
    Qual a diferença entre atitude e comportamento?

    Tadeu, irá um pessoal à fazenda para olhar as bezerras. Você as fecha no curral às 9h d amanhã, por favor?
    Tadeu, irá um pessoal à fazenda para olhar as bezerras. Eu queria que eles saissem daí impressionados com a qualidade dos animais da fazenda, falando que a equipe faz um excelente trabalho. Você as fecha no curral às 9h d amanhã, por favor?

    Em ambas as situações o gado estava no curral às 9h. Mas em que situação o Tadeu fez com mais vontade? Na segunda, pois envolve sentimento e não só o racional: envolve atitude.

    Lideres tem que saber despertar a atitude nos funcionários.
  • Cognitivo (intelectual) = entender, razão
    Afetivo (emocional) = querer, emoção
    Comportamental = fazer, ação
  • Comunicação verbal X não verbal X modelos X inferências

    Agora vamos aprofundar um pouco +.

    Ex.: erros de comunicação = mangueira 300 metros / modelo 20 cm com bilhete no envelope
    Granja = assobio para colocar fogo Ventilador na granja. Sempre existem perdas na comunicação.”
  • Diálogo / Discussão / Comunicação
  • Diálogo / Discussão / Comunicação
  • Ligação telefônica
  • Ex. Ligação no celular, conversar com um amigo de mentira. Reflexo nos alunos.
  • Nós gestores estamos preparados para atender às expectativas da nova geração de trabalhadores? Deixar boas práticas florescerem?

    -Olho do dono engorda o boi. Quandos olhos nós temos? De quantos olhos precisamos para dar conta de tudo?
    Olho DE dono engorda o boi (pessoas comprometidas)!
  • Qualificação profissional são os atributos ecaracterísticas de um indivíduo para se posicionar bem no mercado de mercado. Qualificação profissional é a preparação para aprimorar suashabilidades, e especializar-se em determinadas áreas para executar da melhor forma suas atribuições.

    Qualificação profissional é a preparação do cidadão através de uma formação profissional para que ele ou ela possa aprimorar suas habilidades para executar funções específicas demandadas pelo mercado de trabalho.
  • Antecipa eventos x Reage aos eventos
  • Artigo de ALEXANDRE SCHWARTSMAN na FSP em 14/10/2009
  • Palestra Emerson Alvarenga

