SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 22
Trabalho de Física
Isaac Newton
Professora Roseli
9°-C
2014
Quem foi Newton
Isaac Newton foi um cientista inglês, mais
reconhecido como físico e matemático,
embora tenha sido também astrônomo,
alquimista, filósofo natural e teólogo.
Vida de Newton
Isaac Newton nasceu em 4 de Janeiro de 1643
Woolsthorpe Manor, Inglaterra. Por não ter
conhecido seu pai e não possuir bons
relacionamentos com seus familiares, Newton foi
garoto de personalidade fechada, introspectiva e
de difícil temperamento.
Newton e a escola
Aproximadamente dos 12 aos 17 anos,
Newton estudou na The King's School. Seus
cadernos escolares nitidamente mostravam
que ele não era um aluno qualquer, seu
aprendizado ia muito além do que qualquer
garoto de sua idade aprendia, além de seu
conhecimento superior sobre matemática.
Newton ingressa na faculdade
Com 18 anos é aceito no Trinity College, da Universidade de
Cambridge. Passou quatro anos em Cambridge e recebeu seu
grau de Bacharel no ano de 1665. Lá, tornou-se amigo do
professor de matemática Isaac Barrow, homem que o estimulo
a desenvolver suas aptidões matemáticas. Devido a epidemia
da peste negra na Inglaterra, a universidade de Cambridge é
fechada e em 1666 Newton volta para a casa de sua mãe em
Lincolnshire.
Período produtivo
Durante o tempo em que retornou para sua
casa em Lincolnshire, Newton passa por seu
momento de grande produção aos seus estudos,
entre eles, desenvolve as leis básicas da
mecânica e a lei fundamental da gravitação.
Leis básicas da mecânica
Mais conhecidas como as ´´leis de Newton``,
designa as três leis que possibilitaram e ainda
constituem a base primária para compreensão
dos comportamentos estático e dinâmico dos
corpos materiais, em escalas quer celeste quer
terrestre.
1°- Lei da Inércia
´´Todo corpo continua em seu estado de
repouso ou de movimento uniforme em uma linha
reta, a menos que seja forçado a mudar aquele
estado por forças aplicadas sobre ele.``
Exemplo
Em uma pista de boliche
infinita e sem atrito a
bola não pararia até que
uma força contrária ao
movimento fosse
efetuada.
2°- Princípio fundamental da
dinâmica
´´A mudança de movimento é proporcional à
força motora imprimida, e é produzida na direção
de linha reta na qual aquela força é imprimida.``
Esta lei resulta-se na expressão F=ma.
F= força resultante / m= massa do corpo
a= aceleração do corpo.
Exemplo
Ao fazer uma força sobre um
objeto, quanto menor a
massa, maior será a
aceleração obtida. Fazendo a
mesma força sobre o
caminhão de verdade e o de
brinquedo resultará em
acelerações visivelmente
diferentes.
3°- Princípio da ação e reação
´´A toda ação há sempre uma reação oposta e
de igual intensidade: ou as ações mútuas de dois
corpos um sobre o outro são sempre iguais e
dirigidas em sentidos opostos.``
Exemplo
Terceira lei de Newton.
As forças que os
patinadores fazem no
outro são iguais em
magnitude, mas agem
em sentidos opostos e
em corpos diferentes
Inspiração à sua teoria
gravitacional
Aos 23 anos de idade, Newton viu uma maçã
cair de uma árvore e compreendeu que a mesma
força que a fazia cair mantinha a Lua em sua
órbita em torno da Terra.
O que é a gravitação universal?
A gravitação universal é uma força fundamental de atração que
age entre todos os objetos por causa de suas massas, isto é, a
quantidade de matéria de que são constituídos. A gravitação
mantém o universo unido. Por exemplo, ela mantém juntos os
gases quentes no sol e faz os planetas permanecerem em suas
órbitas. A gravidade da Lua causa as marés oceânicas na terra.
Por causa da gravitação, os objetos sobre a terra são atraídos em
seu sentido. A atração física que um planeta exerce sobre os
objetos próximos é denominada força da gravidade.
Em que Newton se baseou para a
formulação da lei gravitacional
Newton estudou o mecanismo que fazia com que a Lua girasse em torno da
Terra. Estudando os princípios elaborados por Galileu Galilei e por Johannes
Kepler, conseguiu elaborar uma teoria que dizia que todos os corpos que
possuíam massa sofreriam atração entre si.
A partir das leis de Kepler, Newton mostrou que tipos de forças devem ser
necessárias para manter os planetas em suas órbitas. Ele calculou como a
força deveria ser na superfície da Terra. Essa força provou ser a mesma que
da à massa sua aceleração.
Formulação da Lei da Gravitação
Universal
A lei da gravitação universal diz que dois objetos
quaisquer se atraem gravitacionalmente por meio
de uma força que depende das massas desses
objetos e da distância que há entre eles.
Equação
F=Gm1m2
__________________________
r²
F = força gravitacional entre dois objetos
m1 = massa do primeiro objeto
m2 = massa do segundo objeto
r = distância entre os centros de massa dos objetos
G = constante universal da gravitação
Obra de Newton
Philosophiae naturalis principia mathematica (ou
Princípios Matemáticos da Filosofia Natural), é uma
obra de três volumes escrita por Isaac Newton,
publicada em 5 de julho de 1687. Provavelmente o
livro de ciências naturais de maior influência já
publicado. Este livro contem todas as descobertas
científicas que Newton realizou.
Últimos anos de Newton
Newton foi respeitado como nenhum outro cientista e sua obra marcou
efetivamente uma revolução científica. Seus estudos foram como chaves que
abriram portas para diversas áreas do conhecimento cujo acesso era
impossível anteriormente.
Na noite de 20 de março de 1727 (calendário juliano) faleceu. Foi enterrado
junto a outros célebres homens da Inglaterra na Abadia de Westminster.
A causa provável de sua morte foram complicações relacionadas ao cálculo
renal que o afligiu em seus últimos anos de vida.
Pensamento
´´Nenhuma grande descoberta foi feita jamais
sem um palpite ousado``.
FIM
Aluno
Breno Moraes N°2
SESI-416-S.B.do Campo
2014

