O Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, por meioda Escola Técnica Estadual Professor Aprígio Gonzaga e suaE...
Souza compõem esta Mesa Redonda para discutir as competências dotrabalhador na sociedade contemporânea, com as seguintes a...
necessário um tempo maior para os resultados serem satisfatórios. Por essemotivo, o Equilíbrio Emocional tornou-se um dife...
10.05.11 – TERÇA-FEIRAO estado da arte sobre clima organizacionalFernando Nascimento da SilvaO objetivo desta apresentação...
11/05/11 – QUARTA-FEIRAGestão para resultadosFabrício Carnevale Reis - ManancialEsta palestra tem como objetivo fornecer s...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

II Semana de Estudos Corporativos da Escola Técnica Professor Aprígio Gonzaga - Extensão Carvalho Senne

581 visualizações

Publicada em

II SEMANA DE ESTUDOS CORPORATIVOS, a realizar-se entre os dias 09 e 11 de maio de 2011, das 19h às 22h40. Durante esses três dias, vários profissionais atuantes no mercado de trabalhado compartilharão experiências a respeito de diversas temáticas relevantes aos alunos dos cursos técnicos de Administração de Empresas, Logística e Informática, na intenção de estreitar relacionamento entre mundo acadêmico e mundo corporativo.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
581
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

II Semana de Estudos Corporativos da Escola Técnica Professor Aprígio Gonzaga - Extensão Carvalho Senne

