Distritos Portugueses

46.812 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
13 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
46.812
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
186
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
505
Comentários
0
Gostaram
13
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Distritos Portugueses

  1. 1. NUT é a sigla de Nomenclatura de Unidade Territorial. A Nomenclatura das Unidades Territoriais para fins estatísticos. As NUT compreendem 3 níveis – I, II, III
  2. 2. Portugal Continental , Região Autónoma dos Açores e Região Autónoma da Madeira.
  3. 3. PORTUGAL ESTÁ DIVIDIDO EM 7 NUT II: REGIÃO DO NORTE: PORTO, BRAGA, VILA REAL, BRAGANÇA E VIANA DO CASTELO. REGIÃO CENTRO: AVEIRO, GUARDA, COIMBRA, LEIRIA, CASTELO BRANCO,E VISEU REGIÃO DE LISBOA: SANTARÉM, LISBOA E SETÚBAL. REGIÃO DO ALENTEJO: BEJA, ÉVORA E PORTALEGRE. REGIÃO DO ALGARVE: FARO. AÇORES: PONTA DELGADA MADEIRA: FUNCHAL
  4. 4. O NUT III DIVIDE-SE EM 30 NUTS: MINHO – LIMA, CAVADO, AVE, ALTO TRÁS DOS MONTES, TÂMEGA, DOURO, ENTRE DOURO E VOUGA , GRANDE PORTO, BAIXO VOUGA, DÃO LAFÕES, BEIRA INTERIOR NORTE, SERRA DA ESTRELA, BAIXO MONDEGO, PINHAL INTERIOR NORTE, COVA DA BEIRA, PINHAL LITORAL, PINHAL INTERIOR SUL, MÉDIO TEJO, OESTE, LEZIRIA DO TEJO, ALTO ALENTEJO, ALENTEJO CENTRAL, GRANDE LISBOA, PENÍSULA DE SETÚBAL, ALENTEJO LITORAL, BAIXO Trabalho realizado por: Rui e Zé Pedro ALENTEJO E ALGARVE.
  5. 5. DISTRITO DE BRAGANÇA
  6. 6. Castelo de Bragança Duque( D. Afonso) de Bragança
  7. 7. LOCALIZAÇÃO: O distrito de Bragança situa-se na parte oriental da província tradicional de Trás-os-Montes e Alto Douro. Faz fronteira com a Espanha a norte e a leste, e está limitado pelos distritos de Vila Real a oeste e Viseu e Guarda a sul
  8. 8. Principais Localidades: Vinhais, Vimioso, Mirandela, Miranda do Douro, Macedo de Cavaleiros, Mogadouro, Vila Flor, Alfândega da Fé, Torre de Moncorvo, Freixo de Espada à Cinta e Carrazeda de Ansiães Mirandela Vila Flor
  9. 9. Serras e Rios: serra da coroa, serra de Montesinho, serra da Nogueira, serra de Bornes, serra de Mogadouro e serra de Reboredo. Rio Tua, Rio Tuela, Rio Sabor, Rio Maçãs, Rio Douro e Rio Rabaçal Rio Tua Serra da Coroa
  10. 10. Principais Actividades Económicas: Pecuária: Na pecuária, salienta-se a criação de gado lanígero e bovino, destacando-se deste último a famosa raça Mirandesa. Industria: A indústria encontra-se pouco desenvolvida, estando limitada aos ramos alimentar, madeireiro, da cortiça e da construção civil. Agricultura: Nas zonas cultivadas, como a do vale da ribeira da Vilariça, que é muito fértil, encontram-se a oliveira, o castanheiro e a vinha, além da amendoeira, que constitui uma das suas maiores riquezas. O distrito também produz trigo, centeio, batata, fruta e produtos hortícolas. Pesca: Pesca fluvial Trabalho realizado por: Filipe
  11. 11. DISTRITO DE VILA REAL
  12. 12. LOCALIZAÇÃO:É um dos dois distritos que constituem a província tradicional de Trás-os-Montes e Alto Douro, sendo limitado ao norte pela Espanha, a sul pelo de Viseu, do qual é separado pelo rio Douro, a leste pelo de Bragança e a oeste pelos de Braga e Porto.
  13. 13. PRINCIPAIS LOCALIDADES: Montalegre , Boticas , Chaves, Valpaços, Murça, Alijó.
