2013 2º fórum de liderança - claudio queiroz - construindo equipes de alta performance

734 visualizações

Publicada em

Diante de um cenário de grande oferta de empregos e uma alta rotatividade de colaboradores nas empresas, que cerca de 120 profissionais de RH participaram do II Fórum de Liderança do Clube de RH de Extrema e Região, realizado em Atibaia, na quarta-feira (19/6).

O evento que já entrou para o calendário dos RHs de toda região contou com a presença de três grandes palestrantes abordando sob diferentes pontos de vista o tema: liderança.

A primeira apresentação “Líder: Como construir Equipes de Alta Performance” ficou por conta do professor Claudio Queiroz que abordou com muita sensibilidade o desafio comum entre as empresas. “A busca por uma maior produtividade passa necessariamente pelo desenvolvimento de equipes de excelência, mas como conseguir isto? É o que vamos conversar na palestra”, comentou Queiroz.

Em seguida, o consultor, Karim Khouri trouxe o tema “Liderança Positiva na Prática”, mostrando como a postura positiva pode fazer toda a diferença no trabalho. “Qualquer pessoa, em qualquer cargo, tem um impacto positivo ou negativo sobre uma situação. Dificuldades todos nós teremos pela frente e a maneira como lidamos com os desafios é que faz toda a diferença”, explicou Khouri.

A palestra final ficou por conta da psicóloga, Márcia Luz, com “Agora é pra Valer: Transmutando Chefes em Líderes Através da Liderança Transformadora”, título de seu mais recente livro. “Eu tento mostrar aos gestores que eles são responsáveis pelo desenvolvimento de suas equipes e isto só vai acontecer se eles deixarem de lado o papel de chefe e assumirem verdadeiramente a posição de líderes”, completou Márcia Luz.

Todos eles souberam com maestria encantar, divertir e sensibilizar a plateia para os desafios da liderança. “O grande objetivo deste trabalho é gerar uma mudança de atitude nas empresas que seja capaz de influenciar as equipes com maior engajamento, produtividade e qualidade de vida no trabalho. Esta é a missão do Clube de RH e por isto fazemos com tanto prazer”, comentou o coordenador do Clube, Marcos Kraide.

O Atibaia Residence Hotel foi o anfitrião do evento pelo segundo ano consecutivo e na opinião do gerente de RH, André Mancuso, “contribui assim para que os profissionais da região tenham acesso a informações e conceitos inovadores na gestão de pessoas”.

Para o gerente de Recursos Humanos da Panasonic, Clóvis Lessa de Oliveira, o maior desafio do RH atualmente é “a retenção de talentos e o Fórum trouxe subsídios para que novos caminhos sejam buscados dentro da empresa”.

Saiba mais em www.clubederh;com.br

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
734
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2013 2º fórum de liderança - claudio queiroz - construindo equipes de alta performance

