Argumentos do Evolucionismo Biologia
Argumentos do Evolucionismo <ul><li>Paleontológicos </li></ul><ul><li>A descoberta de formas fósseis, actualmente extintas...
Argumentos do Evolucionismo <ul><li>Anatomia comparada </li></ul><ul><li>Ao analisar as diferentes espécies, podemos obser...
Argumentos do Evolucionismo <ul><li>Estruturas vestigias  - Estas estruturas são um forte argumento do evolucionismo, pois...
Argumentos do Evolucionismo <ul><li>Embriologia Comparada </li></ul><ul><li>Ao comparar os embriões das diferentes espécie...
Argumentos do Evolucionismo <ul><li>Citológicos </li></ul><ul><li>O facto de todos os seres vivos serem constituídos por c...
Argumentos do Evolucionismo <ul><li>Bioquímicos </li></ul><ul><li>Ao analisar os componentes químicas das várias espécies ...
Argumentos do Evolucionismo <ul><li>Análise de Proteínas </li></ul><ul><li>Quanto maior for a semelhança entre as proteína...
Argumentos do Evolucionismo <ul><li>Testes Serológicos </li></ul><ul><li>As células dos animais possuem antigenes e antico...
Argumentos do Evolucionismo <ul><li>Biogeográficos </li></ul><ul><li>As diferenças biogeográficas ocorreram devido à deriv...
Neodarwinismo
Neodarwinismo <ul><li>O  Neodarwinismo  baseia-se em dois factores vitais: a  variabilidade genética  e a  selecção natura...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Arg do evolucionismo_neodarwinismo

1.197 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.197
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
33
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Arg do evolucionismo_neodarwinismo

  1. 1. Argumentos do Evolucionismo Biologia
  2. 2. Argumentos do Evolucionismo <ul><li>Paleontológicos </li></ul><ul><li>A descoberta de formas fósseis, actualmente extintas, contraria a ideia da imutabilidade das espécies; </li></ul><ul><li>fósseis de transição - Ichthyostega (considerado o primeiro anfíbio, representa a passagem entre dois grupos actuais (peixes e anfíbios). </li></ul>
  3. 3. Argumentos do Evolucionismo <ul><li>Anatomia comparada </li></ul><ul><li>Ao analisar as diferentes espécies, podemos observar que estas apresentam estruturas semelhantes ou membros com a mesma função. </li></ul>
  4. 4. Argumentos do Evolucionismo <ul><li>Estruturas vestigias - Estas estruturas são um forte argumento do evolucionismo, pois mostram que os antepassados das espécies que apresentam estas estruturas necessitaram delas, e que depois se tornaram desnecessárias. Exemplo (o ceco é muito desenvolvido em animais que ingerem muita celulose - pois a função do ceco é a degradação desta). </li></ul>
  5. 5. Argumentos do Evolucionismo <ul><li>Embriologia Comparada </li></ul><ul><li>Ao comparar os embriões das diferentes espécies, Haeckel pôde observar que, num estado muito prematuro, os embriões são extremamente semelhantes. </li></ul><ul><li>Quanto maior é o grau de semelhança entre os embriões dos animais, maior o grau de parentesco ou filogenia </li></ul>
  6. 6. Argumentos do Evolucionismo <ul><li>Citológicos </li></ul><ul><li>O facto de todos os seres vivos serem constituídos por células, as quais possuem funções muito semelhantes veio apoiar uma origem comum. Assim, apesar das diferenças que podem ser observadas a nível macroscópico, se analisarmos o mundo vivo a nível microscópico, podemos concluir que não há grandes diferenças entre os seres vivos. </li></ul>
  7. 7. Argumentos do Evolucionismo <ul><li>Bioquímicos </li></ul><ul><li>Ao analisar os componentes químicas das várias espécies podemos notar que quanto mais semelhante for a sua constituição química, maior o grau de parentesco ou filogenia que pode ser estabelecido. </li></ul><ul><li>Pode considerar-se como argumento bioquímico: </li></ul><ul><ul><li>O facto de todos os seres vivos serem constituídos principalmente pelas biomoléculas: lípidos, prótidos e glícidos, ácidos nucleicos... </li></ul></ul><ul><ul><li>A existência de DNA e RNA e sua intervenção na síntese proteica </li></ul></ul><ul><ul><li>A universalidade do código genético </li></ul></ul><ul><ul><li>O facto de existirem 20 aminoácidos nos seres vivos </li></ul></ul>
  8. 8. Argumentos do Evolucionismo <ul><li>Análise de Proteínas </li></ul><ul><li>Quanto maior for a semelhança entre as proteínas de indivíduos de diferentes espécies, maior é também o grau de parentesco. </li></ul>
  9. 9. Argumentos do Evolucionismo <ul><li>Testes Serológicos </li></ul><ul><li>As células dos animais possuem antigenes e anticorpos. Estes não se ligam aos antigenes das células do organismo a que pertencem, embora se liguem aos antigenes das células estranhas ao organismo, atacando-as e tornando-as inofensivas. Quanto maior for a diferença entre os antigenes de duas espécies, menos é o grau de parentesco. </li></ul><ul><li>Comparação da molécula de DNA – Hibridação </li></ul><ul><li>È possível avaliar o grau de divergência das espécies com ancestral comum através da técnica de hibridação do DNA. </li></ul>
  10. 10. Argumentos do Evolucionismo <ul><li>Biogeográficos </li></ul><ul><li>As diferenças biogeográficas ocorreram devido à deriva dos continentes, a qual separou indivíduos da mesma espécie, que evoluiram dando origem a diferentes espécies, cada uma adaptada ao ambiente onde viveram. </li></ul>Tentilhões de Darwin © CienTIC - José Salsa, 2003 - optimizado para 1024 x 768           
  11. 11. Neodarwinismo
  12. 12. Neodarwinismo <ul><li>O Neodarwinismo baseia-se em dois factores vitais: a variabilidade genética e a selecção natural . </li></ul><ul><li>A selecção natural , para ocorrer, requer que haja variabilidade . Esta variabilidade ocorre quando se dá uma mutação - factor mais importante ou devido a uma recombinação genética . </li></ul>

×