  14. 14. Serras e Rios: Rio Tâmega, Rio Corgo, Rio Tua, Rio Douro, Serra do Marão e Serra do Alvão.
  15. 15. A AGRICULTURA: O vinho, o azeite, a batata, a castanha, os cereais e a fruta. As encostas da margem direita do Douro fazem parte da chamada Região Demarcada do Douro.
  16. 16. As indústrias mais importantes de Vila Real são: as de cerâmica, curtumes, madeiras e produtos alimentares.
  17. 17. O distrito de Vila Real também é rico em minérios - estanho, chumbo, volfrâmio e ferro. Possui importantes fontes de águas minero- medicinais, com relevância para as de Vidago, Pedras Salgadas, Chaves e Carvalhelhos. São exemplos do artesanato típico a albardaria, os bonecos de palha, a cerâmica, o linho, as mantas e os curtumes. . Trabalho realizado por: Ricardo Coelho
  18. 18. DISTRITO DO PORTO
  19. 19. LOCALIZAÇÃO: Região norte situado á direita da foz do rio Douro na outra margem do rio situa-se Vila Nova De Gaia passam as pontes Arrábida, Freixo, D.Luís , Infante , S. João e D.Maria
  20. 20. PRINCIPAIS LOCALIDADES: Póvoa de Varzim, Vila Do Conde, Trofa, Maia, Santo Tirso, Matosinhos, Valongo, Paços de Ferreira, Lousada, Paredes, Felgueiras, Penafiel, Gondomar, Vila Nova De Gaia, Amarante, Baião e Marco De Canaveses.
  21. 21. SERRAS: Serra da Agrela RIOS: Rio Ferreira, Rio Sousa, Rio Douro, Rio Leça e Rio Ave
  22. 22. ACTIVIDADES ECONÓMICAS Comércio : O Porto foi sempre, tradicionalmente, uma cidade comercial. O principal produto objecto das suas trocas comerciais foi, e continua a ser, o chamado vinho do Porto, produzido nas vinhas das encostas do Alto Douro e exportado através das numerosas caves que se situam na margem esquerda do rio Douro, em Vila Nova de Gaia.
  23. 23. PECUÁRIA: Pratica-se a criação de gado bovino. PESCA: MAR - sardinha, carapau, robalo, salmão… RIOS: Bogas, trutas, escalos, vermelhinhos… Indústrias: Têxtil e de móveis TRABALHO REALIZADO POR: BRUNO
  24. 24. DISTRITO DE BRAGA
  25. 25. Localização: O distrito de Braga ocupa a parte sul da região minhota. Está limitado pelo distrito de Viana do Castelo, a norte; pela Espanha, a nordeste; pelo distrito de Vila Real, a leste; pelo distrito do Porto, a sul; e pelo oceano Atlântico, a oeste.
  26. 26. PRINCIPAIS LOCALIDADES: Guimarães Amares Barcelos
  27. 27. RIOS: Rio Cávado, Rio Vizela e Rio Ave SERRAS: Serra de Falperra, Serra de Cabreira Serra do Gerês
  28. 28. PRINCIPAIS ACTIVIDADES ECONÓMICAS: AGRICULTURA: Produzem-se milho, batata, frutas e produtos hortícolas de primeira qualidade. No entanto, a sua principal produção agrícola são os afamados vinhos verdes, únicos no mundo, cuja exportação é importante. PECUÁRIA: Associada à agricultura encontra-se a pecuária, com especial relevância para a criação de gado bovino. INDÚSTRIAS: Os concelhos de Braga, Vila Nova de Famalicão e Guimarães são os que apresentam uma maior implantação industrial. São de destacar as indústrias têxtil, metalúrgica, de cutelaria, de curtumes, de material eléctrico, de pneus, de calçado, de refrigerantes, de alimentação, de mobiliário e de transformação de madeiras. Trabalho realizado por: Eduarda
  29. 29. DISTRITO DE VIANA DO CASTELO
  30. 30. LOCALIZAÇÃO: O distrito, situado no extremo Norte do território continental português, no Minho, entre os rios Minho e Neiva, é limitado a norte e leste pela Espanha, a sul pelo distrito de Braga e a oeste pelo oceano Atlântico.
  31. 31. PRINCIPAIS LOCALIDADES: Caminha, Vila Nova de Cerveira, Ponte de Lima, Paredes de Coura, Valença, Arcos de Valdevez, Monção, Melgaço e Ponte da Barca.
