Leis de Newton

2.609 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.609
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
156
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Leis de Newton

  1. 1. Leis de Isaac Newton
  2. 2. Lei da Inércia A primeira lei de Newton
  3. 3. Lei da Inércia A primeira lei de Newton diz que todo corpo tende a manter o seu movimento. Se em repouso, irá permanecer em repouso, desde que não haja forças atuando sobre este corpo, ou se elas estiverem em equilíbrio.
  4. 4. Lei da Inércia Se em movimento, permanecerá em movimento até que haja uma força contrária que faça o corpo parar. Se não houver força contrária a velocidade será constante e o movimento retilíneo.
  5. 5. Princípio da Inércia
  6. 6. Princípio da Inércia
  7. 7. Lei da Inércia – A massa dos corpos pode interferir? Quanto maior a massa de um corpo maior a sua inércia, ou seja, maior é sua tendência de permanecer em repouso ou em movimento retilíneo e uniforme. Portanto, a massa é a característica que mede a inércia de um corpo.
  8. 8. Exemplos: • Um trem metrô quando dá a sua arrancada para dar partida ao seu movimento, as pessoas que estão em repouso tendem a ficar em repouso indo então para trás, quando o trem inicia o movimento.
  9. 9. • Quando um motoqueiro está em movimento e para bruscamente com a sua moto, ele é arremessado para frente, pois todo corpo que está em movimento tende permanecer em movimento.
  10. 10. • Um foguete quando lançado ao espaço tem a sua força inicial dando o seu movimento, mas como no espaço não tem força contrária, ele pode desligar seus propulsores e continuar em velocidade constante no espaço, pois não tem nenhuma força que o faça parar.
  11. 11. Lei Fundamental da Dinâmica • Todo corpo precisa de uma força para se movimentar e outra para parar. • Quanto maior for o massa, maior deverá ser a intensidade da força, para poder variar o movimento. • Quanto maior a variação de velocidade maior a força.
  12. 12. Lei Fundamental da Dinâmica  Essa lei diz que a soma de todas as forças que atuam sobre um corpo é igual a força resultante deste. É essa força resultante que indicará a direção e o sentido em que o corpo se moverá. • Quando uma força resultante está presente numa partícula, esta adquire uma aceleração na mesma direção e sentido da força, segundo um referencial inercial.
  13. 13. • F = força (N) Unid. de força no S.I: (N) Newton • m = massa (kg) • a = aceleração (m/s2)
  14. 14. - Como força é uma grandeza vetorial, para encontrarmos a força resultante é necessário fazer uma soma vetorial. - Se a força resultante for nula, , o corpo estará em repouso (equilíbrio estático) ou em movimento retilíneo uniforme (equilíbrio dinâmico). Lei Fundamental da Dinâmica
  15. 15. • Exemplos da 2º Lei de Newton • Por exemplo, se um bloco escorrega, descendo um plano inclinado com atrito, teremos o seguinte diagrama de corpo livre para o bloco: A aceleração adquirida por um corpo é diretamente proporcional à intensidade da resultante das forças que atuam sobre o corpo, tem direção e sentido dessa força resultante e é inversamente proporcional à sua massa.
  16. 16. -Quando um corpo executa um movimento circular com velocidade constante surge uma força central cuja aceleração tem sentido para o centro da circunferência.
  17. 17. Lei da Ação e Reação A terceira lei de Newton
  18. 18. 3a Lei da Ação e Reação "Para toda força que surgir num corpo como resultado da interação com um segundo corpo, deve surgir nesse segundo uma outra força, chamada de reação, cuja intensidade e direção são as mesmas da primeira mas, cujo sentido é o oposto da primeira."
  19. 19. Propriedades do par ação/reação -Estão associadas a uma única interação, ou seja, correspondem às forças trocadas entre apenas dois corpos; Têm sempre a mesma natureza (ambas de contato ou ambas de campo), logo, possuem o mesmo nome ("de contato" ou "de campo"); É indiferente atribuir a ação a uma das forças e a reação à outra.
  20. 20. Propriedades do par ação/reação • Estas forças são caracterizadas por terem: -Mesma direção -Sentidos opostos -Mesma intensidade -Aplicadas em corpos diferentes, logo não se anulam. - Uma força nunca aparece sozinha. Elas sempre aparecem aos pares (uma delas é chamada de ação e a outra, de reação).
  21. 21. De campo:
  22. 22. Por contato:
  23. 23. Exemplos: Ação/Reação
  24. 24. Exemplos: Ação/Reação

×