Escola Funcionalista

29.214 visualizações

Publicada em

Síntese da escola de frankfurt, seu método, técnicas e atores

1 comentário
7 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
29.214
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
248
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
433
Comentários
1
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Escola Funcionalista

  1. 1. Escolas, atores, contextos: FUNCIONALISMO Como evoluiram os modelos comunicacionais a ponto de gerar a massa e seus reflexos? Essa questão pretende ser desenvolvida com a participação de todos, de modo contextualizado, com a participação de todos, por isso denominado imersivo
  2. 2. Base para a dinâmica <ul><li>1.Elementos tecnológicos ou cultura acumulou-se e em qual modelo para serem combinados em complexos como jornal, filme, rádio, TV etc </li></ul><ul><li>3.Quais os modelos de difusão das novidades, condições socioculturais relacionadas com taxas e modelos de crescimento </li></ul><ul><li>2.Condições sociais e culturais e condições criadas para disseminação de novidades </li></ul>
  3. 3. FUNCIONALISMO <ul><li>HERANÇA e CONTEXTO: </li></ul><ul><ul><li>Herdeira direta do positivismo, teoria criada por Augusto Comte, que buscava a compreensão dos fenômenos sociais. </li></ul></ul><ul><ul><li>Estabelece relação entre o corpo social e o biológico </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Cada parte ajuda a preservar o todo </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Órgãos ajudam o corpo... </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Indivíduos e instituições mantém a ordem social vigente </li></ul></ul></ul></ul>
  4. 4. CONDIÇÕES GERAIS <ul><li>HISTÓRICO </li></ul><ul><li>Período entre-guerras </li></ul><ul><li>Crise da Bolsa de 1929 </li></ul><ul><li>Crise do capitalismo com política não intervencionista </li></ul><ul><li>1933 Roosevelt (democrata) inicia New Deal </li></ul><ul><li>Desenvolve-se a OP e as pesquisas de MCM </li></ul><ul><li>Nasce revista The Public Opinion Quarterly - Universidade de Princeton </li></ul><ul><ul><li>Atuam Lasswel (1937), Katz (1938) Lazarsfeld (1945) e Wilbur Schramm (1953) </li></ul></ul><ul><li>1938 : consulta-se a OP sobre: </li></ul><ul><ul><li>Se estão a favor ou contra Roosevelt </li></ul></ul><ul><ul><li>Se preferem fascismo e o comunismo </li></ul></ul><ul><ul><li>Se votariam em uma mulher para presidente </li></ul></ul>
  5. 5. MÉTODO ADOTADO <ul><li>POSITIVISMO </li></ul><ul><ul><li>Definição : corrente teórica surgida na Inglaterra em 1920, com viés sociológico, enfoque empirista, apoiando-se nas vantagens do trabalho de campo. </li></ul></ul><ul><ul><li>Aplicação : adotava o rigor científico utilizado nas ciências físicas e naturais </li></ul></ul><ul><ul><li>Excluí as explicações metafísicas e teológicas </li></ul></ul><ul><ul><li>Procura explicação das sociedades e creditam às funções o segredo da sobrevivência </li></ul></ul>
  6. 6. TÉCNICAS <ul><li>INVESTIGAÇÃO EMPÍRICA </li></ul><ul><ul><li>Corrente filosófica do séc. XVIII </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>busca conhecer a realidade através da observacão dos fenômenos observáveis </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>A explicação dos fenômenos são obtidas por meio da construção de leis gerais e relacões causais entre os fenômenos </li></ul></ul></ul>
  7. 7. OBJETO DE ESTUDO <ul><li>MENSAGEM NOS MEIOS DE MASSA </li></ul><ul><li>Teóricos buscam aferir o alcance dos meios (imprensa e rádio) junto ao público </li></ul><ul><li>Evolui para a análise da influência dos meios no comportamento das massas] </li></ul><ul><li>Também analisa a utilização política dos meios </li></ul>
  8. 8. MODELO <ul><li>PARADIGMA DE LASWELL </li></ul><ul><li>QUEM....................................> Emissor </li></ul><ul><li>DIZ O QUÊ?..........................> Mensagem </li></ul><ul><li>EM QUE CANAL?.................> Meio </li></ul><ul><li>PARA QUEM?......................> Receptor </li></ul><ul><li>COM QUE EFEITO?............> Feedback </li></ul>