  32. 32. SERRAS E RIOS: Serra Amarela, Serra do Soajo e Serra da Peneda. Rio Minho, Coura, Vez, Lima e Neiva.
  33. 33. Agricultura: Nos vales cultiva-se milho, legumes e vinha - o famoso vinho verde, de características únicas, é um dos produtos da região mais apreciados e exportados. Indústria: No distrito existem indústrias de lacticínios, de transformação de madeiras, cerâmica, produtos alimentares e pirotecnia. Pesca : A actividade piscatória é outra das suas riquezas, assente na riqueza piscícola dos seus rios, na sua maior parte ainda libertos do flagelo da poluição, onde ainda se pescam sáveis, salmões, lampreias e outras espécies cada vez mais raras. Trabalho realizado por: Maria da Conceição
  34. 34. DISTRITO DE AVEIRO
  35. 35. LOCALIZAÇÃO: Aveiro é uma cidade portuguesa, capital do Distrito Aveiro na região do centro e pertencente à sub-região do baixa Vouga . Fica situada a cerca de 58 km a norte de Coimbra e a cerca de 68 km a sul do Porto.
  36. 36. Principais Localidades: Espinho, Ovar, Vagos, Ílhavo, Arouca, Anadia, Águeda, Feira, Castelo de Paiva, São João da Madeira, Oliveira do Bairro, Mealhada, Albergaria a velha, Oliveira de Azeméis, Estarreja, Murtosa, Server do Vouga, Vale de Cambra .
  37. 37. Rios: Rio Vouga e rio arda Rio arda Rio Vouga
  38. 38. Principais actividades económicas: INDUSTRIA: sal, lacticínios, Automóvel, produtos químicos, cerâmica (Vista Alegre) e Turismo. PECUÁRIA: Gado Bovino Agricultura: Vinho (Bairrada) Trabalho realizado por Hélder
  39. 39. DISTRITO DE VISEU
  40. 40. LOCALIZAÇÃO:O distrito é limitado ao norte pelos distritos de Vila Real e Porto, a sul pelo de Coimbra, a este pelo de Aveiro e a oeste pelo da Guarda.
  41. 41. PRINCIPAIS LOCALIDADES: Cinfães, Resende, Lamego, Armar, Tarouca, Tabuaço, S. João da Pesqueira, Penedono, Moimenta da Beira, Castro Daire, Sernancelhe, V. N. de Paiva, S. Pedro do Sul, Oliveira de Frades, Vouzela, Sátão, Penalva do Castelo.
  42. 42. SERRAS EXISTENTES NO DISTRITO: Serra de Montemuro, Serra de Leomil, Serra Da Lapa, Serra da Gralheira. RIOS SITUADOS EM VISEU: Rio Douro, Rio Paiva, Rio Pavia, Rio Vouga, Rio Távora e Rio Dão
  43. 43. A AGRICULTURA : O concelho de Viseu produz trigo, milho, centeio, batatas, legumes e frutos. A cultura mais intensa é a da vinha. (Com a particularidade de produzir vinhos licorosos a norte, vinhos verdes na região de Lafões e vinhos maduros no Dão.) PECUÁRIA: A pecuária e a agricultura estão bastante desenvolvidas. INDUSTRIAS: o concelho de Viseu também tem indústrias de madeira, marcenaria, cerâmica, metalomecânica e produtos alimentares. Trabalho realizado por: TâniaTorres
  44. 44. LOCALIZAÇÃO : O distrito faz parte da província da Beira Alta e é limitado a norte pelo de Bragança, a sul pelo de Castelo Branco, a oeste pelos de Viseu e Coimbra e a leste pela Espanha.
  45. 45. PRINCIPAIS LOCALIDADES: Vila Nova de Foz Côa, Mêda, Figueira de Castelo Rodrigo, Pinhel, Trancoso, Aguiar da Beira, Almeida, Celorico da Beira, Fornos de Algodres, Sabugal, Seia, Gouveia e Manteigas.
  46. 46. SERRAS: serra Marofa e serra da Estrela. RIOS: rio Douro , rio Dão , rio Mondego e rio Côa.
