• Compartilhar
  • Email
  • Incorporado
  • Curtir
  • Salvar
  • Conteúdo privado
LIÇÃO 4 - A CELEBRAÇÃO DA PRIMEIRA PASCOA_EX 12:1-12
 

LIÇÃO 4 - A CELEBRAÇÃO DA PRIMEIRA PASCOA_EX 12:1-12

on

  • 8,196 visualizações

Subsídios elaborados pelo Ev. Natalino das Neves - Programa IEADSJP_EBDTV ...

Subsídios elaborados pelo Ev. Natalino das Neves - Programa IEADSJP_EBDTV
IEADSJP - Igreja Evangélica Assembleia de Deus de São José dos Pinhais
Pr. Presidente: Ival Teodoro da Silva

Estatísticas

Visualizações

Visualizações totais
8,196
Visualizações no SlideShare
7,577
Visualizações incorporadas
619

Actions

Curtidas
3
Downloads
157
Comentários
6

14 Incorporações 619

http://dilsongm.blogspot.com.br 380
http://ebdadtaqnorte.blogspot.com.br 200
http://dilsongm.blogspot.com 15
http://dilsongm.blogspot.pt 4
http://ebdadtaqnorte.blogspot.jp 3
http://dilsongm.blogspot.jp 3
http://webcache.googleusercontent.com 3
http://ebdadtaqnorte.blogspot.com 3
http://dilsongm.blogspot.it 2
http://dilsongm.blogspot.co.uk 2
https://www.google.com.br 1
http://dilsongm.blogspot.de 1
http://dilsongm.blogspot.tw 1
https://dilsongm.blogspot.com 1
Mais...

Categorias

Carregar detalhes

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Direitos de uso

© Todos os direitos reservados

Report content

Sinalizado como impróprio Sinalizar como impróprio
Sinalizar como impróprio

Selecione a razão para sinalizar essa apresentação como imprópria.

Cancelar

16 de 6anterioresseguinte Publicar um comentário

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Sua mensagem vai aqui
    Processing...
Publicar comentário
Editar seu comentário

    LIÇÃO 4 - A CELEBRAÇÃO DA PRIMEIRA PASCOA_EX 12:1-12 LIÇÃO 4 - A CELEBRAÇÃO DA PRIMEIRA PASCOA_EX 12:1-12 Presentation Transcript

