Mapa de riscos

493 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre Mapa de Riscos

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Mapa de riscos

  1. 1. Alunas: Aline Arantes e Isabele Alves
  2. 2.  Mapa de Riscos é uma representação gráfica de um conjunto de fatores presentes nos locais de trabalho, capazes de acarretar prejuízos à saúde dos trabalhadores como acidentes e doenças do trabalho.
  3. 3. • Informar e conscientizar os trabalhadores acerca dos riscos existentes no local de trabalho. •Fazer um diagnóstico da situação da empresa ou do setor analisado. Determinando medidas de prevenção ou anulação dos referidos riscos. • Possibilitar, durante a sua elaboração, a troca e divulgação de informações entre os trabalhadores, bem como estimular participação dos trabalhadores nas atividades de prevenção.
  4. 4.  0 mapa de riscos é feito pela Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), CIPA é um órgão formado por representantes indicados pela empresa com a função de trabalhar na preservação da saúde e integridade física dos trabalhadores.
  5. 5.  A quantidade exigida de uma empresa para se constituir um CIPA é 20 funcionários, abaixo disso não é obrigatório. Porém a empresa deverá contratar o serviço de um profissional capacitado, ou de uma consultoria de Segurança do Trabalho.
  6. 6.  Para começar a fazer o mapa de riscos é necessário ter em mãos o Layout ou o desenho em planta baixa da empresa. Afim de facilitar a analise dos riscos existentes em cada ambiente.
  7. 7.  Nesta etapa, a CIPA deverá analisar cada setor da empresa, com a participação dos trabalhadores, perguntando o que os incomoda e quanto incomoda.  É importante que as áreas consideradas perigosas para a saúde do trabalhador, sejam marcadas no Layout.
  8. 8.  1. Cores Cada Risco Ambiental é representado por uma cor, afim de facilitar a visualização do Mapa de Riscos:
  9. 9. 2. Círculos Além das Cores, os círculos também serão usados na representação dos Riscos. O tamanho do círculo representa o grau do risco no ambiente em: pequeno, médio e grande.
  10. 10. Uma outra situação é a existência de riscos de tipos diferentes numa mesma área. Neste caso, divide se o círculo conforme a quantidade de riscos em 2,3,4 e até 5 partes iguais, cada parte com a sua respectiva cor:
  11. 11. Para finalizar, é muito importante que se coloque legendas com indicativos no rodapé do mapa, para facilitar a interpretação de visitantes e pessoas leigas no assunto.
  12. 12. Após finalizado e aprovado pela CIPA, o mapa deve ser colocado em um local visível, para alertar aos trabalhadores sobre os perigos existentes em cada área do mapa.
  13. 13. • Prevenção quanto aos riscos existentes nos locais de trabalho aos quais os trabalhadores poderão estar expostos; Favorecer o uso adequado das medidas e dos equipamentos de proteção coletiva e individual; • Redução de gastos com acidentes e doenças, medicação, indenização, substituição de trabalhadores e danos patrimoniais; • Otimizar a gestão de saúde e segurança no trabalho com aumento da segurança interna e externa; e • Melhoria do clima organizacional, maior produtividade, competitividade e lucratividade.
  14. 14.  Conforme a Portaria nº 05, de 17 de agosto de 1992, do Ministério do Trabalho e Emprego, a elaboração do Mapa de Riscos é obrigatória para empresas com grau de risco e número de empregados que exijam a constituição de uma Comissão Interna de Prevenção de Acidentes.
  15. 15.  O Mapa de Risco deve ser revisto sempre que um fato novo modificar a situação dos riscos presentes no ambiente. Isso pode acontecer por uma mudança de layout, acrescentamento de novas máquinas no ambiente, novas saídas, novas entradas, mudança na forma de produzir, alteração dos produtos usados na rotina de trabalho.

×