Educação infantil um sonho possivel

15.168 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
2 comentários
9 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
15.168
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
439
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
463
Comentários
2
Gostaram
9
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Educação infantil um sonho possivel

  1. 2. Vânia Iglesias Freire de Souza Pedagoga e Especialista em Arte e Educação Física na Infância CENTRO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL PROF. TEÓFILO CANÃ
  2. 3. EDUCAÇÃO INFANTIL: <ul><li>Espaço de convivência, ampliação de conhecimentos e experiências... </li></ul><ul><li>Lugar de socialização, interações, de troca de afetos e sentimentos... </li></ul><ul><li>Berço de conquistas, desenvolvimento de aprendizagens e inserção sociocultural... </li></ul>
  3. 4. Fundamentando a Educação Infantil
  4. 5. <ul><li>Década de 20 e 30 </li></ul><ul><li>Reivindicações dos operários pela existência de “locais” para a guarda e atendimento das crianças; </li></ul><ul><li>Patrões (buscando controle sobre operários) criam as vilas operárias, creches e escolas maternais. </li></ul><ul><li>1923: primeira regulamentação sobre o trabalho feminino previa a instalação de creches e salas de amamentação durante a jornada das empregadas. </li></ul>
  5. 6. . <ul><li>Década de 60 </li></ul><ul><li>Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei 4.024/61) </li></ul><ul><li>Incluía a escola pré-primária para as crianças com menos de 7 anos </li></ul><ul><li>Golpe militar retrocede essas compreensões e continua a divulgar a idéias de creche e mesmo pré-escola como equipamentos sociais de assistência à criança carente. </li></ul>
  6. 7. <ul><li>Década de 70 </li></ul><ul><li>Teorias elaboradas nos EUA e na Europa sustentavam que as crianças das camadas populares sofriam “privação cultural” e fadadas a justificar o fracasso escolar; </li></ul><ul><li>O atendimento a essas crianças, possibilitariam a superação das condições sociais a que estavam sujeitas, mesmo sem a alteração das condições sociais geradoras daqueles problemas; </li></ul><ul><li>Estimulação precoce e preparo para a alfabetização. </li></ul>
  7. 8. <ul><li>Década de 80 </li></ul><ul><li>Término do governo militar em 1985; </li></ul><ul><li>1986: Plano Nacional de Desenvolvimento: começa a compreensão de que a creche não dizia respeito apenas à mulher ou à família, mas também ao Estado e às empresas; </li></ul><ul><li>Ênfase no papel pedagógico da creche; </li></ul><ul><li>1988; Constituição reconhecimento da educação em creches e pré-escolas como um direito da criança e um dever do Estado a ser cumprido nos sistemas de ensino. </li></ul>
  8. 9. Constituição Federal Art. 208. O dever do Estado com a educação será efetivado mediante a garantia de: (...) IV - educação infantil, em creche e pré-escola, às crianças até 5 (cinco) anos de idade
  9. 10. <ul><li>Década de 90 </li></ul><ul><li>1990 – Promulgação do ECA; </li></ul><ul><li>1990 – Lei que estabelece o Sistema Único de Saúde (SUS); </li></ul><ul><li>1993 – Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS); </li></ul><ul><li>1996 – Lei de Diretrizes e Bases da Educação ( LDB - Lei 9.394/96). </li></ul>
  10. 11. <ul><li>Lei de Diretrizes e Bases – Lei 9.394/96 </li></ul><ul><li>Regulamenta o direito à educação infantil e a torna parte integrante da Educação Básica; </li></ul><ul><li>Prevê medidas referentes às condições de funcionamento das instituições de educação infantil, o regime de trabalho e a qualificação dos profissionais, formas de vinculação aos sistemas de ensino e outras de natureza pedagógica; </li></ul><ul><li>Educação infantil é assumida como primeira etapa da educação básica e parte do Sistema de Educação. </li></ul>
  11. 12. <ul><li>Lei de Diretrizes e Bases – Lei 9.394/96 </li></ul><ul><li>Art. 29. A educação infantil, primeira etapa da educação básica, tem como finalidade o desenvolvimento integral da criança até seis anos de idade, em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social, complementando a ação da família e da comunidade. </li></ul>
  12. 13. <ul><li>Lei de Diretrizes e Bases – Lei 9.394/96 </li></ul><ul><li>Art. 30. A educação infantil será oferecida em: </li></ul><ul><li>I - creches, ou entidades equivalentes, para crianças de até três anos de idade; </li></ul><ul><li>II - pré-escolas, para as crianças de quatro a seis anos de idade. </li></ul>
  13. 14. <ul><li>Lei de Diretrizes e Bases – Lei 9.394/96 </li></ul><ul><li>Art. 31. Na educação infantil a avaliação far-se-á mediante acompanhamento e registro do seu desenvolvimento, sem o objetivo de promoção, mesmo para o acesso ao ensino fundamental. </li></ul>
  14. 15. <ul><li>Diretrizes Nacionais para Educação Infantil - RESOLUÇÃO CEB N º 1, de7 de abril de 1999 </li></ul><ul><li>Princípios éticos de autonomia, da responsabilidade, da solidariedade e do respeito ao bem comum; </li></ul><ul><li>Princípios políticos dos direitos e deveres de cidadania, do exercício da criticidade e do respeito à ordem democrática; </li></ul><ul><li>Princípios estéticos da sensibilidade, da criatividade, da ludicidade, da qualidade e da diversidade de manifestações artísticas e culturais. </li></ul>
  15. 16. Diretrizes Nacionais para Educação Infantil - RESOLUÇÃO CEB Nº 1, de7 de abril de 1999 Exigências para o funcionamento de creches e pré-escolas: 1º - Existência de proposta pedagógica, currículo e/ou regimento escolar; 2º - Formação de professores e outros profissionais; 3º - Características do espaço físico e equipamentos básicos; 4º - Razão professor/criança; 5º - Vinculação ao sistema de ensino
  16. 17. Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil – RCNEI 1- Introdução – conceitos importantes: criança, educar, cuidar, relações creche/família, o professor, crianças com necessidades especiais, a instituição e o projeto educativo; organização do espaço e do tempo; parceria com as famílias; 2 - Formação pessoal e social: processos de construção da identidade e autonomia da criança; 3 - Conhecimento do mundo: música, movimento, artes visuais, linguagem oral e escrita, natureza, sociedade e matemática.
  17. 18. <ul><li>Lei de Diretrizes e Bases – Lei nº 11.274 – fevereiro de 2006 </li></ul><ul><li>Amplia o Ensino Fundamental para 9 anos; Inclui crianças de 6 anos no ensino fundamental. </li></ul>
  18. 19. DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA
  19. 30. REFERÊNCIAS <ul><li>- ECA – ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE – LEI Nº 8.069/1990 </li></ul><ul><li>- Lei de Diretrizes e Bases - LDB </li></ul><ul><li>- Constituição Federal – 1988 </li></ul><ul><li>- Diretrizes Nacionais para Educação Infantil - RESOLUÇÃO CEB Nº 1, de7 de abril de 1999 </li></ul><ul><li>- Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil – RCNEI </li></ul><ul><li>- INTERNET </li></ul>

×