  1. 1. O Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, por meioda Escola Técnica Estadual Professor Aprígio Gonzaga e suaExtensão E.E. Maria de Carvalho Senne, na intenção de promover umacapacitação profissional que dialoga com teoria e prática, com vistas aum mercado de trabalho exigente e promissor, promove a II SEMANA DEESTUDOS CORPORATIVOS, a realizar-se entre os dias 09 e 11 de maiode 2011, das 19h às 22h40. Durante esses três dias, vários profissionaisatuantes no mercado de trabalhado compartilharão experiências arespeito de diversas temáticas relevantes aos alunos dos cursos técnicosde Administração de Empresas, Logística e Informática, na intenção deestreitar relacionamento entre mundo acadêmico e mundo corporativo.Confiram abaixo nossa programação: 09/05/11 – SEGUNDA-FEIRAMesa Redonda: as competências do trabalhador na sociedade pós-industrial.O tema central desta discussão será as competências do trabalhador nasociedade pós-industrial. Se pensarmos numa visão cronológica de trabalho,na sociedade ruralista, quatro anos de ensino já capacitava os indivíduos aatuarem em seu contexto de trabalho; na sociedade industrial, com a divisãosocial do trabalho proposto por Taylor/Ford, já houve uma expansão emrelação à necessidade de formação do indivíduo, de modo que fossemcapacitados a resolverem tarefas específicas; já na sociedade doconhecimento, parece que essa formação específica já não é suficiente, hajavista as reflexões oriundas da área de recursos humanos que, segundo elas,hoje há uma preocupação cada vez maior com o capital intelectual, com bensintangíveis, por conta de profissionais terem de resolver tarefas cada vez maiscomplexas. Em razão dessas justificativas, os professores Roseli Molina,Rafael Bruno dos Santos Brandão, Rafael Lemos Baeta e Renato Antonio de
  2. 2. Souza compõem esta Mesa Redonda para discutir as competências dotrabalhador na sociedade contemporânea, com as seguintes apresentações:Desenvolvimento da competência cognitivaRoseli Molina - CEETEPSDesde criança o homem desenvolve competências desde o momento em queaprende a falar, a descobrir, a criar, a socializar-se, a brincar, a questionar,etc. Claro que pelas diferenças individuais e sócio culturais, as pessoasdesenvolvem competências diferentes, em níveis diferentes. Mas quem é oresponsável pelo desenvolvimento de competências? Qual o melhor momentopara desenvolver competências? Como descobrir quais competências devemelhorar? Atualmente, pela crescente competitividade no mercado detrabalho, as empresas procuram profissionais com níveis elevados decompetências e com recursos de adaptabilidade para enfrentarem comsucesso os desafios organizacionais, que tenham uma combinação decompetências cognitivas e comportamentais, que poderão diferenciar umprofissional de outro com as mesmas competências acadêmicas. Ascompetências cognitivas compreendem competências técnicas e apreciativas,raciocínio analítico, que são influenciadas pela inteligência, enquanto ascompetências comportamentais compreendem competências pessoais(inteligência emocional), interpessoais (capacidade de trabalhar com osoutros) e organizacionais (eficiência, liderança).O equilíbrio emocional nas organizações.Rafael Bruno dos Santos Brandão – CONTAX / CEETEPSHá alguns anos, as organizações exigiam dos profissionais competênciascomo: matemática avançada, raciocínio lógico e capacidade de tomar decisão.Hoje, o perfil ideal que o mercado procura contempla, além dessascompetências técnicas, competências comportamentais como: RelacionamentoInterpessoal, Liderança, Empatia e Equilíbrio Emocional. As empresasperceberam que, treinar colaboradores nos aspectos comportamentais, é
  3. 3. necessário um tempo maior para os resultados serem satisfatórios. Por essemotivo, o Equilíbrio Emocional tornou-se um diferencial competitivo para osprofissionais nos últimos anos. Como o profissional atual pode manter oequilíbrio emocional no ambiente em que estamos? Atualmente somos exigidospor diversos fatores como: qualidade, produtividade, resultados, atividades,concorrência, mudanças e a diversidade de pessoas no ambiente de trabalhosão alguns casos que podemos demonstrar certo desagrado com relação a umdeterminado ponto.A importância da capacidade analítica para tomada de decisãoRafael Baeta – CEETEPSEsta apresentação tem como objetivo demonstrar a importância da capacidadeanalítica por profissionais técnicos, assim como discorrer sobre as principaishabilidades que auxiliam na gestão, por permitir ao profissional tomar diversasdecisões de maneira mais assertiva e, dessa forma, obter resultados positivoscom menor risco possível.As competências comunicativa e social nas organizações.Renato Antonio de Souza - CEETEPSA sociedade pós-industrial tem exigido competências que vão além dascompetências técnicas, específicas, adquiridas em instituições de ensino. Abusca por profissionais com competências mais generalistas tem seintensificado em muitos processos de seleção em países emergentes como osintegrantes do BRIC. Em razão disso, esta apresentação tem como objetivorefletir acerca de duas competências, entre outras, que são consideradasfundamentais para um profissional bem qualificado para o mercado de trabalho:trata-se das competências comunicativa e social. A primeira tem uma relaçãodireta com o agir comunicativo em situações concretas de interação e, asegunda, a capacidade de utilizar-se de conhecimentos não técnicos mas quecomplementam o primeiro.
  4. 4. 10.05.11 – TERÇA-FEIRAO estado da arte sobre clima organizacionalFernando Nascimento da SilvaO objetivo desta apresentação é discorrer acerca do estado de conhecimento arespeito de Clima Organizacional no Brasil, cujo trabalho é resultado de umapesquisa realizada como Trabalho de Conclusão de Curso. O conceitofundamental de Clima Organizacional está em condicionar um comportamentointer-relacional e multi-relacional eficiente, resultando precipuamente noaumento da produtividade e qualidade, buscando com isso conquistar e,principalmente, fidelizar o cliente, já que ele é o sujeito proeminente de umaorganização.História do trabalho e sua função na vida do homemEliane Ferreira da Cruz – Caixa Econômica FederalConsiderando que as escolas técnicas têm a função precípua de contribuir paraa formação de indivíduos aptos a desempenhar as mais diversas funções nummercado cada vez mais exigente, faz-se necessário refletir acerca do papel queo trabalho exerce na vida do ser humano. A capacidade de transformação darealidade à sua volta, a produção e o aperfeiçoamento de técnicas já existentesserão o fio condutor da atividade que tem como objetivo colocar em discussãoas relações de trabalho contemporâneas, responsáveis, muitas vezes, peloprocesso de desumanização do homem.
  5. 5. 11/05/11 – QUARTA-FEIRAGestão para resultadosFabrício Carnevale Reis - ManancialEsta palestra tem como objetivo fornecer subsídios a profissionais de gestãopara alinhar o gerenciamento com vistas a resultados significativos em suaárea de responsabilidade. O foco abordado será a gestão para resultados e asferramentas para alcançar esse fim. Após a palestra, os estudantes estarãoaptos a visualizar no seu dia a dia se há gerenciamento de sua vida pessoal,profissional, de processos, etc, com finalidade de obter ganhos imediatos emqualidade e produtividade.Marketing B2BCarla Helena Ferreira – SonyMarketing B2B e marketing de bens de consumo são diferentes. Um conjuntocomum de conhecimentos, princípios e teorias aplica-se tanto para um comopara o outro, mas, considerando que seus compradores e seus mercadosfuncionam de forma diferente, merecem atenção dedicada e diferenciada, poisdivergem em temas como demanda de mercado, comportamento doscompradores, influências ambientais (economia, política, legislação) eestratégia de mercado e um único cliente pode ser responsável por grandenúmero de atividades de compra. Nosso colaborador:Rua Puquixa, s/n - Vila RéSão Paulo – SP - Cep: 03656-060

×