  1. 1. II FORUM DE LIDERANÇA“Líder: Como construir Equipes de Alta Performance”Prof. Cláudio Queiroz
  2. 2. “Estamos viajando por um territóriodesconhecido, e os velhos mapas e bússolassão inadequados e possivelmente perigosos.”Peter Drucker
  3. 3. Segundo Hamel (2000), as pessoas sacrificam a saúde e a famíliano altar da prosperidade com o mantra: mais rápido, melhor e maisbarato. As pessoas se surpreendem trabalhando cada vez mais,para conquistar cada vez menos.Zygmunt Bauman
  4. 4. Betânia Tanure em pesquisa com 330 representantes do alto escalão das maioresempresas em operação no país, sendo 48% com faturamento anual superior a R$ 5bilhões, traz algumas conclusões preocupantes: Jornal O Valor, 21/11/2012.74% admitem que o discurso oficial é oposto ao que acontece na prática. Essasincoerências aparecem nos mais diversos âmbitos da gestão – desde o feedbackenganoso, à falta de preocupação com a qualidade de vida das equipes. [...] 9% dosrespondentes afirmam que não elogiam ninguém para que o empregado não seacomode e não se torne preguiçoso.Falsa autonomia é outro ponto levantado no estudo. Um em cada quatro dos entrevistadosafirma que os chefes costumam dizer que os subordinados têm poder de decidir algo, mas logoem seguida alteram a decisão tomada por eles. Na verdade, os comandantes sempre têm apalavra.O autoritarismo segundo o estudo predomina nas corporações brasileiras. Falar de gestãodemocrática é uma grande mentira.Outro fator constatado na referida pesquisa é apontado por 50% dos respondentes, que asrelações mantidas pelas empresas com fornecedores e clientes seguem a mesma direção.“Para 21% deles, o que se fala para parceiros não é necessariamente o que é realizado. Cercade 30% dizem que o mesmo acontece com os clientes. O discurso para conquistá-los muitasvezes está distante da realidade.” Mas há um lado positivo, “[...] os brasileiros estãoadmitindo as falhas na gestão”.
  5. 5. Fases da MaturidadeDEPENDÊNCIA OutroINDEPENDÊNCIA EuINTERDEPENDÊNCIA Nós
  6. 6. Lei da ResponsabilidadeVocê é inteiramente responsável por tudo que é, por tudoem que se torna e que realiza.
  7. 7. AGRESSIVOPASSIVOASSERTIVOPASSIVO AGRESSIVOpor Vera Lúcia F. MartinsALT0ALTOBAIX0TRANSPARÊNCIADELINGUAGEMRESPEITO PELO OUTRO
  8. 8. ConexãoTrês CConsigoColegaCliente
  9. 9. CAPITAL HUMANOC EA SP TI RT UA TL URALCAPITAL CLIENTESFonte: StewartTALENTOS – A ALAVANCA DE LUCROS DE UMAECONOMIA BASEADA NO CONHECIMENTO
  10. 10. OS QUATRO PILARES DA EDUCAÇÃOFAZER
  11. 11. As cinco regras da Liderança.1. Apontar o caminho.2. Inspirar uma visão compartilhada3. Desafiar o estabelecido4. Permitir que os outros ajam5. Encorajar o coração.Fonte: Posner & Kouzes.
  12. 12. Diferencial no sucesso pessoal e profissional.EQUIPE 100%Objetivo ComumCooperaçãoValorização das DiferençasConfiançaFonte: Equipe 100%. Márcio Dayrell Batitucci
  13. 13. Conhecer sua Equipe – âncora, perfil, talentos, competências, crenças, medos,etc.Definir em parceria com o empregado atividades que potencialize a utilização do TalentoFornecer Feedback para os colaboradores sobre a performance.Indicar e incentivar atividades de Treinamento & DesenvolvimentoAtuar como CoachReconhecer e Recompensar os colaboradoresPossibilitar desafios que auxiliem os empregados a expandirem seus potenciais.Comunicar as diretrizes da empresa.Disponibilizar estrutura de suporte favorecendo o desempenho.Postura Gerencial calcada na ética, justiça e respeito.Liberar para participar de Processos Seletivos.Apresentar pessoas que auxiliem na rede de relacionamento.Possibilitar rodízio de acordo com os projetos de carreira.SER UM EXEMPLO.Ações para potencializar o desenvolvimento das Equipes.
  14. 14. A confiança: a base de um Great Placeto Work.•As empresas dependem de relacionamentos. Em um excelente lugar paratrabalhar, os relacionamentos são baseados na confiança.•A confiança inspira pessoas a atingir metas.•A criação de um ambiente de trabalho com alto nível de confiança começacom a credibilidade de seus gestores.Fonte: Great Place to Work. Institute Brasil.
  15. 15. 1.Sei o que esperam de mim no meu trabalho?2.Tenho os materiais e equipamentos necessários pararealizar o meu trabalho corretamente?3.No meu trabalho tenho a oportunidade de fazer o quefaço de melhor todos os dias?4.Nos últimos 7 dias, recebi reconhecimento ou elogiospor realizar um bom trabalho?5.Meu superior, ou alguém no meu trabalho, pareceimportar-se comigo como pessoa?6.Há alguém no meu trabalho que estimula o meudesenvolvimento?7.No meu trabalho, as minhas opiniões podem contar?8.A missão/objetivo da minha empresa me faz sentirque meu trabalho é importante?9.Meus colegas de trabalho estão comprometidos emrealizar um trabalho de qualidade?10.Tenho um grande amigo no meu local de trabalho?11.Nos últimos 6 meses, alguém em meu trabalhoconversou comigo sobre o meu progresso?12.No último ano, tive oportunidade de aprender ecrescer no trabalho?
  16. 16. Complexidade – Modelo CYNEFIN –Dave Snowden Simples – Melhores PráticasComplicado – Boas PráticasComplexo – Práticas emergentesCaótico – Práticas novas
  17. 17. Obrigado!Cláudio QueirozEmail: professorclaudioqueiroz@uol.com.br

×