    1. 1. GERANDO RESULTADOS COM VOCÊ P Emerson Alvarenga Médico Veterinário Coordenador de Gestão de Pessoas
    2. 2. Gestão de Pessoas e Equipes
    3. 3. Desafios em Gestão de Pessoas • __________________________ • __________________________ • __________________________ • ________________________________________________________ • ________________________________________________________ • É dificil “mexer”com gente • Não encontra gente boa • Não tem gente querendo trabalhar • A única coisa que é ruim na minha fazenda são as pessoas • Lá em casa troca de gente todo dia, não fica ninguém
    4. 4. - Lado de fora da empresa... - Lado de dentro da empresa... As Pessoas são importantes?
    5. 5. Qual a importância das pessoas dentro do sucesso do seu negócio?
    6. 6. - O que seria das empresas sem as pessoas? - Quanto tempo investimos nelas? - Porque permanecem tão pouco tempo nas empresas? - É fácil encontrarmos pessoas para executar o trabalho?
    7. 7. Empresas A diferenciação das empresas está nos PROCESSOS. A diferenciação dos processos está nas PESSOAS. A diferenciação das pessoas está na GERÊNCIA.
    8. 8. Discurso x prática - PESSOAS - “Quanto mais se fala na importância, mais elas se sentem descartáveis!” Betania Tanure O discurso e a prática.
    9. 9. Segundo a ONU, no ano de 2005 o Brasil tinha uma taxa de urbanização de 84,2% e, de acordo com algumas projeções, até 2050, a porcentagem da população brasileira que vive em centros urbanos deve pular para 93,6% Em 1950 a população rural brasileira era 63,84% da população total. Já 1970 os habitantes das zonas rurais correspondiam a 44% da população total.
    10. 10. Pesquisa com 2000 executivos brasileiros sobre os principais problemas enfrentados na gestão das empresas 17% 15% 12% 11% 55% 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% Comunicação Relações Humanas Delegação Liderança Somatório Fonte: FDC
    11. 11. Sistema sem Paixão. Paixão sem Sistema. As organizações empresariais fracassam por um desses motivos:
    12. 12. Necessidade de conhecimento
    13. 13. X “É preciso rever a nossa noção do uso do tempo.” “Sermos bons sozinho é diferente de sermos bons em grupo”.
    14. 14. Por que tanta gente erra a resposta? Como fazer diferente se a pessoa não conhece algo diferente?
    15. 15. Novos modelos…
    16. 16. Organização de pessoas e atitudes em direção a um objetivo comun. Empresas
    17. 17. Pessoas com atitude? Pessoas com comportamento? Há diferença entre atitude e comportamento?
    18. 18. COMPORTAMENTO - Cognitivo  intelectual / pensar - Emocional  afetivo / sentir - Comportamental  agir / ação ATITUDE Relacionamento - São as ações - Não sabe o porque do fazer
    19. 19. COMPORTAMENTO É nossa ação, serviço ou tarefa que realizamos na prática. • Aplicar um herbicida • Ordenhar uma vaca • Preencher um documento • Fazer uma reunião com os funcionários • Rodar um gado num piquete • Ficar quieto em silêncio
    20. 20. A Atitude tem 3 componentes: - Intelectual (pensamentos certos ou errados) - Emocional (sentimentos bons ou ruins) - Comportamental (ações certas ou erradas) ATITUDE 1/3 1/3 1/3 20% 55% 25%
    21. 21. COMUNICAÇÃO comum + única + ação Ação e única entre as pessoas (verbal e não verbal). “Comunicação é o que o outro entende e não somente o que nós queremos comunicar.”
    22. 22. . O que falamos gera sentimentos! As emoções interferem bastante na comunicação: - Naquilo que falamos - Naquilo que ouvimos - Naquilo que “percebemos” . Quase todos os problemas que vivemos no dia-a-dia, direta ou indiretamente nascem de falhas de comunicação!
    23. 23. Quando é mais perigoso? - Quando entendemos alguma coisa? ou - Quando não entendemos?
    24. 24. Ouvinte x Falante ? Quem é o maior responsável pela segurança e qualidade na comunicação? Dica: só há uma pessoa.
    25. 25. - As pessoas são diferentes - Os pensamentos - Modelos Mentais - Verificar se entendeu - Verificar o que entendeu
    26. 26. - A qualidade na comunicação é muito mais uma questão de responsabilidade do que de competência ou habilidade. A B B B B B B B B B B B B B B B B B B B B B B B B B B B BA A A A A A A A A A A A A A A A AA A A A A A A A A A A AB AB AB AB AB AB AB AB ABAB AB AB AB AB AB AB AB AB AB AB AB AB AB AB AB AB AB AB AB AB AB AB AB AB AB AB AB AB AB AB ABAB AB AB AB AB AB AB
    27. 27. Liderança Colocando em prática: modelos mentais, inteligência emocional, comunicação e desenvolvimento interpessoal
    28. 28. HABILIDADES E COMPETÊNCIAS PARA O MERCADO DO AGRONEGÓCIO Procura-se
    29. 29. Pessimista Vê Dificuldade na Oportunidade Copo com a metade vazio Otimista Vê Oportunidade na Dificuldade Copo com a metade cheio
    30. 30. Bibliografia: AHLSTRAND, B., LAMPEL, J, MINTZBERG, H.; Safári de Estratégia: um roteiro pela selva do planejamento estratégico. 1.ed.Porto Alegre: Bookman, 2000. AROLDO, R., ASSMAR, E. M. L., JABLONSKI, B.; Psicologia social. – 18ª Edição reformada – Petrópolis, RJ: Vozes, 1999. BELL, C. R.; Mentor e Aprendiz. 2005 – São Paulo – M. Books do Brasil Editora Ltda. CHIAVENATO, I. Gestão de pessoas: o novo papel dos recursos humanos nas organizações. Rio de Janeiro: Campus, 1999. 457p. GOLEMAN, D., BOYATIZIS, R., MCKEE, A.; O poder da inteligência emocional. Tradução Cristina Serra. – Rio de Janeiro: Campus, 2002.
    31. 31. Bibliografia: GOLEMAN, D.; Trabalhando com inteligência emocional. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001. HUNTER, J. C.; O Monge e o executivo; tradução Maria da Conceição Fornos de Magalhães – Rio de Janeiro, Sextante, 2004. KARL, A.; Inteligência social. – 1ª Edição. M. Books do Brasil Editora Ltda, 2006. SENGE, P. M.: A quinta disciplina: a arte e prática da organização que aprende; tradução OP traduções – 20ª Edição – Rio de Janeiro, 2005. TREACY, M., WIERSEMA, F. A Disciplina dos Líderes de Mercado: escolha seus clientes, direcione seu foco, domine seu mercado, 1.ed. Rio de Janeiro: Rocco, 1995. WIND, Y., CROOK, C., GUNTHER, R.; A força dos modelos mentais. Bookan
    32. 32. Proatividade x Reatividade
    33. 33. “A definição de insanidade consiste em fazer as mesmas coisas, do mesmo jeito e esperar que os resultados sejam diferentes.“ Albert Einstein 1879 - 1955
    34. 34. (31) 3343 3800 www.rehagro.com.br facebook.com/rehagro Gestão de Pessoas e Equipes Emerson Alvarenga (31) 9963 6009 emerson.alvarenga@rehagro.com.br rehagro@rehagro.com.br continuando a conversa...

    ×