Relatório pibid everton

3.420 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.420
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatório pibid everton

  1. 1. PROJETO PIBID NA ESCOLA EMEF ERCY ARRUDA BONFIMProfessora Supervisora: Denizete Cristina Mendonça Meloni.Coordenadora Pedagógica: Ana Rita Louzada Coelho.Relatório PIBID“INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA: LEITURA, ESCRITA E INTERPRETAÇÃO DE TEXTO.” Seguindo às orientações do Subprojeto que norteia as ações do PIBID, após a 1ª etapade apresentação deste, ao corpo docente da Escola, foi possível definirmos junto às pedagogasCristina (supervisora do projeto PIBID) e Margarete, com base nos resultados do IDEB*, que oprojeto daria preferência aos alunos do oitavo e nono anos e, por excelência, priorizar e otimizara prática da escrita, leitura e interpretação de textos, preparando-os para mais uma etapa desuas vidas, que é o ingressar ao Ensino Médio, pois a leitura é a base necessária para aintegração com as outras disciplinas. Durante todo processo, os bolsistas receberam todo o apoio e direcionamento daSupervisão do PIBID (São Camilo) e equipe gestora da Unidade de Ensino EMEF “Ercy ArrudaBonfim”, no que se refere à integração junto ao corpo docente, logística para a implementaçãodo projeto e orientação ao corpo discente e comunidade escolar quanto a importância daintervenção e da contribuição, a longo prazo, com a execução da proposta. Para o grupo que atua na EMEF “Ercy Arruda Bonfim”, desde o início do processo,percebemos a necessidade de construirmos uma proposta que atendesse às necessidadesapresentadas no diagnóstico produzido inicialmente, considerando o histórico-social e culturaldos alunos, baseando-se no contexto espacial em que estão inseridos (o campo). Logo no primeiro momento de contato com os alunos selecionados, os bolsistas sob aSupervisão de Cristina, enfatizaram, durante entrevista, sobre a oportunidade que o projeto traz *Resultado do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) anexo p.3 1
  2. 2. para os discentes contemplados da referida escola e para os alunos bolsistas do CentroUniversitário São Camillo, uma vez que tal experiência refletiria de maneira ímpar em nossofazer docente assim como no nosso currículo, e ainda da responsabilidade que todo o grupoestava assumindo com a proposta de realização da pesquisa através do PIBID, sendo esta aprimeira participação do Centro Universitário no Programa. A respeito das atividades previstas estamos conduzindo em total parceria com a escolaEMEF “Ercy Arruda Bonfim”, considerando as metas sugeridas pelo subprojeto, coordenação doPIBID e equipe gestora da escola. Acerca da metodologia aplicada*, após a identificação das necessidades dos alunos, foidefinido em consenso que a intervenção aconteceria pontualmente na leitura, interpretação eescrita de textos, ressaltando a construção das atividades no formato interdisciplinar. Foramobservadas algumas aulas ministradas pela professora Edna, na qual foi constatada a interaçãoda classe com a regente. Até este momento, é possível afirmar que, graças a boa articulação feita pela equipegestora, valorização do trabalho realizado e o compromisso dos evolvidos no projeto, temoscomo bolsistas e mediadores do projeto, a segurança para avançarmos na pesquisa. *Plano de aula anexo p.4 2
  3. 3. Anexo IAnálise do IDEBResultado retirado do site: http://idep.inep.gov.br/resultado/resultado/resultado.seam?cid=13903. Atualizado em 14/08/2012.8ª série/ 9º ano IDEB Observado 2005 2007 2009 2011 2015 2017 2019 4.2 4.4 4.3 3.6 0 0 0 Metas Projetadas 2007 2009 2011 2013 2015 2017 2019 4.3 4.4 4.7 5.1 5.4 5.7 5.9Alunos Defasados série Qtd de alunos Alunos Defasados 5ª I 22 9 5ª II 20 8 6ª I 23 7 6ª II 17 7 7ª 22 9 8ª I 16 7 8ª II 15 6 Total 53PesquisaDados colhidos: • A escola tem por base o Currículo Básico Escola Estadual. • Usa o livro didático: “Linguagem – Criação e Interação”, Cássia Garcia de Souza & Márcia Paganini Cavéquia.Maior dificuldade da escola com relação aos alunos: • Alunos desinteressados. • alunos defasados.O transporte coletivo torna-se um agravante, considerando a distância entre a escola e aslocalidades, em que esses alunos residem. O projeto depende, então, da articulação:escola/família para que os referidos alunos permaneçam em tempo integral na escola. 3