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

3ª lei de newton gizelda
3ª lei de newton   gizelda3ª lei de newton   gizelda
3ª lei de newton gizeldaGizelda
 
Trabalho de física leis de newton
Trabalho de física leis de newtonTrabalho de física leis de newton
Trabalho de física leis de newtongibs007
 
Leis De Newton
Leis De NewtonLeis De Newton
Leis De NewtonMiky Mine
 
7 Galileu Galilei
7 Galileu Galilei7 Galileu Galilei
7 Galileu GalileiErica Frau
 
Segunda lei de newton !!
Segunda lei de newton !!Segunda lei de newton !!
Segunda lei de newton !!Loamy Amarantte
 
Relatório dissecação do coração de porco
Relatório dissecação do coração de porcoRelatório dissecação do coração de porco
Relatório dissecação do coração de porcoMaria Freitas
 
Aula 10 - Gravidade - Física - PVSJ - Prof Elvis
Aula 10 - Gravidade - Física - PVSJ - Prof ElvisAula 10 - Gravidade - Física - PVSJ - Prof Elvis
Aula 10 - Gravidade - Física - PVSJ - Prof ElvisElvis Soares
 
Espectro eletromagnético
Espectro eletromagnéticoEspectro eletromagnético
Espectro eletromagnéticoFagner Aquino
 
Nicolau Copérnico
Nicolau CopérnicoNicolau Copérnico
Nicolau CopérnicoYgor Castro
 
A Expansão marítima
A Expansão marítimaA Expansão marítima
A Expansão marítimacattonia
 
Vida e Obra de Galileu Galilei
Vida e Obra de Galileu GalileiVida e Obra de Galileu Galilei
Vida e Obra de Galileu GalileiPedro Ribeiro
 
Leis de newton 2 !
Leis de newton 2 !Leis de newton 2 !
Leis de newton 2 !gibs007
 

Mais procurados (20)

3ª lei de newton gizelda
3ª lei de newton   gizelda3ª lei de newton   gizelda
3ª lei de newton gizelda
 
Leis newton
Leis newtonLeis newton
Leis newton
 
Trabalho de física leis de newton
Trabalho de física leis de newtonTrabalho de física leis de newton
Trabalho de física leis de newton
 
FQ - FORÇA DE ATRITO
FQ - FORÇA DE ATRITOFQ - FORÇA DE ATRITO
FQ - FORÇA DE ATRITO
 
2ª lei de newton
2ª lei de newton2ª lei de newton
2ª lei de newton
 
Leis De Newton
Leis De NewtonLeis De Newton
Leis De Newton
 
7 Galileu Galilei
7 Galileu Galilei7 Galileu Galilei
7 Galileu Galilei
 
Segunda lei de newton !!
Segunda lei de newton !!Segunda lei de newton !!
Segunda lei de newton !!
 
