“TRABALHANDO COM VENDAS”
AS PESSOAS SÃO DIFERENTES
Se reunirmos cem pessoas numa sala, chegaremos à óbvia constatação de q...
O balconista – auxiliar de farmácia, em especial, é uma pessoa muito importante
para diversos setores do mundo dos negócio...
Agindo de maneira diferente, pode fazer a venda, mas com certeza não trará o
cliente de volta à loja. O vendedor desintere...
enriquecedora e, se surgir alguma dúvida procure esclarecê-la o mais rápido
possível.
O balconista precisa ter conheciment...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Trabalhando com vendas texto geórgia

1.152 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.152
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalhando com vendas texto geórgia

  1. 1. “TRABALHANDO COM VENDAS” AS PESSOAS SÃO DIFERENTES Se reunirmos cem pessoas numa sala, chegaremos à óbvia constatação de que não haverá duas pessoas com gostos e personalidades exatamente iguais. Por isso, o vendedor é tão importante. Só ele sabe como atender diferentes pessoas com um comportamento e postura que se adapta a cada tipo de cliente. Se todos fôssemos idênticos, como clones, não haveria necessidade de vendedor, bastaria uma loja toda informatizada e com auto-serviço total. No entanto, como todos, clientes e vendedores, somos diferentes, é necessário que existam diversas formas e técnicas de vender, para que os clientes saiam satisfeitos e os vendedores realizem boas vendas. Aqui temos alguns procedimentos e técnicas de vendas, que por terem sido testados com sucesso, poderão ser usados como referência por vocês. Porém, ao balconista não basta somente técnica e conhecimento do produto... O que destaca um bom profissional, de um profissional mediano são sua ALEGRIA, sua MOTIVAÇÃO e seu ENTUSIASMO! Leia com atenção e veja o quê você pode pôr em prática com seus clientes. Não receie em adaptar as experiências descritas aqui à sua realidade. Lembre-se de que o bom vendedor também deve ser criativo e saber que tipo de procedimento pode ou não ser usado com seu público. Hoje nas farmácias temos uma grande variedade de medicamentos e produtos e isso é apenas mais um fator determinante. Um dos motivos que fazem com que os medicamentos não sejam vendidos em supermercados é a importante orientação técnica. As farmácias hoje têm produtos variados, de qualidade, tem serviços diferenciados e acima de tudo investem no atendimento. A sua atenção, é a única coisa que o cliente não encontrará num supermercado! Aliás, está na hora de mudarmos a nossa postura e deixarmos de ser “vendedores – balconistas” e nos tornarmos “vendedores-consultores”. TODAS AS PESSOAS SÃO VIP’s Apesar de muitos não se julgarem pessoas importantes, todos nós desempenhamos papéis muito importantes na sociedade, seja em casa, com a família, seja no nosso ambiente de trabalho. Este texto tem por objetivo transmitir as pessoas que trabalham com venda de medicamento ou produtos médicos informações úteis no seu dia-a- dia. São informações compiladas de vários textos e principalmente resultado de estórias de sucesso.
  2. 2. O balconista – auxiliar de farmácia, em especial, é uma pessoa muito importante para diversos setores do mundo dos negócios, desde o fabricante dos medicamentos até o seu patrão, que depende da sua capacidade de vender, para fazer girar o estoque e cumprir compromissos como o seu salário, por exemplo. É o vendedor que impulsiona todo um ciclo. Existe até uma frase que diz: "Nada acontece no mundo dos negócios até que a venda seja realizada". Se você não vender, seu patrão não tem como pagar seus fornecedores, os fabricantes não têm porquê fabricar mais produtos, e os postos de trabalho são reduzidos. Sem empregos as vendas caem, sem vendas a economia fica estagnada e entramos em uma recessão. Então é do nosso trabalho que dependem milhares, ou melhor, milhões de pessoas, direta ou indiretamente. Você é muito importante para muita gente, inclusive sua família. Por isso, seja profissional, que cada dia será melhor. VENDER É AJUDAR AS PESSOAS A COMPRAR INTELIGENTEMENTE! O nosso papel dentro da farmácia é ajudar o cliente a decidir e comprar de maneira inteligente. Se agirmos assim não será necessário "empurrar" “certos” medicamentos, pressionando o cliente a fazer uma compra que não o satisfará. Vender de qualquer forma, dará resultado no caixa daquele dia, mas o nosso propósito é que o cliente fique satisfeito, confiante e volte sempre. Aqui abro um questionamento – esse volte sempre jamais deve ser dito, pois o cliente pode inferir que: O medicamento não fará com que ele fique bom; Você deseja que ele permaneça doente... Parece bobagem mais pense um pouco e encontre uma saudação inteligente, que seja um diferencial