Transtornos Mentais da Criança e do Adolescente

4.862 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.862
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
253
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Transtornos Mentais da Criança e do Adolescente

  1. 1. Transtornos Mentais da Criança e do Adolescente
  2. 2. Depressão Depressão em crianças e adolescentes é um transtorno sério e está aumentando em prevalência nos últimos anos. Calcula-se que 2,5% das crianças e 8,3% dos adolescentes podem apresentar depressão a qualquer hora, e até 7% desses adolescentes deprimidos podem cometer suicídio. Os sintomas comuns da depressão em crianças e adolescentes incluem: • Tristeza frequente, persistente ou choro; • Diminuição do interesse em atividades agradáveis; • Isolamento social ou comunicação pobre; • Quantidade incomum de tempo só; • Aumento da irritabilidade, raiva ou hostilidade; • Reclamações físicas frequentes; • Comportamento autodestrutivo ou conversa sobre suicídio; • Baixa autoestima e culpa.
  3. 3. Transtorno Bipolar Esse transtorno é diagnosticado em geral na adolescência. Um número crescente de adolescentes tem sido diagnosticado como bipolar. Uma pessoa que é bipolar tem períodos alternados de mania e de depressão. Os sintomas incluem: • Autoestima inflada; • Diminuição da necessidade de sono; • Comportamento de alto risco; • Fala ou pensamentos rápidos. Além dos sintomas de depressão , citados anteriormente. É importante diagnosticar o transtorno bipolar prematuramente, pois, há um risco significativo de suicídio para essas pessoas.
  4. 4. Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade Enquanto todas as crianças ou adolescentes são eventualmente hiperativos ou impulsivos, os com TDAH apresentam problemas de comportamento mais severos que podem interferir no funcionamento da escola, lazer, família, etc. O TDAH é observado em 3 a 5% das crianças, e pode ser caracterizado por: • Distração e dificuldade de prestar atenção; • Falar muito e dificuldade de jogar ou brincar quietamente; • Dificuldade de seguir orientações múltiplas; • Dificuldade de permanecer sentado.
  5. 5. Esquizofrenia A esquizofrenia surge principalmente na adolescência e pode ser difícil de diagnosticar. Há vários tipos de esquizofrenia, mas em todos os tipos se observa angústia. Os sinais na adolescência incluem: • Comportamento estranhos ou fala; • Confusão do sobre a realidade; • Pensamentos paranóicos (de perseguição); • Ansiedade severa e medos; • Problemas sociais.
  6. 6. Retardo Mental Aproximadamente 1% da população é diagnosticada com retardo mental, que significa um déficit no comportamento adaptável e uma inteligência abaixo da população em geral. O retardo mental varia de moderado para severo. Com o mudar das atitudes sociais e novas compreensões, muitas das pessoas com graus moderados podem apresentar uma vida produtiva e relativamente normal. As pessoas com graus mais severos também podem chegar a aprender um papel significativo em suas famílias.
  7. 7. Autismo O autismo é um transtorno do desenvolvimento, frequentemente diagnosticado em torno dos três anos de idade. Enquanto os critérios para o diagnóstico do autismo e subtipos estão sendo continuamente refinados, o aspecto central do transtorno é um prejuízo no funcionamento social de modo geral, que inclui: • Respostas impróprias a situações sociais; • Prejuízos na comunicação; • Falta de reciprocidade emocional; • Falta de expressões faciais ou contato visual; • Fracasso para desenvolver relações normais com o outro; • Restrição de comportamentos e gestos, frequentemente repetitivos.
  8. 8. Transtornos Alimentares Os transtornos alimentares iniciam-se frequentemente na adolescência, e é mais comum em meninas. Pode ser caracterizado por uma relação distorcida com a alimentação e uma obsessão com o peso e a forma do corpo. Alguns sintomas são: • Intenso medo de ganhar peso; • Recusa de manter o peso corpóreo esperado para a idade ou altura; • Episódios periódicos de alimentação excessiva; • Comportamento compensatório para prevenir ganho de peso (como vomitar, usar laxantes e pílulas para o emagrecimento).
  9. 9. Abuso de Álcool e Drogas O abuso de álcool e drogas pode ser um problema significativo, particularmente para adolescentes. Depressão e outros transtornos podem conduzir a tal abuso. Enquanto muitos adolescentes experimentam o álcool e drogas, o abuso pode conduzir a consequências sérias para a saúde. Algum dos sintomas são: • Fadiga ou reclamações repetidas sobre a saúde; • Olhos vermelhos e vítreos, e uma tosse duradoura; • Mudanças súbitas de personalidade ou humor; • Comportamento irresponsável e julgamento pobre; • Perda do interesse comum nas atividades; • Argumentações sem sentido, quebra de regras ou retirada da família.
  10. 10. .. entre outros transtornos ..
  11. 11. Principal Cuidado da Enfermagem • O enfermeiro é um agente ativo que se une ao paciente com o objetivo de ajudá-lo a reconhecer e examinar situações que ambos estão experimentando, tentando levá-lo a observar perspectivas adequadas no encontro de soluções diante de problemas existentes. Embora enfermeiro e paciente desempenhem papéis diferentes (um procura ajuda e o outro a oferece), os objetivos são comuns, uma vez que buscam compreender e solucionar problemas através da comunicação, cooperação, respeito e amizade. À medida que as atividades e interações prosseguem, irão influenciar nas novas interações e nas próprias atividades. Logo, esta relação "atividades – interações – sentimentos" não estão relacionadas diretamente com a competência técnica de cada pessoa e, sim, com a influência do grupo e da situação de trabalho.
  12. 12. Fim ..

×