Excreção - Aula em Power Point

32.704 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
9 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
32.704
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
20.482
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
313
Comentários
0
Gostaram
9
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Excreção - Aula em Power Point

  1. 1. EXCREÇÃOPROFESSOR VASCO
  2. 2. EXCREÇÃO• Através da excreção são eliminadas substâncias tóxicas do organismo (como resíduos nitrogenados provenientes do metabolismo de proteínas e ácidos nucléicos) e substâncias não tóxicas que se encontram em concentrações elevadas em determinado momento. As estruturas ou órgãos excretores são responsáveis ainda pelos controles hídrico e de sais do organismo (osmorregulação ou regulação osmótica).
  3. 3. EXCRETAS NITROGENADAS• O metabolismo oxidativo de aminoácidos e bases nitrogenadas leva à formação de alguns produtos que contêm nitrogênio, sendo os de maior interesse a amônia, a uréia ee o ácido úrico.. Amônia: tóxica e altamente solúvel em H2O  se difunde facilmente através dos tecidos animais  nos animais aquáticos pode ser eliminada diretamente para o meio ambiente sem muitos problemas . O animal excretando amônia, acaba eliminando H2O, sendo típica de animais aquáticos.
  4. 4. EXCRETAS NITROGENADAS• Os animais terrestres, como não dispõem de quantidades relativamente grandes de água, precisam converter a amônia em outro tipo de substância menos tóxica e menos solúvel, como a uréia ou o ácido úrico. Uréia: menos tóxica e menos solúvel que a amônia.Ácido úrico: praticamente insolúvel em água e ainda menos tóxico que a uréia  relacionado com a oviparidade em vertebrados terrestres.
  5. 5. OBSERVAÇÃO• Animais que excretam amônia são denominados Amoniotélicos.• Animais que excretam Uréia são denominados Ureotélicos.• Animais que excretam ácido úrico são denominados Uricotélicos.• A excreção de ácido úrico colabora para uma economia de água no animal , pois é insolúvel em água. Dessa maneira é um fator de adaptação ao meio terrestre.
  6. 6. EXCRETAS NITROGENADAS
  7. 7. EXCRETAS NITROGENADAS FILOS DE AMONIOTÉLICOS UREOTÉLICOS URICOTÉLICOSINVERTEBRADOS Poríferos X   Cnidários X   Platelmintos X   Nematelmintos X (principal) * X (secundária) • * Nos invertebrados aquáticos a amônia é o principal produto final do catabolismo de aminoácidos. Alguns nematelmintos parasitas, como o Ascaris (lombriga) podem excretar, além da amônia, uma certa quantidade de uréia.
  8. 8. EXCRETAS NITROGENADAS FILOS DE AMONIOTÉLICOS UREOTÉLICOS URICOTÉLICOS INVERTEBRADOS aquáticos X (principal) * X (secundária) Moluscos terrestres   X Oligoquetos X (aquáticos) X (terrestres) Anelídeos Poliquetos e X   HirudíneosArtrópo- Insetos   X des Crustáceos X   Equinodermos X  * Nos moluscos aquáticos, as principais excretas nitrogenadasprovenientes do metabolismo das purinas são: amônia (moluscos de águasalgada) e uréia (moluscos de água doce).
  9. 9. EXCRETAS NITROGENADAS CORDADOS AMONIOTÉLICOS UREOTÉLICOS URICOTÉLICOS VERTEBRADOS Peixes cartilaginosos  X  Peixes ósseos X (principal) X (secundária)  Larvas X  Anfíbios aquáticas Adultos  X  Quelô aquáticos  X X nios terrestres   XRépteis Crocodilianos X (principal)  X (secundária) Cobras e   X lagartos
  10. 10. EXCRETAS NITROGENADAS CORDADOS AMONIOTÉLICOS UREOTÉLICOS URICOTÉLICOSVERTEBRADOS Aves   XMamíferos*  X • * O ácido úrico é o produto nitrogenado final do metabolismo das purinas no homem, no macaco e em cães da raça dálmata. O excesso de ingestão de alimentos contendo purinas pode provocar o acúmulo de cristais de ácido úrico nas articulações, ossos e rins, conduzindo a uma doença reumática denominada GOTA.
  11. 11. OSMORREGULAÇÃO EM PEIXESPEIXES DE ÁGUA SALGADA:• São hipotônicos em relação ao meio.• Perdem água constantemente e para compensar, bebem água e sua urina é reduzida , por isso apresentando glomérulos renais pouco desenvolvidos .• A água e os sais ingeridos são absorvidos no intestino e caem na corrente sanguínea.• Os excesso de sais é eliminado pelas branquias por transporte ativo.
  12. 12. PEIXES DE ÁGUA DOCE• São hipertônicos em relação ao meio.• Suas células absorvem água constantemente e para evitar a turgência celular ( inchaço das células) tais animais eliminam urina de forma abundante, apresentando glomérulos mais desenvolvios. Com isso há perda de sais.• Através das brânquias o animal absorve sais por transporte ativo.