pessoal. Sugestões: Desejo melhoras; Se precisar estarei a sua disposição; Precisando terei prazer em ajudá-lo... Quando você faz um trabalho de forma inteligente, que deixa o cliente satisfeito e orgulhoso de sua decisão, você transforma este consumidor em um vendedor ativo, ou seja, ele não só retorna a sua loja, mas também o recomenda para outras pessoas de seu relacionamento! AS DUAS FACES DE UMA VENDA A venda tem duas faces. Uma pessoal e a outra técnica. A face pessoal, como o próprio nome já diz, se refere aos motivos pessoais particulares de cada um, onde o lado emocional fala mais alto. Cada reação pessoal e decisão são baseadas em fatores emocionais. Temos a necessidade, o está doente... O bom profissional de vendas, antes de qualquer coisa, procurar não apenas satisfazer as necessidades do cliente, mas principalmente ter sensibilidade para antecipá-las.
  3. 3. Agindo de maneira diferente, pode fazer a venda, mas com certeza não trará o cliente de volta à loja. O vendedor desinteressado prejudica a sua empresa, os clientes e a si próprio, pois não gera negócios constantes, o que é vital para uma empresa permanecer aberta e saudável. As pessoas que gostam e mostram entusiasmo com os produtos que vendem, geram um sentimento de confiança, passando assim segurança e maior facilidade de aceitar os conselhos e informações fornecidas pelo vendedor. Quando vamos indicar algum equipamento e/ou outros produtos, podemos e devemos transmitir, durante o processo da venda, a sua satisfação pessoal (ou de outras pessoas) que determinado produto lhe proporcionou. Seu entusiasmo será fatalmente percebido pelo cliente, contagiando-o de imediato. O ato de comprar deve ser um momento de realização. Vender bem é um “dom” que pode e deve ser desenvolvido através de técnicas e treinamento. Fazer com que o cliente se sinta feliz e orgulhoso por sua decisão em adquirir um produto é uma façanha na arte de vender. O conhecimento técnico é muito importante neste momento. Nunca, porém, invente ou minta sobre as qualidades de um medicamento, as conseqüências podem ser desastrosas. O consumidor, o paciente, compra SOLUÇÕES! Portanto, também não complique em explicações extremamente técnicas. Ele precisa que você gere confiança e interesse. Conhecer bem o produto que está vendendo: É imprescindível. Como adquirir estes conhecimentos? Ler livros, bulas e folhetos informativos; Através dos representantes de vendas, dos propagandistas, dos fabricantes; Assistir a seminários de treinamento. Às vezes é difícil memorizar todas as características de um medicamento. Os clientes não se importam se você não souber uma ou outra informação, desde que vá procurar informação imediatamente (chame o farmacêutico, peça auxílio). Se você tiver lido, o DEF, na hora que precisar, não terá dificuldades em achar o esclarecimento que procura. Outra sugestão, em alguns casos, é escolher dentre os medicamentos, aquele que você tem maior conhecimento. Quando estiver desocupado na loja, ao invés de ficar à toa, tente aprender sobre os medicamentos que desconhece, discuta entre os amigos, a importância, quando sugerir esse ou aquele medicamento, com certeza essa conversa será bastante A face técnica, leva em conta as características do produto, as informações técnicas e a prescrição médica. O balconista- auxiliar de farmácia, portanto, precisa estar preparado para dar as informações necessárias ao cliente sobre cada produto.
  4. 4. enriquecedora e, se surgir alguma dúvida procure esclarecê-la o mais rápido possível. O balconista precisa ter conhecimento e sensibilidade para conjugar estes dois fatores na hora da venda, permitindo que o cliente tenha condições de fazer sua escolha conscientemente e com a segurança de ter comprado aquilo que o médico prescreveu ou por livre e espontânea vontade. Um bom vendedor-consultor precisa... • Conhecer o que está vendendo, • Memorizar os preços, • Conhecer a atuação da concorrência, • Percorrer a loja para saber onde estão os produtos. “Vender é uma maneira interessante e desafiadora de ganhar a vida”. É interessante pela quantidade de pessoas diferentes com as quais se entra em contato todos os dias. É desafiadora devido à variedade de necessidades dos clientes e a gama de produtos com os quais o vendedor deve estar familiarizado para preencher tais necessidades. Os esforços de vendas são muito importantes para uma grande quantidade de pessoas. Todo tempo e dinheiro investidos em pesquisa, fabricação, distribuição e propaganda seriam inúteis até que o vendedor movimente o produto das prateleiras para as mãos dos consumidores. Boas Vendas e Muito Sucesso Para Todos Vocês! “VOCÊ QUE VENDE É A PESSOA QUE FAZ AS COISAS ACONTECEREM NO MUNDO DOS NEGÓCIOS”!

×