    • LIÇÕES BÍBLICAS - CPAD 1º TRIMESTRE DE 2014 LIÇÃO 4 A Celebração da Primeira Páscoa Prof. Ms. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br
    • LEITURA BÍBLICA
    • Êxodo 12:1-11 1 - E falou o SENHOR a Moisés e a Arão na terra do Egito, dizendo: 2 - Este mesmo mês vos será o princípio dos meses; este vos será o primeiro dos meses do ano. 3 - Falai a toda a congregação de Israel, dizendo: Aos dez deste mês, tome cada um para si um cordeiro, segundo as casas dos pais, um cordeiro para cada casa. 4 - Mas, se a família for pequena para um cordeiro, então, tome um só com seu vizinho perto de sua casa, conforme o número das almas; conforme o comer de cada um, fareis a conta para o cordeiro.
    • Êxodo 12:1-11 5 - O cordeiro, ou cabrito, será sem mácula, um macho de um ano, o qual tomareis das ovelhas ou das cabras 6 - e o guardareis até ao décimo quarto dia deste mês, e todo o ajuntamento da congregação de Israel o sacrificará à tarde. 7 - E tomarão do sangue e pô-lo-ão em ambas as ombreiras e na verga da porta, nas casas em que o comerem. 8 - E naquela noite comerão a carne assada no fogo, com pães asmos; com ervas amargosas a comerão.
    • Êxodo 12:1-11 9 - Não comereis dele nada cru, nem cozido em água, senão assado ao fogo; a cabeça com os pés e com a fressura. 10 - E nada dele deixareis até pela manhã; mas o que dele ficar até pela manhã, queimareis no fogo. 11 - Assim, pois, o comereis: os vossos lombos cingidos, os vossos sapatos nos pés, e o vosso cajado na mão; e o comereis apressadamente; esta é a Páscoa do SENHOR.
    • OBJETIVOS PROPOSTOS
    • Após esta aula, o aluno deverá estar apto a: 1. Analisar o significado da Páscoa para os israelitas, egípcios e para os cristãos*. 2. Saber quais eram os elementos principais da Páscoa*. 3. Conscientizar-se Páscoa*. 4. Aplicar na aprendido. sua de que prática Cristo é a nossa diária o conteúdo * Objetivos propostos na revista Lições Bíblicas da CPAD.
    • INTRODUÇÃO
    • INTRODUÇÃO • A última das pragas sobre o Egito se tornou na mais importante festa dos judeus. • A utilização do sangue do carneiro como proteção para as famílias passa a ter um significado fundamental ao cristianismo. • A própria Bíblia corrobora com a analogia do cordeiro pascal com Cristo. • A páscoa tem significado diferente para o povo judeu e para o cristãos: libertação nacional x libertação espiritual.
    • I. A PÁSCOA
    • I. A PÁSCOA • 10ª praga – a morte dos primogênitos. • Instituída para celebrar a noite em que Deus poupou da morte todos os primogênitos hebreus por meio do sangue do cordeiro aspergido nos umbrais das portas. • O sangue do cordeiro foi a marca da salvação das famílias hebreias.
    • I. A PÁSCOA • O marco inicial para a libertação de Israel do cativeiro egípcio • A Páscoa deveria ser celebrada no mês de Abib (março/abril em nosso calendário) continuadamente para relembrar o fato.
    • A PASCOA Para os Egípcios SEU SIGNIFICADO Juízo divino: 1. Deus de misericórdia (2 Pe 3:9b) 2. Justo Juiz (Sl 7:11) Libertação de uma nação: • Choro nas casas egípcias e alegria e esperança na casa dos Para os hebreus. Hebreus • A escravidão passou a fazer parte do passado. • Em busca de terra própria para a nação (promessa de Deus). Libertação da escravidão espiritual: • Éramos escravos do pecado e do opressor de nossas Para os almas; Cristãos • Cristo, nosso Cordeiro Pascal, derramou seu sangue para redimir todos pecadores que se arrepende (1 Co 5:7); • O sangue de um único cordeiro pascal (Cristo) é suficiente para a remissão do mundo todo (Jo 3:16). Fonte: Lições Bíblicas da CPAD – adaptado.
    • Aplicação prática O significado da Páscoa para os cristãos é superior, pois trata de uma libertação espiritual! Você tem sido grato pela libertação que Cristo proporcionou na cruz? Como? Devemos relembrar, sendo grato, até que ele volte!
    • II. - OS ELEMENTOS DA PÁSCOA
