Aula Inaugural - História

8.983 visualizações

Publicada em

1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.983
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
302
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
95
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula Inaugural - História

  1. 1. Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria Estadual de EducaçãoColégio Estadual Leopoldina da Silveira HISTÓRIA Professor Luiz Valentim
  2. 2. Apresentação do Professor• Luiz Valentim – luizvalentimjr@gmail.com• Formação – Escola Municipal Presidente Wilson (1993 – 1996) – Escola Municipal Presidente Médici (1997 – 2000) – Colégio Estadual Profª Jeannette Mannarino (2001 – 2003) – Universidade Gama Filho (2006 – 2009)• Atuação na Rede Estadual – Colégio Estadual República de Moçambique (2010) – Colégio Estadual Collechio (2010) – Colégio Estadual Nicarágua (2010 – 2012) – Colégio Estadual Gildo Cândido (Unidade Sócio-educativa) (2012) – Colégio Estadual Leopoldina da Silveira (2010 - ) – Colégio Estadual Milton Campos (Autonomia) (2013 - )• Atuação na Rede Privada – Colégio Prioridade Hum (2013 - )
  3. 3. Apresentação dos Alunos• Nome• Origem• Expectativa• Planos
  4. 4. Regras de Convivência• Adentrar à sala em silêncio e com educação, respeitando os horários;• Evitar se retirar durante as aulas: – Fazendo-o apenas em caso de extrema necessidade e com a autorização do professor.• Evitar conversas paralelas: – Todo assunto pertinente à aula deverá ser compartilhado com todos.• Manter o celular desligado ou no silencioso: – A regra serve para qualquer aparelho que emita sons que possam atrapalhar a aula; – Não será permitido atender telefone celular em sala de aula;
  5. 5. LEI Nº 5222, DE 11 DE ABRIL DE 2008O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIROFaço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Rio deJaneiro decreta e eu sanciono a seguinte Lei:Art. 1º Fica proibido o uso de telefones celulares, walkmans,diskmans, Ipods, MP3, MP4, fones de ouvido e/ou bluetooth,game boy, agendas eletrônicas e máquinas fotográficas, nassalas de aulas, salas de bibliotecas e outros espaços deestudos, por alunos e professores na rede pública estadual deensino, salvo com autorização do estabelecimento de ensino,para fins pedagógicos.
  6. 6. Art. 331 do Código Penal - Decreto Lei 2848/40 Desacato Desacatar funcionário público no exercício da função ou em razão dela é crime. Pena - detenção, de seis meses a dois anos, ou multa.
  7. 7. Controle de Frequência• 1º Tempo – 07:00 / 07:50• 2º Tempo – 07:50 / 08:40 – Chamada: 08:00 • 3º Tempo – 08:40 / 09:30 • 4º Tempo – 09:30 / 10:20 – Chamada: 08:50 • 5º Tempo – 10:40 / 11:30 • 6º Tempo – 11:30 / 12:20 – Chamada: 10:50
  8. 8. Controle de Frequência• 1º Tempo – 12:40 / 13:30• 2º Tempo – 13:30 / 14:20 – Chamada: 13:40 • 3º Tempo – 14:20 / 15:10 • 4º Tempo – 15:10 / 16:00 – Chamada: 14:30 • 5º Tempo – 16:20 / 17:10 • 6º Tempo – 17:10 / 18:00 – Chamada: 16:30
  9. 9. Controle de Frequência• 1º Tempo – 18:10 / 18:55• 2º Tempo – 18:55 / 19:40 – Chamada: 19:20 • 3º Tempo – 19:40 / 20:25 • 4º Tempo – 20:25 / 21:10 – Chamada: 20:40 • 5º Tempo – 21:10 / 21:55 • 6º Tempo – 21:55 / 22:40 – Chamada: 21:20
  10. 10. Avaliação• A avaliação, ao longo do ano letivo, será feita, primordialmente, levando em consideração a frequência e a participação positiva do aluno;• A divulgação do valor correspondente a cada tarefa realizada ficará a critério do professor, uma vez que o aluno será avaliado em sua participação integral;