  4. 4. Anexo II PROJETO PIBID NA ESCOLA EMEF ERCY ARRUDA BONFIMAlunos Cursistas/PIBID: Éverton Abreu Neves / Valesca O. dos SantosCoordenadora Pedagógica: Denizete Cristina Mendonça Meloni.Aula nº 02 Turma (s): 9º ano INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA /LEITURA, ESCRITA E INTERPRETAÇÃO DE TEXTO.Plano de aula: 22 de novembro de 2012 Hora inicial: 7 horas − Retorno da Atividade proposta na última aula: Construção de um texto, baseado no apresentado “O salário mínimo”, com a concepção individual alcançada durante a leitura. − Retorno da Atividade proposta II: Apresentação da música “Homem não chora” (Frejat) como ferramenta para execução da proposta de atividade para casa. Comando: Hoje, ouvimos a música “Homem não chora” que fala, de uma maneira subjetiva, a respeito do machismo imposto à sociedade. Com base no título da música, escreva um texto, dando sua opinião sobre o homem poder ou não chorar. − Atividade do dia: Utilizando as fotos de família/infância trazidas pelos alunos, como instrumento para construção de textos. − Objetivo: Trazer para o coletivo a história familiar de cada um dos alunos, propiciar um momento de reconhecimento histórico-social, através de relatos da experiência vivida durante a infância / ocasião retratada. (Qual a época, idade, quais pessoas participam da cena, quem são essas pessoas, qual a importância delas dentro da família, como foi aquele dia apresentado pela fotografia). 4
  5. 5. Anexo III FICHA DE OBSERVAÇÃO DE SALAAs questões propostas para o roteiro da observação estão pautadas nos estudos sobre os fundamentosmetodológicos da didática, principalmente nas Correntes Pedagógicas e Teorias do Conhecimento quederam sustentação a esta disciplina. 1) Descreva rapidamente como a professora fez a introdução de sua aula. 2) Cite os conteúdos que estavam sendo propostos para estudo e descreva como a professora foi mediando estes. Quais os valores que ela implícita ou implicitamente desejou desenvolver nos seus alunos? Transcreva alguns diálogos que ela travou com seus alunos objetivando que eles apropriassem de alguns conhecimentos ou saberes? 3) Cite as estratégias didáticas usadas pela professora para ensinar tais conteúdos. 4) Pelo que você observou, cite dois objetivos que você deduz que a professora pretendia atingir. 5) Pelos nossos estudos, qual foi o método usado pela professora, ou seja, você percebe que ela usou que tipo de método. 6) Do seu ponto de vista, pode-se dizer que a aula situa dentro de qual Corrente ou Tendência Psicológica. Justifique sua resposta, fazendo uma relação do estudado em sala de aula, do “dito e o visto”. Cite fragmentos, vá tecendo comentários. Assim, vamos exercitando nosso processo de análise crítica. 7) Para você a aula estava completa, ou seja, com todos os passos, de forma que favorecesse a aprendizagem dos alunos. A professora elabora um planejamento para sua aula? Respostas: 1- Iniciou a aula fazendo um breve lembrete da aula anterior, ressaltando a necessidade de alguns alunos acerca da recuperação trimestral. 2- O conteúdo: adjunto adnominal (classe gramatical) 3- O conteúdo foi apresentado no formato tradicional, no qual a professora sugeriu utilizando o quadro alguns exemplos de ocorrência do adjunto, e com auxilio do livro didático (Linguagem Criação e Interação/7º Ano/Autoras: Cássia Garcia de Souza e Márcia Paganini Cavéquia), realizou a explicação da referida classe gramatical, em alguns momentos atendeu aos alunos que explicitaram dúvidas, durante o ensino. Sempre reforçando de maneira pontual o objetivo a ser atingido por alguns alunos, com problemas de notas. Não houve diálogo especificamente com os alunos, a aula transcorreu com foco somente no conteúdo; no entanto, foi possível perceber boa interação entre a Professora Edna e seus alunos, “o nível de participação durante a aula é bom”! 4- 1º Compreensão dos alunos pelo conteúdo proposto; 2º Fazer uso do conteúdo apresentado em atividade avaliativa futura, por isso, induzir ao máximo a participação e o comprometimento dos alunos. 5- Método tradicional (Educação Tecnicista) com algumas intervenções de maneira humanista. 5
  6. 6. 6- / 7- Acredito que a aula apesar do formato tradicional, atingiu aos objetivos propostos pelo professor, todavia, acredito que há necessidade da professora contextualizar o tema de maneira interdisciplinar utilizando o histórico social e cultural dos alunos, uma vez que estes estão inseridos num ambiente espacial, o campo.OBSERVAÇÕES QUE DESEJO ACRESCENTAR:A Observação aconteceu em 28 de setembro de 2012, na EMEF “Ercy Arruda Bonfim”, Muqui com aparticipação da Professora de Língua Portuguesa Edna, na turma do 7º Ano vespertino. 6

×