  9. 9. MODELO <ul><li>PARADIGMA DE LAZARSFELD </li></ul><ul><li>Contextualizado </li></ul><ul><ul><li>Sociedade de massa </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Capitalismo liberal sob leis de mercado (oferta e procura) </li></ul></ul></ul><ul><li>Meios neste contexto são limitados </li></ul><ul><ul><li>Isso impede fins autoritários </li></ul></ul><ul><ul><li>Motivo: resistência da Opinião Pública </li></ul></ul><ul><ul><li>Sociedade democrática > multiplicidade de fontes > ajuda a formar a opinião pública > interfere nos processos </li></ul></ul>
  10. 10. ATORES & AUTORES (filosofo) August Comte(1798-1857 Trabalha 12 anos pela &quot;filosofia positiva&quot; Visão desconsidera causas de um único princípio Foca nas leis, relações abstratas e constantes entre fenômenos observáveis. Método com dois critérios: histórico e o sistemático Ciências anteriores atingiram a positividade: Matemática, Astronomia, Física, Química e Biologia. Denomina sua ciência de física social e, depois, Sociologia Usa observação, experimentação, comparação, classificação e da filiação histórica. Mérito : fenômenos sociais percebidos como os outros fenômenos da natureza, sob leis gerais.
  11. 11. ATORES & AUTORES (sociólogo) <ul><li>Paul Lazarsfeld (1901-1976) </li></ul><ul><li>Formação interdisciplinar </li></ul><ul><li>Introduziu estatística na psicologia e na sociologia </li></ul><ul><li>1933:migra para os EUA: </li></ul><ul><ul><li>Princeton: director de Pesquisa Radiofónica </li></ul></ul><ul><ul><li>Prêmio Rockfeller:pesquisas Sociologia e Psicologia à comunicação </li></ul></ul><ul><li>Robert Merton (1944-1997) >> </li></ul><ul><li>Ciência é um conjunto de conhecimentos pela sociedade </li></ul><ul><ul><li>Esta julga a verdade de acordo com expectativas e valores éticos morais próprios </li></ul></ul><ul><li>Talcott Parsons (1902-1979) </li></ul><ul><li>Presidente da Sociological Society </li></ul><ul><li>Sociedade tende à autorregulação </li></ul><ul><li>Autosuficiencia é determinada por necesidades básicas: </li></ul><ul><ul><li>Bens, serviços, proteção à infância etc </li></ul></ul>
  12. 12. ATORES & AUTORES (psicólogos) <ul><li>Carl Hovland (1912-1961) </li></ul><ul><li>Estuda matemáticas, ciencias y psicología en la Northwestern Universidad </li></ul><ul><li>2ª Guerra : director do Laboratorio of Psicology </li></ul><ul><ul><li>Desenvolve linhas de investigação em torno da comunicação e da conduta </li></ul></ul><ul><li>Kurt Levin (1890-1947) </li></ul><ul><li>Refugia-se nos EUA em 1933 </li></ul><ul><li>1945 : funda Centro de Pesquisa de Dinâmica de Grupo do MIT </li></ul><ul><li>Teoria do campo psicológico (espaço vital) >>> </li></ul><ul><li>>>> variações do comportamento quanto à norma é condicionada pela tensão entre as percepções: de si mesmo, do ambiente psicológico </li></ul><ul><li>Dedica a processos sociais, motivação e personalidade, aplica os princípios da psicologia da </li></ul><ul><li>Coordena trabalhos para criar o Centro de Investigação sobre conducta </li></ul><ul><li>Teoría de la Gestalt: </li></ul><ul><ul><li>Considerado um dos quatro fundadores dos estudos sobre comunicação junto a Laswell, Lazarsfeld e Lewin </li></ul></ul>
  13. 13. ATORES & AUTORES (cientista político) <ul><li>Harold Laswell (1902-1978) </li></ul><ul><li>Nasceu em Donnellson, Illionios </li></ul><ul><li>Estudou Sociologia em Chicago </li></ul><ul><li>Trabalhou noInstituto de Propagada e Analises </li></ul><ul><li>Seu primeiro livro :”Psicología y políticas”, de 1930 </li></ul><ul><li>Abre linha de investigação dos efeitos </li></ul><ul><li>Ordena e define os grandes espaços de estudo </li></ul><ul><li>Formula o Joumal of Comunicatión vol. 8. </li></ul><ul><li>Supera em boa medida a posições </li></ul><ul><li>previas sobre a alinealidade estímulo-resposta </li></ul>

×