  11. 11. Avaliação• As tarefas propostas deverão ser feitas levando-se em consideração antes o conhecimento obtido com as mesmas que os pontos ganhos ao realizá-la;• Visando a prática de interpretação de textos por parte dos alunos, todas as provas serão elaboradas com questões do ENEM ou similares;
  12. 12. AvaliaçãoA pontuação será obtida através de conceitos:• I – Ideal• CR – Com Restrições• DM – Desempenho Mediano• AE – Abaixo da Expectativa• NF – Não Fez
  13. 13. Avaliação Para cada conceito existem 3 pontuações distintas:• I – Ideal = 8,0 < 9,0 < 10,0• CR – Com Restrições = 6,0 < 7,0 < 8,0• DM – Desempenho Mediano = 4,0 < 5,0 < 6,0• AE – Abaixo da Expectativa = 2,0 < 3,0 < 4,0• NF – Não Fez = 0,0 < 1,0 < 2,0 *Atividades que valem até 10,0 pontos.
  14. 14. Avaliação Para cada conceito existem 3 pontuações distintas:• I – Ideal = 4,0 < 4,5 < 5,0• CR – Com Restrições = 3,0 < 3,5 < 4,0• DM – Desempenho Mediano = 2,0 < 2,5 < 3,0• AE – Abaixo da Expectativa = 1,0 < 1,5 < 2,0• NF – Não Fez = 0,0 < 0,5 < 1,0 *Atividades que valem até 5,0 pontos.
  15. 15. Avaliação Para cada conceito existem 3 pontuações distintas:• I – Ideal = 0,8 < 0,9 < 1,0• CR – Com Restrições = 0,6 < 0,7 < 0,8• DM – Desempenho Mediano = 0,4 < 0,5 < 0,6• AE – Abaixo da Expectativa = 0,2 < 0,3 < 0,4• NF – Não Fez = 0,0 < 0,1 < 0,2 *Atividades que valem até 1,0 ponto.
  16. 16. AvaliaçãoA obtenção dos pontos dependerá dafrequência do aluno (ou frequência média daequipe):- 50 % < + 50 % < 100%
  17. 17. Avaliação A distribuição dos pontos será feita da seguinte forma: Atividade Bimestral (em equipe) 5,0 + 5,0 = 10,0 Prova (individual) 5,0 Frequência (100 %) 1,0 (extra) Aproveitamento (100%) 1,0 (extra)
  18. 18. Avaliação• Cada atividade bimestral valerá de 0 a 5 pontos, levando cada grupo à possibilidade de alcançar até 10 pontos no bimestre;• A equipe que alcançar o maior número de pontos estará liberada de fazer a prova bimestral;• Se nenhuma das 3 equipes alcançar 5 pontos, toda a turma fará a prova bimestral;
  19. 19. Avaliação• A presença de todos os componentes da equipe é obrigatória no dia da apresentação, pois aquele que não estiver presente, salvo com atestado médico, não obterá pontuação alguma nas tarefas;• A nota da equipe será proporcional à presença de todos os membros da mesma durante todo o bimestre nas aulas de História;• Caberá ao professor avaliar os trabalhos;• As equipes, que não forem liberadas da prova bimestral, terão sua nota final de trabalho divida por 2 e somada à nota obtida na prova bimestral, que valerá 5 pontos.
  20. 20. Recuperação Paralela• O processo de recuperação, conforme o próprio nome, será realizado paralelamente ao bimestre através de atividade semanais, que poderão ser individuais ou em grupo, a critério do professor.• Tais atividades destinam-se à criação de um banco de pontos, que poderão ser utilizados pelo aluno ao longo de todo o ano letivo.• O valor correspondente a cada tarefa dependerá da quantidade de tarefas realizadas no bimestre.
  21. 21. História - ProfissãoO historiador é o profissional que interpreta einvestiga fatos históricos. É ele quem estudasobre vários aspectos da história mundial,como economia, sociedade, cultura ecotidiano. É responsável por resgatar amemória da humanidade ao pesquisardocumentos como manuscritos, gravações,objetos e fotos, conferindo-lhes autenticidadee estabelecendo o cronograma dosacontecimentos.
  22. 22. História - ProfissãoO trabalho mais comum dos historiadores é naárea de licenciatura, atuando em colégios deensino fundamental e médio, cursinhos pré-vestibulares e instituições de ensino superior.Além disso, o profissional de História podelidar com centros de educação, pesquisa egestão de arquivos públicos ou privados; podetambém operar no setor de turismo históricoe cultural, em museus e exposições de arte.
