A corrente neocognitiva e a cibercultura 
A ciência cognitiva tem por campo de estudo tentar 
compreender a mente humana e...
Nas simbólicas o estudo da cognição parte do emprego de 
operações com símbolos, então a partir daí, afloram as teorias 
c...
Nos estudos dos sistemas híbridos, a cognição seria uma 
campo misto da conexionista e da simbólica. Já os sistemas 
dinâm...
Observando esses estudos podemos entender melhor os 
processos de aprendizagem. E aplicar com os nossos alunos a 
integraç...
Vivemos na era das tecnologias, este ambiente cibernético e 
cultural e que tem muito para expandir. A participação da pro...
A corrente neocognitiva se concentra no estudo da 
aprendizagem, do desenvolvimento, da cognição e da 
inteligência. A pre...
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 
● LIBÂNEO, José Carlos. As teorias pedagógicas 
modernas resignificadas pelo debate contemporâ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A corrente neocognitiva e a cibercultura

221 visualizações

Publicada em

Uma breve abordagem a corrente neocognitiva e a cibercultura.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
221
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A corrente neocognitiva e a cibercultura

  1. 1. A corrente neocognitiva e a cibercultura A ciência cognitiva tem por campo de estudo tentar compreender a mente humana em vários aspectos. De acordo com Libâneo (2005, p. 13) a ciência cognitiva é utilizada como instrumento para estreitar relações entre a mente e o computador. Quanto as abordagens existentes, estas podem ser classificadas em simbólicas, conexionistas, sistemas híbridos e sistemas dinâmicos.
  2. 2. Nas simbólicas o estudo da cognição parte do emprego de operações com símbolos, então a partir daí, afloram as teorias computacionais e teorias de mente. Observando que há processos mentais bem simílares aos computacionais. A conexionista concentra seus estudos na cognição levando em conta a condição biológica e física do cérebro para compreender e explicar aquela.
  3. 3. Nos estudos dos sistemas híbridos, a cognição seria uma campo misto da conexionista e da simbólica. Já os sistemas dinâmicos, veem a elucidação da cognição através do contínuo e de interrelações entre os seus componentes (Wikipédia).
  4. 4. Observando esses estudos podemos entender melhor os processos de aprendizagem. E aplicar com os nossos alunos a integração da informática e por vezes mudar o foco de determinado conteúdo pode facilitar o aprendizado. “A questão central da pedagogia é a formação humana, envolvendo o destino das pessoas a partir de seus processos de desenvolvimento e aprendizagem” (Libâneo, 2005, p. 22).
  5. 5. Vivemos na era das tecnologias, este ambiente cibernético e cultural e que tem muito para expandir. A participação da professora Amanda Gurgel na sessão pública da Assembleia Legislativa na cidade de Natal, no dia 10 de maio de 2011 e que foi propagada amplamente pela redes sociais. Sua fala abordou os problemas locais da educação daquele estado. Despertando outros professores e alunos quanto a problemas e dificuldades na educação em comum.
  6. 6. A corrente neocognitiva se concentra no estudo da aprendizagem, do desenvolvimento, da cognição e da inteligência. A presente corrente aliada a cibercultura pode trazer muito avanços a ciência, a educação etc. ”Os primeiros estudos sobre cibercultura sinalizavam que esta era a cultura do ciberespaço, que é um hibrido da internet, infraestrutura tecnológica, com os seres humanos em movimento e em processos de comunicação e de redes sociais”(Santos, 2010, p. 3).
  7. 7. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ● LIBÂNEO, José Carlos. As teorias pedagógicas modernas resignificadas pelo debate contemporâneo na educação. 2005. ● SANTOS, Edméa. A cibercultura na era das redes sociais e da mobilidade: novas potencialidades para a formação de professores. Editora Universal. 2010. ● http://pt.wikipedia.org/wiki/Ciência_cognitiva (Acessado no dia 29/08/2014).

×