  47. 47. A boa situação geográfica do concelho e as boas acessibilidades fazem da Guarda um excelente local para o armazenamento e transporte de mercadorias de Portugal para o resto da Europa (e vice-versa), nesse sentido entidades privadas em conjunto com a Câmara Municipal criaram a Plataforma Logística de Iniciativa Empresarial (PLIE) que é uma plataforma transfronteiriça que procura dinamizar a economia regional e a captação de fluxos e investimentos industriais.
  48. 48. DISTRITO DE COIMBRA
  49. 49. LOCALIZAÇÃO: está limitado pelos distritos de Aveiro e Viseu a norte; da Guarda a nordeste; de Castelo Branco a leste, e de Leiria a sul.
  50. 50. PRINCIPAIS LOCALIDADES: MIRA, CANTANHEDE, MONTEMOR-O-VELHO, FIGUEIRA DA FOZ, SOURE, CONDEIXA-A- NOVA, MIRANDA DO CORVO, PENACOVA, TÁBUA, OLIVEIRA DO HÓSPITAL, LOUSÃ, V.N. DE POIARES, ARGANIL, PAMPILHOSA DA SERRA, PENELA.
  51. 51. RIOS E SERRAS: SERRA DA LOUSÃ, SERRA DO AÇOR E A SERRA DO BUÇACO. RIO ZÊZERE, RIO MONDEGO E RIO ALVA.
  52. 52. PRINCIPAIS ACTIVIDADES ECONÓMICAS: NA INDÚSTRIA: a celulose, o cimento, os produtos alimentares, os lanifícios e a cerâmica são os sectores mais representativos. A AGRICULTURA E A EXPLORAÇÃO FLORESTAL: continuam a desempenhar um papel importante nos concelhos de características mais rurais. Entre as produções agrícolas, merecem realce o arroz, o milho, os produtos hortícolas, a fruta e o vinho. Dada a grande extensão das áreas florestais, a madeira constitui igualmente uma produção significativa. A actividade económica do distrito centra-se no sector dos serviços e na indústria, em especial nas áreas urbanas. Trabalho realizado por: Nuna
  53. 53. DISTRITO DE CASTELO BRANCO
  54. 54. IMAGENS DE CASTELO BRANCO:
  55. 55. LOCALIZAÇÃO: O distrito de Castelo Branco ocupa a maior parte da província tradicional da Beira Baixa, sendo limitado pela Espanha a leste e a sudeste, e pelos distritos de Portalegre a sul, . de Santarém a sudoeste, de Leiria a oeste, de Coimbra a noroeste e da Guarda a norte
  56. 56. PRINCIPAIS LOCALIDADES: Vila do Rei, Proença-a- Nova, Vila Velha de Ródão, Sertã, Idanha-a- Nova, Oleiros, Fundão, Penamacor, Covilhã e Belmonte.
  57. 57. SERRAS : Serra da Estrela, Serra da Malcata, Serra da Gardunha, Serra do Muradal e Serra Alvelos. RIOS: Rio Tejo, Rio Zêzere, Rio Ocreza, Rio Pansul, Rio Ergues.
  58. 58. Principais Actividades Económicas: AGRICULTURA: Os solos férteis da Cova da Beira e da bacia do Zêzere produzem cereais, frutos, legumes e azeite. PECUÁRIA: Cria-se gado bovino, ovino e caprino. SILVICULTURA: O distrito possui pinhais, eucaliptais, sobreirais e vinhas. INDUSTRIA: Indústrias de lanifícios, celulose e madeira. Trabalho realizado: Leandro Barbosa
  59. 59. DISTRITO DE LEIRIA
  60. 60. LOCALIZAÇÃO : Este concelho confina com os seguintes distritos: Coimbra a norte, Coimbra e Castelo Branco a nordeste, Santarém a este, Lisboa a sul e é banhado pelo Oceano Atlântico a oeste.
  61. 61. PRINCIPAIS LOCALIDADES: O distrito de Leiria contém 16 concelhos: Alcobaça, Alvaiázere, Ancião, Batalha, Bombarral, Caldas da Rainha, Castanheira de Pêra, Figueiró dos Vinhos, Leiria, Marinha Grande, Nazaré, Óbidos, Pedrógão Grande, Peniche, Pombal e Porto de Mós.
  62. 62. SERRAS E RIOS: Sendo o distrito pouco montanhoso, as suas principais elevações são as serras de Sicó, Aire e Candeeiros, encontrando a sua altitude máxima na serra de Alvaiázere, a 618 m. Os rios mais importantes que banham o distrito são o Zêzere, o Nabão, o Lis e seus afluentes, o Lena, o Alcoa e o Alfeizerão.