  23. 23. História - ProfissãoAs funções que estão em alta são os trabalhoscom preservação do patrimônio e resgatehistórico e ainda o desempenho de um papelmuito importante na reconstrução demomentos históricos para filmes, novelas epeças de teatro ambientados em umdeterminado momento do passado, assimcomo na elaboração de enredos para escolasde samba.
  24. 24. História - ProfissãoAlgumas disciplinas estudadas no curso deHistória são História Antiga, História Medieval,Antropologia, Sociologia, História Moderna,História da América, História do Brasil, HistóriaContemporânea, Patrimônio Cultural, Filosofiae História da Cultura Afro-Brasileira. Fonte: http://vestibular.brasilescola.com/guia-de-profissoes/historia-1.htm
  25. 25. História - Profissão As principais faculdades e universidades que oferecem o curso de História no Rio de Janeiro são:• Centro Educacional Moacyr Sreder Bastos – Campo Grande• Centro Universitário Augusto Motta – SUAM – Bonsucesso• Faculdade de Filosofia de Campo Grande – Campo Grande• Pontifícia Universidade Católica – PUC/RJ – Gávea• Universidade Estácio de Sá – Rio de Janeiro• Universidade Estadual do Rio de Janeiro – UERJ – Maracanã/São Gonçalo• Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ – Centro• Universidade Federal Fluminense – UFF – Niterói• Universidade Gama Filho – UGF – Centro/Piedade• Universidade Santa Úrsula – Botafogo• Universidade Veiga de Almeida – UVA – São Cristóvão
  26. 26. Curso – História 1ª Série / Ensino Médio• Objetivos – Conhecer o passado para compreender o presente e modificar o futuro.• Expectativas – Permitir que o aluno, mais do que decorar datas e fatos, compreenda os motivos do estudo da História, entenda a sociedade em que vive e seja capaz de traçar planos que possam modificar sua própria realidade.
  27. 27. Curso – História 1ª Série / Ensino Médio História Antiguidade Medievo Renascimento Reforma Estado Nacional Sociedade Sistema Colonial
  28. 28. Curso – História 2ª Série / Ensino Médio• Objetivos – Conhecer o passado para compreender o presente e modificar o futuro.• Expectativas – Permitir que o aluno, mais do que decorar datas e fatos, compreenda a sociedade em que vive, adquira noções de cidadania e prática política, e seja capaz de participar ativamente das decisões e reivindicações de sua comunidade.
  29. 29. Curso – História 2ª Série / Ensino MédioIluminismo Revolução Capitalismo Socialismo Imperialismo Independência Estado Nacional
  30. 30. Curso – História 3ª Série / Ensino Médio• Objetivos – Conhecer o passado para compreender o presente e modificar o futuro.• Expectativas – Permitir que o aluno, mais do que decorar datas e fatos, compreenda a sociedade em que vive e o peso de suas escolhas políticas, em sua vida e na vida das pessoas que o cercam, assim como a necessidade de sua ação prática na sociedade.
  31. 31. Curso – História 3ª Série / Ensino MédioRepública Imperialismo Socialismo Totalitarismo Guerra-Fria Cidadania Neoliberalismo Democracia
  32. 32. Pink FloydAnother Brick in the Wall Um Outro Tijolo no Muro
  33. 33. Pink Floyd Another Brick in the Wall Um Outro Tijolo no Muro• Após assistir ao clipe, faça uma redação tratando dos seguintes assuntos: – Do que trata o clipe e a música; – O que quer dizer o verso “nada mais que um outro tijolo no muro”; – Além da escola, em quais outros lugares você se sente como “nada mais que um outro tijolo no muro”; – O que você pode fazer para não ser apenas “um outro tijolo no muro”.

×