O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
Ciências Físico-Químicas
Agrupamento de Escolas de Oliveira do Bairro: ESOB

Isaac Newton
1ª Lei de Newton – Lei da Inérci...
Isaac Newton
Nasceu a 4 de janeiro de 1643, em vida Inglaterra. Ao longo da
sua vida foi desenvolvendo algumas
teorias com...
Deduziu a fórmula do binómio e também um método para a
solução de problemas com grandezas variáveis (método das fluxões).
...
1ª Lei de Newton – Lei da Inércia
A inércia é a oposição que os corpos oferecem à alteração
do estado em que se encontra, ...
Características
• Todos os corpos têm tendência para permanecer no estado em que

se encontram.
Exemplo: Se estão em repou...
Características
• Quando a velocidade é constante (movimento retilíneo

uniforme) diz-se que o corpo se encontra em equilí...
Exemplo:
O encaixe do martelo quando bate com o cabo
contra a mesa.

Conclusão:
 Qualquer corpo que esteja em repouso ou ...
2ª Lei de Newton – Lei Fundamental
da Dinâmica
• A resultante das forças é sempre maior que 0 (existe sempre
aceleração);
...
2ª Lei de Newton – Lei
Fundamental da Dinâmica
Quando a única força que atua num corpo é o seu peso, este cai para a

Terr...
2ª Lei de Newton – Lei
Fundamental da Dinâmica
A força resultante e a aceleração têm sempre o mesmo sentido e

direção;
Ex...
Conclusão
Quando a resultante das forças que atuam num corpo é diferente de
zero, produz nele uma aceleração com a mesma d...
3ª Lei de Newton –Lei
da
Ação-Reação
• As forças descrevem a intenção entre dois corpos, e
podem atuar sempre aos pares.
•...
3ª Lei de Newton –Lei da
Ação-Reação
F
1

F1- força que o corpo exerce na mesa
(Fc,m)
F2- força que a mesa exerce no corpo...
Conclusão
Quando dois corpos estão em interação, um exerce uma força sobre
outro (ação), o segundo exerce uma força sobre ...
Trabalho Realizado por:
Daniel Vieira nº4
Mariana Santiago nº19
Mariana Torres nº20
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ciências físico químicas/ Leis do movimento ou leis de Newton

3.759 visualizações

Publicada em

É um trabalho sobre Isaac Newton e as suas leis do movimento.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Ciências físico químicas/ Leis do movimento ou leis de Newton

  1. 1. Ciências Físico-Químicas Agrupamento de Escolas de Oliveira do Bairro: ESOB Isaac Newton 1ª Lei de Newton – Lei da Inércia 2ª Lei de Newton – Lei Fundamental da Dinâmica 3ª Lei de Newton – Lei da Ação-Reação Ano letivo: 2013/2014 9ºB
  2. 2. Isaac Newton Nasceu a 4 de janeiro de 1643, em vida Inglaterra. Ao longo da sua vida foi desenvolvendo algumas teorias como a da gravitação universal (explica as forças envolvidas nos movimentos dos planetas). Desenvolveu um novo modelo de telescópio refletor e fez descobertas sobre a composição da luz.
  3. 3. Deduziu a fórmula do binómio e também um método para a solução de problemas com grandezas variáveis (método das fluxões). Publicou obras como “Philosophiae Naturalis Principia Mathematica” (1687) , “Opticks” (1704) entre outras. Durante a sua vida foi professor e matemático. Morreu em Londres, no dia 31 de março de 1727 e foi enterrado na Abadia de Westminster, Londres.
  4. 4. 1ª Lei de Newton – Lei da Inércia A inércia é a oposição que os corpos oferecem à alteração do estado em que se encontra, por este motivo a 1ª lei de Newton também pode ser denominada por Lei da Inércia.
  5. 5. Características • Todos os corpos têm tendência para permanecer no estado em que se encontram. Exemplo: Se estão em repouso permanecem em repouso; • A resultante do sistema de forças é sempre 0. • Quando a velocidade é 0 (repouso) diz-se que o corpo se encontra em equilíbrio estático.
  6. 6. Características • Quando a velocidade é constante (movimento retilíneo uniforme) diz-se que o corpo se encontra em equilíbrio dinâmico. • Quanto maior for a massa do corpo, maior é a resistência à alteração do estado de repouso, maior a inércia.
  7. 7. Exemplo: O encaixe do martelo quando bate com o cabo contra a mesa. Conclusão:  Qualquer corpo que esteja em repouso ou movimento retilíneo uniforme se o conjunto de forças que nele atuam tem resultante nula.
  8. 8. 2ª Lei de Newton – Lei Fundamental da Dinâmica • A resultante das forças é sempre maior que 0 (existe sempre aceleração); • Quando a aceleração é maior que 0, existe movimento uniforme acelerado e a velocidade aumenta; • Quando a aceleração é menor que 0, existe movimento uniformemente retardado e a velocidade diminui; • A força resultante produz um movimento nos corpo, os seus valores são diretamente proporcionais. Traduz-se pela expressão: Fr=m x a
  9. 9. 2ª Lei de Newton – Lei Fundamental da Dinâmica Quando a única força que atua num corpo é o seu peso, este cai para a Terra com uma aceleração denominada por aceleração gravítica. • O peso e a aceleração gravítica relacionam-se pela expressão: P = m x g. • O valor da aceleração gravítica depende do lugar da Terra onde o corpo se encontra. O valor de aceleração é 9,8m/s, representa-se por: P = m x 9,8
  10. 10. 2ª Lei de Newton – Lei Fundamental da Dinâmica A força resultante e a aceleração têm sempre o mesmo sentido e direção; Exemplo: Se o carrinho do supermercado estiver cheio, maior é a força exercida para o movimentarmos. Se estiver vazio, a força que exercemos para o movimentar é menor.
  11. 11. Conclusão Quando a resultante das forças que atuam num corpo é diferente de zero, produz nele uma aceleração com a mesma direção e sentido da força resultante que é tanto maior, quanto maior for a intensidade da força resultante.
  12. 12. 3ª Lei de Newton –Lei da Ação-Reação • As forças descrevem a intenção entre dois corpos, e podem atuar sempre aos pares. • Qualquer uma das duas forças pode ser chamada ação, sendo a outra chamada reação. O conjunto das duas forças constitui um par ação-reação.
  13. 13. 3ª Lei de Newton –Lei da Ação-Reação F 1 F1- força que o corpo exerce na mesa (Fc,m) F2- força que a mesa exerce no corpo (Fm,c) F 2 O par ação-reação têm: • a mesma direção; • a mesma intensidade; • sentidos opostos; • estão aplicadas em corpos diferentes (nunca se anulam).
  14. 14. Conclusão Quando dois corpos estão em interação, um exerce uma força sobre outro (ação), o segundo exerce uma força sobre o primeiro (reação), igual e oposta que o segundo corpo exerce sobre o primeiro.
  15. 15. Trabalho Realizado por: Daniel Vieira nº4 Mariana Santiago nº19 Mariana Torres nº20

×