    • II. - OS ELEMENTOS DA PÁSCOA 1. O pão: • Deveria ser assado sem fermento, pois não havia tempo para que o pão pudesse crescer (E 12.8,11,34-36). • A saída do Egito deveria ser rápida. • Com o tempo a falta de fermento passou a representar também purificação.
    • II. - OS ELEMENTOS DA PÁSCOA 2. As ervas amargas (E 12:8): • Simbolizavam toda a amargura e aflição enfrentadas no cativeiro. • Foram 430 anos de opressão, angústia sob o jugo Egípcio. dor e
    • II. - OS ELEMENTOS DA PÁSCOA 3. O cordeiro (E 12:3-7): • O cordeiro deveria ser separado para o sacrifício até ao décimo quarto dia (E 12:36), pois não poderia ter defeito (E 12:5); • Nenhum osso do quebrado (E 12.46); cordeiro poderia ser • Seu sangue aspergido nos umbrais das portas; • O sangue era uma proteção e um símbolo da obediência. • A desobediência seria paga com a morte.
    • Aplicação prática Os elementos da páscoa tinham significados específicos para o povo hebreu. Eram símbolos para lembrar a ação de Deus na vida daquele povo. Você tem lembrado dos feitos de Deus em sua vida? Tem sido grato?
    • III. CRISTO, NOSSA PÁSCOA
    • III. CRISTO, NOSSA PÁSCOA Jesus, o Pão da Vida (Jo 6.35,48,51). • A fome espiritual somente o Pão da Vida (espiritual) pode saciá-la (Jo 6:35). • Sem Ele não é possível a nossa reconciliação com Deus (2 Co 5.19). • Somente ele pode dar a vida eterna com Deus.
    • III. CRISTO, NOSSA PÁSCOA Jesus, o Cordeiro de Deus (Jo 1.29). • Cristo foi testado e defeito (1 Pe 1.18,19). aprovado sem • Nenhum osso de Cristo foi quebrado (E 12.46; Jo 19.33-36). • Cristo o "Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo" (Jo 1.29). • Quem estiver debaixo do sangue vertido pelo Cordeiro Pascal está protegido da ira de Deus.
    • III. CRISTO, NOSSA PÁSCOA O sangue de Cristo (1 Co 5.7; Rm 5.8,9). • No Egito, o sangue do cordeiro era proteção exclusiva para os hebreus. • O sangue de Cristo redime todas as pessoas que creem nele e no seu sacrifício na cruz. • O cordeiro pascal substituía somente o primogênito, enquanto Cristo substituiu toda a humanidade na cruz (Rm 3:12,23).
    • III. CRISTO, NOSSA PÁSCOA 3. A Santa Ceia. • A Ceia do Senhor é um memorial da morte de Cristo e uma alerta sobre sua vinda (1 Co 11:24,25). • A participação na Ceia significa estar preparado para a volta de Cristo (1 Co 11.27-32). • Por isso, devemos examinar nossas atitudes e buscar continuamente a comunhão com Deus.
    • Aplicação prática Você tem reconhecido e valorizado o sacrifício de cristo? Cristo deu a vida por você, não despreze o que ele conquistou por você!
    • CONSIDERAÇÕES FINAIS
    • Nesta lição nos aprendemos que:
    • 1. A Páscoa tem um significado diferente, em especial, para os hebreus e os cristãos.
    • 2. Os elementos da Páscoa tem um significado especial para a história do povo hebreu/de Israel.
    • 3. Cristo é o nosso Cordeiro Pascal e nosso libertador. Glória a Deus por isso!!
    • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ARCHER JUNIOR, GLEASON L. Merece confiança o Antigo Testamento? 4ª Edição. São Paulo: Vida Nova, 1991. COHEN, Armando Chaves. Êxodo. Rio de Janeiro: CPAD, 1998. CERESKO, Anthony. Introdução ao Antigo Testamento numa perspectiva libertadora. Rio de Janeiro: Paulus, 1996. HAMILTON, Victor P. Manual do Pentateuco. 2ª Ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2007. HOFF, Paul. O Pentateuco. São Paulo: Vida, 1997.
    • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS MERRILL, Eugene H. História de Israel no Antigo Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2001. RENDTORFF, Rolf. Antigo Testamento: uma introdução. São Paulo: Academia Cristã, 2009. SHREINER, Josef. Palavra e Mensagem do Antigo Testamento. São Paulo: Teológica, 2004.
    • IEADSJP – Igreja Evangélica Assembleia de Deus de São José dos Pinhais www.adsaojosedospinhais.com.br www.redemaoamiga.com.br Pr. Presidente: Ival Teodoro da Silva Pr. Vice-Presidente: Eurico Deraldo Santana Comentários: Ev. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br natalino6612@gmail.com (41) 8409 8094 / 3076 3589
    • FAVOR DIVULGAR PARA SUA REDE SOCIAL