  63. 63. PRINCIPAIS ACTIVIDADES ECONÓMICAS: A região vive do comércio, da agropecuária e da indústria, destacando-se o fabrico de objectos de cerâmica, plásticos, moldes e cimentos. A construção civil tem também um peso importante, assim como o turismo. O principal sector económico é o sector terciário, dos serviços.
  64. 64. DISTRITO DE SANTARÉM
  65. 65. LOCALIZAÇÃO: confinado a norte pelos distritos de Castelo Branco e Leiria, a sul pelos de Lisboa e Évora, a oeste pelos de Leiria e Lisboa e a leste pelos de Portalegre e Évora.
  66. 66. PRINCIPAIS LOCALIDADES: Tomar, Almourol, Abrantes, Torres Novas, Golegã, Sardoal, Constância, Mação, Chomuxo, Alpiarço, Almeirim, Salva terra de magos, Corucho, Benavente, Ferreiro de Zêzere, Ourém, Cartaxo, Entroncamento, Rio Maior e Alcanena.
  67. 67. RIOS QUE PASSAM POR SANTARÉM: Rio Zêzere, Rio Tejo e Rio Alviela SERRAS QUE EXISTEM NO DISTRITO DE SANTARÉM: Serra de Aire
  68. 68. AGRICULTURA: cultiva – se uvas( vinho), azeitonas( azeite), todo o tipo de frutos e cereais. PECUÁRIA: Faz – se criação de cavalos e de bois( manada). INDÚSTRIA: De cerâmica, madeira, alimentos, químicas, metalúrgicas, celulose e material de construção civil. Trabalho realizado por: Vanessa Torres
  69. 69. DISTRITO DE PORTALEGRE
  70. 70. Localização: é um distrito português, pertencente na maior parte à província tradicional do Alto Alentejo, completando-se com alguns concelhos pertencentes ao Ribatejo. Limita a norte com o Distrito de Castelo Branco, a leste com a Espanha, a sul com o Distrito de Évora e a oeste com o Distrito de Santarém.
  71. 71. PRINCIPAIS LOCALIDADES: Ponte do Sor, Avis Sousel, Fronteira, Alter do Chão, Monforte, Campo Maior, Arronches, Crato, Castelo de Vide, Gavião, Nisa e Marvão.
  72. 72. RIOS QUE PASSAM PELO DISTRITO DE PORTALEGRE: Rio caia, rio Tejo e rio Sever. SERRAS DE PORTALEGRE: Serra de S. Mamede e serra de S. Simão
  73. 73. PRINCIPAIS ACTIVIDADES ECONÓMICAS: PECUÁRIA: gado bovino, ovino, caprino, suíno e cavalar. A AGRICULTURA: cereais (trigo, milho, centeio e cevada), azeite, cortiça, castanhas e vinho. INDÚSTRIA: têxtil ( tecidos de lã, fibras e tapeçaria), cortiça, latoaria, refrigerantes e turismo (turismo rural). Trabalho realizado por Rui
  74. 74. DISTRITO DE LISBOA
  75. 75. LOCALIZAÇÃO: Cidade, capital de Portugal, sede de distrito e de concelho. Localiza-se na Região da Grande Lisboa.
  76. 76. PRINCIPAIS LOCALIDADES: O distrito compreende os concelhos de Alenquer, Amadora, Arruda dos Vinhos, Azambuja, Cadaval, Cascais, Lisboa, Loures, Lourinhã, Mafr a, Odivelas, Oeiras, Sintra, Sobral de Monte Agraço, Torres Vedras e Vila Franca de Xira.
  77. 77. SERRAS E RIOS: SERRA DO MONTE JUNTO, SERRA DE SINTRA E O RIO TEJO.
  78. 78. PRINCIPAIS ACTIVIDADES ECONÓMICAS: A maioria das sedes das multinacionais existentes no país está situada em Lisboa e é ainda a 6ª cidade a nível mundial que mais recebe congressos internacionais. A Área Metropolitana de Lisboa é altamente industrializada, especialmente na zona sul do Rio Tejo. As indústrias principais consistem em refinarias de petróleo, indústrias têxteis, estaleiros, siderurgia e pesca. É por essas razões considerada o segundo centro financeiro e económico mais importante na Península Ibérica, apenas atrás de Madrid. Trabalho realizado por: Daniela
  79. 79. DISTRITO DE SETÚBAL
  80. 80. LOCALIZAÇÃO: Situado a sul do rio Tejo, confina a norte com os distritos de Setúbal e de Lisboa, a sul com os de Beja e Évora, e a Oeste com o Oceano Atlântico.
