Cafe 13 aula 01 - dra. luiza menezes - higiene feminina

1.482 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.482
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
29
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
39
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cafe 13 aula 01 - dra. luiza menezes - higiene feminina

  1. 1. Luiza Menezes Profa. Adjunto – Depto. Materno-Infantil / UPE SOGOPE CAFÉ CIENTÍFICO 24/07/10 Higiene genital
  2. 2. Porque esse tema? <ul><li>I. Revisões sistemáticas – metanálises </li></ul><ul><li>ECA bem desenhados e com grande número de casos </li></ul><ul><li>ECA com pequeno número de casos ou não rand. </li></ul><ul><li>Estudos bem desenhados de coorte </li></ul><ul><li>Estudos caso-controle bem desenhados </li></ul><ul><li>Corte transversal e série de casos </li></ul><ul><li>Opinião de especialistas </li></ul>Evidências Científicas – Força de Recomendação D C A B
  3. 4. Diferenças entre pele, semimucosa e mucosa da genitália feminina Pele Semimucosa Mucosa Pêlo ++ - - Glândulas sebáceas ++ + - Glândula sudorípara ++ - - Epitélio Estratificado Pavimentoso Queratinizado Estratificado Pavimentoso Levemente queratinizado Estratificado Pavimentoso Não queratinizado Foto
  4. 5. Reid & Bruce., 2003 Streptococcus Enterococcus Staphylococcus Escherichia Peptococcus Peptostreptococcus Fusobacterium Clostridium Klebsiella Corynebacterium Lactobacillus Veillonela Morganella Bacteroides Prevotella Mobiluncus Proteus Gardnerella Diphtheroides MICROBIOTA VAGINAL Ureaplasma Mycoplasma Eubacterium Lactobacillus Lactobacillus Lactobacillus Lactobacillus Lactobacillus Lactobacillus Lactobacillus Lactobacillus Lactobacillus Lactobacillus Lactobacillus VAGINOSE BACTERIANA
  5. 9. Calcinhas <ul><li>Devem ser de algodão </li></ul><ul><li>Lingeries de renda e nylon para ocasiões especiais </li></ul><ul><li>Dormir sem elas </li></ul><ul><li>Não lavar no chuveiro e deixá-la secando no Box </li></ul>
  6. 10. Lenços umedecidos e sabonetes íntimos X sabonetes comuns <ul><li>Lenços e sab. íntimos </li></ul><ul><li>pH ácido </li></ul><ul><li>ácido lático </li></ul><ul><li>soro de leite </li></ul><ul><li>Sabonetes comuns </li></ul><ul><li>pH alcalino </li></ul><ul><li>Irritação </li></ul><ul><li>Desequilíbrio do pH </li></ul><ul><li>Proliferação de fungos e bactérias </li></ul>D
  7. 11. Duchas vaginais Vaginal washing and increased risk of HIV-1 acquisition among African women: a 10-year prospective study <ul><li>1270 PS Kenyanas - RR p/adquirir HIV-1 </li></ul><ul><li>Ajuste dos fatores SD, sexuais e IST </li></ul><ul><ul><li>2.64 (95% CI, 1.00-6.97) água x não lavar </li></ul></ul><ul><ul><li>3.84 (95% CI, 1.51-9.77) sabão x não lavar </li></ul></ul><ul><ul><li>1.47; (95% CI, 1.02-2.13) sabão x água </li></ul></ul>McClelland et al. AIDS. 2006 Jan 9;20(2):269-73 C
  8. 12. Duchas vaginais An updated review of of evidence to discourage douching <ul><li>Fontes: MEDLINE, PubMed (156), CINAHL (15), and Cochrane (10) </li></ul><ul><li>Período: 2002 a 2008 </li></ul><ul><li>RESULTADOS: </li></ul><ul><li>Prática comum em 1/3 das mulheres (EUA) </li></ul><ul><li>Complicações maternas e perinatais: ectópica, baixo peso, TTP, prematuridade, corioamnionite </li></ul><ul><li>Ginecológicas: VB, câncer cervical, DIP, DST/HIV </li></ul>Cottrell BH. MCN Am J Matern Child Nurs. 2010 Mar-Apr;35(2):102-7; quiz 108-9
  9. 13. Tricotomia pré-parto Rasurado perineal sistemático en el ingreso a la sala de partos <ul><li>Dois ensaios – total: 539 mulheres </li></ul><ul><li>Desfecho: infecção puerperal </li></ul><ul><ul><li>OR combinado 1,26; IC 95%, 0,75-2,12 </li></ul></ul><ul><ul><li>CONCLUSÃO: sem evidências </li></ul></ul>Cochrane, 2008 B