Relatório dissecação do coração de porco
Relatório dissecação do coração de porcoRelatório dissecação do coração de porco
Relatório dissecação do coração de porco
 
Aula 10 - Gravidade - Física - PVSJ - Prof Elvis
Aula 10 - Gravidade - Física - PVSJ - Prof ElvisAula 10 - Gravidade - Física - PVSJ - Prof Elvis
Aula 10 - Gravidade - Física - PVSJ - Prof Elvis
 
Força e movimento
Força e movimentoForça e movimento
Força e movimento
 
Espectro eletromagnético
Espectro eletromagnéticoEspectro eletromagnético
Espectro eletromagnético
 
3ª lei de newton – ação e reação
3ª lei de newton – ação e reação3ª lei de newton – ação e reação
3ª lei de newton – ação e reação
 
Nicolau Copérnico
Nicolau CopérnicoNicolau Copérnico
Nicolau Copérnico
 
A Expansão marítima
A Expansão marítimaA Expansão marítima
A Expansão marítima
 
Isaac newton
Isaac newtonIsaac newton
Isaac newton
 
Vida e Obra de Galileu Galilei
Vida e Obra de Galileu GalileiVida e Obra de Galileu Galilei
Vida e Obra de Galileu Galilei
 
9 ano leis de newton
9 ano leis de newton9 ano leis de newton
9 ano leis de newton
 
Leis de newton 2 !
Leis de newton 2 !Leis de newton 2 !
Leis de newton 2 !
 
3ª lei de newton
3ª lei de newton3ª lei de newton
3ª lei de newton
 

Destaque (10)

Disco de newtón
Disco de newtónDisco de newtón
Disco de newtón
 
Disco De Newton
Disco De NewtonDisco De Newton
Disco De Newton
 
La_luz
La_luzLa_luz
La_luz
 
Disco de newton
Disco de newtonDisco de newton
Disco de newton
 
05 formulação de cores
05 formulação de cores05 formulação de cores
05 formulação de cores
 
Disco de newton
Disco de newtonDisco de newton
Disco de newton
 
Como realizar Disco de Newton
Como realizar Disco de Newton Como realizar Disco de Newton
Como realizar Disco de Newton
 
El disco de newton
El disco de newtonEl disco de newton
El disco de newton
 
Disco de newton
Disco de newtonDisco de newton
Disco de newton
 
.Isaac Newton.
.Isaac Newton..Isaac Newton.
.Isaac Newton.
 

Semelhante a As Leis de Newton e a Gravitação Universal

Isaac newton
Isaac newtonIsaac newton
Isaac newtonnonoano
 
Trabalho de Matemática - Isaac Newton
Trabalho de Matemática - Isaac NewtonTrabalho de Matemática - Isaac Newton
Trabalho de Matemática - Isaac NewtonEmanoel
 
Newton e o heliocentrismo
Newton e o heliocentrismoNewton e o heliocentrismo
Newton e o heliocentrismoNeticiaMatos
 
ISAAC NEWTON SLIDE.pptx
ISAAC NEWTON SLIDE.pptxISAAC NEWTON SLIDE.pptx
ISAAC NEWTON SLIDE.pptxdeivid silva
 
Lei da gravitação de Newton.ppt
Lei da gravitação de Newton.pptLei da gravitação de Newton.ppt
Lei da gravitação de Newton.pptRodolfoFUT9
 
biografiaisaacnewton-130920130528-phpapp01 (1).pdf
biografiaisaacnewton-130920130528-phpapp01 (1).pdfbiografiaisaacnewton-130920130528-phpapp01 (1).pdf
biografiaisaacnewton-130920130528-phpapp01 (1).pdfACDUARDO
 
Isaac newton(fatima)
Isaac newton(fatima)Isaac newton(fatima)
Isaac newton(fatima)Carla Daniela
 
Astronomia e astrof´+¢sica parte 001
Astronomia e astrof´+¢sica parte 001Astronomia e astrof´+¢sica parte 001
Astronomia e astrof´+¢sica parte 001Thommas Kevin
 
