Como prevenir?
 
 
 
 
 
 
<ul><li>•  Vítima típica : é pouco sociável, sofre repetidamente as conseqüências dos comportamentos agressivos de outros,...
 
 
 
 
 
 
 
<ul><li>CONSELHOS TUTELARES – ACOLHEM DENÚNCIAS NOS CASOS DE VIOLAÇÃO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE. </li></ul>...
<ul><li>CECRIA – CENTRO DE REFERÊNCIA, ESTUDOS E AÇÕES SOBRE CRIANÇAS E ADOLESCENTES - ONG.  </li></ul><ul><li>RECRIA – RE...
<ul><li>Lei:  </li></ul><ul><li>Título I </li></ul><ul><li>Das Disposições Preliminares </li></ul><ul><li>Art. 1º Esta Lei...
<ul><li>DCA - Compete reprimir atos infracionais cometidos pela criança ou adolescente. </li></ul><ul><li>Delegacia de Pro...
A fome no Brasil
Hoje em dia é muito comum o desperdício de merenda nas escolas,os alunos não têm a consciência de que aquela merenda que e...
 
 
 
 
 
 
Se você sabe que alguém sofre BULLYING, Busque ajuda!!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Violência nas escolas palestra para crianças

16.501 visualizações

Publicada em

Professora Ana Codevila

1 comentário
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • obrigado pelos slides ! thanks for slides as pictures !!!!!!!!!!!
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
16.501
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
588
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
308
Comentários
1
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Violência nas escolas palestra para crianças

  1. 1. Como prevenir?
  2. 8. <ul><li>• Vítima típica : é pouco sociável, sofre repetidamente as conseqüências dos comportamentos agressivos de outros, possui aspecto físico frágil, coordenação motora deficiente, extrema sensibilidade, timidez, passividade, submissão, insegurança, baixa auto-estima, alguma dificuldade de aprendizado, ansiedade e aspectos depressivos. Sente dificuldade de impor-se ao grupo, tanto física quanto verbalmente. • Vítima provocadora : refere-se àquela que atrai e provoca reações agressivas contra as quais não consegue lidar. Tenta brigar ou responder quando é atacada ou insultada, mas não obtém bons resultados. Pode ser hiperativa, inquieta, dispersiva e ofensora. É, de modo geral, tola, imatura, de costumes irritantes e quase sempre é responsável por causar tensões no ambiente em que se encontra. • Vítima agressora : reproduz os maus-tratos sofridos. Como forma de compensação procura uma outra vítima mais frágil e comete contra esta todas as agressões sofridas na escola, ou em casa, transformando o Bullying em um ciclo vicioso. </li></ul>
  3. 16. <ul><li>CONSELHOS TUTELARES – ACOLHEM DENÚNCIAS NOS CASOS DE VIOLAÇÃO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE. </li></ul><ul><li>AS DEFENSORIAS PÚBLICAS DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE - ECA. </li></ul><ul><li>VARA DA INFÂNCIA E JUVENTUDE. </li></ul>
  4. 17. <ul><li>CECRIA – CENTRO DE REFERÊNCIA, ESTUDOS E AÇÕES SOBRE CRIANÇAS E ADOLESCENTES - ONG. </li></ul><ul><li>RECRIA – REDE DE INFORMAÇÕES SOBRE VIOLÊNCIA SEXUAL CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTE. </li></ul>
  5. 18. <ul><li>Lei: </li></ul><ul><li>Título I </li></ul><ul><li>Das Disposições Preliminares </li></ul><ul><li>Art. 1º Esta Lei dispõe sobre a proteção integral à criança e ao adolescente. </li></ul><ul><li>Art. 2º Considera-se criança, para os efeitos desta Lei, a pessoa até doze anos de idade incompletos, e adolescente aquela entre doze e dezoito anos de idade. </li></ul><ul><li>Parágrafo único. Nos casos expressos em lei, aplica-se excepcionalmente este Estatuto às pessoas entre dezoito e vinte e um anos de idade. </li></ul><ul><li>Art. 3º A criança e o adolescente gozam de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana, sem prejuízo da proteção integral de que trata esta Lei, assegurando-se-lhes, por lei ou por outros meios, todas as oportunidades e facilidades, a fim de lhes facultar o desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e social, em condições de liberdade e de dignidade. </li></ul><ul><li>Art. 4º É dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do poder público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária. </li></ul>
  6. 19. <ul><li>DCA - Compete reprimir atos infracionais cometidos pela criança ou adolescente. </li></ul><ul><li>Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA). </li></ul><ul><li>Disque-Denúncia 100 </li></ul><ul><li>O serviço Disque-Denúncia 100 foi criado em 2003 pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República. Por meio dele, podem ser feitas denúncias sobre qualquer tipo de violência sexual contra crianças e adolescentes, como exploração, abuso, pornografia infantil e pedofilia. </li></ul><ul><li>O Disque-Denúncia 100 funciona das 8h às 22h, incluindo sábados, domingos e feriados. As denúncias são sigilosas. A ligação é gratuita. </li></ul>
  7. 20. A fome no Brasil
  8. 21. Hoje em dia é muito comum o desperdício de merenda nas escolas,os alunos não têm a consciência de que aquela merenda que eles estão estragando, muitas crianças queriam comer.
  9. 28. Se você sabe que alguém sofre BULLYING, Busque ajuda!!

×