  81. 81. PRINCIPAIS LOCALIDADES: Almada, Seixal, Montijo, Alcochete, Moita, Barreiro, Sesimbra, Palmela, Alc ácer do Sal, Grândola, Santiago do Cacém e Sines .
  82. 82. SERRAS E RIOS: Serra da Arrábida, serra de Monfurado, Serra de Grândola e Serra do Cercal. Rio Sado e Rio Arcão.
  83. 83. PRINCIPAIS ACTIVIDADES ECONÓMICAS: AGRICULTURA: as laranjas e as uvas moscatel, das quais se produz um vinho de excelente qualidade. Nas suas terras cultivam-se também cereais, produtos hortícolas e olivais. PESCA: ameaçada pela poluição e pela escassez de recursos piscícolas. INDÚSTRIA: Conserveira (dos maiores centros de conserva de sardinha do país), do Sal e do cimento. (maiores centros industriais do país – Barreiro) Trabalho realizado por: Miguel Barbosa
  84. 84. DISTRITO DE ÉVORA
  85. 85. LOCALIZAÇÃO: Localiza-se no Alentejo, limitado a norte pelos distritos de Santarém e Portalegre, A Sul pelo distrito de Beja, a Oeste por Setúbal e a este por Espanha.
  86. 86. PRINCIPAIS LOCALIDADES: O distrito de Évora compreende 14 concelhos: Alandroal, Arraiolos, Borba, Estremoz, Évora, Montemor-o- Novo, Mora, Mourão, Portel, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Vendas Novas, Viana do Alentejo e Vila Viçosa. CASTELO DE VIANA DO ALENTEJO CASTELO DE ALANDROAL
  87. 87. SERRAS: Serra de Monfurado e serra da Ossa RIOS : Rio Degebe, rio Xamarra e Rio Guadiana
  88. 88. PRINCIPAIS ACTIVIDADES ECONÓMICAS: AGRICULTURA: No que se refere à agricultura, destacam-se os cultivos de cereais, prados temporários e culturas forrageiras, culturas industriais, pousio, olival, prados e pastagens permanentes. PESCA: a pesca em Évora pratica-se em rios e barragens. O peixe mais abundante é o achigã PECUÁRIA: aves, ovinos e bovinos. TRABALHO REALIZADO POR: RAQUEL
  89. 89. DISTRITO DE BEJA
  90. 90. Localização: O distrito de Beja ocupa a maior parte da província adicional do Baixo Alentejo. Está limitado a norte pelo distrito de Évora, a leste pela Espanha, a sul pelo distrito de Faro e a oeste pelo oceano Atlântico e pelo distrito de Setúbal.
  91. 91. PRINCIPAIS LOCALIDADES: Alvito, Cuba, Vidigueira, Moura, Barrancos, Ferreira do Alentejo, Aljustrel, Serpa, Ourique, Castro Verde, Mértola, Odemira e Almodôvar.
  92. 92. SERRAS: Serra do Cercal , Serra do Caldeirão e serra de Ficalho RIOS: Rio Guadiana, Rio Chança, Rio Mira e Rio Vascão Rio Vascão Serra do Cercal
  93. 93. AGRICULTURA: O distrito de Beja é uma rica zona cerealífera, onde a cultura mais importante é o trigo. Na extensa charneca, para além da cultura dos cereais, destacam-se a produção de azeite, a extracção de cortiça e a criação de gado (ovinos, bovinos e suínos). ARTESANATO: O artesanato típico passa pelas peles e pela cestaria, pelas obras em madeira, em cortiça e em vime, pela cerâmica e pelos barros, pela latoaria, pelos martelados, pelo ferro forjado, pelas rendas e pelas mantas... TURISMO: em relação ao turismo, são muito procuradas as praias desde Vila Nova de Milfontes até a alguns quilómetros do cabo Sardão e as terras do interior, que oferecem condições para a prática da caça, da pesca e de todos os desportos náuticos. Trabalho realizado por: Inês Dias
  94. 94. DISTRITO DE FARO
  95. 95. Limita a norte com o Distrito de Beja, a leste com a Espanha, e a sul e a oeste com o Oceano Atlântico.