Terceira lei de newton
Terceira lei de newtonTerceira lei de newton
Terceira lei de newtonmateusms96
 

Semelhante a As Leis de Newton e a Gravitação Universal (20)

Isaac newton
Isaac newtonIsaac newton
Isaac newton
 
Trabalho de Matemática - Isaac Newton
Trabalho de Matemática - Isaac NewtonTrabalho de Matemática - Isaac Newton
Trabalho de Matemática - Isaac Newton
 
Newton e o heliocentrismo
Newton e o heliocentrismoNewton e o heliocentrismo
Newton e o heliocentrismo
 
ISAAC NEWTON SLIDE.pptx
ISAAC NEWTON SLIDE.pptxISAAC NEWTON SLIDE.pptx
ISAAC NEWTON SLIDE.pptx
 
Lei da gravitação de Newton.ppt
Lei da gravitação de Newton.pptLei da gravitação de Newton.ppt
Lei da gravitação de Newton.ppt
 
biografiaisaacnewton-130920130528-phpapp01 (1).pdf
biografiaisaacnewton-130920130528-phpapp01 (1).pdfbiografiaisaacnewton-130920130528-phpapp01 (1).pdf
biografiaisaacnewton-130920130528-phpapp01 (1).pdf
 
Isaac Newton
Isaac NewtonIsaac Newton
Isaac Newton
 
Isaac newton(fatima)
Isaac newton(fatima)Isaac newton(fatima)
Isaac newton(fatima)
 
Astronomia e astrof´+¢sica parte 001
Astronomia e astrof´+¢sica parte 001Astronomia e astrof´+¢sica parte 001
Astronomia e astrof´+¢sica parte 001
 
Isaac newton1
Isaac newton1Isaac newton1
Isaac newton1
 
Omovimento
OmovimentoOmovimento
Omovimento
 
Newton
NewtonNewton
Newton
 
A síntese newtoniana
A síntese newtonianaA síntese newtoniana
A síntese newtoniana
 
Terceira lei de newton
Terceira lei de newtonTerceira lei de newton
Terceira lei de newton
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Gravidade power point
Gravidade power pointGravidade power point
Gravidade power point
 
Isaacnewton 100131090527-phpapp01
Isaacnewton 100131090527-phpapp01Isaacnewton 100131090527-phpapp01
Isaacnewton 100131090527-phpapp01
 

Último

LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfAnaGonalves804156
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxfabiolalopesmartins1
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 

Último (20)

LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 

As Leis de Newton e a Gravitação Universal

  • 1. Trabalho de Física Isaac Newton Professora Roseli 9°-C 2014
  • 2. Quem foi Newton Isaac Newton foi um cientista inglês, mais reconhecido como físico e matemático, embora tenha sido também astrônomo, alquimista, filósofo natural e teólogo.
  • 3. Vida de Newton Isaac Newton nasceu em 4 de Janeiro de 1643 Woolsthorpe Manor, Inglaterra. Por não ter conhecido seu pai e não possuir bons relacionamentos com seus familiares, Newton foi garoto de personalidade fechada, introspectiva e de difícil temperamento.
  • 4. Newton e a escola Aproximadamente dos 12 aos 17 anos, Newton estudou na The King's School. Seus cadernos escolares nitidamente mostravam que ele não era um aluno qualquer, seu aprendizado ia muito além do que qualquer garoto de sua idade aprendia, além de seu conhecimento superior sobre matemática.
  • 5. Newton ingressa na faculdade Com 18 anos é aceito no Trinity College, da Universidade de Cambridge. Passou quatro anos em Cambridge e recebeu seu grau de Bacharel no ano de 1665. Lá, tornou-se amigo do professor de matemática Isaac Barrow, homem que o estimulo a desenvolver suas aptidões matemáticas. Devido a epidemia da peste negra na Inglaterra, a universidade de Cambridge é fechada e em 1666 Newton volta para a casa de sua mãe em Lincolnshire.
  • 6. Período produtivo Durante o tempo em que retornou para sua casa em Lincolnshire, Newton passa por seu momento de grande produção aos seus estudos, entre eles, desenvolve as leis básicas da mecânica e a lei fundamental da gravitação.
  • 7. Leis básicas da mecânica Mais conhecidas como as ´´leis de Newton``, designa as três leis que possibilitaram e ainda constituem a base primária para compreensão dos comportamentos estático e dinâmico dos corpos materiais, em escalas quer celeste quer terrestre.
  • 8. 1°- Lei da Inércia ´´Todo corpo continua em seu estado de repouso ou de movimento uniforme em uma linha reta, a menos que seja forçado a mudar aquele estado por forças aplicadas sobre ele.``
  • 9. Exemplo Em uma pista de boliche infinita e sem atrito a bola não pararia até que uma força contrária ao movimento fosse efetuada.
  • 10. 2°- Princípio fundamental da dinâmica ´´A mudança de movimento é proporcional à força motora imprimida, e é produzida na direção de linha reta na qual aquela força é imprimida.`` Esta lei resulta-se na expressão F=ma. F= força resultante / m= massa do corpo a= aceleração do corpo.
  • 11. Exemplo Ao fazer uma força sobre um objeto, quanto menor a massa, maior será a aceleração obtida. Fazendo a mesma força sobre o caminhão de verdade e o de brinquedo resultará em acelerações visivelmente diferentes.
  • 12. 3°- Princípio da ação e reação ´´A toda ação há sempre uma reação oposta e de igual intensidade: ou as ações mútuas de dois corpos um sobre o outro são sempre iguais e dirigidas em sentidos opostos.``
  • 13. Exemplo Terceira lei de Newton. As forças que os patinadores fazem no outro são iguais em magnitude, mas agem em sentidos opostos e em corpos diferentes
  • 14. Inspiração à sua teoria gravitacional Aos 23 anos de idade, Newton viu uma maçã cair de uma árvore e compreendeu que a mesma força que a fazia cair mantinha a Lua em sua órbita em torno da Terra.
  • 15. O que é a gravitação universal? A gravitação universal é uma força fundamental de atração que age entre todos os objetos por causa de suas massas, isto é, a quantidade de matéria de que são constituídos. A gravitação mantém o universo unido. Por exemplo, ela mantém juntos os gases quentes no sol e faz os planetas permanecerem em suas órbitas. A gravidade da Lua causa as marés oceânicas na terra. Por causa da gravitação, os objetos sobre a terra são atraídos em seu sentido. A atração física que um planeta exerce sobre os objetos próximos é denominada força da gravidade.
  • 16. Em que Newton se baseou para a formulação da lei gravitacional Newton estudou o mecanismo que fazia com que a Lua girasse em torno da Terra. Estudando os princípios elaborados por Galileu Galilei e por Johannes Kepler, conseguiu elaborar uma teoria que dizia que todos os corpos que possuíam massa sofreriam atração entre si. A partir das leis de Kepler, Newton mostrou que tipos de forças devem ser necessárias para manter os planetas em suas órbitas. Ele calculou como a força deveria ser na superfície da Terra. Essa força provou ser a mesma que da à massa sua aceleração.
  • 17. Formulação da Lei da Gravitação Universal A lei da gravitação universal diz que dois objetos quaisquer se atraem gravitacionalmente por meio de uma força que depende das massas desses objetos e da distância que há entre eles.
  • 18. Equação F=Gm1m2 __________________________ r² F = força gravitacional entre dois objetos m1 = massa do primeiro objeto m2 = massa do segundo objeto r = distância entre os centros de massa dos objetos G = constante universal da gravitação
  • 19. Obra de Newton Philosophiae naturalis principia mathematica (ou Princípios Matemáticos da Filosofia Natural), é uma obra de três volumes escrita por Isaac Newton, publicada em 5 de julho de 1687. Provavelmente o livro de ciências naturais de maior influência já publicado. Este livro contem todas as descobertas científicas que Newton realizou.
  • 20. Últimos anos de Newton Newton foi respeitado como nenhum outro cientista e sua obra marcou efetivamente uma revolução científica. Seus estudos foram como chaves que abriram portas para diversas áreas do conhecimento cujo acesso era impossível anteriormente. Na noite de 20 de março de 1727 (calendário juliano) faleceu. Foi enterrado junto a outros célebres homens da Inglaterra na Abadia de Westminster. A causa provável de sua morte foram complicações relacionadas ao cálculo renal que o afligiu em seus últimos anos de vida.
  • 21. Pensamento ´´Nenhuma grande descoberta foi feita jamais sem um palpite ousado``.