Educação inclusiva

192 visualizações

Publicada em

slide sobre educação especial e inclusiva

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
192
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Educação inclusiva

  1. 1. EDUCAÇÃO INCLUSIVA • PRIMEIROS MOVIMENTOS: - Europa em 1500; - Antes ficavam nos asilos; - Iniciou o trabalho com crianças surdas e depois as cegas; - Em 1760 na França, surge o 1º Instituto para surdos; - Em 1784 surge para os cegos;
  2. 2. - Em 1832 surge o 1º Instituto para pessoas com deficiências físicas; - Em 1848 surge nos Estados Unidos atendimento para pessoa com deficiência mental ; - Em 1900 surge as primeiras classes especiais dentro das escolas regulares; - Em 1950 surge no Brasil o movimento para os surdos;
  3. 3. EDUCAÇAO INCLUSIVA NO BRASIL - Em 1854 surge o Instituto para os cegos; - Em 1857 surge o Instituto para os surdos no Rio de Janeiro; - Em 1905 a 1950 criação de vários Institutos particulares com caráter assistencialistas; - Em 1961 vigora na LDB, art. 88 e 89 a respeito da educação especial, garantindo o direito as pessoas com deficiências;
  4. 4. - Em 1973 criação do CENESP ( Centro Nacional de Educação Especial); - Em 1994 publicada a Política Nacional de Educação Especial, o processo de “ integração instrucional”; - Neste período a Declaração de Salamanca na Espanha surge para Influenciar e formular as políticas públicas da educação Inclusiva; - Em 1996 LDB inovações, trás um capítulo referente a educação especial, art. 24, art. 37; -
  5. 5. - Em 1999, o Decreto nº 3.298 da Lei nº 7.853/89, sobre a Política Nacional para a Integração da Pessoa Portadora de Deficiência, definiu a educação especial como uma modalidade transversal a todos os níveis e modalidades de ensino, enfatizando a atuação complementar da educação especial ao ensino regular;
  6. 6. - Em 1999, na Convenção em Guatemala foi promulgada no Brasil pelo Decreto nº 3.956/2001, afirma que as pessoas com deficiência tinham os mesmos direitos humanos e liberdades que as demais pessoas, definindo como discriminação, toda diferenciação ou exclusão que pudesse impedir ou anular o exercício dos direitos humanos e de suas liberdades fundamentais.
  7. 7. - As Diretrizes Nacionais para a Educação Especial na Educação Básica, Resolução CNE/ CEB nº 2/ 2001, no art. 2º determina que ao sistemas de ensino devem matricular todos os alunos, cabendo às escolas organizar-se para o atendimento aos educandos com necessidades educacionais especiais, assegurando as condições necessárias para uma educação de qualidade para todos. (MEC/ BRASIL, 2001)

×