  96. 96. Faro tem várias cidades principais, como: Albufeira, Lagoa, Loulé, Monte Gordo, Portimão, Tavira , Vilamoura, Aljezur, Monchique , Vila do Bispo, Lagos, Silves, S. Brás de Alportel, Olhão, Tavira, Alcoutim , Castro Marim e Vila Real de S. António .
  97. 97. SERRAS: Espinhaço de cão, Monchique, Caldeirão e Monte Figo Rios: Guadiana e Arado
  98. 98. AGRICULTURA: Os produtos agrícolas tradicionais, dignos de nota, são as produções frutos secos (figos, amêndoas e alfarrobas), aguardente de medronho e ainda a produção de cortiça, nomeadamente nas regiões do nordeste algarvio. Regista-se ainda a produção de cortiça e de citrinos. PESCA: da Sardinha, do Carapau, do Atum, do Espadarte e dos famosos Chocos que deram origem à famosa receita: quot;Choquinhos à Algarviaquot;. INDÚSTRIA: Turismo TRABALHO REALIZADO POR: ZÉ PEDRO
  99. 99. MADEIRA
  100. 100. LOCALIZAÇÃO: A Ilha da Madeira é a ilha principal (740,7 km²) do arquipélago português com o mesmo nome, situado no Oceano Atlântico a oeste da costa africana, e que constitui conjuntamente com Porto Santo, as Ilhas Desertas e as Ilhas Selvagens uma região autónoma (a Região Autónoma da Madeira). A capital da ilha e da região autónoma é a cidade do Funchal. A cidade do Funchal, principal centro urbano e porto da ilha, situa-se na costa sul e dista cerca de 660 km da costa africana, 980 km de Lisboa, 400 km da Gran Canaria. A ilha tem um comprimento máximo (oeste-este) de 55 km e uma largura máxima (norte-sul) de 24km.
  101. 101. Principais Localidades: Porto Moniz, São Vicente, Santana, Machico, Santa Cruz, Câmara de Lobos, Ribeira Brava, Ponta do Sol e Calheta...
  102. 102. SERRAS SITUADAS NA MADEIRA: Pico Ruivo e Pico do Areeiro. RIBEIRAS EXISTENTES NA MADEIRA: Ribeira Funda, Ribeira da Hortelã, Ribeira da Pedra Branca (Seixal), Ribeira da Água Negra II, Ribeira das Cales, Ribeira das Feitas, Ribeira das Voltas, Ribeira do Alecrim, Ribeira do Inferno, Ribeira do Lageado, etc…
  103. 103. AGRICULTURA: Cultivo de batata, flores e plantas ornamentais, de culturas hortícolas intensivas, prados para pastagens permanentes, frutos subtropicais e vinha. PECUÁRIA: também tem alguma importância, nomeadamente na criação de aves, coelhos e bovinos. INDÚSTRIAS: Construção civil, lacticínios, floricultura, artesanato e turismo. Trabalho realizado por: Tânia e Nuna
  104. 104. AÇORES
  105. 105. CAPITAL: Ponta Delgada ÁREA TOTAL: 2.333Km2 HABITANTES: 244.006 Habitantes LÍNGUA: Português MOEDA: Euro
  106. 106. Localização: O arquipélago situa-se no Atlântico norte, a 1500 km a oeste de Lisboa e a 3400 km a leste de Nova Iorque.
  107. 107. Principais Localidades: Santa Maria, São Miguel, Terceira, Graciosa, São Jorge, Pico, Faial, Flores e Corvo.
  108. 108. No arquipélago dos Açores há apenas duas lagoas que são as seguintes: Lagoa das sete cidades e a lagoa do fogo.
  109. 109. Neste arquipélago existe uma serra que é a serra do Pico (maior serra de Portugal).
  110. 110. Pecuária: Nesse arquipélago a principal actividade económica é a pecuária, criação de gado bovino. A agricultura: Na agricultura o arquipélago empenha-se na produção de milho, trigo, beterraba, açucareira, ananás e vinho Trabalho realizado: Leandro Barbosa e Vanessa Torres.
  111. 111. FIM TRABALHO REALIZADO POR TURMA 4.º MOD ANO LECTIVO 2008 / 2009

×