  10. 14. Tampões e absorventes internos <ul><li>Trocar a cada 4h </li></ul><ul><li>Alternar com os comuns </li></ul><ul><li>Não usar para dormir </li></ul><ul><li>SCT </li></ul><ul><li>febre, vômitos, diarréia ou desmaios </li></ul>
  11. 15. Absorventes <ul><li>Evitar perfumados </li></ul><ul><li>Não usá-los diariamente </li></ul>
  12. 16. Absorventes: números <ul><li>4 por dia </li></ul><ul><li> X 6 dias de período menstrual </li></ul><ul><li>X 12 meses </li></ul><ul><li>X 30 anos </li></ul><ul><li>8.640 absorventes </li></ul>
  13. 17. <ul><li>Matéria prima: 100% algodão ou mistura de algodão com rayon (sintético da polpa da madeira muito absorvente) </li></ul><ul><li>O algodão padrão cresce com uma combinação de pesticidas, fertilizantes e fungicidas </li></ul><ul><li>Para ficar branquinho passa por um processo químico com uso de dioxina </li></ul><ul><li>Dioxina - cancerígena ??? Polue o meio ambiente ??? </li></ul><ul><li>As autoridades em saúde afirmam que os níveis de dioxina nos absorventes são baixos e não prejudicam a saúde </li></ul><ul><li>Dioxina tem sido encontrada no solo e na água </li></ul><ul><li>Ninguém tem certeza de nada !!! </li></ul>Absorventes: perigo ambiental .?!
  14. 18. Alternativas ao absorvente (algodão orgânico) <ul><li>Mooncup e The Diva Cup </li></ul><ul><li>(EUA) </li></ul><ul><li>Copo Menstrual Green Donna (Dinamarca) </li></ul><ul><li>ModSer </li></ul><ul><li>(Brasil) </li></ul>
  15. 19. Ficam as dúvidas: <ul><li>O problema está no produto ou no descarte? </li></ul><ul><li>Quem topa voltar para a toalhinha ao invés do super prático absorvente interno? </li></ul><ul><li>O quanto esta mudança vai conseguir ajudar o planeta para a sua “salvação”? </li></ul><ul><li>Quem sabe a resposta que se manifeste!!! </li></ul>
  16. 20. POMADINHA
  17. 22. Um homem vai a casa da namorada e ela pede para transar.
  18. 23. Eles se abraçam, beijam e trocam carícias, mas o pênis… nada… NÃO  CORRESPONDIA ! Preocupado, ele diz a namorada que o espere um momento.
  19. 24. Vai até ao banhairo e no escuro   busca no armarinho algo que possa solucionar o problema. Encontra uma pequena caixa com  pomada Imediatamente após a aplicação .... Maravilha! Restabalecido o vigor juvenil .
  20. 25. Voltando pra cama faz amor por horas. A namorada fica extasiada ante tal vigor. Uma  vez terminado tudo, ele fica curioso para saber que pomada milagrosa era aquela. Vai ao banheiro, acende a luz e busca a “pomadinha”.
  21. 26. Depois de algum tempo ele é encontrado desmaiado com uma caixinha na mão onde se podia ler: “ Pomada Bayer para calos”: Endurece, seca, apodrece e cai…   Se é BAYER, é bom!!!&quot;
  22. 27. Pomada para calos: ENDURECE, SECA, APODRECE E DEPOIS ……….CAI! 
  23. 29. <ul><li>Effectiveness and Safety of Tenofovir Gel, an Antiretroviral Microbicide, for the Prevention of HIV Infection in Women </li></ul><ul><li>Centre for the AIDS Program of Research in South Africa (CAPRISA) </li></ul>19 July 2010 <ul><li>ECR, duplo cego </li></ul><ul><li>445 mulheres gel microbicida com TDF x 444 placebo gel (12h antes e após relações) – 18 a 40 anos </li></ul><ul><li>38 x 60 infectadas pelo HIV após 30 meses </li></ul><ul><li>Nenhum EC sério </li></ul>Aderência: 54%>38%>28%
  24. 30. CONCLUSÃO <ul><li>Ainda não está claro na literatura mundial quais são as principais condutas a serem seguidas pelas mulheres, quanto à higiene de sua genitália, relativas à frequencia, tipo de produtos e forma de higienização </li></ul><ul><li>Tenofovir gel poderá preencher uma lacuna na prevenção da transmissão sexual do HIV especialmente para mulheres incapazes de negociar o sexo seguro com seus parceiros </li></ul>

×