  13. 13. PEIXES CARTILAGINOSOS:• Tais animais, como os tubarões, por exemplo, acumulam altas taxas de uréia no sangue , tornando-se isotônicos em relação ao meio em que vivem ( água salgada ).• É um processo denominado Uremia Fisiológica
  14. 14. OSMORREGULAÇÃO CONCENTRAÇÃO SANGÜÍNEA EM ANIMAL HABITAT RELAÇÃO AO OSMORREGULA-ÇÃO MEIO - produção de urina muito diluída;Invertebrados - captação de sais por Água doce Hiperosmóticos transporte ativo (brânquiase vertebrados em crustáceos, brânquias anais em larvas de insetos, brânquias dos peixes).
  15. 15. OSMORREGULAÇÃO CONCENTRAÇÃO SANGÜÍNEA EM ANIMAL HABITAT RELAÇÃO AO OSMORREGULA-ÇÃO MEIO - alta salinidade: aumento da concentração interna de aminoácidos;Invertebrados Água salgada Isosmóticos - baixa salinidade: redução da concentração interna de aminoácidos.
  16. 16. CONCENTRAÇÃO SANGÜÍNEA EM ANIMAL HABITAT RELAÇÃO AO OSMORREGULA-ÇÃO MEIO - produção de urina muito concentrada; - eliminação do excesso de sais:  peixes ósseos: glândulas secretoras de sais (brânquias);  peixes cartilaginosos: nãoVertebrados Água salgada Hiposmóticos ingerem água; retêm uréia nos fluidos corporais; excretam uréia.  répteis e aves: glândulas de sal (nasais nas aves, linguais nos crocodilos, lacrimais nas tartarugas).  mamíferos: não ingerem água.
  17. 17. ÓRGÃOS EXCRETORES• Poríferos e Cnidários:  Não possuem órgãos especializados para a excreção. Cada célula em contato com o meio aquático elimina excretas por difusão.
  18. 18. ÓRGÃOS EXCRETORES• Platelmintos: protonefrídeos  suas extremidades fechadas terminam em uma estrutura dilatada contendo em seu interior um ou vários cílios longos: um único cílio: solenócito; vários cílios: célula-flama.
  19. 19. ÓRGÃOS EXCRETORES• Nematelmintos: renetes ou glândulas renóides  sistema de três canais que são projeção de uma única célula gigante e altamente diferenciada. O arranjo desses canais lembra a forma da letra H.
  20. 20. ÓRGÃOS EXCRETORES• Moluscos: metanefrídeos  túbulo com duas aberturas:  (1) uma abertura ciliada no celoma, chamada nefróstoma, que filtra o líquido celomático;  (2) uma abertura na cavidade do manto que se comunica com a superfície externa do corpo do animal, chamada nefridióporo.
  21. 21. ÓRGÃOS EXCRETORES• Anelídeos: metanefrídeos ou nefrídeos  retiram excretas do sangue e do celoma.
  22. 22. ÓRGÃOS EXCRETORES• Artrópodes: apresentam os órgãos excretores mais diversificados entre os invertebrados:  Crustáceos: glândulas verdes ou antenais  um par de glândulas excretoras na base das antenas ou dos maxilares.
  23. 23. ÓRGÃOS EXCRETORES Demais artrópodes: túbulos de Malpighi retiram as excretas do sangue e doceloma, depositando-as no interior dointestino.
  24. 24. ÓRGÃOS EXCRETORES Aranhas: além dos túbulos de Malpighiexistem as chamadas glândulas coxais, emnúmero de quatro no máximo  apresentamcerta semelhança estrutural com asglândulas antenais dos crustáceos.
  25. 25. ÓRGÃOS EXCRETORES• Equinodermos: não apresentam órgãos excretores diferenciados  células eliminam as excretas diretamente na água do mar que circula continuamente pelos canais e lacunas do corpo.
  26. 26. ÓRGÃOS EXCRETORES• Cordados vertebrados: rins  unidades excretoras denominadas néfrons  evoluíram a partir dos nefrídeos.
  27. 27. TIPOS DE RINS DOS VERTEBRADOS• Tipos de rins:  Pronefros: são segmentados e se situam na região anterior do corpo  filtram excretas do celoma. Ocorrem nos ciclóstomos e nos embriões de todos os vertebrados (funcionais apenas em embriões de peixes e anfíbios).  Mesonefros: também são segmentados e se situam na região mediana do animal  filtram as excretas tanto do celoma quanto do sangue. Ocorrem em embriões de répteis, aves e mamíferos e em peixes e anfíbios adultos.  Metanefros: não são segmentados e se situam na região posterior do corpo  filtram excretas apenas do sangue. É o tipo de rim mais evoluído e ocorre em répteis, aves e mamíferos adultos.
  28. 28. TIPOS DE RINS DOS VERTEBRADOS
  29. 29. TIPOS DE RINS DOS VERTEBRADOS• Os ductos metanéfricos são designados por ureteres e desembocam na cloaca de répteis e aves e na bexiga urinária de mamíferos.
  30. 30. RINS METANEFROS
  31. 31. FISIOLOGIA DA EXCREÇÃO
  32. 32. HORMÔNIO ANTIDIURÉTICO Ana Luisa Miranda Vilela (www.bioloja.com)
  33. 33. ALDOSTERONA• Queda da pressão arterial   [Na+] nos túbulos renais  renina (rins)  angiotensinogênio  angiotensina (fígado)  supra-renais (adrenais)  aldosterona  aumenta a absorção ativa de sódio e a secreção de potássio nos túbulos distal e coletor  aumento da pressão arterial.

×